CATÁLOGO DE PRODUTOS

Asfalto, Betume e Óleos

I-1078 EQUIPAMENTO TRIAXIAL DINÂMICO SERVO CONTROLADO NBR NM-ISO 7500-1; DNER – ME 133, 138; ensaios (6225), pavimento flexível (2944), reforço (3471), solo (4156) PALAVRA-CHAVE: Triaxial, dinâmico, resiliência, betuminosos, pavimentos

Equipamento triaxial dinâmico com carga repetida, servo controlado, marca Pavitest, para a determinação dos módulos de resiliência em Solos e misturas Betuminosas utilizados no dimensionamento de pavimentos flexíveis.

Dispositivos

I-1078

Software de Automação

No caso de solos, o corpo de prova, previamente preparado é acondicionado em uma câmara triaxial e submetido a uma tensão confinante, utilizando o sistema pneumático. Através também do sistema pneumático, o corpo de prova é submetido a uma força vertical axial (tensão de desvio) de forma repetida e freqüência pré-determinada. Dois sensores de deslocamento linear (LVDT) acoplados ao corpo de prova medem as deformações resilientes. Para as misturas betuminosas, o corpo de prova é colocado entre dois cabeçotes curvos e submetido à compressão diametral através de cargas repetidas e com freqüência pré-determinada. As deformações resilientes são obtidas através de dois sensores de deslocamento linear (LVDT) acoplados ao corpo de prova. O ensaio é realizado dentro de uma câmara termostática para climatização e controle da temperatura especificada. Juntamente com o equipamento são fornecidos todos os dispositivos para moldagem dos corpos de prova e realização dos ensaios.

PESOS APROXIMADOS (Kg) Bancada Câmara termostática Compressor 90 30 46

DIMENSÕES (ALP - mm) 1650 x 1300 x 740 900 x 500 x 550 650 x 800 x 350

VOLTS Monofásico 220

WATTS

BAR

HZ

C. Máx Kgf 600

Resolução Kgf 0.1

240

10

60

VOLTAGEM

WATTS

CÂMARA TERMOSTÁTICA COMPRESSOR

Monofásico Trifásico

110 ou 220 220 ou 380

560 750

ESPAÇO FÍSICO MÍNIMO PARA MONTAGEM:

2500x3000x1500mm

O Software operacional em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP, com banco de dados em Access. Realiza o comando, controle e monitoração dos ensaios, com cadastramento de amostras e corpos de prova, traçado de gráficos, armazenamento de dados e emissão de relatórios.

Diversos componentes fazem parte da configuração de acordo ao tipo de ensaio. Podemos destacar, a importância do conjunto de três pórticos estruturais portáteis para geração e aplicação de carga dinâmica repetida, e o conjunto de duas câmaras Triaxiais. Os dois pórticos que usam câmara triaxial foram desenvolvidos para atender os ensaios em Solos e o pórtico menor para acionar carga em Corpos de Prova de Asfaltos.

1 Seção A
Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos - v3. 00 - Português

Pág. 1

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Asfalto, Betume e Óleos

I-2003 MOLDE DE COMPACTAÇÃO MARSHALL DNER-ME043 PALAVRA-CHAVE: Compactação, MARSHALL, amostras

Molde composto de Colarinho, corpo e base intercambiáveis em aço zincado. Peso: 3,800 kg.
I-2004 SOQUETE MARSHALL DNER-ME043 PALAVRA-CHAVE: Compactação, MARSHALL, amostras

I-2003

I-2004

Soquete Marshall contém peso deslizante para o impacto de 4,540 Kg, produzido em aço zincado. Peso: 7,900 kg.

I-2060 FIXADOR PARA MOLDE MARSHALL DNER-ME043 PALAVRA-CHAVE: Compactação, MARSHALL, amostras

Fixador para molde Marshall, com furação para fixação no pedestal diretamente, garantindo a estabilidade do molde, durante a compactação Marshall. Fabricado em aço zincado. Peso: 4,800 kg.

I-2060

I-2002 ANEL CABEÇOTE MARSHALL PARA COMPRESSÃO DNER-ME043 PALAVRA-CHAVE: Anel de compressão, MARSHALL, amostras

Anel cabeçote Marshall para compressão (placa de ruptura). Fabricado em aço fundido, com guias que garantem uma maior uniformidade e paralelismos durante o ensaio. Peso: 5,700 kg.

I-2002

I-2002-A

DISPOSITIVO PARA TRAÇÃO INDIRETA (PÓRTICO DE LOTTMAN)

DNER-ME138 PALAVRA-CHAVE: Resistência, tração, compressão, pórtico

Dispositivo para tração indireta (Pórtico de Lottman). Fabricado em aço zincado, com guias que garantem uma maior uniformidade e paralelismos durante o ensaio. Serve para a determinação da resistência a tração por compressão diametral em Corpos de Prova Marshall. Peso: 2,600 kg.
I-2002-A

2 Seção A
Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos - v3. 00 - Português

Pág. 2

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Asfalto, Betume e Óleos

I-2004-A

SOQUETE MOTORIZADO PARA COMPACTAÇÃO MARSHALL, AUTOMÁTICO

DNER-ME043 PALAVRA-CHAVE: Compactação, MARSHALL, amostras, soquete

Soquete motorizado para compactação Marshall, acompanhado de pedestal e painel de controle. O processo da compactação é automático. Coloca-se o molde não compactado, se programa o número de golpes, o equipamento realiza a compactação automaticamente até o fim da programação. Peso: 195,000 kg.
CODIGO
I-2003-A

COMPONENTES PARA REPOSIÇÃO
PEDESTAL DE MADEIRA COM FIXAÇÃO (SUPORTE)

PESO(Kg)
25,000

I-2004-A

I-2001 PRENSA MARSHALL MANUAL NBR NM-ISO 7500-1; DNER-ME 043; ASTM D-1559 PALAVRA-CHAVE: Prensa, fluência, MARSHALL

Prensa utilizada para realização do ensaio da determinação da fluência e estabilidade de misturas Betuminosas de Cimento Asfáltico ou alcatrão, a quente, para uso em pavimentação. Prensa manual com anel dinamométrico (já aferido), com capacidade para até 5000Kgf, com extensômetro, com resolução de 0,001mm para medir as deformações do anel dinamométrico na compressão das amostras. Possui duas velocidades, sendo uma mais lenta para realização dos ensaios e outra mais rápida para ajuste de aproximação e retorno do pistão. O retorno rápido do pistão sem uso da manivela é possibilitado através do pino-trava situado logo abaixo do prato, na fase preparatória do ensaio. Peso: 70,00 Kg Dimensões: 1030x410x280mm
CODIGO
I-2001-D

COMPONENTES PARA REPOSIÇÃO
ANEL DINAMOMÉTRICO, 5.000 KGF, COM EXTENSÔMETRO

PESO(Kg)
5,01

I-2001

3 Seção A
Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos - v3. 00 - Português

Pág. 3

Equipamento utilizado para realização do ensaio de determinação do “Índice de Suporte Califórnia” (ISC).00 Kg Dimensões: 1030x410x280mm 4 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . O pino trava situado logo abaixo do prato possibilita o retorno rápido. Prensa manual com anel dinamométrico (já aferido). 4 . Betume e Óleos I-1006-G PRENSA CBR/MARSHALL MANUAL NBR NM-ISO 7500-1. Este procedimento visa minimizar perturbações ao ensaio pelo efeito das vibrações provocadas pelo motor. ASTM D-1559 PALAVRA-CHAVE: Prensa. DNER-ME 043. NBR 9895. Possibilita a execução do ensaio Marshall que tem por objetivo a determinação da estabilidade e da fluência de misturas betuminosas de cimento Asfáltico ou alcatrão.000Kgf. fluência. COM 2 (DOIS) EXTENSÔMETROS PISTÃO PARA O ENSAIO CBR PISTÃO PARA O ENSAIO MARSHALL PESO (Kg) 5. a quente.Português Pág. O pino trava situado logo abaixo do prato possibilita o retorno rápido. aeroportos e outras obras afins. ISC. 5. O motor deve ser instalado em uma superfície separada a da prensa. 049 PALAVRA-CHAVE Prensa. Acompanham 2 (dois) pistões para habilitar a aplicação CBR/MARSHALL. com resolução de 0. Peso: 70. conforme prescrito na norma do ensaio. Possui duas velocidades. sendo uma mais lenta para realização dos ensaios e outra mais rápida para ajuste de aproximação e retorno do pistão.565 2. CBR. com extensômetro.280 I-2001-A PRENSA MARSHALL ELÉTRICA NBR NM-ISO 7500-1. MARSHALL I-2001-A VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 3475 HP 3 Prensa utilizada para realização do ensaio da determinação da fluência e estabilidade de misturas Betuminosas de Cimento Asfáltico ou alcatrão. Peso: 96. MARSHALL Prensa manual com anel dinamométrico (já aferido). girar o prato e regulagem de altura desejada. Índice Suporte Califórnia. 00 . resistência.v3.001mm para medir as deformações do anel dinamométrico na compressão das amostras. O ensaio tem por finalidade determinar a resistência à penetração em Solos. O motor elétrico permite uniformidade na velocidade de penetração do pistão. a quente.010 2. girar o prato e regulagem à altura desejada. comumente chamado de CBR.00 Kg Dimensões: 1030x410x280mm I-1006-G CÓDIGO I-1006-E I-1006-I I-2001-E ACESSÓRIOS QUE ACOMPANHAM ANEL DINAMOMÉTRICO. com capacidade para até 5000Kgf. parâmetro utilizado em dimensionamento de pavimentos para estradas.000 KGF.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. com capacidade para até 5. DNER-ME 043. para uso em pavimentação. para uso em pavimentação.

compressão em Corpos de Prova em Gesso (e quaisquer outros ensaios onde haja necessidade de aplicação de força de compressão). 5 .000 Velocidade Pistão (mm/min) 0.300 0. Máx Kgf 5. ISC. CBR. parâmetro utilizado em dimensionamento de pavimentos para estradas. com base perfurada que garante a circulação de água na parte superior e inferior da amostra. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS RPM HZ C. Betume e Óleos I-1006-F PRENSA CBR/MARSHALL/COMPRESSAO SIMPLES E OUTROS ENSAIOS. Possui capacidade de aplicação de carga de até 5000 kgf. fabricada em aço inoxidável. resistência.300 CODIGO I-2007 I-2007-B I-2007-E COMPONENTES PARA REPOSICAO RESISTÊNCIA TERMOSTATO PESO (Kg) 0. 00 . 12770. com cadastramento de amostras e corpos de prova.00 Kg Equipamento. sendo controlada pelo software operacional através de comando na tela do micro computador (sem troca de engrenagens). NBR 9895. monitorado digitalmente. O equipamento permite também a execução de ensaios de Compressão Simples em amostras de Solos. multifuncional I-1006-F As leituras de penetração no ensaio de ISC ou a deformação dos corpos de prova em outros ensaios são realizadas através de LVDT. 12891. com característica multifuncional (CBR / MARSHALL / COMPRESSÃO SIMPLES / E OUTROS ENSAIOS). É possível a realização do ensaio de determinação do “Índice de Suporte Califórnia” (ISC). Capacidade para 6 ou 8 Corpos de Prova. que tem por finalidade determinar a resistência à penetração em solos. DNER-ME 043.v3. com banco de dados em access. Peso: 13.150 BIVOLTS Monofásica 110 e 220 WATTS HZ 1500 50/60 5 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . MARCHALL. aeroportos e outras obras afins. a quente. Possibilita a execução do ensaio Marshall que tem por objetivo a determinação da estabilidade e da fluência de misturas betuminosas de cimento Asfáltico ou alcatrão. Índice Suporte Califórnia.00 Curso Pistão (mm) 100 400 3300 50/60 I-2007 BANHO MARIA PARA AMOSTRAS MARSHALL DNER-ME-043 PALAVRA-CHAVE: Amostra. O equipamento é dotado de motor servo controlado com indicação e controle da velocidade de avanço.80 Kg CODIGO I-2007 I-2007-F VERSÕES BANHO MARIA PARA AMOSTRAS MARSHALL BANHO MARIA PARA AMOSTRAS MARSHALL ANALÓGICA.00 mm/min. COM TAMPA INTEIRIÇA PESO (Kg) 13. A velocidade de deslocamento do pistão varia de 0. Possui software operacional em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP. 049 PALAVRA-CHAVE: Prensa. tanque Banho Maria para amostras Marshall.0001 a 15. Peso: 96. O ajuste de aproximação (sobe/desce) do pistão é realizado por um sistema controlado eletronicamente através de acionamento do joystick. simples. compressão. para controle e monitoração do ensaio. com medição de força realizada através de célula de carga. traçado de gráficos de carga x tempo. MARSHALL. ELETRÔNICA SERVO CONTROLADA NBR NM-ISO 7500-1.800 15. comumente chamado de CBR. aquisição e armazenamento de dados.Português Pág. Flexão em Telhas.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. de deslocamento x tempo simultaneamente ao ensaio. para uso em pavimentação.0001 – 15. que permite a execução de vários ensaios em uma única máquina.

200 0. fluência. Índice Suporte Califórnia. diminuindo o esforço do operador. ISC I-1012-A Utilizado para a extração de amostras de Corpos de Prova de misturas Betuminosas de Cimento Asfáltico ou Alcatrão em moldes de ensaios de compactação Marshall. 162. 049. Peso: 9. Betume e Óleos I-2006 EXTRATOR DE AMOSTRAS MECÂNICO DNER-ME 043.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. 162. 7182. 12891. ISC Utilizado para a extração de Corpos de Prova de misturas Betuminosas de Cimento Asfáltico ou Alcatrão em moldes de ensaios de compactação Marshall. Fabricado em latão. 049. 12024. amostra. 7182 PALAVRA-CHAVE: Extrator. 9895. DNER-ME 043. fluência. MARSHALL. fabricado em aço zincado.01MM PESO(Kg) 0. CODIGO I-2005 I-2005-B VERSÕES MEDIDOR DE FLUÊNCIA MARSHALL DE 1/32” MEDIDOR DE FLUÊNCIA MARSHALL DE 1/50” PESO (Kg) 0. 12024.050 0. Possui funcionamento hidráulico. 9895. 00 .70 Kg I-2006 I-1012-A EXTRATOR DE AMOSTRAS HIDRÁULICO NBR 12102. Peso: 0. Peso: 0. 12024. MARSHALL. NBR 12102.110 I-2005 I-2005-A MEDIDOR DE FLUENCIA MARSHALL COM EXTENSÔMETRO DNER-ME 043 PALAVRA-CHAVE: Medidor.450 Kg I-2056 I-2005 MEDIDOR DE FLUENCIA MARSHALL DE 1/32” DNER-ME 043 PALAVRA-CHAVE: Medidor. 9895. 162. 129 PALAVRA-CHAVE: Extrator.Português Pág. com resolução de 1/32” ou 1/50”. FLOW METER Medidor de fluência. Índice Suporte Califórnia.160 I-2005-A 6 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . O funcionamento é através da forca aplicada na manivela. MARSHALL. CBR. 12023. para uso com a prensa Marshall. prensa Disco para extração e Corpo de Prova. MARSHALL. 129 PALAVRA-CHAVE: Extrator. com dispositivos que permitem a extração de Corpos de Prova com diversos diâmetros. O Corpo de Prova é empurrado telescopicamente de acordo ao esforço do operador. MARSHALL Medidor de fluência analógico 1/100MM composto extensômetro com suporte e molde de compressão. 12891. 7182. amostra. 12023. 049. de maneira a atender a necessidade de diversos ensaios de laboratório.500 Kg CODIGO I-2057 C-4015-C por ACESSÓRIOS E OPCIONAIS SUPORTE PARA EXTENSÔMETRO (DISPOSITIVO PARA ADAPTAR) EXTENSÔMETRO DE 30MM COM RESOLUÇÃO DE 0. amostra.v3. Peso: 8. Utilizado também para a extração de amostras de Corpos de Prova de Solos em moldes de ensaios de compactação CBR/Proctor. 6 . Utilizado também para extrair Corpos de Prova Proctor. Fabricado em aço zincado. CBR.20 Kg I-2056 DISCO EXTRATOR DE CORPO DE PROVA MARSHALL NBR 12102. 12023. DNER-ME 043. 129. Proctor.

Operado a través de manivela. capaz de atingir 3. Composto por uma cuba de vidro borossilicato. Quando aquecido. o solvente se evapora e se condensa no topo dos cestos cônicos. centrifuga Aparelho Rotarex manual. CAIXA COM 100 FOLHAS PAPEL FILTRO QUALITATIVO 50CM. 00 .500 gramas. com sistema de desengate ativando a parada quando atingida a rotação desejada.500gr.v3. extrator de Betume.90 0. tipo “Centrifugador”.140 I-2009 I-2009-B ROTAREX ELÉTRICO DNER-ME 053 PALAVRA-CHAVE: Centrifugador.500 Kg CODIGO I-4086-D C-4029-C C-4029-D OPCIONAIS PLACA AQUECEDRA 30x40CM PAPEL FILTRO QUALITATIVO 33CM.720 I-2062 7 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . dois cestos cônicos em tela metálica e um condensador em cobre.800 kg.600 RPM. capacidade 1. 7 . Betume e Óleos I-2009 ROTAREX MANUAL DNER-ME 053 PALAVRA-CHAVE: Centrifugador.700 1. Dimensões: 460 x 427 x 330 mm CODIGO C-2009-A OPCIONAIS PAPEL FILTRO FOLHAS WATTS 150 HZ 50/60 PESO(KG) PARA ROTAREX. extrator Aparelho Rotarex elétrico. Peso: 7. extrator de betume. Peso: 28.000 kg. com sistema de freio para parada rápida. Dimensões: 420 x 320 x 450 mm CODIGO C-2009-A OPCIONAIS PAPEL FILTRO FOLHAS PARA ROTAREX. extrator de Betume. capacidade 1. PACOTE COM 100 PESO(KG) 1. CAIXA COM 100 FOLHAS PESO(KG) 14.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto.Português Pág. Peso: 33. onde vai extrair betume da mistura asfáltica que ali se encontra. PACOTE COM 100 1.140 VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 RPM 3600 I-2009-B I-2062 EXTRATOR DE BETUME POR REFLUXO DUPLO ASTM D 2172. AASTHO T164 PALAVRA-CHAVE: Extrator de betume Extrator de betume por refluxo duplo. tipo “Centrifugador”.

100 4. Veja outros modelos em tabela abaixo.Português Pág. Betume e Óleos SOXHLET COMPLETO PALAVRA-CHAVE: Extrator de betume Aparelho Soxhlet Completo.180 0. fusível de segurança.10 13.00 I-4086-A AQUECEDORA AQUECEDORA AQUECEDORA AQUECEDORA AQUECEDORA HZ 60 DE 30 x 20CM DE 30 x 30CM DE 30 x 40CM DE 30 x 50CM DIÂMETRO 22CM I-4010-J ESTUFA ELETRICA COM PRATO GIRATÓRIO DNER-ME-0172 PALAVRA-CHAVE: Estufa.v3. Usado para extração precisa do betume. COM REGISTRO TELA DE ARAME COM FIBRA CERÂMICA.40 5. Isolamento em lã de vidro em todas as paredes inclusive porta e teto.00 Kg I-4010-J VOLTAGEM Monofásica 110/220 HZ 60 8 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . Forno.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto.90 18. externamente em pintura eletrostática. 00 .000ML SOXHLET COMPLETO DE 4.000 5.000ML PESO(Kg) 2.670 0.53 14. Vedação da porta com gaxeta de silicone. Confeccionada em chapa de aço com tratamento anticorrosivo e pintada internamente com tinta alumínio resistente a altas temperaturas. CODIGO C-2008-A C-2008 C-2008-G VERSÕES SOXHLET COMPLETO DE 500ML SOXHLET COMPLETO DE 1. com tempo de aquecimento +/– 30 minutos. porta com visor de vidro. suporte para termômetro e dispositivo superior para saída do ar quente. capaz de aquecer até 300°C.900 Kg CODIGO I-4086-A I-4086 I-4086-D I-4086-B C-4086-C BIVOLTS Monofásica 110 e 220 VERSÕES PLACA PLACA PLACA PLACA PLACA WATTS 1200-2500 PESO(Kg) 10. com base. controle termostático de temperatura. Peso: 14. Chave liga/desliga. lâmpada piloto. 20X20CM PESO(KG) 1. suporte e garras.000 500 C-2008-F C-4022-D C-2008-E COMPONENTES CONFORME VERSÃO CODIGO DESCRIÇÃO Volume (ml) 1000 4000 C-2008-D C-4022-C C-2008-C C-2008-H C-2008-J C-2008-I CONDENSADOR BALÃO DE VIDRO CORNETA CODIGO C-2008 C-2008-B C-2013 C-2014 ACESSÓRIOS GARRA BICO DE BUSEN.055 I-4086-D PLACA AQUECEDORA PALAVRA-CHAVE: Aquecedor Placa aquecedora de 30x40cm. PESO: 35. aquecedor Efeito calor e ar circulante até 200°C. sem perda de finos que compõe a massa Asfáltica. com prato giratório. 8 .

lâmpada piloto. 00 . VERSÕES CODIGO C-4010-I C-4010 C-4010-A C-4010-D C-4010-B C-4010-K C-4010-F C-4010-H VOLTALGEM Monofásica 110/220 C-4010-A DIMENSÕES CM 25x25x30 35x30x40 45x40x45 50x40x50 50x50x60 60x60x70 80x60x70 100x70x90 HZ 50 ou 60 CAPACIDADE LT 18 42 81 100 150 252 336 630 PESO(Kg) 39.100 1. móvel e removível em chapa de aço perfurada. CODIGO C-2019 C-2019-A C-4098-A OPÇÕES DESTILADOR DE PERCLOROETILENO. Forno. Vedação da porta com gaxeta de silicone. suporte para termômetro e dispositivo superior para saída do ar quente.000 45.800 0. Confeccionada em chapa de aço com tratamento anticorrosivo e pintada internamente com tinta alumínio resistente a altas temperaturas. 9 .800 2. fusível de segurança.000 78. alambique. com controlador de temperatura de 50°C a 200°C.00 140. Acompanha prateleira interna.400 DESTILADOR DE PERCLOROETILENO C-2019 PALAVRA-CHAVE: Destilador. não acompanha a fonte de calor. externamente em pintura eletrostática.000 1.000 65.600 CODIGO C-4010-C REPOSIÇÃO ESTUFA.00 PRATELEIRA PARA ESTUFA PALAVRA-CHAVE Estufa Prateleira para estufas. CODIGO C-4013-C C-4013 C-4013-A C-4013-D C-4013-B C-4013-E C-4013-F C-4013-G VERSÕES PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PARA PARA PARA PARA PARA PARA PARA PARA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA DE DE DE DE DE DE DE DE 25X25X30CM 35X30X40CM 45X40X45CM 50X40X50CM 60X50X50CM 60X60X70CM 80X60X70CM 100X70X90CM PESO(KG) 0. aquecedor Estufa elétrica. CAPACIDADE 4000ML FRASCO PESO(KG) 1. Betume e Óleos ESTUFA ELETRICA DNER-ME-0172 PALAVRA-CHAVE: Estufa.900 1. Consiste em duas partes conectadas.000 119. TERMOREGULADOR PARA PESO(KG) 0.600 1. recuperador Recuperador de solvente por destilação. CAPACIDADE 4000ML CONDENSADOR.000 2.Português Pág. Chave liga/desliga.800 0.000 58.450 C-2019 9 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . Fabricadas em aço inoxidável.800 0. FEMEL.v3.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. Isolamento em lã de vidro em todas as paredes inclusive porta e teto.000 89.

11345. marca PAVITEST. ASTM D5. DNER-ME003. CODIGO C-2050-C C-2050-D I-2050-A I-2050-B COMPONENTES CÁPSULA DIÂMETRO 70x45MM COM TAMPA CÁPSULA DIÂMETRO 55x35MM COM TAMPA AGULHA PARA PENETRÔMETRO CUBA DE TRANSFERÊNCIA I-2050 I-2050-E PENETRÔMETRO UNIVERSAL DE AJUSTE FINO NBR 11508. 11345. 11345. etc. Peso: 3. 6576. AASHTO T49 PALAVRA-CHAVE: Determinador. Peso: 5. Fabricado com base usinada em ferro fundido.v3. Betume e Óleos I-2050 PENETRÔMETRO UNIVERSAL NBR 11508. coluna de altura regulável. ASTM D5. Desenvolvido para ensaios de laboratório de penetração em Asfaltos. coluna de altura regulável. ASTM D5.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto.960 kg. apropriado para determinar a penetração em materiais Betuminosos e Asfaltos. Possui um sistema elétrico que solta a haste de penetração e trava após atingido o tempo exigido por norma e programado no timer.Português 10 Pág. Refratários. marca PAVITEST. AASHTO T49 PALAVRA-CHAVE: Determinador. conseqüentemente um ensaio mais preciso. Dispõe de dispositivos especiais que permitem um ajuste fino de aproximação. Fabricado com base usinada em ferro fundido. sem contato manual.80 Kg CODIGO C-2050-C C-2050-D I-2050-A I-2050-B COMPONENTES CÁPSULA DIÂMETRO 70x45mm COM TAMPA CÁPSULA DIÂMETRO 55x35mm COM TAMPA AGULHA PARA PENETRÔMETRO CUBA DE TRANSFERÊNCIA CODIGO I-2050-F OPCIONAIS CONE (CONFORME ASTM D217) WATTS 100 HZ 50/60 I-2050-I VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . 6576. DNER-ME003. resistência. Peso: 5. apropriado para determinar a penetração em materiais Betuminosos. coluna de altura regulável. resistência. penetração Penetrômetro Universal (Completo).24 Kg CODIGO C-2050-C C-2050-D I-2050-A I-2050-B COMPONENTES CÁPSULA DIÂMETRO 70x45mm COM TAMPA CÁPSULA DIÂMETRO 55x35mm COM TAMPA AGULHA PARA PENETRÔMETRO CUBA DE TRANSFERÊNCIA I-2050-E CODIGO I-2050-F OPCIONAIS CONE (CONFORME ASTM D217) I-2050-I PENETRÔMETRO UNIVERSAL SEMI-AUTOMÁTICO NBR 11508. Frutas. DNER-ME003. para determinação da penetração de Materiais Betuminosos. 6576. penetração Penetrômetro universal (completo). Fabricado com base perpendicular usinada em ferro fundido. 00 . 10 . penetração Penetrômetro universal semi-automático (completo). AASHTO T49 PALAVRA-CHAVE: Determinador. resistência.

aparelho Cleveland. resistência. placa de aquecimento. penetração Penetrômetro universal automático digital (completo). AASHTO T48 PALAVRA-CHAVE: Medição. Neste aparelho o aquecimento da cuba é dado por um sistema elétrico que garante maior uniformidade ao ensaio. 00 . Peso: 10. com registro e 3m de mangueira. CLEVELAND Ponto de Fulgor. Refratários. dispositivo para aplicação da chama piloto. emissão de gases.00 Kg CODIGO C-2050-C C-2050-D I-2050-A I-2050-B COMPONENTES CÁPSULA DIÂMETRO 70x45mm COM TAMPA CÁPSULA DIÂMETRO 55x35mm COM TAMPA AGULHA PARA PENETRÔMETRO CUBA DE TRANSFERÊNCIA CODIGO I-2050-F VOLTAGEM Monofásica OPCIONAIS CONE (CONFORME ASTM D217) WATTS 100 HZ 50/60 I-2050-H 110 ou 220 I-2020-A PONTO DE FULGOR CLEVELAND VASO ABERTO A GÁS NBR 11341. O ponto de fulgor se aplica para a medição e emissão de gases de materiais derivados de petróleo. composto de cuba de ensaio. com registro e 3m de mangueira. Peso: 12. a chama piloto é alimentada por gás. emissão de gases. ponto de fulgor. ASTM D92. etc. WATTS 1. Possui controle de aproximação e retorno da agulha motorizados. timer que controla a liberação e retenção da agulha. apropriado para determinar a penetração em materiais Betuminosos. composto de cuba de ensaio. dispositivos para auxiliar a visualização da agulha (lupa e luz dirigida). dispositivo para aplicação da chama piloto. Frutas. aparelho vaso aberto Cleveland. elétrico.v3. ASTM D5.00 kg.00 kg. Peso: 11. DNER-ME003. Dimensões: 600 x 415 x 281 mm CODIGO C-2029 ACESSÓRIOS TERMÔMETRO ASTM-11C DE -6°C A 400°C PESO(KG) 0. a gás. ASTM D92. AASHTO T48 PALAVRA-CHAVE: Medição. AASHTO T49 PALAVRA-CHAVE: Determinador. Dimensões: 362 x 213 x 301 mm I-2020 CODIGO C-2029 ACESSÓRIOS TERMÔMETRO ASTM-11C DE -6°C A 400°C PESO(KG) 0.Português 11 Pág. 6576.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto.039 I-2020-A CODIGO C-4119-C OPCIONAIS BUJÃO DE GÁS DE 2 KG (VAZIO) I-2020 PONTO DE FULGOR CLEVELAND VASO ABERTO ELÉTRICO NBR 11341. ponto de fulgor. 11345.039 CODIGO C-4119-C VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 OPCIONAIS BUJÃO DE GÁS DE 2 KG (VAZIO).400 HZ 50/60 Hz Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . CLEVELAND Ponto de Fulgor. 11 . Betume e Óleos I-2050-H PENETRÔMETRO UNIVERSAL AUTOMÁTICO DIGITAL NBR 11508. exceto óleos e materiais com ponto de fulgor abaixo de 79oC.

WATTS 1200 HZ 50/60 I-2021-A PONTO DE FULGOR TAG VASO ABERTO NBR 5765.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. 00 . TAG Aparelho para Ponto de Fulgor TAG – Vaso Fechado. 12 . acompanha registro e 3m de mangueira. Obs. Acompanha registro e 3 mt de mangueira. ASTM D-1310. elétrico. Este equipamento foi desenvolvido para ensaios em líquidos com ponto de fulgor até 110oC e asfaltos do tipo cutback com ponto de fulgor menor que 93oC.700 CODIGO C-4158 C-2027 C-2028 ACESSÓRIOS TERMÔMETRO ASTM-9C DE 5°C A 110°C TERMÔMETRO ASTM-10C DE 90°C A 370°C PESO(KG) 0. ASTM D-56 PALAVRA-CHAVE: Medição.v3. AASTHO T79 PALAVRA-CHAVE: Medição. fulgor Aparelho para Ponto de Fulgor pelo método Pensky Martens. Peso: 5. 42.010 8. CODIGO C-4158 C-4158-A VERSÕES PONTO DE FULGOR PENSKY MARTENS FECHADO. AGITAÇÃO MANUAL PONTO DE FULGOR PENSKY MARTENS FECHADO. PONTO DE FULGOR PENSKY MARTENS ASTM D93. CODIGO C-2027 ACESSÓRIOS TERMÔMETRO ASTM-90C DE 5°C A 110°C PESO(KG) 0.039 CODIGO I-2021 C-4119-C VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 OPCIONAIS BUJÃO DE GÁS DE 2 KG (VAZIO). D 3143. WATTS 1200 HZ 60 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . Peso: 5. AGITAÇÃO MOTORIZADA VASO VASO PESO(KG) 8. à gás. com agitação manual.: Não se aplica em asfaltos cutback ou solventes tipo parafina líquida. cutback Aparelho para Ponto de Fulgor TAG – Vaso Aberto. e aquecimento elétrico com termostato regulável para determinar o ponto de fulgor em óleos combustíveis.700 kg CODIGO C-2027 ACESSÓRIOS TERMÔMETRO ASTM-9C DE 5°C A 110°C PESO(KG) 0. Betume e Óleos I-2021 PONTO DE FULGOR TAG VASO FECHADO ABNT MB 7974. ABNT MB 889. Este equipamento foi desenvolvido para ensaios em líquidos com ponto de fulgor até 110oC e asfaltos do tipo cutback com ponto de fulgor menor que 93oC. ponto de fulgor.450 kg. ABNT MB 048 PALAVRA-CHAVE: Medição. com registro e 3m de mangueira. óleos.Português 12 Pág.039 CODIGO I-2021-A C-4119-C OPCIONAIS BUJÃO DE GÁS DE 2 KG (VAZIO).038 CODIGO C-4119-C VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 OPCIONAIS BUJÃO DE GÁS DE 2 KG (VAZIO).039 0. fulgor.

Composto por: Copo Becker 800ml. Obs: termômetro ASTM 113C (opcional).00 23. UNIVERSAL Viscosímetro Saybolt Furol ou Saybolt Universal para 2 ou 4 provas. 02 anéis metálicos para amostra.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. 5 litros ORIFICIO UNIVERSAL diâmetro 3.2 PROVAS UNIVERSAL .00 23.15mm ORIFICIO FUROL diâmetro 11.200 4. MB 164 PALAVRA-CHAVE: Determinador. Dispõe de controles independentes para iluminação e agitação. C-2031 C-2032 C-2033 C-2034 C-2035 C-2036 VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 ASTM-17C ASTM-18C ASTM-19C ASTM-20C ASTM-21C ASTM-22C C-2025-B I-2025-M I-2025-L I-2025-J Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . ABNT MB 517.090 10. LIMPADOR DO TUBO DE ENSAIO CHAVE PARA APERTAR OS ORIFÍCIOS FUNIL PARA VISCOSÍMETRO ÓLEO THERMO-100. display digital.042 0.Português 13 Pág.10 I-2017 VISCOSÍMETRO SAYBOLT FUROL NBR 14491.2 PROVAS FUROL . FUROL. 02 guias para anel e bola. viscosidade.900 0.041 OBS: No ensaio da determinação da viscosidade Saybolt sugere-se também termômetro de graduação °F.000ml. CODIGO C-2046-A I-4086-A OPCIONAIS TERMÓMETRO ASTM 113C DE 0-175°C PLACA AQUECEDORA 20X30CM PESO(KG) 0.4 PROVAS UNIVERSAL .v3. E102 PALAVRA-CHAVE: Determinação.00 18.150 0. Peso: 0.010 I-2025 CODIGO ACESSÓRIOS TERMÔMETRO TERMÔMETRO TERMÔMETRO TERMÔMETRO TERMÔMETRO TERMÔMETRO WATTS 1400 HZ 50/60 PESO(KG) DE DE DE DE DE DE 19 34 49 57 79 95 A A A A A A 27ºC 42ºC 57ºC 85ºC 87ºC 103ºC 0. MB 326.4 PROVAS PESO(kg) 18. amolecimento Aparelho para determinação do Ponto de Amolecimento (Materiais Betuminosos) através do princípio do anel e bola.043 0.010 0. 00 . suporte metálico.00 CODIGO C-2025-B I-2025-M I-2025-L I-2025-J C-2025-C I-2025-K I-2025-N COMPONENTES FRASCO RECEPTOR DE 60ml.040 0.630 kg.042 0. Betume e Óleos PONTO DE AMOLECIMENTO I-2017 NBR 6560. com controle eletrônico digital da temperatura do banho. SAYBOLT.039 0.2mm PESO(KG) 0. 02 esferas. Dimensões: 720 x 319 x 315 mm CODIGO I-2025 I-2025-A I-2025-O I-2025-P VISCOSÍMETRO VISCOSÍMETRO VISCOSÍMETRO VISCOSÍMETRO VERSÕES SAYBOLT SAYBOLT SAYBOLT SAYBOLT FUROL . 13 . Disponibilizamos este tipo de termômetros sobre consulta do cliente. volume de óleo 5. ASTM D88.210 0.

160 0.00 Kg Dimensões: 440 X 480 x 580 mm. Peso: 18.410 0.039 0. destilador.100 0.200 0. condensador. 14 . constante em ensaios de viscosidade cinemática e absoluta.070 0. INTERNO DE 5 CM CÂMARA DE FERRO FUNDIDO SUPORTE PARA FIXAÇÃO DA CÂMARA ROLHA PARA CONEXÕES TERMÔMETRO ASTM 7C –2 A 300OC (NÃO ACOMPANHA O KIT) PINÇA SIMPLES PARA CONDENSADOR MUFLA DUPLA PARA PINCA(GARRA) MODELO 3302 PESO(KG) 0. Composto por: recipiente para aquecimento.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. 5847.080 I-2064 C-4167 C-4014-G Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . bico de bunsen. proveta. suportes.400 0. CODIGO C-4023-B C-1014-50 C-2013 I-4102-A C-2064-B C-2016-D I-2023-A I-2064-D I-2023-B I-2064-D I-2023-C I-2064-F C-2052 C-4207 C-4014-G COMPONENTES (APARELHO MONTADO) PROVETA DE VIDRO GRADUADA 250ML PENEIRA DE INOX 8X2” COM ABERTURA DE 0.700 0. mangueiras.400 0.5OC (NÃO ACOMPANHA O KIT) ANEL DIAMETRO DE 100MM COM CABO CROMADO MUFLA DUPLA PARA PINÇA (GARRA) MODELO 3302 PESO(KG) 5. Betume e Óleos C-2025-K VISCOSÍMETRO CINEMÁTICO E ABSOLUTO NBR 14756. INTERNO DE 15. CODIGO I-2064-A C-2064-B C-2064-C I-4102-A I-2064-D C-4207 I-2064-F C-2051 COMPONENTES CÂMARA RETA FERRO FUNDIDO CONDENSADOR DE VIDRO DE 250MM DE COMPRIMENTO COLETOR DE VIDRO GRADUADO. anel queimador. iluminação fluorescente. resíduos.00 kg.410 0.5 CM ANEL QUEIMADOR DIÂM. Banho termostático para viscosímetro cinemático micro processado.500 HZ 50/60 C-2025-K I-2023 ALAMBIQUE PARA DESTILAR EMULSÕES ASFÁLTICAS NBR 6568 PALAVRA-CHAVE: Alambique. trap e condensador.700 0. T55 PALAVRA-CHAVE: Determinador.500 12. anéis queimadores.250 0.250 0. 10441. emulsões Alambique para determinação do resíduo em emulsões asfálticas.v3. D244.080 I-2064 APARELHO PARA DETERMINAR O TEOR MATERIAIS BETUMINOSOS NBR 14236.Português 14 Pág.000 I-2023 0. adaptador de vidro. INTERNO DE 10 CM ANEL QUEIMADOR DIÂM. viscosidade Viscosímetro Cinemático.3MM (Nº 50) BICO DE BUNSEN PARA AQUECIMENTO DO TUBO DE CONEXÃO BASE DE FERRO COM HASTE DE 75CM CONDENSADOR DE VIDRO 250MM DE COMPRIMENTO ADAPTADOR DE VIDRO COM 105° ANEL QUEIMADOR DIÂM. Usa-se para banho de temperatura. VOLTAGEM Monofásica 220 WATTS 1. Montado em base com haste. teor DE ÁGUA EM Aparelho para Determinar o Teor de Água em Materiais Betuminosos. com controle de temperatura. AASHTO T59. ASTM E123. alimentação à gás. Peso: 14.150 5. ASTM D 445 PALAVRA-CHAVE: Determinação. alambique.00 kg. D95. Alambique aquecido à gás. cronômetro digital.200 0. para determinação de água em petróleo ou em outros materiais betuminosos.490 0. 00 . Composto por: recipiente para aquecimento.048 0. ABNT MB 826. suporte e demais acessórios de fixação. rolha de cortiça.180 5. EM FORMA DE “H” BASE DE FERRO COM HASTE DE 75CM ANEL QUEIMADOR DIÂMETRO INTERNO DE 10CM PINÇA SIMPLES PARA CONDENSADOR ROLHA PARA CONEXÕES O TERMÔMETRO ASTM 16C –30 A 200 C GRADUADO EM 0. Peso: 12.

CAPACIDADE 2000ML DESTILADOR DE ABSON PARA RECUPERACAO DE BETUME. Composto por: recipiente para aquecimento. Fabricado em latão. AASHTO T170 PALAVRA-CHAVE: Alambique. copo ZAHN. viscosidade Viscosímetro copo FORD. CAPACIDADE 250ML (VOLUMÉTRICO) BALÃO DE VIDRO. alumínio ou aço inoxidável.Português 15 Pág. CAPACIDADE 2. medidor de fluência do gás e acessórios de fixação. NBR 14856. destilador. TELAS DE ARAME COM CENTRO DE AMIANTO DE 16X16CM BICO DE BUNSEN BASE COM HASTE PARA CONDENSADOR PINÇA PARA CONDENSADOR I-2016 VISCOSÍMETRO COPO FORD PALAVRA-CHAVE: Viscosímetro. tubo tipo chuveiro. Composto por balão fundo redondo. proveta de 100ml e suportes. condensador de vidro.640 kg. Fabricado em latão ou aço inoxidável. Peso: 5. 00 .400 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos .890 I-2025-F DESTILADOR DE ABSON PARA RECUPERACAO DE BETUME ASTM D 1856. Desenvolvido viscosidade de óleos. CODIGO C-2025-Q C-2025-D C-2025-G VERSÕES VISCOSÍMETRO COPO FORD EM LATÃO VISCOSÍMETRO COPO FORD EM ALUMÍNIO VISCOSÍMETRO COPO FORD EM AÇO INOXIDÁVEL PESO(kg) 0.042 0. CODIGO I-2069 I-2069-A VERSÕES DESTILADOR DE ABSON PARA RECUPERACAO DE BETUME.000 9. adaptador de vidro. cutback Aparelho Destilador de Asfalto Diluído Completo (CutBack Asphalt).270 0. viscosidade Viscosímetro. manta aquecedora.270 0.390 0. CODIGO I-2016-C C-2016-A C-2016-D C-4023-C C-2027-A C-2014-A C-2013 I-4102-A C-4014-F COMPONENTES CAMISA PROTETORA DE FERRO GALVANIZADO COM TAMPA BIPARTIDA CONDENSADOR DE VIDRO DE 300MM ADAPTADOR DE VIDRO PROVETA DE VIDRO CAP. Desenvolvido para ensaios e viscosidade de óleos. GRADUADA EM 1ML O O O TERMÔMETRO GRADUADO ASTM 8C. DE -2 C A 400 C. diâmetro de furo 4. Não acompanha tubo de CO² nem termômetro. balão de destilação 500ml. ABSON Destilador de Abson para recuperação de Betume. CODIGO C-2025-F C-2025-I para ensaios e VERSÕES VISCOSÍMETRO COPO ZAHN EM LATÃO VISCOSÍMETRO COPO ZAHN EM AÇO INOXIDÁVEL PESO(kg) 0. 15 . AASHTO T78 PALAVRA-CHAVE: Alambique. Betume e Óleos I-2016 DESTILADOR DE ASFALTO DILUÍDO DNER-ME 12.v3.12mm. DIVISÃO 1ºC BALÃO DE VIDRO. ASTM D 402. CAPACIDADE 250ML PESO(kg) 10. EM 1 C.600 CODIGO I-2069 C-2052 C-4022-A C-4022-J ACESSÓRIOS E OPCIONAIS TERMÔMETRO ASTM-7C DE -2 A 300ºC.890 I-2025-Q VISCOSÍMETRO COPO ZAHN PALAVRA-CHAVE: Viscosímetro. bico de Bunsen.100 0.000ML (VOLUMÉTRICO) PESO(KG) 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. DE 100ML. manga de proteção. condensador.

Peso: 11. Peso: 5.000 32. com corrente regulável de + 1 a 100 mA/sonoro e indicação de corrente atual em display. RELAÇÃO 2:1 COMPLETA.000 32. Betume e Óleos VIGA BENKELMAN NBR 8547. DNER-ME 024. relação (2:1). 00 . 16 .450 kg. trilha Treliça de Alumínio com 1.700 kg. versões analógica e digital. teor. fabricada em alumínio com partes móveis.250 11. com escala graduada.000 kg VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 WATTS 200 HZ 50/60 I-2067 C-2024 FRASCO DB PALAVRA-CHAVE: Frasco.Português 16 Pág.000 32.v3.130 0. Peso: 2. Acompanha estojo de madeira. VIGA Viga Benkelman. CODIGO I-2011 I-2011-A VERSÕES BENKELMAN ANALÓGICA BENKELMAN ANALÓGICA BENKELMAN ANALÓGICA BENKELMAN BENKELMAN BENKELMAN RELAÇÃO 2:1 COMPLETA. I-2066 I-2067 APARELHO PARA DETERMINAR A CARGA DE PARTÍCULAS EM EMULSÃO ASFÁLTICA NBR 6567 PALAVRA-CHAVE: Emulsões.420 Kg C-2024 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . RELAÇÃO 3:1 COMPLETA. Fabricada em alumínio. RELAÇÃO 4:1 COMPLETA.20m de Base. (3:1) e (4:1). para medir Trilha de Roda em Pavimentos. determinador Frasco DB para a determinação do teor de asfaltos.000 32. Peso: 0. DIGITAL RELAÇÃO 4:1 COMPLETA. DIGITAL PESO(KG) 32.000 I-2011 I-2011-B I-2011-D I-2011-E I-2011-F CODIGO C-4015 C-4015-D I-2011-C OPÇÕES E REPOSIÇÃO EXTENSÔMETRO ANALÓGICO 10MM X 0. certificado de calibração e extensômetro. 61 PALAVRA-CHAVE: BENKELMAN. determinador Aparelho para determinar a Carga da Partícula em Emulsão Asfáltica (Emulsões Catiônicas) Digital.01MM ESTOJO DE MADEIRA PESO(KG) 0. Acompanha suporte com base emborrachada.000 32. duas placas de aço inox e copo de Becker.70 I-2066 TRELIÇA DE ALUMÍNIO DNER ES 128 PALAVRA-CHAVE: Medição.01MM EXTENSÔMETRO DIGITAL 10MM X 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. Totalmente desmontável. DIGITAL RELAÇÃO 3:1 COMPLETA.

através da recirculação contínua da água. bandeja circular com presilhas. NBR 6570 PALAVRA-CHAVE: Sedimentação.250 Kg C-4166-G I-4201-B DUCTILÔMETRO COM SISTEMA DE AQUECIMENTO E AGITAÇÃO NBR 6293.267. abrasão I-3010-D Determina a perda por abrasão úmida em micro revestimentos a frio e lamas asfálticas. O equipamento é composto por: misturador com braço móvel. Acompanham 3 Moldes de Bronze. polímeros I-4201-B Equipamento desenvolvido para determinação da recuperação elástica de materiais asfálticos modificados por polímeros.T. Dimensões: 592 x 360 x 564 mm VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 1.Português 17 Pág. Dimensões: 400 x 1.00 CODIGO I-4201-A BIVOLTS Monofásica 110/220 V ACESSÓRIOS MOLDE DE BRONZE HZ 60 Hz I-3010-D W. conjunto realizador de desgaste 5 libras ± 2. banho.500 HZ 60 Hz RPM 144 HP 1 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos .CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. regulador. Betume e Óleos PROVETA PARA SEDIMENTAÇÃO PARA EMULSÕES ASFÁLTICAS DNER-ME 006. anel para moldagem de ¼” x 207 x 220mm e 3/8” x 207 x 220mm. O Sistema não produz vibrações ao tanque. pelo método do ductilômetro.v3. emulsão C-4166-G Proveta para determinação da sedimentação em emulsões asfálticas. Peso: 63. Peso: 0.½” de altura e 13” de diâmetro interno.A. Possui duas saídas do fluído para facilitar a extração da emulsão conforme necessidade do ensaio. com Moto-Redutor eletronicamente controlado. e a segunda (na parte inferior) para extrair os restantes 390ml.00 72.95gramas. NBR 14746 PALAVRA-CHAVE: Determinador. 00 . agitador. disco de feltro de ¼” x 220mm de diâmetro. DNER-ME 163 PALAVRA-CHAVE: Tanque. 17 . O reservatório contém sistema de aquecimento e de homogeneização térmica.T . aquecedor.575 x 365 mm. homogeneidade. com 2. Fabricado em aço inoxidável. temperatura.00 68.EQUIPAMENTO PARA CONTROLE QUALITATIVO E PROJETO DE TRAÇOS DE LAMA ASFÁLTICA ASTM D3910. a primeira (na parte superior) para extrair 55 ml. Possui uma área de desgaste de 0.000 kg. permitindo velocidade desde 1cm/min até 5cm/min. CODIGO I-4201 I-4201-B I-4201-C VERSÕES DUCTILÔMETRO SEM AQUECIMENTO DUCTILÔMETRO COM SISTEMA DE AQUECIMENTO E AGITAÇÃO DUCTILÔMETRO COM SISTEMA DE AQUECIMENTO / RESFRIAMENTO E AGITAÇÃO PESO(Kg) 63. uniformidade.337 pés2. tubo de borracha com 5” x ¾” de diâmetro interno e parede de ¼”.

8mm/Hg. 759. CAPACIDADE 4. Betume e Óleos I-2012-I RICE TEST PARA DETERMINAR A DENSIDADE MÁXIMA DO PESO ESPECÍFICO ASTM D 2041. T209 PALAVRA-CHAVE: Rice test. 18 .Português 18 Pág. CODIGO C-4021-J C-1049-A C-4230 C-4230-A C-3060-Q COMPONENTES/ACESSÓRIOS PICNÔMETRO DE ALUMÍNIO BOMBA A VÁCUO DE ALTO DESEMPENHO. Mangueiras.v3.8 mm/Hg FRASCO KITAZATO (TRÊS). • Bomba de Vácuo de alto desempenho.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto.000ML FRASCO KITAZATO (UM). DIGITAL. Capacidade de 2Kg de amostra ou frascos Kitazato de 1000ml – 4000ml (dependendo do modelo escolhido). • Manômetro de pressão residual digital. (este instrumento isola interferências resultantes da variação da pressão barométrica). Peso: 35. hermeticamente fechado. profundidade de vácuo 759. ZERO ABSOLUTO CODIGO I-2012-A OPCIONAL AGITADOR PARA ENSAIO DE RICE TEST Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . densidade. AASHTO T283. 00 . • Conexões. peso específico I-2012-I Aparelho de RICE (Rice Test) para determinar a densidade máxima do peso específico de misturas Betuminosas. Composto de: • Picnômetro de alumínio com tampa.000 kg.000ML (DEPENDENDO O MODELO) MANÔMETRO DE PRESSÃO RESIDUAL. CAPACIDADE DE 1.

400 I-3056 Voltagem Trifásico 220 ou 380 WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 I-2068 LWT – APARELHO PARA DETERMINAÇÃO DE EXCESSO DE ASFALTO E ADESÃO DE AREIA NBR 14841 PALAVRA-CHAVE: Determinador. Betume e Óleos I-3056 SERRA CIRCULAR NBR 12767. Possui sistema de refrigeração por fluxo de água regulável. revestimento. comporto por controlador digital. Dependendo da posição da amostra. LWT Equipamento para determinação de excesso de asfalto e adesão de areia em micro revestimento a frio. Concreto. Provida de serra de Ø 18” que alcança uma profundidade de corte até 150mm. 8384. 00 . serra. o corte pode ser longitudinal ou transversal. Fabricado em aço. Dimensões (ALP): 1500x800x1000mm CODIGO C-3056-A REPOSIÇÃO DISCO DIAMANTADO Ø 18” PESO(KG) 0. excesso. Argamassas. Rochas ou Refratários. caçamba pista para molde.Português 19 Pág.v3. motor elétrico. adesão. NM 69 PALAVRA-CHAVE: Corte.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. 19 . Betume Serra para corte de materiais Betuminosos. Voltagem Trifásico 220 ou 380 WATTS 250 HZ 60 HP 1/3 RPM 1680 I-2068 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos . Possui programador de ciclos que desliga o motor automaticamente quando o contador voltar a zero.

com rodízios. com rodízios.53 0.32 0. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”. esfriamento por água. Peso: 120.88 0.10 6. perfuração Extratora rotativa com motor de 8 HP a gasolina.70 I-2026 Coroas Cálices Cavalete Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos .70 32.CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas.43 0.00 Kg.90 6. VOTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1730 HP 5 WATTS 3750 I-2026-P EXTRATORA ROTATIVA MOTOR A GASOLINA I-2026 PALAVRA-CHAVE: Extração.68 0. perfuratriz. perfuração Extratora rotativa com motor elétrico de 5 HP. 4” e 6” . 00 . 3”.40 0. esfriamento por água. usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas. CODIGO C-2026-G C-2026-K C-2026-H C-2026-I C-2026-D C-2026-M C-2026-E C-2026-F I-2026-C I-2026-L I-2026-B I-2026-A I-2026-J ACESSÓRIOS AVULSOS COROA DIAMANTADA COM Ø 2” COROA DIAMANTADA COM Ø 3” COROA DIAMANTADA COM Ø 4” COROA DIAMANTADA COM Ø 6” COROA WIDIA COM Ø 2” COROA WIDIA COM Ø 3” COROA WIDIA COM Ø 4” COROA WIDIA COM Ø 6” CÁLICE COM Ø 2” CÁLICE COM Ø 3” CÁLICE COM Ø 4” CÁLICE COM Ø 6” CAVALETE PARA PERMITIR PERFURAÇÕES NA HORIZONTAL PESO(kg) 0.51 0. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”.40 6. 20 .00 Kg. perfuratriz. Betume e Óleos I-2026-P EXTRATORA ROTATIVA ELÉTRICA PALAVRA-CHAVE: Extração.Português 20 Pág.88 5.v3. 3”. Peso: 110. 4” e 6” .

400 0.v3. medidor. medidor. com intervalo de 5°C. perfuração Extratora rotativa com motor de 8 HP a gasolina. com diâmetro de 50 mm. 21 . temperatura Termômetro bi-metálico com leitura analógica.400 0. para medir temperaturas em usinas de Asfalto ou outras finalidades. Peso: 390.410 0. Betume e Óleos I-2026-Q EXTRATORA ROTATIVA COM REBOQUE PARA DESLOCAMENTOS DE LONGAS DISTÂNCIAS PALAVRA-CHAVE: Extração. Possui haste horizontal ou vertical. 00 .CATÁLOGO DE PRODUTOS Asfalto. Escala -50 até 150°C e resolução de 0.410 0.Português 21 Pág. perfuratriz. medição e visualização da carga da pilha. de até 300mm. temperatura. com intervalo de 5°C. VERSÕES – Ø 4” CODIGO HORIZONTAL VERTICAL C-2010-M C-2010-F C-2010-G C-2010-H C-2010-D C-2010-E C-2010-A C-2010-I C-2010-J C-2010-C C-2010-K C-2010-L C-2011-M C-2011-F C-2011-G C-2011-H C-2011-D C-2011-E C-2011-A C-2011-I C-2011-J C-2011-C C-2011-K C-2011-L HASTE (cm) 30 10 20 30 20 30 10 20 30 10 20 30 ESCALA (°C) 150 200 PESO (kg) 0. I-2026-Q C-2010-N TERMÔMETRO DIGITAL PALAVRA-CHAVE: Medidor.420 0. Funções: Memória da última medição.00 Kg.420 250 300 C-2010-E 350 Seção A Seção – A – Asfalto_Betume e Oleos .1°C. C-2010 TERMÔMETRO PARA USINA PALAVRA-CHAVE: Termômetro. 4” e 6” . Peso: 0. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”.380 0. desligamento automático após 15 minutos sem operação.510 0. com diâmetro de 4”. usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas. Possui haste de 200mm pontiaguda permitindo a penetração e correspondente fixação em superfícies com pouca coesão.370 0. permite medições de temperatura de 0°C a 350°C. dispositivo acoplado para ajuste de altura do eixo e engate especial. Acompanha suporte para bolso.390 0. 3”. Rosca ½ BSP.100 Kg C-2010-N TERMÔMETRO PARA PISTA C-2010 PALAVRA-CHAVE: Termômetro. visualização da falha do sensor e mudança de °C e °F.400 0. Equipada com reboque projetado para transporte de tanque de água.400 0. permite medições de temperatura de 0 a 250°C. facilitando desta maneira o deslocamento em longas distâncias. temperatura Termômetro digital com haste (espeto) de 120mm para penetração em aço inoxidável. usina de asfalto Termômetro com leitura analógica. esfriamento por água.

