P. 1
Conjunção integrante

Conjunção integrante

|Views: 2.264|Likes:
Publicado porLinelelis

More info:

Published by: Linelelis on Nov 04, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2013

pdf

text

original

Conjunção integrante / Pronome Relativo

(1) Já li o livro que me deste.
(2) Já sei que gostas de mim.
Na frase (1), o que é um pronome relativo. É pronome, porque está em vez de
um nome, isto é, de livro. É relativo, porque está em relaço !om livro, refere"se
a livro. #ste que é equivalente a o qual$ que me deste % o qual me deste.
Na frase (2), o que é uma !on&unço integrante. É uma !on&unço (!om '
&unço), porque faz a &unço (a ligaço) de uma oraço !om outra. # é
integrante, porque introduz uma oraço integrante$ que gostas de mim. #sta
oraço !(ama"se integrante, porque integra (!ompleta) outra oraço, a anterior.
)uais as diferenças entre que * pronome relativo e que * !on&unço
integrante+
)ue * pronome relativo
* desempen(a uma funço sintáti!a e introduz uma oraço relativa,
* pode ser su-stitu.do por outro relativo, nomeadamente o/a qual, os/as quais,
* segue sempre um nome (quase sempre !on!reto) ou um grupo nominal,
* a oraço que introduz pode ser omitida sem que a frase fique agramati!al.
)ue * !on&unço integrante
* no desempen(a uma funço sintáti!a e introduz uma oraço !ompletiva,
* no pode ser su-stitu.do por o/a qual, os/as quais,
* !ompleta o sentido de um ver-o, de um nome (normalmente a-strato), ou de
um ad&etivo, da. a designaço integrante,
* a oraço que introduz no pode ser omitida.
0onsiderem"se os seguintes e1emplos$
(1) 23 vel(a apan(ou as !rianças que to!aram 4 !ampain(a.5
(2) 23 vel(a tem a !erteza de que to!aram 4 !ampain(a.5
Na frase (1), que é um pronome relativo, e, na frase (2), que é uma !on&unço
integrante$
* 6este da su-stituiço por o/a qual, os/as quais$
(7) 23 vel(a apan(ou as !rianças as quais to!aram 4 !ampain(a.5
(4) ++ 2A velha tem a certeza de as quais tocaram à campainha.»
* 6este da omisso$
(8) 23 vel(a apan(ou as !rianças.5 (9rase perfeitamente gramati!al.)
(:) ?? «A velha tem a certeza de.5 (9rase agramati!al.)
#m !on!luso, o morfema que da frase que apresenta é efetivamente um
pronome relativo, pois su-stitui o seu ante!edente * o nome empregado.
3s !on&unç;es su-ordinativas integrantes so que e se.
)uando o ver-o e1prime uma !erteza, usa"se que, quando no, usa"se se.
3firmo que sou inteligente.
No sei se e1iste ou se d<i.
#spero que vo!= no demore.
>-servaço$ ?ma forma de identifi!ar o se e o que !omo !on&unç;es integrantes
é su-stitu."los por @isso@, @isto@ ou @aquilo@.
#1emplo$
3firmo que sou inteligente. (3firmo isto.)
No sei se e1iste ou se d<i. (No sei isto.)
#spero que vo!= no demore. (#spero isto.)
9uvest)@É da (ist<ria do mundo que (1) as elites nun!a introduziram mudanças
que (2) favore!essem a so!iedade !omo um todo. #star.amos nos enganando se
a!(ássemos que (7) estas lideranças empresariais teriam motivaço para fazer a
distri-uiço de rendas que (A) uma naço equili-rada pre!isa ter.@
> vo!á-ulo que está numerado em suas quatro o!orr=n!ias, nas quais se
!lassifi!a !omo !on&unço integrante e !omo pronome relativo. 3ssinalar a
alternativa que registra a !lassifi!aço !orreta em !ada !aso, pela ordem$
a) 1. pronome relativo, 2. !on&unço integrante, 7. pronome relativo, A.
!on&unço integrante,
-) 1. !on&unço integrante, 2. pronome relativo, 7. pronome relativo, A.
!on&unço integrante,
!) 1. pronome relativo, 2. pronome relativo, 7. !on&unço integrante, A.
!on&unço integrante,
d) 1. !on&unço integrante, 2. pronome relativo, 7. !on&unço integrante, A.
pronome relativo,
e) 1. pronome relativo, 2. !on&unço integrante, 7. !on&unço integrante, A.
pronome relativo.
. 3 palavra @se@ é !on&unço integrante (por introduzir oraço su-ordinada
su-stantiva o-&etiva direta) em qual das oraç;es seguintes+
a) #le se mordia de !iBmes pelo patro.
-) 3 9ederaço arroga"se o direito de !an!elar o &ogo.
!) > aluno fez"se passar por doutor.
d) Cre!isa"se de operários.
e) No sei se o vin(o está -om.
7)?NDED>"3ssinale o item em que a palavra que e1er!e a mesma funço sintáti!a
que a en!ontrada em
F0omo !usta a passar um quarto de (ora para uma noiva que espera o noivo no
mais alto -eiral.G
a)3 pom-in(a, que era -ran!a sem e1agero, arrul(ava.
-)3 pom-a esperava que o pom-o !(egasse.
!)3 verdade é que o pom-o no tin(a des!ulpa para o atraso.
d)3 tarde era to -onita que o pom-o resolveu !amin(ar.
e)#ra -om que o pom-o !(egasse !edo 4 0andelária.
Um resumo das regras para você se amiliarizar com a aplica!"o dos pronomes
