Você está na página 1de 39

Trabalho Acadêmico

Resultado de estudo ou
pesquisa de um tema, exigido
por disciplina, estudo
independente ou curso.
Tipos de Trabalhos Científicos
Trabalhos
Acadêmicos

Monografias

Dissertações
e Teses
Estrutura dos Trabalhos
Acadêmicos

Elementos Elementos
Obrigatórios Opcionais

 Capa  Resumo
 Folha de rosto  Sumário
 Texto
 Referências
Capa
 Nome da instituição
 Nome do(s) autor(es)
 Título e subtítulo do trabalho
 Local da instituição
 Ano de entrega
Folha de Rosto
 Nome do(s) autor(es)
 Título e subtítulo do trabalho
 Nota explicativa
 Local e ano

ww1.ucl.br/prodfor/trabalhos
Texto
Introdução

Desenvolvimento

Conclusão
Título
Ser conciso e sugerir o assunto.

Última decisão do autor.


Sumário
É a apresentação das partes do
trabalho, com indicação das páginas.
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO...................................06
2 PEDAGOGIA DO MOVIMENTO.................07
2.1 ATIVIDADE CORPORAL E BRINQUEDO..............10
2.2 O DESENVOLVIMENTO MOTOR...........................15
2.2.1 O esquema motor.............................20
2.2.2 Os períodos de desenvolvimento.............22
3 MOTRICIDADE...................................25
3.1 ATIVIDADES DE CORRIDA.....................................27
Introdução
Apresentação do trabalho de forma clara e objetiva.
Colocar o leitor a par do assunto que é tratado no
decorrer do trabalho
 Explicar o tema: anunciar as idéias mestras e colocar o
leitor a par do assunto que é tratado no decorrer do trabalho.
 Informar o objetivo final;
 Informar a relevância do trabalho;
 Descrever a forma como o trabalho foi
desenvolvido e está organizado.
- indicar a documentação e os dados utilizados;
- indicar a metodologia empregada;
 Motivar o leitor a ler o trabalho.

É a última parte do trabalho, a ser escrita.


Desenvolvimento
É o corpo do trabalho, onde o tema é explicado
e discutido.
Explicações lógicas.
Deve ser bem planejado (muitas vezes).
Método e esforço.

Poderá ser dividido em capítulos, partes


ou seções, de acordo com a conveniência
de desenvolvimento do assunto.
Conclusão
Pode ser considerada como um
“balanço” da pesquisa.
Apresentação das respostas aos temas levantados no início do
trabalho.
Qualidades fundamentais:
- essencialidade  convencer  resumo das ocorrências
mais importantes extraídas ao longo do trabalho.
- brevidade  enérgico e exato.
- personalidade  segurança do autor.

Deve avaliar e apresentar


sinteticamente os resultados
da pesquisa.
Citações
Menção, no texto, de informação
colhida de outra fonte (escrita
ou oral), para esclarecimento,
ilustração ou sustentação do
assunto em discussão.
Citações
Transcrição literal de frases
Diretas ou parágrafos do autor.

Transcrição da idéia do
Indiretas autor consultado.

Transcrição direta ou
De Citação indireta a partir de outra
fonte – sem acesso à fonte
original.
Nas citações deve constar:

 sobrenome do(s) autor(es);


 ano da publicação;
 número da página.
Citações Diretas

Com até 03 linhas, são


inseridas no texto,
entre aspas duplas.
Exemplos:
Os especialistas da área discutem que “[...] conceitos
fundamentais para o uso de sinalização indicam que a
sinalização ‘feita em casa’ mostra apenas boa-vontade”
(FIGUEIREDO, 1991, p.108).

Segundo Carvalho e Rodrigues (2000, p. 15) “[...] é


consenso que as tecnologias estão presentes em todos os
setores da sociedade [...]”.
Citações Diretas
 Com mais de 03 linhas, deverão
aparecer em parágrafo isolado,
iniciando a 4 cm da margem esquerda,
com letra menor (tamanho 10),
espaçamento simples e sem aspas.
Exemplo:
No mundo moderno,

[...] a tecnologia está tão avançada que podemos dispor de


um computador para resolver nossos problemas ‘caseiros’.
Podemos também nos comunicar, na hora que desejamos,
via telefone, com o outro lado do mundo. E, essas
conquistas da ciência, da pesquisa e da capacidade
intelectual do ser humano faz com que vivamos melhor
(CORTEZ, 1985, p.40).
Observações sobre
Citações Diretas
 Quando houver incorreções gramaticais
ou incoerências, faz-se a transcrição
seguida de [sic].