0CM – APROXIMADO 80CM² PESO(KG) 5. 1 .000 VOLTS Monofásico 220 WATTS 240 BAR 10 HZ 60 C. betuminosos. ensaios (6225). HIDRÁULICO PARA C. o corpo de prova é submetido a uma força vertical axial (tensão de desvio) de forma repetida e freqüência pré-determinada. para a determinação dos módulos de resiliência em Solos e misturas Betuminosas utilizados no dimensionamento de pavimentos flexíveis. pavimentos Equipamento triaxial dinâmico com carga repetida.000 I-1078-L 9.PS DE SOLOS COM Ø 50X100 MM MOLDE CILINDRO PARA MOLDAGEM DE C.01MM MEMBRANA PARA C. utilizando o sistema pneumático. O ensaio é realizado dentro de uma câmara termostática para climatização e controle da temperatura especificada.000 I-1078-C 52.PS DE SOLOS A PARTIR DE AMOSTRAS DEFORMADAS. Para as misturas betuminosas. TIPO MARSHALL EXTRATOR DE AMOSTRAS.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1078 EQUIPAMENTO TRIAXIAL DINÂMICO SERVO CONTROLADO NBR NM-ISO 7500-1.1 VOLTAGEM CÂMARA TERMOSTÁTICA COMPRESSOR Monofásico Trifásico 110 ou 220 220 ou 380 WATTS 560 750 ESPAÇO FÍSICO MÍNIMO PARA MONTAGEM: 2500x3000x1500mm O Software operacional em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP.P. DNER – ME 133. dinâmico.B .Solos e Agregados . Máx Kgf 600 Resolução Kgf 0.APROXIMADO 40CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 10.PS DE SOLOS COM Ø 75X150 MM E Ø 100X200 MM CÂMARA TRIAXIAL CONSTRUÍDA EM ALUMÍNIO POLIDO E CAMISA EM ACRÍLICO. COM DIMENSÕES INTERNAS DE Ø 50X100 MM MOLDE CILINDRO PARA MOLDAGEM DE C. 138.100 0. 00 .000 0. o corpo de prova é colocado entre dois cabeçotes curvos e submetido à compressão diametral através de cargas repetidas e com freqüência pré-determinada. DIÂMETRO 100MM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 5.500 I-2004 16. A PARTIR DE AMOSTRAS DEFORMADAS.5CM . armazenamento de dados e emissão de relatórios. servo controlado. Juntamente com o equipamento são fornecidos todos os dispositivos para moldagem dos corpos de prova e realização dos ensaios. As deformações resilientes são obtidas através de dois sensores de deslocamento linear (LVDT) acoplados ao corpo de prova.040 0. DIÂMETRO 75MM MEMBRANA PARA C. MUNIDAS DE BASE E CABEÇOTE PARA REALIZAÇÃO DE ENSAIOS EM C.130 0.030 0. com cadastramento de amostras e corpos de prova. com banco de dados em Access.P.APROXIMADO 20CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 7.PS DE SOLOS COM Ø 50X100 MM PÓRTICO ESTRUTURAL PORTÁTIL PARA GERAÇÃO E APLICAÇÃO DE CARGA DINÂMICA REPETIDA NO ENSAIO DE COMPRESSÃO DIAMETRAL EM C.PS DE SOLO.PS DE SOLO.v3. A PARTIR DE AMOSTRAS DEFORMADAS.P. COM DIMENSÕES INTERNAS DE Ø 75X150 MM PESO(KG) 23. previamente preparado é acondicionado em uma câmara triaxial e submetido a uma tensão confinante.Português Pág. A PARTIR DE AMOSTRAS DEFORMADAS. MUNIDAS DE BASE E CABEÇOTE PARA REALIZAÇÃO DE ENSAIOS EM C. pavimento flexível (2944).070 0. PARA COMPACTAÇÃO DE MISTURAS BETUMINOSAS. traçado de gráficos. reforço (3471).PS DE MISTURAS BETUMINOSAS CÂMARA TRIAXIAL CONSTRUÍDA EM ALUMÍNIO POLIDO E CAMISA EM ACRÍLICO.200 I-1078-B 17. Através também do sistema pneumático.mm) 1650 x 1300 x 740 900 x 500 x 550 650 x 800 x 350 No caso de solos. RESOLUÇÃO 0.000 C-4019-D C-4173 C-1077-Q C-1077-T C-1077-R C-1078-D C-1078-A C-1078-C I-1078-D I-1078-E I-1078-F 1. Ø 75X150 MM E Ø 100X200 MM SOQUETE MANUAL. marca Pavitest. ACESSÓRIOS CÓDIGO I-1078-A DESCRIÇÃO PÓRTICO ESTRUTURAL PORTÁTIL PARA GERAÇÃO E APLICAÇÃO DE CARGA DINÂMICA REPETIDA EM CÂMARA TRIAXIAL DE C.030 0.PS DE MISTURAS BETUMINOSAS COM DIMENSÕES INTERNAS DE Ø 100X60 MM SOQUETE PISOTEADOR TIPO HARVARD MINIATURE.PS DE SOLOS E MISTURAS BETUMINOSAS PAQUÍMETRO DIGITAL 6" LVDT COM CURSO DE 10MM.120 1 Seção B Secao . ACESSÓRIOS CÓDIGO I-1078-H DESCRIÇÃO MOLDE CILINDRO PARA MOLDAGEM DE C. Dois sensores de deslocamento linear (LVDT) acoplados ao corpo de prova medem as deformações resilientes. solos.0CM . solo (4156) PALAVRA-CHAVE: Triaxial. DIÂMETRO 50MM MEMBRANA PARA C. PARA MOLDAGEM DE C.PS DE SOLO. Dispositivos I-1078 Software de Automação PESOS APROXIMADOS (Kg) Bancada Câmara termostática Compressor 90 30 46 DIMENSÕES (ALP .500 I-1078-G 3. Realiza o comando.030 0. COM Ø 50X100 MM. resiliência.200 I-1078-I I-1078-J 2. controle e monitoração dos ensaios. COM DIMENSÕES INTERNAS DE Ø 100X200 MM MOLDE CILINDRO PARA MOLDAGEM DE C.PS DE SOLOS COM Ø 75X150 MM E Ø 100X200 MM PÓRTICO ESTRUTURAL PORTÁTIL PARA GERAÇÃO E APLICAÇÃO DE CARGA DINÂMICA REPETIDA EM CÂMARA TRIAXIAL DE C. o corpo de prova.

2" MEMBRANA PARA C.P.4”.v3.5CM . Ø 1.8” E 4 PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 3. O ajuste de aproximação (sobe/desce) do pistão é realizado por um sistema controlado eletronicamente através de acionamento manual de dispositivo colocado junto à prensa. 2. 2.8” . 3” E 4” CILINDRO PARA MOLDAGEM DE CORPO DE PROVA DE Ø 1.Solos e Agregados .4”. 1. 2. estático. DIÂM. 2”. Possui transdutor de pressão para medida de pressão neutra e bureta medidora de volume (bureta dupla). 3” E 4”. 00 . ACESSÓRIOS CÓDIGO I-1077-C I-1077-B I-1077-A I-1077-D I-1062 I-1077-G I-1077-H I-1077-I I-1077-M I-1077-J I-1077-K I-1077-L I-1071 C-1077-S C-1077-Q C-1077-T C-1077-R I-1077-N C-1078-H C-1078-D C-1078-A C-1078-C DESCRIÇÃO CÉLULA TRIAXIAL PARA CP Ø 1. Realiza o comando.8”X16CM E Ø 4”X22CM DE ALTURA CÉLULA TRIAXIAL PARA CORPOS DE PROVA Ø 6”X32CM DE ALTURA TORNO DE MOLDAGEM PARA CP DE Ø 1. transdutores de pressão e com sistema de estabilização através de células de interfaceamento ar-água.0CM .CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1077 EQUIPAMENTO TRIAXIAL ESTÁTICO TIPO AR COMPRIMIDO SERVO CONTROLADO NBR NM-ISO 7500-1. Tem capacidade de aplicação de carga de até 5000 Kgf.P. Possui quatro aplicadores de pressão com capacidade de até 10 Kgf/cm².000 PAINEL DE CONTROLE E HARDWARE MONOFÁSICO WATTS HZ 110 ou 220 300 50/60 Acompanha um Software operacional desenvolvido em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP. DIÂM. monitorado digitalmente. é dotada de um sistema servo controlado com indicação e controle da velocidade de avanço.8”X16CM DE ALTURA CÉLULA TRIAXIAL PARA CP Ø 2. As deformações dos corpos de prova durante o ensaio são obtidas através de sensor de deslocamento linear (LVDT).B . dispositivos para moldagem e montagem dos corpos de prova. 2 . PARAMOLDAGEM DE CP A PARTIR DE AMOSTRAS DEFORMADAS.mm) 1950 x 1200 x 850 2000 x 510 x 610 1000 x 1350 x 600 Possui recursos que permitem a realização de ensaios triaxiais em suas diversas modalidades. traçado de gráficos.4”X8CM E Ø 2”X11CM DE ALTURA CÉLULA TRIAXIAL PARA CP Ø 2”X11CM E Ø 2. elementos utilizados nos cálculos de estabilidades em obras de terra.4” CILINDRO PARA MOLDAGEM DE CORPO DE PROVA DE Ø 2” CILINDRO PARA MOLDAGEM DE CORPO DE PROVA DE Ø 2. aplicação e utilização. Máx Kgf (1) Velocidade mm/min 0. NBR 12770. servo controlado. DE 1. DIÂM.4”. junto com o equipamento.0CM – APROXIMADO 80CM² 2 Seção B Secao . ASTM D 2850. contendo informações sobre o equipamento. com cadastramento de amostras e corpos de prova. para a determinação dos parâmetros de resistência ao cisalhamento dos Solos (ângulo de atrito e coesão). São fornecidos. armazenamento de dados e emissão de relatórios.0001 até 15. 2”.8" MEMBRANA PARA C. A velocidade de deslocamento do pistão varia de 0. DIÂM. 4" EXPANSOR DE MEMBRANAS PARA CP.APROXIMADO 40CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 10. controle e faz a monitoração do ensaio. 2”.APROXIMADO 10CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 5. MEMBRANA PARA C.APROXIMADO 20CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 7.P. 2”.5CM . obtidas através de unidade geradora de pressão.P. marca Pavitest.8” SOQUETE PISOTEADOR HARVARD MINIATURE.0001 a 15. 2.8” TARUGO METÁLICO PARA MOLDAGEM DE CP DE Ø 1.4” TARUGO METÁLICO PARA MOLDAGEM DE CP DE Ø 2” TARUGO METÁLICO PARA MOLDAGEM DE CP DE Ø 2. controlada através de célula de carga.00 Kg PRENSA E COMPRESSOR VOLTS Trifásico C. Célula triaxial estática em alumínio I-1077 Software de Automação PESOS APROXIMADOS (Kg) Bancada Prensa Compressor 80 106 74 DIMENSÕES (ALP .00 mm/min sendo controlada pelo software operacional através de comando na tela do micro computador (sem troca de engrenagens). coesão Equipamento triaxial estático tipo ar comprimido.4" MEMBRANA PARA C. cisalhamento. uma célula triaxial.00 Pistão Curso (mm) 100 WATTS BAR HZ 220 ou 380 700 10 50/60 5.8” EXTRATOR HORIZONTAL TIPO SHELBY PARA CP MOLDADOS A PARTIR DE AMOSTRAS DEFORMADAS. A prensa triaxial. com banco de dados em access. Peso: 398. manual do Software operacional e o manual do usuário. D 4764 PALAVRA-CHAVE: Triaxial.Português Pág. resistência. controladas por válvulas reguladoras.

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Solos

CÉLULA TRIAXIAL PARA CORPOS DE PROVA NBR 12770; ASTM D 2850, D 4764 PALAVRA-CHAVE: Célula de carga, triaxial

Célula triaxial para ser usada junto ao equipamento triaxial estático para ensaios em solos. Possuem Entradas/Saídas munidas de registro de esfera e engate rápido para aplicação de pressão confinante, contra pressão para saturação dos Corpos de Prova e medida de pressão neutra. Fabricadas em alumínio polido com camisa em acrílico, e munidas de base e cabeçote para realização de ensaios em Corpos de Prova com diversos diâmetros.
CODIGO I-1077-C
I-1077-C I-1077-B I-1077-A I-1077-D

VERSÕES
CÉLULA CÉLULA CÉLULA CÉLULA TRIAXIAL TRIAXIAL TRIAXIAL TRIAXIAL PARA PARA PARA PARA CORPOS CORPOS CORPOS CORPOS DE DE DE DE PROVA PROVA PROVA PROVA Ø Ø Ø Ø 1,4”X8CM E Ø 2”X11CM DE ALTURA 2”X11CM E Ø 2,8”X16CM DE ALTURA 2,8”X16CM E Ø 4”X22CM DE ALTURA 6”X32CM DE ALTURA

TORNO DE MOLDAGEM PARA CORPOS DE PROVA NBR 12007 PALAVRA-CHAVE: Torno, triaxial, corpo de prova, indeformadas

Permite a moldagem de corpos de prova, a partir de amostras indeformadas de Solos, para serem utilizados em ensaios de compressão simples e triaxial. Possui dispositivos que permitem regulagens para obtenção de corpos de prova com Ø 1.4”, 2”, 2.8”, 3” e 4”. Suas próprias colunas servem de gabarito para o torneamento. Possui garras para fixação do Corpo de Prova. Dimensões: 330x230x200mm Peso: 9,800
I-1062

BERÇO PARA CORPOS DE PROVA NBR 12770; ASTM D 2850, 4764 PALAVRA-CHAVE: Suporte, compressão, simples, triaxial, corpo de prova

Berço (suporte) para acerto de paralelismo e comprimento para Corpo de Prova. Permite acertar de forma correta o comprimento especificado, bem como, promover o paralelismo das faces de topo e base dos corpos de prova a serem utilizados nos ensaios de compressão simples e triaxial.
CODIGO I-1065
I-1065-G I-1065 I-1065-B I-1065-A

VERSÕES
BERÇO BERÇO BERÇO BERÇO PARA PARA PARA PARA CORPO CORPO CORPO CORPO DE DE DE DE PROVA PROVA PROVA PROVA Ø Ø Ø Ø 1,4” 2” 3” 4”

PESO(Kg)
0,700 0,900 1,300 1,800

I-1071 EXTRATOR HORIZONTAL TIPO SHELBY PALAVRA-CHAVE: Extrator, Shelby, corpo de prova

I-1071

Extrator horizontal tipo Shelby marca PAVITEST. Equipamento utilizado para extração de amostras indeformadas de Solos de baixa consistência contidas em tubos “SHELBY”. Permite a extração das amostras de forma lenta e uniforme de maneira a preservar suas características naturais. Possui dispositivos que permitem a extração de amostras em tubos de 2”, 3” e 4” de diâmetro e comprimento de até 500mm. Montado em viga “I”, o equipamento possui peso suficiente para se manter estável em cima de mesa ou bancada sem necessidade de fixação. Peso: 109,00 Kg

3 Seção B
Secao - B - Solos e Agregados - v3. 00 - Português

Pág. 3

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Solos

I-1073 CISALHAMENTO ELETRÔNICO COM LVDT´S SERVO CONTROLADO NBR NM-ISO 7500-1; ASTM D 3080; BS 1377 PALAVRA-CHAVE: Determinador, resistência, cisalhamento, coesão

Equipamento, servo controlado, para a determinação dos parâmetros de resistência ao cisalhamento dos solos (ângulo de atrito e coesão).
PESOS PARA CISALHAMENTO
PADRÃO 100KG 70KG
2 5 1 1 2 1 1 2 2 1 4 1 1 2 1 1 2 2

PESOS (KG)
20,000 10,000 5,000 2,000 1,000 0,500 0,200 0,100 0,050 Total

PADRÃO 100KG 70KG
40,00 50,00 5,00 2,00 2,00 0,50 0,20 0,20 0,10 100,00 20,00 40,00 5,00 2,00 2,00 0,50 0,20 0,20 0,10 70,00

ACESSÓRIOS
CÓDIGO C-4224-A C-4173 C-4173-A I-1073-A DESCRIÇÃO CÉLULA DE CARGA, TIPO Z COM CAPACIDADE 500KGF. LVDT´s COM CURSOR DE 10MM. LVDT´s COM CURSOR DE 25MM. CÉLULA BIPARTIDA COM ALÇA PARA CP DE 2”X2” E 4”X4”, COM FUNDO REMOVÍVEL, PLACAS PERFURADAS E RANHURADAS, PARAFUSOS RECARTILHADOS FIXADORES ESPAÇADORES, CABEÇOTE DE COMPRESSÃO COM RÓTULA E ESFERA. PEDRAS POROSAS COM 2”X2” DE LADO. PEDRAS POROSAS COM 4”X4” DE LADO. MOLDE CORTANTE (VAZADOR) PARA MOLDAGEM DO CP E POSTERIOR TRANSFERÊNCIA PARA CÉLULA DE ENSAIO COM 2”X2” E 4”X4” DE LADO. TARUGO DE MADEIRA USADO PARA TRANSFERÊNCIA DO VAZADOR PARA A CÉLULA, COM 2”X2” E 4”X4” DE LADO.

C-1078-G C-1078-F I-1073-D

I-1073

I-1073-E

Desenvolvido para determinação dos parâmetros de resistência ao cisalhamento dos solos (ângulo de atrito e coesão), elementos utilizados nos cálculos de estabilidades em obras de terra. A prensa de cisalhamento é dotada de um sistema servo controlado que permite o comando e controle da velocidade de avanço, monitorado digitalmente. A velocidade de deslocamento do pistão varia de 0.0002 a 12,00 mm/min sendo controlada pelo software operacional através de comando na tela do micro computador (sem troca de engrenagens). As deformações horizontais e verticais dos corpos de prova durante o ensaio são obtidas através de sensores de deslocamento linear (LVDT). Realiza ensaios em corpos de prova de 2”x2” e 4”x4”.Possui célula de carga com capacidade de 500Kgf para medir a força de cisalhamento e braço de alavanca com jogo de pesos de forma a se obter até 1000Kgf de carga para aplicação de tensão normal. São fornecidos junto com o equipamento: duas células de cisalhamento (2”x2” e 4”x4”), dispositivos para moldagem e montagem dos corpos de prova, Manual do Software Operacional e o Manual do Usuário contendo informações sobre o equipamento, aplicação e utilização. Acompanha um Software operacional desenvolvido em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP, com banco de dados em access, para comando, controle e monitoração do ensaio, com cadastramento de amostras e corpos de prova, traçado de gráficos, armazenamento de dados e emissão de relatórios. Peso: 150,00 kg. (sem conjunto de pesos) Dimensões: 1100x1430x350mm.
Trifásico WATTS VAR HZ Carga maxima Cisalhamento Carga normal Velocidade mm/min Curso (mm)

CODIGO
I-1073-B I-1073-C

OPCIONAIS
JOGO DE PESOS TIPO PADRÃO DE 100KG JOGO DE PESOS TIPO PADRÃO DE 70KG

PESO(KG)
100,00 70,00

220 ou 380

400

10

50/60

500

1.000

0,0002 - 12,00

150

OBS: Podemos fornecer células com outras medidas

I-1073-F CISALHAMENTO DE GRANDE PORTE NBR NM-ISO 7500-1; ASTM D 3080; BS 1377 PALAVRA-CHAVE: Determinador, resistência, cisalhamento, coesão, solos granulares

Equipamento desenvolvido para determinação dos parâmetros de resistência ao cisalhamento de solos granulares (ângulo de atrito e coesão), elementos utilizados nos cálculos de estabilidades em obras de terra. Capacidade de até 5 toneladas de carga cisalhante, medida através de célula de carga, com variação eletrônica da velocidade de deslocamento. O equipamento é composto de célula de 30x30cm, jogo de pesos, jogo de pedras porosas.
I-1073-F

4 Seção B
Secao - B - Solos e Agregados - v3. 00 - Português

Pág. 4

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Solos

I-1072 ADENSAMENTO PRENSA TIPO BISHOP NBR NM-ISO 7500-1; NBR 12007; ASTM D 4546, D 2435; BS 1377 PALAVRA-CHAVE: Determinador, adensamento, BISHOP, expansão, permeabilidade, prensa

Prensa de adensamento tipo BISHOP, para a determinação das propriedades de adensamento do solo.

I-1072

I-1072-F

O ensaio tem por objetivo determinar as propriedades de adensamento do solo, medindo-se as deformações do material quando submetido a um carregamento e a velocidade com que ocorre a deformação. Pode se também determinar a expansão do Solo pelo alívio de cargas, a influência da inundação em termos de colapso ou expansão e a variação do coeficiente de permeabilidade em função dos carregamentos aplicados. Prensa com capacidade de aplicação de carga de até 1000 kgf. O sistema de aplicação de cargas para o adensamento é realizado através da colocação de pesos em braço de alavanca, com relação de 1/10, para multiplicação das cargas e obtenção das pressões desejadas. Possui célula para ensaios de adensamento, com anéis fixos, e dispositivos que permitem a execução de ensaios de permeabilidade. São construídas em alumínio polido e permitem a execução de ensaios em corpos de prova com 20, 40, 60 e 80 cm² de área. São fornecidos junto com o equipamento: Célula para ensaios de adensamento, com anel fixo, para a execução de ensaios em corpos de prova com 20, 40, 60 e 80 cm² de área, mesa em aço para colocação de até duas prensas de ensaios, jogo de pesos, dispositivos para moldagem e montagem dos corpos de prova.
CODIGO
I-1072 I-1072-F I-1072-B

VERSÕES
ADENSAMENTO, PRENSA TIPO BISHOP ADENSAMENTO, CONJUNTO COMPLETO COM SENSOR E SOFTWARE ADENSAMENTO, CONJUNTO COMPLETO ANALÓGICO

PESO (kg)
60,00 180,00

DIMENSÕES (incluindo a mesa)
1600x760x800mm

OBS: Na prensa de adensamento com Software as deformações dos corpos de prova durante o ensaio são obtidas através de sensor de deslocamento linear (LVDT).
CODIGO
I-1072-E I-1072-G I-1072-C

OPCIONAIS
JOGO DE PESOS TIPO PADRÃO DE 100KG JOGO DE PESOS TIPO PADRÃO DE 50KG MESA DE AÇO REFORÇADA

PESO(KG)
100,00 50,00 64,00

ACESSÓRIOS
CÓDIGO I-1072-D I-1072-A C-4173 C-1078-D C-1078-A C-1078 C-1078-C I-1072-H I-1072-I I-1072-J I-1072-K I-1072-L DESCRIÇÃO CÉLULA TIPO ORTIGÃO 20 – 40 – 60 E 80 CM² CÉLULA TIPO ORTIGÃO Ø 2” – 3” E 4” LVDT´s COM CURSO DE 10MM, RESOLUÇÃO 0,01MM. PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 5,0CM - APROXIMADO 20CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 7,5CM - APROXIMADO 40CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 8,5CM - APROXIMADO 60CM² PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 10,0CM – APROXIMADO 80CM² MOLDE CORTANTE (VAZADOR) PARA MOLDAGEM DO CP DE 20CM² MOLDE CORTANTE (VAZADOR) PARA MOLDAGEM DO CP DE 40CM² MOLDE CORTANTE (VAZADOR) PARA MOLDAGEM DO CP DE 60CM² MOLDE CORTANTE (VAZADOR) PARA MOLDAGEM DO CP DE 80CM² DISPOSITIVOS DE ACRÍLICO USADOS PARA TRANSFERÊNCIA DOS VAZADORES COM OS CP PARA A CÉLULA

OBS: Podemos fornecer célula tipo ortigão com outras medidas.

Acompanha um Software operacional desenvolvido em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP, com banco de dados em Access, para controle e monitoração do ensaio, com cadastramento de amostras e corpos de prova, traçado de gráficos, armazenamento de dados e emissão de relatórios.
VOLTAGEM Monofásica WATTS HZ Carga Máxima normal (Kgf) 1.000

CONJUNTO DE PESOS PARA ADENSAMENTO
PADRÃO
100KG 1 6 2 2 3 3 2 3 3 2 50KG 3 2 2 3 3 2 3 3 2

PESOS (KG)
20,000 10,000 5,000 2,000 1,000 0,500 0,250 0,200 0,100 0,050 Total

PADRÃO
100KG 20,00 60,00 10,00 4,00 3,00 1,50 0,50 0,60 0,30 0,10 100,00 50KG 30,00 10,00 4,00 3,00 1,50 0,50 0,60 0,30 0,10 50,00

110 ou 220

100

50/60

5 Seção B
Secao - B - Solos e Agregados - v3. 00 - Português

Pág. 5

com capacidade para até 5. Peso: 78. COM 2 EXTENSÔMETROS MACACO MECÂNICO PARA ACIONAMENTO MANUAL ABRAÇADEIRA DO PISTÃO.200 2.01mm. comumente chamado de CBR. parâmetro utilizado em dimensionamento de pavimentos para estradas.Português Pág.v3. na fase preparatória do ensaio. aeroportos e outras obras afins. 00 . DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Prensa. ISC. uma para ensaio (lento) e outra de aproximação e retorno (rápido) do pistão.00 Kg Dimensões: 1030x410x280mm I-1006 CÓDIGO I-1006-E I-1006-D I-1006-H I-1006-I COMPONENTE PARA REPOSIÇÃO ANEL DINAMOMÉTRICO. Possui duas velocidades.01 mm para medir a penetração do pistão na amostra do solo.000Kgf e 2 (dois) extensômetros. penetração Equipamento utilizado para realização do ensaio de determinação do “Índice de Suporte Califórnia” (ISC). O ensaio tem por finalidade determinar a resistência à penetração em Solos. compressão.00 Kg I-1061 PRENSA CBR MANUAL I-1006 NBR NM-ISO 7500-1. coesivo Prensa manual para ensaios de compressão simples com anel dinamométrico e capacidade de 300 kgf e 2 (dois) extensômetros com resolução de 0.37 0. Possui 2 (duas) velocidades. Prensa manual com anel dinamométrico (já aferido). resistência. EM LATÃO PISTÃO PARA O ANEL PESO (Kg) 5.000 KGF. sendo uma mais lenta para realização dos ensaios e outra mais rápida para ajuste de aproximação e retorno do pistão. sendo um com resolução de 0. O retorno rápido do pistão sem uso da manivela é possibilitado através do pino-trava situado logo abaixo do prato.B . ASTM D 2166 PALAVRA-CHAVE: Prensa. Índice de Suporte Califórnia. 5. NBR 12770. NBR 9895.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1061 PRENSA MANUAL PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO SIMPLES NBR NM-ISO 7500-1.565 6 Seção B Secao .001mm para medir as deformações do anel dinamométrico e outro com resolução de 0. CBR.01 18. Peso: 70. simples. 6 .Solos e Agregados . Permite a determinação da resistência à compressão não confinada em Corpos de Prova para ensaios de Solos coesivos.

7 .37 I-1006-A PRENSA CBR ELÉTRICA NBR NM-ISO 7500-1. comumente chamado de CBR. O retorno rápido do pistão sem uso da manivela é possibilitado através do pino-trava situado logo abaixo do prato. Possui duas velocidades. NBR 9895. 5. ISC. facilitando a troca de posição da travessa conforme o tipo de ensaio. Equipamento utilizado para realização do ensaio de determinação do “Índice de Suporte Califórnia” (ISC). O motor deve ser instalado em uma superfície separada a da prensa. sendo uma mais lenta para realização dos ensaios e outra mais rápida para ajuste de aproximação e retorno do pistão.00 7 Seção B Secao . aeroportos e outras obras afins. resistência. O pino-trava situado logo abaixo do prato possibilita o retorno rápido do pistão. 00 .00 26.00 Kg Dimensões: 1030x410x280mm VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 HZ 60 RPM 1700 HP 0. CBR. na fase preparatória do ensaio.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1006-G PRENSA CBR/MARSHALL MANUAL NBR NM-ISO 7500-1. DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Prensa. sendo um com resolução de 0. O ensaio tem por finalidade determinar a resistência à penetração em Solos. CÓDIGO I-1006 I-1006-B COMPONENTES PRENSA CBR MANUAL CONJUNTO MOTO REDUTOR PESO (Kg) 70. resistência. Acompanham 2 conjuntos de tubos de altura e pistão para habilitar a aplicação CBR/MARSHALL.001mm para medir as deformações do anel dinamométrico e outro com resolução de 0. CBR. para uso em pavimentação. Índice de Suporte Califórnia.000Kgf. parâmetro utilizado em dimensionamento de pavimentos para estradas.01 mm para medir a penetração do pistão na amostra do solo. conforme prescrito na norma do ensaio. NBR 9895. ISC. Peso: 70. DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Prensa. Índice de Suporte Califórnia.00 Kg Dimensões: 1030x410x280mm CÓDIGO I-1006-E I-1006-D OPÇÕES E REPOSIÇÃO ANEL DINAMOMÉTRICO. com capacidade para até 5. O motor elétrico permite uniformidade na velocidade de penetração do pistão. Marshall I-1006-G Prensa manual com anel dinamométrico (já aferido).Português Pág.B .37 Equipamento utilizado para realização do ensaio de determinação do “Índice de Suporte Califórnia” (ISC). Prensa elétrica com anel dinamométrico (já aferido) com capacidade para até 5000Kgf e 2 (dois) extensômetros comparadores. O ensaio tem por finalidade determinar a resistência à penetração em Solos.Solos e Agregados . aeroportos e outras obras afins. COM 2 EXTENSÔMETROS MACACO HIDRÁULICO MECÂNICO PARA ACIONAMENTO DA PRENSA PESO (Kg) 5. parâmetro utilizado em dimensionamento de pavimentos para estradas.000 KGF. a quente. penetração. na fase preparatória do ensaio.01 18. penetração I-1006-A Peso: 96. Possibilita a execução do ensaio Marshall que tem por objetivo a determinação da estabilidade e da fluência de misturas betuminosas de cimento Asfáltico ou alcatrão. Este procedimento visa minimizar perturbações ao ensaio pelo efeito das vibrações provocadas pelo motor.v3. comumente chamado de CBR.

com medição de força realizada através de célula de carga. 12770.00 mm/min. resistência. para uso em pavimentação. comumente chamado de CBR.00 Kg. com característica multifuncional (CBR / MARSHALL / COMPRESSÃO SIMPLES / E OUTROS ENSAIOS). Máx Kgf 5. para controle e monitoração do ensaio. 049 PALAVRA-CHAVE: Soquete.v3. CBR. ISC. aquisição e armazenamento de dados. Peso: 195. parâmetro utilizado em dimensionamento de pavimentos para estradas.Português Pág.00 Curso Pistão (mm) 100 400 3300 50/60 I-1013-B SOQUETE CBR/PROCTOR MOTORIZADO PARA COMPACTAÇÃO NBR12102. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS RPM HZ C. DNER-ME 162. compactação. que tem por finalidade determinar a resistência à penetração em solos. O equipamento é dotado de motor servo controlado com indicação e controle da velocidade de avanço.5 I-1013-B 110 ou 220 8 Seção B Secao . Possui pré-determinador. Marshall. amostra. A velocidade de deslocamento do pistão varia de 0. com banco de dados em access. CBR. 12891. com cadastramento de amostras e corpos de prova. simples. Dimensões: 1750x315x600 mm VOLTAGEM Monofásico WATTS 375 HZ 50/60 RPM 1720 HP 0. traçado de gráficos de carga x tempo. 7182. Suporte Califórnia.000 Velocidade Pistão (mm/min) 0. O equipamento permite também a execução de ensaios de Compressão Simples em amostras de Solos. intermediário e modificado. contador de golpes e regulador de altura. Proctor. Peso: 96. multifuncional I-1006-F As leituras de penetração no ensaio de ISC ou a deformação dos corpos de prova em outros ensaios são realizadas através de LVDT. 043 PALAVRA-CHAVE: Prensa. 9895. de deslocamento x tempo simultaneamente ao ensaio. ELETRÔNICA SERVO CONTROLADA NBR NM-ISO 7500-1.B . 8 . É possível a realização do ensaio de determinação do “Índice de Suporte Califórnia” (ISC).Solos e Agregados . Possibilita a execução do ensaio Marshall que tem por objetivo a determinação da estabilidade e da fluência de misturas betuminosas de cimento Asfáltico ou alcatrão. amostragem. DNER-ME 049. sendo controlada pelo software operacional através de comando na tela do micro computador (sem troca de engrenagens).CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1006-F PRENSA CBR/MARSHALL/COMPRESSAO SIMPLES E OUTROS ENSAIOS.0001 a 15. Pode ser usado para as energias do Próctor normal. Possui software operacional em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP.00 Kg Equipamento. 129. que permite a execução de vários ensaios em uma única máquina. a quente. penetração. Flexão em Telhas. NBR 9895.0001 – 15. O ajuste de aproximação (sobe/desce) do pistão é realizado por um sistema controlado eletronicamente através de acionamento do joystick. ISC. aeroportos e outras obras afins. Índice de Suporte Califórnia. 00 . corpos de prova Soquete motorizado para a realização de ensaios de compactação em Solos. compressão em Corpos de Prova em Gesso (e quaisquer outros ensaios onde haja necessidade de aplicação de força de compressão). Possui capacidade de aplicação de carga de até 5000 kgf. monitorado digitalmente. compressão.

049. Fabricado em aço zincado. amostra. corpos de prova I-1012-A Utilizado para a extração de amostras de Corpos de Prova de Solos em moldes de ensaios de compactação CBR/Proctor e no molde do ensaio Marshall para misturas Betuminosas. corpos de prova Soquete para ensaios de compactação em solos. 129. 12024. O funcionamento é através da força aplicada na manivela. DNER-ME 043. 9895. Índice de Suporte Califórnia. CBR. Peso: 9. 7182. 9895. base perfurada. 7182. Possui funcionamento hidráulico. (diminuindo o esforço do operador). CÓDIGO I-1005-A C-1005-D I-1005-B I-1005-C C-1005-E COMPONENTES/REPOSIÇÃO BASE PARA CILÍNDRO BORBOLETA 3/8” CILÍNDRO SEM BASE E COLAR COLAR PARAFUSO 3/8” PESO(Kg) 2. compactação.00 Kg. 129. Pode ser utilizado também em ensaios Marshall. amostra. O Corpo de Prova é empurrado telescopicamente de acordo ao esforço do operador. ISC. colar. Índice de Suporte Califórnia. 9895. 12023. hastes roscadas e porcas tipo borboleta.Português Pág. 049 PALAVRA-CHAVE: CBR. 7182. 9 . com peso de 4. Índice de Suporte Califórnia. 049 PALAVRA-CHAVE: Molde. amostra. de maneira a atender a necessidade de diversos ensaios de laboratório.B .510 Kg.v3. Marshall. ISC Equipamento desenvolvido para realizar ensaios CBR diretamente no local de estudo. composto por: molde. normalmente utilizado nos ensaios de compactação com energia do Proctor intermediário e modificado nas moldagens de corpos de prova para ensaios de CBR/ISC Construído em aço zincado ou pintado. DNER-ME 162. DNER-ME 162.500 0. 162. 12891. 049 PALAVRA-CHAVE: Soquete. e dispositivos que permitem a extração de Corpos de Prova. Índice de Suporte Califórnia. 9895.740 0. corpos de prova I-1012 Utilizado para a extração de amostras de Corpos de Prova de Solos em moldes de ensaios de compactação CBR/Proctor. ISC. com diversos diâmetros. CBR. 129 PALAVRA-CHAVE: Extrator. Proctor. DNER-ME 162. CBR.70 Kg CILÍNDRO PARA CBR/ISC I-1005 NBR 12102. 00 .005 4. Peso: 8. I-1076 I-1013-A SOQUETE CBR NBR 12102.536g (10Lb) e altura de queda de 45.20 Kg I-1012 EXTRATOR DE AMOSTRAS MECÂNICO DNER-ME-043 PALAVRA-CHAVE: Extrator.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1076 CBR IN SITU – EQUIPAMENTO COMPLETO NBR 12102. Peso: 4. Proctor. Índice de Suporte Califórnia. 129. ISC Molde cilíndrico para CBR/ISC Ø 6” para realização de ensaios de compactação e moldagem de Corpos de Prova para os ensaios de ISC (CBR). CBR.110 1. amostragem.Solos e Agregados .080 I-1005 9 Seção B Secao . 7182. ISC. Peso: 8. Peso: 241.536 Kg I-1013-A I-1012-A EXTRATOR DE AMOSTRAS HIDRÁULICO NBR 12102.72 cm.

Fabricado em aço zincado com Ø 6”X2” de altura (150. dividido diametralmente em 2 partes.8mm x 63. Usado juntamente com o cilindro de compactação.980 8. quando da realização de ensaios de compactação e moldagem de Corpos de Prova para os ensaios de ISC (CBR). DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Sobre carga.770 I-1009-A PESO BIPARTIDO PARA CBR/ISC NBR 9895. DNER-ME 049. Índice de Suporte Califórnia. em forma de “U”. em latão. Fabricado em aço zincado. 7182. para promover o contato com o extensômetro.536 Kg I-1008 PRATO PERFURADO COM HASTE PARA CBR/ISC NBR 9895. 129. Índice de Suporte Califórnia. ISC I-1009-A Sobre carga bipartida para ensaio CBR/ISC com peso de 2. CBR. Disco anelar de ferro fundido. DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Sobre carga.v3.850 Kg I-1009 PESO EM FORMA DE “U” PARA CBR/ISC NBR 9895. compactação.B . extensômetro.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1010 DISCO ESPAÇADOR PARA CBR/ISC DE Ø 6”X2” DE ALTURA NBR 12102. ajustável.536 Kg Seção B Secao . bipartida. Peso: 4. e possui uma haste central. Dispositivo utilizado como sobrecarga durante a fase de penetração no ensaio de ISC (CBR). com 2270 ± 10g de massa. ISC I-1008 Tem por finalidade ajustar o extensômetro utilizado para leituras da expansão do solo na fase de saturação no ensaio de ISC (CBR). Peso: 0. molde. Disco anelar de ferro fundido. Observação: Para cada cilindro CBR é necessário um par de pesos bipartido.270 Kg. Peso: 4. molde. 00 . compactação. Observação: Para cada cilindro CBR é necessário um par de peso em U. CÓDIGO I-1010 I-1010-A VERSÕES DISCO ESPAÇADOR PARA CBR/ISC DE Ø 6”X2” DE ALTURA DISCO ESPAÇADOR PARA CBR/ISC DE Ø 6”X2. Índice de Suporte Califórnia. Índice de Suporte Califórnia.Português 10 Pág. CBR. com 2270 ± 10g de massa total. 162 PALAVRA-CHAVE: Espaçador.Solos e Agregados . ISC I-1010 Disco espaçador para CBR/ISC. CBR. CBR.1/2” DE ALTURA PESO(Kg) 6. DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Prato.5 mm). o prato perfurado tem Ø 149mm e 5mm de espessura. ISC I-1009 Sobre carga para CBR/ISC (Peso “U”). 10 .

AASHTO Soquete ASSHTO deslizante sem camisa. T-134. Índice de Suporte Califórnia. I-1011 I-1042 SAPATA CORTANTE PARA CBR/ISC NBR 9895. 11 . Peso: 4. AASHTO Molde cilíndrico AASHTO Ø 4” com colar e base. I-1007 I-1011 RÉGUA BISELADA NBR 12102. Peso: 0.5 LB SOQUETE AASHTO SEM CAMISA. Usa-se em ensaios de Solos para a extração de Corpos de Prova do molde. É fabricada em aço zincado com bisel em uma das faces. Fabricado em aço zincado.80 Kg MOLDE CILÍNDRICO AASHTO Ø 6” I-1059 AASTHO T-180.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1007 TRIPÉ PORTA EXTENSÔMETRO PARA CBR/ISC NBR 9895.Português 11 Pág. 129 PALAVRA-CHAVE: Régua. Fabricada em aço zincado com biesel em uma de suas arestas Peso: 2.9777.Solos e Agregados . Peso: 0. ISC I-1042 Sapata Biselada para CBR/ISC de Ø 6”. 9895. CÓDIGO I-1058-A I-1059-A VERSÕES SOQUETE AASHTO SEM CAMISA. biselada. T-136. utilizado em ensaios de Solos. DNER-ME 162. extração. 1023.20 Kg SOQUETE AASHTO SEM CAMISA AASTHO T-134. AASHTO I-1058 I-1059 Molde cilíndrico AASHTO Ø 6” com colar e base. Fabricado em aço zincado. 12024.B . 7183. T-99 PALAVRA-CHAVE: Molde. extensômetro. Usada no ensaio de ISC (CBR). I-1058 MOLDE CILÍNDRICO AASHTO Ø 4” AASTHO T-180.37 7. Índice de Suporte Califórnia. Fabricado em aço zincado. ISC Tripé porta extensômetro para CBR/ISC.10 I-1058-A I-1059-A Seção B Secao . a sapata se encaixa no molde permitindo a extração do Corpo de Prova. utilizado em ensaios de Solos. 7182. 5. CBR. 00 . T-99 PALAVRA-CHAVE: Molde. usa-se para ensaios em Solos.v3. DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Tripé.300 Kg. CBR. Fabricado em alumínio fundido. T-135. T-135.85 Kg. Peso: 8. Índice de Suporte Califórnia. ISC Régua biselada de 35cm. biselada. CBR. Dispositivo usado para fixação do extensômetro utilizado para leituras da expansão do Solo na fase de saturação no ensaio de ISC (CBR). T-99 PALAVRA-CHAVE: Soquete. DNER-ME 049 PALAVRA-CHAVE: Sapata. 10 LB PESO(Kg) 4. amostra. T-136. 9828.430 Kg. 9813.

700 2. massa específica. cravação.000 4.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1041-A CONJUNTO DE CRAVACAO (HILF) NBR 12102.100 Kg CONJUNTO PARA DETERMINAÇÃO DO ÍNDICE DE VAZIOS MÍNIMO DE SOLOS NÃO COESIVOS NBR 12051 (Método B) PALAVRA-CHAVE: Determinador. de modo que o conjunto resulta. com volumem nominal de 1000cm³. sapata e peso.880 11.500 I-1013 SOQUETE PROCTOR NORMAL NBR 12102. Sobrecarga de seção circular dotada de alça. Composto por: soquete de cravação (Brucutu) e 3 (três) cilindros biselados Ø 10x12cm.80 Kg CODIGO I-1044-B I-1044-C I-1044-A I-1041 I-1044 COMPONENTES CABEÇOTE (SAPATA) CARRETEL HASTE CILINDRO BISELADO Ø 10X12CM PARA (HILF) SOQUETE DE CRAVAÇÃO PESO(KG) 2.500 Kg I-1004 CILINDRO PROCTOR NORMAL NBR 12102. compactação. 9813 PALAVRA-CHAVE: Hilf. O método é comumente utilizado para controle de compactação em obras de terra. constituído por outro cilindro proctor solidário ao colarinho. 12 .Português 12 Pág. Peso: 23. Tubo guia.000 1. Composto por: cilindro proctor. Brucutu. Proctor. 00 . compactação Conjunto utilizado para determinação da massa específica aparente “IN SITU” de solos (sem presença de pedregulhos. Peso: 16. 12024. perfurado e dotado. 12023. 7182 PALAVRA-CHAVE: Molde.B .700 2.v3. compactação. Peso: 4. corpos de prova I-1013 I-1004 Cilindro Próctor construído em aço zincado com colar e base de Ø 4” de 1 Lt.Solos e Agregados . 12023. corpos de prova Soquete Proctor construído em aço zincado com camisa de 2.00 Kg Seção B Secao . coesivos e não muito duros) através da retirada de amostras (cravação do cilindro). Proctor. 7182 PALAVRA-CHAVE: Soquete.500 4. 12024. Peso: 2. Disco base da sobre carga. soldado à base.200 I-1041-A CODIGO I-1044 I-1044-A I-1044-C I-1044-B ACESSÓRIO COMPLETO BRUCUTU SOQUETE DE CRAVAÇÃO HASTE CARRETEL CABEÇOTE (SAPATA) PESO(KG) 11. índice de vazios I-1058-C I-1058-C Conjunto desenvolvido para determinação do índice de vazios mínimo de Solos granulares não coesivos.5kg.200 2.

5. resistência I-1063-B Agulha de Próctor com anel dinamométrico. NM 9. ASTM C403 serve como Penetrômetro para determinar o tempo de pega do Concreto e Cimento/Argamassa. Possui um jogo com 10 ponteiras com Ø: (28. 9832.66. NM 9.Português 13 Pág. ao conter um extensômetro o resultado da medição é mais precisa.28.32. 4.54 NORMA ASTM D-1558 NBR NM 9 X X X X X X X X X X X X X X X X X X SOLOS X X X X X X X X X X CONCRETO X X X X X X X Seção B Secao . 14.28 16.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1063 AGULHA DE PROCTOR COM MOLA ASTM C-403.82.66 24. 9. Sob as Normas NBR 14278.28. Sob as Normas NBR 14278. 6.28 16. NBR 9832 PALAVRA-CHAVE: Umidade.23.82.54 NORMA ASTM D-1558 NBR NM 9 X X X X X X X X X X X X X X X X X X SOLOS X X X X X X X X X X CONCRETO X X X X X X X AGULHA DE PROCTOR COM ANEL I-1063-B ASTM C-403. Equipamento desenvolvido para determinar a relação entre a umidade e a resistência à penetração em Solos granulares. 4.38 5. 16.20 Kg PONTEIRAS V/S APLICAÇÃO # 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Diâmetro (Ø)mm 28. Peso: 5.06 6.23. 24.53)mm. 12. D-1558.53)mm. 24.06. 13 .66 24.06.38.82 9.Solos e Agregados . ASTM C403 serve como Penetrômetro para determinar o tempo de pega do Concreto e Cimento/Argamassa.v3. 20.B . 16. Veja tabela de aplicação abaixo.55. resistência Agulha de Proctor com mola.38. 6. 14. Peso: 4. 5. Equipamento desenvolvido para determinar a relação entre a umidade e a resistência à penetração em Solos granulares. 00 .32 12.20 Kg PONTEIRAS V/S APLICAÇÃO I-1063 # 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Diâmetro (Ø)mm 28. O conjunto é fornecido acondicionado em estojo de madeira.23 4.82 20.55.32. 20. O conjunto é fornecido acondicionado em estojo de madeira.32 12.82.66.38 5. NBR 9832 PALAVRA-CHAVE: Umidade.06 6. 9832. 9. Possui um jogo com 10 ponteiras com Ø: (28.82 9. 12. Veja tabela de aplicação abaixo.23 4. D-1558.55 14.82 20.82.55 14.

CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1074 PENETRÔMETRO PARA SOLOS COM ANEL PALAVRA-CHAVE: Resistência. Utilizado em ensaios para uso de Solos não coesivos e de livre drenagem cuja densidade não pode ser estabelecida pelos métodos convencionais.200 I-1034-F CÓDIGO C-1034-A C-4023-B OPÇÕES PARA REPOSIÇÃO TUBO DE CARGA COM SUPORTE PROVETA GRADUADA DE VIDRO DE 250ML PESO(KG) 0.71 Kg CÓDIGO C-1074-A REPOSIÇÃO ESTOJO DE MADEIRA PESO(KG) 2. Ø 4” PERMEÂMETRO COMPLETO PARA CARGA CONSTANTE. discos de tela metálica.010 0. Fabricado em aço zincado. graduados em mm. com rosca. ASTM D 2434 PALAVRA-CHAVE: Permeabilidade. com entrada para alimentação de água. pode ser fornecido com Ø interno de 4” ou 6”.B .160 Seção B Secao . uma saída de água para realização dos ensaios e um extravasor para manutenção de carga constante durante a execução do ensaio. “in situ”.710 0.295 I-1074 I-1058-D APARELHO PARA DETERMINAÇÃO DA DENSIDADE RELATIVA NBR 12051 (Método A). Possui anel dinamométrico de 100Kgf. solos Penetrômetro para Solos com anel dinamométrico. cone de penetração em aço tratado e 4 (quatro) hastes prolongadoras. sob encomenda.010 0.v3.80 17.00 CÓDIGO C-1034-B I-1034-C C-4144-B I-1034-G I-1034-H I-1034-I I-1034-J C-1001-M COMPONENTES TUBO DE CARGA PARA PERMEÂMETRO SUPORTE DE MADEIRA PARA TUBO DE CARGA BARRILETE DE PVC CAPACIDADE 10 LT DISCO DE TELA METÁLICA Ø 4” DISCO DE TELA METÁLICA Ø 6” DISCO DE MATERIAL GEOTEXTIL (BIDIM) Ø 4” DISCO DE MATERIAL GEOTEXTIL (BIDIM) Ø 6” MANGUEIRA DE LÁTEX DE ¼”X2MT PESO(KG) 0. terrenos arenosos e outros).008 0. ASTM D4253.: O permeâmetro pode ser confeccionado em outros materiais.Solos e Agregados .500 0. Acompanha o permeâmetro: o painel de madeira com dois tubos de vidro.100 2.Português 14 Pág. com mesa vibratória.012 0.00 Kg VOLTAGEM Trifásico HZ 60 WATTS 1500 HP 2 I-1058-D 220 ou 380 PERMEÂMETRO COMPLETO PARA CARGA CONSTANTE NBR 13292 tipo I. Obs. e mangueiras para alimentação do sistema.075mm. Equipamento utilizado para determinar a resistência admissível dos Solos. para medição das cargas hidráulicas. Equipamento utilizado para determinação do coeficiente de permeabilidade de Solos granulares (de alta permeabilidade. contendo no máximo 10% de material que passa na peneira de 0. carga constante Permeâmetro completo para ensaios de carga constante. 14 . reservatório de água. CÓDIGO I-1034-E I-1034-F VERSÕES PERMEÂMETRO COMPLETO PARA CARGA CONSTANTE. Peso: 6. 00 . Peso: 120. penetração. discos de material geotextil – Bidim. Acompanha o certificado de calibração do anel dinamométrico. D4254 PALAVRA-CHAVE: Densidade Aparelho para determinação da densidade relativa de Solos. Ø 6” PESO(KG) 14.220 5.

Peso: 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos PERMEÂMETRO COMPLETO PARA CARGA VARIÁVEL NBR 14545 – método B PALAVRA-CHAVE: Permeabilidade. 15 . referencia I-4068-D.Solos e Agregados . Acompanha o permeâmetro: o painel de madeira com tubo de vidro.26 Kg I-1085-J Seção B Secao .220 5. carga constante. coeficiente de recalque I-4068 O equipamento para prova de carga direta na determinação do coeficiente de recalque em ensaios dos Solos.9cm e área de 5000cm². sendo a maior de Ø 79. Ø 6” PESO(Kg) 7.: O permeâmetro pode ser confeccionado em outros materiais. suporte de 4mt de cumprimento e 3 (três) extensômetros de curso de 30mmx0. Fabricado em aço zincado. Acompanha também. acréscimo de altura Dispositivo utilizado para medida da expansão (acréscimo de altura) de Corpos de Prova de Solos compactados em equipamento miniatura no ensaio de Mini-CBR. graduado em mm. carga variável Permeâmetro para ensaios de carga variável. Obs.B . Acondicionado em estojo com acessórios. sendo absorvida aos poucos. I-1085-J DISPOSITIVO PARA MEDIDA DA EXPANSÃO (ACRÉSCIMO DE ALTURA) DE CORPOS DE PROVA DNER–ME 254 PALAVRA-CHAVE: Expansão. pode ser fornecido com Ø interno de 4” ou 6”.020 PERMEÂMETRO TIPO GUELPH I-1034-L ASTM 5126 PALAVRA-CHAVE: Permeabilidade. sob encomenda. anel de borracha e mangueira para alimentação do sistema. deixa-se fluir a água dentro da perfuração. Ø 4” PERMEÂMETRO COMPLETO PARA CARGA VARIÁVEL. CÓDIGO I-1034-D I-1034 VERSÕES PERMEÂMETRO COMPLETO PARA CARGA VARIÁVEL. Usado para a determinação da permeabilidade de solos granulares. compactação.Português 15 Pág. com alças e tratamento anti-corrosivo.60 10. para medição da carga hidráulica. e bomba manual de acionamento do macaco com 5mt de mangueira.200 0. com coeficientes menores que 10-3 cm/seg.00 Kg I-4068 EQUIPAMENTO PARA PROVA DE CARGA DIRETA NBR 6489 PALAVRA-CHAVE: Carga direta. Esta composto por placas circulares de aço. contração. O aparelho permite estabelecer a permeabilidade do Solo saturado.01mm. O aparelho se instala após feita a perfuração do Solo. Guelph I-1034-L O permeâmetro tipo GUELPH (de carga constante) segue o princípio do frasco de Mariotte.90 CÓDIGO I-1034 C-1034-B I-1034-C C-1001-M I-1034-K COMPONENTES TUBO DE CARGA PARA PERMEÂMETRO SUPORTE DE MADEIRA PARA TUBO DE CARGA DO PERMEÂMETRO MANGUEIRA DE LÁTEX DE ¼”X2MT ANEL DE BORRACHA PARA VEDAÇÃO DA TAMPA PESO(KG) 0. referencia I-4080. 00 .v3. e macaco hidráulico de simples efeito capacidade de 20T. A permeabilidade do Solo saturado ocorre quando a absorção se equilibra (quando a velocidade de percolação da água torna-se igual à velocidade de saída da água do Permeâmetro). coeficiente. mini CBR. Peso: 15.100 0. discos de tela metálica.

Português 16 Pág. Mini CBR. 16 . Possuem altura de queda de 30. molde Suporte do molde de compactação miniatura. Mini MCV e determinação da perda de massa por imersão. mini CBR Extrator de alavanca para retirada de amostras compactadas em cilindro de compactação tipo miniatura utilizado nos ensaios de compactação.Solos e Agregados . contração.280 Kg I-1085-N I-1085-B SOQUETE CILÍNDRICO PARA ENSAIOS DE MINI CBR. 5.5 LB DNER-ME 228 PALAVRA-CHAVE: Soquete.270 4. Mini MCV e determinação da perda de massa por imersão. CÓDIGO I-1085-B VERSÕES SOQUETE CILÍNDRICO PARA ENSAIOS DE MINI-CBR.B .270 g e 4. Mini CBR. Confeccionado em PVC rígido.5 LB SOQUETE CILÍNDRICO PARA ENSAIOS DE MINI-CBR. Peso: 0. compactação. 5. mini CBR Soquetes utilizados para compactação de corpos de prova em equipamento miniatura nos ensaios de compactação.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1085-N SUPORTE DO MOLDE EM PVC DNER–ME 256 PALAVRA-CHAVE: Expansão.35 Kg I-1085 Seção B Secao . 00 . 10 LB PESO(kg) 2.8mm de diâmetro. compactação. compactação.v3. Peso: 7.5cm e sapatas de 49. mini CBR.540 I-1085-B I-1085-A EXTRATOR E COMPACTADOR DE ALAVANCA PARA MINI CBR I-1085 DNER-ME-228 PALAVRA-CHAVE: Extrator.540g). é utilizado no ensaio da determinação da perda de massa por imersão em corpos de prova de solos compactados em equipamento miniatura. São confeccionados em aço e apresentados nas versões leve e pesado (2.

Ø 16MM.300 0.670 0. Mini MCV e determinação da perda de massa por imersão.5CM E ALT.500 0.200 Kg I-1048 Seção B Secao . Fabricado em aço com tratamento anti-ferrugem. CAPACIDADE 250ML RECIPIENTE PLÁSTICO.25CM GUIA ANELAR C/ DIMENSÕES DA SOBRECARGA DNERME 254 PISTÃO DE PENETRAÇÃO. CAPACIDADE 3 LITROS PESO(kg) 0.17 Kg I-1085-C CÓDIGO I-1085-M I-1085-K I-1085-H I-1085-L OUTROS COMPONENTES DO ENSAIO MINI-CBR TRIPÉ PORTA EXTENSÔMETRO PRATO PERFURADO PARA EMBEBIÇÃO DE CORPO DE PROVA COMPACTADO DISCO ESPAÇADOR. 00 .2MM DISPOSITIVO PARA FIXAÇÃO DE EXTENSÔMETRO NO PISTÃO DISPOSITIVO PARA DETERMINAÇÃO DA EXPANSÃO / CONTRAÇÃO DE SOLOS FUNIL COM BOCAL MAIOR Ø 15CM. BOCAL MENOR Ø 4.100 1.210 0.Solos e Agregados . contra peso.v3. Ø 50MM E ESPESSURA 0. 70MM DE ALTURA E 25MM RAIO SOBRECARGA ANELAR PARA ENSAIOS DE EXPANSÃO PESO(kg) 0. Ø 50MM ASSENTADOR CILÍNDRICO.8MM E ALTURA DE 50MM DISCO DE POLIETILENO.080 0. pedra porosa e cápsula de expansão.150 I-1048 COMPARADOR DE EXPANSIBILIDADE (LNEC) DNER-ME 029 PALAVRA-CHAVE: Expansibilidade. COMPRIMENTO 15CM RECIPIENTE DE IMERSÃO CONFORME DNER-ME 256 RECIPIENTE PARA PESAGEM DO SOLO. mini CBR. Peso: 8.150 9. imersão Molde cilíndrico tipo miniatura para realização dos ensaios Mini CBR e expansão dos solos. Composto por: soquete. 17 .Português 17 Pág.200 0.220 Outros componentes utilizados no equipamento miniatura para os ensaios de compactação. CÓDIGO I–1085-I I–1085-G I–1085-E I–1085-R I–1085-D I–1085-S I–1085-F I–1085-T I–1085-O I–1085-U I–1085-Q C–1085-P OUTROS COMPONENTES ANEL DE VEDAÇÃO. extensômetro.670 0. LNEC Aparelho para medir expansibilidade em Solos. Mini CBR. Ø 49MM E COMPRIMENTO 90MM CILINDRO DE AÇO.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1085-M I-1085-K I-1085-H I-1085-L MOLDE CILÍNDRICO PARA ENSAIOS EM MINI CBR I-1085-C DNER-ME 228 PALAVRA-CHAVE: Molde. Ø 49.360 3.500 0.150 0.560 1. Peso: 1. Permite acoplagem do tripé porta extensômetro (dispositivo I1085-M) para medida da expansão ou contração do Solo.B .390 0.

