Você está na página 1de 16

PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO

– PAVIMENTOS RÍGIDO E FLEXÍVEL –


Universidade Federal de Campina Grande – UFCG
Centro de Tecnologias e Recursos Naturais – CTRN
Unidade Acadêmica de Engenharia Civil – UAEC

Professor: Dr. John Kennedy Rodrigues.


Grupo V: Igo Maxwel Pereira Araújo;
Ivna de Sousa Dantas;
Lucas Kauê Pessoa Barros;
Lucas Rafael Reis Soares;
Tayná Araújo Dantas.
INTRODUÇÃO
Pavimentos Rígidos e Flexíveis: O que são? Como são? Quais as Vantagens e Desvantagens?

Pavimento: “Superestrutura constituída por um sistema de camadas de


espessuras finitas, assentado sobre um semi-espaço considerado
teoricamente como infinito (infra-estrutura ou terreno de fundação), a
qual é designado de subleito.” (Manual do DNIT, 2006)
INTRODUÇÃO
Pavimentos Rígidos e Flexíveis: O que são? Como são? Quais as Vantagens e Desvantagens?

Figura 1 – Tipos de pavimentos.


INTRODUÇÃO
Pavimentos Rígidos e Flexíveis: O que são? Como são? Quais as Vantagens e Desvantagens?

 O dimensionamento de uma estrutura de pavimento deve levar


em consideração condições técnicas e econômicas;

 Tradicionalmente, dimensiona-se os pavimentos asfálticos, no


Brasil, pelo Método do DNIT; (Não considera a fadiga.)

 O Método PCA/84 e da Carga Máxima são os mais tradicionais,


no país, para pavimentos rígidos.
OBJETIVOS

O objetivo geral do projeto descrito a seguir é dimensionar um pavimento


flexível e um pavimento rígido (com barras de transferência e acostamento)
conforme os métodos usuais:

1. Método da Carga Máxima e Método da PCA/1984, para Pav. Rígido;


2. Método do DENIT, para Pav. Flexível.

São objetivos específicos: encontrar dimensões de camadas, detalhar, em planta,


as armaduras; planta baixa e corte da estrutura do pavimento dimensionado.
PAVIMENTO RÍGIDO – PCA/84
DADOS INICIAIS

Coeficiente de Recalque: K = 45 Mpa/m

Barras de transferência

Acostamento em concreto

Resistência do concreto à flexão: 4,5 MPa

Período de projeto: 20 anos


PAVIMENTO RÍGIDO – PCA/84
DADOS INICIAIS

Cargas por Eixo (tf) N° Solicitações ao dia


Eixo Simples:
10 6.000
8 2.500
5 1.500
Eixo Tandem Duplos:
17 1.500
16 1.000
15 850
Eixo Tandem Triplo:
27 500
9,6 1.400
PAVIMENTO RÍGIDO – PCA/84
FATOR DE SEGURANÇA DAS CARGAS ( FSC)

FSC = 1,2
PAVIMENTO RÍGIDO – PCA/84
CARGAS POR EIXO x FSC

Cargas por Eixo (KN) Cargas por Eixo x Fsc (KN)


Eixo Simples:
100 120
80 96
50 60
Eixo Tandem Duplos:
170 204
160 192
150 180
Eixo Tandem Triplo:
270 324
96 115,2
PAVIMENTO RÍGIDO – PCA/84
SOLICITAÇÕES PREVISTAS PARA T=20 ANOS

Número de solicitações geradas Número de repetições previstas


por dia para T = 20 anos
Eixo Simples:
14.000 102.200.000
6.500 47.450.000
5.000 36.500.000
Eixo Tandem Duplos:
9.000 65.700.000
3.500 25.550.000
1.200 8.760.000
Eixo Tandem Triplo:
2.500 18.250.000
1.400 10.220.000
PAVIMENTO RÍGIDO – PCA/84
SEGUNTA TENTATIVA – ESPESSURA DE 24 CM

Tensão Equivalente Fator de Erosão


K Simples Duplo Triplo K Simples Duplo Triplo
40 1,50 1,29 0,98 40 2,62 2,76 2,77
45 1,47 1,26 0,96 45 2,61 2,74 2,75
60 1,40 1,19 0,91 60 2,59 2,68 2,69
Fator de Fadiga
Simples Duplo Triplo
0,327 0,280 0,213

Fator de Fadiga = Tensão Equivalente


Fck,concreto
Ábaco para
determinação do
n° de repetições
admissíveis por
fadiga.
Ábaco para determinação do
n° de repetições admissíveis
por erosão.
Dimensionamento de Pavimentos de Concreto PCA/84 – Espessura de 20cm
Análise da Fadiga Análise de Erosão

Cargas por Número de Repetições Número de


Cargas por Eixo (KN) Número de Repetições Consumo de Fadiga Danos por
Eixo x Fsc (KN) Prevista Repetições
Admissíveis (%) Erosão (%)
Admissíveis

Tensão Equivalente: 1,47 Fator de Erosão:


Eixo Simples:
Fator de Fadiga: 0,327 2,61
100 kN 120 kN 102.200.000 1.500.000 6.813,3% 600.000 17.033,3%
80 kN 96 kN 47.450.000 Ilimitado 0% 3.500.000 1.355,7%
50 kN 60 kN 36.500.000 Ilimitado 0% Ilimitado 0%

Tensão Equivalente: 1,26 Fator de Erosão:


Eixo Tandem Duplos:
Fator de Fadiga: 0,280 2,74
170 kN 204 kN 65.700.000 Ilimitado 0% 600.000 10.950%
160 kN 192 kN 25.550.000 Ilimitado 0% 1.000.000 2.555%
150 kN 180 kN 8.760.000 Ilimitado 0% 2.000.000 438%

Tensão Equivalente: 0,96 Fator de Erosão:


Eixo Tandem Triplo:
Fator de Fadiga: 0,213 2,75
270 kN 324 kN 18.250.000 Ilimitado 0% 390.000 4.679,5%
96 kN 115,2 kN 10.220.000 Ilimitado 0% Ilimitado 0%
INTRODUÇÃO
Pavimentos Rígidos e Flexíveis: O que são? Como são? Quais as Vantagens e Desvantagens?

 O dimensionamento de uma estrutura de pavimento deve levar


em consideração condições técnicas e econômicas;

 Tradicionalmente, dimensiona-se os pavimentos asfálticos, no


Brasil, pelo Método do DNIT; (Não considera a fadiga.)

 O Método PCA/84 e da Carga Máxima são os mais tradicionais,


no país, para pavimentos rígidos.
INTRODUÇÃO
Pavimentos Rígidos e Flexíveis: O que são? Como são? Quais as Vantagens e Desvantagens?

 O dimensionamento de uma estrutura de pavimento deve levar


em consideração condições técnicas e econômicas;

 Tradicionalmente, dimensiona-se os pavimentos asfálticos, no


Brasil, pelo Método do DNIT; (Não considera a fadiga.)

 O Método PCA/84 e da Carga Máxima são os mais tradicionais,


no país, para pavimentos rígidos.