Você está na página 1de 11

Matemática - Trigonometria

Trigonometria no Triângulo Retângulo.


Trigonometria no Triângulo Retângulo

Um triângulo é chamado retângulo quando apresenta um de seus ângulos internos igual à 90º. O
lado que está oposto ao ângulo reto é o maior lado e é chamado de hipotenusa, enquanto os
outros dois são chamados de catetos.

Razões trigonométricas no triângulo retângulo

Seno

O seno de um ângulo é a razão entre o cateto oposto ao


ângulo e a hipotenusa.

cateto oposto ao ângulo  b


sen  
hipotenusa a

cateto oposto ao ângulo  c


sen  
hipotenusa a
Trigonometria no Triângulo Retângulo

Razões trigonométricas no triângulo retângulo

Cosseno

O cosseno de um ângulo é a razão entre o cateto


adjacente ao ângulo e a hipotenusa.

cateto adjacente ao ângulo  c


cos   
hipotenusa a

cateto adjacente ao ângulo  b


cos   
hipotenusa a
Trigonometria no Triângulo Retângulo

Razões trigonométricas no triângulo retângulo

Tangente

A tangente de um ângulo é a razão entre o cateto oposto


ao ângulo e o cateto adjacente a este mesmo ângulo.

cateto oposto ao ângulo  b


tg  
cateto adjacente ao ângulo  c

cateto oposto ao ângulo  c


tg  
cateto adjacenteao ângulo  b
Trigonometria no Triângulo Retângulo

Valores Notáveis

Tabela dos valores trigonométricos de ângulos notáveis.

x 30º 45º 60º


1 2 3
sen x
2 2 2

3 2 1
cos x
2 2 2

3
tg x 1 3
3
Trigonometria no Triângulo Retângulo

Exemplo 01: Queremos encostar uma escada de 8 m de comprimento em uma parede, de


modo que ela forme um ângulo de 60º com o solo. A que distância da parede devemos apoiar a
escada no solo?

Resolução: Na figura abaixo esquematizamos a situação descrita no problema.

Podemos perceber um triângulo retângulo de hipotenusa igual a


8 cm, um ângulo de 60º e o lado x que queremos calcular. Como
o lado x representa o cateto adjacente ao ângulo de 60º, então:
x
cos 60º 
8
1 x

2 8
2x  8
x4

Logo, o ponto de apoio da escada no solo deve ficar a 4 metros da parede.


Trigonometria no Triângulo Retângulo

Exemplo 12: Um agrimensor quer determinar a largura de um rio. Como não pode efetuar
diretamente essa medida, ele procede da seguinte forma:
• Do ponto A, situado numa das margens do rio, ele avista o topo D, de um morro na margem
oposta, sob um ângulo de 60º com a horizontal;
• Afastando-se 12 m, em linha reta, até o ponto B, ele observa novamente o topo do morro segundo
um ângulo de 53º com a horizontal.
Com esses dados, que medida, em metros, ele achou para a largura do rio?
Resolução: Na figura abaixo esquematizamos a situação descrita
no problema.
x = largura do rio;
y = altura do morro.

Para resolver este problema, utilizaremos


dois triângulos, o ACD e o BCD.
Trigonometria no Triângulo Retângulo

No ACD, podemos estabelecer a relação: No BCD, podemos estabelecer a relação:

y
tg 60º  tg 53º 
y
x x
y
3 1,33 
y
x x  12
1,73 
y 1,33  x  12  y
x 1,33x  15,96  y
1,73x  y
y  1,33x  15,96 2
y  1,73x 1

Substituindo o resultado de (1) em (2), temos:

1,73x  1,33x  15,96


0,4 x  15,96
15,96
x
0,4
x  39,9

Portanto, a largura do rio é de 39,9 m.


Trigonometria no Triângulo Retângulo

Relação Fundamental I

Seja o triângulo retângulo ABC, sabemos pelo Teorema de Pitágoras que:

b2  c2  a 2
C

b2  c2 a2
2
 2
a a a
b2 c2 b
2
 2 1
a a
2 2 x
b c
    1 A c B

a a
sen 2 x  cos 2 x  1
Trigonometria no Triângulo Retângulo

Relação Fundamental II

Seja o triângulo retângulo ABC, temos: C

b
tg x  b
a
c
b x
A B
a sen x c
tg x  
c cos x
a
Trigonometria no Triângulo Retângulo

β
Ângulos Complementares     90º
Seja o triângulo retângulo ABC, temos:
a   90º 
b
b
sen   
a α
  sen   cos 
b
cos   A c B
a 

Assim, sen   cos90º  ou cos   sen90º 

Podemos perceber, também, que:

b
tg   
c 1 1
  tg    ou tg   tg 90º   1
c tg  tg 90º  
tg 
b 