à medida que a umidade se evapora o peso da amostra varia até ficar completamente seca. O funcionamento do ensaio é pelo método da evaporação do teor de umidade aplicando-se calor através de luz infravermelha. à medida que a umidade se evapora o peso da amostra varia até secar completamente. Disponível com balança eletrônica ou mecânica. 00 .020 CODIGO C-4107 VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 REPOSIÇÃO LÂMPADA INFRAVERMELHO PARA SECAGEM PESO(Kg) 0.B . calibrada para 500gr e resolução de 0. infravermelho Esta balança eletrônica permite a determinação de umidade em ensaios precisão de laboratório.850 3. COM BALANÇA MECÂNICA PESO(Kg) 2. I-1069-B CODIGO I-1069-B I-1069 VERSÕES APARELHO INFRAVERMELHO PARA DETERMINAR UMIDADE.v3. O funcionamento do ensaio é pelo método da evaporação do teor de umidade.001gr. infravermelho Aparelho infravermelho secador com balança para diversos propósitos. A temperatura é ajustável de 60 a 180ºC com incremento de 1ºC. Possui um sistema auto-dry que verifica quando o peso da amostra se estabiliza. 18 .400 WATTS HZ 250 50/60 Seção B Secao .CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos C-1069-A BALANÇA ELETRÔNICA PARA DETERMINAR UMIDADE DNER-ME 052 PALAVRA-CHAVE: Umidade. COM BALANÇA ELETRÔNICA APARELHO INFRAVERMELHO PARA DETERMINAR UMIDADE.01gr e prato de Ø 90mm Dimensões: 290x210x190 C-1069-A VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS HZ 250 50/60 APARELHO SECADOR COM BALANÇA DNER-ME 052 PALAVRA-CHAVE: Umidade. Utilizada em ensaios de Solos permite a determinação do teor de umidade.Português 18 Pág. sensibilidade 0.Solos e Agregados . Carga máxima 210gr.

3”x2”.525 5/16” 7.149 120 0.6 3. Ø 8”x2”.425 45 0.355 50 0.75 1” 25.875 ½” 12.074 230 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos PENEIRAS GRANULOMÉTRICAS REDONDAS NBR NM ISO 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras.1125 3/8” 9. Fabricadas em aço inoxidável. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.020 FUNDO INTERMEDIÁRIO FUNDO TAMPA C-1087-5/8” C-1087-1/2” C-1087-7/16” C-1087-3/8” C-1087-5/16” C-1087-1/4” C-1087-3.053 325 0.500 Kg Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC.175 n° 3.76 5 4. Ø 8”x1”.5 5.210 80 0.5 C-1015-4 C-1015-5 C-1015-6 C-1015-7 C-1015-8 C-1015-10 C-1015-12 C-1015-14 C-1015-16 C-1015-18 C-1015-20 C-1015-25 C-1015-30 C-1015-35 C-1015-40 C-1015-45 C-1015-50 C-1015-60 C-1015-70 C-1015-80 C-1015-100 C-1015-120 C-1015-140 C-1015-170 C-1015-200 C-1015-230 C-1015-270 C-1015-325 C-1015-400 Ø 8”x2” C-1014-4” C-1014-3.062 270 0.710 30 0.0 2” 50. disponíveis nos tamanhos: Ø 300x100mm.250 70 0.1/2” C-1086-3” C-1086-2.45 1.1/2” 88.1/4” C-1015-1” C-1015-7/8” C-1015-3/4” C-1015-5/8” C-1015-1/2” C-1015-7/16” C-1015-3/8” C-1015-5/16” C-1015-1/4” C-1015-1/8” C-1015-3.060 Seção B Secao . C-1014 ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) CAIXILHO EM AÇO Ø 300x100mm C-1086-4” C-1086-3.5 C-1014-4 C-1014-5 C-1014-6 C-1014-7 C-1014-8 C-1014-10 C-1014-12 C-1014-14 C-1014-16 C-1014-18 C-1014-20 C-1014-25 C-1014-30 C-1014-35 C-1014-40 C-1014-45 C-1014-50 C-1014-60 C-1014-70 C-1014-80 C-1014-100 C-1014-120 C-1014-140 C-1014-170 C-1014-200 C-1014-230 C-1014-270 C-1014-325 C-1014-400 CODIGO 4” 101.1/4” C-1086-1” C-1086-7/8” C-1086-3/4” C-1086-5/8” C-1086-1/2” C-1086-7/16” C-1086-3/8” C-1086-5/16” C-1086-1/4” C-1086-3.38 10 2.Português 19 Pág.68 14 1.297 60 0. Ø 5”x2”.037 450 0. granulometria Peneiras granulométricas redondas para ensaios de laboratório.840 25 0.3/4” C-1015-1.7 7/16” 11.83 8 2.36 7 2.05 5/8” 15.66 4 4.9 3” 76.125 140 0.35 1/8” 3.1/2” C-1015-2” C-1015-1.1 1.41 16 1.1/2” C-1015-3” C-1015-2.1/4” 31. granulométricas.2 2.1/2” C-1086-1.3/4” C-1086-1.1/2” C-1086-2” C-1086-1. 00 .177 100 0.025 636 0. 19 .1/4” C-1014-1” C-1014-7/8” C-1014-3/4” C-1014-5/8” C-1014-1/2” C-1014-7/16” C-1014-3/8” C-1014-5/16” C-1014-1/4” C-1014-1/8” C-1014-3.00 12 1.1/2” 38.5 C-1086-4 C-1086-5 C-1086-6 C-1086-7 C-1086-8 C-1086-10 C-1086-12 C-1086-14 C-1086-16 C-1086-18 C-1086-20 C-1086-25 C-1086-30 C-1086-35 C-1086-40 C-1086-45 C-1086-50 C-1086-60 C-1086-70 C-1086-80 C-1086-100 C-1086-120 C-1086-140 C-1086-170 C-1086-200 C-1086-230 C-1086-270 C-1086-325 C-1086-400 C-1086-450 C-1086-500 C-1086-635 C-1086-C C-1086-B C-1086-A C-1037-3.088 200 0.v3.225 ¾” 19.Solos e Agregados .00 20 0.044 400 0. Ø 3”x1”.3/4” C-1014-1.600 35 0.4 7/8” 22.5 C-1087-4 C-1087-5 C-1087-6 C-1087-7 C-1087-8 C-1087-10 C-1087-12 C-1087-14 C-1087-16 C-1087-18 C-1087-20 C-1087-25 C-1087-30 C-1087-35 C-1087-40 C-1087-45 C-1087-50 C-1087-60 C-1087-70 C-1087-80 C-1087-100 C-1087-120 C-1087-140 C-1087-170 C-1087-200 C-1087-230 C-1087-270 C-1087-325 C-1087-400 C-1088-6 C-1088-7 C-1088-8 C-1088-10 C-1088-12 C-1088-14 C-1088-16 C-1088-18 C-1088-20 C-1088-25 C-1088-30 C-1088-35 C-1088-40 C-1088-45 C-1088-50 C-1088-60 C-1088-70 C-1088-80 C-1088-100 C-1088-120 C-1088-140 C-1088-170 C-1088-200 C-1088-230 C-1088-270 C-1088-325 C-1088-400 C-1037-C C-1037-B C-1037-A C-1088-C C-1088-B C-1088-A C-1087-C C-1087-B C-1087-A C-1015-C C-1015-B C-1015-A C-1014-C C-1014-B C-1014-A PESO MÉDIO : 0.105 170 0.1/2” 63.1/2” C-1014-3” C-1014-2.070 0.500 40 0.3/4” 44.8 1.1/2” C-1014-2” C-1014-1.9375 ¼” 6.1/2” C-1014-1.00 6 3.B .19 18 1.1/2” C-1015-1.5 C-1037-4 C-1037-5 C-1037-6 C-1037-7 C-1037-8 C-1037-10 C-1037-12 C-1037-14 C-1037-16 C-1037-18 C-1037-20 C-1037-25 C-1037-30 C-1037-35 C-1037-40 C-1037-45 C-1037-50 C-1037-60 C-1037-70 C-1037-80 C-1037-100 C-1037-120 C-1037-140 C-1037-170 C-1037-200 C-1037-230 C-1037-270 C-1037-325 C-1037-400 Ø 3”x1” Ø 3”x2” Ø 5”x2” Ø 8”x1” C-1015-4” C-1015-3.032 500 0.

00 11. volume Conjunto utilizado para determinação do equivalente de areia (relação entre o volume de areia e o volume total de material) em ensaios em Solos e Agregados miúdos.030 0. Peso: 39. eletromagnético. granulometria Peneirador Eletromagnético de bancada.20 C-1022 I-1001 EQUIVALENTE DE AREIA COMPLETO COM PROVETAS DE ACRÍLICO DNER-ME 054.140 0. DIÂMETRO 60X40MM.200 Kg CODIGO I-1001-H I-1001-D C-1001-M I-1001-E I-1001-P C-1001-N I-1001-L C-1001-C C-1001-I I-1001-G I-1001-J C-4100 C-1028-A C-1045 C-1033-D C-1046 C-4014-A COMPONENTES ESTOJO DE MADEIRA GARRAFÃO 5 LT. CODIGO C-1022-B C-1022-D C-1022 C-1022-C C-1022-A C-1022-E C-1022-F VERSÕES ABERTURA # DE CALHAS 2” 1.Português 20 Pág. 20 .v3. 00 .200 1.00 Kg BIVOLTS Monofásico 110/220 I-1016-B WATTS 100 HZ 50/60 REPARTIDOR DE AMOSTRAS COMPLETO PALAVRA-CHAVE: Repartidor. MANGUEIRA DE LÁTEX DE ¼” X 2M PISTÃO PARA EQUIVALENTE DE AREIA PROVETA DE ACRÍLICO ROLHA DE BORRACHA PARA PROVETA ROLHA DE BORRACHA PARA GARRAFÃO SOLUÇÃO CONCENTRADA PARA ENSAIO 500 ML TABELA PARA O APARELHO TUBO LAVADOR (RETO) SIFÃO E TUBO RETO FUNIL DE PLÁSTICO CÁPSULA DE ALUMÍNIO COM TAMPA. Dispomos opcionalmente de dispositivo para uso das peneiras ∅ 200mm.60 6. 3” e 5”. marca PAVITEST. Acompanham o repartidor: 3 (três) caçambas e 1(uma) pá.220 0.040 1.040 0.20 6.050 0.80 5. 110ML PULVERIZADOR DE AGUA PARA SOLOS ESPÁTULA TIPO PINTOR N° 2 ESCOVA FIOS DE NYLON PARA LIMPEZA PINÇA DE MOHR PESO(KG) 4.020 0.015 I-1001 Seção B Secao . COM SIFÃO.100 0.Solos e Agregados .030 0.1/2” 1” ¾” ½” ¼” 3/8” 10 12 16 16 16 20 24 PESO(Kg) 13.200 0. capacidade para 8 (oito) peneiras de ∅ 8x2” ou 17 (dezessete) peneiras de ∅ 8x1” mais fundo e tampa.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1016-B PENEIRADOR ELETROMAGNÉTICO PALAVRA-CHAVE: Peneirador. NBR 12052 PALAVRA-CHAVE: Equivalente de areia. 300mm.120 0. peneira. granulometria O repartidor de amostras é fabricado em chapa galvanizada com diversas aberturas.240 0.040 0. Peso: 7. amostras.700 0.B .60 12.80 13. Possui timer digital para controlar eletronicamente o tempo (até 99 minutos) e freqüência de vibração.

proveta Agitador de provetas elétrico para ensaio de equivalente de areia com velocidade constante.050 1. contador de golpes e desligamento automático. 21 .Português 21 Pág.530 1. CAIXA COM 100 AMPOLAS COLHER DE CAFÉ PAR DE ESFERA DE ½” ESTOJO DE MADEIRA FLANELA PARA O APARELHO GARRAFA COM MANÔMETRO MARTELO DE 200 GR SUPORTE PARA BALANÇA TABELA TALHADEIRA ESPÁTULA TIPO PINTOR N° 2 ESCOVA DE NYLON PARA LIMPEZA DE PROVETA PESO(KG) 0. FRASCO COM 500 GR GARRAFA SEM MANÔMETRO MANÔMETRO PARA SPEEDY PESO(KG) 0.330 0. Peso: 4.00 Kg.570 0. I-1001-A I-1003 SPEEDY APARELHO COMPLETO DNER-ME-052 PALAVRA-CHAVE: Speedy. Peso: 23.040 4. I-1001-F VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 187 HZ 60 RPM 1695 I-1001-A AGITADOR MANUAL DE PROVETAS PARA EQUIVALENTE DE AREIA DNER-ME 054 PALAVRA-CHAVE: Agitador. areias e outros materiais granulares.005 0. equivalente de areia.300 0. CAPACIDADE 25 GR CARBURETO DE CÁLCIO.Solos e Agregados .500 kg. 00 .010 0.v3.050 0. umidade Conjunto utilizado para determinação rápida do teor de umidade em Solos e Agregados miúdos. proveta Agitador de provetas manual para ensaio de equivalente de areia com mostrador de velocidade e contador de golpes.250 0. Peso: 23.100 0.010 0.B .380 0.050 0. CODIGO C-1003-B C-1003-N I-1003-E I-1003-A C-1003-M C-1003-G I-1003-K C-1003-F I-1003-C C-1003-J I-1003-I C-1003-H C-1003-L C-1033-D C-1046 COMPONENTES ALMOFARIZ GALVANIZADO ANEL DE BORRACHA BALANÇA PORTÁTIL.090 1.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1001-F AGITADOR ELETRICO DE PROVETAS PARA EQUIVALENTE DE AREIA DNER-ME 054 PALAVRA-CHAVE: Agitador.500 0.450 Seção B Secao . equivalente de areia.400 Kg.050 I-1003 CODIGO I-1003-O I-1003-P C-1003-D OPCIONAIS CARBURETO DE CÁLCIO.

054 Kg C-4023 Seção B Secao . 7185.450 1.540 0.180 1. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Proveta. CAPACIDADE 05 LITROS CONJUNTO PARA DENSIDADE. Peso: 0. funil e bandeja. Solos Proveta de vidro graduada até 1000 ml com variação e 10 ml para sedimentação de Solos. 10 LITROS FUNIL METÁLICO PARA DENSIDADE 5” FUNIL METÁLICO PARA DENSIDADE 6” FUNIL METÁLICO PARA DENSIDADE 7” FUNIL METÁLICO PARA DENSIDADE 8” BANDEJA COM ORIFÍCIO PARA DENSIDADE Ø 5” BANDEJA COM ORIFÍCIO PARA DENSIDADE Ø 6” BANDEJA COM ORIFÍCIO PARA DENSIDADE Ø 7” BANDEJA COM ORIFÍCIO PARA DENSIDADE Ø 8” PESO(KG) 0.500 I-1024 CODIGO C-1031 C-1024-D I-1024-F C-1024-G C-1024-E ACESSÓRIOS OPCIONAIS CONCHA TIPO JARDINEIRO TALHADEIRA RETA TALHADEIRA CURVA MARRETA DE 1 KG MARRETA DE 2 KG PESO(KG) 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1024 CONJUNTO PARA DENSIDADE “IN SITU” NBR 12102. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Sedimentação.200 3.Solos e Agregados . 6”. Este instrumento de laboratório é usado para diversos ensaios.500 1.050 g/cm³. DNER 092 PALAVRA-CHAVE: In situ. 7” e 8”. 5 LITROS FRASCO DE POLIETILENO BOCA LARGA.500 0.v3. Peso: 3.520 1. Escala 0. graduada em 0.Português 22 Pág. Peso: 0. bulbo Densímetro de Bulbo para sedimentação de Solos.995 a 1.090 Kg C-1017 C-4023 PROVETA GRADUADA DE VIDRO DE 1000 ML PARA SEDIMENTAÇÃO NBR 7181. Pode ser fornecido com funil de Ø 5”. O método é comumente utilizado para controle de compactação em obras de terra (Solos). densidade.500 CODIGO C-1024-H C-1024-M I-1024-A I-1024-K I-1024-N I-1024-L I-1024-C I-1024-O I-1024-P I-1024-Q COMPONENTES COM VENDA SEPARADA FRASCO DE POLIETILENO BOCA LARGA.30 Kg. massa específica. CAPACIDADE 10 LITROS PESO(KG) 3.210 0.200 C-1017 DENSÍMETRO DE BULBO SIMÉTRICO GRADUADO NBR 7181. 22 . 9813. Composto de frascos de 5 litros.120 2.B .500 1. CODIGO I-1024 I-1024-J VERSÕES CONJUNTO PARA DENSIDADE. compactação Conjunto utilizado para determinação da massa específica aparente “IN SITU” de solos e materiais pedregulhosos.500 0.001 (escala ASTM/AAHSTO151 H) ou -5 +60g/l (escala ASTM/AASTHO 152H).260 0.500 1. determinador. 00 .

através da recirculação contínua da água. agitador.Português 23 Pág. homogeneidade I-1086 VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 1500 HZ 50/60 O tanque para banho de provetas que permite assegurar a uniformidade da temperatura durante o ensaio de sedimentação.000 RPM.B . DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Tanque. sedimentação.v3. granulometria. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Tanque.000 HP 0.000 ml. 00 .240 kg. aquecedor. sedimentação.100 Kg I-1086 TANQUE PARA BANHO DE PROVETAS (BANHO MARIA) COM SISTEMA DE AQUECIMENTO E AGITAÇÃO NBR 7181.38x177. 6508.000 RPM. 23 . As paredes internamente contêm material isolante para manter a temperatura constante.32 I-1018-D Seção B Secao . O reservatório contém sistema de aquecimento e de homogeneização térmica.225 0. Peso: 4.000 .000. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Dispersor. granulometria. massa específica. Peso: 5. Banho Maria. Peso: 19.Solos e Agregados .17. para dispersão do Solo em ensaios de granulometria. Possui controlador eletrônico de velocidade até 10.14. sedimentação e massa específica dos grãos. 6508. As paredes internamente contêm material isolante para manter a temperatura constante. regulador. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Dispersor.400 Kg I-1018 DISPERSOR DE AMOSTRAS NBR 7181.82x193mm BIVOLTS Monofásico 110/220 WATTS 240 HZ 50/60 RPM 10. temperatura. para dispersão do Solo em ensaios de granulometria. provetas. provetas. controlado eletronicamente mantendo desta maneira um ensaio com base na uniformidade e precisão. Banho Maria. copo em alumínio com chicanas e uma hélice em aço inoxidável. Dimensões: 469.82x193 mm CODIGO I-1018-B I-1018-A COMPONENTE COPO EM ALUMÍNIO COM CHICANAS HÉLICE EM AÇO INOXIDÁVEL PESO(KG) 0. massa específica.000 . uniformidade.000 HP 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1086-A TANQUE PARA BANHO DE PROVETAS (BANHO MARIA) SEM CONTROLE NBR 7181.000 ou 17. Peso: 18. sedimentação Dispersor de amostras.38x177. sedimentação e massa específica dos grãos. 14. Com capacidade para manter 6 (seis) provetas de 1. Possui variador eletrônico de velocidade para 10. Dimensões: 469.000 ml.600 I-1018 BIVOLTS Monofásico 110/220 WATTS 100 HZ 50/60 RPM 10. temperatura I-1086-A O tanque para banho de provetas que permite assegurar a uniformidade da temperatura durante o ensaio de sedimentação.13 I-1018-D DISPERSOR DE AMOSTRAS COM 3 VELOCIDADES NBR 7181. Com capacidade para manter 6 (seis) provetas de 1.200 Kg. sedimentação Dispersor de amostras.

030 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1018-C DISPERSOR DE AMOSTRAS DUPLO NBR7181.v3.020 0. Dimensões: 522.025 0.000 HP 0. 6508.350 Kg VOLTAGEM Monofásico WATTS 100 HZ 50/60 I-1002-D 110 ou 220 Seção B Secao .70x300x350 mm VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 375 HZ 50/60 RPM 10.000 RPM. massa específica. sedimentação e massa específica dos grãos. granulometria. Utilizado para a determinação do limite de liquidez (LL) dos solos. Solos Aparelho Casa Grande elétrico com contador de golpes. DNER-ME 122. DNER-ME 122. CÓDIGO I-1002 I-1002-G VERSÕES APARELHO CASA GRANDE MANUAL SEM CONTADOR DE GOLPES APARELHO CASA GRANDE MANUAL COM CONTADOR DE GOLPES PESO(kg) 4. Utilizado para a determinação do limite de liquidez (LL) dos solos.080 0. Possui chave liga/desliga eletrônico e velocidade até 10.000 4. Acompanha um cinzel chato e um cinzel curvo.5 I-1018-C LIMITE DE LIQUIDEZ DOS SOLOS I-1002 APARELHO CASA GRANDE MANUAL SEM CONTADOR DE GOLPES NBR 6459. Permite realizar a dispersão com duas amostras ao mesmo tempo (dois copos).100 Kg.200 0.110 0. Solos Aparelho Casa Grande manual sem contador de golpes. sedimentação Dispersor de amostras é um aparelho usado para dispersão do Solo em ensaios de granulometria. Acompanha um cinzel chato e um cinzel curvo. Nesta versão o aparelho é elétrico e possui contador de golpes. 00 . DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Dispersor.B . Nesta versão o aparelho não possui contador de golpes. ASTM D 4318 PALAVRA-CHAVE: Limite de liquidez. ASTM D 4318 PALAVRA-CHAVE: Limite de liquidez.090 OUTROS COMPONENTES DO ENSAIO CINZEL CURVO PARA SOLOS ARGILOSOS CINZEL RETO PARA SOLOS ARENOSOS CALIBRADOR DE ALTURA CONCHA CALIBRADOR DA BASE DE EBONITE COM ESFERA CURVA PARA CINZEL CABO PARA CINZEL I-1002-G I-1002-D APARELHO CASA GRANDE ELÉTRICO COM CONTADOR DE GOLPES NBR6459.Solos e Agregados .Português 24 Pág. 24 . Peso: 18.100 I-1002 I-1002-A CÓDIGO I-1002-A I-1002-B I-1054 I-1002-C I-1002-H I-1002-E I-1002-F I-1002-B I-1054 I-1002-C PESO(kg) 0. Peso: 5.

010 0. DNER-082.5CM PLACA COM 3PINOS PARA LIMITE DE CONTRAÇÃO PESO(kg) 0. bomba a vácuo para elevar a água do reservatório até a câmara. amostragem Equipamento para medir a tensão máxima de cisalhamento dos Solos. AASHTO T-92 PALAVRA-CHAVE: Limite de contração.5 ML CÁPSULA DE PORCELANA.v3.030 I-1056 I-1087-B DEAERADOR DE ÁGUA PALAVRA-CHAVE: Água destilada. Ø 3x100MM (GABARITO) ESPÁTULA DE AÇO INOXIDÁVEL COM LAMINA FLEXÍVEL 10X2CM PESO(kg) 1. deaeração Equipamento para retirar do ar atmosférico do meio intramolecular da água destilada. Ø 12CM.Solos e Agregados . possui reservatório graduado com capacidade de 20Lt.Português 25 Pág. tubulação de cobre.240 0. Composto por conjunto mecânico de perfuração e 3 hastes com hélices (aqui ilustradas). Ø 4X1CM CUBA DE VIDRO 5X2. VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 200 HZ 50/60 I-1087-B C-1089 VANE TESTER CONJUNTO PARA DIVERSAS PROFUNDIDADES PALAVRA-CHAVE: Tensão. CÓDIGO C-1020 C-4028-D C-1028 I-1020-A C-1032 COMPONENTES PLACA DE VIDRO ESMERILHADA. CÓDIGO C-4023-E C-4028-B C-1056-B C-1056-A I-1056 COMPONENTES PROVETA GRADUADA DE 25 ML – 0. Fabricado em estrutura em aço. 25 . C-1089 Seção B Secao . extensões e estojo para transporte.B .100 0. pelo processo de Deaeração a vácuo e saída da água por gravidade. DNER ME 087. 300X300X5MM CÁPSULA DE PORCELANA Ø 16CM.045 0. 285 ML CÁPSULA DE AÇO INOXIDÁVEL. 00 .010 0. Solos Conjunto de dispositivos para a determinação do Limite de Contração (LC) em ensaios de Solos. ASTM D 427. ASTM D 4318 PALAVRA-CHAVE: Limite de plasticidade.035 I-1020 LIMITE DE CONTRAÇÃO DOS SOLOS LIMITE DE CONTRAÇÃO (LC) DOS SOLOS NBR 7183. Solos Conjunto de dispositivos para a determinação do Limite de Plasticidade (LP) em ensaios de Solos.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos LIMITE DE PLASTICIDADE DOS SOLOS LIMITE DE PLASTICIDADE (LP) DOS SOLOS NBR 7180. cisalhamento.010 0.320 0.150 0. Ø 40X20MM. 580ML CÁPSULA DE ALUMÍNIO COM TAMPA. 25ML CILINDRO METÁLICO.

1” C-1035-S Elevador giratório. COM 1 METRO E LUVA TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 2. Tripé desmontável bipartido (2.1/2" HASTE 1" COM 1 METROS HASTE DE 1" COM 2 METROS HASTE GUIA PARA PESO DE BATER LÂMINA DE LAVAGEM 2” LUVA DE 1" (6 pecas) LUVA DE 2.00 0.1/2".600 2.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos C-1035 SONDA À PERCUSSÃO COMPLETA NBR 6484 PALAVRA-CHAVE: Sonda.960 0.340 32.050 4.450 0.100 0. 26 .T.250 6.180 0. 1” C-1035-D Pescador para tubo.100 3. sarrilho manual incorporado a estrutura para auxiliar a extração do amostrador do revestimento. 2½” C-1035-C Cabeça de bater tubo. etc.00 8.1/2" PESO BATENTE DE 65KG PIO MECÂNICO PARA MEDIR NÍVEL DE ÁGUA DIÂMETRO 7/8” SACA TUBO DE 2.1/2".000 35.600 0. solos. perfuração de poços.00 1.340 0. 1” C-1035-R Cruzeta de lavagem. sondagem.000 6. 1” C-1035-E Pescador para tubo. Sarrilho 27 metros de cabo de aço 5/16” C-1035-A C-1035-H Bomba balde (Balde interno) C-1035-AB Peso batente de 65Kg PARTES E PEÇAS PARA SONDA À PERCUSSÃO CODIGO C-1035-L C-1035-AF C-1035-AE C-1035-J C-1035-P C-1035-O C-1035-M C-1035-H C-1035-B C-1035-C C-4221-A C-1035-N C-4135-B C-1035-K C-1035-R C-1035-T C-1035-S I-1035-U I-1035-V C-1035-Q C-1035-AC C-1035-Y C-1035-Z C-1035-AD C-1035-D C-1035-E I-1035-AB C-1035-AH C-1035-F C-1035-I C-4221 I-1040 I-1040-A C-1035-G C-1035-A I-1035-W I-1035-X COMPONENTES ABAIXADOR TIPO U EW (CHAVE DE ALÇAR) PARA TUBO DE 1" ABRAÇADEIRA PARA TUBO DE 1” ABRAÇADEIRA PARA TUBO DE 2. 2½” C-1035-G Trepano (Tê Descarga) de lavagem. COM CRUZETA E HASTE DE 1” TREPANO DE LAVAGEM DE 2.350 5.00 9.960 65.500 6. 2½” C-1035-K Chifre de Bode.000 9.5HP PESCADOR PARA TUBO DE 1" PESCADOR PARA TUBO DE 2.1/2" SAPATA CORTANTE DE 2.510 169. 2½” C-1035-B Cabeça de bater tubo. (Standart Penetration Test) para sondagem leve até 30 metros.000 1.Solos e Agregados . alça e escada. estudos de fundações.30 Kg Seção B Secao .000 0. 00 .B .150 0.1/2" TORQUÍMETRO ¾” COM RELÓGIO TRADO HELICOIDAL 2¼“ TRADO TIPO IPT 4”.1/2" TRIPÉ EM TUBO DE 2 ½ " COM GUINCHO E 27 METROS DE CABO TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 2.700 1. 1” Peso Aproximado: 670.v3.1/2" (6 pecas) MOTO-BOMBA DE 3.700 1.050 3.1/2” AMOSTRADOR SPT DE 2" BICO DE LAVAGEM PARA TUBO DE 2.1/2 CABEÇA DE BATER PARA TUBO DE 1" CABEÇA DE BATER PARA TUBO DE 2.10 C-1035-T Elevador giratório.510 1.700 1. SPT Sonda à percussão completa S.5 metros cada) com 4 pernas em tubo SCH 40 2½” com roldana de 8”. COM 2 METROS E LUVA PESO(KG) 1.1/2" BICO DOCE DE 1" BICO PARA AMOSTREADOR BOMBA BALDE (BALDE INTERNO) DE 2.Português 26 Pág.560 5. mineração.P.490 2.000 0.100 3. parafuso.700 17.900 2.1/2" CABEÇA DO TORQUÍMETRO ¾” CABEÇOTE PARA AMOSTREADOR DE 2" TIPO SPT CHAVE DE GRIFO 18” CHIFRE DE BODE DE 1" CRUZETA DE LAVAGEM DE 1" ELEVADOR GIRATÓRIO DE 1" ELEVADOR GIRATÓRIO DE 2.

27 . 1 metro C-1035-Y Luva de 1“ I-1040-A Trado IPT de 4”. tipo tripé. de duplo disco blindado. com cruzeta e haste de 1” I-1040 Trado helicoidal 2¼“ I-1035-X Tubo de revestimento de 2½“.1/2" C-1035-I Sapata cortante de 2. Seção B Secao . Moto bomba de 3. 1 metro C-1035-Z Luva de 2½“ C-1035-L Abaixador tipo U EW (chave de alçar) C-1035-AE Abracadeira de 2½“ C-1035-AC Lâmina de lavagem C-1035-AD Moto bomba 3.Solos e Agregados .CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1035-V Haste de 1“. Fácil manutenção.1/2" C-1035-AH Pio mecânico para medir nível de água diâmetro 7/8” • • • • • Fácil montagem e baixo custo.Português 27 Pág.5HP. acionado manualmente. 2 metros I-1035-W Tubo de revestimento de 2½“. e cabo de aço. 00 . com roldana de 8".v3. 2 metros I-1035-U Haste de 1“. Partes e peças para sondagem. construída em tubos de aço de 2 ½” . Torre.5HP C-1035-J Amostrador SPT de 2” C-1035-M Bico para Amostrador SPT de 2” C-1035-N Cabeçote para Amostrador SPT de 2” C-4134-B Chave de grifo 18” C-4221 Torquímetro de ¾” C-1035-Q Haste guia de bater C-1035-P Bico de lavagem para tubo de 2. Sarrilho mecânico.B .1/2" C-1035-O Bico doce de 1” C-1035-F Saca tubo de 2.

Número de Rotores 01 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Diâmetro Altura Vazão do máxima máxima Rotor(mm) manométrica 122 28MCA 33m³/h RPM 3500 TABELA DE RENDIMENTO Altura Manométrica (mca) 6 8 10 12 14 18 20 22 24 26 28 Vazão (1000 l/h) C-1035-AD 33 32 31 30 28 26 24 17 12 8 4 Peças e conexões MEDIDOR DE NÍVEL DO LENÇOL FREÁTICO NBR 6484 PALAVRA-CHAVE: Lençol freático.02 pH e resolução de 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos C-1035-AD MOTO BOMBA DE 3. moto bomba Motor a gasolina de 3. sucção e 2” e recalque 2” (com ralo de sucção). com manípulo para melhor transporte e facilidade de operação. Possui display de cristal Líquido (LCD) 3 ½ dígitos e Interface serial RS-232 Escala de trabalho é de 0a 14 pH.Português 28 Pág. Quando a sonda atinge o nível de água.200 Kg Dimensões: 135x60x33mm C-4137 Seção B Secao . com alças para transporte. precisão 0.600 Kg . Consiste de um cabo graduado e carretel. Na caixa de controle possui um regulador que permite ajustar a sensibilidade da sonda.200 C-4137 MEDIDOR DE PH DIGITAL PORTÁTIL PALAVRA-CHAVE: Medições. Ideal para medições em campo. 100M. medidor O aparelho medidor de nível de água permite a medição da profundidade do lençol freático através de um poço de inspeção. é emitido um sinal sonoro e luminoso na caixa de controle. Carcaça hidráulica fabricada em ferro fundido. funciona através de bateria de 9 Volts. 28 . 50M. laboratório Medidor de PH digital Portátil.01 pH. MEDIDOR DE NÍVEL DO LENÇOL FREÁTICO. 00 . PESO(kg) 9. I-4140 CÓDIGO I-4140 I-4140-A VERSÕES MEDIDOR DE NÍVEL DO LENÇOL FREÁTICO. medidor.5HP PALAVRA-CHAVE: Lama. PH.B . Peso: 0.Solos e Agregados .v3.430 7.5 CV/2 tempos. Peso 32.

sensor de temperatura em aço inoxidável. soluções tampão pH 7. laboratório Medidor de PH micro processado de bancada. Funções: Memória da última medição. medição e visualização da carga da pilha. cabo RS-232 e manual de instruções. mão de gral Almofariz de porcelana. Temperatura de 0° a 100°C.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos C-4136 MEDIDOR DE PH MICRO PROCESSADO DE BANCADA PALAVRA-CHAVE: Medição. com ou sem Luva.01pH.1°C. Acompanha suporte para bolso.01pH e precisão de ± 0. Utilizado para homogeneização do Solo. medidor. Possui display de cristal Líquido (LCD). PH. Peso: 0. com resolução de 0. Opcional: Saída analógica para registrador gráfico e cabo USB mod. temperatura Termômetro digital com haste (espeto) de 120mm para penetração em aço inoxidável.00 e 4. 29 . Escala -50 até 150°C e resolução de 0. Veja tabela abaixo as medidas disponíveis e acompanhamento de mão de gral e luva. desligamento automático após 15 minutos sem operação. visualização da falha do sensor e mudança de °C e °F. 00 .Português 29 Pág.100 Kg C-2010-N ALMOFARIZ DE PORCELANA PALAVRA-CHAVE: Almofariz. CRS-80. porcelana. para medições em laboratório.B . Escala de 0 a 14pH. suporte para eletrodo e sensor de temperatura. Oferecemos modelos com ou sem Gral (pistilo).00. C-4136 C-2010-N TERMÔMETRO DIGITAL PALAVRA-CHAVE: Medição.v3. CÓDIGO I-1025-E OPCIONAIS LUVA DE BORRACHA PARA MÃO DE GRAL C-1025 ALMOFARIZES CÓDIGO C-1025 C-1025-I C-1025-A C-1025-J C-1025-C C-1025-K C-1025-D C-1025-L CAPACIDADE EM CC 4170 4170 2500 2500 1735 1735 1160 1160 ACOMPANHA GRAL LUVA x x X X X X X X CÓDIGO C-1025-B C-1025-P C-1025-F C-1025-O C-1025-H C-1025-N C-1025-G C-1025-M MÃO DE GRAL ALMOFARIZ 4170 4170 2500 2500 1735 1735 1160 1160 COM LUVA x X X X Seção B Secao . Possui interfase RS-232. Fornecido: 01 Eletrodo de vidro p/ medir pH em soluções aquosas.Solos e Agregados . medidor.

850 C-1026-H C-1026-I C-1026-B C-1026-F C-1026-J C-1026-C C-1026-A C-1026-M C-1026 C-1026-E C-1026 Seção B Secao .600 1.Português 30 Pág. Peso: 0.Solos e Agregados .040 0. fabricada em aço zincado. Peso: 0.100 1.200 0. As tipo pintor (rígidas) no formato triangular com lâmina de aço galvanizado.100 0. fabricada em aço pintado e cabo de madeira. Disponíveis em vários tamanhos para diversos usos. C-1032 C-1033 FLEXÍVEL AÇO INOXIDÁVEL CÓDIGO C-1032 C-1032-A C-1032-B C-1032-C MEDIDA CM 10x2 15x2 20x2 20x2.550 2.100 0.500 2. ponta arredondada e cabo de madeira. CÓDIGO C-1027 VERSÕES BANDEJA CIRCULAR. 30 .750 1.040 0.100 0.110 0.490 1.800 1.450 1. 00 . Veja tabela abaixo as medidas disponíveis.100 0.060 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos ESPÁTULAS PALAVRA-CHAVE: Espátulas Espátulas para a preparação de ensaios.B .050 TIPO PINTOR (RÍGIDA) GALVANIZADAS CÓDIGO C-1033-D C-1033-F C-1033-A C-1033 C-1033-C C-1033-B C-1033-E MEDIDA NÚMERO 2 3 4 5 6 7 10 PESO(Kg) 0.350 Kg BANDEJAS GALVANIZADAS PALAVRA-CHAVE: Bandejas Bandejas galvanizadas. Dispomos de vários tipos de espátulas.035 0.5 PESO(Kg) 0.110 C-1055 COLHER DE SOLOS (QUADRADA) TIPO DER PALAVRA-CHAVE: Colher tipo DER Colher quadrada para Solos tipo DER. As flexíveis são confeccionadas com lâmina flexível em aço inoxidável.v3. Ø 60x8CM PESO(kg) 2.600 Kg C-1031 COLHER CONCHA TIPO JARDINEIRO PALAVRA-CHAVE: Colher tipo jardineiro C-1055 C-1031 Colher concha para Solos tipo jardineiro.500 CHAPA GALVANIZADA C/ALÇAS CÓDIGO MEDIDA 1x1M 50x50x1CM 30x15x6CM 30x20x5CM 40x30x6CM 50x30x6CM 50x40x6CM 60x40x6CM 60x50x6CM 95x70x6CM PESO(Kg) 9. todas com cabo de madeira.

020 0.500 1.Português 31 Pág. CÁPSULAS DE ALUMÍNIO COM TAMPA CÓDIGO C-1028-D C-1028 C-1028-A C-1028-C C-1028-B C-1028-E C-1028-F C-2050-D C-2050-C C-2061 DIÂMETRO (MM/ML) 40x20 / 25 40x25 / 30 60x40 / 110 120x50 / 560 120x70 /790 150x50 / 880 200x50 / 1500 55x35 / 80 70x45 / 170 76x54 / 240 PESO(Kg) 0.190 C-4044-A CÁPSULAS DE ALUMÍNIO PALAVRA-CHAVE: Cápsulas Cápsulas de alumínio com tampa para acondicionamento de amostras.400 5.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos BACIA DE ALUMÍNIO PALAVRA-CHAVE: Bacias Bacias de alumínio para usos diversos.050 0.600 1.020 0.010 0.070 0.Solos e Agregados .020 0.200 2. PESOS PARA REPOSIÇÃO CÓDIGO LATÃO AÇO CROMADO I-4009-N I-4009-O I-4009-P I-4009-Q I-4009-R I-4009-S I-4009-T I-4009-U I-4009-V I-4009-W I-4009-X I-4009-Y I-4009-Z PESO(Kg) 0.002 0.240 0. Disponíveis em vários diâmetros.100 0.010 0.B .200 0.030 0.000 5. Confeccionados em: latão ou aço cromado.200 20.009 0.130 0.001 0. 31 .400 I-4009-A I-4009-B I-4009-C I-4009-D I-4009-E I-4009-F I-4009-G I-4009-H I-4009-I I-4009-J I-4009-K I-4009-L I-4009-M Seção B Secao .100 10.000 2. Disponíveis em vários diâmetros.160 0.000 10.005 0.130 0.090 0.040 C-1028 JOGO DE PESOS PALAVRA-CHAVE: Pesos Jogo de pesos para preparação de amostras em campo para Solos e Agregados.085 0. 00 . BACIAS DE ALUMÍNIO CÓDIGO C-4044-A C-4043-A C-4043 C-4044 DIÂMETRO 15 20 25 30 PESO(Kg) 0.100 0.000 I-4008 CONJUNTO DE PESOS (VERSÕES) CÓDIGO LATÃO I-4008-G I-4008-I I-4008-E I-4008-F I-4008-D I-4008 I-4008-A AÇO CROMADO I-4008-N I-4008-O I-4008-P I-4008-Q I-4008-R I-4008-S I-4008-T Faixa (Gr) 1 a 100 1 a 200 1 a 500 1 a 1000 1 a 2000 5 a 5000 5 a 10000 Total (Gr) 200 500 1000 2000 5000 10000 20000 PESO (Kg) 0.v3.

amostragem O Trado tipo Concha é ideal para abertura de fustes e coleta de amostragem de Solos acima do nível de água.Português 32 Pág. Disponível nos Ø 4”.460 Seção B Secao . CODIGO C-1039 C-1039-A C-1039-B C-1039-E VERSÕES TRADO TRADO TRADO TRADO CONCHA CONCHA CONCHA CONCHA Ø Ø Ø Ø 4” 6” 8” 10” PESO(Kg) 3.210 0.200 5. coletas. pesagem Cesto de tela metálica.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos CESTOS DE TELA METÁLICA NBR 10838. pesagem Mesa com tampa perfurada e plataforma com dispositivo regulável de altura.v3.230 2. para pesagem hidrostática. 6”. 00 . helicoidal. perfuração.220 0.560 Kg CODIGO I-1039-C I-1039-D OPCIONAIS EXTENSÃO Ø ¾”x1MT EXTENSÃO Ø ¾”x2MT PESO(Kg) 1. ASTM C 127. recipiente e cesto para pesagem de Ø 10x15CM. CAPACIDADE 500/5000G SENS.B . Fabricado com tela granulométrica com tratamento anticorrosivo.260 0. OBS: O fornecimento deste trado é completo (acompanha haste de um metro e cruzeta). amostras indeformadas de Solos e/ou Agregados.8 2 3 4. 32 .460 I-1040 C-1039 TRADO CONCHA NBR 6484 PALAVRA-CHAVE: Trado. Utilizado para determinação da massa específica Aparente e massa específica Real de graus. trado concha.230 0. AASHTO T-85 PALAVRA-CHAVE: Cestos. coletas. fustes.250 0. amostragem Trado para perfurações (pré furo) em solos compactados Ø 2 ¼” com conexão roscada de Ø 3/4”.01GR BALANÇA ELETRÔNICA. Peso: 38.500 4. Peso: 1.8 PESO(KG) 0. 0. CAPACIDADE 2.200 4. hidrostática.000GR .8 4. I-4062-G CODIGO C-4151 C-4152 OPCIONAIS BALANÇA ELETRÔNICA.00 Kg.270 0. ASTM C 127.000 3. Todos com um metro de haste e com cruzeta.000 C-1039 CODIGO I-1039-C I-1039-D OPCIONAIS EXTENSÃO Ø ¾”x1MT EXTENSÃO Ø ¾”x2MT PESO(Kg) 1. 8” e 10”. I-4062-A CESTOS DE TELA METÁLICA PARA PESAGEM HIDROSTÁTICA CÓDIGO I-4062-A I-4062-D I-4062-B I-4062 I-4062-F I-4062-C I-4062-E DIÂMETRO (CM) 10x10 10x10 10x10 10x15 10x15 10x15 20x20 ABERTURA (MM) 2 3 4. 0. Permite a realização de ensaios de pesagem hidrostática para determinar a massa específica aparente e massa específica Real de graus e amostras indeformadas de Solos e graus de Agregados.SENS.000 I-1040 TRADO HELICOIDAL PALAVRA-CHAVE: Trado.230 2.Solos e Agregados . com armação reforçada e alça.01/0. hidrostática.300 MESA PARA PESAGEM HIDROSTÁTICA I-4062-G NBR 10838. Composta por: Mesa. AASHTO T-85 PALAVRA-CHAVE: Cestos.1G PESO(Kg) 4.

tipo DER. é ideal para abertura de fustes e coleta de amostragem de Solos com pouca coesão ou muito úmidos acima do nível de água. coesão. dispositivo para encaixe da haste no soquete e haste de 1 metro de extensão.Português 33 Pág. 33 . coletas. cavadeira. I-1067 I-1080 BARRA MINA COMPLETA PALAVRA-CHAVE: Sondagem Barra Mina completa.Solos e Agregados . I-1066 I-1067 AMOSTRADOR TIPO DER SEM CABO DER P-208 PALAVRA-CHAVE: Amostrador. amostragem O Trado tipo Boca de Lobo é uma cavadeira ideal para abertura de buracos e coleta de amostras de Solos com pouca coesão e de preferência úmidos. seu anel interno permite a extração de amostras. CODIGO I-1040-A I-1040-B VERSÕES TRADO TIPO IPT Ø 4” E ROSCA DE 1” TRADO TIPO IPT Ø 6” E ROSCA DE 1” PESO(Kg) 4. amostragem Amostrador com cabo para Solos. Acompanham o aparelho: Uma haste de um metro e cruzeta.T. PALAVRA-CHAVE: Trado.900 0. amostragem Amostrador com cabo para Solos. IPT.00 Kg CÓDIGO I-1080-C I-1080-A I-1080-B COMPONENTES HASTE DE EXTENSÃO DE 1 MTR PONTA DE PENETRAÇÃO CÔNICA DISPOSITIVO PARA ENCAIXE DE HASTES NO SOQUETE HASTE GUIA PARA LEVANTAR O SOQUETE SOQUETE PESO(KG) 1.T.P.00 CODIGO I-1040-A I-1039-E I-1039-F OPCIONAIS EXTENSÃO Ø 1”x1mtr EXTENSÃO Ø 1”x2mtr PESO(Kg) C-4074 TRADO BOCA DE LOBO PALAVRA-CHAVE: Trado. Peso: 9. Fabricado em aço zincado. coletas.000 Kg C-4074 I-1066 AMOSTRADOR TIPO DER COM CABO DER P-179 PALAVRA-CHAVE: Amostrador.920 I-1080 I-1080-E I-1080-D Seção B Secao .v3.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos I-1040-A TRADO TIPO I. utilizado para a retirada de amostras indeformadas superficiais. amostragem O Trado tipo I. coletas. tipo DER. Sua ação se limita ao tamanho do próprio trado.B . haste guia.00 6. fustes.380 1. Fabricado em aço zincado.400 4. 00 . Peso: 4. Equipamento utilizado para sondagens com objetivo de determinar a espessura de Solos moles. ponta de penetração cônica. coletas. buraco.P.100 0. utilizado para a retirada de amostras indeformadas. Composto de: soquete.

295 0. 28x65cm SACOLA DE LONA. 10 KG.210 CODIGO I-1023 C-1023-C C-1023-E C-1023-C C-1023-B OPCIONAIS SACOLA DE PLÁSTICO. 50X30CM SACOLA DE PLÁSTICO. Opcionalmente oferecemos também sacolas de plástico.v3. Possui cordão para facilitar o fecho na parte superior. 34 . 10 KG.002 0. 1 KG SACOLA DE PLÁSTICO. 45 KG. 30 KG. CODIGO I-1023 I-1023-D I-1023-A VERSÕES SACOLA DE LONA.Solos e Agregados . 60X78CM PESO(Kg) 0.010 Seção B Secao . 25 KG.Português 34 Pág. 00 . 63x44cm SACOLA DE LONA.010 0.315 0. 20x45cm PESO(Kg) 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Solos SACOLA DE LONA NBR 7216 PALAVRA-CHAVE: Coleta.B . amostragem Sacola de lona para coleta de amostras (coleta em Solos).

MN 101 PALAVRA-CHAVE: Prensa. pois o prato superior é ajustável através do fuso. capacidade até 100/20 Toneladas. diametral I-3001 Prensa manual hidráulica. flexão. Possui grade de proteção para evitar acidentes com estilhaços no rompimento do Corpo de Prova. Peso: 250. para compressão axial de Corpos de Prova de Concreto com Ø 15x30cm e Ø 10x20cm. 5739.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3001 PRENSA HIDRÁULICA MANUAL 100T COM 1 MANÔMETRO NBR NM-ISO 7500-1. compressão. MN 101 PALAVRA-CHAVE: Prensa. DNER-ME091. DNER-ME091. Peso: 240. 7680. capacidade até 100 Toneladas. Esta prensa é também indicada para ensaios de tração na flexão em Corpos de Prova prismáticos.00 . DNER-ME091. NBR12767. compressão.00 Kg VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 100 HZ 50/60 Seção C Secao . Esta prensa é também indicada para ensaios de tração na flexão em Corpos de Prova prismáticos. compressão. flexão. compressão diametral. com escala de 0 à 120T e subdivisões de 200 Kgf e outro de 0 à 24T e subdivisões de 40 Kgf. 7680. 5739. diametral I-3001-C Prensa hidráulica manual. Corpos de Prova. 7680. compressão diametral.C . compressão em Corpos de Prova Ø 5x10cm de Argamassas utilizando dispositivos especiais opcionais. com escala de 0 a 100T e subdivisões de 200 Kgf para rompimento de Corpos de Prova de Concreto com Ø 15x30 cm e Ø 10x20 cm.Português Pág. NBR12767. 5739. pois o prato superior é ajustável através do fuso.Concretos e Agregados v3. Peso: 250. NBR 12767. diametral I-3001-B Prensa manual hidráulica. compressão em Corpos de Prova Ø 5x10cm de Argamassas utilizando dispositivos especiais opcionais. tração. OBS: Não há necessidade de nenhum dispositivo para romper o Corpo de Prova Ø 10x20 cm. flexão. Esta prensa é também indicada para ensaios de tração na flexão em Corpos de Prova prismáticos. compressão diametral. 1 1 . com um manômetro analógico de Ø 10”. MN 101 PALAVRA-CHAVE: Prensa. e bomba hidráulica manual. Corpos de Prova. pois o prato superior é ajustável através do fuso. tração. tração. compressão em Corpos de Prova Ø 5x10cm de Argamassas utilizando dispositivos especiais opcionais. Possui grade de proteção para evitar acidentes com estilhaços no rompimento do Corpo de Prova. com dois manômetros analógicos de Ø 10”. OBS: Não há necessidade de nenhum dispositivo para romper o Corpo de Prova Ø 10x20 cm.00 Kg I-3001-C PRENSA HIDRÁULICA MANUAL 100T DIGITAL NBR NM-ISO 7500-1. OBS: Não há necessidade de nenhum dispositivo para romper o Corpo de Prova Ø 10x20 cm. Corpos de Prova. com leitura digital. Possui grade de proteção para evitar acidentes com estilhaços no rompimento do Corpo de Prova. capacidade até 100T. para rompimento de Corpos de Prova de Concreto com Ø 15x30cm e Ø 10x20cm.00 Kg PRENSA HIDRÁULICA MANUAL 100T COM 2 MANÔMETROS I-3001-B NBR NM-ISO 7500-1. resolução de 10 Kgf.

com um manômetro 0 a 120. 7680. Possui grade de proteção para evitar acidentes com estilhaços no rompimento do Corpo de Prova. Permite o controle infinitesimal da velocidade de avanço do pistão.000 kgf com resolução de 40Kgf. 5739. com dois manômetros de 0 120. resolução de 200 Kgf. Corpos de Prova. compressão em Corpos de Prova Ø 5x10cm de Argamassas utilizando dispositivos especiais opcionais. Corpos de Prova. com válvula reguladora da velocidade de aplicação de carga. ainda dispõe de dispositivos elétricos que limitam o trajeto do pistão.000 kgf resolução de 200Kgf e de 0 a 24. COM 1 MANÔMETRO NBR NM-ISO 7500-1.Português . pois o prato superior é ajustável através do fuso. compressão em Corpos de Prova Ø 5x10cm de Argamassas utilizando dispositivos especiais opcionais. Esta prensa é também indicada para ensaios de tração na flexão em Corpos de Prova prismáticos. diametral I-3025 I-3025-G VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 50/60 RPM 1725 HP 3 Prensa elétrica. compressão. DNERME091. 7680. COM 2 MANÔMETROS PESO (Kg) 410. capacidade 100/20 Toneladas.000 Kgf. NBR 12767. 7186. DNERME091. flexão.00 . MN 101 PALAVRA-CHAVE: Prensa. OBS: Não há necessidade de nenhum dispositivo para romper o Corpo de Prova Ø 10x20 cm. compressão diametral.Concretos e Agregados v3.00 2 Seção C Pág.C . NBR 12767. tração. Permite o controle infinitesimal da velocidade de avanço do pistão. 2 Secao . 12142. flexão. ainda dispõe de dispositivos elétricos que limitam o trajeto do pistão. COM 2 MANÔMETROS PRENSA ELÉTRICA 200/40T. diametral I-3025-A I-3025-C VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 50/60 RPM 1725 HP 3 Prensa elétrica. CODIGO I-3025 I-3025-G VERSÕES PRENSA ELÉTRICA 100T COM 1 MANÔMETRO PRENSA ELÉTRICA 150T COM 1 MANÔMETRO I-3025-A PRENSA ELÉTRICA 100T COM 2 MANÔMETROS NBR NM-ISO 7500-1. pois o prato superior é ajustável através do fuso. OBS: Não há necessidade de nenhum dispositivo para romper o Corpo de Prova Ø 10x20 cm. CODIGO I-3025-A I-3025-C VERSÕES PRENSA ELÉTRICA 100/20T. para rompimento de Corpos de Provas de Concreto de Ø 15x30cm e Ø 10x20cm. 7186. com válvula reguladora da velocidade de aplicação de carga. 12142. capacidade 100 Toneladas. MN 101 PALAVRA-CHAVE: Prensa.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3025 PRENSA ELÉTRICA 100T. 8522. Esta prensa é também indicada para ensaios de tração na flexão em Corpos de Prova prismáticos. compressão. para rompimento de Corpos de Provas de Concreto de Ø 15x30cm e Ø 10x20cm. Possui grade de proteção para evitar acidentes com estilhaços no rompimento do Corpo de Prova.00 410. tração. 5739. 8522. compressão diametral.

eletrônica. compressão em Corpos de Prova Ø 5x10cm de Argamassas utilizando dispositivos especiais opcionais. com escala 0 até 24. ELETRÔNICA DIGITAL PRENSA ESPECÍFICA PARA TRAÇÃO NA FLEXÃO DE CORPOS DE PROVA PRISMÁTICOS NBR NM-ISO 7500-1.000 Kgf sub-divisão de 40 Kgf. Permite também.Português Pág. CODIGO I-3025-B I-3025-D I-3025-E VERSÕES PRENSA ELÉTRICA 100T. tração. 3 3 . 5739. ASTM C 78 PALAVRA-CHAVE: Prensa. ELETRÔNICA DIGITAL PRENSA ELÉTRICA 150T. digital. OBS: Não há necessidade de nenhum dispositivo para romper o Corpo de Prova Ø 10x20 cm. 7186. Peso: 190. ensaios de tração na flexão em Corpos de Prova prismáticos. flexão I-3015-A Prensa específica para tração na flexão de Corpos de Prova prismático de 15x15x50cm ou 15x15x75cm. com manômetro analógico de Ø 10”. flexão. pois o prato superior é ajustável através do fuso. válvula reguladora de vazão do incremento de carga. NBR 6113. Corpos de Prova. ELETRÔNICA DIGITAL PRENSA ELÉTRICA 200T. Corpos de Prova. tração. compressão diametral.00 Kg I-3015-A Seção C Secao . Opcionalmente oferecemos Software (referência I-3025-F) específico de aquisição de dados. Aplica-se em ensaios de Corpos de prova de Ø 15x30cm e Ø 10x20 cm em Concreto.00 . 7680. com cadastros. O sistema de leitura possui memória da carga máxima de 4 dígitos. DNERME091. 12142. compressão. ELETRÔNICA DIGITAL NBR NM-ISO 7500-1. capacidade 100T.Concretos e Agregados v3.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3025-B PRENSA ELÉTRICA 100T. 8522.C . gráficos para Concreto e Argamassas. registro para descarga. diametral I-3025-B I-3025-D I-3025-E VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 2250 HP 3 Prensa elétrica. NBR 12767. Possui grade de proteção para evitar acidentes com estilhaços no rompimento do Corpo de Prova. MN 101 PALAVRA-CHAVE: Prensa.

passando a ser uma máquina servo-controlada.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-4214 PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA.00 4 Seção C Pág. possibilita a alternativa de oferecer opcionalmente dois tipos de Software específicos: • Software de aquisição de dados. 4 Secao . servo hidráulica.Concretos e Agregados v3. Software específico (Opcional). NBR 13279. cisalhamento. dobramento. CAPACIDADE 10T PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA. cisalhamento. ISO 679. Concreto Prensa eletrônica digital hidráulica micro processada para ensaios mecânicos de tração e compressão. Esta nova condição permite o monitoramento automático do ensaio através de medidores de deslocamento do tipo LVDT com alta taxa de aquisição de dados. traçado de gráficos simultaneamente aos ensaios no vídeo do computador.00 310. CODIGO I-4214 I-4214-A I-4214-B VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 VERSÕES PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA. dois opções I-4214 Esta prensa por ter características físicas e componentes servo hidráulicos.00 280.00 . Corpos de Prova. CAPACIDADE 20T WATTS 2225 HZ 60 RPM 1725 HP 3 PESO(KG) 240. CAPACIDADE 5T NBR NM-ISO 7500-1. compressão. 10906. etc. O resultado disto é o controle e monitoramento por software específico que atende diferentes tipos de ensaios e normas predeterminadas. prensa. marca Pavitest.C . em Concreto e diversos tipos de materiais. CAPACIDADE 5T PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA. • Software que permite a integração de todas as funções sob novas condições de controle. dobramento. 7215. EN 196-1 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios.Português .

micro-processada para ensaios de resistência a compressão de blocos Cerâmicos. Com sistema de pratos para compressão. dobramento. deslocamento x tempo diretamente no vídeo ou impressora. 7186. 12142. diametral. marca PAVITEST. cisalhamento. flexão. etc. 8522. comandada pelo computador. 5739. CODIGO HD-120T HD-150T HD-200T VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 VERSÕES PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. em Concreto e diversos tipos de materiais. resistência. software específico para os ensaios acima mencionados. DNER-ME091. simultaneamente com a execução do ensaio. MN 101 PALAVRA-CHAVE: PALAVRA-CHAVE: Compressão. flexão em vigotas de cerâmica. Com cadastramento de amostras. inclusive traçando o gráfico carga x tempo.Concretos e Agregados v3. 7680.Português Pág. bloco estrutural. I-4214 Software específico Prensa elétrica servo-controlada HD-200T.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados HD-200T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA NBR NM-ISO 7500-1. servo hidráulica Prensa eletrônica digital hidráulica micro processada para ensaios mecânicos de tração e compressão.00 . dobramento. emissão de relatórios (laudos). hidráulica. CAPACIDADE PARA 120T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. 5 5 . CAPACIDADE PARA 150T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. capacidade de 200 toneladas. matérias Rochosos. CAPACIDADE PARA 200T HZ 60 WATTS 2250 HP 3 Seção C Secao . Concretos.C . marca Pavitest. NBR12767. armazenamento de dados. carga x deslocamento.

para ensaios de compressão diametral em tubos de Concreto. com memória da carga máxima atingida no último ensaio. NBR 8890. DNER-ME 046 PALAVRA-CHAVE: Compressão. cerâmicas. capacidade de 40 T. CODIGO I-3036 I-3036-C I-3036 I-3036-C VERSÕES COMPRESSÔMETRO ANALÓGICO PARA CP Ø 15X30CM COMPRESSÔMETRO ANALÓGICO PARA CP Ø 10X20CM PESO(kg) 2. traçado de gráficos simultaneamente aos ensaios no vídeo do computador. NBR 8890. digital.300 2. Fabricado em alumínio. Opcionalmente oferecemos Software específico de aquisição de dados. 8045. disponível para Corpos de Prova Ø 15x30cm ou Ø 10x20cm. Opcionalmente oferecemos Software específico de aquisição de dados. Dependendo do modelo. PARA TUBOS NBR NM-ISO 7500-1.Português .00 .CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3023-B PRENSA HIDRÁULICA ELÉTRICA DIGITAL CAPACIDADE 40T.050 6 Seção C Pág. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 50/60 RPM 1725 HP 3 I-3023-B PRENSA HIDRÁULICA ELÉTRICA DIGITAL.Concretos e Agregados v3. 5738. traçado de gráficos simultaneamente aos ensaios no vídeo do computador. tubos.5Mx2M DE CUMPRIMENTO PRENSA HIDRÁULICA ELÉTRICA.510 2. DNER-ME 046 PALAVRA-CHAVE: Compressão. 6 Secao .C . PARA TUBOS DE ATÉ Ø 2Mx2M DE CUMPRIMENTO HZ 50/60 RPM 1725 HP 3 PESO(KG) 2. PARA TUBOS DE ATÉ Ø 1. 8045. diametral. tubos. CAPACIDADES 60T e 100T NBR NM-ISSO 7500-1. com 2 (dois) extensômetros analógicos com resolução de 0. extensômetros. rompimento Prensa hidráulica elétrica digital (4 dígitos) para ensaios de compressão diametral em tubos de Concreto ou Cerâmicos. rompimento Prensa hidráulica elétrica. CAPACIDADE 100T. CODIGO I-3023-A VERSÕES PRENSA HIDRÁULICA ELÉTRICA.001mm. elasticidade Compressômetro analógico para medição do módulo de elasticidade de Corpos de Prova de Concreto. para leitura direta no ensaio. CAPACIDADE 60T. 5738. capacidade para tubos de até Ø 2mx2m de cumprimento mais bolsa de encaixe.740 I-3023-A I-3023 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 I-3036 COMPRESSÔMETRO ANALÓGICO PARA CP Ø 15X30CM NBR 8522 PALAVRA-CHAVE: Compressão. diametral.