relativos adequados em cada caso#
0om ante!edente$ Coisa / Pessoa,
usa"se$ QUE / O QUAL e variantes
0om ante!edente$ Pessoa,
usa"se$ QUEM (com prep! / QUE
0om ante!edente$ Lugar,
usa"se$ O"#E
0om ante!edente$ $u%o / $o%o / $o%a,
usa"se$ QUA"$O e variantes
0om ante!edente$ Entre &u'stantivos #i(erentes,
usa"se$ CU)O e variantes
0om ante!edente$ Mo%o / Maneira / )eito / *orma,
usa"se$ COMO
E+ERC,C-O&
Preenc.a com o pronome relativo a%e/ua%o0
12 Hi a moça IIIIIIIIIIII tu gostas.
13 Hi o pa.s IIIIIIIII tu vais.
14 Hi o pa.sIIIIIIIII tu vens.
15 Hi o pa.s IIIIIIIIItu moras.
16 > modo IIIIIIII agiu foi sin!ero.
17 6en(o tudo IIIIIII quero.
18 Hi a moça IIIIIIII tu amas.
19 #is o livro IIIIIIII leitura gostei.
1: 9alou tudo IIIIIIII quis.
21 #la viu a me do aluno IIIIIIII ela gosta.
1. ?ma os pares de frases !om um pronome relativo, fazendo alteraç;es se
ne!essário. (que, quem, qual, quanto, !u&o, onde)
a. 0omprei o livro. #le foi adotado pela professora
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
-. Jus!ávamos uma soluço para o pro-lema. #ssa soluço no deveria afetar a
!lasse menos favore!ida.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
!. 6.n(amos um pro-lema. Koluço do pro-lema no deveria afetar a !lasse
menos
favore!ida.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
d. #sse é o me!Lni!o. #le !onsertou meu !arro.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
e. #sse é o me!Lni!o. 3 ofi!ina do me!Lni!o é e1emplar.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
f. #ste é um grande favor. No ten(o !omo pagar"l(e.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
g. 3 3mazMnia é uma vasta área verde. > mundo ne!essita dela.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
(. > im<vel irá a leilo na pr<1ima semana. > pagamento do im<vel está
atrasado.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
i. 3 rodovia 3n(anguera estava !ongestionada naquele momento. ?m !amin(o
de !arga (avia tom-ado
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
&. > !andidato tem um passado de lutas e de realizaç;es. N<s nos referimos
4quele !andidato.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
2. Nesfaça as frases de modo que a informaço repetida fique evidente
a. > !omputador que !omprei é <timo.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
-. Nese&ávamos ir para um lugar onde no (ouvesse poluiço.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
!. 6rou1e apenas as en!omendas que me foram pedidas.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
d. #sse padre de quem os &ornais falam é um grande -atal(ador pela &ustiça
so!ial.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
7. 0ir!ule o pronome relativo e informe seu ante!edente.
a. 3 propaganda que !riamos gan(ou um
pr=mio.IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
-. > pro&eto so-re o qual dis!utimos foi adiado. IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
!. > lo!utor a quem te referes no faz esse programa.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
d. >s apartamentos !u&os moradores via&arem sero
dedetizados.IIIIIIIIIIIIIIIIII
e. Nurmo no lugar onde !air. IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
f. 9izeram tudo quanto foi previsto.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
A. Eees!reva as frases a seguir empregando os pronomes relativos adequados,
pre!edidos de preposiço ou no.
a. 3 lo&a O vo!= foi tin(a produtos naturais+
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
-. #sta é a regio O será !onstru.do em -reve um grande !entro de lazer.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
!. > restaurante O seu amigo nos re!omendou tem um e1!elente atendimento.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
d. >s atletas O modalidades no !onstam nesta lista entraro numa pr<1ima
etapa.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
e. 0on(eço algumas !idades O vo!=s passaro no final do ano.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
f. 6odos notamos o modo O vo!= nos ol(ou meio ressa-iado.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
g. Caulo 0oel(o é um dos grandes es!ritores O o-ra se tornou famosa no
e1terior.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
(. > gerente O nos dirigimos tin(a sotaque estrangeiro.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
i. > instrutor O re!e-i essa orientaç;es &á foi !ampeo nas quadras.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

