P. 1
Matematica_capitulo Poliedros

Matematica_capitulo Poliedros

|Views: 1.418|Likes:
Publicado portrigono_metria

More info:

Published by: trigono_metria on Dec 06, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/22/2013

pdf

text

original

1.

Poliedros
Inúmeros objetos utilizados pela humanidade podem representar sólidos geométricos; um dado, uma borracha, uma roda, um livro, etc. Entre os sólidos, os poliedros podem ser intuitivamente descritos como “sólidos limitados por superfícies planas”. Para escrever uma definição mais formal, deve ser apresentado primeiramente o conceito de conjunto convexo.
Definição

Um conjunto A de pontos é convexo quando qualquer segmento de reta de extremos pertencentes a A está inteiramente contido em A.

Abaixo são representados alguns objetos do cotidiano, que aparentam estar totalmente preenchidos, e que dão ideia de figuras convexas.

Enuncia-se, então, a seguinte definição, mais formal, de poliedro.
Definição

Saiba mais

Poliedro é a união de um número finito de polígonos, denominados faces, com a região do espaço limitada por eles, em que são válidas as seguintes afirmações. ƒ Cada lado de um desses polígonos é também lado de um único outro polígono. ƒ A intersecção de duas faces quaisquer ou é um lado comum, ou é um vértice, ou é vazia.

` Os poliedros convexos
são nomeados de acordo com o número de faces que apresentam. A seguir, apresentam-se alguns exemplos.
Número de faces Nome do poliedro

Nomenclatura para poliedros convexos

Se a afirmação “Qualquer segmento de reta de extremos pertencentes ao poliedro está inteiramente contido nele” for acrescentada à definição acima, então se tem um poliedro convexo, que será o objeto de estudo deste módulo. Caso essa terceira afirmação não seja satisfeita, diz-se que o poliedro é não convexo. Cada lado de um polígono, que é comum a exatamente duas faces, é denominado aresta do poliedro, e cada vértice de uma face é denominado vértice do poliedro. Exemplos
Poliedro convexo Poliedro não convexo

4 5 6 7 8 9 10 11 12 20

tetraedro pentaedro hexaedro heptaedro octaedro eneaedro decaedro undecaedro dodecaedro icosaedro

face

aresta

vértice

hexaedro

heptaedro

167

8

Sólidos

Um pouco de história

  Relação de Euler
São dados dois poliedros convexos em que são conhecidos o número de faces F, o número de vértices V e o número de arestas A de cada um deles. I F56 V56 A 5 10 II F57 V 5 10 A 5 15

Leonhard Paul Euler (1707-1783)

Leonhard Euler.

Leonhard Euler [1707-1783] nasceu na Basileia, na Suíça, onde frequentou a universidade. [...] Na Academia de Berlim, ele aplicou a matemática a diversos assuntos, como órbitas planetárias, balística, construção naval, navegação, óptica e acústica. Aperfeiçoou também a nomenclatura (conjunto de nomes e termos) matemática, introduzindo a letra grega S (sigma) para significar soma; p (pi) para a razão entre a circunferência de um círculo e seu raio; a letra e como base para os logaritmos naturais; i, para representar a raiz quadrada de 21 (números imaginários); e ƒ(x) para função. [...] Durante toda a vida, Euler produziu mais de 800 dissertações. Após sua morte, a Academia de São Petersburgo continuou a imprimir trabalhos inéditos por cerca de 50 anos.
Tiner, John Hudson. 100 cientistas que mudaram a história do mundo. Tradução: Marise Chinetti. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004. p. 69-70.

A quantidade de vértices, de arestas e de faces pode ser diferente para dois poliedros convexos distintos. Há uma relação entre essas quantidades para cada poliedro. Trata-se da relação de Euler, enunciada abaixo e admitida neste livro sem demonstração.
Teorema

Em todo poliedro convexo, o número de faces adicionado ao número de vértices é igual ao número de arestas adicionado de duas unidades.

F1V5A12 Verifica-se essa relação para os dois poliedros convexos representados acima. Poliedro I: F 1 V 5 6 1 6 5 12 A 1 2 5 10 1 2 5 12 Poliedro II: F 1 V 5 7 1 10 5 17 A 1 2 5 15 1 2 5 17

De acordo com o teorema, todo poliedro convexo satisfaz à relação de Euler. Nem todo poliedro que satisfaz a relação de Euler, porém, é um poliedro convexo. É o que ocorre, por exemplo, com o poliedro representado abaixo, que satisfaz a relação de Euler, mas não é um poliedro convexo. F58 V 5 12 Æ F 1 V 5 8 1 12 5 20 A 1 2 5 18 1 2 5 20 A 5 18

Exercício resolvido
1. Conhecendo-se as faces de um poliedro convexo, determinar o número de arestas. Resolução
Caso geral Suponha que as faces do poliedro são organizadas em grupos; o grupo dos triângulos, o dos quadriláteros, o dos pentágonos, etc. Sejam F3 a quantidade de triângulos, F4 a de quadriláteros, ..., Fn a de polígonos de n lados. Cada polígono tem tantos lados comuns a outros polígonos quantos são seus lados. Então, inicialmente, é preciso multiplicar o número de triângulos por 3, o de quadriláteros por 4 e assim por diante. Depois, calcula-se a soma 3F3 + 4F4 + ... + nFn. Exemplo Determinar o número de arestas de um poliedro convexo que tem 6 faces quadradas, 2 faces hexagonais e 24 faces triangulares. 3 ? 24 1 4 ? 6 1 6 ? 2 5 54 Como cada aresta é comum a exatamente duas faces, a soma obtida na etapa anterior representa o dobro do número de arestas, A, do poliedro. Logo 3F3 1 4F4 1 ... 1 nFn A 5 ___________________ 2 Portanto, 54 A 5 ___ 5 27 2 Um poliedro que atende às condições é representado ao lado.

