Você está na página 1de 19

Gestão de Materiais e Logística

Fernando Almeida
01 - Introdução
Bibliografia Básica
• MARTINS, Petrônio Garcia ; ALT, Paulo Renato Campos. Administração de materiais e recursos
patrimoniais.3.ed. atual. 3. tir São Paulo: Saraiva, 2010. 441p.
• WANKE, Peter F. Estratégia logística em empresas brasileiras . São Paulo: Atlas, 2010. 151p.
• SLACK, Nigel ; CHAMBERS, Stuart ; JOHNSTON, Robert . Administração da produção. 3.ed.2.reimpr. São Paulo:
Atlas, 2009. 703p.
• DIAS, M. A. P. Administração de Materiais: uma abordagem logística. São Paulo: Atlas 1998.
• MARTINS, P. G., ALT, P. R. C., Administração de materiais e recursos patrimoniais. São Paulo: Saraiva, 2002.
• NOVAES, Antônio G., Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição. São Paulo: Campus, 2004.
• BULGACOV, Sergio. Manual de gestão empresarial. 2.ed.2.reimpr. São Paulo : Atlas, 2006. 380p.

Bibliografia Complementar
• BALLOU, R. H.Logística empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. São Paulo.
Atlas, 1995, 388p.
• BALLOU, R. H.Gerenciamento da cadeia de suprimentos. Porto Alegre: Bookman, 2001.
• CHING, H.Y. Gestão de Estoques na Cadeia Logística Integrada. São Paulo: Atlas, 2001.
O que é Gestão de Materiais?

• Segundo (L. J. Rose, 1956:70) a Administração de Materiais é o planejamento, direção, controle e coordenação
de todas aquelas atividades ligadas às aquisições de materiais e estoques, desde o ponto de sua concepção
até à sua introdução no processo de sua fabricação. Ela começa com a determinação da qualidade do material,
e a sua quantidade, e termina com a sua entrega à produção, a tempo de atender à procura dos clientes no
prazo marcado e a preço mais baixo.

• A administração de Materiais verifica requisições, provê a disponibilidade, determina os níveis de valor e de


preços e controla o fluxo de materiais, desde o início do desenvolvimento das necessidades da produção
(vindo do recebimento da encomenda do cliente ou do programa de mercado de vendas antecipadas), até a
entrega final do produto ao referido cliente. (Farrell & Heinritz, 1983:72)
O que é Gestão de Materiais?
• A gestão de materiais compreende o abastecimento contínuo dos itens que entram nas empresas, sejam para

fabricação dos produtos ou para subsidiar todas as ações que dependam de materiais para serem realizadas

como matéria prima, materiais de escritório, do setor de vendas como embalagens e afins, do setor de limpeza,

atendimento, etc.

• A finalidade da gestão de materiais é a otimizar os investimentos em estoques, pois os custos que a empresa

possui para funcionar, nada mais são do que e o capital empregado em mercadorias ou produtos que estão

sujeitos a degradação, depreciação ou vencimento.

• Na gestão de materiais, ganha destaque a função compras, pois o início do lucro ou prejuízo começa no

momento em que a compra é realizada, já que caso seja bem sucedida a economia auxiliará proporcionando

um custo menor sobre o cálculo do preço de venda e mais ou menos recursos para efetivação do trabalho na

organização.
Principais objetivos pelo
Gerente de materiais

• evitar a falta de produtos sazonais;


• pontualidade no prazo de entrega por parte dos
fornecedores;
• buscar sempre o menor preço sem faltar com a
qualidade.
Conceitos básicos
MATERIAIS : Componentes, matérias primas, sub-montagens e materiais indiretos
utilizadas na produção de um bem.

ESTOQUES: Qualquer quantidade de bens físicos que sejam conservados, de forma não
produtiva por algum intervalo de tempo.

ADMINISTRAÇÃO MATERIAIS: É o planejamento, organização e controle dos materiais


desde o fornecedor, passando pela transformação interna de matéria prima ou
componentes até a embalagem dos produtos.

LOGÍSTICA: Trata da movimentação e armazenagem de produtos.


Conceitos básicos
SUPRIMENTOS: A palavra suprimento serve para designar todas as atividades de
programação, aquisição (compras) e movimentação dos materiais para colocação à
disposição das seções produtivas, para que estas possam realizar as suas atividades.
• Assim, suprir significa programar as necessidades de materiais, comprar, armazenar
e movimentar (transporte interno) os materiais para abastecer as diversas seções.
• Muitas vezes, o termo suprimento é substituído, com o mesmo significado, pelos
termos fornecimento ou abastecimento.

COMPRAS: O conceito de compras já é mais restrito.