Exemplo: Afirmo que sou inteligente. pronome relativo. nas quais se classifica como conjunção integrante e como pronome relativo. 2. 4. b) 1. Um resumo das regras para você se familiarizar com a aplicação dos pronomes relativos adequados em cada caso. Com antecedente: Coisa / Pessoa." O vocábulo que está numerado em suas quatro ocorrências.) Espero que você não demore.Não sei se existe ou se dói. d)A tarde era tão bonita que o pombo resolveu caminhar. . e) 1. conjunção integrante. (Afirmo isto. 3. d) Precisa-se de operários. c) O aluno fez-se passar por doutor. 3)UNIRIO-Assinale o item em que a palavra que exerce a mesma função sintática que a encontrada em “Como custa a passar um quarto de hora para uma noiva que espera o noivo no mais alto beiral. conjunção integrante. 2. pronome relativo. conjunção integrante. 3. "isto" ou "aquilo". b) A Federação arroga-se o direito de cancelar o jogo. 4. 4. Estaríamos nos enganando se achássemos que (3) estas lideranças empresariais teriam motivação para fazer a distribuição de rendas que (4) uma nação equilibrada precisa ter. conjunção integrante. pronome relativo. 2.) Não sei se existe ou se dói.” a)A pombinha. Assinalar a alternativa que registra a classificação correta em cada caso. 3. Observação: Uma forma de identificar o se e o que como conjunções integrantes é substituí-los por "isso". arrulhava. pronome relativo. b)A pomba esperava que o pombo chegasse. pronome relativo. pronome relativo. d) 1. c) 1.) Fuvest)"É da história do mundo que (1) as elites nunca introduziram mudanças que (2) favorecessem a sociedade como um todo. 2. usa-se: QUE / O QUAL e variantes . conjunção integrante. e) Não sei se o vinho está bom. 3. pela ordem: a) 1. pronome relativo. conjunção integrante. (Não sei isto. pronome relativo. conjunção integrante. Espero que você não demore. pronome relativo. conjunção integrante. conjunção integrante. c)A verdade é que o pombo não tinha desculpa para o atraso. e)Era bom que o pombo chegasse cedo à Candelária. 3. 4. pronome relativo. 4. conjunção integrante. (Espero isto. 2. A palavra "se" é conjunção integrante (por introduzir oração subordinada substantiva objetiva direta) em qual das orações seguintes? a) Ele se mordia de ciúmes pelo patrão. que era branca sem exagero.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->