Você está na página 1de 1

III SEMIC – Seminário de Iniciação Científica da UNIFENAS

18, 19 e 20 de outubro de 2004

FASCEÍTE NECROTIZANTE TRATADA COM ÁGUA OZONIZADA - RELATO DE CASO

Guidoux, Gustavo Nader1 ; Oliveira, Jackeline Ribeiro2 ; Tomita, Wilson Koitti3 ; Velano, Carlos
Eduardo Engel4 ; Botrel, Tobias Engel Ayer4 ; Fiorini, João Evangelista5

A fasceíte necrotizante, originalmente denominada gangrena estreptocócica, é uma infecção


profunda do tecido subcutâneo, que resulta na destruição progressiva da fáscia e da gordura,
podendo poupar a pele. Estudos recentes demonstraram excelentes resultados no tratamento desta
patologia com a utilização de terapia tópica com ozônio, acelerando o processo cicatricial e
reduzindo a população bacteriana. Relato de Caso: SCB, 54 anos, sexo masculino, leucoderma,
solteiro, aposentado, deu entrada no nosso serviço no dia 28/08/03 com hipótese diagnóstica de mal
perfurante plantar, apresentando lesões ulceradas em calcâneo e panturrilha esquerda, drenando
secreção serosa em grande quantidade e de odor fétido. Tem antecedentes de Hanseníase
wirchoviana tratada há 30 anos. Foi submetido à desbridamento dos tecidos inviáveis no mesmo dia
e prescrito amicacina + penicilina cristalina. Foi submetido à novo desbridamento no dia 29/08/03 e
desbridamento + fasciotomia no dia 31/08/03. No dia 01/09 foi realizada amputação suprapatelar
de MIE e no dia 04/09 desarticulação coxofemoral; durante o ato cirúrgico evoluiu com choque
séptico, sendo infundido grande quantidade de volume, concentrado de glóbulos, noradrenalina e a
amicacina foi substituída por ceftriaxona, uma vez que a cultura da secreção mostrou crescimento
de Proteus mirabilis; dois dias após o procedimento cirúrgico, evoluiu com edema, hiperemia,
deiscência e secreção purulenta no coto, sendo iniciado curativo com soro fisiológico ozonizado
duas vezes ao dia; 2 dias após este procedimento apresentou regressão dos sinais flogísticos do coto
e após uma semana remissão total dos sinais flogísticos, recebendo alta hospitalar em 15 dias.

1
Acadêmico do 10º período de Medicina
2
Acadêmica do 12º período de Medicina
3
Orientador – Faculdade de Ciências Médicas
4
Residentes de Clínica Médica do HUAV
5
Professor da Faculdade de Ciências Médicas

Fonte Financiadora: UNIFENAS

Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS


Gestão de Pesquisa e Pós-graduação – www.unifenas.br/pesquisa