• Envolve o processo de localização de fornecedores, aquisição de materiais através
de negociações de preço e condições de pagamento e acompanhamento do
processo (follow-up) para garantir o fornecimento.
Funções e Atividades na Gestão de Materiais
1
Classificação
8 de Materiais 2
Transporte de Normalização e
Material Padronização

7 SISTEMA DE 3
Alienação de ADMINISTRAÇÃO Gerência de
Material DE MATERIAIS Estoques

6
Armazena- 4
mento 5 Aquisição
Movimentação
de Estoques
Gestão de Materiais

Distribuição típica dos custos em uma empresa manufatureira:


VENDAS = 100 %
CUSTO DE MATERIAL = 60 % das Vendas
MÃO DE OBRA = 10 % das Vendas
DESPESAS GERAIS = 20 % das Vendas
LUCRO = 10 % das Vendas
Gestão de Materiais

A equação do lucro de uma empresa manufatureira pode ser considerada como


a que se segue:

LUCRO = VENDAS - CUSTO

onde
CUSTO=(CUSTO MATERIAL + MÃO DE OBRA + DESPESAS GERAIS)
Gestão de Materiais
Por MÃO DE OBRA entenda-se:
* Mão de Obra DIRETA
- salários das pessoas envolvidas diretamente no processo produtivo
* Mão de Obra INDIRETA
- salários das áreas de apoio

Por DESPESAS GERAIS entenda-se:


* Demais custos que não se encaixam nas categorias acima.
Gestão de Materiais
Por CUSTO DE MATERIAL entenda-se:
* Custo de Aquisição
- fretes não inclusos no preço
- custo dos componentes / matéria prima
* Custos de Manutenção
- custo de armazenamento
- custo de manutenção
- custo financeiro
* Custo de Sucateamento
- custo dos componentes / matérias primas
- custo de processamento
Gestão de Materiais
Nunca é demais
lembrarmos que
o objetivo é termos

LUCRO
Lucro = Preço - Custo

MERCADO EFICÁCIA DA EMPRESA


Cliente “fixa” o preço. Qualidade
Satisfação do CLIENTE Custos dos Materiais
Produtividade ...
VALOR
Gestão de Materiais
Gestão de Materiais
• Com o acirramento da competição a equação torna a ser modificada e a realidade
passa a ser:
• Preço - Lucro = Custo
• Preço => Preço + Qualidade + Atendimento
• Lucro => Razão da existência da empresa
• Custo => As empresas se voltam à redução do custo para que possam manter uma
política de investimentos.
– A redução de custos deve vir acompanhada de um aumento da qualidade, da
produtividade e do valor.
– Devemos ter muito cuidado com o programas de redução de custos !!!
– Os custos devem ser reduzidos mas o valor deve permanecer no mínimo igual ao
atual.
Gestão de Materiais

• Vamos ver, através de um estudo de caso, como ações Logísticas, mais


especificamente ações de administração de materiais e de
distribuição podem ajudar no processo de Redução de Custos.

• Suponhamos que a empresa passou por uma reestruturação de seus


custos e chegou à seguinte situação:
PLANO DE REDUÇÃO DE CUSTOS DA EMRESA XYZ
CATEGORIA AÇÃO TOMADA VARIAÇÃO DO CUSTO
DOS CUSTO TOTAL DA CATEGORIA
Aquisição no Inclusão do frete nos preços
mesmo estado de componentes e matéria pri- - 20 %
ma que antes eram retirados
no fornecedor.
Aquisição em Retirada do frete do preço de
outro estado compra. O fornecedor passa a + 3 % no frete
entregar em um entreposto no -11 % no material
seu estado.
Manutenção do Redução do estoque de -15 % em custos financeiros
estoque. segurança em 15 % - 8 % em custos de manutenção e
armazenamento.
Despesas Gerais Plano de redução de desperdícios - 10 %
Mão de Obra Menos imprevistos na
produção e melhor planejamento - 20 %
e programação da produção.
PLANO DE REDUÇÃO DE CUSTOS DA EMRESA XYZ

Impacto das medidas em cada uma das categorias de custos:

Anterior Atual
Custo de MaterialAquisição Fretes - MG 2,0 % 1,6 %
Fretes - Outros 0,0 % 3,0 %
Material 38 % 33,8 %
Manutenção Manut./ Armaz. 3,0 % 2,76 %
Financeiro 2,0 % 1,7 %
Sucateamento 15 % 15 %

Mão de obra Direta 4,0 % 3,2 %


Indireta 6,0 % 6,0 %

Despesas Gerais 20 % 18 %

LUCRO 10 % 14,94 %

Variação de 49.4 % no Lucro


Gestão de Materiais
• Sabemos que é mais fácil reduzirmos custos do que aumentar
vendas, principalmente em um mercado tão competitivo
quanto o de hoje.
• O gerenciamento de materiais pode reduzir custos ao
assegurar que:

MATERIAIS CORRETOS estarão no LOCAL CORRETO no


MOMENTO CORRETO de modo que os recursos possam ser
utilizados da melhor forma possível.