Você está na página 1de 10

Capítulo 9: O Precioso Dom do Testemunho

Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Gordon B. Hinckley, 2016

“Falamos idiomas diferentes. Vivemos sob


circunstâncias diferentes, mas no coração
de cada um bate um testemunho comum.”
Enquanto adormecia, as palavras da bênção que ele me
dera pairavam em minha mente. Essa é a primeira vez
que me lembro de ter visto a autoridade do sacerdócio
ser exercida em nome do Senhor.
não restava dúvida de que sentia paz e
segurança duradouras ao manter contato com
os céus por meio do Senhor Jesus. (…)
Esse conhecimento que adquiri, alicerçado nas
orações respondidas de minha infância, tornou-
se a base de minha vida.
Isso que chamamos testemunho é a grande força da Igreja. É a fonte de fé e atividade. (…) É tão real e poderosa quanto
qualquer força da Terra. O Senhor descreveu-o para Nicodemos, dizendo: “O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz;
porém não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito” (João 3:8). Essa coisa
que chamamos testemunho é difícil de definir, mas seus frutos são bastante evidentes. É o Santo Espírito testificando
por nosso intermédio.
É uma coisa misteriosa e maravilhosa, um dom de Deus
ao homem. Ele sobrepuja a riqueza ou a pobreza quando
a pessoa é chamada para servir. Esse testemunho que é
carregado no coração de nosso povo motiva-o a cumprir
suas tarefas com ardor. E ouvido dos lábios de pessoas
que não possuem nenhum cargo, a não ser o de membro
da Igreja. É a própria essência deste trabalho. É aquilo
que move o trabalho do Senhor adiante em todo o
mundo. Ele nos impele à ação. Exige que façamos o que
nos foi pedido. Ele leva consigo a certeza de que existe
propósito na vida, de que algumas coisas são bem mais
importantes que outras, que estamos em uma jornada
eterna e que teremos de responder perante Deus por
nossos atos. (…)
Testemunhos Edificantes
• “Luz para nossa vida”

• “É verdadeiro, não é? Então, o que mais


importa?”

• Uma nova perspectiva de vida


Essa é a grande questão, e todos temos que encarar a sua
resposta. Senão a Ti, então, “Senhor, para quem iremos
nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós cremos e
sabemos que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”.
“Portanto, não te envergonhes do testemunho
de nosso Senhor” (2 Timóteo 1:8).

Irmãos e irmãs, nunca se envergonhem do


testemunho de nosso Senhor. (…) Aqui está um
grande desafio, um mandamento posto sobre
nós: “Porque Deus não nos deu o espírito de
temor, mas de fortaleza, e de amor, e de
moderação. Portanto, não te envergonhes do
testemunho de nosso Senhor”.
Próxima aula