5738.300 2. Fabricado em alumínio. Dispomos do funil especial também fabricado no mesmo material.900 42. corpo de prova.950 12.300 0. extensômetros. disponível para Corpos de Prova Ø 15x30cm ou Ø 10x20cm. elasticidade Compressômetro digital para medição do módulo de elasticidade de Corpos de Prova de Concreto.930 0. elasticidade Compressômetro digital para medição do módulo de elasticidade de Corpos de Prova de Concreto. Acompanha prato com alça em aço. garante um angulo reto em Corpos de Prova de Concreto.050 I-3036-D I-3036-E I-3036-E MOLDE CILÍNDRICO PARA CORPO DE PROVA NBR 8045.Português Pág. concreto Molde cilíndrico para Corpos de Prova em Concreto. DNER-ME046 PALAVRA-CHAVE: Molde. CODIGO I-3002-C I-3002-A I-3002 I-3002-B I-3002-D VERSÕES MOLDE MOLDE MOLDE MOLDE MOLDE CILÍNDRICO CILÍNDRICO CILÍNDRICO CILÍNDRICO CILÍNDRICO PARA PARA PARA PARA PARA CORPO CORPO CORPO CORPO CORPO DE DE DE DE DE PROVA PROVA PROVA PROVA PROVA Ø Ø Ø Ø Ø 7. nos Ø 10x20cm e Ø 15x30cm.250 0. Fabricado em alumínio. com 2 (dois) LVDT´s com resolução de 0. fabricado em aço.050 I-3036-A I-3036-B I-3036-D COMPRESSÔMETRO DIGITAL COM LVDT PARA CP Ø 15X30CM NBR 8522 PALAVRA-CHAVE: Compressão. com 2 (dois) extensômetros digitais com resolução de 0.300 2.Concretos e Agregados v3.00 . fabricado em aço zincado. DNER-ME046 PALAVRA-CHAVE: Capeador.380 0. CODIGO I-3036-A I-3036-B VERSÕES COMPRESSÔMETRO DIGITAL PARA CP Ø 15X30CM COMPRESSÔMETRO DIGITAL PARA CP Ø 10X20CM PESO(kg) 2. 5738.900 4.C . CODIGO I-3005-C I-3005 I-3005-D VERSÕES FACEADOR PARA CORPOS DE PROVA Ø 10X20 CM FACEADOR PARA CORPOS DE PROVA Ø 15X30 CM FACEADOR PARA CORPOS DE PROVA Ø 7.155 I-3005 FACEADOR PARA CORPO DE PROVA NBR 8045. colher e haste socadora para formar o kit completo. Podendo ser fornecido com conexão RS-232 para interligação com software específico para Concreto.500 I-3002-A CODIGO I-3002-G I-3002-F C-3014 C-3014-A I-3006-D C-3017 OUTROS COMPONENTES OPCIONAIS FUNIL PARA FORMA Ø 15X30CM FUNIL PARA FORMA Ø 10X20CM COLHER PARA CORPOS DE PROVA Ø 15X30CM COLHER PARA CORPOS DE PROVA Ø 10X20CM HASTE SOCADORA Ø 16X600MM ESCOVA PARA LIMPEZA DE FORMAS PESO(Kg) 0.580 10.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3036-A COMPRESSÔMETRO DIGITAL PARA CP Ø 15X30CM NBR 8522 PALAVRA-CHAVE: Compressão.001mm.900 3.600 6. CODIGO I-3036-D VERSÕES COMPRESSÔMETRO DIGITAL COM LVDT PARA CP Ø 15X30CM COMPRESSÔMETRO DIGITAL COM LVDT PARA CP Ø 10X20CM PESO(kg) 2.5X15CM 10X20CM 15X30CM 25X50CM 45X90CM PESO(Kg) 1.001mm. para leitura direta no ensaio. Ideal para prensas com controle e monitoramento por software de integração á automação do ensaio. extensômetros. 7680.500 0.450 I-3005 Seção C Secao . parafusos com cabeça especial e alça.5X15 CM PESO(Kg) 6. corpo de prova Faceador (capeador) para Corpos de Prova. disponível para Corpos de Prova Ø 15x30cm ou Ø 10x20cm. 7 7 .

56 Kg. 15 ou 20cm. 5738 PALAVRA-CHAVE: Capeador Faceador (capeador) para Blocos de Concreto de 10.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3005-B FACEADOR PARA BLOCOS DE CONCRETO NBR8045. fabricado em aço zincado.Português . I-3005-B 8 Seção C Pág.00 .Concretos e Agregados v3.C . 8 Secao . Peso: 25.

Capacidade de 20 litros. T22 PALAVRA-CHAVE: Pratos. Ø 15X30CM DISCO DE NEOPRENE. com controlador termostático entre 50 e 300°C. Ø 300x300mm . sem necessidade de capeamento. disco. prensas Disco de neoprene.070 C-3065 VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 HZ 50/60 HP 0. Ø 15X30CM C-3005-I DISCOS DE NEOPRENE Ø 5X10 CM ASTM C1231. CODIGO I-3005-F I-3005-F I-3005-E VERSÕES PRATOS DE AÇO (PAR) PARA USO COM DISCO DE NEOPRENE. Peso: 3. enxofre Tacho de alumínio fundido para derreter enxofre. AASTHO T851.Concretos e Agregados v3.460 Kg C-3038 PRATOS DE AÇO (PAR) PARA USO COM DISCO DE NEOPRENE ASTM C 2131. Ø 5X10 CM C-3005-I Seção C Secao .CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados C-3065 TACHO ELETRICO PARA DERRETER ENXOFRE PALAVRA-CHAVE: Derreter. com tampa. 9 9 . PARA CORPOS DE PROVA. AASTHO T851. sem necessidade de capeamento. PARA CORPOS DE PROVA. Ø 10X20CM DISCO DE NEOPRENE. capeador elastomérico Este dispositivo (PAR) permite a colocação dos discos de neoprene elastomérico.Português Pág. utilizado para regularizar imperfeições dos corpos de prova de Concreto e Argamassa. capeador elastomérico . Ø 10X20CM PRATOS DE AÇO (PAR) PARA USO COM DISCO DE NEOPRENE. aquecedor Tacho elétrico para derreter enxofre.50 C-3038 TACHO DE ALUMÍNIO FUNDIDO PARA DERRETER ENXOFRE PALAVRA-CHAVE: Derreter. pratos. com alças e capacidade de 10 Litros. enxofre. Peso: 5. parafina ou materiais similares.C . T22 PALAVRA-CHAVE: Faceador.00 .400 Kg CODIGO C-4135 OPCIONAIS CONCHA PARA ENXOFRE (CONCHA FEIJÃO) PESO(KG) 0. CODIGO C-3005-H C-3005-G C-3005-I VERSÕES DISCO DE NEOPRENE. para regularizar imperfeições dos corpos de prova de Concreto e Argamassa.

Concretos e Agregados v3. flexão. Provido de disco diamantado e fixação manual pneumática. 10906.30 Kg. Peso: 17. prensas Dispositivo para compressão em bloco de pavimento intertravado. ASTM C-1252 PALAVRA-CHAVE: Retifica. descida e retorno automático do disco diamantado.20 kg I-3015 I-3015-B DISPOSITIVO PARA BLOCOS INTERTRAVADOS (PLAISER) NBR 12142 PALAVRA-CHAVE: Compressão. 10 Secao . Peso: 41. Mancais blindados com rolamentos.7680.200 17.00 . com sistema de proteção para o motor e sistema de entrada de água para refrigeração do disco. ou materiais Rochosos nesses diâmetros. de Argamassas Ø 5x10cm. ASTM C 78 PALAVRA-CHAVE: Tração. I-3064 CODIGO C-3064-A VOLTAGEM Trifásica 220 ou 380 OPCIONAIS DISCO DIAMANTADO WATTS 1125 HZ 50/60 RPM 3370 DISPOSITIVO PARA COMPRESSÃO DIAMETRAL COM Ø 10X20CM PALAVRA-CHAVE: Compressão. DNER-ME046. por meio de um rebolo abrasivo diamantado.C . Peso: 51. Posicionador pneumático para regular a espessura do corte.00 Kg OBS: O disco diamantado é vendido por separado. Este equipamento permite retificar Corpos de Prova. abrasão Aparelho retificador de Corpo de Prova cilíndrico de Concreto Ø 10x20cm ou Ø 15x30cm.300 I-3016-A I-3015 DISPOSITIVO PARA TRAÇÃO NA FLEXÃO NBR 11222. com velocidade e limite de retifica controlados. fabricado em aço com tratamento anti-corrosivo e endurecido termicamente.20 KG I-3015-B 10 Seção C Pág.Português . eliminando assim o uso de enxofre e outros produtos químicos. prensas Dispositivo para realizar ensaios de tração na flexão em Corpos de Prova prismáticos em Concreto com Ø 15x15x50cm ou 15x15x75cm.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3064 RETIFICADOR DE CORPOS DE PROVA NBR 12767. 5738. 8045. diametral I-3016-A Dispositivo para realizar a compressão diametral em Corpos de Prova de Concreto. Fabricado em aço zincado. Peso: 96. CODIGO I-3016-A I-3016 VERSÕES DISPOSITIVO PARA COMPRESSÃO DIAMETRAL COM Ø 10X20CM DISPOSITIVO PARA COMPRESSÃO DIAMETRAL COM Ø 15X30CM PES(Kg) 14.

5738. prensas. e a outra placa sobreposta no prato inferior. ASSHTO T-23 PALAVRA-CHAVE: SLUMP. 15X15X15CM FORMA PRISMÁTICA CÚBICA PARA CONCRETO. 15X15X50CM FORMA PRISMÁTICA PARA CONCRETO. concreto. Composto por duas placas robustas com espessura de 50mm para uso nas prensas. Com garantia da estanqueidade. Peso: 8. blocos Este dispositivo permite a compressão em blocos de 10. 5738. fabricado em aço pintado.00 12. CODIGO I-3006-B I-3006-D I-3006-C I-3006-A COMPONENTES FUNIL METÁLICO HASTE DE Ø 5/8" X 600 MM BASE EM CHAPA DE 500X500 MM CONE Ø 4X8X12" PESO(KG) 1.200 0. 10X10X10CM FORMA PRISMÁTICA CÚBICA PARA CONCRETO.00 31.75 I-3020 I-3020-D FORMA PRISMÁTICA CÚBICA PARA CONCRETO NBR 8045.20 Kg I-3003-D I-3006 CONJUNTO SLUMP TEST COMPLETO NBR 10342. base com alças.00 I-3020-D I-3020-E DISPOSITIVO PARA COMPRESSÃO EM BLOCOS I-3031 PALAVRA-CHAVE: Compressão. ABRAHMS Conjunto para abatimento do tronco de cone (Slump test) fabricado em aço zincado.00 . Peso: 5.Português Pág. 7223. prensas I-3003-D Dispositivo de RILEN para corpos de prova de concreto ø 10x20cm. Peso: 54.930 6.500 Kg I-3031 DISPOSITIVO DE RILEN PARA CORPOS DE PROVA DE CONCRETO Ø 10X20CM PALAVRA-CHAVE: Compressão.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3020 FORMA PRISMÁTICA PARA CONCRETO NBR 8045.C . DNER-ME046 PALAVRA-CHAVE: Forma prismática. cone e haste socadora ø 5/8" x 600 mm. DNER-ME046 PALAVRA-CHAVE: Forma prismática. CODIGO I-3020-C I-3020-D VERSÕES FORMA PRISMÁTICA CÚBICA PARA CONCRETO. A placa com rótula é colocada na parte superior da prensa. fabricado em aço zincado.000 0.460 Seção C Secao .00 14.40 Kg. tração na flexão Forma prismática para Concreto. pois nossas prensa possuem um sistema de aproximação por fuso.500 0. concreto Forma prismática para Concreto. Com garantia da estanqueidade.350 I-3006 CODIGO C-3014 C-3014-A OPCIONAIS COLHER PARA CP Ø 15X30CM COLHER PARA CP Ø 10X20CM PESO(KG) 0. NBR NM 67. funil. fabricado em aço pintado. 11 11 . ASTM C 143. CODIGO I-3020-A I-3020 VERSÕES FORMA PRISMÁTICA PARA CONCRETO. 15 ou 20cm de Concreto ou Cerâmica. 20X20X20CM PESO(Kg) 11. 15X15X75CM PESO(Kg) 22. OBS: Necessário somente para uso em prensas de outros fabricantes. Fabricado em aço zincado.Concretos e Agregados v3.

C-3027 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 VPM 10. Possui timer que permite programar o tempo e desligamento automaticamente. vibração Vibrador de imersão elétrico completo. AASHTO T-183 PALAVRA-CHAVE: Kelly Ball.50 I-3042 C-3027 VIBRADOR DE IMERSÃO NBR 11686. CAPACIDADE 145LT BETONEIRA PORTÁTIL.00 56. Peso: 45. Fabricada em aço para realizar ensaios de adensamento de Corpos de Prova em Concreto.00 Kg VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 50/60 HP 0. Peso: 37.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3041 KELLY BALL APARELHO COMPLETO ASTM C 360. de 500x500mm. 9832. vibração Mesa vibratória elétrica. Peso: 27. CAPACIDADE 120LT HZ 60 HP 1/3 RPM 1725 PESO(kg) 68. 12 Secao .000 OBS: podemos fornecer com agulhas de medidas diferentes. Bola de Kelly A Bola de Kelly (Kelly Ball) é um aparelho que permite a medição da consistência de Concretos com baixos índices de água/Cimento. Opcionalmente poderemos colocar um inversor de freqüência para melhor aproveitamento das vibrações.00 Kg CODIGO C-3027-A REPOSIÇÃO AGULHA DE IMERSÃO DE 25 x 340MM PESO(kg) 9. mistura Betoneira portátil.Concretos e Agregados v3. I-3041 I-3042 MESA VIBRATÓRIA NBR 8245. 5 (cinco) metros de cumprimento. CODIGO C-3011 C-3011-B VOLTAGEM Monofásico 220 VERSÕES BETONEIRA PORTÁTIL. CAPACIDADES DE 120 E 145 LITROS NBR 10342 PALAVRA-CHAVE: Betoneira.000 BETONEIRA PORTÁTIL. NM 9 PALAVRA-CHAVE: Vibrador. 5738 PALAVRA-CHAVE: Vibrador.00 .00 C-3011 C-3011-B 12 Seção C Pág. Fabricado em aço zincado. DNER-M046. O sistema de vibração varia mudando-se uma correia de 3 entradas.00 Kg. concreto. com agulha de 25x340mm em aço tratado termicamente. possui haste graduada. com rotação do tambor de 34 RPM. ideal para pequenas misturas com capacidade de 120 ou 145 Litros. Acompanha bandeja de 21x58x70cm.C . com rodas para transporte e caçamba basculante.Português .

materiais Betuminosos. Rochas. Provida de disco diamantado de Ø 18” que alcança uma profundidade de corte até 160mm. endurecimento Penetrômetro (Agulha de Proctor de mola) para determinar o tempo de endurecimento do Concreto e.23 4. 8384.06 6. NM 69 PALAVRA-CHAVE: Corte.66 24.00 VOLTAGEM trifásico HZ 60 HP 1/3 RPM 1725 C-3011-A 220 ou 380 I-3056 SERRA CIRCULAR NBR 12767. Peso: 4. mistura Betoneira portátil. 6.66. 13 13 . resistência. Capacidade para até 50 Kgf com graduação gravada no corpo.06.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados C-3011-A BETONEIRA PORTÁTIL.00 .200 Kg I-1063-A PONTEIRAS V/S APLICAÇÃO # 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Diâmetro (Ø)mm 28. consequentemente. corpos de prova Serra para corte de Corpos de Prova em Concreto. O conjunto é fornecido acondicionado em estojo de madeira.Concretos e Agregados v3.55. 9. o corte pode ser longitudinal ou transversal.23. NM 9. penetrômetro. 24. Possui um jogo com 10 ponteiras com Ø: (28. Sob as normas ASTM D-1558 e NBR 9832 servem para determinar a relação entre a umidade e a resistência à penetração em Solos granulares. 20.38. serra.C .82.28 16.82 9.28. ideal para grandes misturas com capacidade de 320 Litros. ASTM C 403 PALAVRA-CHAVE: PROCTOR.38 5.55 14.Português Pág.82. 4.32 12. Possui sistema de refrigeração por fluxo de água regulável. 16. 14. com rotação do tambor de 34 RPM. do tempo de pega do Cimento.54 NORMA ASTM D-1558 NBR NM 9 X X X X X X X X X X X X X X X X X X Solos X X X X X X X X X X Concreto X X X X X X X Seção C Secao . concreto. Dimensões (ALP): 1500x800x1000mm CODIGO C-3056-A REPOSIÇÃO DISCO DIAMANTADO Ø 18” PESO(KG) 0. Cerâmicas ou Refratários. CAPACIDADE 320 LITROS NBR 10342 PALAVRA-CHAVE: Betoneira. Veja tabela de aplicação abaixo. 5. Peso: 85. com rodas para transporte e caçamba basculante. Dependendo da posição da amostra.32.400 I-3056 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 I-1063-A AGULHA DE PROCTOR COM MOLA NBR 14278.53)mm.82 20. Argamassas. 9832. 12.

portátil e de fácil manuseio. visualização da falha do sensor e mudança de °C e °F. desligamento automático após 15 minutos sem operação.Concretos e Agregados v3.82 20. armações de aço Localizador eletrônico de barras metálicas em Concretos. deterioração e outros. NM 9. vazios. endurecimento I-1063-C Agulha de Proctor com anel dinamométrico. 6. Determina a profundidade e o tamanho (diâmetro) de armações de aço localizadas dentro de estruturas de Concreto (espessura da camada).38.82.82 9. ao conter um extensômetro o resultado da medição é mais precisa. Funções: Memória da última medição. 20. temperatura Termômetro digital com haste (espeto) de 120mm para penetração em aço inoxidável. painel iluminado. resistência. C-4219 TERMÔMETRO DIGITAL C-2010-N PALAVRA-CHAVE: Medidor. Acompanha suporte para bolso. trincas.38 5.66 24. não causando danos a estrutura.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-1063-C AGULHA DE PROCTOR COM ANEL NBR 14278. O conjunto é fornecido acondicionado em estojo de madeira. 9832. detecção de rachaduras. Escala -50 até 150°C e resolução de 0.00 .900 Kg PONTEIRAS V/S APLICAÇÃO # 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Diâmetro (Ø)mm 28. 5. Sob as normas ASTM D-1558 e NBR 9832 servem para determinar a relação entre a umidade e a resistência à penetração em Solos granulares. medição e visualização da carga da pilha. 14.23 4. para determinar o tempo de endurecimento do Concreto e.55 14.1°C.55. ASTM C 403 PALAVRA-CHAVE: Proctor.54 NORMA ASTM D-1558 NBR NM 9 X X X X X X X X X X X X X X X X X X Solos X X X X X X X X X X Concreto X X X X X X X ULTRASOM PARA MEDIR HOMOGENEIDADE NO CONCRETO C-4300 NBR 8802 PALAVRA-CHAVE: Rachaduras. 14 Secao . Possui um jogo com 10 ponteiras com Ø: (28. Peso: 4. para avaliação da homogeneidade do concreto. 12. consequentemente. 24. do tempo de pega do Cimento.06 6.23. Veja tabela de aplicação abaixo.28.32 12. penetrômetro. profundidade. Peso: 0. homogeneidade. capacidade 100kgf.100 Kg C-2010-N 14 Seção C Pág.66.53)mm. 16.C . 4.Português .28 16. fissuras de ultra-som para concreto.32.06.82. 9. Aparelho C-4300 C-4219 PACÔMETRO PARA DETERMINAÇÃO DA PROFUNDIDADE DE BARRAS AÇO NO CONCRETO NBR 6124 PALAVRA-CHAVE: Barras metálicas.

Português Pág. Poderá ser utilizado extensômetro milésimal ou LVDT. Dimensões: 150x80x45mm Seção C Secao .Concretos e Agregados v3. Peso: 0.02mm.300 Kg CODIGO I-3044-B I-3044-A ACESSÓRIO/REPOSIÇÃO ESTOJO DE MADEIRA PESO(KG) 0. trincas. CODIGO I-3044-A ACESSÓRIO/REPOSIÇÃO ESTOJO DE MADEIRA PESO(KG) 0. Possui aumento de (8) vezes e escala graduada de 15/0. medidor C-4194-A Este instrumento de alta qualidade desenhado para detectar e medir fissuras em Concretos e outras estruturas.650 I-3044 EXTENSÔMETRO MECÂNICO DIGITAL COM GARRAS I-3044-B NBR 7584. homogeneidade. Aumento de 35x na escala 4mm e resolução de 0.C . C-4194 C-4194-A MICROSCÓPIO PARA detecção DE FISSURAS NBR 8451. aço. trincas.650 C-4196-A LUPA PARA FISSURAS PALAVRA-CHAVE: Rachaduras.200 Kg. módulo de elasticidade Extensômetro eletrônico. 15 15 . digital. homogeneidade.150 Kg.550 Kg. fissuras Lupa para fissuras. Este instrumento permite a medição de fissuras em Concretos ou Cimentos. aço. Este instrumento permite detectar fissuras em Concretos ou Argamassas. homogeneidade. de modo que o operador possa alinhar o foco com a fissura que pretende examinar. ASTM C 805 PALAVRA-CHAVE: Elasticidade. trincas. Peso: 0. fissuras Luneta de bolso para fissuras.300 Kg.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3044 EXTENSÔMETRO MECÂNICO ANALÓGICO COM GARRAS NBR 7584. O foco da imagem é regulável através de uma roda de ajuste. com garras para determinação do módulo de elasticidade em barras com aço. Peso: 1. A imagem pode ser girada em 360º se for necessário. para determinação do módulo de elasticidade em barras de aço.00 . Peso: 0. ASTM C 805 PALAVRA-CHAVE: Elasticidade. Peso: 1. 6154 PALAVRA-CHAVE: Rachaduras. módulo de elasticidade Extensômetro analógico. Acompanha estojo. C-4196-A C-4194 LUNETA DE BOLSO PALAVRA-CHAVE: Rachaduras. Seu funcionamento é através de um sistema de iluminação ajustável.1mm. fissuras.

A leitura é realizada através de um extensômetro com resolução de 0.Português . 16 Secao .CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3063 MEDIDOR TRIORTOGONAL DE TRINCAS PALAVRA-CHAVE: Rachaduras. Consiste de duas pecas de aço inox dotadas de braços orientados em três direções ortogonais.C .00 Kg CODIGO I-3063 I-3063-B I-3063-A ACESSÓRIOS CALIBRADOR DE EXTENSÔMETRO GABARITO PARA INSTALAÇÃO 16 Seção C Pág. deslocamentos Este aparelho permite a medição de deslocamentos em juntas e trincas de estruturas de Concreto.00 .Concretos e Agregados v3. trincas. túneis. pontes e maciços rochosos. Peso: 3. galerias.01mm .

40 0.00 . perfuratriz. 4” e 6” .Português Pág.00 Kg. esfriamento por água. 17 17 .CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-2026-P EXTRATORA ROTATIVA ELÉTRICA PALAVRA-CHAVE: Extração. usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas.53 0.70 32.88 5. perfuratriz.C .68 0.Concretos e Agregados v3.88 0. usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”.32 0. perfuração Extratora rotativa com motor de 8 HP a gasolina. com rodízios.10 6.43 0. esfriamento por água. 3”. Peso: 120. 4” e 6” . VOTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1730 HP 5 WATTS 3750 I-2026-P EXTRATORA ROTATIVA MOTOR A GASOLINA I-2026 PALAVRA-CHAVE: Extração. 3”. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”.70 I-2026 Coroas Cálices Cavalete Seção C Secao .90 6. CODIGO C-2026-G C-2026-K C-2026-H C-2026-I C-2026-D C-2026-M C-2026-E C-2026-F I-2026-C I-2026-L I-2026-B I-2026-A I-2026-J ACESSÓRIOS AVULSOS COROA DIAMANTADA COM Ø 2” COROA DIAMANTADA COM Ø 3” COROA DIAMANTADA COM Ø 4” COROA DIAMANTADA COM Ø 6” COROA WIDIA COM Ø 2” COROA WIDIA COM Ø 3” COROA WIDIA COM Ø 4” COROA WIDIA COM Ø 6” CÁLICE COM Ø 2” CÁLICE COM Ø 3” CÁLICE COM Ø 4” CÁLICE COM Ø 6” CAVALETE PARA PERMITIR PERFURAÇÕES NA HORIZONTAL PESO(kg) 0.51 0. Peso: 110. perfuração Extratora rotativa com motor elétrico de 5 HP. com rodízios.00 Kg.40 6.

perfuração Extratora rotativa com motor de 8 HP a gasolina. Capacidade de perfuração de Ø ½” até 14”. perfuratriz.230 I-3028 CODIGO I-3028-D I-3028-A REPOSIÇÃO MANÔMETRO PARA MEDIDOR DE AR INCORPORADO ESTOJO DE MADEIRA PESO(KG) 18 Seção C Pág.300 0.330 0. perfuração Maquina extratora (perfuratriz) elétrica com sistema de fixação por meio vácuo ou escoramento.Concretos e Agregados v3.200 0. Composto por: vaso pressométrico de 7 (sete) litros. ar incorporado Medidor de do teor de ar incorporado ao Concreto fresco. Obs: Oferecemos coroas e cálices por separado.00 I-2026-Q C-2026-N EXTRATORA ROTATIVA ELÉTRICA PORTÁTIL PALAVRA-CHAVE: Extração. 4” e 6” .00 . bomba de ar. O motor possui 4 (quatro) velocidades com indicador de esforço. facilitando desta maneira o deslocamento em longas distâncias.Português .200 0. 3”. dispositivo acoplado para ajuste de altura do eixo e engate especial. perfuratriz. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”.600 4. ASTM C231 PALAVRA-CHAVE: Medidor.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-2026-Q EXTRATORA ROTATIVA COM REBOQUE PARA DESLOCAMENTOS DE LONGAS DISTÂNCIAS PALAVRA-CHAVE: Extração. esfriamento por água. usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas. 18 Secao . Equipada com reboque projetado para transporte de tanque de água.C . CODIGO I-2026-Q I-2026-R VERSÕES EXTRATORA ROTATIVA COM REBOQUE PARA DESLOCAMENTOS DE LONGAS DISTÂNCIAS EXTRATORA ROTATIVA COM ENGATE E RODAS PARA DESLOCAMENTOS DE PEQUENAS DISTÂNCIAS PESO(KG) 390.00 140.00 Kg CODIGO I-3006-D C-3028-B C-4023-A I-3028-F I-3028-E C-3028-C COMPONENTES HASTE SOCADORA Ø 5/8”x600mm SERINGA DE BORRACHA PARA MEDIDOR DE AR PROVETA 500 ML CONEXÕES EM LATÃO RÉGUA BISELADA DE 300X25X3MM BOMBA DE AR PESO(KG) 0. válvulas. manômetro e acessórios. C-2026-N Coroas e Cálices I-3028 MEDIDOR DE AR INCORPORADO PARA CONCRETO NBR NM 47. Peso: 37.

00 .5 PESO(Kg) 5. CCR Este aparelho serve para medir a consistência do Concreto rolado de mistura úmida. formado por mesa vibratória com uma cuba em aço pintado. onde a transmissão é dada por um motor elétrico (moto redutor). Peso: 65. e variação das vibrações por meio de inversor de freqüência. 19 19 .160 I-3060 CONSISTÔMETRO DE VEBE – CCR tradicional DNIT 064.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3021 MÁQUINA DE ABRASÃO LOS ANGELES NBR NM 51. DNER-ME 035. Peso: 455. vibração. ASTM C 131. LOS ANGELES Máquina para ensaio por abrasão “Los Angeles” de agregados com jogo de 12 esferas. AASHTO T96 PALAVRA-CHAVE: Abrasão. forma tronco cônica. forma tronco cônica.700 HP 1. é basicamente através de um sistema de giro do tambor (construído em aço reforçado). funil. CCR Este aparelho serve para medir a consistência do Concreto de mistura seca. I-3060 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 50/60 HP 0. de acordo com Vebe (modificado). e variação das vibrações por meio de inversor de freqüência. com variador de freqüência.00 Kg. vibração. DNER-ME 094 PALAVRA-CHAVE: Consistência do concreto. Peso: 65. Possui programador eletrônico do tempo. I-3060-A CODIGO I-3060-B VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 ACESSÓRIOS CUBA ACRÍLICA HZ 50/60 HP 0. funil.00 kg. parando o tambor por meio do freio natural do redutor. Seu funcionamento. Possui programador eletrônico do tempo.400 Seção C Secao . C 535.Concretos e Agregados v3. medidor de abatimento graduado.00 kg. CODIGO I-3021 I-3021-A VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 REPOSIÇÃO JOGO DE ESFERAS COM 12 PEÇAS HZ 50/60 RPM 1. medidor de abatimento graduado. VEBÊ. NBR 6465. DNER-ME 094 PALAVRA-CHAVE: Consistência do concreto.Português Pág. formado por mesa vibratória com uma cuba em acrílico transparente. tambor fabricado em aço reforçado. de acordo com Vebe. Possui um sistema que finaliza o ensaio após o número de giros programados.50 PESO(Kg) 0.C . VEBÊ.50 I-3060-A CONSISTÔMETRO DE VEBE – CCR úmido DNIT 064.

Acompanha pedra porosa para remoção de camadas superficiais ao concreto e estojo plástico com alça. BUREAU OF RECLAMATION. Escala de 1500 a 8000 Psi (100 a 600 Kgf/cm²). 12” ou 18” Obs: As garrafas de ar comprimido não acompanham o aparelho. Usado em medições em pecas pré-fabricadas.60 Kg.Português . ASTM C 805 PALAVRA-CHAVE: Aferição. 10”. C-3018-A ESCLERÔMETRO DIGITAL MICROPROCESSADO NBR 7584. Peso: 1. possui pastilha com dureza padrão e guia. esclerômetro Bigorna para aferição do esclerômetro. registros e manômetros que possibilitam ensaios com até 6 Corpos de Prova simultaneamente com a mesma ou diferentes pressões.37 Kg. I-3033 BIGORNA PARA AFERIÇÃO DO ESCLERÔMETRO NBR 7584. um sistema de válvulas. esclerômetro. ASTM C 805 PALAVRA-CHAVE: Resistência à compressão. ASTM C 805 PALAVRA-CHAVE: Resistência à compressão. 8”.C .225 mkg. Possui medidores de água milimetrados.750 Kg ESCLERÔMETRO MODELO N C-3018 NBR 7584. Energia de impacto de 0.Concretos e Agregados v3. I-3033 20 Seção C Pág. Fornecidas com câmeras de Ø 6”. para determinar “in loco” e de forma não destrutiva do valor aproximado da resistência à compressão superficial do Concreto. Escala de 1500 a 8000 Psi (100 a 600 Kgf/cm²). estruturas submetidas a congelamento ou fogo. montados na estrutura. com a capacidade de 6 (seis) câmaras de ensaios para Corpos de Prova de Concreto. esclerômetro. dureza C-3018-A Esclerômetro de impacto com mostrador digital microprocessado para leituras rápidas. Energia de impacto de 0. Peso: 19. Peso: 1. 20 Secao . dureza C-3018 Esclerômetro de impacto tipo Schmidt modelo N.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3026 PERMEÂMETRO CONFORME BUREAU OF RECLAMATION NBR 10786 PALAVRA-CHAVE: Permeabilidade.225 mkg. concreto I-3026 Aparelho para determinar a permeabilidade do concreto. Opera com pressão de 400LB/Pol². Salva medições e calcula media aritmética das medições realizadas. fabricada em aço maciço. determinações de estruturas novas e estruturas submetidas a mudanças de temperatura. Ideal para uso em peças pré-fabricadas.00 . calibração. determinações rápidas de estruturas novas.

5mm e 12.30 0.02 1.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados C-4187 PENETRÔMETRO DE BOLSO ASTM C 780 PALAVRA-CHAVE: Penetrômetro. régua de cálculo para determinação da umidade superficial e estojo de madeira.58 I-4031-B Seção C Secao . ASTM C 70. agregados finos Conjunto Chapman para determinação do peso específico dos Agregados finos. I-3054 CALIBRADOR PROPORCIONAL ASTM D 4791 PALAVRA-CHAVE: Calibador.00 . (1:4).Concretos e Agregados v3. (1:5) I-3054 I-3043 APARELHO PARA TESTE PADRÃO EM AGREGADOS FINOS ASTM C-1252 PALAVRA-CHAVE: Vazios. AASHTO T-142 PALAVRA-CHAVE: CHAPMAN. Peso: 65.Português Pág. Fabricado em aço com tratamento anti-corrosivo. início de pega C-4187 Penetrômetro de Bolso para determinação do início de pega em Concreto. peso específico. Possui 4 (quatro) posições para regulagem. textura e medida da partícula). 21 21 . partículas planas Dispositivo para determinação da porcentagem de partículas planas e alongadas em Agregados graúdos. Constituído por frasco de chapman. agregados graúdos Dispositivo para determinação da resistência do esmagamento dos grãos compreendidos 9. Estabelece o início de pega do Concreto quando pressionado contra o concreto até a penetração de 25.4mm e indica 500 Psi. com escala de 0 a 700 Psi.00 Kg I-3068 C-4031-B CHAPMAN CONJUNTO COMPLETO NBR 9776.5mm dos agregados graúdos. (1:3). que representam proporções: (1:2). I-3043 I-3068 DISPOSITIVO PARA ESMAGAMENTO DE AGREGADOS GRAÚDOS NBR 9938 PALAVRA-CHAVE: Esmagamento.90 Kg CODIGO C-4031 I-4031-A C-4031-C REPOSIÇÃO FRASCO DE CHAPMAN RÉGUA DE CÁLCULO ESTOJO DE MADEIRA PESO(kg) 0.C . agregados finos Aparelho para teste padrão em conteúdos de vazios de Agregados finos. não compactados para Concretos (Referenciado pelo formato. Peso: 1.

22 Secao .5 .8. com tabela de cores.5 .17 . Usa-se para a comparação da mudança de colorimétrica de Agregados quando em contato com um reagente.7 . agregados C-3053 Colorímetro conjunto completo.3 .25 . ABNT MB 10.38 .20 kg 22 Seção C Pág. O conjunto completo é formado por: conjunto de crivos com aberturas circulares com Ø de 76 .12.2mm.19 .3mm.25 .00 .2 e 3.8 . Peso: 0.32 . ASSHTO T 21. conjunto de crivos redutores com aberturas retangulares de 38 32 .CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados C-3053 COLORÍMETRO CONJUNTO COMPLETO DNER DPT M 55.83 Kg PLACA DE LAMERALIDADE I-3052 BS 812 PALAVRA-CHAVE: Lamelaridade.5 .Concretos e Agregados v3.8.0 .9.Português .46 Kg I-3052 I-3034 CONJUNTO DE CRIVOS REDUTORES DNER-ME DPT M 86 PALAVRA-CHAVE: Índice de forma.19 . Ambos conjuntos com suporte para peneiramento. agregados I-3034 Conjunto de crivos circulares e retangulares utilizados para determinação do índice de forma em Agregados.5 50 .4.21 .12.4.6.10. O método determina a existência ou não de impurezas orgânicas em reias. Peso: 5. Peso: 1.63.9. ASTM C 40 PALAVRA-CHAVE: Colorimetría.16 . Composto por comparador.16 .7 . agregados Placa para determinação do índice de lamelaridade de agregados. frasco e solução.C .3 5. baseado na “British Standarts” BS 812.5 e 6.

710 0.3/4” 1.045 0.C .425 0.40 1.9 76.6 4.525 7. I-3008 PENEIRAS QUADRADAS ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) 50 x 50 CM CODIGO I-3008-4” I-3008-3.038 PESO: 0.35 3. Fabricadas com caixilho permitem a troca de tela.355 0.1125 9.05 15.180 0. Dimensões 50x50x10cm.9375 6.36 2.1/2” 3” 2. granulometria Peneiras granulométricas quadradas para ensaios de laboratório.4 22.500 Kg Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC. 23 23 .Português Pág.150 0.125 0.090 0.75 25.1/2” 2” 1.500 0.00 1.070 0.225 19.600 0. granulométricas.1/4” 1” 7/8” ¾” 5/8” ½” 7/16” 3/8” 5/16” ¼” 1/8” n° 3.1/2” I-3008-1.175 5.2 63.1/2” I-3008-3” I-3008-2.00 .1/4” I-3008-1” I-3008-7/8” I-3008-3/4” I-3008-5/8” I-3008-1/2” I-3008-7/16” I-3008-3/8” I-3008-5/16” I-3008-1/4” I-3008-1/8” I-3008-3.250 0.106 0.8 44.00 0.1/2” I-3008-2” I-3008-1.5 4 5 6 7 8 10 12 14 16 18 20 25 30 35 40 45 50 60 70 80 100 120 140 170 200 230 270 325 400 FUNDO TAMPA 101.75 4.875 12.Concretos e Agregados v3.70 1.1 31.075 0.5 I-3008-4 I-3008-5 I-3008-6 I-3008-7 I-3008-8 I-3008-10 I-3008-12 I-3008-14 I-3008-16 I-3008-18 I-3008-20 I-3008-25 I-3008-30 I-3008-35 I-3008-40 I-3008-45 I-3008-50 I-3008-60 I-3008-70 I-3008-80 I-3008-100 I-3008-120 I-3008-140 I-3008-170 I-3008-200 I-3008-230 I-3008-270 I-3008-325 I-3008-400 I-3008-B I-3008-A 4” 3.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados PENEIRAS GRANULOMÉTRICAS QUADRADAS NBR ISO NM 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras.1/2” 1.35 2.850 0.00 3.45 38.300 0.212 0.80 2. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.18 1. em aço galvanizado.060 Seção C Secao .6 88.053 0.063 0.0 50.7 11.3/4” I-3008-1.

9375 ¼” 6.500 40 0.38 10 2.5 C-1015-4 C-1015-5 C-1015-6 C-1015-7 C-1015-8 C-1015-10 C-1015-12 C-1015-14 C-1015-16 C-1015-18 C-1015-20 C-1015-25 C-1015-30 C-1015-35 C-1015-40 C-1015-45 C-1015-50 C-1015-60 C-1015-70 C-1015-80 C-1015-100 C-1015-120 C-1015-140 C-1015-170 C-1015-200 C-1015-230 C-1015-270 C-1015-325 C-1015-400 Ø 8”x2” C-1014-4” C-1014-3.C .76 5 4.5 5.1125 3/8” 9.297 60 0.1/2” 38.1/2” C-1086-3” C-1086-2.05 5/8” 15.149 120 0.00 6 3.36 7 2.175 n° 3.75 1” 25. Ø 8”x1”.1/2” C-1086-2” C-1086-1.Concretos e Agregados v3.025 636 0.4 7/8” 22.355 50 0. 24 Secao .6 3.5 C-1014-4 C-1014-5 C-1014-6 C-1014-7 C-1014-8 C-1014-10 C-1014-12 C-1014-14 C-1014-16 C-1014-18 C-1014-20 C-1014-25 C-1014-30 C-1014-35 C-1014-40 C-1014-45 C-1014-50 C-1014-60 C-1014-70 C-1014-80 C-1014-100 C-1014-120 C-1014-140 C-1014-170 C-1014-200 C-1014-230 C-1014-270 C-1014-325 C-1014-400 CODIGO 4” 101.1/2” C-1015-1. Ø 5”x2”.074 230 0.9 3” 76.710 30 0.1/2” C-1015-3” C-1015-2.5 C-1087-4 C-1087-5 C-1087-6 C-1087-7 C-1087-8 C-1087-10 C-1087-12 C-1087-14 C-1087-16 C-1087-18 C-1087-20 C-1087-25 C-1087-30 C-1087-35 C-1087-40 C-1087-45 C-1087-50 C-1087-60 C-1087-70 C-1087-80 C-1087-100 C-1087-120 C-1087-140 C-1087-170 C-1087-200 C-1087-230 C-1087-270 C-1087-325 C-1087-400 C-1088-6 C-1088-7 C-1088-8 C-1088-10 C-1088-12 C-1088-14 C-1088-16 C-1088-18 C-1088-20 C-1088-25 C-1088-30 C-1088-35 C-1088-40 C-1088-45 C-1088-50 C-1088-60 C-1088-70 C-1088-80 C-1088-100 C-1088-120 C-1088-140 C-1088-170 C-1088-200 C-1088-230 C-1088-270 C-1088-325 C-1088-400 C-1037-C C-1037-B C-1037-A C-1088-C C-1088-B C-1088-A C-1087-C C-1087-B C-1087-A C-1015-C C-1015-B C-1015-A C-1014-C C-1014-B C-1014-A PESO: 0. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.060 24 Seção C Pág.1/4” C-1086-1” C-1086-7/8” C-1086-3/4” C-1086-5/8” C-1086-1/2” C-1086-7/16” C-1086-3/8” C-1086-5/16” C-1086-1/4” C-1086-3. granulometria Peneiras granulométricas redondas para ensaios de laboratório.7 7/16” 11.35 1/8” 3.Português . Ø 8”x2”.225 ¾” 19.3/4” C-1086-1.83 8 2.5 C-1037-4 C-1037-5 C-1037-6 C-1037-7 C-1037-8 C-1037-10 C-1037-12 C-1037-14 C-1037-16 C-1037-18 C-1037-20 C-1037-25 C-1037-30 C-1037-35 C-1037-40 C-1037-45 C-1037-50 C-1037-60 C-1037-70 C-1037-80 C-1037-100 C-1037-120 C-1037-140 C-1037-170 C-1037-200 C-1037-230 C-1037-270 C-1037-325 C-1037-400 Ø 3”x1” Ø 3”x2” Ø 5”x2” Ø 8”x1” C-1015-4” C-1015-3.00 20 0.840 25 0.875 ½” 12.1/4” C-1015-1” C-1015-7/8” C-1015-3/4” C-1015-5/8” C-1015-1/2” C-1015-7/16” C-1015-3/8” C-1015-5/16” C-1015-1/4” C-1015-1/8” C-1015-3.210 80 0.3/4” C-1015-1. disponíveis nos tamanhos: Ø 300x100mm.1/4” 31.500 Kg Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC.1/2” C-1014-2” C-1014-1.1 1.66 4 4. Fabricadas em aço inoxidável.1/2” C-1014-1.1/4” C-1014-1” C-1014-7/8” C-1014-3/4” C-1014-5/8” C-1014-1/2” C-1014-7/16” C-1014-3/8” C-1014-5/16” C-1014-1/4” C-1014-1/8” C-1014-3.00 .1/2” 63.3/4” 44.45 1.68 14 1.425 45 0.088 200 0.1/2” C-1086-1.2 2.250 70 0.600 35 0.032 500 0.053 325 0.062 270 0.125 140 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados PENEIRAS GRANULOMÉTRICAS REDONDAS NBR NM ISO 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras.037 450 0. 3”x2”.1/2” 88.044 400 0.5 C-1086-4 C-1086-5 C-1086-6 C-1086-7 C-1086-8 C-1086-10 C-1086-12 C-1086-14 C-1086-16 C-1086-18 C-1086-20 C-1086-25 C-1086-30 C-1086-35 C-1086-40 C-1086-45 C-1086-50 C-1086-60 C-1086-70 C-1086-80 C-1086-100 C-1086-120 C-1086-140 C-1086-170 C-1086-200 C-1086-230 C-1086-270 C-1086-325 C-1086-400 C-1086-450 C-1086-500 C-1086-635 C-1086-C C-1086-B C-1086-A C-1037-3.020 FUNDO INTERMEDIÁRIO FUNDO TAMPA C-1087-5/8” C-1087-1/2” C-1087-7/16” C-1087-3/8” C-1087-5/16” C-1087-1/4” C-1087-3. granulométricas.3/4” C-1014-1.525 5/16” 7. Ø 3”x1”.105 170 0.177 100 0. C-1014 ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) CAIXILHO EM AÇO Ø 300x100mm C-1086-4” C-1086-3.070 0.1/2” C-1015-2” C-1015-1.0 2” 50.41 16 1.1/2” C-1014-3” C-1014-2.00 12 1.8 1.19 18 1.

Fabricado em aço zincado com alças. granulometria.00 Kg VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 750 HZ 60 HP 1 I-1016-B PENEIRADOR ELETROMAGNÉTICO PALAVRA-CHAVE: Peneirador.00 Kg I-4131 C-3012 CAIXA PARA DENSIDADE APARENTE NBR 7251. com fundo e tampa. capacidade para 8 (oito) peneiras de ∅ 8x2” ou 17 (dezessete) peneiras de ∅ 8x1” mais fundo e tampa. Equipado com um sistema de pesos excêntricos. Dispomos opcionalmente de dispositivo para uso das peneiras ∅ 200mm. eletromagnético.100 8. VERSÕES CÓDIGO C-3012 C-3012-A C-3012-C C-3012-B DIMENSÕES (MM) 316x316x150 316x316x200 316x316x300 447x447x300 CAPACIDADE (LT) 15 20 30 60 PESO(KG) 7. máxima 3. Peso: 39. marca PAVITEST. volumétrico. Peso: 150. 1377 PALAVRA-CHAVE: Medidor de volume. NBR 7217. com tolerância de 10%. Peso: 3. vibração I-3007 Peneirador elétrico. peneira. para determinação do volume absoluto dos Agregados usando o método de deslocamento de água.500 13. 6467 PALAVRA-CHAVE: Densidade. vasilhame Recipiente para a determinação da densidade aparente. 25 25 . capacidade de até 6 (seis) peneiras. vibração Peneirador Eletromagnético de bancada.00 Kg I-1016-B BIVOLTS Monofásico 110/220 WATTS 100 HZ 50/60 I-4131 MEDIDOR DE VOLUME COM BICO SIFONADO BS 1924. Disponível em diversas dimensões. DNER DPT-M 83 PALAVRA-CHAVE: Peneirador.Português Pág. Acompanhado com duas hastes para fixação das peneiras.327 V/Min. Fabricado em aço zincado. Possui 3 (três) níveis de vibração.C .00 . agregados Medidor de volume com bico sifonado (Medidor volumétrico com sifão). para peneiras de 50x50x10cm.CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados I-3007 PENEIRADOR ELÉTRICO PARA PENEIRAS DE 50x50x10CM ABNT-MB 7. 300mm. Possui controlador de tempo para programar o ensaio.350 C-3012 Seção C Secao . média 1.730 e mínima 910 V/min. 3” e 5”. marca PAVITEST.700 10. granulometria. peneira. que em movimento produz a vibração necessária para realizar o ensaio.Concretos e Agregados v3. Possui timer digital para controlar eletronicamente o tempo (até 99 minutos) e freqüência de vibração. medidor. ligados a um eixo.

recipiente e cesto para pesagem de Ø 10x15CM. umidímetro Conjunto utilizado para determinação rápida do teor de umidade em Solos e Agregados miúdos (areias e outros materiais granulares).050 0.230 0.050 I-1003 CODIGO I-1003-O I-1003-P C-1003-D OPCIONAIS CARBURETO DE CÁLCIO. Peso: 4.500 0.050 1.C .CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados CESTOS DE TELA METÁLICA NBR 10838.1G PESO(Kg) 4. I-4062-G CODIGO C-4151 C-4152 OPCIONAIS BALANÇA ELETRÔNICA.8 4.00 Kg.005 0. Utilizado para determinação da Massa Específica Aparente e Massa Específica Real dos Grãos. Fabricado com tela granulométrica com tratamento anti-corrosivo.250 0.040 4.450 26 Seção C Pág.50 kg. CAPACIDADE 500/5000G SENS.8 2 3 4.270 0.300 0. pesagem Cesto de tela metálica. 0. Peso: 38. Permite a realização de ensaios de pesagem hidrostática para determinar a massa específica aparente e massa específica Real de graus e amostras indeformadas de Solos e graus de Agregados.090 1. CAPACIDADE 2.250 0.01/0. umidade. agregados miúdos.00 .330 0.8 PESO(KG) 0. AASHTO T-85 PALAVRA-CHAVE: Cestos.380 0.050 0.570 0. pesagem Mesa com tampa perfurada e plataforma com dispositivo regulável de altura. com armação reforçada e alça.220 0. amostras indeformadas de Solos e/ou Agregados. CAPACIDADE 25 GR CARBURETO DE CÁLCIO. ASTM C 127. FRASCO COM 500 GR GARRAFA SEM MANÔMETRO MANÔMETRO PARA SPEEDY PESO(KG) 0.100 0. Composta por: Mesa. 0.010 0. hidrostática. para pesagem hidrostática.200 4. ASTM C 127. AASHTO T-85 PALAVRA-CHAVE: Cestos. CODIGO C-1003-B C-1003-N I-1003-E I-1003-A C-1003-M C-1003-G I-1003-K C-1003-F I-1003-C C-1003-J I-1003-I C-1003-H C-1003-L C-1033-D C-1046 COMPONENTES ALMOFARIZ GALVANIZADO ANEL DE BORRACHA BALANÇA PORTÁTIL.000GR .010 0.SENS. I-4062-A CESTOS DE TELA METÁLICA PARA PESAGEM HIDROSTÁTICA CÓDIGO I-4062-A I-4062-D I-4062-B I-4062 I-4062-F I-4062-C I-4062-E DIÂMETRO (CM) 10x10 10x10 10x10 10x15 10x15 10x15 20x20 ABERTURA (MM) 2 3 4.Português .000 I-1003 SPEEDY APARELHO COMPLETO DNER-ME-052 PALAVRA-CHAVE: Speedy.300 MESA PARA PESAGEM HIDROSTÁTICA I-4062-G NBR 10838.260 0.530 1.01GR BALANÇA ELETRÔNICA. hidrostática.Concretos e Agregados v3. 26 Secao .210 0. CAIXA COM 100 AMPOLAS COLHER DE CAFÉ ESFERA DE ½” ESTOJO DE MADEIRA FLANELA PARA O APARELHO GARRAFA COM MANÔMETRO MARTELO DE 200 GR SUPORTE PARA BALANÇA TABELA TALHADEIRA ESPÁTULA TIPO PINTOR N° 2 ESCOVA DE NYLON PARA LIMPEZA PESO(KG) 0.

Com balança eletrônica calibrada para 500gr e resolução de 0. agregados Esta balança eletrônica permite a determinação de umidade em ensaios precisão de laboratório. agregados O Cone de absorção é utilizado na determinação do peso específico aparente de agregados finos.Português Pág. CODIGO I-1069-B VERSÕES INFRAVERMELHO APARELHO PARA DETERMINAR UMIDADE. à medida que a umidade se evapora o peso da amostra varia até ficar completamente seca.020 C-1069-B C-1022-E VOLTS Mono 110 ou 220 WATTS HZ 250 50/60 I-4218 CONE DE ABSORÇÃO ASTM C 128 PALAVRA-CHAVE: Absorção. Carga máxima 210gr. COM BALANÇA ELETRÔNICA INFRAVERMELHO APARELHO PARA DETERMINAR UMIDADE.300 Kg I-4218 Seção C Secao .CATÁLOGO DE PRODUTOS Concreto e Agregados C-1069-A INFRAVERMELHO APARELHO ELETRÔNICO PARA DETERMINAR UMIDADE DNER-ME-052 PALAVRA-CHAVE: Umidade. agregados Aparelho infravermelho para a determinação do teor de umidade.850 3. Peso: 0. usado para ensaios precisos em laboratório. sensibilidade 0. 27 27 . COM BALANÇA MECÂNICA PESO(Kg) 2. O funcionamento do ensaio é pelo método da evaporação do teor de umidade aplicando-se calor através de luz infravermelha. à medida que a umidade se evapora o peso da amostra varia até secar completamente. A temperatura é ajustável de 60 a 180ºC com incremento de 1ºC.001gr.00 . O método exige a absorção de água após submersão por 24 horas. Possui um sistema auto-dry que verifica quando o peso da amostra se estabiliza. O funcionamento do ensaio é pelo método da evaporação do teor de umidade.C .01gr e prato de Ø 90mm Dimensões: 290x210x190 C-1069-A VOLTAGEM Monofásico 110 ou220 WATTS HZ 250 50/60 I-1069-B INFRAVERMELHO APARELHO PARA DETERMINAR UMIDADE DNER-ME-052 PALAVRA-CHAVE: Umidade.Concretos e Agregados v3.

compressão.50 CODIGO I-3003-C I-3003-P OPCIONAIS DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL Ø 5X10 CM DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL E FLEXÃO EN VIGOTAS DE 4X4X16CM PESO(kg) 5.00 Kg CODIGO I-3003-C I-3003-P OPCIONAIS DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL Ø 5X10 CM DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL E FLEXÃO EN VIGOTAS DE 4X4X16CM WATTS 150 HZ 50/60 RPM 38 PESO(kg) 5. NBR 13279. Peso: 82.20 I-3022-C VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 Seção D Secao . ISO 679. COM RESOLUÇÃO DE 10KGF PESO(kg) 82. tração na flexão e compressão axial em corpos de prova de 4x4x16cm mediante uso de dispositivos (não incluídos). 7215.20 5. 1 1 . Peso: 82. EN 196-1 PALAVRA-CHAVE: Flexão. EM 196-1 PALAVRA-CHAVE: Flexão. ANALÓGICA NBR NM-ISO 7500-1. 7215.00 – Português Pág. O software permite a comunicação e registro de cada ensaio. 10906. capacidade 20T.000 Kgf e subdivisão de 40 Kgf. axial Prensa manual hidráulica para Corpos de Prova de Argamassa de Ø 5x10cm por compressão ou 4x4x16cm por tração na flexão e por compressão axial mediante uso de dispositivos (não incluídos). ANALÓGICA PRENSA HIDRÁULICA MANUAL CAPACIDADE 20T.20 5. 6156. Peso: 82. axial Prensa elétrica hidráulica para Corpos de Prova de Argamassa de Ø 5x10cm por compressão ou 4x4x16cm por tração na flexão e por compressão axial mediante uso de dispositivos (não incluídos).20 I-3022-B VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 I-3022-C PRENSA ELÉTRICA HIDRÁULICA DIGITAL 20T NBR NM-ISO 7500-1. NBR 13279. 10906. 10906.Cimento e Argamassa –v3. com manômetro de 0 até 24. com leitura digital e resolução de 1 kgf. ISO 679. NBR 13279.D .00 Kg CODIGO I-3003-C I-3003-P OPCIONAIS DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL Ø 5X10 CM DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL E FLEXÃO EN VIGOTAS DE 4X4X16CM HZ 60 RPM 2250 HP 3 PESO(kg) 5. axial em argamassas Prensa elétrica mecânica computadorizada para compressão em corpos de prova de Argamassa de Ø 5x10cm. compressão. DIGITAL. ISO 679.00 81. capacidade 20T.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas I-3022 PRENSA HIDRÁULICA MANUAL CAPACIDADE 20T.20 PRENSA ELÉTRICA MECÂNICA COMPUTADORIZADA 20T I-3022-B NBR NM-ISO 7500-1. 7215. EN 196-1 PALAVRA-CHAVE: Flexão. Com leitura digital e resolução de 10Kgf. possui válvula reguladora de vazão. capacidade 20T. compressão.20 5.00 Kg CODIGO I-3022 I-3022-A I-3022 I-3022-A VERSÕES PRENSA HIDRÁULICA MANUAL CAPACIDADE 20T.