Exemplo:
“A inserssão [sic] da tecnologia num contexto
saudável deve permitir seu uso não como um
objeto de exploração/dominação de uns sobre
os outros [...]” (CARVALHO, 2004, p.55).
Observações sobre
Citações Diretas
 Quando houver mais de 03 autores,

(WEINE et al., 1979, p. 20)

Weine e outros (1979, p. 20)


Citações Indiretas
Exemplo:

A fenomenologia, tal qual o positivismo,


representa uma tendência dentro do idealismo
subjetivo (TRIVIÑOS, 1982).
Citação de Citação
Cita-se o autor original seguido da expressão “apud” e
da indicação do autor, da data e da página da obra
diretamente consultada. “
Exemplos:
Segundo Belluzzo (1990, p. 30 apud AKABASI, 1992, p.25),
“[...] educação é o processo pelo qual o usuário interioriza
comportamentos adequados com relação ao uso de
biblioteca”.

Podemos afirmar que “[...] educação é o processo pelo qual o


usuário interioriza comportamentos adequados com relação
ao uso de biblioteca” (BELLUZZO, 1990, p. 30 apud
AKABASSI, 1992, p.25).
Referências

Relação, em ordem alfabética,


das obras utilizadas para
fazer o trabalho.
Referências
Devem ser apresentadas de acordo com a
ABNT - NBR 6023 (2002).

Elementos indispensáveis: autor, título


(livro), edição, local (cidade), editora e ano
(data) de publicação.

Alecedp
Exemplos de Referências
MANCILHA, Jairo e PY, Luiz Alberto. O caminho
da longevidade – o caminho para uma vida longa
e saudável. Rio de Janeiro: Rocco, 2001.

SILVA, Kátia Cozendey da et al. Metodologia da


pesquisa. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2002.
Outros Exemplos
VAN VLACK, Lawrence Hall. Princípio de ciência
dos materiais. São Paulo: Edgar Blücher, 1970.
Cap. 3: Arranjos atômicos.

MOHRMN, Susan Albers. Integrando funções e


estruturas em uma organização horizontal. In:
GALBRAITH, Jay R., LAWLWER, Edward E.
Organizando para competir no futuro. São
Paulo: Makron Books, 1995. p. 90-120.
Outro Exemplo
PEROTA, Maria Luiza Loures Rocha. Resgate da
memória da Universidade Federal do Espírito
Santo: a fotografia como fonte de pesquisa.
1995. 170 f. Dissertação (Mestrado em Educação)
– Programa de Pós-Graduação em educação,
Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória,
1995.
Outro Exemplo
ATLAS histórico Isto É Brasil 500 anos: Império.
São Paulo: Ed. Três, 1998. 1 CD-Rom. Windows
LUCENA, J. C. P. de; CAMPOS, I. M.; MEIRA, S. L.
95/98.
Ciência e tecnologia para construção da sociedade
de informação no Brasil: documento de trabalho.
Brasília: CNPq, 1998. disponível em:
http://www.cct.gov.br/gtsocinfo/atividades/docs/ver
3/índice. htm. Acesso em: 20 out. 1999.
Outros Exemplos
BRASIL. Decreto-lei nº 2.423, de 7 de abril de
1988. Diário Oficial [da] República Federativa
do Brasil, Brasília, 8 de abr. 1988. seção 1, p.
6009.

BRASIL. Lei nº 9.995, de 25 de julho de 2000.


dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da lei
orçamentária de 2001 e dá outras providências.
Diário Oficial [da] República Federativa do
Brasil, Brasília, 26 de jul. 2000. Disponível em :
<http://www.in.gov.br>. Acesso em: 11 ago. 2000.
Formato
 Papel branco, tamanho A4
 Margem superior e esquerda = 3 cm
 Margem inferior e direita = 2 cm
 Nas entrelinhas deve ser usado
espaçamento 1,5
 Fonte “time new roman”, tamanho 12, para
o texto e 14 para os títulos
 Parágrafos devem ser iniciados rente à
margem esquerda, sendo separados por
um espaçamento maior
Formato
 Separar o título do texto, por duas
entrelinhas
 Separar o texto do título da seção
seguinte, por três entrelinhas
 Os títulos numerados devem vir rente à
margem esquerda
 Os títulos não numerados devem ser
centralizados
Paginação
A contagem das folhas começa a partir da
folha de rosto, mas a numeração só
aparece na primeira folha do texto
 Deveser feita em algarismos arábicos, na
extremidade superior direita da folha
A numeração dos anexos e apêndices
segue a seqüência do texto
 Concisão – enfoca o assunto de forma objetiva
 Correção – atenção às regras gramaticais

 Clareza – texto de fácil entendimento


 Elegância – deve ter estética

 Tecnicidade – dados concretos mas, fáceis

 Precisão – o texto traduz o que se quer dizer


 Evite parágrafos longos.
 Abra parágrafos com freqüência.
 Nãoutilize reticências ou ponto de
exclamação.
 Sempre que usar um termo pela primeira
vez, defina-o.
 Em textos técnicos não se usa o “nós” ou o
“eu”
 Seja impessoal, evitando o pronome pessoal

 “Cabe concluir que...”


 “Parece acertado que...”
 “...dever-se-ia dizer...”
 “...conclui-se que...”
 “O artigo citado...”
 Nuncause artigo antes de nomes próprios (o
Borges, o Watanabe)