Você está na página 1de 1

A Legstica como forma de analise critica do ordenamento jurdico em geral pode ser vista sob dois aspectos distintos,

Formal e Material. No que consiste o aspecto Material trata-se a legisla o desde o seu primeiro momento de forma o, o que ainda !oje fica muito a desejar, tratando do processo de forma o, de escol!a pelo novo tema a ser proposto. "sta analise deve ser reali#ada a partir de m$todos que envolvem a e%posi o de motivos, c!ec&-list, modeli#a o causal e cadeia de fontes, os quais ser o percorrido ao longo do trabal!o ao analisar o 'L( )*+,)*--. .sso permitir/ uma avalia o quanto aos objetivos que levaram 0 proposta e os possveis impactos que podem acarretar a partir de sua introdu o no ordenamento jurdico. Analisando sob outro vi$s, o da Legstica Formal, o enfoque passa a ser na mel!ora do modo de comunica o legislativa, n o somente do modo como ira c!egar ao receptador a legisla o, mas tamb$m na forma com que esta informa o c!egar/ a ele. (e esta alcanara a dimens o m/%ima proposta co o canal de comunica o e se ao c!egar em seu destinat/rio esta compreender/ a informa o em sua completude, levando em considera o ate mesmo a forma de escrita da lei. 1anto a Lesgistica Material quanto a Formal pre#am com seu estudo alcanar uma mel!or comunica o entre o legislativo e seus receptores, n o focando-se apenas nos juristas que iram trabal!ar com a quest o de maneira menos penosa. 2/ o interesse de alcanar diferentes nic!os sociais, tamb$m uma preocupa o quanto 0 clare#a, a elabora o da legisla o de uma forma que possibilite a amplia o do universo de destinat/rios. " que este destinat/rio possam entender por si s3 o objetivo e fundamento daqui que muitas ve#es era aplicado em seu cotidiano sem sua participa o efetiva.