000 2 Seção D Secao . NBR 13279 PALAVRA-CHAVE: Prensa. VOLTAGEM Trifásico WATTS 2250 HZ 60 HP 3 I-3025-B 220 ou 380 I-3003-C DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL EM ARGAMASSAS (RILEN) EN 196. NBR 12767. compressão. ELETRÔNICA DIGITAL NBR NM-ISO 7500-1. resolução de 10kgf. 12142. eletrônica digital. 10906.20 Kg I-3003-P I-3003 MOLDE PARA CORPO DE PROVA 5X10 CM NBR 13279. 7215 PALAVRA-CHAVE: Forma. 7684. axial Prensa elétrica. flexão. blocos. ainda dispõe de grade protetora para evitar acidentes. 11222 PALAVRA-CHAVE: Flexão. 10955. axial.600 0. com dispositivos para rompimento Corpos de Prova de Argamassas Refratárias. O sistema de leitura possui memória da carga máxima de 4 dígitos. RILEN Dispositivo para ensaios de compressão em Corpos de Prova de Argamassas com Ø 5X10cm. 6224. compressão. Peso: 5. 2 . Opcionalmente fornecemos software para ensaios específicos em argamassas refratárias.Cimento e Argamassa –v3.780 CODIGO I-3003 I-3003-AE I-3003-A I-3003-AA ACESSÓRIOS CHAVE PARA APERTAR MOLDE FUNIL METÁLICO PARA MOLDE CALIBRADOR PASSA/NÃO PASSA PESO(KG) 3. CODIGO I-3003 I-3003-X VERSÕES MOLDE PARA CORPO DE PROVA 5X10 CM MOLDE PARA CORPO DE PROVA 5X10 CM.00 – Português Pág. molde Molde cilíndrico para Corpos de Prova em Argamassa Ø 5x10cm com fundo rosqueável.20 I-3003-C I-3003-P DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL E FLEXÃO EN 196.D . COM TAMPA ROSQUEADA PESO(kg) 0. compressão em vigotas de 4x4x16cm. em aço zincado. capacidade 100T. NBR 13279 PALAVRA-CHAVE: Prensa. flexão e compressão em vigotas de 4x4x16cm em Argamassa.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas I-3025-B PRENSA ELÉTRICA 100T. compressão. RILEN Dispositivo para ensaios de compressão axial em Corpos de Prova de Ø 5x10 cm. válvula reguladora de vazão do incremento de carga. Peso: 5. etc. 6113. axial.

AASTHO T851.D . pratos. sem necessidade de capeamento.00 – Português Pág. C-3005-I Seção D Secao . 7680. NBR 7215 PALAVRA-CHAVE: Disco. prensa Disco de neoprene. prensa Este dispositivo (PAR) permite a colocação dos discos de neoprene elastomérico. T22. Peso: 1. pratos. para regularizar imperfeições dos corpos de prova de Concreto e Argamassa. 5738.Cimento e Argamassa –v3. I-3005-A I-3003-AC PAR DE PRATOS DE AÇO PARA CORPO DE PROVAS DE Ø 5X10CM NBR 9780 PLCH: Disco. 3 3 . neoprene. neoprene. DNER-ME046 PALAVRA-CHAVE: Capeador Faceador (capeador) para Corpos de Prova Ø 05x10 cm em Argamassa. fabricado em aço.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas I-3005-A FACEADOR PARA CORPO DE PROVA PARA ARGAMASSA NBR 8045. I-3003-AC C-3005-I DISCOS DE NEOPRENE Ø 5X10 CM ASTM C1231.15 Kg. utilizado para regularizar imperfeições dos corpos de prova de Concreto e Argamassa.

ASTM C 531 PALAVRA-CHAVE: Adensador. 4 . prismática Forma prismática para ensaios de tração na flexão. EN-196. queda.00 Kg I-3003-U I-3046 SUPORTE PARA 8 CORPOS DE PROVA PRISMÁTICOS ASTM C 227 PALAVRA-CHAVE: Suporte. 12142 CODIGO I-3040-F I-3040-I I-3040-E ACESSÓRIOS/REPOSIÇÃO FUNIL METÁLICO PARA FORMA TRIPLA DE 4X4X16CM PINO PARA FORMA PRISMÁTICA ESPÁTULA PARA FORMA 4X4X16CM. CÓDIGO I-3040-A I-3040-B I-3040-C FORMA PRISMÁTICA 4X4X16CM TIPO NORMA UNITÁRIA TRIPLA SEXTUPLA EN 196 FORMA PRISMÁTICA 25X25X285MM CÓDIGO TIPO NORMA I-3040-J I-3040-D I-3040-G UNITÁRIA DUPLA TRIPLA NBR 13583. Fabricado em aço zincado. destina-se ao adensamento de formas 4x4x16cm em Cimento e Argamassas.D . EN-196 I-3003-U MESA DE ADENSAMENTO NBR 13279. 13583. Este dispositivo foi desenvolvido para ser utilizado em qualquer tanque de imersão. 13280 PALAVRA-CHAVE: Adensador. Corpo de Prova. 8490 CÓDIGO I-3040 I-3040-H FORMA PRISMÁTICA 1”X1”X10” TIPO NORMA UNITÁRIA TRIPLA ASTM C 531 I-3040-A FORMA PRISMÁTICA CUBICA 50X50X50MM CÓDIGO TIPO NORMA I-3059-B I-3059-A UNITÁRIA TRIPLA NBR 12129. prismáticos Suporte para 8 (oito) Corpos de Prova prismáticos de 25x25x285mm ou 1”x1”x10”. com parada automática. 9773. 12142. compressão e retração e expansibilidade em Argamassas.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas FORMA PRISMÁTICA PARA ARGAMASSAS NBR 12129. 8490. prismática Mesa para adensamento de Argamassa por queda (choque). Peso: 52. Peso: 1. Fabricada em aço cromado em diferentes medidas conforme normas correspondentes. inclusive autoclaves.600 Kg I-3046 4 Seção D Secao . 9773. imersão.00 – Português Pág.Cimento e Argamassa –v3. Possui contador de golpes digital com programador para 30 e 60 golpes/minutos. Possui gancho para facilitar a retirada da imersão. queda.

7215 PALAVRA-CHAVE: Misturador. com controlador de velocidade e limite de retificação.15 . 10906. descida e retorno automático do disco diamantado. 5 5 .00 Kg CODIGO I-3064 C-3064-A C-4231 VOLTAGEM Trifásica 220 ou 380 OPCIONAIS DISCO DIAMANTADO COMPRESSOR DE AR. Este equipamento permite retificar Corpos de Prova. PÁ PARA ARGAMASSADEIRA HZ 50/60 HP 0. ou materiais Rochosos nesses diâmetros. de Argamassas Ø 5x10cm.000 0. DNER-ME046.30 RPM 830-1880 PESO(kg) 2. pá em aço inoxidável com sistema de engate rápido.300 I-3010 VOLTAGEM Trifásica 220 ou 380 Seção D Secao . Com duas velocidades. com sistema de proteção para o motor e sistema de entrada de água para refrigeração do disco.7680. Posicionador pneumático para regular a espessura do corte. ASTM C-1252 PALAVRA-CHAVE: Forma.D . Peso: 55. Mancais blindados com rolamentos. retífica Aparelho retificador de Corpo de Prova cilíndrico de Concreto Ø 10x20cm ou Ø 15x30cm.Cimento e Argamassa –v3.00 – Português Pág. Provido de disco diamantado e fixação manual pneumática. CODIGO I-3010-A I-3010-B COMPONENTES CUBA CAPACIDADE 5 LT. 5738.0. O misturador de argamassa foi desenvolvido para proporcionar uma mistura homogênea e aplica-se em ensaios de Cimento e Argamassa. 10 BAR WATTS 1125 HZ 50/60 RPM 3370 ARGAMASSADEIRA ELETRO-MECÂNICA I-3010 NBR NM 52. argamassa Argamassadeira capacidade 5 Litros para laboratório (misturadora de argamassa). por meio de um rebolo abrasivo diamantado. enxofre. Peso: 96. eliminando assim o uso de enxofre e outros produtos químicos. 8045.00 Kg.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas I-3064 RETIFICADOR DE CORPOS DE PROVA NBR 12767.

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Cimento e Argamassas

I-3003-H

ADERÍMETRO, APARELHO PARA ARRANCAMENTO E MEDIÇÃO DE ADERÊNCIA HIDRÁULICO MANUAL COM MANÔMETRO NBR 14084, 14083, 13528 PALAVRA-CHAVE: Aderímetro, aderência, assentamento, arrancamento, resistência

Aparelho (Aderímetro) para arrancamento e medição da aderência em Argamassas. Funciona com um sistema hidráulico manual com leitura manométrica, sem controle de carregamento. Capacidade de 1000Kgf, disponível também na versão digital. Acompanham placas com dimensões de: 50x50mm, 100x100mm e Ø 50mm.
CODIGO
I-3003-H

VERSÕES
ADERÍMETRO, APARELHO PARA ARRANCAMENTO E MEDIÇÃO DE ADERÊNCIA HIDRÁULICO MANUAL COM MANÔMETRO ADERÍMETRO, APARELHO PARA ARRANCAMENTO E MEDIÇÃO DE ADERÊNCIA HIDRÁULICO MANUAL DIGITAL

PESO(kg)
11,000

I-3003-H

I-3003-AB

10,800

CODIGO
I-3003-Q I-3003-K I-3003-L I-3003-J

COMPONENTES
PLACA DE 50X50MM PLACA DE 100X100MM PLACA REDONDA Ø 50MM ESTOJO DE MADEIRA

I-3003-O

ADERÍMETRO, APARELHO PARA ARRANCAMENTO E MEDIÇÃO DE ADERÊNCIA ELETRÔNICO NBR 14084, 14083, 13528 PALAVRA-CHAVE: Aderímetro, aderência, assentamento, arrancamento, resistência

Aparelho (aderímetro) para arrancamento e medição da aderência em Argamassas. Funciona com um sistema de controle Carregamento Progressivo Automático – CPA. Capacidade de 1000 kgf. Possui indicações, do incremento e da leitura da carga, com memória. Acompanham placas com dimensões de: 50x50mm, 100x100mm e Ø 50mm.
I-3003-O I-3003-M
BIVOLTS Monofásico 110 ou 200 HZ 50/60 HP 0,2 WATTS

CODIGO
I-3003-O I-3003-M

VERSÕES
ADERÍMETRO, APARELHO MEDIÇÃO DE ADERÊNCIA ADERÍMETRO, APARELHO MEDIÇÃO DE ADERÊNCIA SOFTWARE PARA ARRANCAMENTO E ELETRÔNICO PARA ARRANCAMENTO E ELETRÔNICO COM

PESO(kg)
11,000 11,000

150

OBS: O software que acompanha o produto I-3003-M permite a monitoração dos ensaios, com cadastramento de amostras, traçado de gráficos, armazenamento de dados e emissão de relatórios.

CODIGO
I-3003-Q I-3003-K I-3003-L I-3003-J

COMPONENTES
PLACA DE 50X50MM PLACA DE 100X100MM PLACA REDONDA Ø 50MM ESTOJO DE MADEIRA

FURADEIRA C-3003-V PALAVRA-CHAVE: Furar, Serra, resistência, aderímetro, aderência, arrancamento

Furadeira profissional para alivio em volta da placa de aço nos ensaios de arrancamento, com serra copo Ø 50,3mm.
BIVOLTS Monofásica 110/220 HZ 50/60 WATTS 500

C-3003-V

6 Seção D
Secao - D - Cimento e Argamassa –v3.00 – Português

Pág. 6

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Cimento e Argamassas

C-3003-M SERRA COPO PARA FURADEIRA PALAVRA-CHAVE: Furar, Serra, resistência, aderímetro, aderência, arrancamento

Coroa (serra copo) para furadeira, especial para alivio em volta da placa de aço nos ensaios de resistência ao arrancamento de argamassas. Possui saída de 3/8” para instalação na furadeira.
CODIGO C-3003-M
C-3003-N C-3003-M

VERSÕES
SERRA COPO WIDIA DE 50,3MM SERRA COPO DIAMANTADA DE 50,3MM

PESO PADRÃO PARA ADERÍMETRO NBR 14083, 14085 PALAVRA-CHAVE: Aderímetro, aderência, arrancamento

O Peso padrão permite a preparação de amostras no ensaio de arrancamento.
CODIGO
I-3003-Y I-3003-Z

VERSÕES
PESO PADRÃO DE 20N COM 50MM DE LADO (NBR 14083) PESO PADRÃO DE 50N COM 100MM DE LADO (NBR 14085)

PESO(KG)
2,000 5,000

I-3003-Y

C-3003-AD SERRA PORTÁTIL TIPO MAKITA PALAVRA-CHAVE: Serra, resistência, aderímetro, aderência, arrancamento

Serra portátil tipo Makita. Esta ferramenta se usa para a preparação de Corpos de Prova em ensaios de resistência ao arrancamento com placas quadradas. Usa discos diamantados de até 11cm.
VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 HZ 50/60 WATTS 1400

C-3003-AD

I-3004 VICAT COMPLETO PARA CIMENTO NBR NM 65, 43; NBR 12128, 11581, 11580, 10906 PALAVRA-CHAVE: Vicat, determinador, endurecimento, cimento

Aparelho tipo Vicat para determinação do tempo de inicio e fim de pega do Cimento. Fabricado em ferro fundido com base emborrachada. Acompanha molde de nylon 80x70x40 mm, placa de vidro 100x100mm, agulhas para inicio e fim de pega e sonda Tetmajer para determinação da consistência normal. Peso: 2,93 Kg
CODIGO
I-3004-A I-3004-F I-3004-D I-3004-B I-3004-I I-3004-C C-3004-K

COMPONENTES
AGULHA DE VICAT PARA INICIO DE PEGA AGULHA DE VICAT PARA FIM DE PEGA SONDA DE TETMAJER MOLDE Ø 80X40MM MOLDE CÔNICO Ø 70X80X40MM DE NYLON MOLDE CÔNICO Ø 70X80X40MM METÁLICO PLACA DE VIDRO LISA 100X100MM

PESO(kg)
0,003 0,003 0,040 0,220 0,350 0,830 0,150

I-3004

VICAT AUTOMÁTICO ELETRÔNICO C-3004-E NBR NM 43; NBR 11581 PALAVRA-CHAVE: Vicat, determinador, endurecimento, cimento

Penetrômetro, aparelho de Vicat automático para determinação do tempo de inicio e fim de pega do Cimento automatizado. As penetrações são realizadas sem a intervenção de operador. O molde fica sobre uma plataforma giratória em espiral, isto garante que o ensaio nunca ocorra no mesmo ponto. O intervalo de tempo entre os ensaios pode ser configurados entre 30 segundos e 30 minutos. Peso: 5,00 Kg
C-3004-E

Seção D
Secao - D - Cimento e Argamassa –v3.00 – Português

Pág. 7 7

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Cimento e Argamassas

I-3003-G

APARELHO PARA MEDIR RETENÇÃO DE ÁGUA EM ARGAMASSAS (Método do funil de Buchner) NBR 9287, 9290, 10906 PALAVRA-CHAVE: Retenção, medição

Aparelho para medir retenção de água em Argamassas. Composto por funil de Buchner modificado Ø 20 cm, frasco kitazato com saída superior, manômetro e tubo em “U”, suporte e mangueiras para a determinação da retenção de água. Peso: 3,30 Kg Opcionalmente é oferecida a bomba de vácuo.
I-3003-G C-1049 CODIGO
C-1049

OPCIONAIS
BOMBA DE VÁCUO E AR COMPRIMIDO, CAPACIDADE 37 LT/MIN

PESO(kg)
17,60

I-3003-I

APARELHO PARA MEDIR RETENÇÃO DE ÁGUA (Método do Cilindro)

NBR 13277 PALAVRA-CHAVE: Retenção, Método, cilindro, medição

Aparelho para medir retenção de água em Argamassas. Fabricado em aço com tratamento anti-corrosivo composto por molde, placa e peso de 2 Kg. Peso: 3,10 Kg

I-3003-I

FRASCO DE LÊ CHATELIER NBR NM 23; DNER-ME 085 PALAVRA-CHAVE: Peso específico, de Lê Chatelier

Frasco de Lê Chatelier para a determinação do peso específico do Cimento ou outros materiais finos. Peso: 0,42 Kg
CODIGO
C-4032 C-4032-A

VERSÕES
FRASCO DE LÊ CHATELIER DE 250 ML FRASCO DE LÊ CHATELIER DE 500 ML

C-4032

C-4032-A

I-3029 AFERIDOR DE AGULHAS DE LÊ CHATELIER NBR 11582 PALAVRA-CHAVE: Calibração, medição de expansão, Lê Chatelier

Aparelho aferido da agulha de Lê Chatelier, estruturado por suporte e peso padrão para verificação da calibração de agulha de Lê Chatelier. Peso: 1,600 Kg A agulha de Lê Chatelier é usada para ensaio de expansão em Cimento e Cal.
CODIGO I-3029
I-3009 C-3009-A I-3009-A

COMPONENTES DO ENSAIO E ACESSÓRIOS
AGULHA DE LÊ CHATELIER PLACA DE VIDRO 50X50MM ESTOJO DE MADEIRA

PESO(kg)
0,150 0,100 0,400

BANHO DE ÁGUA I-2065 NBR NM 23 PALAVRA-CHAVE: Banho de água

Banho de água capacidade 10 Litros. Usado em ensaios para determinação de massa específica do cimento, com controle de temperatura.
I-2065
VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 HZ 50/60

8 Seção D
Secao - D - Cimento e Argamassa –v3.00 – Português

Pág. 8

Suas paredes internas são revestidas com material isolante. Peso: 32.5mm.00 Kg I-2065-A I-2065-B TANQUE PARA BANHO EM FRASCOS DE LÊ CHATELIER. aquecedor. 9287.00 Kg CODIGO I-3019 I-3019-B VERSÕES MESA DE FLUIDEZ (FLOW TABLE) PARA CIMENTO. Peso: 30.350 0. Acompanha molde tronco cônico de 125x80x65mm.200 I-3019-C Seção D Secao . 7215 PALAVRA-CHAVE: Mesa. agitador. temperatura. Fabricado em caixa de madeira com tampa e revestimento interno de isopor para manter a temperatura (sem aquecimento). homogeneidade I-2065-B Desenvolvido para assegurar a uniformidade da temperatura durante o ensaio na determinação da massa específica do Cimento Portland. banho. banho. Capacidade para até 6 frascos de Lê Chatelier de 250ml ou 500ml. Trata-se de um reservatório termo regulador para garantir a temperatura constante aos frascos de Lê Chatelier. 10906. O reservatório contém sistema de aquecimento e de homogeneização térmica. ELETRICA PESO(kg) 32.890 0.5mm. Podem ser colocados até 6 frascos.350 0. consistência. 600MM PESO(kg) 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas I-2065-A TANQUE PARA BANHO EM FRASCOS DE LÊ CHATELIER. DNER-ME 082 PALAVRA-CHAVE: Tanque. fabricada em ferro fundido com tampo de baixa rugosidade. DNER-ME 082 PALAVRA-CHAVE: Tanque. com molde cônico em alumínio com dimensões de 70x100x60mm. FLOW TABLE Mesa para medição de consistência de Argamassa manual ou elétrica. Com Ø de 300mm.700 0. consistência.00 – Português Pág. 600MM PESO(kg) 0. regulador.D . altura de queda 12.00 47. MANUAL MESA DE FLUIDEZ (FLOW TABLE) PARA CIMENTO.10 Kg VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 1500 HZ 50/60 MESA DE FLUIDEZ (FLOW TABLE) PARA CIMENTO NBR 13276. Com Ø de 500mm.5°C durante o ensaio. 973. fabricada em ferro fundido com tampo de baixa rugosidade. 9207.00 Kg CODIGO I-3019-D I-3003-B C-4072-A OPCIONAIS/REPOSIÇÃO MOLDE TRONCO CÔNICO (70x100x60MM) SOQUETE PARA ARGAMASSA RÉGUA MILIMETRADA. temperatura Banho para frascos de Lê Chatelier. para garantir a mesma temperatura do ambiente. COM HOMOGENEIZAÇÃO TÉRMICA NBR NM 23. FLOW TABLE Mesa para consistência de Argamassa Refratária manual. através da recirculação contínua da água. 9290. uniformidade. com variação máxima de ±0.Cimento e Argamassa –v3. altura de queda de 12.00 I-3019 CODIGO I-3019-A I-3003-B C-4072-A OPCIONAIS/REPOSIÇÃO MOLDE TRONCO CÔNICO (125X80X65MM) SOQUETE PARA ARGAMASSA RÉGUA MILIMETRADA.200 I-3019-C MESA DE FLUIDEZ (FLOW TABLE) MANUAL PARA ARGAMASSA REFRATÁRIA NBR 13320 PALAVRA-CHAVE: Mesa. 9 9 . Peso: 18. SEM AQUECIMENTO NBR NM 23. Peso: 3.

00 – Português Pág.500 Kg CODIGO I-4042 I-4042-D C-4042-E I-4042-F C-4042-H I-4042-G C-4042-B C-4034 C-4042-A I-4042-C C-3032 COMPONENTES PISTÃO PARA EMBOLO ÓLEO. permeabilidade. cimento Bico de aspersão para determinar a finura do Cimento e outros materiais em pó. precisão 0. superfície específica.02 pH e resolução de 0.001mm. Sistema formado por registro.200Kg Dimensões: 135x60x33mm C-4137 10 Seção D Secao . Acondicionado em estojo de madeira e composto por: tubo em “U”. determinador. 10 . conexão e bocal. 9773. Peso: 0. PH Medidor de PH digital Portátil.01 pH. líquido manométrico colorido.750 CODIGO I-3045-B REPOSIÇÃO BARRA PADRÃO I-3045 I-4042 BLAINE APARELHO COMPLETO NBR NM 76. Escala de trabalho é de 0a 14 pH. finura Aparelho para determinação da superfície específica do cimento. 8490 PALAVRA-CHAVE: Variação. manômetro. isolada no ponto de manipulação. FRASCO 130 GRAMAS I-3067 BICO DE ASPERSÃO PARA DETERMINAÇÃO DA FINURA EM CIMENTO NBR 9202 PALAVRA-CHAVE: Determinador. vazador e pipetador de borracha de 3 vias. com barra padrão de pouca variabilidade térmica.D . papel filtro. utilizando a peneira 0. ideal para medições em campo. Este aparelho permite realizar os ensaios de expansibilidade em Cimentos. CODIGO I-3045 I-3045-A VERSÃO COMPARADOR DE EXPANSIBILIDADE ANALÓGICO COMPARADOR DE EXPANSIBILIDADE DIGITAL PESO(kg) 1. expansibilidade Comparador de expansibilidade e retração com resolução de 0.045mm. FRASCO COM 150 ML DISCO PERFURADO (TELA) PAPEL FILTRO PARA EMBOLO (500 UNIDADES) VAZADOR DE 10MM PARA PAPEL FILTRO TUBO DE VIDRO EM “U” FUNIL DE VIDRO 5CM SERINGA DE BORRACHA ESTOJO DE MADEIRA AMOSTRA PADRÃO DE CIMENTO PARA CALIBRAÇÃO. Possui display de cristal Líquido (LCD) 3 ½ dígitos e Interface serial RS-232. Peso: 4.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas COMPARADOR DE EXPANSIBILIDADE NBR 13583.750 1.Cimento e Argamassa –v3. I-3067 MEDIDOR DE PH DIGITAL PORTÁTIL C-4137 PALAVRA-CHAVE: Medições. Blaine. embolo de permeabilidade com pistão de sacamento e disco perfurado. NBR 7224 PALAVRA-CHAVE: Permeabilímetro . finura.

5mm x Espessura 2 +/. válvulas. Peso: 0. Acompanha tripé.10 Kg I-3030 I-3028-B MEDIDOR DE AR INCORPORADO À ARGAMASSA EN 113-2.Cimento e Argamassa –v3. presométrico Copo em aço inoxidável capacidade 400ml e Ø 8x8cm para a determinação do teor de ar incorporado em ensaios de Argamassa. manômetro e acessórios. Fornecido: 01 Eletrodo de vidro p/ medir pH em soluções aquosas. CRS-80.01pH. índice de fluidez Funil para viscosidade (cone) Marsh com tripé. cabo RS-232 e manual de instruções. bomba de ar.1mm. fabricado em aço com tratamento anticorrosivo.01pH e precisão de ± 0. 459-2. Composto por vaso presométrico de 01 litro. soluções tampão pH 7.0. laboratório C-4136 Medidor de PH micro processado de bancada. suporte para eletrodo e sensor de temperatura. Temperatura de 0° a 100°C. funil. com resolução de 0. proveta e haste de madeira Peso: 2. ar incorporado. CAPACIDADE 400 ML NBR 10906 PALAVRA-CHAVE: Ar incorporado. Opcional: Saída analógica para registrador gráfico e cabo USB mod. Possui interfase RS-232.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas C-4136 MEDIDOR DE PH MICRO PROCESSADO DE BANCADA PALAVRA-CHAVE: Medições. sensor de temperatura em aço inox. para ensaios de pasta de Cimento.5mm x Altura 12 +/0. determinador. PH. Peso: 5.00. DIN 18555 PALAVRA-CHAVE: Determinador. cimento. O conjunto completo é acondicionado em estojo de madeira. Escala de 0 a 14pH. para medições em laboratório.28 Kg CODIGO I-3028-B I-3028-D I-3028-A OPCIONAIS MANÔMETRO PARA MEDIDOR DE AR INCORPORADO ESTOJO DE MADEIRA I-3028-C COPO DIÂMETRO 8X8CM EM AÇO INOXIDÁVEL.00 e 4. 11 .200 Kg I-3003-S Seção D Secao .00 – Português 11 Pág.D . Possui display de cristal Líquido (LCD). I-3030 FUNIL PARA VISCOSIDADE MARSH NBR 7682 PALAVRA-CHAVE: Viscosidade. presométrico Medidor de ar incorporado pelo método presométrico em Argamassas.300 Kg I-3028-C I-3003-S COPO CILÍNDRICO NÃO CORROSÍVEL NBR 14992 PALAVRA-CHAVE: COPO NÃO CORROSÍVEL Copo cilíndrico em aço inoxidável Ø 42 +/. Peso: 0.

capacidade para 8 (oito) peneiras de ∅ 8x2” ou 17 (dezessete) peneiras de ∅ 8x1” mais fundo e tampa.300 0. Peso: 39.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas PENEIRAS ALPINE NBR ISO NM 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras. Dispomos opcionalmente de dispositivo para uso das peneiras ∅ 200mm. PESO: 0. granulometria Peneirador Eletromagnético de bancada. Alpine Peneiras para peneirador a vácuo tipo Alpine. FRASCO 130 GRAMAS 8 16 30 50 70 100 120 140 170 200 230 270 325 400 FUNDO TAMPA DE ACRÍLICO TRANSPARENTE 2.090 0. 300mm.070 0. Fabricadas em aço inoxidável.150 0.00 – Português Pág.00 Kg BIVOLTS Monofásico 110/220 I-1016-B WATTS 100 HZ 50/60 12 Seção D Secao .36 1.212 0. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0. peneira.18 0.125 0.Cimento e Argamassa –v3.600 0. granulométricas.106 0.075 0.038 Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC. para ensaios de laboratório.053 0. marca PAVITEST.045 0.063 0. eletromagnético.D . Possui timer digital para controlar eletronicamente o tempo (até 99 minutos) e freqüência de vibração. 12 . com rebaixo e caixilho Ø 200x30mm.5MM PARA VEDAÇÃO ENTRE A TAMPA E A PENEIRA ANEL O´RING 200X3MM PARA VEDAÇÃO ENTRE A PENEIRA E O PENEIRADOR AMOSTRA DE CIMENTO PARA CALIBRAÇÃO. 3” e 5”.500 Kg PENEIRAS ALPINE EM AÇO INOXIDÁVEL CODIGO I-3066-8 I-3066-16 I-3066-30 I-3066-50 I-3066-70 I-3066-100 I-3066-120 I-3066-140 I-3066-170 I-3066-200 I-3066-230 I-3066-270 I-3066-325 I-3066-400 I-3066-B I-3066-A ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) C-3066 CODIGO I-3066-C I-3066-D C-3032 ACESSÓRIOS ANEL O´RING 182X195X6.060 I-1016-B PENEIRADOR ELETROMAGNÉTICO PALAVRA-CHAVE: Peneirador.

30 0. 9287.60 0. Peso: 25.00 – Português 13 Pág. 13276. 13280. o corte pode ser longitudinal ou transversal. com alças para uso na preparação de amostras (MB1). 30.15 disponível nas faixas de C-4083 Seção D Secao . amostras Areia normal brasileira ensacada. Argamassas. Rochas e Corpos de Prova em Concreto. 50 e 100. C-3024 SOQUETE PARA ARGAMASSAS I-3003-B NBR 7215. Dimensões (ALP): 1500x800x1000mm CODIGO C-3056-A REPOSIÇÃO DISCO DIAMANTADO Ø 18” WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 PESO(KG) 0. Dependendo da posição da amostra. 9773.400 I-3056 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 TACHO PARA PREPARO DE AMOSTRA (MB-1) C-3024 NBR 7215 PALAVRA-CHAVE: Preparação. 7215 PALAVRA-CHAVE: Preparação. 13278. com disco diamantado de Ø 18” que alcança uma profundidade de corte até 160mm. Com dimensões de Ø28xØ21x11cm de altura. NM 69 PALAVRA-CHAVE: Corte. abertura: 16. Peso: 0. 13 .CATÁLOGO DE PRODUTOS Cimento e Argamassas I-3056 SERRA CIRCULAR NBR 12767. 8384. cimento Serra Circular para corte de Materiais Cerâmicos. 10906. Possui sistema de refrigeração por fluxo de água regulável. diamantado.D . fabricado em aço zincado para uso de preparação de amostras. amostras Soquete para Argamassas (MB-1).350 Kg I-3003-B C-4083 AREIA NORMAL NBR 7214. 9777. amostras. serra.Cimento e Argamassa –v3.20 0. MB-1 Tacho para preparo de amostras em chapa de alumínio. 13279.00 Kg NORMA NBR 7214 Número 16 30 50 100 ABERTURA Nominal (mm) 1. 5751 PALAVRA-CHAVE: Preparação. 9207. disco. materiais Betuminosos.

Gesso Aparelho para determinação da massa unitária do Gesso. I-3067-A I-3066 CONJUNTO PARA DETERMINAÇÃO DA MASSA UNITÁRIA DO GESSO NBR 12127 PALAVRA-CHAVE: Peso específico. Peso: 2.950 Kg CODIGO C-3004-K I-3004-J I-3004-L COMPONENTES PLACA DE VIDRO DE 100X100MM MOLDE CÔNICO Ø 70X60X40MM METÁLICO CONE PARA ENSAIOS DE GESSO. conexão e bocal.080 I-3004-H I-3067-A BICO DE ASPERSÃO PARA DETERMINAÇÃO DA FINURA EM CAL NBR 9289 PALAVRA-CHAVE: Aspersão. Peso: 1.040 I-3004-G VICAT MODIFICADO PARA GESSO I-3004-H NBR 12128 PALAVRA-CHAVE: Vicat. Fabricado em ferro fundido com base emborrachada. consistência. manômetro. placa de vidro e peso do sistema móvel (35 gramas). Composto por funil.300 0.Cal e Gesso –v3. tripé e recipiente de 1000ml. Cal Aparelho tipo Vicat modificado para determinação da consistência normal de Cal. NBR 12128 PESO(kg) 0. cone de penetração para gesso. 14399. Fabricado em ferro fundido com base emborrachada. Sistema formado por registro. finura.100 Kg I-3066 Seção E Secao . ASTM C-187 PALAVRA-CHAVE: Vicat.150 0. Gesso Aparelho tipo Vicat modificado para determinação da consistência normal do Gesso. 1 . consistência. 1 Pág.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cal e Gesso I-3004-G VICAT MODIFICADO PARA CAL NBR 9206. Peso: 2. peneira 2mm. Acompanha molde de nylon 70x60x40 mm.E . Acompanha molde de nylon 70x60x40mm.00 – Português Pág. Cal Bico de aspersão para determinação da finura da Cal hidratada a través do método de peneiramento a úmido da Cal.300 0.930 Kg CODIGO I-3004-M I-3004-D COMPONENTES MOLDE CÔNICO Ø 70X60X40MM DE NYLON (ASTM C-187) SONDA DE TETMAJER PESO(kg) 0. sonda de Tetmajer e peso do sistema móvel (30 gramas).

E . de Lê Chatellier Aparelho aferidor de agulhas de Lê Chatellier.400 Seção E Secao . estruturado por suporte e peso padrão para verificação da calibração de agulha de Lê Chatellier.150 0. CODIGO I-3029 I-3009 C-3009-A I-3009-A COMPONENTES DO ENSAIO E ACESSÓRIOS AGULHA DE LÊ CHATELLIER PLACA DE VIDRO 50X50MM ESTOJO DE MADEIRA PESO(kg) 0. 2 Pág.Cal e Gesso –v3.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cal e Gesso I-3029 AFERIDOR DE AGULHAS DE LÊ CHATELLIER NBR 11582 PALAVRA-CHAVE: Calibração.00 – Português Pág. medição de expansão.100 0. Peso: 1. 2 .600 Kg A agulha de Lê Chatellier é usada para ensaio de expansão em Cimento e Cal.

materiais Betuminosos. Podem ser ensaiados 2 Corpos de Prova simultaneamente. de maneira que a cada rotação desta tenha-se percorrido uma distância de (200±2)cm. Provida de disco diamantado de Ø 18” que alcança uma profundidade de corte até 150mm. eletrônico. • Possibilita a rotação da pista de desgaste em torno de um eixo vertical.02) PM. (pista de desgaste) de dureza Brinell entre 160 e 190. 12042 PALAVRA-CHAVE: Abrasão. Rochas e Corpos de Prova em Concreto. Dimensões (ALP): 1500x800x1000mm CODIGO C-3056-A REPOSIÇÃO DISCO DIAMANTADO Ø 18” WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 PESO(KG) 0. o corte pode ser longitudinal ou transversal. • Provido de escovas de cerdas macias. Amsler. em posições diametralmente opostas em relação ao eixo vertical do equipamento. NM 69 PALAVRA-CHAVE: Corte. que direcionem o abrasivo para a parte da pista de desgaste em contato com os corpos-de-prova.F . • Provido de contador automático do número de voltas da pista de desgaste.3mm) conforme NBR 7214) e dispositivo que possibilita a regulagem da vazão. desgaste Abrasímetro Amsler. cerâmicas. com superfície plana e lisa. • Provido de dois funis para armazenar o abrasivo (areia seca número 50 (0. • Permite aplicar uma carga variável sobre cada corpo-deprova. 8384. Argamassas. Rochas ou outros materiais inorgânicos.400 I-3056 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 I-4212 ABRASÍMETRO AMSLER NBR 6481.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cerâmicas e Refratários I-3056 SERRA CIRCULAR NBR 12767.00 Kg 1 Seção F Seção . com velocidades de (30±1) RPM. Características técnicas • Provido de um anel de ferro fundido. MB 3379. disposto horizontalmente. com velocidade de (0. serra. com diâmetro externo de (800±5)mm e largura de (160±2)mm. Dependendo da posição da amostra.Português Pág. • Provido de sapatas de acoplamento que mantêm os corpos-de-prova em contato com a pista de desgaste. I-4212 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 1500 HZ 50/60 HP 2 Peso: 235.00 .Cerâmicas e Refratários – v3.6±0. • Possibilita a rotação de corpos-de-prova em torno do seu próprio eixo perpendicular à superfície de uso. Possui sistema de refrigeração por fluxo de água regulável. cerâmica Serra para corte de materiais cerâmicos Refratários. 1 . Máquina para medir o desgaste por abrasão em materiais Cerâmicos. automático. o centro geométrico dos corpos-de-prova deve estar posicionado à meia largura da pista de desgaste.

vigotas HD-200T VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 50/60 WATTS 2250 HP 3 Prensa elétrica servo-controlada HD-200T.00 . tijolos. Opcionalmente fornecemos software para ensaios específicos em argamassas refratárias. simultaneamente com a execução do ensaio. com hélice de 120 mm. bomba a vácuo e regulador de velocidade. CAPACIDADE 150T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. 7680. Fornecida com um cortador manual regulável montado sobre a mesa.F . CAPACIDADE 200T NBR 10955. ainda dispõe de grade protetora para evitar acidentes. 11222 PALAVRA-CHAVE: Rompimento. 8522. comandada pelo computador. eletrônica digital. em um pino sobre o qual gira todo o conjunto a fim de facilitar a troca de boquilha. CAPACIDADE 120T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. 6224.Cerâmicas e Refratários – v3. com dispositivos para rompimento de blocos Cerâmicos e Refratários. DNER-ME091. Concretos. válvula reguladora de vazão do incremento de carga. cerâmicas. materiais Rochosos. Tijolos. carga x deslocamento. 7186. hidráulica. capacidade 100T. Caracterizase por ter uma fácil manutenção. maromba C-4220 Extrusora (Maromba) para materiais cerâmicos. compressão. cerâmicas. 12042 PALAVRA-CHAVE: Telhas. cerâmicas. 6113.Português Pág. 5739. 2 . emissão de relatórios (laudos). CODIGO HD-120T HD-150T HD-200T VERSÕES PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. O sistema de leitura possui memória da carga máxima de 4 dígitos. porém a pedido pode ser fornecida com variador de velocidade. CAPACIDADE 200T 2 Seção F Seção . micro-processada para ensaios de resistência a compressão de blocos Cerâmicos. bloco estrutural. Com sistema de pratos para compressão. flexão em vigotas de cerâmica.00 Kg Dimensões: 2080x660X1400 mm VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 3000 HZ 50/60 HP 4 I-3025-B PRENSA ELÉTRICA 100 TN. flexão. VOLTAGEM Trifásico WATTS 2250 HZ 60 HP 3 I-3025-B 220 ou 380 HD-200T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. capacidade de 200 toneladas. software específico para os ensaios acima mencionados. 6224. Peso: 450. 12142. Tem uma capacidade de produção de 200 Kg/h e pressão de trabalho 28 Kg/c². OBS: Este equipamento é fornecido com velocidade fixa de 32rpm. tijolos Prensa elétrica. 11222. além de serem aptas para extrusão de peças cerâmicas em escala reduzida. Argamassas refratárias. deslocamento x tempo diretamente no vídeo ou impressora. compressão. 12767. Projetada especialmente para laboratórios cerâmicos e centros de pesquisa. Inclui mesa.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cerâmicas e Refratários C-4220 EXTRUSORA PARA LABORATÓRIO DE CERÂMICA ABNT MB 3379. ELETRÔNICA DIGITAL NBR 10955. etc. cuja variação de giro da hélice 6 a 40rpm. inclusive traçando o gráfico carga x tempo. resistência. armazenamento de dados. Com cadastramento de amostras. 6113. MN 101 PALAVRA-CHAVE: Rompimento. extrusão.

Peso: 54. 40T NBR 8890. com célula de carga. determinador. Peso: 84. NBR 8045. cerâmicas Prensa elétrica para determinação da carga de ruptura a flexão de telhas cerâmicas tipo colonial. prensa Este dispositivo permite a compressão em blocos Cerâmicos. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 50/60 RPM 1725 HP 3 I-3023-B I-3031 DISPOSITIVO PARA COMPRESSÃO EM BLOCOS PALAVRA-CHAVE: Compressão. Composto por duas placas robustas com espessura de 50mm para uso nas prensas. pan. 5738. A placa com rótula é colocada na parte superior da prensa. tubos. nos modelos: Paulista. Romana (Italiana). Francesa.20x1. rompimento Prensa hidráulica elétrica digital (4 dígitos) para ensaios de compressão diametral em tubos de Concreto ou Cerâmicos com diâmetro de 1. fabricado em aço zincado. diametral. Capacidade 500Kgf. cerâmicas.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cerâmicas e Refratários I-3022-D PRENSA ELÉTRICA PARA RUPTURA NA FLEXÃO DE TELHAS NBR 6468.00 . e a outra placa sobreposta no prato inferior. flexão. com memória da carga máxima atingida no último ensaio. capacidade de 40T.F . ruptura.20m de cumprimento + bolsa de encaixe. 9602. com incremento de carga indicado digitalmente. DNER-ME046 PALAVRA-CHAVE: Compressão. leitor de 4 dígitos munido de memória de pico e sistema de comunicacao de RS-232. Portuguesa. 15310 PALAVRA-CHAVE: Prensa.Português Pág. telhas.00 Kg I-3022-D BIVOLTS Monofásico 110/220 WATTS 150 HZ 50/60 I-3023-B PRENSA HIDRÁULICA ELÉTRICA DIGITAL. Opcionalmente fornecemos software específicos para os ensaios acima indicados.Cerâmicas e Refratários – v3. 3 .500 Kg I-3031 3 Seção F Seção .

Peso: 5. Peso: 11. dispositivos para auxiliar a visualização da agulha (lupa e luz dirigida).Português Pág. ASTM D217 PALAVRA-CHAVE: Determinador. resistência. 6576. Fabricado com base usinada em ferro fundido. 11345. penetração Penetrômetro universal de ajuste fino (completo). marca PAVITEST.Cerâmicas e Refratários – v3. coluna de altura regulável. etc.CATÁLOGO DE PRODUTOS Cerâmicas e Refratários I-2050-E PENETRÔMETRO UNIVERSAL DE AJUSTE FINO NBR 11508.00 Kg CODIGO C-2050-C C-2050-D I-2050-A I-2050-B COMPONENTES CÁPSULA DIÂMETRO 70x45mm COM TAMPA CÁPSULA DIÂMETRO 55x35mm COM TAMPA AGULHA PARA PENETRÔMETRO CUBA DE TRANSFERÊNCIA CODIGO I-2050-F VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 OPCIONAIS CONE (CONFORME ASTM D217) WATTS 100 HZ 50/60 I-2050-H 4 Seção F Seção . Frutas. Possui controle de aproximação e retorno da agulha motorizados. acompanha o cone conforme ASTM D 217 I-2050-F CONE (CONFORME ASTM D217) I-2050-H PENETRÔMETRO UNIVERSAL AUTOMÁTICO DIGITAL NBR 11508. Frutas.00 . timer que controla a liberação e retenção da agulha.240 Kg CODIGO C-2050-C C-2050-D I-2050-A I-2050-B COMPONENTES CÁPSULA DIÂMETRO 70x45mm COM TAMPA CÁPSULA DIÂMETRO 55x35mm COM TAMPA AGULHA PARA PENETRÔMETRO CUBA DE TRANSFERÊNCIA I-2050-E OBS: Para ensaios em refratários.F . 4 . resistência. Dispõe de dispositivos especiais que permitem um ajuste fino de aproximação. ASTM D5. penetração Penetrômetro universal automático digital (completo). AASHTO T49. 11345. conseqüentemente um ensaio mais preciso. Betuminosos. etc. 6576. ASTM D5. apropriado para determinar resistência a penetração em materiais Refratários. apropriado para determinar resistência a penetração em materiais Refratários. DNER-ME003. DNER-ME003. Betuminosos. AASHTO T49 PALAVRA-CHAVE: Determinador.

CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-4198 BRITADOR DE MANDÍBULA PALAVRA-CHAVE: Britador. Sua carcaça é construída em chapas de aço soldadas e as mandíbulas e chapas de desgaste em aço manganês.057mm). marca PAVITEST. Dimensões (ALP): 1200x665x1010mm Peso: 350. Fabricado com materiais que garantem rigorosas condições de trabalho. proporcionando regulagem eficiente para obtenção de granulometrias diversas. moedor.00 Kg Veja abaixo resultados em testes de granulometria com brita Gnaisse neste equipamento. Possui uma carenagem geral. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1725 WATTS 2250 HP 3 TESTE DE GRANULOMETRIA COM O BRITADOR (I-4198) 1 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. triturador I-4198 Britador de mandíbula para laboratório. com capacidade de 500Kg/Hora garantindo máxima produção. Com a abertura mínima é possível a obtenção de materiais com 20% abaixo da peneira MESH 270 (0. moagem. 1 . o que contribui para a segurança operacional.00 – Português Pág. Granulometria de alimentação 1½“ e abertura na entrada de 110x90mm. Dispõe sistema simples e rápido de abertura da mandíbula.

quando da troca dos materiais moídos. Montado sobre uma estrutura carenada com proteção do conjunto do sistema matriz. Veja abaixo. 2 . para ensaios de laboratório de Mineração. com sistema de regulagem manual que permite o controle da finura do material moído. triturador Moinho de disco ou pulverizador elétrico de disco. permitindo a inspeção e limpeza. A câmara de moagem abre totalmente. Peso: 200. com resultados de finura menores a 400 Mesh.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-4228 MOINHO DE DISCO PALAVRA-CHAVE: Moinho. construído em chapa de aço ASTM-A36 e perfil de aço SAE-1020.00 Kg Dimensões: 690x420x1150mm VOLTAGEM Trifásico HZ 60 RPM 660 WATTS 3750 HP 5 I-4228 220 ou 380 TESTE DE GRANULOMETRIA DE BRITA GNAISSE TESTE DE GRANULOMETRIA DE MINÉRIO DE FERRO 2 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. pulverizador. evitando assim a contaminação indevida. garantindo segurança operacional. moedor. marca PAVITEST. com disco (aço manganês) de moagem de 200mm.00 – Português Pág. resultados em testes de granulometria com Brita Gnaisse e Minério de Ferro neste equipamento. moagem. Desenvolvido como um equipamento robusto. Alimentação máxima de ½”.

40 12. Acompanha panelas com diferentes aplicações com capacidades de 10. função do produto e do tempo da moagem.53 14. moedor. 3 .80 9. O equipamento tem um sistema de funcionamento com dois tipos de cargas moedoras: Barras para moagem até 10 Mesh e Bolas para moagem até 325 Mesh. Gabinete em estrutura de aço. o material é pulverizado. 100 e 250 cm³. Descarga automática do produto.063 CARGA TOTAL RESULATADO COM ESCÓRIA DE BARBACENA (6KG) MOAGEM (HRS) 8 16 24 32 % REPETIDO 24. isolada por lençol de borracha a fim de diminuir o barulho quando em operação.278 30 0.28 FINURA (MESH) 325 3 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. marca PAVITEST.117 25 0.800 Kg CARGA DE CAMPOS MOEDORES BOLAS 1.087 20 0.50. Trabalha com uma batelada de 100gr onde se consegue uma granulometria de até 400 Mesh.40 Kg RESULTADO COM ESCÓRIA DE CST (6KG) MOAGEM (HRS) 40 % REPETIDO 11. com desligamento automático.83 66.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-4227 MOINHO DE PANELA PALAVRA-CHAVE: Moinho. Trabalha com material a ser moído de até ½” e 14Kg por batelada. com altura de trabalho de 850mm. Diâmetro interno de 380x420mm para volume de 47 litros.85 21. com relógio marcador de tempo de operação.42 BARRAS % 11. moagem. Possui programador digital para controlar o número de giros e tempo de moagem. triturador I-4205 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1700 WATTS 1125 HP Moinho de bolas/barras do tipo SONNEX. Tambor em chapa dupla de aço 1045. através da porta de descarga periférica.5 Ø (mm) PESO(Kg) 40 0. Peso: 282. para pulverizar por meio de batimento centrifugo em materiais Rochosos. marca PAVITEST. Possui um sistema de trituração que utiliza uma pastilha e anel triturador que por meio de movimento axial. moagem. Peso: 230. triturador Moinho de panela ou pulverizador elétrico de panela.49 50. Sendo a obtenção da finura. Acompanha Carga de Campos Moedores. pulverizador.52 FINURA (MESH) 325 325 325 325 PESO APROXIMADO POR TIPO DE BOLA (Kg) 07. com tampa e segurança.00 – Português Pág.27 33.79 10. sem o derrame da carga moedora.93 ~ 100 Ø (mm) Qte 1”x390 CARGA TOTAL 42 66.00 Dimensões: 700x600x1100mm VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1700 WATTS 750 HP 1 I-4227 I-4205 MOINHO DE BOLAS/BARRAS PALAVRA-CHAVE: Moinho. moedor.73 15.25 9.

00 3.40 1.6 88.36 2.00 0.106 0.525 7.7 11.875 12.70 1.600 0.3/4” 1.500 0.05 15.1/2” 2” 1.063 0.1/2” I-3008-2” I-3008-1.175 5.9 76.1 31.1/2” I-3008-3” I-3008-2.8 44.090 0.180 0.425 0.00 – Português Pág.75 4.0 50.45 38.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração PENEIRAS GRANULOMÉTRICAS QUADRADAS NBR ISO NM 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras.225 19.212 0.2 63. granulometria Peneiras granulométricas quadradas para ensaios de laboratório. 4 .80 2. granulométricas.150 0.1/2” I-3008-1.4 22.5 4 5 6 7 8 10 12 14 16 18 20 25 30 35 40 45 50 60 70 80 100 120 140 170 200 230 270 325 400 FUNDO TAMPA 101.9375 6.00 1.038 PESO: 0.75 25.1/2” 1. I-3008 PENEIRAS QUADRADAS ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) 50 x 50 CM CODIGO I-3008-4” I-3008-3.1/4” I-3008-1” I-3008-7/8” I-3008-3/4” I-3008-5/8” I-3008-1/2” I-3008-7/16” I-3008-3/8” I-3008-5/16” I-3008-1/4” I-3008-1/8” I-3008-3.1125 9.710 0. Dimensões 50x50x10cm.045 0.3/4” I-3008-1.075 0.070 0.053 0. As peneiras granulométricas quadradas são fabricadas com caixilho em aço galvanizado e permitem a troca de tela.1/2” 3” 2.5 I-3008-4 I-3008-5 I-3008-6 I-3008-7 I-3008-8 I-3008-10 I-3008-12 I-3008-14 I-3008-16 I-3008-18 I-3008-20 I-3008-25 I-3008-30 I-3008-35 I-3008-40 I-3008-45 I-3008-50 I-3008-60 I-3008-70 I-3008-80 I-3008-100 I-3008-120 I-3008-140 I-3008-170 I-3008-200 I-3008-230 I-3008-270 I-3008-325 I-3008-400 I-3008-B I-3008-A 4” 3.300 0.18 1.850 0.35 3.355 0.250 0.125 0. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.500 Kg Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC.35 2.1/4” 1” 7/8” ¾” 5/8” ½” 7/16” 3/8” 5/16” ¼” 1/8” n° 3.060 4 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3.6 4.

5 C-1015-4 C-1015-5 C-1015-6 C-1015-7 C-1015-8 C-1015-10 C-1015-12 C-1015-14 C-1015-16 C-1015-18 C-1015-20 C-1015-25 C-1015-30 C-1015-35 C-1015-40 C-1015-45 C-1015-50 C-1015-60 C-1015-70 C-1015-80 C-1015-100 C-1015-120 C-1015-140 C-1015-170 C-1015-200 C-1015-230 C-1015-270 C-1015-325 C-1015-400 Ø 8”x2” C-1014-4” C-1014-3.1/4” 31.105 170 0.600 35 0.355 50 0.36 7 2.1/2” C-1015-2” C-1015-1.6 3.19 18 1.9375 ¼” 6.1/2” C-1014-2” C-1014-1. Ø 8”x1”.2 2. C-1014 ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) CAIXILHO EM AÇO Ø 300x100mm C-1086-4” C-1086-3.875 ½” 12.1/2” C-1015-1.1/4” C-1086-1” C-1086-7/8” C-1086-3/4” C-1086-5/8” C-1086-1/2” C-1086-7/16” C-1086-3/8” C-1086-5/16” C-1086-1/4” C-1086-3.1/2” C-1086-2” C-1086-1.1/2” 38.5 C-1087-4 C-1087-5 C-1087-6 C-1087-7 C-1087-8 C-1087-10 C-1087-12 C-1087-14 C-1087-16 C-1087-18 C-1087-20 C-1087-25 C-1087-30 C-1087-35 C-1087-40 C-1087-45 C-1087-50 C-1087-60 C-1087-70 C-1087-80 C-1087-100 C-1087-120 C-1087-140 C-1087-170 C-1087-200 C-1087-230 C-1087-270 C-1087-325 C-1087-400 C-1088-6 C-1088-7 C-1088-8 C-1088-10 C-1088-12 C-1088-14 C-1088-16 C-1088-18 C-1088-20 C-1088-25 C-1088-30 C-1088-35 C-1088-40 C-1088-45 C-1088-50 C-1088-60 C-1088-70 C-1088-80 C-1088-100 C-1088-120 C-1088-140 C-1088-170 C-1088-200 C-1088-230 C-1088-270 C-1088-325 C-1088-400 C-1037-C C-1037-B C-1037-A C-1088-C C-1088-B C-1088-A C-1087-C C-1087-B C-1087-A C-1015-C C-1015-B C-1015-A C-1014-C C-1014-B C-1014-A PESO: 0.060 5 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3.38 10 2. Ø 5”x2”.1/2” C-1014-3” C-1014-2.5 C-1086-4 C-1086-5 C-1086-6 C-1086-7 C-1086-8 C-1086-10 C-1086-12 C-1086-14 C-1086-16 C-1086-18 C-1086-20 C-1086-25 C-1086-30 C-1086-35 C-1086-40 C-1086-45 C-1086-50 C-1086-60 C-1086-70 C-1086-80 C-1086-100 C-1086-120 C-1086-140 C-1086-170 C-1086-200 C-1086-230 C-1086-270 C-1086-325 C-1086-400 C-1086-450 C-1086-500 C-1086-635 C-1086-C C-1086-B C-1086-A C-1037-3.210 80 0.9 3” 76.020 FUNDO INTERMEDIÁRIO FUNDO TAMPA C-1087-5/8” C-1087-1/2” C-1087-7/16” C-1087-3/8” C-1087-5/16” C-1087-1/4” C-1087-3.1/2” 88.425 45 0. granulométricas.05 5/8” 15.500 Kg Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC.710 30 0.8 1.3/4” 44.45 1.125 140 0.1/2” 63.00 – Português Pág.070 0.062 270 0.1/2” C-1015-3” C-1015-2. 5 .225 ¾” 19.1/2” C-1086-1.177 100 0.00 12 1.297 60 0.500 40 0.037 450 0.5 C-1037-4 C-1037-5 C-1037-6 C-1037-7 C-1037-8 C-1037-10 C-1037-12 C-1037-14 C-1037-16 C-1037-18 C-1037-20 C-1037-25 C-1037-30 C-1037-35 C-1037-40 C-1037-45 C-1037-50 C-1037-60 C-1037-70 C-1037-80 C-1037-100 C-1037-120 C-1037-140 C-1037-170 C-1037-200 C-1037-230 C-1037-270 C-1037-325 C-1037-400 Ø 3”x1” Ø 3”x2” Ø 5”x2” Ø 8”x1” C-1015-4” C-1015-3.1 1.149 120 0.088 200 0.025 636 0.1/2” C-1086-3” C-1086-2.1/2” C-1014-1.76 5 4.1/4” C-1014-1” C-1014-7/8” C-1014-3/4” C-1014-5/8” C-1014-1/2” C-1014-7/16” C-1014-3/8” C-1014-5/16” C-1014-1/4” C-1014-1/8” C-1014-3.83 8 2. Ø 3”x1”.175 n° 3.68 14 1.3/4” C-1086-1.250 70 0. granulometria Peneiras granulométricas redondas para ensaios de laboratório.75 1” 25. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.032 500 0. 3”x2”.525 5/16” 7.1/4” C-1015-1” C-1015-7/8” C-1015-3/4” C-1015-5/8” C-1015-1/2” C-1015-7/16” C-1015-3/8” C-1015-5/16” C-1015-1/4” C-1015-1/8” C-1015-3.3/4” C-1014-1.1125 3/8” 9.5 5.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração PENEIRAS GRANULOMÉTRICAS REDONDAS NBR NM ISO 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras. As peneiras granulométricas redondas são fabricadas em aço inoxidável tanto seu caixilho como a malha.66 4 4.41 16 1.00 6 3.044 400 0.35 1/8” 3. Ø 8”x2”.053 325 0. disponíveis nos tamanhos: Ø 300x100mm.840 25 0.5 C-1014-4 C-1014-5 C-1014-6 C-1014-7 C-1014-8 C-1014-10 C-1014-12 C-1014-14 C-1014-16 C-1014-18 C-1014-20 C-1014-25 C-1014-30 C-1014-35 C-1014-40 C-1014-45 C-1014-50 C-1014-60 C-1014-70 C-1014-80 C-1014-100 C-1014-120 C-1014-140 C-1014-170 C-1014-200 C-1014-230 C-1014-270 C-1014-325 C-1014-400 CODIGO 4” 101.0 2” 50.3/4” C-1015-1.074 230 0.4 7/8” 22.00 20 0.7 7/16” 11.

