Você está na página 1de 20

INTELIGENCIA EMOCIONAL

Bruna Brito
Fernanda Cristina
Gabriela Cabral
Vinicius Dantas

ESPRO – TURMA 6978


O que é Inteligência Emocional?

Inteligência emocional é um conceito relacionado com a chamada


"inteligência social", presente na psicologia e criado pelo psicólogo
estadunidense Daniel Goleman. Um indivíduo emocionalmente
inteligente é aquele que consegue identificar as suas emoções com
mais facilidade.
AUTOCONHECIMENTO CONTROLE
AUTOMOTIVAÇÃO EMPATIA HABILIDADES SOCIAIS
EMACIONAL EMOCIONAL
Aplicando a inteligência emocional aos
problemas pessoais
O que estou sentindo?

• O primeiro passo é observar a sintonia com os próprios sentimentos.


Isso porque os sentimentos muitas vezes são o alerta das crises
pessoais. Especialmente os sentimentos negativos, que incomodam,
indicam que talvez esteja na hora de mudar as rotas. Nessas horas
também vale buscar o apoio especialmente de familiares e amigos
mais próximos. O diálogo e apoio emocional podem ajudar não só a
resolver melhor um problema, como fortalecer ainda mais o
relacionamento com outras pessoas através da troca, que inclusive
podem estar passando ou já ter passado pela mesma situação que
você.
Investigando os porquês
Apesar de termos a sensação de que os problemas chegam de
surpresa, eles costumam ser consequência de um caminho que não
estava funcionando muito bem já há algum tempo.Pensando por esse
ângulo, podem também ser vistos como algo positivo, pois
representam um sinal de alerta. Vale lembrar que toda dificuldade tem
o potencial de influenciar grandes inovações e mudanças! Quem sabe a
área em que se identifica algo de errado, não necessita de um
pouquinho mais de atenção?
Aceitação: lidando com grandes desafios de fora

Na matéria “Como a inteligência emocional pode te ajudar a superar


as crises” publicada pela Revista Exame, podemos ver um exemplo
claro de como emoções precisam ser trabalhadas não só para evitar,
mas também para lidar com grandes desafios que fogem ao seu
alcance:
Autoconhecimento é o Segredo!
Todos os problemas que passamos acima de tudo são grandes
oportunidades de reflexão e autoanálise para promover
transformações profundas. Esse é um trabalho para a vida toda.
Portanto o quanto antes for desenvolvido, melhor! Mesmo nunca
sendo tarde para começar a trabalhar suas emoções, o maior potencial
de todos se encontra atualmente nas crianças. Se você tem filhos
pequenos, aproveite para estimular essas habilidades e assim garantir
adultos muito mais saudáveis e capazes de gerenciar os problemas da
vida real!
Aplicando a inteligência emocional no trabalho
Ter um controle sobre o fluxo das emoções e a capacidade de refrear
impulsos é uma qualidade essencial para conseguir ter sucesso e um
bom relacionamento interpessoal com todos a sua volta.
Hoje a inteligência emocional acabou se tornando uma condição
indispensável para o planejamento de atividades empresariais no que
se refere à liderança, gestão e organização. Desenvolver Inteligência
emocional pode trazer mudanças radicais para o ambiente de trabalho,
pois as relações interpessoais entre profissionais formam um fator
prioritário à conquista da excelência em todas as áreas.
7 Dicas para desenvolver a inteligência
emocional no trabalho
1. Análise seu próprio comportamento
2. Domine as suas emoções
3. Aprenda a lidar com as emoções negativas
4. Aumente sua autoconfiança
5. Aprenda a lidar com a pressão
6.Não tenha medo de se expressar
7. Não tenha medo de se expressar
O futuro é a inteligência emocional!
• É irônico o fato de que, em tempos de automação e inteligência artificial,
tenha se tornado tão necessário que as pessoas conheçam a si próprias
para se tornarem capazes de lidar com frustrações, controlar impulsos e
manter a motivação independente das adversidades. "Quanto mais
persistirmos, melhor enxergaremos as situações como passageiras e
estaremos mais aptos para mudarmos o que for necessário", afirma a
coach Andrea Deis. O conceito de inteligência emocional envolve um
arcabouço de competências que incluem autoconhecimento, controle
emocional, automotivação, empatia e habilidade em relacionamentos
interpessoais. É uma habilidade complexa e essencial no mercado de
trabalho, que dará suporte às demais. E o melhor: não pode ser substituída
por sistemas artificiais.
Obrigado a todos!