168

  Poliedros regulares
Entre os poliedros convexos, há os que são denominados poliedros regulares, cuja definição é dada a seguir.
Definição

Um poliedro convexo é regular caso satisfaça às seguintes condições.
ƒ Todas as suas faces são polígonos regulares e congruentes. ƒ Em todos os seus vértices concorrem o mesmo número de arestas.

De acordo com a definição acima, enuncia-se o seguinte teorema, que será admitido sem demonstração.
Teorema

Existem apenas cinco poliedros convexos regulares.

Os cinco poliedros a que se refere o teorema estão representados abaixo.

Tetraedro regular

Hexaedro regular

Octaedro regular

O tetraedro regular tem 4 faces, 4 vértices e 6 arestas. ƒ Todas as faces são triângulos equiláteros congruentes. ƒ Em todos os vértices concorrem três arestas.

O hexaedro regular (ou cubo) tem 6 faces, 8 vértices e 12 arestas. ƒ Todas as faces são quadrados congruentes. ƒ Em todos os vértices concorrem três arestas.

O octaedro regular tem 8 faces, 6 vértices e 12 arestas. ƒ Todas as faces são triângulos equiláteros congruentes. ƒ Em todos os vértices concorrem quatro arestas.

Dodecaedro regular

Icosaedro regular

O dodecaedro regular tem 12 faces, 20 vértices e 30 arestas. ƒ Todas as faces são pentágonos regulares congruentes. ƒ Em todos os vértices concorrem três arestas.

O icosaedro regular tem 20 faces, 12 vértices e 30 arestas. ƒ Todas as faces são triângulos equiláteros congruentes. ƒ Em todos os vértices concorrem cinco arestas.
169

8

Sólidos

Exercícios resolvidos
2. Um poliedro convexo tem seis arestas, e o número de faces é igual ao número de vértices. Determinar o número de faces desse poliedro e desenhar um poliedro que satisfaça essas condições. Resolução De acordo com o enunciado, tem-se que F 5 V 5 n e A 5 6. Como o poliedro é convexo, satisfaz a relação de Euler. F1V5A12Æn1n5612Æ Æ 2n 5 8 Æ n 5 4 Portanto, esse poliedro tem 4 faces. O poliedro desenhado deve satisfazer às seguintes condições: ser convexo, ter 4 faces, 4 vértices e 6 arestas. Um possível poliedro é representado ao lado. 3. Calcular o número de vértices de um poliedro convexo que tem seis faces quadrangulares e quatro faces triangulares. Resolução Como são conhecidas as faces do poliedro, é possível determinar seu número A de arestas utilizando-se a seguinte relação. 3F3 1 4F4 1 ... 1 nFn A 5 ___________________ 2 De acordo com o enunciado e a notação estabelecida na teoria, tem-se que F4 5 6 e F3 5 4. 3F3 1 4F4 3 ? 4 1 4 ? 6 A 5 _________ 5 ____________ 5 2 2 12 1 24 36 _______ 5 ___ 5 18 5 2 2 Como o poliedro é convexo, satisfaz a relação de Euler. F 1 V 5 A 1 2 Æ (6 1 4) 1 V 5 18 1 2 Æ V 5 10 Portanto, esse poliedro tem 10 vértices.

Exercícios propostos
4. Validação. O poliedro abaixo é convexo.

Responda a todas as questões em seu caderno.

Determine o número de faces, vértices e arestas desse poliedro e verifique se os números obtidos satisfazem a relação de Euler. 5. Um poliedro tem duas faces hexagonais e seis faces quadrangulares. Determine o número de arestas e vértices desse poliedro. 6. Em um poliedro convexo, o número de faces é igual ao número de vértices, e o número de arestas excede em três o número de faces. Determine o número de vértices desse poliedro. 7. Em um poliedro convexo, de cada um dos seis vértices saem quatro arestas. Determine o número de arestas e de faces desse poliedro. Se em todos os vértices concorrem o mesmo número de arestas, então todas as faces têm o mesmo número de arestas. 9. Investigação e pesquisa. Dados três números naturais não nulos, representados por V, F e A, que satisfazem a relação de Euler, é possível afirmar que existe um poliedro que tenha V vértices, A arestas e F faces? Justifique sua resposta.

10. A bola de futebol utilizada na Copa do Mundo de 1970 foi inspirada em um poliedro convexo, formado por doze faces pentagonais e vinte faces hexagonais. Determine o número de vértices e arestas desse poliedro. 11. Validação. Desenhe um poliedro convexo que tenha mais que doze arestas e verifique se ele satisfaz a relação de Euler. 12. Um poliedro convexo tem vinte faces triangulares e em todas elas concorrem cinco arestas. Determine o número de vértices desse poliedro. 13. Considere as características de um poliedro convexo. ƒ Alguns triângulos e alguns quadrados formam suas faces. ƒ O número de faces triangulares e o número de faces quadrangulares são diretamente proporcionais a 2 e 3, respectivamente. ƒ O número de arestas desse poliedro é o dobro do número de vértices. Quantas faces tem esse poliedro? 14. Um poliedro convexo tem apenas faces hexagonais e quadrangulares. Sabendo que ele tem trinta arestas e dezoito vértices, determine o número de faces hexagonais e o número de faces quadrangulares desse poliedro.

8. Analise a veracidade da seguinte afirmação.

170

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->