Peso: 39. amostras.60 12. para peneiras de 50x50x10cm. Acompanhado com duas hastes para fixação das peneiras quadradas. Acompanham o repartidor: 3 (três) caçambas e 1(uma) pá. Dispomos opcionalmente de dispositivo para uso das peneiras ∅ 200mm.60 6. eletromagnético. com fundo e tampa.00 – Português Pág.1/2” 1” ¾” ½” ¼” 3/8” 10 12 16 16 16 20 24 PESO(Kg) 13. granulometria O repartidor de amostras é fabricado em chapa galvanizada com diversas aberturas.20 C-1022 6 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. granulometria Peneirador elétrico.00 11. vibração Peneirador Eletromagnético de bancada. granulometria.80 5. marca PAVITEST. Possui timer digital para controlar eletronicamente o tempo (até 99 minutos) e freqüência de vibração. peneira. CODIGO C-1022-B C-1022-D C-1022 C-1022-C C-1022-A C-1022-E C-1022-F VERSÕES ABERTURA # DE CALHAS 2” 1.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-3007 PENEIRADOR ELÉTRICO PALAVRA-CHAVE: Peneirador.80 13.00 Kg I-1016-B BIVOLTS Monofásico 110/220 WATTS 100 HZ 50/60 C-1022 REPARTIDOR DE AMOSTRAS COMPLETO PALAVRA-CHAVE: Repartidor. capacidade para 8 (oito) peneiras de ∅ 8x2” ou 17 (dezessete) peneiras de ∅ 8x1” mais fundo e tampa. capacidade de até 6 (seis) peneiras.20 6. 6 .00 VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 750 HZ 60 HP 1 I-3007 I-1016-B PENEIRADOR ELETROMAGNÉTICO PALAVRA-CHAVE: Peneirador. peneira. Possui controlador de tempo para programar o ensaio. marca PAVITEST. 3” e 5”. Peso: 150. 300mm.

com rodízios. Peso: 390. perfuratriz. Peso: 120. perfuração Extratora rotativa com motor de 8 HP a gasolina. perfuração Extratora rotativa com motor de 8 HP a gasolina. 7 . usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”.00 Kg.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-2026 EXTRATORA ROTATIVA COM MOTOR A GASOLINA PALAVRA-CHAVE: Extração.880 0. CODIGO C-2026-G C-2026-K C-2026-H C-2026-I C-2026-D C-2026-M C-2026-E C-2026-F I-2026-C I-2026-L I-2026-B I-2026-A I-2026-J ACESSÓRIOS AVULSOS COROA DIAMANTADA COM Ø 2” COROA DIAMANTADA COM Ø 3” COROA DIAMANTADA COM Ø 4” COROA DIAMANTADA COM Ø 6” COROA WIDIA COM Ø 2” COROA WIDIA COM Ø 3” COROA WIDIA COM Ø 4” COROA WIDIA COM Ø 6” CÁLICE COM Ø 2” CÁLICE COM Ø 3” CÁLICE COM Ø 4” CÁLICE COM Ø 6” CAVALETE PARA PERMITIR PERFURAÇÕES NA HORIZONTAL PESO(kg) 0.900 6.400 6. 3”. facilitando desta maneira o deslocamento em longas distâncias.700 32. I-2026-Q 7 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. esfriamento por água. perfuratriz.700 I-2026 Coroas Cálices Cavalete I-2026-Q EXTRATORA ROTATIVA COM REBOQUE PARA DESLOCAMENTOS DE LONGAS DISTÂNCIAS PALAVRA-CHAVE: Extração.00 – Português Pág. 3”. 4” e 6” .430 0. dispositivo acoplado para ajuste de altura do eixo e engate especial. 4” e 6” .530 0.320 0.680 0.00 Kg. Equipada com reboque projetado para transporte de tanque de água.880 5. esfriamento por água. usada para extrair Corpos de Provas de pavimentos de Asfaltos e/ou Concreto ou amostras Rochosas.400 0.510 0. Configurada com: cálice para perfurações até 400 mm de profundidade e Ø 2”.100 6.

por meio de um rebolo abrasivo diamantado. de Argamassas Ø 5x10cm. Dependendo da posição da amostra. 8384. descida e retorno automático do disco diamantado.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-3056 SERRA CIRCULAR MBR12767. Este equipamento permite retificar Corpos de Prova. 5738. Posicionador pneumático para regular a espessura do corte. com sistema de proteção para o motor e sistema de entrada de água para refrigeração do disco. Mancais blindados com rolamentos. rochas Serra para corte de Concreto. Argamassas. I-3064 CODIGO C-3064-A VOLTAGEM Trifásica 220 ou 380 OPCIONAIS DISCO DIAMANTADO WATTS 1125 HZ 60 RPM 3370 8 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. Provido de disco diamantado e fixação manual pneumática. o corte pode ser longitudinal ou transversal.00 Kg OBS: O disco diamantado é vendido por separado. eliminando assim o uso de enxofre e outros produtos químicos.400 I-3056 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 RETIFICADOR DE CORPOS DE PROVA I-3064 MBR12767. NM 69 PALAVRA-CHAVE: Corte. ou materiais Rochosos. ASTM C-1252 PALAVRA-CHAVE: retifica. 8045.7680. serra.00 – Português Pág. Dimensões (ALP): 1500x800x1000mm CODIGO C-3056-A REPOSIÇÃO DISCO DIAMANTADO Ø 18” PESO(KG) 0. retificador Aparelho retificador de Corpo de Prova cilíndrico de Concreto Ø 10x20cm ou Ø 15x30cm. com velocidade e limite de retifica controlados. 8 . materiais Betuminosos. DNER-ME046. Rochas ou Refratários. Provida de disco diamantado de Ø 18” que alcança uma profundidade de corte até 160mm. 10906. Possui sistema de refrigeração por fluxo de água regulável. Peso: 96.

CAPACIDADE 150T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. em tempo real com a execução do ensaio. 9 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. 8522. Concretos. DNER-ME091. automático. inclusive traçando o gráfico carga x tempo. CAPACIDADE 120T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. comandada pelo computador. CAPACIDADE 200T NBR12767.00 – Português Pág. Máquina para medir o desgaste por abrasão em materiais Cerâmicos. • Provido de contador automático do número de voltas da pista de desgaste. • Provido de dois funis para armazenar o abrasivo (areia seca número 50 (0. bloco estruturais. marca PAVITEST. resistência. flexão em vigotas de Cerâmica.02) PM. de maneira que a cada rotação desta tenhase percorrido uma distância de (200±2)cm. blocos Cerâmicos. 12142. compressão. carga x deslocamento. Amsler. 9 .3mm) conforme NBR 7214) e dispositivo que possibilita a regulagem da vazão. 7680. armazenamento de dados. software específico para os ensaios acima mencionados. que direcionem o abrasivo para a parte da pista de desgaste em contato com os Corpos de Prova. flexão.00 Kg • Possibilita a rotação de corpos-de-prova em torno do seu próprio eixo perpendicular à superfície de uso. 12042 PALAVRA-CHAVE: Abrasão. Rochas ou outros materiais inorgânicos.6±0. rochas HD-200T Prensa elétrica servo-controlada HD-200T. rochas. Características técnicas • Provido de um anel de ferro fundido. O desgaste por abrasão é determinado pela perda de espessura do Corpo de Prova. (pista de desgaste) de dureza Brinell entre 160 e 190. com velocidade de (0.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração HD-200T PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. disposto horizontalmente. deslocamento x tempo diretamente no vídeo ou impressora. desgaste Abrasímetro Amsler. I-4212 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 1500 HZ 60 HP 2 Peso: 235. com diâmetro externo de (800±5)mm e largura de (160±2)mm. eletrônico. emissão de relatórios (laudos). CODIGO HD-120T HD-150T HD-200T VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 VERSÕES PRENSA ELÉTRICA SERVO CONTROLADA. capacidade de 200 toneladas. 7186. Com sistema de pratos para compressão. Podem ser ensaiados 2 Corpos de Prova simultaneamente. • Possibilita a rotação da pista de desgaste em torno de um eixo vertical. em posições diametralmente opostas em relação ao eixo vertical do equipamento. com superfície plana e lisa. MN 101 PALAVRA-CHAVE: Rompimento. • Provido de sapatas de acoplamento que mantêm os Corpos de Prova em contato com a pista de desgaste. hidráulica. micro-processada para ensaios de resistência a compressão materiais Rochosos. • Permite aplicar uma carga variável sobre cada Corpo de Prova. • Provido de escovas de cerdas macias. MB 3379. com velocidades de (30±1) RPM. 5739. Com cadastramento de amostras. o centro geométrico dos Corpos de Prova deve estar posicionado à meia largura da pista de desgaste. CAPACIDADE 200T HZ 60 WATTS 2250 HP 3 I-4212 ABRASÍMETRO AMSLER NBR 6481.

cálculo do coeficiente de dilatação térmica linear.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-4215 DILATÔMETRO PARA MEDIR DILATAÇÃO TÉRMICA LINEAR NBR 12765 PALAVRA-CHAVE: Determinador. Acompanha painel de comando operacional e monitoramento do ciclo funcional. sistema de controle do incremento da temperatura desde 0oC até 60oC com taxa crescente e decrescente de 0.300 Kg CODIGO I-3063 I-3063-B I-3063-A C-4015 ACESSÓRIOS CALIBRADOR DE EXTENSÔMETRO GABARITO PARA INSTALAÇÃO EXTENSÔMETRO 10 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. traçado do gráfico da temperatura x deformação.00 Kg VOLTAGEM Mono 110 ou 220 WATTS 1500 HZ 50/60 I-3063 MEDIDOR TRIORTOGONAL PALAVRA-CHAVE: Determinador. triortogonal Este aparelho permite a medição de deslocamentos em juntas e trincas de estruturas de Concreto. computadorizado. foi desenvolvido para determinação do coeficiente de dilatação térmica linear de Rochas para revestimentos e outros materiais inorgânicos. trincas. Possui controle eletrônico. pontes e maciços Rochosos. banho ultra termostático. Peso: 1. deslocamentos. Consiste de duas pecas de aço inox dotadas de braços orientados em três direções ortogonais.01mm. equipamento micro processado de alta precisão. Também um Software específico para cadastramento das amostras. armazenamento de dados e emissão de relatórios.00 – Português Pág. controle e monitoramento da temperatura.1 oC/min. galerias. a leitura é através de um extensômetro com resolução de 0. túneis. dilatação térmica linear I-4215 Dilatômetro . Peso: 120. 10 .

1/2" SAPATA CORTANTE DE 2.900 2. COM 1 METRO E LUVA LUVA DE 2. parafuso. estudos de fundações. sondagem.340 2. 11 .00 0.600 6. sarrilho manual incorporado a estrutura para auxiliar a extração do amostrador do revestimento. 2½” C-1035-K Chifre de Bode.100 3. etc. alça e escada.700 0.180 2. (Standart Penetration Test) para sondagem leve até 30 metros.1/2" CHIFRE DE BODE DE 1" TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 2.1/2" ELEVADOR GIRATÓRIO DE 1" ELEVADOR GIRATÓRIO DE 2.960 0.100 0.1/2" CABEÇA DE BATER PARA TUBO DE 1" CRUZETA DE LAVAGEM DE 1" PESCADOR PARA TUBO DE 1" PESCADOR PARA TUBO DE 2.050 0.700 1.500 3.150 5. 2½” C-1035-C Cabeça de bater tubo.1/2" (6 pecas) HASTE DE 1" COM 2 METROS HASTE 1" COM 1 METROS LUVA DE 1" (6 pecas) TRADO TIPO IPT 4”. Tripé desmontável bipartido (2.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração C-1035 SONDA À PERCUSSÃO COMPLETA NBR 6484 PALAVRA-CHAVE: Sonda.P.100 Peso Aproximado: 670.450 0.960 65.1/2 PESO BATENTE DE 65KG CABEÇA DE BATER PARA TUBO DE 2.1/2” ABRAÇADEIRA PARA TUBO DE 1” LÂMINA DE LAVAGEM 2” MOTO-BOMBA DE 3. 2½” C-1035-B Cabeça de bater tubo. 2½” 32. perfuração de poços.510 0. solos.1/2" BICO DOCE DE 1" PIO MECÂNICO PARA MEDIR NÍVEL DE ÁGUA DIÂMETRO 7/8” SACA TUBO DE 2.600 0. 1” 35.10 8.050 4.250 0.000 1.00 1. SPT Sonda à percussão completa S.00 1.1/2".00 – Português 11 Pág.5 metros cada) com 4 pernas em tubo SCH 40 2½” com roldana de 8”.00 1.700 1.340 6.510 17.490 3.30 Kg Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3.1/2" PESO(KG) 169.000 C-1035-T Elevador giratório.5HP AMOSTRADOR SPT DE 2" BICO PARA AMOSTREADOR CABEÇOTE PARA AMOSTREADOR DE 2" TIPO SPT CHAVE DE GRIFO 18” TORQUÍMETRO ¾” COM RELÓGIO CABEÇA DO TORQUÍMETRO ¾” HASTE GUIA PARA PESO DE BATER BICO DE LAVAGEM PARA TUBO DE 2.T.350 C-1035-D Pescador para tubo. mineração. 1” C-1035-E Pescador para tubo.1/2" TREPANO DE LAVAGEM DE 2. 1” C-1035-G Trepano (Tê Descarga) de lavagem. 1” C-1035-R Cruzeta de lavagem.560 1.700 0. COM CRUZETA E HASTE DE 1” TRADO HELICOIDAL 2¼“ ABAIXADOR TIPO U EW (CHAVE DE ALÇAR) PARA TUBO DE 1" ABRAÇADEIRA PARA TUBO DE 2. Sarrilho 27 metros de cabo de aço 5/16” C-1035-A C-1035-AB Peso batente de 65Kg C-1035-H Bomba balde (Balde interno) PARTES E PEÇAS PARA SONDA À PERCUSSÃO CODIGO C-1035-A C-1035-H I-1035-AB C-1035-C C-1035-B C-1035-R C-1035-D C-1035-E C-1035-G C-1035-T C-1035-S C-1035-K I-1035-X I-1035-W C-1035-Z I-1035-V I-1035-U C-1035-Y I-1040-A I-1040 C-1035-L C-1035-AE C-1035-AF C-1035-AC C-1035-AD C-1035-J C-1035-M C-1035-N C-4135-B C-4221 C-4221-A C-1035-Q C-1035-P C-1035-O C-1035-AH C-1035-F C-1035-I COMPONENTES TRIPÉ EM TUBO DE 2 ½ " COM GUINCHO E 27 METROS DE CABO BOMBA BALDE (BALDE INTERNO) DE 2. 1” C-1035-S Elevador giratório.1/2". COM 2 METROS E LUVA TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 2.

tipo tripé. 2 metros I-1035-U Haste de 1“.CATÁLOGO DE PRODUTOS Rochas e Mineração I-1035-V Haste de 1“.1/2" C-1035-AH Pio mecânico para medir nível de água diâmetro 7/8” • • • • • Fácil montagem e baixo custo. com roldana de 8". 12 Seção G Seção – G – Rochas e mineracao – v3. construída em tubos de aço de 2 ½” . 1 metro C-1035-Z Luva de 2½“ C-1035-L Abaixador tipo U EW (chave de alçar) C-1035-AE Abracadeira de 2½“ C-1035-AC Lâmina de lavagem C-1035-AD Moto bomba 3. Torre. Sarrilho mecânico.1/2" C-1035-I Sapata cortante de 2. 12 .5HP. e cabo de aço. Moto bomba de 3. Fácil manutenção. Partes e peças para sondagem.5HP C-1035-J Amostrador SPT de 2” C-1035-M Bico para Amostrador SPT de 2” C-1035-N Cabeçote para Amostrador SPT de 2” C-4134-B Chave de grifo 18” C-4221 Torquímetro de ¾” C-1035-Q Haste guia de bater C-1035-P Bico de lavagem para tubo de 2. acionado manualmente. 2 metros I-1035-W Tubo de revestimento de 2½“.00 – Português Pág. de duplo disco blindado. 1 metro C-1035-Y Luva de 1“ I-1040-A Trado IPT de 4”.1/2" C-1035-O Bico doce de 1” C-1035-F Saca tubo de 2. com cruzeta e haste de 1” I-1040 Trado helicoidal 2¼“ I-1035-X Tubo de revestimento de 2½“.

Automação de operação e ciclo funcional. sendo mostrado no indicador digital que registra o resultado do ensaio. Alta velocidade de deslocamento (cursor útil de até 500mm).00 – Português Pág. 9533. ASTM D 1037. isolamento perfeito do aquecimento. 9534. aquecendo apenas uma face do platô. colagem. com platôs (superior e inferior) de 600x600mm com aquecimento termoelétrico de precisão até 170°C. tem capacidade de carga de até 1500Kgf. ASTM D 1037. marca PAVITEST. D 2339 PALAVRA-CHAVE: Prensa. Possui um sistema de controle micro processado que ajuda na operação do equipamento e permite aquisição de dados através de software específico. D 2339 PALAVRA-CHAVE: Resistência. cisalhamento Máquina eletro pneumática para determinação da resistência da colagem ao esforço de cisalhamento em Madeira. Possui um sistema de micro processamento com controle operacional hibrido (local e computadorizado) e aquisição de dados através de software específico.H – Madeira – v3. compressão. 9533. com garras auto-travantes. Controle de carga através de rampas e patamares de estabilização. NBR 7190. Este equipamento foi desenvolvido para a realização de testes de laboratórios na compressão a quente de painéis de Madeira. 9534. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 I-4230 I-4230-A MÁQUINA HIDRÁULICA PARA COMPRESSAO A QUENTE DE PAINÉIS DE MADEIRA NBR NM ISO 7500-1. capacidade 60T. NBR 7190. 1 . VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 I-4230-A 1 Seção H Seção . painéis de madeira Máquina pneumática para compressão a quente de painéis.CATÁLOGO DE PRODUTOS Madeira I-4230 MÁQUINA ELETRO PNEUMÁTICA AUTOMÁTICA PARA DETERMINAÇÃO DA RESISTÊNCIA AO ESFORÇO DE CISALHAMENTO NBR NM ISO 7500-1.

MECÂNICA 2T. servo controlada. com banco de dados em access. flexão. para tração. Software I-3058-I Trata-se de uma máquina eletromecânica informatizada. Canais para extensometria e células de carga embutidos. com cadastramento de amostras e corpos de prova.00 1. compressão. armazenamento de dados e emissão de relatórios. MECÂNICA 20T. Realiza a integração dos dispositivos que compõem o conjunto e permite o comando. Capacidade máxima de 30T. fendilhamento Máquina Universal de Ensaios. etc. 2 Seção H Seção . Acionamento eletromecânico por motor de velocidade variável e fuso de esfera. dobramento em materiais como madeiras e derivados e outros materiais usados em construção civil. flexão. permitindo abranger uma faixa de velocidades de 0.1500 500 OBS: As dimensões e demais características poderão ser alteradas para atender as necessidades dos clientes.H – Madeira – v3. MECÂNICA 10T.00 360. fendilhamento.CATÁLOGO DE PRODUTOS Madeira I-3058-I MÁQUINA UNIVERSAL ELETRÔNICA DIGITAL CAPACIDADE 30T.00 – Português Pág.01 a 500 mm/minuto sem degraus. compressão. MECÂNICA 5T. MECÂNICA PESO(KG) 1.00 VOLTAGEM Trifásico WATTS HZ Carga Taxa(Kgf/seg) Deslocamento máximo do Curso sem dispositivos (mm) 1200 Largura entre colunas (mm) 220 ou 380 2250 50/60 50 . flexão. eletromecânica digital capacidade de 30T (UMC 300). 2 . traçado de gráficos. tração. com dois campos de ensaios. prensa.500. controle e monitoração dos ensaios. para realização dos ensaios mecânicos de tração. cisalhamento.190. cisalhamento. A integração da configuração do software específico e a utilização de diversos acessórios fazem com que esta máquina possa ser utilizada sob diferentes normativas. cisalhamento. desenvolvida com características universais. compressão. podendo ser utilizada para realizar diversos tipos de ensaios nas mais variadas áreas. CODIGO I-3058-I I-3058-B I-3058-A I-3058-E I-3058-F VERSÕES MÁQUINA MÁQUINA MÁQUINA MÁQUINA MÁQUINA UNIVERSAL UNIVERSAL UNIVERSAL UNIVERSAL UNIVERSAL ELETRÔNICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA DIGITAL DIGITAL DIGITAL DIGITAL DIGITAL CAPACIDADE CAPACIDADE CAPACIDADE CAPACIDADE CAPACIDADE 30T.00 980. Entrada/Saída para comunicação com microcomputador via porta serial RS232. MECÂNICA NBR NM ISO 7500-1 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. O software em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP.00 650. Se caracteriza por ser do tipo Bifuso autoportante.

temperado. bicromatizado.. suporte auto-travante por efeito cunha. prensa. D-1037 . D-1037 .. JOGO DE MORDENTES RECARTILHADO EM DIAGONAL CRUZADO. Ambos os pratos com ranhuras circulares concêntricas para centralização visual do Corpo de Prova. sede para mordentes com curso útil de abertura de 0 a 40mm. capacidade de carga até 30T. ajuste de pré-carga. GROSSO I-5001-A I-5001-C 3 Seção H Seção . 100mm de altura. 50mm de largura. ASTM D-143 .H – Madeira – v3. com sistema de travamento do movimento rotular na posição desejada.00 – Português Pág. acionamento pneumático com ajuste de velocidade de abertura e fechamento. em liga de aço tratado. EN 789 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. com abertura de 0 até 20mm. tração. prato superior sem rotula. Ø de 210 mm e capacidade de carga até. bicromatizado e rotulado que permite correção de paralelismo até 5o. CODIGO I-5000-A I-5000-B I-5000-C I-5000-D COMPONENTES PRATO SUPERIOR ROTULADO COM TRAVAMENTO PRATO INFERIOR PRATO SUPERIOR SEM ROTULA COM ADAPTADOR PARA CÉLULA DE CARGA DE 10T ADAPTADOR PARA CÉLULA DE CARGA DE 2T I-5000-A I-5000-B I-5000-C I-5000-D I-5001-A SUPORTE AUTO-TRAVANTE POR EFEITO CUNHA PARA TRAÇÃO EM MADEIRA E OUTROS MATERIAIS NBR 7190 . Desenvolvido para realizar ensaios de tração em Corpos de Prova finos em Madeira. prato inferior e adaptadores para pratos e células de carga. 100mm de altura. desenvolvidos para serem utilizados em ensaios de compressão nas máquinas universais (referencia: I-3058-I). 50mm de largura. Fabricados em aço temperado e retificado. Fabricados em aço temperado e retificado. com abertura de 20 até 40mm. FINO I-5001-B JOGO DE MORDENTES RECARTILHADO NA PERPENDICULAR. compressão Conjunto de dispositivos para Compressão em Madeira. superior rotulado. altura de 140mm e largura de 250mm.CATÁLOGO DE PRODUTOS Madeira CONJUNTO DE DISPOSITIVOS PARA COMPRESSÃO NBR 7190 . 3 . Desenvolvido para realizar ensaios de Tração em Madeira e Outros materiais. EN 789 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. Composto por: Prato superior retificado. (no máximo a capacidade nominal de carga da máquina). Desenvolvido para realizar ensaios de tração em Corpos de Prova grosso em Madeira. ASTM D-143 . efeito cunha Suporte pneumático para mordente (Par).

Acompanha um jogo (par) suporte para Corpos de Prova em alumínio usinado. I-5001-E I-5001-F DISPOSITIVO PARA ARRANCAMENTO DE PREGOS EM MADEIRA NBR 7190. arrancamento. bicromatizado. 4 . Desenvolvido para realizar ensaios de Tração em Madeira. Fabricado em aço usinado. I-5001-F 4 Seção H Seção . Desenvolvido para realizar ensaios de Tração em Madeira. articulado. Composto por tencionador superior com duas abas simétricas internas fixas e um tencionador inferior com duas abas internas fixas e sistema para amortecimento do impacto. retificado. tração Dispositivo para Tração perpendicular a superfície em Chapas de Fibra e Aglomerados. tração Dispositivo para Tração normal as fibras e á lamina de cola. bicromatizado. Fabricado em aço usinado. ASTM D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. ASTM D-143 . capacidade de carga até 2000Kgf. Fabricado em aço usinado. retificado. articulado. articulado. Composto por tencionador superior com duas abas simétricas internas fixas com cutelo tipo “meia cana” e um tencionador inferior com duas abas internas fixas com cutelo tipo “meia cana” e sistema para amortecimento do impacto. capacidade de carga até 2000Kgf. Composto por um gancho de Arrancamento superior e uma base inferior para fixação do Corpo de Prova.H – Madeira – v3. capacidade de carga até 2000Kgf. resistência Dispositivo para ensaios de arrancamento de pregos. ASTM D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. bicromatizado. D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. Desenvolvido para realizar ensaios de Tração em Madeira. retificado. I-5001-D I-5001-E DISPOSITIVO PARA TRAÇÃO PERPENDICULAR A SUPERFÍCIE EM CHAPAS DE FIBRA E AGLOMERADO DE MADEIRA NBR 7190.CATÁLOGO DE PRODUTOS Madeira I-5001-D DISPOSITIVO PARA TRAÇÃO NORMAL AS FIBRAS E À LÂMINA DE COLA EM MADEIRAS NBR 7190 .00 – Português Pág.

bicromatizado. ASTM D-143 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. Desenvolvido para realizar ensaios de Tração em Madeira.000Kgf. sede para mordentes com curso útil de abertura de 0 a 40mm. guilhotina articulada em balanço simétrico. lateral. superior rotulado.00 – Português Pág. fendilhamento. Composto por tencionador superior com duas abas simétricas internas fixas e um tencionador inferior com duas abas internas fixas e sistema para amortecimento do impacto. altura de 100mm e largura de 50mm. I-5001-H I-5001-J SUPORTES PNEUMÁTICOS PARA MORDENTES NOS ENSAIOS DE TRAÇÃO EM MADEIRA.000KGF NBR 7190. Possui posicionador ajustável de profundidade. capacidade de carga até 2. I-5001-K DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE DUREZA JANKA EM MADEIRA NBR 7190. I-5001-G I-5001-H DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE CISALHAMENTO PARALELO ÀS FIBRAS E NA LÂMINA DE COLA EM MADEIRA NBR 7190. ajuste da pré-carga. Fabricado em aço usinado. capacidade de carga até 2000Kgf. ASTM D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. acionamento pneumático com ajuste da velocidade de abertura e fechamento.. efeito cunha I-5001-J Desenvolvido para realizar ensaios de Tração em Madeira. D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. e travamento axial para o Corpo de Prova. cisalhamento Conjunto usinado. tração Dispositivo para ensaios de fendilhamento em Madeiras. articulado. bicromatizado. CAPACIDADE 2. com sensor ajustável para detecção da finalização do ensaio via Software. retificado. D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. tração. ASTM D-143. 5 . temperada e trava de segurança. sensor Conjunto usinado.H – Madeira – v3. ASTM D-143. I-5001-K 5 Seção H Seção . retificada. bicromatizado. retificado.CATÁLOGO DE PRODUTOS Madeira I-5001-G DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE FENDILHAMENTO EM MADEIRA NBR 7190.000Kgf. capacidade 2.

3 ESCALAS JOGO DE CUTELOS PARA PRATOS SUPERIOR DA PRENSA EM ENSAIOS DE FLEXÃO E 3 PONTOS. I-5002-B I-5002 I-5002-A Desenvolvido para realizar ensaios de flexão estática em Madeiras e Derivados (Aglomerado. flexão Desenvolvido para realizar ensaios de flexão estática em Madeiras e Derivados. CODIGO I-5002-A I-5002-B COMPONENTES/REPOSIÇÃO JOGO DE CUTELOS INFERIORES PARA ENSAIOS DE FLEXÃO E 3 PONTOS. 3 ESCALAS I-5001-L ADAPTADOR UNIVERSAL PARA DISPOSITIVOS UTILIZADOS EM ENSAIOS EM MADEIRA PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios Desenvolvido como adaptador em máquinas universais para a utilização de dispositivos em ensaios em Madeiras e Derivados. temperado.H – Madeira – v3. ASTM D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. cambiáveis. Acompanha o dispositivo um jogo de cutelos. chapa de fibra) e outros compostos não estruturais. para ensaios de flexão a 3 pontos. capacidade de carga até 2. retificado.100 mm. com mesa coordenada bicromatizado com curso útil de abertura até 1. volante de acionamento manual e escala de posicionamento.000 kgf. compensado. CODIGO I-5001-M COMPONENTES/REPOSIÇÃO JOGO DE ADAPTADORES DIVERSOS PARA MÁQUINAS UNIVERSAIS I-5001-L 6 Seção H Seção .CATÁLOGO DE PRODUTOS Madeira I-5002 DISPOSITIVO PARA ENSAIO DE FLEXÃO ESTÁTICA EM MADEIRAS E DERIVADOS NBR 7190.00 – Português Pág. 6 . fixos. Base inferior universal estruturada. composto por 3 superiores e 6 inferiores. Sistema de movimento de distanciamento linear simultâneo dos suportes para vários cutelos cambiáveis através de fuso trapezoidal.

VOLTAGEM Bifásico 220 WATTS 3000 HZ 60 7 Seção H Seção . Transdutor de vácuo/pressão de –1 a +4 bar. • Painel eletro-eletrônico portátil de bancada com chave geral. Tampa articulada com vedação em Viton e trava de segurança. altura 250mm. emissão de relatórios (laudos). para cadastramento. multiplexada com 8 canais de entrada e varredura menor que 50 ms. Software para aquisição de dados em ambiente Windows 98/NT/2K/ME/XP.00 – Português Pág. Vácuo e pressão de –1 a +4 bar. carenagem em aço inoxidável. materiais sólidos e tratamento com preservantes. Indicador digital de vácuo/pressão micro-processado. sensor FeCo com precisão de 0. Temperatura controlada até 170oC. Válvula de segurança. • Unidade geradora de vácuo. comunicação serial RS-232.4mm. partículas de madeiras Autoclave a seco. Dimensões aproximadas Ø 500mmx400mm de altura. • Conjunto de purificação para ar comprimido com válvula reguladora de pressão integrada.CATÁLOGO DE PRODUTOS Madeira I-5003 AUTOCLAVE A SECO PARA IMPREGNAR PARTÍCULAS DE MADEIRA MICRO PROCESSADO PALAVRA-CHAVE: Autoclave. Sotware específico I-5003 Características Técnicas • Câmara cilíndrica em aço inoxidável com capacidade volumétrica de 12 litros.H – Madeira – v3. com filtro de entrada e seletora de fluxo reverso. para impregnar partículas de madeira.1 % FE. vertical de bancada. • Unidade eletrônica micro-processada de conversão de dados serial. Ø interno de 250mm. refil coalescente e dreno manual. 37 lpm.1% FE. válvula direcional de fluxo. traçado de gráficos Vácuo/Pressão x Tempo e Temperatura x Tempo. Cesto removível com suporte e alça em tela de aço inoxidável com malha menor que 0. válvula para dreno. com precisão de 0. resolução decimal. Isolamento térmico. Controlador digital de temperatura microprocessado PID. 7 .

00 – Português Pág. • Controle de vazão: Nessa forma de controle o usuário predetermina uma vazão dentro de um limite de 0. O seu sistema micro processado de controle é capaz de realizar ensaios no seguinte formato: • Incremento de pressão: Nessa forma de controle o usuário predetermina uma taxa de incremento dentro de um limite de 0. decrementar a razão de 6 bar até o limite inferior de 100 bar.CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais I-4240 APLICADOR DE PRESSÃO AUTOMÁTICO – TIPO GDS NBR NM ISO 7500-1 PALAVRA-CHAVE: Aplicador.1 bar/seg ate 10. em seguida. tempo Aplicador de pressão automático (tipo GDS). Acompanha software específico com campos para cadastros. pressão x vazão. e estabelece onde o equipamento deverá estabilizar. Exportação de dados para Microsoft Excel. geração de relatório. 1 Pág. criação de script para realização de ensaios cíclicos. deformação x pressão e deformação x vazão.0 bar/seg.I – Ensaios Especiais – v3. Parar Controle Incremento de pressão I-4240 Pressão Vazão Painel de controle Vazão Estabilizar Pressão Entradas para leitura de LVDT´s O equipamento possui entradas para até 6 (seis) medidores de deslocamento do tipo LVDT com alta taxa de aquisição de dados. GDS. e o equipamento controla este fluxo de vazão. Disponibiliza uma configuração capaz de trabalhar em rede de até 3 (três) aplicadores de pressão em serie. bar. exibição de gráfico on-line do tipo pressão x tempo.0 bar durante 20 segundos.50 cm³/min. Exemplo: Taxa de vazão de 2.13 cm³/min com parada em 300 cm³. Dessa forma é possível intercambiar o controle criando seis situações diferentes. com ensaios cíclicos. vazão. com gráficos e dados da amostra.01 cm³/min ate 3. vazão x tempo. Software específico Script de ensaio de aplicação Seção I Seção . e por quanto tempo. 1 . estabilizar por 10 segundos e repetir este ensaio por 20 vezes. com dimensões reduzidas e capacidade para a aplicação de ate 1200 bar de pressão. Exemplo: Taxa de incremento de 8.2 bar/seg com estabilização de pressão em 600. pressão.

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Ensaios Especiais

I-4241 CONJUNTO DE PRESSURIZADORES NBR NM ISO 7500-1 PALAVRA-CHAVE: Pressão, GDS, bar, vazão, tempo, rocha

Conjunto de pressurizadores de alto desempenho automático (tipo GDS), com aplicação de ate 1200 bar de pressão. Desenvolvido para realizar ensaios de contração hexa-axial e determinação da permeabilidade de Rochas e outros materiais submetidos a condições extremas.

Célula de carga hexa-axial I-4241

O Corpo de Prova em forma de cubo é introduzida numa célula hexa-axial onde é submetida a rigorosas condições, cada um dos seis sensores mede a pressão estabelecida pelos pressurizadores colocados em serie. A célula de carga hexa-axial permite a perfeita simulação da compressão em todas as faces do cubo tendo desta maneira uma condição de monitoramento linear através da integração dos pressurizadores e o software de monitoramento. O sistema micro-processado de controle é capaz de realizar ensaios no seguinte formato: • Incremento de pressão: Nessa forma de controle o usuário predetermina uma taxa de incremento dentro de um limite de 0,1 bar/seg ate 10,0 bar/seg, e estabelece onde o equipamento deverá estabilizar, e por quanto tempo, com ensaios cíclicos. Exemplo: Taxa de incremento de 8,2 bar/seg com estabilização de pressão em 600,0 bar durante 20 segundos, em seguida, decrementar a razão de 6 bar até o limite inferior de 100 bar, estabilizar por 10 segundos e repetir este ensaio por 20 vezes. • Controle de vazão: Nessa forma de controle o usuário predetermina uma vazão dentro de um limite de 0,01 cm³/min ate 3,50 cm³/min e o equipamento controla este fluxo de vazão. Exemplo: Taxa de vazão de 2,13 cm³/min com parada em 300 cm³. O suporte da Célula de Carga permite que a célula tenha movimentação rotacional na vertical, facilitando desta maneira a preparação de cada ensaio. Cada pressurizador possui entradas para até 6 (seis) medidores de deslocamento do tipo LVDT com alta taxa de aquisição de dados. O conjunto configurado em rede de até 3 (três) aplicadores de pressão em serie trabalha integrado ao software específico, com campos para cadastros, exibição de gráfico on-line do tipo pressão x tempo, pressão x vazão, vazão x tempo, deformação x pressão e deformação x vazão. Exportação de dados para Microsoft Excel, criação de script para realização de ensaios cíclicos, geração de relatório, com gráficos e dados da amostra.

Suporte da célula de carga

Software Específico

Seção I
Seção - I – Ensaios Especiais – v3.00 – Português

Pág. 2
Pág. 2

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Ensaios Especiais

CONDUTIVÍMETRO SERVO CONTROLADO PARA ENSAIOS DE CONDUTIVIDADE E PERMEABILIDADE EM AMOSTRAS DE PROPANTES NBR NM ISO 7500-1; API RP61; ISO 13503-2, ISO 13503-5 PALAVRA-CHAVE: Pressão, bar, vazão, tempo, propantes, petróleo

I-4267

Equipamento micro processado desenvolvido para avaliar e comparar a condutividade e permeabilidade de amostras de propantes (agente de sustentação) em fraturas hidráulicas ou usadas em gravel-packing em poços de petróleo sob condições de laboratório.

Software específico I-4267

O equipamento possui controle de carregamento, controle de temperatura do fluído e célula de ensaio, controle de vazão de fluído, indicador digital da carga, temperatura, deslocamento e software de controle. O controle de deslocamento consegue-se através da leitura dos sensores de deslocamento linear (LVDT). A integração dos dispositivos técnicos e o software fazem de este equipamento um produto de altíssima tecnologia de automação e controle de qualidade de ensaios. O Software funcional em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP, com banco de dados em access. Realiza a integração dos dispositivos que compõem o conjunto e permite o comando, controle e monitoração dos ensaios, com cadastramento de amostras e corpos de prova, traçado de gráficos, armazenamento de dados e emissão de relatórios, o que possibilita avaliação em condições e situações de simulação. Os procedimentos e normas que são atendidas pelo equipamento são: • API RP61: Recommended Practices for Evaluating Short Term Proppant Pack • ISO 13503-2: Measurement of properties of proppants used in hydraulic fracturing and gravel-packing operations. • ISO 13503-5: Procedures for measuring the long-term conductivity of proppants.

Seção I
Seção - I – Ensaios Especiais – v3.00 – Português

Pág. 3
Pág. 3

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Ensaios Especiais

I-4268

PORTICO PARA ENSAIOS EM PAREDES, VIGAS, PILARES E OUTRAS ESTRUTURAS NBR NM ISO 7500-1; NBR 8949, 8890 PALAVRA-CHAVE: Pórtico, compressão, resistência, paredes, vigas, pilares, tubos

Pórtico para ensaios em paredes, vigas, pilares e outras estruturas, capacidade de 100T. Consiste numa estrutura auto-reativa inteiramente rígida em forma de pórtico, com base intermediaria e posicionamento regulável. Desenvolvida para realizar ensaios de resistência a compressão em paredes, vigas e pilares estruturais e outros.

Software específico

I-4268

Este equipamento é formado de uma estrutura na forma de pórtico com vigas de perfis “U”, com 6 (seis) pinos móveis para fixação da viga móvel. Desenvolvido com 3 (três) macacos de alto desempenho (capacidade 50T cada), curso do pistão de 200mm. Este sistema servo-hidráulico de carga está associado ao sistema de controle do deslocamento através da leitura dos sensores de deslocamento linear (LVDT). A realização de ensaios de resistência a compressão ou flexão. O controle do incremento de deslocamento do êmbolo dos macacos possibilita não só acompanhar o ramo pós-fissuração e pós-ruptura localizada, bem como a forma da curva de reabilitação das amostras frente à manutenção ou acréscimo de deslocamento. Aplica-se em ensaios de resistência e compressão em paredes (600x1200)mm de alvenaria de blocos cerâmicos, em paredes (1200x2600)mm, em paredes de blocos de gesso, ensaios em tubos de concreto, de seção circular, para águas fluviais, esgotos sanitários e em elementos estruturais: vigas, paredes e pilares, etc. Este equipamento servo-controlado é comandado por software, traçando gráficos on-line, tempo x deslocamento ou tempo x carga, com controle perfeito tanto do incremento do deslocamento como o incremento de carga. O Software funcional em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP, com banco de dados em access. Realiza a integração dos dispositivos que compõem o conjunto e permite o comando, controle e monitoração dos ensaios, com cadastramento de amostras e corpos de prova, traçado de gráficos, armazenamento de dados e emissão de relatórios, o que possibilita avaliação em condições e situações de simulação.

Seção I
Seção - I – Ensaios Especiais – v3.00 – Português

Pág. 4
Pág. 4

I-4231 Software específico Desenvolvida para realizar ensaios de materiais utilizados em obras de saneamento: manilhas. a carga é regulada através de uma válvula manual. NBR 9053. tampas de bueiros e outros. Seu direcionamento é controlado por um PLC que permite o gerenciamento do ensaio. tubos de concreto. com cadastramento de amostras e corpos de prova. 14210.00 – Português Pág. 5 Pág. Realiza o comando. 5 . traçado de gráficos. controle e monitoração dos ensaios. capacidade de 50T. saneamento.I – Ensaios Especiais – v3. armazenamento de dados e emissão de relatórios. tubos. PVC. O Software funcional em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP. tubos de PVC. 10160 PALAVRA-CHAVE: Prensa. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 WATTS 1500 HP 2 Seção I Seção .CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais I-4231 PRENSA SEMI-AUTOMÁTICA PARA ENSAIOS DE MATERIAIS UTILIZADOS EM SANEAMENTO NBR NM ISO 7500-1. com banco de dados em access. tampas para bueiros Prensa hidráulica semi-automática para ensaios de materiais utilizados em Saneamento. 6483. 6582.

820. aço de construção mecânica. que formam um único e homogêneo conjunto com a mesa superior. dobramento e seus derivados em materiais como aço de construção civil. capacidade de 100T. flexão e dobramento.1500 90 400 DIMENSÕES (ALP .CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais I-3058 MÁQUINA UNIVERSAL ELETRÔNICA DIGITAL CAPACIDADE 100T. e outros materiais. com banco de dados em access. CODIGO I-3058 I-3058-D VERSÕES MÁQUINA UNIVERSAL ELETRÔNICA DIGITAL CAPACIDADE 100T. Possui um sistema funcional com controle CPA – Carregamento Progressivo Automático através de um servo motor tipo brushless de alta resolução. prensa Máquina Universal de Ensaios. Um único motor comanda simultaneamente o redutor que faz o giro das colunas rosqueadas. HIDRÁULICA NBR NM ISO 7500-1 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. Observação: Os dispositivos para realizar diversos tipos de ensaios são opcionais. controle e monitoração dos ensaios. 6 Pág. Software I-3058 Fabricada em aços especiais. que movimenta-se para abaixo ou para acima. servo controlada. com sistema de detecção do limite do deslocamento (fim de curso) superior e inferior. com cadastramento de amostras e corpos de prova.mm) Estrutura Gabinete 1570 x 500 x 520 1550 x 550 x 700 Seção I Seção . marca Pavitest. O vão inferior existente entre as mesas inferior e intermediárias permite realizar ensaios de compressão. com retorno por gravidade que movimenta a base inferior junto com as colunas lisas.00 VOLTAGEM Trifásico WATTS HZ Carga Taxa(Kgf/seg) Deslocamento máximo do Curso (mm) Largura entre colunas (mm) 220 ou 380 2250 50/60 50 . armazenamento de dados e emissão de relatórios. para realização dos ensaios mecânicos de tração na flexão. As mesas: superior e intermediária possuem alojamentos cônicos e planos para deslizamento dos carros das garras que fixam as mesmas e promovem o auto-travamento do Corpo de Prova. traçado de gráficos. HIDRÁULICA Altura útil de acionamento sem dispositivos (mm) 700 PESO(KG) 2. Realiza a integração dos dispositivos que compõem o conjunto e permite o comando.00 2. Sistema de aplicação de forca composto de cilindro e pistão de simples efeito.I – Ensaios Especiais – v3. alternando-se para isso apenas o sentido de rotação do motor.00 – Português Pág. 6 . com coluna de aço inoxidável maciço e bases de aço. compressão axial ou diametral. HIDRÁULICA MÁQUINA UNIVERSAL ELETRÔNICA DIGITAL CAPACIDADE 60T. O software em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP. cisalhamento. ferro fundido.780. A mesa intermediária possui porcas travadas sob o giro das colunas.

7 . MECÂNICA NBR NM ISO 7500-1 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. com dois campos de ensaios.00 VOLTAGEM Trifásico WATTS HZ Carga Taxa(Kgf/seg) Deslocamento máximo do Curso sem dispositivos (mm) 1200 Largura entre colunas (mm) 220 ou 380 2250 50/60 50 .1500 500 CODIGO I-3058-H I-3058-G OUTRAS VERSÕES MÁQUINA UNIVERSAL DE ENSAIOS. CODIGO I-3058-I I-3058-B I-3058-A I-3058-E I-3058-F VERSÕES MÁQUINA MÁQUINA MÁQUINA MÁQUINA MÁQUINA UNIVERSAL UNIVERSAL UNIVERSAL UNIVERSAL UNIVERSAL ELETRÔNICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA DIGITAL DIGITAL DIGITAL DIGITAL DIGITAL CAPACIDADE CAPACIDADE CAPACIDADE CAPACIDADE CAPACIDADE 30T. traçado de gráficos. com banco de dados em access. Canais para extensometria e células de carga embutidos.00 1. etc. A integração da configuração do software específico e a utilização de diversos acessórios fazem com que esta máquina possa ser utilizada sob diferentes normativas.I – Ensaios Especiais – v3. Entrada/Saída para comunicação com microcomputador via porta serial RS232. CAPACIDADE 1T. fendilhamento. controle e monitoração dos ensaios. cisalhamento.00 980.01 a 500 mm/minuto sem degraus.00 650. MECÂNICA 5T. Caracteriza-se por ser do tipo Bifuso autoportante. armazenamento de dados e emissão de relatórios. marca Pavitest. flexão. flexão. Acionamento eletromecânico por motor de velocidade variável e fuso de esfera. com cadastramento de amostras e corpos de prova. MECÂNICA 20T. permitindo abranger uma faixa de velocidades de 0. MECÂNICA 2T.500. para realização dos ensaios mecânicos de tração.00 – Português Pág. para tração. compressão. CAPACIDADE 500KG (MONOFUSO) MÁQUINA UNIVERSAL DE ENSAIOS. 7 Pág. dobramento em materiais como madeiras e derivados e outros materiais usados em construção civil.00 220. MECÂNICA 10T. Realiza a integração dos dispositivos que compõem o conjunto e permite o comando. compressão. cisalhamento.00 360. Software I-3058-I Trata-se de uma máquina eletromecânica informatizada. desenvolvida com características universais. prensa Máquina Universal de Ensaios. servo controlada. Capacidade máxima de 30T.CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais I-3058-I MÁQUINA UNIVERSAL ELETRÔNICA DIGITAL CAPACIDADE 30T.190.00 Seção I Seção . O software em Visual Basic para ambiente Windows 98/NT/ME/2000/XP. MECÂNICA PESO(KG) 1. (MECÂNICA) PESO(KG) 190. podendo ser utilizada para realizar diversos tipos de ensaios nas mais variadas áreas. eletromecânica digital capacidade de 30T (UMC 300).

8 . permite a integração de todas suas funções sob novas condições de controle. tração.I – Ensaios Especiais – v3. CODIGO I-4214 I-4214-A I-4214-B VERSÕES PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA.00 – Português Pág.00 310. em diversos tipos de materiais. o qual. CAPACIDADE 5T NBR NM ISO 7500-1 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios.00 Seção I Seção .CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais I-4214 PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA. CAPACIDADE 5T PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA. para realização dos ensaios mecânicos de tração. possibilita a alternativa de oferecer opcionalmente Software Específico. compressão Prensa para ensaios de tração e compressão hidráulica. compressão. Software específico (Opcional) I-4214 Esta prensa por ter características físicas e componentes servo hidráulicos. passando a ser servo-controlada. CAPACIDADE 20T PESO(KG) 240. CAPACIDADE 10T PRENSA PARA ENSAIOS DE TRAÇÃO E COMPRESSÃO HIDRÁULICA. marca Pavitest. 8 Pág. Esta nova condição permite o monitoramento automático do ensaio através de medidores de deslocamento do tipo LVDT com alta taxa de aquisição de dados e o controle por software específico que atende diferentes tipos de ensaios e normas predeterminadas.00 280.

capacidade de carga até 30T. JOGO DE MORDENTES RECARTILHADO Fabricados em aço temperado e retificado. suporte auto-travante por efeito cunha. Seção I Seção . com abertura de 20 até 40mm. 100mm de altura. 50mm de largura. Desenvolvido para realizar ensaios de Tração em Madeira e Outros materiais. temperado. sede para mordentes com curso útil de abertura de 0 a 40mm.. ajuste de pré-carga. 50mm de largura. 9 . bicromatizado e rotulado que permite correção de paralelismo até 5o. pneumático Suporte pneumático para mordente (Par).CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais CONJUNTO DE DISPOSITIVOS PARA COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. I-5001-B JOGO DE MORDENTES RECARTILHADO I-5001-A Fabricados em aço temperado e retificado. altura de 140mm e largura de 250mm. 9 Pág. com sistema de travamento do movimento rotular na posição desejada. I-5001-C GROSSO. 100mm de altura. prensa. Composto por: Prato superior retificado. acionamento pneumático com ajuste de velocidade de abertura e fechamento. tração.00 – Português Pág.. FINO. Ø de 210 mm e capacidade de carga até. CODIGO I-5000-A I-5000-B I-5000-C I-5000-D COMPONENTES PRATO SUPERIOR ROTULADO COM TRAVAMENTO PRATO INFERIOR PRATO SUPERIOR SEM ROTULA COM ADAPTADOR PARA CÉLULA DE CARGA DE 10T ADAPTADOR PARA CÉLULA DE CARGA DE 2T I-5000-A I-5000-B I-5000-C I-5000-D I-5001-A SUPORTE PNEUMÁTICO PARA TRAÇÃO EM MADEIRA E OUTROS MATERIAIS PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios.. bicromatizado. (no máximo a capacidade nominal de carga da máquina). compressão Conjunto de dispositivos para Compressão. em liga de aço tratado. desenvolvidos para serem utilizados em ensaios de compressão nas máquinas universais (referencia: I-3058-I). superior rotulado. prato inferior e adaptadores para pratos e células de carga. Ambos os pratos com ranhuras circulares concêntricas para centralização visual do Corpo de Prova.I – Ensaios Especiais – v3. com abertura de 0 até 20mm. prato superior sem rotula.

pneumático I-5001-J Desenvolvido para realizar ensaios de Tração. ASTM D-828. 10 Pág.300 Kg. Peso: 1. ASTM C 805 PALAVRA-CHAVE: Elasticidade. I-3044 I-3044-B EXTENSÔMETRO MECÂNICO DIGITAL COM GARRAS NBR7584. acionamento pneumático com ajuste da velocidade de abertura e fechamento.300 Kg I-3044-B Seção I Seção .I – Ensaios Especiais – v3. aço Extensômetro analógico.. para determinação do módulo de elasticidade em barras de aço. Poderá ser utilizado extensômetro milésimal ou LVDT. com garras para determinação do módulo de elasticidade em barras de aço. altura de 100mm e largura de 50mm.000KGF NBR 7190. superior rotulado. EN ISO 1924. fabricado em aço com tratamento anti-corrosivo e endurecido termicamente. 10 . articulado. capacidade de carga até 2. D-1037 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. CAPACIDADE 2. Peso: 1. Fabricado em aço usinado. sede para mordentes com curso útil de abertura de 0 a 40mm. TAPPI T-494. bicromatizado. I-3015-B I-3044 EXTENSÔMETRO MECÂNICO ANALÓGICO COM GARRAS NBR 7584. digital. máquina universal de ensaios.00 – Português Pág. prensas Dispositivo para compressão em bloco de pavimento intertravado. retificado. tração. bicromatizado. tração Conjunto pneumático para ensaios de Tração em papel. DISPOSITIVO PARA BLOCOS INTERTRAVADOS (PLAISER) I-3015-B NBR 12142 PALAVRA-CHAVE: Compressão. com capacidade de carga até 150Kgf. I-5001-I I-5001-J SUPORTES PNEUMÁTICOS PARA MORDENTES NOS ENSAIOS DE TRAÇÃO.CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais I-5001-I GARRAS PNEUMÁTICAS PARA ENSAIO DE TRAÇÃO EM PAPEL NBR 14245. ajuste da pré-carga. T-220 PALAVRA-CHAVE: Máquina universal de ensaios. aço Extensômetro eletrônico. ASTM C 805 PALAVRA-CHAVE: Elasticidade.000Kgf. ASTM D-143.

ohms Resistência de isolação (50 VCC máx) .ºC Erro excentricidade conforme OIML Efeito da temperatura . sobrecarga s/ alterações .0.ohms Resistência elétrica saída . 11 .0 3.00 10. 11 Pág. construção muito robusta.00 1.00 5.00 200.ppm/ºC da saída nominal Máx.00 20.1 > 5000 < 0.0 H 78 78 86 90 13 6 13 0 16 0 64 64 76 76 J 25 25 30 30 50 55 70 19 19 32 32 L 60 60 60 70 10 0 12 0 15 0 50 50 50 50 P 12 12 16 17 25 33 41 12 12 15 15 ROSCA M12x1.05 +/.0 2.00 – Português Pág.% saída nominal Zero inicial .CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais CÉLULAS DE CARGA Com as células de carga é possível medir superior que a dos anéis dinamométricos.0 3. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÃO Material NÍVEIS Aço Cr/Ni/Mo Níquel químico / Aço inoxidável 2 +/. precisão.0 3.1 . é cuidadosamente balanceada e mantém boa rejeição de cargas excêntricas ou laterais mesmo em condições adversas de operação.75 M16x2 M16x2 M24x2 M36x3 M45x3 M6x1 M6x1 M12x1.0 3.00 500. medição de carga Este tipo de célula de carga possui tamanho compacto.mm a capacidade nominal Grau de proteção (IEC 529) Dimensões VERSÕES E DIMENSÕES CÓDIGO C-4224 C-4224-A C-4224-B C-4224-C C-4224-D C-4224-E C-4224-F C-4224-G C-4224-H C-4224-I C-4224-J TIPO SV E “Z” “Z” “Z” “Z” “Z” “Z” “Z” SV SV SV SV CAPACIDADE(Kgf) 250.0 1.000. dispositivos.0 2.75 Seção I Seção .0 1.03 20 min: < 0.megaohms Deflexão máxima .% saída nominal Creep à capacidade nominal .75 M12x1.% cap.00 Modelo Z-250/500 Z-250/500 Z-1T Z-2T Z-5T Z-10T Z-20T SV-20 SV-50 SV-100 SV-200 C(m) 3.00 50.3 IP67 C-4224 Sensibilidade mv/v Erro combinado .10 350 + / .0 3.000.03 08hs: < 0.1% < 0.I – Ensaios Especiais – v3. nominal Sobrecarga de ruptura .000. TIPOS DE CÉLULAS DE CARGA CÉLULAS CÉLULAS CÉLULAS CÉLULAS DE DE DE DE CARGA CARGA CARGA CARGA força aplicada em ensaios de carga com precisão bastante SV PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO “Z” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO MODELO “Q” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO CILÍNDRICA “C” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO CÉLULAS DE CARGA SV E “Z” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Célula de carga. nominal Excitação VCC ou VCA Resistência elétrica entrada .00 2.00 100.% cap.% saída nominal Temperatura de trabalho útil ºC Temperatura de trabalho compensada .75 M12x1. prensas. equipamentos.00 20. máquinas universais.000.0 5.000.5 a + 60 0 a + 50 > 5000 divisões no zero: < 30 na calibração: < 10 150 300 máxima: 15 recomendada: 10 400 + / .

20 700 +/. precisão.00 – Português Pág.CATÁLOGO DE PRODUTOS Ensaios Especiais CÉLULAS DE CARGA MODELO “Q” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Célula de carga.1 .000.04 20 min: < 0.000.% saída nominal Zero inicial .00 50.4 105.5 a + 60 0 a + 50 > 2000 divisões no zero: < 30 na calibração: < 10 150 300 máxima: 20 recomendada: 10 780 +/.0. 12 .0 5.megaohms Deflexão máxima .2 145 179.000 < 0.4 8.00 10.ppm/ºC da saída nominal Máx.4 10.000.8 124.0 10.I – Ensaios Especiais – v3.1 % < 0. 12 Pág.ºC Erro excentricidade conforme OIML Efeito da temperatura .05 +/.00 20.mm a capacidade nominal Grau de proteção (IEC 529) Dimensões VERSÕES E DIMENSÕES CÓDIGO C-4226 C-4226-A C-4226-B C-4226-C C-4226-D TIPO “Q” “Q” “Q” “Q” “Q” CAPACIDADE(Kgf) 2.5 IP67 C-4226 Sensibilidade mv/v Erro combinado . Internamente possui vigas radiais (tipo shear beam) que oferecem grande robustez e boa resistência a esforços laterais.03 08 hrs: < 0.0 10. dispositivos.0 H 63 73 83 10 3 11 3 J 6. sobrecarga s/ alterações . máquinas universais.4 C(m) 5. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÃO Material NÍVEIS Aço Cr/Ni/Mo Níquel químico 2 +/.000.% cap.5 M30x2 M42x3 M52x3 Seção I Seção . equipamentos.ohms Resistência elétrica saída .% saída nominal Temperatura de trabalho útil ºC Temperatura de trabalho compensada .000. nominal Sobrecarga de ruptura .% cap.0 10.% saída nominal Creep à capacidade nominal . medição de carga A célula de carga modelo “Q” possui baixo perfil com furo central rosqueado passante.ohms Resistência de isolação (50 VCC máx) . prensas.00 5.5 15 21 K 8 8 12 12 12 N 29 40 57 70 92 ROSCA M16x2 M20x1.00 Modelo Q-2T Q-5T Q-10T Q-20T Q-50T A 100 125 150 175 220 B 85.2 > 5. nominal Excitação VCC ou VCA Resistência elétrica entrada .

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Ensaios Especiais

CÉLULAS DE CARGA CILÍNDRICA “C” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Célula de carga, prensas, máquinas universais, equipamentos, dispositivos, precisão, medição de carga

A célula de carga cilíndrica modelo “C” possui desenho de coluna vertical vazada passante, que permite o trabalho normal à compressão com apoios esféricos, ou à tração, apoiando-se a célula sobre uma viga perfurada e aplicando a carga por tirantes através do furo central da célula.
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS C-4225
ESPECIFICAÇÃO Material Sensibilidade mv/v Erro combinado - % saída nominal Creep à capacidade nominal - % saída nominal Zero inicial - % saída nominal Temperatura de trabalho útil ºC Temperatura de trabalho compensada - ºC Erro excentricidade conforme OIML Efeito da temperatura - ppm/ºC da saída nominal Máx. sobrecarga s/ alterações - % cap. nominal Sobrecarga de ruptura - % cap. nominal Excitação VCC ou VCA Resistência elétrica entrada - ohms Resistência elétrica saída - ohms Resistência de isolação (50 VCC máx) - megaohms Deflexão máxima - mm a capacidade nominal Grau de proteção (IEC 529) NÍVEIS Aço Cr/Ni/Mo Níquel químico 2 +/- 0,1% < 0,04 20 min: < 0,05 08 hrs: < 0,01 +/- 1 -5 a + 60 0 a + 50 > 1.000 divisões no zero: < 30 na calibração: < 10 150 300 máxima: 20 recomendada:10 780 +/- 20 700 +/- 2 > 5.000 <2 IP67

Dimensões VERSÕES E DIMENSÕES
CÓDIGO
C-4225 C-4225-A C-4225-B

TIPO
“C” “C” “C”

CAPACIDADE(Kgf)
50.000,00 100.000,00 200.000,00

Modelo
C-50T C-100T C-200T

A
96 121 96

B
70 95 70

C(m)
15 15 15

D
40 56 40

H
114 145 114

J
2 2.5 2

Seção I
Seção - I – Ensaios Especiais – v3.00 – Português

Pág. 13
Pág. 13

CATÁLOGO DE PRODUTOS

Ensaios Especiais

TRANSDUTORES DE PRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Transdutores de Pressão Industriais, IPT, prensas, máquinas universais, equipamentos, dispositivos, precisão, medição de pressão

Os transdutores de pressão são considerados como uma solução que prioriza a confiabilidade e rentável em aplicações industriais de medida de pressão incluindo automação de fábrica.
TRANSDUTORES DE PRESSÃO CÓDIGO CAPACIDADE (BAR)
C-1077-D C-4172 C-4172-A C-4172-B C-4172-C C-4172-D 10 400 15 100 700 1.000

C-4172

C-1077-E LEITOR DIGITAL PALAVRA-CHAVE: Leitor digital, leitura digital, prensas, máquinas universais, equipamentos, dispositivos, precisão

Leitor digital e display com 4 dígitos, memória de pico e conexão RS-232. Usado para realizar a leitura de sensores utilizados na automação e controle de prensas, maquinas universais, equipamentos. Peso: 0,400 Kg

C-1077-E

TRANSDUTOR DE DESLOCAMENTO LINEAR PY2 PALAVRA-CHAVE: Transdutores de deslocamento linear, LVDT, prensas, máquinas universais, equipamentos, dispositivos, precisão, medição de deslocamento

Os transdutores de deslocamento linear são sensores para medição de cursos elétricos, com linearidade média +-0,05% F.E. com fixação através de olhais, presilhas ou flange, com haste ou cursor junto ao corpo de prova, o retorno da haste pode ser através de mola como um apalpador, ligação elétrica através de cabo, ou conector. Características técnicas
C-4173 VERSÕES (RESOLUÇÃO 0,01mm) CÓDIGO CURSO PESO (MM) (KG)
C-4173 C-4173-A C-4173-B C-4173-C C-4173-D 10 25 50 100 150 0,100 0,100 0,120 0,150 0,200

Curso de 10 a 50mm Suporte duplo para a haste de controle e mola de retorno Extremidade com rosca M2.5 e esfera de aço inoxidável Linearidade independente de até ±0,1% Resolução infinita Sem variação do sinal elétrico fora da excursão elétrica teórica Velocidade de deslocamento de até 10 m/s Temperatura de operação: -30 a +100°C Conexões elétricas: PY2 F – para cabo blindado de 1 m de comprimento e 3 condutores, PY2 C conector de 5 pólos, conforme DIN43322 • Expectativa de vida: > 100x106 operações (dentro da C.E.U.) • Classe de proteção: IP40 • • • • • • • • •

Seção I
Seção - I – Ensaios Especiais – v3.00 – Português

Pág. 14
Pág. 14

CATÁLOGO DE PRODUTOS

PROPROPRODUTOS
CELULAS DE CARGA E SENSORES
CÉLULAS DE CARGA Com as células de carga é possível medir superior que a dos anéis dinamométricos.
TIPOS DE CÉLULAS DE CARGA
CÉLULAS CÉLULAS CÉLULAS CÉLULAS DE DE DE DE CARGA CARGA CARGA CARGA SV PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO “Z” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO MODELO “Q” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO CILÍNDRICA “C” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO

Diversos

força aplicada em ensaios de carga com precisão bastante

CÉLULAS DE CARGA SV E “Z” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Célula de carga, prensas, máquinas universais, equipamentos, dispositivos, precisão, medição de carga

Este tipo de célula de carga possui tamanho compacto, construção muito robusta, é cuidadosamente balanceada e mantém boa rejeição de cargas excêntricas ou laterais mesmo em condições adversas de operação.
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
ESPECIFICAÇÃO Material NÍVEIS Aço Cr/Ni/Mo Níquel químico / Aço inoxidável 2 +/- 0,1% < 0,03 20 min: < 0,03 08hs: < 0,05 +/- 1 - 5 a + 60 0 a + 50 > 5000 divisões no zero: < 30 na calibração: < 10 150 300 máxima: 15 recomendada: 10 400 + / - 10 350 + / - 1 > 5000 < 0,3 IP67

C-4224

Sensibilidade mv/v Erro combinado - % saída nominal Creep à capacidade nominal - % saída nominal Zero inicial - % saída nominal Temperatura de trabalho útil ºC Temperatura de trabalho compensada - ºC Erro excentricidade conforme OIML Efeito da temperatura - ppm/ºC da saída nominal Máx. sobrecarga s/ alterações - % cap. nominal Sobrecarga de ruptura - % cap. nominal Excitação VCC ou VCA Resistência elétrica entrada - ohms Resistência elétrica saída - ohms Resistência de isolação (50 VCC máx) - megaohms Deflexão máxima - mm a capacidade nominal Grau de proteção (IEC 529)

Dimensões VERSÕES E DIMENSÕES
CÓDIGO
C-4224 C-4224-A C-4224-B C-4224-C C-4224-D C-4224-E C-4224-F C-4224-G C-4224-H C-4224-I C-4224-J

TIPO
SV E “Z” “Z” “Z” “Z” “Z” “Z” “Z” SV SV SV SV

CAPACIDADE(Kgf)
250,00 500,00 1.000,00 2.000,00 5.000,00 10.000,00 20.000,00 20,00 50,00 100,00 200,00

Modelo
Z-250/500 Z-250/500 Z-1T Z-2T Z-5T Z-10T Z-20T SV-20 SV-50 SV-100 SV-200

C(m)
3.0 3.0 3.0 3.0 5.0 3.0 3.0 1.0 1.0 2.0 2.0

H
78 78 86 90 136 130 160 64 64 76 76

J
25 25 30 30 50 55 70 19 19 32 32

L
60 60 60 70 100 120 150 50 50 50 50

P
12 12 16 17 25 33 41 12 12 15 15

ROSCA
M12x1.75 M12x1.75 M16x2 M16x2 M24x2 M36x3 M45x3 M6x1 M6x1 M12x1.75 M12x1.75

1

Seção J
Secao - J - Diversos – v3.00 - Portugues

Pág. 1

% saída nominal Temperatura de trabalho útil ºC Temperatura de trabalho compensada .00 10.2 > 5.0 10. medição de carga A célula de carga modelo “Q” possui baixo perfil com furo central rosqueado passante.000.0 H 63 73 83 103 113 J 6.03 08 hrs: < 0. nominal Excitação VCC ou VCA Resistência elétrica entrada .2 145 179.4 8. nominal Sobrecarga de ruptura .00 20. prensas.5 a + 60 0 a + 50 > 2000 divisões no zero: < 30 na calibração: < 10 150 300 máxima: 20 recomendada: 10 780 +/.8 124.00 .% cap. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÃO Material NÍVEIS Aço Cr/Ni/Mo Níquel químico 2 +/.000.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos CÉLULAS DE CARGA MODELO “Q” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Célula de carga.4 10.20 700 +/. máquinas universais. equipamentos.ppm/ºC da saída nominal Máx.05 +/.00 5.% cap.00 Modelo Q-2T Q-5T Q-10T Q-20T Q-50T A 100 125 150 175 220 B 85.5 IP67 C-4226 Sensibilidade mv/v Erro combinado .0 10.000.J . sobrecarga s/ alterações .0 10.ºC Erro excentricidade conforme OIML Efeito da temperatura .4 105.% saída nominal Zero inicial .mm a capacidade nominal Grau de proteção (IEC 529) Dimensões VERSÕES E DIMENSÕES CÓDIGO C-4226 C-4226-A C-4226-B C-4226-C C-4226-D TIPO “Q” “Q” “Q” “Q” “Q” CAPACIDADE(Kgf) 2.00 50.4 C(m) 5. 2 . dispositivos.0 5.1 .1 % < 0. Internamente possui vigas radiais (tipo shear beam) que oferecem grande robustez e boa resistência a esforços laterais. precisão.5 M30x2 M42x3 M52x3 2 Seção J Secao .04 20 min: < 0.% saída nominal Creep à capacidade nominal .000 < 0.000.0.ohms Resistência de isolação (50 VCC máx) .Diversos – v3.megaohms Deflexão máxima .000.ohms Resistência elétrica saída .5 15 21 K 8 8 12 12 12 N 29 40 57 70 92 ROSCA M16x2 M20x1.Portugues Pág.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS C-4225 ESPECIFICAÇÃO Material Sensibilidade mv/v Erro combinado .00 Modelo C-50T C-100T C-200T A 96 121 96 B 70 95 70 C(m) 15 15 15 D 40 56 40 H 114 145 114 J 2 2. medição de carga A célula de carga cilíndrica modelo “C” possui desenho de coluna vertical vazada passante.000 divisões no zero: < 30 na calibração: < 10 150 300 máxima: 20 recomendada:10 780 +/.00 200. prensas.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos CÉLULAS DE CARGA CILÍNDRICA “C” PARA TRAÇÃO E COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Célula de carga.ohms Resistência elétrica saída . apoiando-se a célula sobre uma viga perfurada e aplicando a carga por tirantes através do furo central da célula. precisão.% cap.1% < 0.2 > 5.ppm/ºC da saída nominal Máx.megaohms Deflexão máxima . nominal Sobrecarga de ruptura .mm a capacidade nominal Grau de proteção (IEC 529) NÍVEIS Aço Cr/Ni/Mo Níquel químico 2 +/. que permite o trabalho normal à compressão com apoios esféricos.% saída nominal Zero inicial . sobrecarga s/ alterações .000 <2 IP67 Dimensões VERSÕES E DIMENSÕES CÓDIGO C-4225 C-4225-A C-4225-B TIPO “C” “C” “C” CAPACIDADE(Kgf) 50. nominal Excitação VCC ou VCA Resistência elétrica entrada .% cap.Portugues Pág.00 .05 08 hrs: < 0.01 +/. máquinas universais. 3 .20 700 +/.ohms Resistência de isolação (50 VCC máx) .0.00 100.04 20 min: < 0.J .Diversos – v3.000. equipamentos. dispositivos.1 -5 a + 60 0 a + 50 > 1.ºC Erro excentricidade conforme OIML Efeito da temperatura . ou à tração.% saída nominal Creep à capacidade nominal .5 2 3 Seção J Secao .000.000.% saída nominal Temperatura de trabalho útil ºC Temperatura de trabalho compensada .

equipamentos.000 C-4172 C-1077-E LEITOR DIGITAL PALAVRA-CHAVE: Leitor digital. presilhas ou flange. leitura digital.400 Kg C-1077-E TRANSDUTOR DE DESLOCAMENTO LINEAR PY2 PALAVRA-CHAVE: Transdutores de deslocamento linear.100 0. máquinas universais. prensas.) • Classe de proteção: IP40 • • • • • • • • • 4 Seção J Secao .E. com fixação através de olhais. equipamentos.Diversos – v3. LVDT. prensas. prensas. Usado para realizar a leitura de sensores utilizados na automação e controle de prensas. equipamentos. dispositivos. precisão Leitor digital e display com 4 dígitos.1% Resolução infinita Sem variação do sinal elétrico fora da excursão elétrica teórica Velocidade de deslocamento de até 10 m/s Temperatura de operação: -30 a +100°C Conexões elétricas: PY2 F – para cabo blindado de 1 m de comprimento e 3 condutores.5 e esfera de aço inoxidável Linearidade independente de até ±0.120 0.150 0. equipamentos. IPT. dispositivos. ligação elétrica através de cabo. TRANSDUTORES DE PRESSÃO CÓDIGO CAPACIDADE (BAR) C-1077-D C-4172 C-4172-A C-4172-B C-4172-C C-4172-D 10 400 15 100 700 1. conforme DIN43322 • Expectativa de vida: > 100x106 operações (dentro da C.00 . ou conector.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos TRANSDUTORES DE PRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Transdutores de Pressão Industriais. PY2 C conector de 5 pólos. medição de deslocamento Os transdutores de deslocamento linear são sensores para medição de cursos elétricos. máquinas universais. medição de pressão Os transdutores de pressão são considerados como uma solução que prioriza a confiabilidade e rentável em aplicações industriais de medida de pressão incluindo automação de fábrica. memória de pico e conexão RS-232.Portugues Pág. 4 . máquinas universais. com haste ou cursor junto ao corpo de prova. precisão.U. precisão.100 0.01mm) CÓDIGO CURSO PESO (MM) (KG) C-4173 C-4173-A C-4173-B C-4173-C C-4173-D 10 25 50 100 150 0. Características técnicas C-4173 VERSÕES (RESOLUÇÃO 0.05% F. dispositivos. maquinas universais.E. Peso: 0.200 Curso de 10 a 50mm Suporte duplo para a haste de controle e mola de retorno Extremidade com rosca M2. o retorno da haste pode ser através de mola como um apalpador. com linearidade média +-0.J .

Fabricado com materiais que garantem rigorosas condições de trabalho. APARELHOS E DISPOSITIVOS BRITADOR DE MANDÍBULA I-4198 PALAVRA-CHAVE: Britador. com capacidade de 500Kg/Hora garantindo máxima produção.Portugues Pág. VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1725 WATTS 2250 HP 3 TESTE DE GRANULOMETRIA COM O BRITADOR (I-4198) 5 Seção J Secao .CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS EQUIPAMENTOS. Possui uma carenagem geral.Diversos – v3. 5 . Sua carcaça é construída em chapas de aço soldadas e as mandíbulas e chapas de desgaste em aço manganês. Dispõe sistema simples e rápido de abertura da mandíbula. marca PAVITEST.057mm). proporcionando regulagem eficiente para obtenção de granulometrias diversas.00 . Com a abertura mínima é possível a obtenção de materiais com 20% abaixo da peneira MESH 270 (0. triturador Diversos I-4198 Britador de mandíbula para laboratório. moagem. moedor. Granulometria de alimentação 1½“ e abertura na entrada de 110x90mm. Dimensões (ALP): 1200x665x1010mm Peso: 350.00 Kg Veja abaixo resultados em testes de granulometria com brita Gnaisse neste equipamento. o que contribui para a segurança operacional.J .

6 . moedor. Peso: 200. resultados em testes de granulometria com Brita Gnaisse e Minério de Ferro neste equipamento. permitindo a inspeção e limpeza. A câmara de moagem abre totalmente. triturador Moinho de disco ou pulverizador elétrico de disco. Veja abaixo. moagem.Portugues Pág. quando da troca dos materiais moídos.00 Kg Dimensões: 690x420x1150mm VOLTAGEM Trifásico HZ 60 RPM 660 WATTS 3750 HP 5 I-4228 220 ou 380 TESTE DE GRANULOMETRIA DE BRITA GNAISSE TESTE DE GRANULOMETRIA DE MINÉRIO DE FERRO 6 Seção J Secao . com sistema de regulagem manual que permite o controle da finura do material moído. garantindo segurança operacional. com resultados de finura menores a 400 Mesh. com disco (aço manganês) de moagem de 200mm. Desenvolvido como um equipamento robusto. para ensaios de laboratório de Mineração. construído em chapa de aço ASTM-A36 e perfil de aço SAE-1020.Diversos – v3. Montado sobre uma estrutura carenada com proteção do conjunto do sistema matriz.00 .J .CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos MOINHO DE DISCO I-4228 PALAVRA-CHAVE: Moinho. pulverizador. Alimentação máxima de ½”. evitando assim a contaminação indevida. marca PAVITEST.

80 9. com relógio marcador de tempo de operação.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos MOINHO DE PANELA I-4227 PALAVRA-CHAVE: Moinho. moedor. Peso: 282.00 .27 33. Diâmetro interno de 380x420mm para volume de 47 litros. sem o derrame da carga moedora. função do produto e do tempo da moagem.Portugues Pág. moagem. para pulverizar por meio de batimento centrifugo em materiais Rochosos. Sendo a obtenção da finura.79 10.087 20 0.73 15.50.85 21.40 Kg RESULTADO COM ESCÓRIA DE CST (6KG) MOAGEM (HRS) 40 % REPETIDO 11. pulverizador.83 66. com tampa e segurança. Acompanha Carga de Campos Moedores. triturador Moinho de panela ou pulverizador elétrico de panela.42 BARRAS % 11. com desligamento automático. marca PAVITEST. 7 . triturador I-4205 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1700 WATTS 1125 HP Moinho de bolas/barras do tipo SONNEX. moedor. o material é pulverizado.J .53 14.800 Kg CARGA DE CAMPOS MOEDORES BOLAS 1. Possui programador digital para controlar o número de giros e tempo de moagem.00 Dimensões: 700x600x1100mm VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 HZ 60 RPM 1700 WATTS 750 HP 1 I-4227 I-4205 MOINHO DE BOLAS/BARRAS PALAVRA-CHAVE: Moinho.063 CARGA TOTAL RESULATADO COM ESCÓRIA DE BARBACENA (6KG) MOAGEM (HRS) 8 16 24 32 % REPETIDO 24.93 ~ 100 Ø (mm) Qte 1”x390 CARGA TOTAL 42 66. 100 e 250 cm³. Trabalha com material a ser moído de até ½” e 14Kg por batelada. Trabalha com uma batelada de 100gr onde se consegue uma granulometria de até 400 Mesh.278 30 0. Descarga automática do produto. marca PAVITEST.52 FINURA (MESH) 325 325 325 325 PESO APROXIMADO POR TIPO DE BOLA (Kg) 07.5 Ø (mm) PESO(Kg) 40 0. com altura de trabalho de 850mm. moagem. Acompanha panelas com diferentes aplicações com capacidades de 10. Tambor em chapa dupla de aço 1045.40 12. O equipamento tem um sistema de funcionamento com dois tipos de cargas moedoras: Barras para moagem até 10 Mesh e Bolas para moagem até 325 Mesh. Gabinete em estrutura de aço.28 FINURA (MESH) 325 7 Seção J Secao .117 25 0.Diversos – v3. Peso: 230.25 9.49 50. através da porta de descarga periférica. Possui um sistema de trituração que utiliza uma pastilha e anel triturador que por meio de movimento axial. isolada por lençol de borracha a fim de diminuir o barulho quando em operação.

com manípulo para melhor transporte e facilidade de operação. Quando a sonda atinge o nível de água.400 I-3056 VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 WATTS 2250 HZ 60 HP 3 RPM 1725 I-4140 APARELHO MEDIDOR DE NÍVEL DE LENÇOL FREÁTICO NBR 6484 PALAVRA-CHAVE: Lençol freático O aparelho medidor de nível de água permite a medição da profundidade do lençol freático através de um poço de inspeção. funciona através de bateria de 9 Volts.00 .J . capaz de aquecer até 300°C. Diversos modelos. Possui sistema de refrigeração por fluxo de água regulável.40 5.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS SERRA CIRCULAR I-3056 MBR12767.200 PLACA AQUECEDORA PALAVRA-CHAVE: Aquecedor Placa aquecedora.10 13. Dependendo da posição da amostra. Provida de disco diamantado de Ø 18” que alcança uma profundidade de corte até 160mm. o corte pode ser longitudinal ou transversal. CODIGO I-4086-A I-4086 I-4086-D I-4086-B C-4086-C PLACA PLACA PLACA PLACA PLACA WATTS 1200-2500 VERSÕES AQUECEDORA AQUECEDORA AQUECEDORA AQUECEDORA AQUECEDORA HZ 60 PESO(Kg) 10. 8384. 8 . 50M PESO(kg) 9.Portugues Pág.00 DE 30x20CM DE 30x30CM DE 30x40CM DE 30x50CM DIÂMETRO 22CM I-4086-A BIVOLTS Monofásica 110 e 220 8 Seção J Secao . Consiste de um cabo graduado e carretel. Dimensões (ALP): 1500x800x1000mm CODIGO C-3056-A REPOSIÇÃO DISCO DIAMANTADO Ø 18” PESO(KG) 0. NM 69 PALAVRA-CHAVE: Corte. com tempo de aquecimento +/– 30 minutos. serra Diversos Serra de corte para diversos tipos de mateiais. Na caixa de controle possui um regulador que permite ajustar a sensibilidade da sonda. 100M APARELHO MEDIDOR DE NÍVEL DE LENÇOL FREÁTICO.53 14. veja tabela abaixo.430 7. é emitido um sinal sonoro e luminoso na caixa de controle.Diversos – v3. I-4140 CÓDIGO I-4140 I-4140-A VERSÕES APARELHO MEDIDOR DE NÍVEL DE LENÇOL FREÁTICO.90 18.

000 2.00 PRATELEIRA PARA ESTUFA PALAVRA-CHAVE Estufa Prateleira para estufas.000 1.00 58.600 1.900 1. VERSÕES CODIGO C-4010-I C-4010 C-4010-A C-4010-D C-4010-B C-4010-K C-4010-F C-4010-H VOLTALGEM Monofásica 110/220 C-4010-A DIMENSÕES CM 25x25x30 35x30x40 45x40x45 50x40x50 50x50x60 60x60x70 80x60x70 100x70x90 HZ 50 ou 60 CAPACIDADE LITROS 18 42 81 100 150 252 336 630 PESO(Kg) 39. Forno.800 2.J . Acompanha prateleira interna. Isolamento em lã de vidro em todas as paredes inclusive porta e teto. aquecedor Diversos Estufa elétrica.800 0.400 9 Seção J Secao .00 119. CODIGO C-4013-C C-4013 C-4013-A C-4013-D C-4013-B C-4013-E C-4013-F C-4013-G VERSÕES PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PRATELEIRA PARA PARA PARA PARA PARA PARA PARA PARA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA ESTUFA DE DE DE DE DE DE DE DE 25X25X30CM 35X30X40CM 45X40X45CM 50X40X50CM 60X50X50CM 60X60X70CM 80X60X70CM 100X70X90CM PESO(KG) 0. externamente em pintura eletrostática. 9 .Portugues Pág. lâmpada piloto.00 65.600 CODIGO C-4010-C REPOSIÇÃO TERMOREGULADOR PESO(KG) 0. Com controlado de temperatura de 50°C a 250°C. fusível de segurança.00 140.00 .CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS ESTUFA ELETRICA SEM AR CIRCULANTE PALAVRA-CHAVE: Estufa.100 1. Confeccionada em chapa de aço com tratamento anticorrosivo e pintada internamente com tinta alumínio resistente a altas temperaturas.00 45. móvel e removível em chapa de aço perfurada.00 78. Vedação da porta com gaxeta de silicone.00 89. suporte para termômetro e dispositivo superior para saída do ar quente. Chave liga/desliga. Fabricadas em aço inoxidável.Diversos – v3.

10 . O reservatório contém sistema de aquecimento e de homogeneização térmica.400 Kg I-2007 BANHO MARIA PARA AMOSTRAS MARSHALL DNER-ME-043 PALAVRA-CHAVE: Amostra.150 WATTS HZ 1500 50/60 10 Seção J Secao . As paredes internamente contêm material isolante para manter a temperatura constante. provetas. As paredes internamente contêm material isolante para manter a temperatura constante.300 0.800 15.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS I-1086-A Diversos TANQUE PARA BANHO DE PROVETAS (BANHO MARIA) SEM CONTROLE NBR 7181. agitador. Banho Maria.000 ml. sedimentação. Peso: 18. Com capacidade para manter 6 (seis) provetas de 1. MARSHALL.000 ml. com base perfurada que garante a circulação de água na parte superior e inferior da amostra.Diversos – v3.300 CODIGO I-2007 I-2007-B I-2007-E BIVOLTS Monofásica 110 e 220 COMPONENTES PARA REPOSICAO RESISTÊNCIA TERMOSTATO PESO (Kg) 0. uniformidade. Com capacidade para manter 6 (seis) provetas de 1.00 . COM TAMPA INTEIRIÇA PESO (Kg) 13. temperatura.J . controlado eletronicamente mantendo desta maneira um ensaio com base na uniformidade e precisão. sedimentação. Peso: 19.Portugues Pág. através da recirculação contínua da água. aquecedor. Banho Maria. temperatura I-1086-A O tanque para banho de provetas que permite assegurar a uniformidade da temperatura durante o ensaio de sedimentação. tanque Banho Maria para amostras Marshall.100 Kg I-1086 TANQUE PARA BANHO DE PROVETAS (BANHO MARIA) COM SISTEMA DE AQUECIMENTO E AGITAÇÃO NBR 7181. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Tanque.80 Kg CODIGO I-2007 I-2007-F VERSÕES BANHO MARIA PARA AMOSTRAS MARSHALL BANHO MARIA PARA AMOSTRAS MARSHALL ANALÓGICA. fabricada em aço inoxidável. regulador. provetas. homogeneidade I-1086 VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 1500 HZ 50/60 O tanque para banho de provetas que permite assegurar a uniformidade da temperatura durante o ensaio de sedimentação. Capacidade para 6 ou 8 Corpos de Prova. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Tanque. Peso: 13.

CODIGO I-4079 VERSÕES BOMBA HIDRÁULICA ELÉTRICA PARA ACIONAR MACACOS ATE 200T COMPLETA BOMBA HIDRÁULICA ELÉTRICA. pressão máxima 500Kg/cm². Composta por válvula reguladora de vazão. manômetro e mangueira para uso em ensaios de prova de carga. registro geral. registro geral.400 I-4079 I-4079-A I-4079-B 28. 50. 100 até 200T.420 1. macacos. 50. COM VÁLVULA REGULADORA ² DE VAZÃO. macacos.400 CÓDIGO I-4209 C-3001-A I-4209-A VOLTAGEM Trifásico 220 ou 380 COMPONENTES PARA REPOSIÇÃO VÁLVULA REGULADORA DE VAZÃO PARA SISTEMAS DE ALTA PRESSÃO MANÔMETRO 0/ 600KGF/ CM2 DIÂM.Portugues Pág. 11 . válvula.Diversos – v3. Pode acionar até 2 macacos simultaneamente. vazão Bomba hidráulica elétrica para ser utilizada em macacos ou prensas de até 200T. 6". válvula.: O macaco é fornecido em separado. OBs.100 11 Seção J Secao . temos nas versões de simples e duplo efeito com capacidades de: 20. REGISTROS GERAL E MANOMETROS BOMBA HIDRÁULICA ELÉTRICA. CAPACIDADE 500KGF/CM² COMPLETA. OBSERVAÇÃO: O macaco é fornecido em separado.400 48. REGISTRO GERAL E MANOMETROS PESO (Kg) 48.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS I-4080 Diversos BOMBA HIDRÁULICA MANUAL PARA ACIONAR MACACOS ATE 200T PALAVRA-CHAVE: Bomba Hidráulica.J . manômetro de 0 a 600Kgf/cm². 100 até 200 T.00 . Peso: 47.100 5. vazão Bomba hidráulica manual para acionamento de macacos ou prensas até 200T. SEM VÁLVULA REGULADORA ² DE VAZÃO. Possui válvula reguladora de vazão. com capacidades de: 20.00 Kg I-4080 I-4079 BOMBA HIDRÁULICA ELÉTRICA PARA ACIONAR MACACOS ATE 200T COMPLETA PALAVRA-CHAVE: Bomba Hidráulica. com manômetro 0/400 Kg/cm². podendo ser nas versões de simples ou duplo efeito. CAPACIDADE 500KGF/CM² COMPLETA. SAÍDA VERTICAL REGISTRO GERAL CAPACIDADE 600kgf/cm² WATTS 100 HZ 60 HP 3 PESO(Kg) 16.

sucção e 2” e recalque 2” (com ralo de sucção). Obs. simples efeito. EFEITO.6 Kg . Obs.: Dispomos de outras capacidades sob encomenda. EFEITO.Diversos – v3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Número de rotores 01 Diâmetro do rotor 122mm Altura máxima manométrica 28MCA Vazão máxima RPM 33m³/h 3500 TABELA DE RENDIMENTO Altura Manométrica (mca) 6 8 10 12 14 18 20 22 24 26 28 Vazão (x1000 l/h) 33 32 31 30 28 26 24 17 12 8 4 C-1035-AD 12 Seção J Secao .J . lama Motor a gasolina de 3. EFEITO. Peso 32.5 CV/2 tempos. duplo efeito. Neste tipo de macaco o retorno do pistão é através força hidráulica. com alças para transporte.: Dispomos de outras capacidades sob encomenda. CÓDIGO I-4068-E I-4068-F I-4068-G I-4068-H VERSÕES MACACO MACACO MACACO MACACO HIDRÁULICO HIDRÁULICO HIDRÁULICO HIDRÁULICO DUPLO DUPLO DUPLO DUPLO EFEITO. Carcaça hidráulica fabricada em ferro fundido. Moto bomba. carga Diversos Macaco hidráulico de simples efeito para aplicação de carga.00 . CÓDIGO I-4068-D I-4068-C I-4068-A I-4068-B VERSÕES MACACO MACACO MACACO MACACO HIDRÁULICO HIDRÁULICO HIDRÁULICO HIDRÁULICO SIMPLES SIMPLES SIMPLES SIMPLES EFEITO.5HP PALAVRA-CHAVE: Sonda. 20T 50T 100T 200T I-4068-B MACACO HIDRÁULICO DUPLO EFEITO PALAVRA-CHAVE: Bomba hidráulica.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS MACACO HIDRÁULICO SIMPLES EFEITO PALAVRA-CHAVE: Bomba hidráulica. EFEITO. 12 . carga Macaco hidráulico de duplo efeito para aplicação de carga.Portugues Pág. EFEITO. Neste tipo de macaco o retorno do pistão é através da aplicação de força externa. EFEITO. 20T 50T 100T 200T I-4068-H C-1035-AD MOTO BOMBA DE 3.

Portugues Pág.00 .J . Utilizada em diversas aplicações. capacidade 37 Litros/min.600 Kg .Diversos – v3. Peso 17. C-1049 13 Seção J Secao . 13 .CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS C-1049 BOMBA DE VÁCUO E AR COMPRIMIDO PALAVRA-CHAVE: Bomba a vácuo. ar comprimido Diversos Bomba a vácuo e ar comprimido.

com extensômetro.000 50.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos ANEL DINAMOMÉTRICO PARA COMPRESSÃO PALAVRA-CHAVE: Anel dinamométrico.600 3.10 45.00 43.000 10. precisão. CODIGO I-1068-C I-1068-B I-1068-A I-1068-W I-1068 VERSÕES CAPACIDADE AFERIÇÃO (KGF) 50 100 300 500 1.00 15.000 10.00 15. fabricado em aço temperado.000 20.000 2.000 50.000 5.30 15.00 . CODIGO I-1068-AB I-1068-U I-1068-I I-1068-J I-1068-K I-1068-E I-1068-Z I-1068-D I-1068-L I-1068-M I-1068-N I-1068-F I-1068-G fabricado em aço VERSÕES CAPACIDADE AFERIÇÃO (KGF) 2.480 3. compressão. carga.000 7.000 20.00 I-1068-U ANEL DINAMOMÉTRICO PARA COMPRESSÃO E TRAÇÃO PALAVRA-CHAVE: Anel dinamométrico.000 x x x x x x x x x x x PESO(KG) 4.800 I-1068 CÓDIGO I-1068-O I-1068-Q OUTROS ACESSÓRIOS ESTOJO DE MADEIRA PARA ANEL DE 10T ESTOJO DE MADEIRA PARA ANEL DE 20.90 14 Seção J Secao . temperado.000 3.000 200.Portugues Pág. medição Anel dinamométrico para tração em postes de concreto.00 61. precisão.00 21. compressão.000 3. Disponível em diferentes capacidades.000 9. medição Anel dinamométrico para compressão. 50. com extensômetro. precisão.800 2. tração. com extensômetro. carga.250 ANEL DINAMOMÉTRICO PARA TRAÇÃO EM POSTES DECONCRETO PALAVRA-CHAVE: Anel dinamométrico.100 7.000 PESO(KG) 13.400 10. 14 . 100 e 200T PESO(KG) 7. medição Anel dinamométrico para compressão e tração.000 PESO(KG) 2. tração.000 100.500 3.40 12.00 24. carga.800 11. Disponível em diferentes capacidades. Disponível em diferentes capacidades.Diversos – v3. CODIGO I-1068-AA I-1068-V I-1068-X I-1068-Y VERSÕES CAPACIDADE (KGF) 1. fabricado em aço temperado.J .000 100.000 1.20 7.900 3.000 6.

990 0. medição. relógio comparador Extensômetro (relógio comparador) para uso geral. 15 .670 0.01 0.220 0.990 0. disponível em diferentes modelos na versão analógica e digital.01 0.01 0. ZERO ABSOLUTO PESO(KG) 12.170 0. medição.01 0.980 0.260 C-4016 C-4015-D MANÔMETROS PALAVRA-CHAVE: Manômetro.160 0. CODIGO C-4016 C-4015 C-4015-A C-4015-B C-4015-C C-4015-E C-4015-D C-4015-F VERSÕES (ANALOGICO/DIGITAL) TIPO CURSO RESOLUÇÃO PESO(KG) (MM) (MM) A A A A A A D D 5 10 20 25 30 50 10 25 0.990 VERSÕES (PADRÃO RECORD) CODIGO (KGF/CM²) PESO(KG) C-3060-H C-3060-O C-3060-P 10 100 600 1.990 0.01 0.990 0.800 15 Seção J Secao . precisão.000 0.J .00 .160 0. pressão Manômetros anlógicos para uso geral.01 0. disponível em diferentes modelos.300 1.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos EXTENSÔMETROS PALAVRA-CHAVE: Extensômetro.300 1.670 0.130 0.990 0.300 OPCIONAIS CODIGO C-3060-I C-3060-Q DESCRIÇÃO BOMBA PARA CALIBRAÇÃO MANÔMETRO DE PRESSÃO RESIDUAL.670 C-3060-B CODIGO C-3060-F C-3059 C-3060-A VERSÕES (KGF/CM²) DIÂMETRO (Pol) 350 1 60 6 4 6 PESO(KG) 1.Diversos – v3.670 0.300 1. DIGITAL. precisão.001 0.670 0.01 0.250 0.Portugues Pág.160 0.670 0. CODIGO C-3060-J C-3060-L C-3060-M C-3060-D C-3060-E C-3060-G C-3060-K C-3060-N C-3001-A C-3060-C C-3060-B VERSÕES (SAÍDA VERTICAL) (KGF/CM²) DIÂMETRO PESO(KG) (Pol) 25 28 35 100 200 250 300 400 600 700 1000 4 4 4 6 6 6 6 6 6 4 4 0.

VERSÕES C-4061 CODIGO C-4061 C-4030 C-4096 DESCRIÇÃO DESTILADOR DE ÁGUA. CAPACIDADE 10Lt/h. meteorologia. evitando a queima da resistência. VERSÕES CODIGO C-4081 C-4081-C DESCRIÇÃO PLUVIÔMETRO TIPO HELMAN PLUVIÔMETRO DE LEITURA DIRETA DE PLÁSTICO 130MM PLUVIÔMETRO VILLE DE PARIS .300 0. tipo Pilsen Diversos Destilador de água tipo Pilsen de funcionamento contínuo. 16 . Cuba aquecedora. COM AUTOMÁTICO DESTILADOR DE ÁGUA.Portugues Pág.possui resistência blindada de imersão. a quantidade de líquidos ou sólidos (chuva.860 PLUVIÔMETRO PALAVRA-CHAVE: Pluviômetro. O índice plivimétrico é medido em milímetros. cúpula e demais partes que entram em contato com a água destilada totalmente em aço inoxidável.800 0.J . precipitação Um pluviômetro é um aparelho de meteorologia usado para recolher e medir. 110 ou 220V.120 4. neve. COM AUTOMÁTICO PESO(KG) 5.695 0. CAPACIDADE 5Lt/h. dispositivo desligador automático contra falta d’água.500 CODIGO C-4061-B C-4030-B C-4096-A C-4061-C C-4030-C REPOSIÇÃO CAMPANULA 2 LITROS CAMPANULA 5 LITROS CAMPANULA 10 LITROS RESISTÊNCIA PARA 2 LITROS RESISTÊNCIA PARA 5 LITROS PESO(KG) 0. O equipamento é de fácil instalação e manuseio com baixa manutenção.500 9. granizo) precipitados durante um determinado tempo e local. lâmpada piloto.00 . COM AUTOMÁTICO DESTILADOR DE ÁGUA. Partes externas com acabamento em pintura eletrostática resultando em um equipamento com maior durabilidade e fino acabamento.950 0. Acompanha suporte de fixação na parede.400 6.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS DESTILADOR DE ÁGUA PALAVRA-CHAVE: Destilador.CAPTAÇÃO 400CM2 PESO(KG) 0.750 0.390 C-4081-C C-4181-B 16 Seção J Secao .500 C-4081 C-4181-B CODIGO C-4081-A C-4081-D OPCIONAIS PROVETA PARA HELMAN PROVETA PARA VILLE DE PARIS PESO(KG) 0.800 0. é a somatória da precipitação num determinado local durante um período de tempo estabelecido.Diversos – v3. em milímetros lineares. CAPACIDADE 2Lt/h.

900 2.600 0.560 1. SPT Diversos Sonda à percussão completa S. 1” C-1035-G Trepano (Tê Descarga) de lavagem.00 1. mineração.1/2" SAPATA CORTANTE DE 2.Portugues Pág.1/2" BICO DOCE DE 1" PIO MECÂNICO PARA MEDIR NÍVEL DE ÁGUA DIÂMETRO 7/8” SACA TUBO DE 2.000 1.700 1.00 1.10 8.1/2 PESO BATENTE DE 65KG CABEÇA DE BATER PARA TUBO DE 2.Diversos – v3. perfuração de poços. 1” C-1035-E Pescador para tubo.5 metros cada) com 4 pernas em tubo SCH 40 2½” com roldana de 8”. COM 1 METRO E LUVA LUVA DE 2. 2½” C-1035-B Cabeça de bater tubo.340 2.250 0. Sarrilho 27 metros de cabo de aço 5/16” C-1035-A C-1035-H Bomba balde (Balde interno) C-1035-AB Peso batente de 65Kg PARTES E PEÇAS PARA SONDA À PERCUSSÃO CODIGO C-1035-A C-1035-H I-1035-AB C-1035-C C-1035-B C-1035-R C-1035-D C-1035-E C-1035-G C-1035-T C-1035-S C-1035-K I-1035-X I-1035-W C-1035-Z I-1035-V I-1035-U C-1035-Y I-1040-A I-1040 C-1035-L C-1035-AE C-1035-AF C-1035-AC C-1035-AD C-1035-J C-1035-M C-1035-N C-4135-B C-4221 C-4221-A C-1035-Q C-1035-P C-1035-O C-1035-AH C-1035-F C-1035-I COMPONENTES TRIPÉ EM TUBO DE 2 ½ " COM GUINCHO E 27 METROS DE CABO BOMBA BALDE (BALDE INTERNO) DE 2.500 3.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS C-1035 SONDA À PERCUSSÃO COMPLETA NBR 6484 PALAVRA-CHAVE: Sonda.600 6.00 . parafuso. 17 .1/2" CHIFRE DE BODE DE 1" TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 2.340 6.100 3.000 C-1035-T Elevador giratório. solos.1/2" PESO(KG) 169. COM 2 METROS E LUVA TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 2. alça e escada.050 4.1/2".960 0.5HP AMOSTRADOR SPT DE 2" BICO PARA AMOSTREADOR CABEÇOTE PARA AMOSTREADOR DE 2" TIPO SPT CHAVE DE GRIFO 18” TORQUÍMETRO ¾” COM RELÓGIO CABEÇA DO TORQUÍMETRO ¾” HASTE GUIA PARA PESO DE BATER BICO DE LAVAGEM PARA TUBO DE 2. sondagem.700 0.100 0.1/2” ABRAÇADEIRA PARA TUBO DE 1” LÂMINA DE LAVAGEM 2” MOTO-BOMBA DE 3.1/2" ELEVADOR GIRATÓRIO DE 1" ELEVADOR GIRATÓRIO DE 2. etc.1/2" CABEÇA DE BATER PARA TUBO DE 1" CRUZETA DE LAVAGEM DE 1" PESCADOR PARA TUBO DE 1" PESCADOR PARA TUBO DE 2.050 0. sarrilho manual incorporado a estrutura para auxiliar a extração do amostrador do revestimento.150 5.700 1. 2½” C-1035-C Cabeça de bater tubo.450 0.100 Peso Aproximado: 670.J .490 3.350 C-1035-D Pescador para tubo. 1” C-1035-R Cruzeta de lavagem.510 0. 2½” C-1035-K Chifre de Bode.700 0.180 2.30 Kg 17 Seção J Secao .1/2" (6 pecas) HASTE DE 1" COM 2 METROS HASTE 1" COM 1 METROS LUVA DE 1" (6 pecas) TRADO TIPO IPT 4”.510 17.960 65.00 0.1/2" TREPANO DE LAVAGEM DE 2.1/2". estudos de fundações.P. Tripé desmontável bipartido (2. (Standart Penetration Test) para sondagem leve até 30 metros. 1” 35. COM CRUZETA E HASTE DE 1” TRADO HELICOIDAL 2¼“ ABAIXADOR TIPO U EW (CHAVE DE ALÇAR) PARA TUBO DE 1" ABRAÇADEIRA PARA TUBO DE 2. 1” C-1035-S Elevador giratório. 2½” 32.00 1.T.

Sarrilho mecânico.5HP C-1035-J Amostrador SPT de 2” C-1035-M Bico para Amostrador SPT de 2” C-1035-N Cabeçote para Amostrador SPT de 2” C-4134-B Chave de grifo 18” C-4221 Torquímetro de ¾” C-1035-Q Haste guia de bater C-1035-P Bico de lavagem para tubo de 2. Partes e peças para sondagem. construída em tubos de aço de 2 ½” . Moto bomba de 3. 2 metros I-1035-W Tubo de revestimento de 2½“.J .1/2" C-1035-I Sapata cortante de 2. 18 Seção J Secao . de duplo disco blindado. 18 .00 .Diversos – v3.1/2" C-1035-AH Pio mecânico para medir nível de água diâmetro 7/8” • • • • • Fácil montagem e baixo custo.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos I-1035-V Haste de 1“.Portugues Pág. 1 metro C-1035-Z Luva de 2½“ C-1035-L Abaixador tipo U EW (chave de alçar) C-1035-AE Abracadeira de 2½“ C-1035-AC Lâmina de lavagem C-1035-AD Moto bomba 3. 2 metros I-1035-U Haste de 1“.1/2" C-1035-O Bico doce de 1” C-1035-F Saca tubo de 2. acionado manualmente.5HP. e cabo de aço. com cruzeta e haste de 1” I-1040 Trado helicoidal 2¼“ I-1035-X Tubo de revestimento de 2½“. Torre. Fácil manutenção. com roldana de 8". 1 metro C-1035-Y Luva de 1“ I-1040-A Trado IPT de 4”. tipo tripé.

45 1. 3”x2”.044 400 0.1/2” 88.83 8 2.1125 3/8” 9.1 1.020 FUNDO INTERMEDIÁRIO FUNDO TAMPA C-1087-5/8” C-1087-1/2” C-1087-7/16” C-1087-3/8” C-1087-5/16” C-1087-1/4” C-1087-3.088 200 0.1/2” C-1015-3” C-1015-2.175 n° 3. granulometria Diversos Peneiras granulométricas redondas para ensaios de laboratório. 19 .CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS GRANULOMETRIA E BALANÇAS PENEIRAS GRANULOMÉTRICAS REDONDAS NBR NM ISO 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras redondas.1/2” C-1014-3” C-1014-2.1/2” C-1015-1.8 1. C-1014 ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) CAIXILHO EM AÇO Ø 300x100mm C-1086-4” C-1086-3.125 140 0.3/4” C-1086-1.1/2” C-1014-2” C-1014-1.1/2” C-1014-1.710 30 0.6 3.1/4” C-1086-1” C-1086-7/8” C-1086-3/4” C-1086-5/8” C-1086-1/2” C-1086-7/16” C-1086-3/8” C-1086-5/16” C-1086-1/4” C-1086-3.00 6 3.5 C-1014-4 C-1014-5 C-1014-6 C-1014-7 C-1014-8 C-1014-10 C-1014-12 C-1014-14 C-1014-16 C-1014-18 C-1014-20 C-1014-25 C-1014-30 C-1014-35 C-1014-40 C-1014-45 C-1014-50 C-1014-60 C-1014-70 C-1014-80 C-1014-100 C-1014-120 C-1014-140 C-1014-170 C-1014-200 C-1014-230 C-1014-270 C-1014-325 C-1014-400 CODIGO 4” 101.19 18 1.9375 ¼” 6.355 50 0.149 120 0.525 5/16” 7.060 19 Seção J Secao .025 636 0.75 1” 25.1/2” C-1086-2” C-1086-1.3/4” C-1015-1.9 3” 76.35 1/8” 3.7 7/16” 11.00 20 0.5 5.4 7/8” 22.500 40 0.425 45 0.0 2” 50.105 170 0.5 C-1015-4 C-1015-5 C-1015-6 C-1015-7 C-1015-8 C-1015-10 C-1015-12 C-1015-14 C-1015-16 C-1015-18 C-1015-20 C-1015-25 C-1015-30 C-1015-35 C-1015-40 C-1015-45 C-1015-50 C-1015-60 C-1015-70 C-1015-80 C-1015-100 C-1015-120 C-1015-140 C-1015-170 C-1015-200 C-1015-230 C-1015-270 C-1015-325 C-1015-400 Ø 8”x2” C-1014-4” C-1014-3.1/2” 63.1/2” C-1086-3” C-1086-2.1/4” C-1014-1” C-1014-7/8” C-1014-3/4” C-1014-5/8” C-1014-1/2” C-1014-7/16” C-1014-3/8” C-1014-5/16” C-1014-1/4” C-1014-1/8” C-1014-3.1/4” C-1015-1” C-1015-7/8” C-1015-3/4” C-1015-5/8” C-1015-1/2” C-1015-7/16” C-1015-3/8” C-1015-5/16” C-1015-1/4” C-1015-1/8” C-1015-3.76 5 4.05 5/8” 15.1/2” 38. disponíveis nos tamanhos: Ø 300x100mm.037 450 0. Fabricadas em aço inoxidável.600 35 0.500 Kg Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC. Ø 5”x2”.41 16 1.36 7 2.5 C-1087-4 C-1087-5 C-1087-6 C-1087-7 C-1087-8 C-1087-10 C-1087-12 C-1087-14 C-1087-16 C-1087-18 C-1087-20 C-1087-25 C-1087-30 C-1087-35 C-1087-40 C-1087-45 C-1087-50 C-1087-60 C-1087-70 C-1087-80 C-1087-100 C-1087-120 C-1087-140 C-1087-170 C-1087-200 C-1087-230 C-1087-270 C-1087-325 C-1087-400 C-1088-6 C-1088-7 C-1088-8 C-1088-10 C-1088-12 C-1088-14 C-1088-16 C-1088-18 C-1088-20 C-1088-25 C-1088-30 C-1088-35 C-1088-40 C-1088-45 C-1088-50 C-1088-60 C-1088-70 C-1088-80 C-1088-100 C-1088-120 C-1088-140 C-1088-170 C-1088-200 C-1088-230 C-1088-270 C-1088-325 C-1088-400 C-1037-C C-1037-B C-1037-A C-1088-C C-1088-B C-1088-A C-1087-C C-1087-B C-1087-A C-1015-C C-1015-B C-1015-A C-1014-C C-1014-B C-1014-A PESO: 0.3/4” 44.38 10 2.1/2” C-1015-2” C-1015-1.1/2” C-1086-1.875 ½” 12.Diversos – v3. Ø 3”x1”.00 .3/4” C-1014-1.66 4 4. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.250 70 0.032 500 0.1/4” 31.210 80 0. granulométricas.225 ¾” 19.00 12 1.5 C-1086-4 C-1086-5 C-1086-6 C-1086-7 C-1086-8 C-1086-10 C-1086-12 C-1086-14 C-1086-16 C-1086-18 C-1086-20 C-1086-25 C-1086-30 C-1086-35 C-1086-40 C-1086-45 C-1086-50 C-1086-60 C-1086-70 C-1086-80 C-1086-100 C-1086-120 C-1086-140 C-1086-170 C-1086-200 C-1086-230 C-1086-270 C-1086-325 C-1086-400 C-1086-450 C-1086-500 C-1086-635 C-1086-C C-1086-B C-1086-A C-1037-3.68 14 1.297 60 0. Ø 8”x1”.5 C-1037-4 C-1037-5 C-1037-6 C-1037-7 C-1037-8 C-1037-10 C-1037-12 C-1037-14 C-1037-16 C-1037-18 C-1037-20 C-1037-25 C-1037-30 C-1037-35 C-1037-40 C-1037-45 C-1037-50 C-1037-60 C-1037-70 C-1037-80 C-1037-100 C-1037-120 C-1037-140 C-1037-170 C-1037-200 C-1037-230 C-1037-270 C-1037-325 C-1037-400 Ø 3”x1” Ø 3”x2” Ø 5”x2” Ø 8”x1” C-1015-4” C-1015-3.J .074 230 0.840 25 0.Portugues Pág.070 0.2 2.062 270 0. Ø 8”x2”.177 100 0.053 325 0.

CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.300 0.05 15.40 1.053 0.4 22.00 3.36 2.150 0.060 20 Seção J Secao .850 0.175 5.355 0.3/4” I-3008-1.75 4.J .1/2” I-3008-2” I-3008-1.2 63.Diversos – v3. Fabricadas com caixilho permitem a troca de tela.045 0.525 7.1/2” 1.80 2.Portugues Pág.1/4” I-3008-1” I-3008-7/8” I-3008-3/4” I-3008-5/8” I-3008-1/2” I-3008-7/16” I-3008-3/8” I-3008-5/16” I-3008-1/4” I-3008-1/8” I-3008-3.212 0.1/4” 1” 7/8” ¾” 5/8” ½” 7/16” 3/8” 5/16” ¼” 1/8” n° 3.6 88.500 Kg Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC.7 11.225 19.00 0. granulométricas.45 38. em aço galvanizado.1/2” 2” 1.106 0.75 25.038 PESO: 0.070 0.00 1.6 4.125 0.8 44.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS PENEIRAS GRANULOMÉTRICAS QUADRADAS NBR ISO NM 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras quadradas.875 12.5 4 5 6 7 8 10 12 14 16 18 20 25 30 35 40 45 50 60 70 80 100 120 140 170 200 230 270 325 400 FUNDO TAMPA 101.1 31.18 1.250 0.180 0.35 2.075 0.1/2” 3” 2.70 1.35 3.3/4” 1.063 0.600 0.1/2” I-3008-1.9375 6.500 0. Dimensões 50x50x10cm.9 76. 20 .710 0. I-3008 PENEIRAS QUADRADAS 50 x 50 CM CÓDIGO I-3008-4” I-3008-3.5 I-3008-4 I-3008-5 I-3008-6 I-3008-7 I-3008-8 I-3008-10 I-3008-12 I-3008-14 I-3008-16 I-3008-18 I-3008-20 I-3008-25 I-3008-30 I-3008-35 I-3008-40 I-3008-45 I-3008-50 I-3008-60 I-3008-70 I-3008-80 I-3008-100 I-3008-120 I-3008-140 I-3008-170 I-3008-200 I-3008-230 I-3008-270 I-3008-325 I-3008-400 I-3008-B I-3008-A ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) 4” 3. granulometria Diversos Peneiras granulométricas quadradas para ensaios de laboratório.090 0.0 50.425 0.00 .1/2” I-3008-3” I-3008-2.1125 9.

075 0.Diversos – v3.053 0.18 0.500 Kg PENEIRAS ALPINE CODIGO I-3066-8 I-3066-16 I-3066-30 I-3066-50 I-3066-70 I-3066-100 I-3066-120 I-3066-140 I-3066-170 I-3066-200 I-3066-230 I-3066-270 I-3066-325 I-3066-400 I-3066-B I-3066-A ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) C-3066 CODIGO I-3066-C I-3066-D C-3032 ACESSÓRIOS ANEL O´RING 182X195X6. para ensaios de laboratório.36 1. FRASCO 130 GRAMAS 8 16 30 50 70 100 120 140 170 200 230 270 325 400 FUNDO TAMPA DE ACRÍLICO TRANSPARENTE 2.J . com rebaixo e caixilho Ø 200x30mm.106 0.063 0. Peso: 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS PENEIRAS ALPINE NBR ISO NM 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras Alpine.038 Podemos fornecer quando solicitado peneiras com certificado rastreável à RBC.00 .5MM PARA VEDAÇÃO ENTRE A TAMPA E A PENEIRA ANEL O´RING 200X3MM PARA VEDAÇÃO ENTRE A PENEIRA E O PENEIRADOR AMOSTRA DE CIMENTO PARA CALIBRAÇÃO. 21 .045 0. CODIGO C-1019 C-1019-A OPCIONAIS ESCOVA COM FIO DE BRONZE PARA LIMPEZA DE PENEIRAS ESCOVA COM FIO DE NYLON PARA LIMPEZA DE PENEIRAS PESO(Kg) 0.060 21 Seção J Secao .212 0.150 0.090 0.Portugues Pág.070 0.125 0. Fabricadas em aço inoxidável. granulométricas.300 0.600 0. granulometria Diversos Peneiras para peneirador a vácuo tipo Alpine.

00 Kg VOLTAGEM Monofásico 110 ou 220 WATTS 750 HZ 60 HP 1 I-3007 I-1016-B PENEIRADOR ELETROMAGNÉTICO PALAVRA-CHAVE: Peneirador. capacidade para 8 (oito) peneiras de ∅ 8x2” ou 17 (dezessete) peneiras de ∅ 8x1” mais fundo e tampa. 3” e 5”.20 6. peneiras.1/2” 1” ¾” ½” ¼” 3/8” 10 12 16 16 16 20 24 PESO(Kg) 13.00 . para peneiras de 50x50x10cm. Acompanhado com duas hastes para fixação das peneiras quadradas.00 11. 300mm. 22 . granulometria.00 Kg I-1016-B CODIGO I-1016-D OPCIONAIS ADATADOR PARA AS PENEIRAS DE ∅ 200MM. capacidade de até 6 (seis) peneiras. com fundo e tampa. Possui timer digital para controlar eletronicamente o tempo (até 99 minutos) e freqüência de vibração.80 5.60 12. granulometria O repartidor de amostras é fabricado em chapa galvanizada com diversas aberturas.Portugues Pág. vibração Peneirador Eletromagnético de bancada. Possui controlador de tempo para programar o ensaio. CODIGO C-1022-B C-1022-D C-1022 C-1022-C C-1022-A C-1022-E C-1022-F VERSÕES ABERTURA # DE CALHAS 2” 1. Peso: 150.80 13. Dispomos opcionalmente de dispositivo para uso das peneiras ∅ 200mm. amostras. Peso: 39. peneiras. Acompanham o repartidor: 3 (três) caçambas e 1(uma) pá.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos PENEIRADOR ELÉTRICO I-3007 PALAVRA-CHAVE: Peneirador. granulometria.20 C-1022 22 Seção J Secao . vibração Peneirador elétrico. eletromagnético. 300MM.60 6.J . marca PAVITEST.Diversos – v3. marca PAVITEST. 3” E 5” BIVOLTS Monofásico 110/220 WATTS 100 HZ 50/60 REPARTIDOR DE AMOSTRAS COMPLETO PALAVRA-CHAVE: Repartidor.

320 Kg 23 Seção J Secao .053 0.177 0.225 19.00 1.1/2” 3” 2.19 1.105 0.Portugues Pág.2 63.5 50.38 2.00 0.210 0.52 7.062 0.297 0.1/2” 2” 1.500 0.10 15. granulometria Diversos Tela para peneira quadrada fornecidas com abertura conforme tabela abaixo.5 4 5 6 7 8 10 12 14 16 18 20 25 30 35 40 45 50 60 70 80 100 120 140 170 200 230 270 325 400 101. TELA PARA PENEIRAS QUADRADAS 50 x 50 CM CÓDIGO C-1014-E-4" C-1014-E3.6 88.83 2.125 0.840 0.4 22.76 4.93 6.710 0.1/2” 1.037 Peso: 0.088 0.5 C-1014-E-4 C-1014-E-5 C-1014-E-6 C-1014-E-7 C-1014-E-8 C-1014-E-10 C-1014-E-12 C-1014-E-14 C-1014-E-16 C-1014-E-18 C-1014-E-20 C-1014-E-25 C-1014-E-30 C-1014-E-35 C-1014-E-40 C-1014-E-45 C-1014-E-50 C-1014-E-60 C-1014-E-70 C-1014-E-80 C-1014-E-100 C-1014-E-120 C-1014-E-140 C-1014-E-170 C-1014-E-200 C-1014-E-230 C-1014-E-270 C-1014-E-325 C-1014-E-400 ABERTURA / N° NOMINAL (STM) ABERTURA NORMALIZADA (mm) 4” 3.074 0.7 11.380 0.3/4” C-1014-E-1.590 0.Diversos – v3.149 0.175 5.1 31.66 4.1/4” 1” 7/8” ¾” 5/8” ½” 7/16” 3/8” 5/16” ¼” 1/8” n° 3.420 0.35 3.41 1.8 44.047 0.1/2” C-1014-E-3” C-1014-E-2.1/2” C-1014-E-2” C-1014-E-1.40 38.3/4” 1.90 12.J .1/2” C-1014-E-1.1125 9.9 76.00 .CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS TELA PARA PENEIRA QUADRADADA 55X55CM NBR ISO NM 3310/1 PALAVRA-CHAVE: Peneiras quadradas.250 0.60 2. 23 .68 1.00 3.1/4” C-1014-E-1” C-1014-E-7/8” C-1014-E-3/4” C-1014-E-5/8” C-1014-E-1/2” C-1014-E-7/16” C-1014-E-3/8” C-1014-E-5/16” C-1014-E-1/4” C-1014-E-1/8” C-1014-E-3.70 25.

000 0-6 6-30 0-3 3-6 0-25 25-50 50-100 36x25 36x25 40x40 40x40 3.0 1.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS BALANÇAS PALAVRA-CHAVE: Balanças.01-0.800 1.0 100. 1000 – CAP.000 300.000 200.200 4.500 C-4156 C-4056 C-4055 C-4005 C-4006 C-4002 C-4001 C-4052-A C-4053-A C-4004-A C-4006-B C-4058 C-4058-A AM-220 SR-10 SR-15 1000 1001 ROBERVAL ROBERVAL ROBERVAL ROBERVAL ROBERVAL OHAUS WELMY WELMY 220 10.000 2.000 I-4005-A 3.000 15.0 01 01 TRÍPLICE TRÍPLICE 02 02 02 02 02 TRÍPLICE 01 01 9.000 BALANÇA ANALÓGICA CODIGO MODELO CAPACIDADE (GRAMAS) ESCALA (GRAMAS) PRATOS PESO(KG) OUTRAS BALANÇAS C-1069-A BALANÇA ELETRÔNICA PARA DETERMINAR A UMIDADE BALANÇA.0 20.000 15.000 500-5.000 5. pesagem Diversos Balanças para estabelecer peso de amostras em diversos ensaios ou varias utilidades.0 10.000 13.000 30.700 6.0 2. 311g.001 0.Portugues Pág.300 4.850 4.0 0.610 150.000 6.750 3.000 5.000 0.0 0.500 25.1 19.1 0.0 1.0 50.000 2.10 24 Seção J Secao . 24 .610 20.0 5.500 6.0 1.0 5.000 25.0001 10.01 0.000 11.000 1.0 0.1 0.0 10.02 5.00 .000 13.700 4.000 100.160 4.1 0.000 30. C-4146 BALANÇA ELETRÔNICA CODIGO C-4146-B C-4146-D C-4146-E C-4146-F C-4146-G C-4146 C-4151 C-4145 C-4155 C-4155-A C-4152 AL-500 AS-2000 AS-5000 AC-10K KN-15C AS-5500 MODELO CAPACIDADE (GRAMAS) ESCALA (GRAMAS) INTERVALO (KG) PLATAFORMA DIMENSÃO (CM) PESO(KG) 60.000 500 2.000 10.000 311 1.0 10.0 1.0 5.000 15. CAIXA ENVIDRAÇADA PARA BALANÇA MOD.30 35. 7.1 100.Diversos – v3.01 0.J .

050 0. utilizada em laboratório para diversos tipos de ensaios.025 0.2 25-0.035 0.050 0.330 0.Diversos – v3.(ML) 5-0.050 0. e a segunda (na parte inferior) para extrair a emulsão restante.1 10-0.015 0.42 Kg C-2024 25 Seção J Secao . Fornecemos em vidro ou plástico com e sem rolha em diversas capacidades. Peso: 0.5 50-0.300 C-4166-G PROVETA PARA SEDIMENTAÇÃO DNER-ME 006 PALAVRA-CHAVE: Sedimentação.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS VIDRARIA PROVETA PALAVRA-CHAVE: Proveta Diversos Proveta graduada.100 0. determinador Frasco DB para a determinação do teor de asfaltos.150 0.040 0. Possui duas saídas do fluído para facilitar a extração da emulsão conforme necessidade do ensaio.Portugues Pág.120 0.(ML) 10-0.080 0.035 0.5 500-5 1.(ML) 10 25 50 100 150 250 500 PESO(kg) 0.2 50-2 100-1 250-2 500-5 1000-10 2000-20 PESO(kg) 0.025 0. Capacidade 500ml. a primeira (na parte superior) para extrair primeira emulsão.030 0.300 CAP.200 0.J .035 0.250 Kg C-4166-G C-2024 FRASCO DB PALAVRA-CHAVE: Frasco.160 0. emulsão Proveta para determinação da sedimentação.2 15 20 25-0.5 100-1 250-2.000-20 PESO(kg) 0. teor. C-4023 PROVETA DE VIDRO COM ROLHA ESMERILHADA CODIGO C-4166 C-4166-A C-4166-B C-4166-C C-4166-F C-4166-D C-4166-E PROVETA DE VIDRO GRADUADA CODIGO C-4177 C-4023-H C-4023-G C-4023-F C-4023-E C-4023-D C-4023-C C-4023-B C-4023-A C-4023 C-4023-I PROVETA DE PLÁSTICO GRADUADA CODIGO C-4023-J C-4023-K C-4023-L C-4023-M C-4023-N C-4023-O C-4023-P C-4023-Q CAP.000-10 2.760 CAP. 25 .00 .100 0.045 0.025 0. Peso: 0.540 0.075 0.

100 C-4026-P C-4026-R C-4026-Q 0.140 0. Peso: 0.050 0. FUNDO CHATO E GARGALO LONGO CODIGO C-4022-E C-4022-F C-4022-G C-4022-H VIDRO – (VOLUMÉTRICO) CODIGO C-4022-I C-4022-A C-4022 C-4022-B CAP. DNER-ME 051 PALAVRA-CHAVE: Sedimentação.200 0.560 5. 26 .240 0. (ML) 100 250 500 1.050 0.010 0.200 C-1017 DENSÍMETRO DE BULBO SIMÉTRICO GRADUADO NBR 7181. bulbo Densímetro para com bulbo simétrico para evitar deposição de material.040 0.050 g/cm³ (escala ASTM/AAHSTO 151 H).100 0. VERSÕES CODIGO C-4175 C-4024-B C-4024 C-4024-A ensaios de laboratório.090 0.000 2.090 Kg C-1017 26 Seção J Secao .150 0.015 0. (ML) 50 100 150 200 250 400 500 600 800 1.000 ALUMÍNIO CÓDIGO PESO(KG) PLÁSTICO CÓDIGO C-4026-H C-4026-I C-4026-J C-4026-K C-4026-L C-4026-M C-4026-N C-4026-O PESO(KG) 0.200 0.000 PESO(kg) 0.J . VERSÃO CAP.000 2.Portugues Pág.150 VIDRO CÓDIGO C-4026-E C-4026-D C-4026-B PESO(KG) 0. (ML) 250 500 1.000 PESO(kg) 0.030 0.080 C-4026-A C-4026 C-4026-F C-4026-C C-4026-G 0.420 C-4026 BALÃO VOLUMÉTRICO PALAVRA-CHAVE: Balão volumétrico Balão volumétrico para ensaios de laboratório. Oferecemos vários modelos e capacidades. CAP.150 C-4024 CODIGO I-4102 I-4102-A OPCIONAIS HASTE DE 45CM COM BASE RETANGULAR HASTE DE 75CM COM BASE RETANGULAR PESO(KG) 4.065 0.075 0. Oferecemos diversos modelos e materiais.090 0.300 0.400 C-4022-B BURETA GRADUADA COM TORNEIRA PALAVRA-CHAVE: Bureta Bureta graduada com torneia para Oferecemos várias capacidades.00 . densidade. (ML) 10 25 50 100 PESO(kg) 0.140 0.Diversos – v3. Disponível na escala 0.050 0.100 0.110 0.100 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS COPO BECKER GRADUADO PALAVRA-CHAVE: Becker Diversos Copo Becker para ensaios de laboratório.050 0.995 a 1.070 0.220 CAP.

(ML) 500 100 PESO(kg) 0.160 0.020 0. VERSÕES CODIGO C-4120 C-4120-A CAP.200 0.000ML PESO(KG) 0.090 C-4025 PIPETA VOLUMÉTRICA PALAVRA-CHAVE: Pipeta volumétrica Pipeta volumétrica graduada para ensaios de laboratório.070 0. CAPACIDADE 4.020 0. (ML) 10 20 50 100 PESO(kg) 0.045 0.000ML FRASCO ERLENMEYER CAPACIDADE 125ML .160 0.110 0.040 0. CAPACIDADE 1.055 C-4033-A C-4033-F C-4033-G C-4033-H FRASCO KITAZATO PALAVRA-CHAVE: Frasco Kitasato Frasco Kitazato graduado para ensaios de laboratório.050 0.200 Kg CODIGO C-4230 C-4230-A OPCIONAIS FRASCO KITAZATO.025 0.080 0.300 CODIGO C-4033-E C-4098-A C-4098-A OPCIONAIS FRASCO ERLENMEYER SEM GRADUAÇÃO 1.00 . Fornecemos em várias capacidades.800 C-4230 PIPETA GRADUADA PALAVRA-CHAVE: Pipeta Graduada Pipeta graduada para ensaios de laboratório. CAP.J .065 C-4133 PISSETA PLÁSTICA PALAVRA-CHAVE: Pisseta Pisseta plástica graduada para ensaios de laboratório. VERSÕES CODIGO C-4133-C C-4133-B C-4133-A C-4133 CAP. (ML) 5 10 20 25 50 PESO(kg) 0.120 0.030 0. VERSÕES CODIGO C-4025-E C-4025-B C-4025-A C-4025-D C-4025 CAP. Fornecemos nas capacidades 500ml e 1000ml. Peso: 0. CAPACIDADE 4.070 0. PARA RECUPERAÇÃO DE PERCLOROETILENO. DE PLÁSTICO PESO(KG) 0. DE PLÁSTICO FRASCO ERLENMEYER CAPACIDADE 500ML . Fornecemos em várias capacidades. CAPACIDADE 3.060 0. PARA RECUPERAÇÃO DE PERCLOROETILENO.000 ROLHA (C/S) S S C S C S S PESO(kg) 0.000ML FRASCO ERLENMEYER.450 0. 27 .Portugues Pág.000ML FRASCO KITAZATO.300 0.Diversos – v3.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS FRASCO ERLENMEYER PALAVRA-CHAVE: Frasco Erlenmeyer Diversos Frasco Erlenmeyer graduado para ensaios de Oferecemos várias capacidades com ou sem rolha. VERSÕES EM VIDRIO CODIGO C-4033-D C-4033-C C-4059 C-4033-B C-4059-A C-4033 C-4033-A laboratório.380 0.150 C-4120 27 Seção J Secao .030 0. DE PLÁSTICO FRASCO ERLENMEYER CAPACIDADE 250ML .000ML FRASCO ERLENMEYER. (ML) 500 125 250 250 500 500 1.

020 0.0 18x1.300 C-1057 C-2016-D ADAPTADOR DE VIDRO C/105° PALAVRA-CHAVE: Adaptador de vidro C-2016-D Adaptador de vidro com 105° de ângulo. CÔNICO PARA ASFALTO ALUMÍNIO.025 FRASCO REAGENTE PALAVRA-CHAVE: Frasco reagente Frasco reagente vidro boca larga e estreita com rolha esmerilhada para ensaios de laboratório.010 0.010 0.0 PESO(kg) C-4077-A C-4077-B C-4077 C-4077-C C-4077-A 0. 28 .190 C-4021-B OPCIONAIS CODIGO C-4021-H C-4021-E C-4021-G C-4034 C-4021-J DESCRIÇÃO PICNÔMETRO DE PICNÔMETRO DE PICNÔMETRO DE FUNIL DE VIDRO PICNÔMETRO DE 5ML 25ML. para ensaios de laboratório.040 0.090 0.000 2.J .8 20x2.015 0. VERSÕES (COM ROLHA) CODIGO C-4021-I C-4021-B C-4021-C C-4021-A C-4021-F C-4021 C-4021-D VOLUME (ML) 10 25 50 100 250 500 1.000 6.000 9. para realizar ensaios de laboratórios.000 VOLUME (ML) 250 500 1. Para auxiliar a montagem de diversos tipos de destiladores e outros aparelhos.000 5.030 0.000 4.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS TUBO DE ENSAIO PALAVRA-CHAVE: Tubo de ensaio Diversos Tubo de ensaio de vidro para ensaios de laboratório.000 PESO(kg) 0.000 14.030 0. 28 Seção J Secao .020 0. BOCA LARGA CODIGO C-4032-B C-4032-C C-4032-D C-4032-E C-4032-F BOCA ESTREITA CODIGO C-4032-G C-4032-H C-4032-I C-4032-J C-4032-K C-4032-L C-4032-M C-4032-N C-4032-O VOLUME (ML) 60 125 250 500 1. CAPACIDADE 2000ML PESO(KG) 0.000 C-1057 DESSECADOR DE VIDRO PALAVRA-CHAVE: Dessecador Dessecador de vidro com placa de diâmetro 250mm.Portugues Pág.140 2. CILÍNDRICO PARA ASFALTO 25ML.Diversos – v3.030 0.00 . CODIGO C-1057-A REPOSIÇÃO PLACA DE PORCELANA PESO(KG) 0.5 15x2.065 0.000 C-4032-B PICNÔMETROS PALAVRA-CHAVE: Picnômetro Picnômetro para ensaios de laboratório. VERSÕES CODIGO ALTURA(CM) X DIAMETRO(CM) 15x1.120 0.

P.56 Kg CODIGO I-1039-C I-1039-D OPCIONAIS EXTENSÃO Ø ¾”x1MT EXTENSÃO Ø ¾”x2MT PESO(Kg) 1. fustes.000 C-1039 CODIGO I-1039-C I-1039-D OPCIONAIS EXTENSÃO Ø ¾”x1MT EXTENSÃO Ø ¾”x2MT PESO(Kg) 1. amostragem Trado para perfurações (pré furo) em Solos muito compactados Ø 2¼” com conexão roscada de Ø 3/4”. cavadeira. CODIGO C-1039 C-1039-A C-1039-B C-1039-E VERSÕES TRADO TRADO TRADO TRADO CONCHA CONCHA CONCHA CONCHA Ø Ø Ø Ø 4” 6” 8” 10” PESO(Kg) 3.000 CODIGO I-1040-A I-1039-E I-1039-F OPCIONAIS EXTENSÃO Ø 1”x1mtr EXTENSÃO Ø 1”x2mtr PESO(Kg) C-4074 TRADO (CAVADEIRA) BOCA DE LOBO PALAVRA-CHAVE: Trado.460 I-1040 TRADO CONCHA NBR 6484 PALAVRA-CHAVE: Trado concha. Acompanham o aparelho: Uma haste de um metro e cruzeta. PALAVRA-CHAVE: Trado IPT. 6”. coletas. 8” e 10”.230 2.T.000 3. amostragem O Trado tipo Concha é ideal para abertura de fustes e coleta de amostragem de Solos acima do nível de água. coesão.000 6. 29 . perfuração.Portugues Pág.P. coletas. é ideal para abertura de fustes e coleta de amostragem de Solos com pouca coesão ou muito úmidos acima do nível de água. buraco.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS FERRAMENTAS Diversos I-1040 TRADO HELICOIDAL PALAVRA-CHAVE: Trado helicoidal. Peso: 4.Diversos – v3. OBS: O fornecimento deste trado é completo (acompanha haste de um metro e cruzeta).00 .J . coletas. Disponível nos Ø 4”. coletas.00 Kg C-4074 29 Seção J Secao . Sua ação se limita ao tamanho do próprio trado. Peso: 1. Todos com um metro de haste e com cruzeta.500 4.200 5. fustes.T.230 2.460 TRADO TIPO I. amostragem O Trado tipo Boca de Lobo é uma cavadeira ideal para abertura de buracos e coleta de amostras de Solos com pouca coesão e de preferência úmidos. amostragem O Trado tipo I. CODIGO I-1040-A I-1040-B VERSÕES TRADO TIPO IPT Ø 4” TRADO TIPO IPT Ø 6” PESO(Kg) 4.

DIVISÃO 1/20MM DIGITAL 6" DIGITAL 8" DIGITAL 12" PESO(Kg) 0. DIVISÃO 1/20MM ANALÓGICO 8".250 0.270 0. CODIGO C-4076 C-4076-A C-4076-B C-4075 VERSÕES TRENA TRENA TRENA TRENA DE FIBRA DE VIDRO COM 10 METROS DE FIBRA DE VIDRO COM 20 METROS DE FIBRA DE VIDRO COM 30 METROS METÁLICA DE 2 METROS PESO(Kg) 0.000 1. 14" CHAVE DE GRÍFO.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS C-4066 ENXADA PALAVRA-CHAVE: Enxada Diversos Enxada com cabo de madeira para diversas utilidades.320 0. 24" PESO(Kg) 1. externas e de profundidade. Peso: 0.130 0.J .500 0.32CM PAQUÍMETRO PAQUÍMETRO PAQUÍMETRO PAQUÍMETRO ANALÓGICO 6".800 C-4134 PAQUÍMETRO PALAVRA-CHAVE: Paquímetro Paquímetro analógico ou digital usado para medir dimensões lineares internas.000 Kg C-4066 C-4089 MARTELO DE FERRO PALAVRA-CHAVE: Martelo de ferro Martelo de ferro com cabo de madeira para diversas utilidades.500 C-4019 C-4019-D 30 Seção J Secao .200 1. 30 .130 0. Peso: 2.00 .350 0. CODIGO C-4019 C-4019-A C-4019-B C-4019-D C-4019-C C-4019-E VERSÕES PAQUÍMETRO 15.120 C-4076 CHAVE DE GRÍFO PALAVRA-CHAVE: Chave.24CM PAQUÍMETRO 20.Diversos – v3.650 Kg C-4089 TRENA PALAVRA-CHAVE: Trena Trena de fibra de vidro e metálica para diversas utilidades. DIVISÃO 1/20MM ANALÓGICO 12". sondagem Chave de grifo para diversas utilidades CODIGO C-4134 C-4134-B C-4134-A VERSÕES CHAVE DE GRÍFO.Portugues Pág. 18" CHAVE DE GRÍFO.425 0.

31 .3MM COROA DIAMANTADA DE 50. makita Serra portátil tipo Makita.00 . VOLTAGEM Monofásica 110 ou 220 HZ 50/60 WATTS 1400 C-3003-AD 31 Seção J Secao .Diversos – v3. furadeira Diversos Furadeira profissional para uso geral. Ferramenta para uso geral. furadeira.Portugues Pág. corte.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS FURADEIRA C-3003-V PALAVRA-CHAVE: Furar.3MM C-3003-AD SERRA PORTÁTIL TIPO MAKITA PALAVRA-CHAVE: Serra. Possui saída de 3/8” para instalação na furadeira. CODIGO C-3003-M C-3003-N C-3003-M VERSÕES COROA WIDIA DE 50. coroa diamantada Coroa (serra copo) para furadeira. BIVOLTS Monofásica 110/220 HZ 50/60 WATTS 500 C-3003-V C-3003-M SERRA COPO PARA FURADEIRA PALAVRA-CHAVE: Furar. Usa discos diamantados de até 11cm.J . serra copo. especial para furos circulares em diversos materiais.

J .Portugues Pág. cabo RS-232 e manual de instruções.02 pH e resolução de 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS INSTRUMENTACAO MEDIDOR DE PH DIGITAL. para medições em laboratório. Display LCD iluminado. 5 A 100%. temperatura Termômetro digital com haste (espeto) de 120mm para penetração em aço inoxidável. sensor de temperatura em aço inox. Peso: 0. desligamento automático após 15 minutos sem operação. soluções tampão pH 7. -50°C à 150°C e divisão 0.100 TERMO HIGRÔMETRO PALAVRA-CHAVE: Termo higrômetro. laboratório C-4136 Medidor de PH micro processado de bancada. Possui display de cristal Líquido (LCD) 3 ½ dígitos e Interface serial RS-232.01 pH. Peso: 0. Escala -50°C até 150°C e resolução de 0. precisão 0.00 e 4. SEM CONTATO PALAVRA-CHAVE: Infravermelho. CODIGO C-3039 C-3039-A VERSÕES TERMO-HIGRÔMETRO. Acompanha suporte para bolso. Fornecido: 01 Eletrodo de vidro p/ medir pH em soluções aquosas. DIGITAL PESO(KG) 0. com bolsa para transporte inclusa.080 C-3039-A 32 Seção J Secao .01pH. UR-100MM. Possui interfase RS-232.1°C ou -50°C até 300°C e divisão de 1°C segundo modelo. ANALÓGICO TERMO-HIGRÔMETRO.1°C TERMÔMETRO DIGITAL. Ideal para medições em campo. medição.200 Kg Dimensões: 135x60x33mm C-4136 MEDIDOR DE PH MICRO PROCESSADO DE BANCADA PALAVRA-CHAVE: Medidor de PH. temperatura C-4017-K Termômetro Digital Infravermelho sem contato (com mira laser). medição. C-4017-K TERMÔMETRO DE RADIAÇÃO INFRAVERMELHO. visualização da falha do sensor e mudança de °C e °F. Possui display de cristal Líquido (LCD). com resolução de 0.Diversos – v3. UR-100MM. Opcional: Saída analógica para registrador gráfico e cabo USB modelo CRS-80. medição. Escala de 0 a 14pH. Disponível nas versões analógica e digital. medição e visualização da carga da pilha. 32 . temperatura Termo higrômetro permite a leitura de temperatura e umidade ambiente. Função máxima e mínima.00 . termômetro. Temperatura de 0° a 100°C. PORTÁTIL C-4137 PALAVRA-CHAVE: Medidor de PH Diversos C-4137 Medidor de PH digital Portátil.00. Dimensões: 175x39x79 mm Peso: 0.080 0. -50°C à 300°C e divisão 1°C PESO(KG) 0. suporte para eletrodo e sensor de temperatura.180 Kg C-2010-N TERMÔMETRO DIGITAL TIPO ESPETO PALAVRA-CHAVE: Termômetro.100 0. Escala de -50 até +400°C e precisão ±2°C / °F.100 Kg C-2010-N CODIGO C-2010-N C-2010-O VERSÕES TERMÔMETRO DIGITAL. 5 A 100%.01pH e precisão de ± 0. ºC/ºF. Funções: Memória da última medição. Escala de trabalho é de 0a 14 pH.

Diversos – v3.040 0.020 C-2010 TERMÔMETRO PARA PISTA PALAVRA-CHAVE: Termômetro. Possui haste de 200mm pontiaguda permitindo a penetração e correspondente fixação em superfícies com pouca coesão. Muitas vezes esse tipo de medição está ligada também ao fator tempo e condições do ambiente de aquecimento.052 0. temperatura Diversos Importante instrumento de medição de temperatura.037 0.039 0. onde o teor térmico é um fator decisivo para determinar o estágio de uma solução ou mudança de condições do ensaio em que ponto passa a ter outras características.080 0. TERMÔMETRO DE MERCÚRIO CODIGO MAXIMO PESO(Kg) C-4017 C-4017-C C-4017-A C-4017-B C-4017-G C-4017-E C-4017-F C-4017-D 60ºC 110ºC 150ºC 200ºC 250ºC 300ºC 360ºC 420ºC 0.042 0.050 0.040 0.035 0. Medidor.030 0.055 0.5ºC TERMÔMETRO TERMÔMETRO TERMÔMETRO 110/220V TERMÔMETRO TERMÔMETRO 30°C a +50°C TERMÔMETRO BECKMAN TERMÔMETRO 0/210ºC TERMÔMETRO 0/50ºC A ALCÓOL 0/60ºC A ALCÓOL 150ºC AMBIENTE PARA PAREDE DE CONTATO ELÉTRICO.042 0.040 0.038 0.040 0. C-2010 33 Seção J Secao .150 0.035 0. com intervalo de 5°C.030 0.043 0.040 0. CODIGO C-2037 C-2052 C-2027-A C-2027 C-2037-A C-2028 C-2029 C-2030 C-2051 C-2031 C-2032 C-2046-E C-2033 C-2046-C C-2034 C-2035 C-2036 C-2046-F C-2038 C-2046-B C-2039 C-2040 C-2041 C-2053 C-2042 C-2046-D C-2044 C-2045 C-2046 C-2046-A TERMÔMETRO ASTM ASTM FAIXA RES. permite medições de temperatura de 0° a 250°C.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS TERMÔMETROS PALAVRA-CHAVE: Termômetro.J . COMPLETO DE MÁXIMA E MÍNIMA – DIFERENCIAL DE PARA ESTUFA DE PARA PICNÔMETRO DE PESO(Kg) 0.200 0.062 0. Utilizado em variados tipos de ensaios. medidor. 3F 7C 8C 9C 9F 10C 11C 15C 16C 17C 18C 18F 19C 19F 20C 21C 22C 22F 35C 41C 63C 64C 77F 78F 79F 80F 81F 108F 109F 113C 20 A 372ºF -2 A 300ºC -2 A 400ºC 5 A 110ºC 90 A 370ºC 6 A 400ºC 2 A 80ºC 30 A 200ºC 19 A 27ºC 34 A 42ºC 204 A 216ºC 49 A 57ºC 57 A 85ºC 79 A 87ºC 95 A 103ºC 90 A 170ºC 8 A 32ºC 25 A 55ºC 245 A 265ºF 295 A 315ºF 345 A 365ºF 395 A 415ºF 445 A 465ºF 270 A 290ºF 320 A 340ºF 4ºF 1ºC PESO(Kg) 0.042 0.090 Os termômetros ASTM são fabricados sob normas de medição e faixas especificas.041 0. temperatura Termômetro bi-metálico com leitura analógica.030 0. com diâmetro de 50 mm.039 0.035 0.042 0.057 0.070 0.040 0. DE GLOBO.040 0.Portugues Pág.057 0.040 CODIGO C-4130 C-4130-A C-4094-A C-2047 C-4213 C-4094 C-3051-A C-4017-J C-4017-H TERMÔMETROS DIVERSOS OPCIONAIS TERMÔMETRO 0.080 0. podendo realizar medições nas escalas °C ou °F.042 0.039 0.100 0. 33 .00 .048 0.039 0.050 0.040 0.030 0.

C-4196-A C-4194 LUNETA DE BOLSO PALAVRA-CHAVE: Rachaduras.370 0.150 Kg. medidor. usina de asfalto Termômetro com leitura analógica.510 0.200 Kg. trincas.410 0. Peso: 0. C-4219 C-4196-A LUPA PARA FISSURAS PALAVRA-CHAVE: Rachaduras. Possui aumento de 8 (oito) vezes e escala graduada de 15/0.390 0. temperatura. trincas. Este instrumento permite a medição de fissuras em Concretos ou Cimentos. com diâmetro de 4”. com intervalo de 5°C.420 250 300 C-2010-E 350 C-4219 PACÔMETRO PARA DETERMINAÇÃO DA PROFUNDIDADE DE BARRAS AÇO NO CONCRETO NBR 6124 PALAVRA-CHAVE: Barras metálicas. permite medições de temperatura de 0°C a 350°C. fissuras Lupa para fissuras. Rosca ½ BSP. Este instrumento permite detectar fissuras em Concretos ou Cimentos.400 0.00 .380 0. 34 .J .Portugues Pág. armações de aço Localizador eletrônico de barras metálicas em Concretos. de até 300mm.420 0. para medir temperaturas em usinas de Asfalto ou outras finalidades.400 0.410 0.400 0.Diversos – v3. fissuras Luneta de bolso para fissuras. VERSÕES – Ø 4” CODIGO HORIZONTAL VERTICAL C-2010-M C-2010-F C-2010-G C-2010-H C-2010-D C-2010-E C-2010-A C-2010-I C-2010-J C-2010-C C-2010-K C-2010-L C-2011-M C-2011-F C-2011-G C-2011-H C-2011-D C-2011-E C-2011-A C-2011-I C-2011-J C-2011-C C-2011-K C-2011-L HASTE (cm) 30 10 20 30 20 30 10 20 30 10 20 30 ESCALA (°C) 150 200 PESO (kg) 0. Possui haste horizontal ou vertical. Determina a profundidade e o tamanho (diâmetro) de armações de aço localizadas dentro de estruturas de Concreto (espessura da camada).CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos TERMÔMETRO PARA USINA PALAVRA-CHAVE: Termômetro. profundidade.1mm. C-4196-A 34 Seção J Secao .400 0. Peso: 0.

CODIGO C-4018 C-4018-A VERSÕES ANALÓGICAS CRONÔMETRO ANALÓGICO. 30 MIN . Peso: 0. 35 . medidor de tempo O suporte para cronômetro foi desenvolvido para auxiliar em ensaios de laboratório. trincas. C-4229 CRONÔMETRO PALAVRA-CHAVE: Cronômetro. medidor de tempo Cronômetro.Portugues Pág.050 C-4018-B SUPORTE PARA CRONÔMETRO PALAVRA-CHAVE: Cronômetro.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS FISSURÔMETRO (JOGO DE LÂMINAS) C-4229 PALAVRA-CHAVE: Rachaduras.090 C-4018 CODIGO C-4018-C VERSÃO DIGITAL CRONÔMETRO DIGITAL CAPACIDADE 60 MINUTOS PESO(KG) 0.Diversos – v3.250 Kg C-4018-B 35 Seção J Secao .390 Kg. Utilizado em numerosos ensaios e diversas utilidades. Permite a utilização do cronômetro sobre bancada.J .SENS.SENS. 60 MIN .090 0.00 . Peso: 0. 1/5 SEG PESO(KG) 0. fissuras Diversos Jogo de lâminas graduadas para medir fissuras. importante instrumento para medição de tempo transcorrido. 1/5 SEG CRONÔMETRO ANALÓGICO.

150 C-4029 ALMOFARIZ DE PORCELANA PALAVRA-CHAVE: Almofariz. CÓDIGO C-4029-B C-4029-G C-4029 C-4029-F C-4029-C C-4029-D C-4029 VERSÕES (CAIXA COM 100 FOLHAS) PAPEL PAPEL PAPEL PAPEL PAPEL PAPEL PAPEL FILTRO FILTRO FILTRO FILTRO FILTRO FILTRO FILTRO DIÂMETRO DIÂMETRO DIÂMETRO DIÂMETRO DIÂMETRO DIÂMETRO DIÂMETRO QUALITATIVO.060 0.050 RÍGIDA (PINTOR) GALVANIZADAS CÓDIGO C-1033-D C-1033-F C-1033-A C-1033 C-1033-C C-1033-B C-1033-E MEDIDA NÚMERO 2 3 4 5 6 7 10 PESO(Kg) 0.100 0. Caixa com 100 unidades.070 0. QUALITATIVO.180 0. 36 . 10CM 11CM 15CM 18CM 33CM 50CM 15CM PESO(KG) 0.5 PESO(Kg) 0. QUALITATIVO.040 0. QUALITATIVO. todas com cabo de madeira.150 0. As rígidas (tipo pintor) no formato triangular com lâmina de aço galvanizado.040 0. As flexíveis são confeccionadas com lâmina flexível em aço inox.035 0. porcelana.720 0. QUALITATIVO.J .00 .700 1.Diversos – v3.110 36 Seção J Secao . mão de gral Almofariz de porcelana. Veja tabela abaixo as medidas disponíveis e acompanhamento de mão de gral e luva. QUALITATIVO. CÓDIGO I-1025-E OPCIONAIS LUVA DE BORRACHA PARA MÃO DE GRAL C-1025 ALMOFARIZES CÓDIGO C-1025 C-1025-I C-1025-A C-1025-J C-1025-C C-1025-K C-1025-D C-1025-L CAPACIDADE EM CC 4170 4170 2500 2500 1735 1735 1160 1160 ACOMPANHA GRAL LUVA x x X X X X X X CÓDIGO C-1025-B C-1025-P C-1025-F C-1025-O C-1025-H C-1025-N C-1025-G C-1025-M MÃO DE GRAL ALMOFARIZ 4170 4170 2500 2500 1735 1735 1160 1160 COM LUVA x X X X ESPÁTULAS PALAVRA-CHAVE: Espátulas Espátulas para a preparação de ensaios.100 0. Oferecemos modelos com ou sem Gral (pistilo). ponta arredondada e cabo de madeira. Dispomos vários tipos de espátulas.070 0. C-1032 C-1033 FLEXÍVEL AÇO INOX CÓDIGO C-1032 C-1032-A C-1032-B C-1032-C MEDIDA CM 10x2 15x2 20x2 20x2. Utilizado para preparação de homogeneidade em misturas.110 0.100 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS UTENSÍLIOS PAPEL FILTRO C-4029 PALAVRA-CHAVE: Papel filtro Diversos Papel filtro em diversos diâmetros.Portugues Pág.100 0. QUALITATIVO. com ou sem Luva. usados em vários tipos de ensaios.

240 0.500 2. 7” COLHER DE PEDREIRO.450 1.750 1. Disponíveis em vários tamanhos para diversos usos. CÓDIGO C-1027 VERSÕES BANDEJA CIRCULAR.190 C-4044-A 37 Seção J Secao .35 Kg COLHER DE PEDREIRO PALAVRA-CHAVE: Colher.6 Kg C-1031 COLHER CONCHA TIPO JARDINEIRO PALAVRA-CHAVE: Colher tipo jardineiro C-1055 C-1031 Colher concha tipo jardineiro para diversas utilidades. fabricada em aço zincado.800 1.850 C-1026-H C-1026-I C-1026-B C-1026-F C-1026-J C-1026-C C-1026-A C-1026-M C-1026 C-1026-E C-1026 BACIA DE ALUMÍNIO PALAVRA-CHAVE: Bacias Bacias de alumínio para usos diversos.290 C-4064-A BANDEJAS GALVANIZADAS PALAVRA-CHAVE: Bandejas Bandejas galvanizadas.490 1.500 CHAPA GALVANIZADA C/ALÇAS CÓDIGO MEDIDA 1x1M 50x50x1CM 30x15x6CM 30x20x5CM 40x30x6CM 50x30x6CM 50x40x6CM 60x40x6CM 60x50x6CM 95x70x6CM PESO(Kg) 9. 8” PESO(KG) 0. com cano de madeira.130 0. pedreiro Colher de pedreiro para diversos usos.090 0. Ø 60x8CM PESO(kg) 2.550 2.100 1. Peso: 0.J . fabricada em aço pintado e cabo de madeira.00 .200 0.600 1. Disponíveis em vários diâmetros. fabricada em aço.160 0. BACIAS DE ALUMÍNIO CÓDIGO C-4044-A C-4043-A C-4043 C-4044 DIÂMETRO 15 20 25 30 PESO(Kg) 0. CÓDIGO C-4064-A C-4064 VERSÕES COLHER DE PEDREIRO. 37 . Peso: 0.Portugues Pág.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS C-1055 COLHER DE SOLOS (QUADRADA) TIPO DER PALAVRA-CHAVE: Colher tipo DER Diversos Colher quadrada tipo DER para diversos usos.Diversos – v3.

CAPACIDADE FUNIL DE VIDRO.700 0.460 Kg C-3038 BALDES PALAVRA-CHAVE: Balde Baldes para ensaios.J . GRADUADO. 12.900 C-4095-B FUNILS PALAVRA-CHAVE: Funil Funil. CÓDIGO C-4099 C-4100 C-4034 C-4034-A C-4034-B C-4034-C C-4034-D VERSÕES FUNIL DE ALUMÍNIO. Ø 10CM FUNIL DE VIDRO.800 0.095 0. importante instrumento desenvolvido para auxiliar na preparação de ensaios. CAPACIDADE 20 LITROS BALDE PLÁSTICO. Ø 12CM 500ML. CÓDIGO C-4095 C-4095-A C-4095-B C-4095-C C-4095-D VERSÕES BALDE GALVANIZADO. Ø 15CM PESO(KG) 0. Ø 10CM 250ML. MB-1 Diversos Tacho para preparo de amostras em chapa de alumínio.140 0. CAPACIDADE 1.500 1.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS TACHO PARA PREPARO DE AMOSTRA (MB-1) C-3024 NBR 7215 PALAVRA-CHAVE: Preparação. Ø 18CM 38 Seção J Secao .Diversos – v3.220 C-4100 FUNIL DE VIDRO. C-3024 C-3038 TACHO DE ALUMÍNIO FUNDIDO PARA DERRETER ENXOFRE PALAVRA-CHAVE: Derreter.030 0. CAPACIDADE 125ML. com alças e capacidade de 10 Litros. plástico e vidro. CAPACIDADE 12 LITROS PESO(KG) 1.Portugues Pág. onde requere-se verter fluidos em recipientes específicos. GRADUADO.000ML. amostras. CAPACIDADE 20 LITROS BALDE PLÁSTICO. Peso: 3. com alças para uso na preparação de amostras (MB1). enxofre Tacho de alumínio fundido para derreter enxofre. Ø 5CM FUNIL DE VIDRO. CAPACIDADE 10 LITROS BALDE GALVANIZADO.300 1. Disponíveis nas versões galvanizado e plástico nas medidas 10. Ø 10CM FUNIL DE PLÁSTICO.130 0. CAPACIDADE FUNIL DE VIDRO. CAPACIDADE 15 LITROS BALDE GALVANIZADO.180 0.00 . Disponíveis nas versões alumínio. 38 .030 0. 15 e 30 Litros. Com dimensões de Ø28xØ21x11cm de altura Disponíveis em vários diâmetros para outros usos.

PESOS PARA REPOSIÇÃO CÓDIGO LATÃO I-4009-A I-4009-B I-4009-C I-4009-D I-4009-E I-4009-F I-4009-G I-4009-H I-4009-I I-4009-J I-4009-K I-4009-L I-4009-M AÇO CROMADO I-4009-N I-4009-O I-4009-P I-4009-Q I-4009-R I-4009-S I-4009-T I-4009-U I-4009-Y I-4009-W I-4009-X I-4009-AA I-4009-Z PESO(Kg) 0.001 0.DIÂMETRO 11.085 0.010 0.080 0.009 0. COM MUFLA P/ TERMÔMETRO C/ MUFLA PESO(KG) 0.020 0.030 0.000 2.170 0.600 1. CÓDIGO C-4014-A C-4014-F C-4014-D C-4014-E C-4014 C-4014-B C-4014-C C-4207 C-4206 VERSÕES PINÇA PINÇA PINÇA PINÇA PINÇA PINÇA PINÇA PINÇA PINÇA DE MOHR DUPLA PARA BURETA NR.430 CÓDIGO C-1028-D C-4027-A C-4027 C-4164 C-1056-B CÁPSULAS OUTROS MATERIAIS DESCRIÇÃO CÁPSULA CÁPSULA CÁPSULA CÁPSULA CÁPSULA DE BORRACHA .020 0.5 CM DE VIDRO PIREX .040 0.020 0. 12CM (METÁLICA).100 10.500 PINÇAS PALAVRA-CHAVE: Pinças Pinças diversas para auxilio em vários tipos de ensaios ou aplicações.000 CAÇAROLA / 300 PESO(Kg) 0.005 0.210 0.310 0.020 C-1028 CÁPSULAS DE PROCELANA CÓDIGO C-4028-A C-4028 C-4028-C C-4028-B C-4028-D C-4028-E C-4060 DIÂMETRO (CM/ML) 5 / 25 9 / 90 10 / 115 12 / 285 16 / 580 20 / 1. INOX DE 4 x 1CM PESO(Kg) 0.010 JOGO DE PESOS PALAVRA-CHAVE: Pesos Jogo de pesos para preparação de amostras em campo.240 0.400 5.002 0.50CM EM FORMA DE TESOURA EM LATÃO .DIÂMETRO 12 CM DE VIDRO PIREX .130 0.100 0.200 20.070 0.010 0. Disponíveis em vários diâmetros. Confeccionados em latão ou aço cromado.320 C-4014-A 39 Seção J Secao . 39 .000 5.J .005 0.280 0.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS CÁPSULAS PALAVRA-CHAVE: Cápsulas Diversos Cápsulas de alumínio com tampa para acondicionamento de amostras.410 0. Número 5 PESO(Kg) 0.22CM EM FORMA DE TESOURA EM AÇO INOX .240 0.400 CODIGO C-4008-H OPCIONAIS JOGO DE PESOS FRACIONÁRIOS DE 1MG A 500MG.015 0.050 0. 3351 EM FORMA DE TESOURA EM AÇO INOX .200 2.00 .250 0.22CM PARA BURETA COM MUFLA PARA CONDENSADOR SIMPLES P/ CONDENSADOR.500 1.285 0.0 CM ESMALTADA DIÂM.030 0.200 0.000 I-4008 CONJUNTO DE PESOS (VERSÕES) CÓDIGO LATÃO I-4008-G I-4008-I I-4008-E I-4008-F I-4008-D I-4008 I-4008-A AÇO CROMADO I-4008-N I-4008-O I-4008-P I-4008-Q I-4008-R I-4008-S I-4008-T Faixa (Gr) 1 a 100 1 a 200 1 a 500 1 a 1000 1 a 2000 5 a 5000 5 a 10000 Total (Gr) 200 500 1000 2000 5000 10000 20000 PESO (Kg) 0.150 0.Diversos – v3.Portugues Pág.120 0.130 0. TOTAL 1G PESO(Kg) 0.170 0.100 0.DIÂMETRO 9.000 10. CÁPSULAS DE ALUMÍNIO COM TAMPA CÓDIGO C-1028-E C-1028 C-1028-A C-1028-C C-1028-B C-1028-F C-1028-G C-2050-D C-2050-C C-2061 C-1079 DIÂMETRO (MM/ML) 40x20 / 25 40x25 / 30 60x40 / 110 120x50 / 560 120x70 /790 150x50 / 880 200x50 / 1500 55x35 / 80 70x45 / 170 76x54 / 240 FORMA PARA EMPADA.060 0.

210 0. AASHTO T-85 PALAVRA-CHAVE: Cestos. 50X30CM SACOLA DE PLÁSTICO. 60X78CM PESO(Kg) 0.8 TIPO MEIA-LUA (adesividade) .220 0. 1 KG SACOLA DE PLÁSTICO. 25 KG.210 CODIGO I-1023 C-1023-E C-1023-C C-1023-B OPCIONAIS SACOLA DE PLÁSTICO.2 0.3 0. CESTOS PARA PESAGEM HIDROSTÁTICA I-4062-A CÓDIGO I-4062-A I-4062-D I-4062-B I-4062 I-4062-F I-4062-C I-4062-E I-4062-K DIÂMETRO (CM) ABERTURA (MM) 10x10 2 10x10 3 10x10 4. ASTM C 127. 30 KG. hidrostática.002 0. adesividade Cesto de tela metálica.00 .295 0.230 0.15 disponível nas faixas de C-4083 SACOLA DE LONA NBR 7216 PALAVRA-CHAVE: Coleta. Peso: 25.J . CÓDIGO C-2014-A C-2014 C-2014-B VERSÕES TELA COM FIBRA CERÂMICA REFRATÁRIA DE 16x16CM TELA COM FIBRA CERÂMICA REFRATÁRIA DE 20x20CM TELA COM FIBRA CERÂMICA REFRATÁRIA DE 24x24CM PESO(KG) 0.Asfalto PESO(KG) 0. com armação reforçada e alça. para pesagem hidrostática e diversas utilidades.260 0. 30. Opcionalmente oferecemos também sacolas de plástico.160 C-4083 AREIA NORMAL NBR 7214. Fabricado com tela granulométrica com tratamento anti-corrosivo. CODIGO I-1023 I-1023-D I-1023-A VERSÕES SACOLA DE LONA.270 0. pesagem. Possui cordão para facilitar o fecho na parte superior.300 0.6 0. amostragem Sacola de lona para coleta de amostras em campo.Diversos – v3.315 0.8 10x15 2 10x15 3 10x15 4. abertura: 16. 7215 PALAVRA-CHAVE: Granulometria Areia normal brasileira ensacada.095 C-2014 40 Seção J Secao . 28x65cm SACOLA DE LONA. 20x45cm PESO(Kg) 0.010 TELA DE ARAME COM FIBRA CERÂMICA REFRATÁRIA PALAVRA-CHAVE: Tela Permite a concentração da fonte de calor em ensaios de laboratório. 10 KG.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS Diversos CESTOS DE TELA METÁLICA NBR 10838. 45 KG. 40 .Portugues Pág.055 0. 63x44cm SACOLA DE LONA.250 0.8 20x20 4.00 Kg NORMA NBR 7214 Número 16 30 50 100 ABERTURA Nominal (mm) 1. 10 KG. 50 e 100.010 0.080 0.

140 0. 20L C/ TORNEIRA E VISOR BARRILETE DE PVC – CAP.290 1. 600MM MEMBRANA PARA CORPOS DE PROVA DIÂMETRO 1.120 0.0CM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 7. DO TRIAXIAL JOGO DE ALGARÍSMOS DE AÇO.420 4.0CM PEDRA POROSA PARA EXPANSIBILIDADE PEDRA POROSA QUADRADA DE 5x5CM PEDRA POROSA QUADRADA DE 10x10CM RÉGUA MILIMETRADA. MANUAL TROMPA DE VÁCUO A ÁGUA C/REGISTRO NRº.A. 100G MERCÚRIO VIVO.195 1.8”.00 .180 0. EM EIXO VERTICAL (NBR 7682).000 C-4196 I-3048 C-4014-G C-3066-B C-2059 C-4170 C-2049 0.200 0.A.070 2. 50L C/ TORNEIRA E VISOR BICO DE BUNSEN COM REGISTRO BICO DE BUNSEN ESPECIAL – REFERÊNCIA 1154 CALORÍMETRO COMPLETO – 110/220V CERA DE ABELHA (KG) CIMENTO. FRASCO 500GR HIDRÓXIDO DE AMÔNIO P. 5 LT. HASTE METÁLICO. A referida lista pode ser alterada sem prévio aviso de modo que possam ser habilitadas as ilustrações e remanejar definições dos produtos. EMB. LITRO VAZÍO PARA QUEROSENE. AUX. DIÂMETRO 10x5CM CONJUNTO DE TERMÔMETRO DE GLOBO CONFORME IBUTG – COMPLETO CONJUNTO PARA DETERMINAÇÃO UMIDADE MET. DIÂMETRO 10x4CM CILÍNDRO BISELADO. TIPO CIRÚRGICO. 1000ML HIDRÓXIDO DE POTÁSSIO P. PRESILHA PARA VIDRO DE RELÓGIO RELÓGIO DE ALARME CAPACIDADE 60 MIN. 25G PARAFINA (KG) CLORETO DE SÓDIO P. LIEBIG GARRA DUPLA. 1000G IODETO DE POTÁSSIO P. 25G ÁGUA DESTILADA. RECIPIENTE PARA PESAGEM HIDROSTÁTICA .630 0.0CM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 13.235 11. LITRO CARBURETO DE CÁLCIO.070 0.170 41 Seção J Secao . EM CHAPA DE FERRO PÁ DE BICO COM CABO PICARETA COM CABO FOGAREIRO A ALCÓOL FOGAREIRO A GÁS DUAS BOCAS (SEM BOTIJÃO).130 0.230 0.240 5.200 0. DO TRIAXIAL MEMBRANA PARA CORPOS DE PROVA DIÂMETRO 2”.600 0.000 0. uma série de produtos que não encontram-se ilustrados. 300MM RÉGUA MILIMETRADA.500 3.210 0.200 0. 10L C/ TORNEIRA E VISOR BARRILETE DE PVC – CAP. LITRO ALCÓOL A 95ºC. LITRO SOLUÇÃO. DIÂMETRO 10x3CM CILÍNDRO BISELADO.210 0.200 0. (JOGO COM 4 CASTANHAS) GÁSE DE TRAMA DE ALGODÃO. 41 . 25G PESO(KG) 0. EMB.500 0. FRASCO COM 500GR NITRATO DE PRATA P.050 0.520 0. HEXAMETAFOSFATO DE SÓDIO.010 C-1014-D C-4138 C-2015 C-4118 C-4118-A C-3035-A C-3035 C-4070 C-4091 C-4119-A C-4119-B C-4119 C-4119-C C-4163 C-1078-H C-1078-D C-1078-A C-1078 C-1078-C C-1078-E C-1078-B C-1048-A C-1078-G C-1078-F C-4072-B C-4072 C-4072-A C-1077-S C-1077-Q C-1077-T C-1077-R C-4078 C-4119-D C-4069 C-4188 C-4195 C-4035-K C-4161 C-2063 C-4162 I-4045 C-4046 I-4269 C-4192 C-4014-I C-4167 C-4014-H C-4124 C-4144-B C-4144 C-4144-A C-2013 C-2013-A C-3051 C-3013 I-3006-E 0. 1L RECIPIENTE PARA PESAGEM HIDROSTÁTICA .5CM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 10.500 1. 500G TRITRIPLEX AZUL DE METILENO P. LITRO ALCÓOL ETÍLICO.050 0.230 0. CAPACIDADE 1 LITRO GARRAS PARA ENSAIO DE TRAÇÃO EM METAIS.680 0.040 0. C/ BICO RECIPIENTE EM AÇO INOX.030 42.CAP.700 7.070 0.500 4. ALCÓOL HUBBAR FIELD.000 0. DO TRIAXIAL MEMBRANA PARA CORPOS DE PROVA DIÂMETRO 4”.920 0.A. CONJUNTO COMPLETO JOGO COM 3 CUTELOS PARA ENSAIOS DE DOBRAMENTO LUPA DE BOLSO MÁQUINA PARA MARCAÇÃO DAS REF.100 12.920 0.160 0.83 1.COM Ø 50MMX100MM DE ALTURA E HASTE COMPLEMENTAR DE Ø 15MMX400MM DE ALTURA.090 0. E BARRAS DE AÇO MUFLA DUPLA (GARRA) MOD.950 0.4”. EMB.600 3. 100MM E CABO DE AÇO (3101) ANEL C/ ARO DIÂM. AASHTO T-107 TELA NÚMERO 200 (M²) FACÃO LUVA DE COURO (PAR) NÍVEL DE PEDREIRO DE ALUMÍNIO NÍVEL DE PEDREIRO DE MADEIRA DESEMPENADEIRA DE MADEIRA COM 13x25CM DESEMPENADEIRA. 1000ML TRABALHADOR DE GRAXA CONFORME ASTMD-217 (C/ ALAVANCA) TRABALHADOR DE GRAXA. BEM. 1000G CLOROFÓRMIO 1470G P.5CM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 8. 5L MEDIDOR DE PH PAPEL INDICADOR DE 0– 14ph PENETRÔMETRO PARA FRUTAS PRESILHA PARA VIDRO DE RELÓGIO VIDRO. GARRAFA LAVADORA.080 0. ALTURA 1/8” LAMPARINA DE VIDRO COMPLETA 100ML LONA IMPERMEÁVEL FIO 10 – 2 x 2 METROS PADRÃO DE DUREZA DINATEST PADRÃO DE DUREZA POLDI TOLUOL P.Diversos – v3.500 0.500 C-2025-H C-2025-E C-1047 C-1047-A C-4103 C-4104 C-4035-I C-4105 C-4035-N C-4128 C-4035-J C-4082 C-4035-G C-4035-M C-2048 C-2048-A C-4121 C-4093 C-4067 C-4035-H C-4035-F C-4040 C-4041 C-4129 I-1003-O C-4035-O 0.000 1. MONOFÁSICO 220V RECIPIENTE CILÍNDRICO CAP. Isto com o objetivo de melhor atendimento de seus clientes. 28CM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 3. NBR 7682 COLHER METÁLICA 30ML CONCHA TIPO CEREAL 1.CAP.250 0.A.020 0.A.000ML CONCHA TIPO FEIJÃO CONDENSADOR DE VIDRO 250MM.A.70 0. 1000ML CILÍNDRO BISELADO. C-9000 CÓDIGO C-3047 PRODUTOS AUTOCLAVE COM VÁLVULA ELIMINADOR DE AR E VAPOR COMPLETA.040 0. LITRO PERCLOROETILENO.100 1. TIPO LIQUINHO BOTIJÃO DE GÁS DE 2 KG (VAZIO) FRIGIDEIRA GAZARRA DIÂM.D. 1000ML.070 0. EMB. SUPORTE DE MADEIRA P/TUBO DE ENSAIO VIDRO DE AMOSTRA 250 CC VIDRO PARA RELÓGIO DIÂMETRO 6CM VIDRO PARA RELÓGIO DIÂMETRO 8CM XILOL P.800 0. 1000G HIDRÓXIDO DE SÓDIO P. 3302 PENEIRADOR A VÁCUO PARA PENEIRAS ALPINE PLACA DE VIDRO 20x20CM LISA VÁCUOMETRO RECORD DIÁMETRO 4” DE 30MMHGx760MMHG TRIPÉ PARA BICO DE BUNSEN DIÂMETRO 12x20CM VISCOSÍMETRO COPO DIM EM ACO INOXIDÁVEL VISCOSÍMETRO COPO DIM EM LATÃO GLICERINA BRANCA COMERCIAL GLICERINA P.5CM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 5.300 I-4123 I-4123-A C-4136-A I-2050-G C-1029-B C-1029-B C-4020 C-4092 C-1043 C-1029-A C-1029 C-4035-L I-2054-B I-2054-A I-2054 C-4157 I-1030 I-2022 I-3050 0. SAL DISSÓDICO 2H20 EMB.CATÁLOGO DE PRODUTOS PROPROPRODUTOS OUTROS PRODUTOS SEM ILUSTRAÇÃO PALAVRA-CHAVE: Diversos Diversos Disponibilizamos em lista baixo. FOGAREIRO A GÁS.000 1.040 0.020 0.300 0. 100MM E CABO DE AÇO CROMADO NR.8 KVA.A.030 0.000 1.130 0.A.430 0.420 0.500 0.Portugues Pág. EMB.000 3. DE TRAMA ABERTA CO GERADOR 2./ACS EMB.A.840 25.A. 500MM RÉGUA MILIMETRADA.750 0.000 1.0 HP.610 C-1060 C-4065 C-4135 C-2064-B 0.240 18.100 0. 1000ML PERCLOROETILENO. ASTM C 151. FRASCO COM 500G PRETO DE ERIOCROMO EMB.390 0.600 6.500 0.600 0. FORMOLDEIDO 40% .070 0. 100MM E GARRA FIXA (3152) BARRIL DE VIDRO – CAPACIDADE 10 LITROS – COM TAMPA BARRILETE DE PVC – CAP.070 0.670 0.190 0.150 0.3151 ANEL C/ ARO DIÂM. MOTOR HONDA 5. DO TRIAXIAL MEMBRANA PARA CORPOS DE PROVA DIÂMETRO 2.A.A. EMB.230 0. 3092 BAGUETA DE LATÃO DIÂMETRO 6x300MM BAGUETA DE VIDRO DIÂMETRO 6x300MM BENTONITA (KG) MEDIDOR DE PELÍCULA SECA (BICO DE PAPAGAIO) ANEL C/ ARO DIÂM. EMB. EMB.00 CÓDIGO C-2018 C-4208 C-4101 I-3057 C-4215 C-4227 C-4122 I-2058 I-3065 PRODUTOS CONDENSADOR DE VIDRO 300MM.T. 500 ML RECIPIENTE PARA DETERMINAR A REATIVIDADE POTENCIAL DO AGREGADO (NBR 9774 – ASTM C .850 1.J .0CM PEDRA POROSA DIÂMETRO DE 11. GASOLINA.LITRO ENXOFRE EM PÓ (KG) E.289).030 1.000 0.000 0.360 0. LIEBIG PESO(KG) 91. EMB.350 2.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful