P. 1
projeto

projeto

|Views: 38|Likes:
Publicado porMarta Roque

More info:

Published by: Marta Roque on Jun 03, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/23/2012

pdf

text

original

1.

NOME OU TÍTULO DO PROJETO: Conhecendo minha cidade

2. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Área ou Disciplina de Origem: Língua Portuguesa Professores: Ana Patricia - Marcos - Marina - Marta - Michele - Rosimeire - Valéria Período: Março à Julho/2012 Número de aulas: 8 Público - Alvo: 9 º ano - Ensino Fundamental

3. DISCIPLINAS COM AS QUAIS VAI INTERLIGAR Matemática, Educação física, Geografia, Língua Estrangeira e Ciências.

4. JUSTIFICATIVA É de suma importância que as crianças desde cedo conheçam a história do lugar onde vivem, o surgimento da cidade, o seu desenvolvimento e tudo que envolve esse ambiente, pois esse espaço contribui muito para o crescimento e desenvolvimento da criança, tanto social quanto emocional. Sendo assim, a escola tem um papel fundamental neste aprendizado, o de valorizar o patrimônio histórico e cultural presentes em cada localidade. Porém, repassar ao aluno que conhecer a história de sua cidade é importante não é uma tarefa simples, entretanto, à medida que estabelecemos relações entre a história dos próprios alunos e de sua cidade, o tema torna-se contextualizado, favorecendo o interesse e o envolvimento com o assunto. Assim, esse projeto tem o propósito de apresentar aos alunos elementos da história da cidade em que vivem utilizando diferentes estratégias com o intuito de proporcionar a valorização e o respeito pela sua cidade, fazendo com que ele se reconheça como membro desse contexto e participante da construção dessa história. Nova Andradina é uma cidade que contempla uma diversidade cultural riquíssima, e neste roteiro, os alunos terão a oportunidade de aprender mais sobre suas diferentes culturas e seus diferentes dialetos, além de aprender mais sobre a sua história e de seus desbravadores. Trata-se de um projeto que tem como objetivo, despertar o interesse dos educandos pela história do município e seus aspectos sociais e culturais.

5. OBJETIVOS DO PROJETO Conhecer as variações linguísticas de nossa cidade Verificar a origem de alguns dialetos típicos. Valorizar os aspectos culturais de nossa cidade.

6. CONTEÚDOS (conceituais, procedimentais e atitudinais)* Variações linguísticas (gírias, jargões, dialetos, variações regionais). Particularidades de pronúncia de certas palavras. Procedimentos e as marcas linguísticas típicas da conversação. Língua e linguagem. Níveis de linguagem.

7. ORIENTAÇÕES E/OU SEQUÊNCIA DIDÁTICA (METODOLOGIA) No início do presente projeto faremos uma breve apresentação sobre o processo histórico de formação de Nova Andradina, levaremos com a autorização da escola e pais, nossos alunos do 9º ano do ensino fundamental para uma visita ao museu do município,apresentando-lhes os fatos e acontecimentos mais marcantes da trajetória de nossa pacata cidade. Já em um segundo momento os alunos assistirão a um vídeo com fotos sobre os primeiros habitantes, fundadores, pioneiros do município, de onde vieram, quais populações,de que estados ajudaram a formar nossa população no início dos anos 50. Dando continuidade a esse projeto os alunos assistirão a uma aula sobre os conceitos de Variações Linguísticas (gírias, jargões, dialetos, variações regionais) e farão uma pesquisa na Sala de Tecnologias sobre quais são os dialetos mais utilizados em nossa região do Vale do Ivinhema. Os alunos seriam desafiados a fotografar placas, outdoors, anúncios que exemplifiquem tais variedades da língua e após apresentariam isso em forma de slides, trabalhando em equipes. Como conclusão do trabalho, os alunos farão paródias, enfocando os níveis de linguagem utilizados em nossa cidade, as diversidades culturais, as imigrantes de diversos estados que formaram nosso falar, tais como paranaenses, paulistas, nordestinos,etc... As músicas seriam gravadas, filmadas sendo que os vídeos seriam postados na wiki da Escola Estadual Marechal Rondon, para que os alunos acessassem e escolhessem a melhor paródia, que seria premiada pela direção escolar.

8. OBJETIIVOS ESPECÍFICOS OU DO COMPONENTE CURRICULAR (HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS)  Compreender e usar a Língua Portuguesa como língua materna, geradora de significação e integrada à organização do mundo e à própria identidade.  Reconhecer a necessidade de dominar a norma padrão, que representa a variedade linguística, socialmente prestigiada, sem menosprezar as demais variantes.  Perceber o preconceito linguístico existente em relação ao emudecimento de seus usuários.  Compreender a finalidade da língua e linguagem.  Compreender as variações linguísticas.

9. DESTINO SOCIAL DAS PRODUÇÕES O projeto e todas as produções finais dos alunos serão divulgados na página wiki, no blog e nos murais da escola.

10. CRONOGRAMA

DATA

N. DE ATIVIDADE AULA

TECNOLOGIAS ABORDAGEM DE INTEGRADAS ENSINO MEDIADO COM TECNOLOGIAS

1ª aula

Visita ao museu do município, apresentando-lhes os fatos e acontecimentos mais marcantes da trajetória da cidade. Vídeo com fotos sobre os primeiros habitantes, fundadores, pioneiros do município, de onde vieram, quais populações,de que estados ajudaram a formar nossa população no início dos anos 50 Aula sobre os conceitos de Variações Linguísticas (gírias, jargões, dialetos, variações regionais).

2ª aula

3ª aula

4ª aula

Pesquisa na Sala de Tecnologias sobre quais são os dialetos mais utilizados em nossa região do Vale do Ivinhema. Desafio: fotografar placas, outdoors, anúncios que exemplifiquem tais variedades da língua e após apresentariam isso em forma de slides, trabalhando em equipes. Os alunos produzirão paródias, enfocando os níveis de linguagem utilizados em nossa cidade, as diversidades culturais, as imigrantes de diversos estados que formaram nosso falar. Gravação dos vídeos das paródias e postagem na wiki da Escola Estadual Marechal Rondon Finalização do Projeto com a premiação das melhores paródias e apresentação para a comunidade escolar.

5ª aula

6ª aula

7ª aula

8ª aula

11. AVALIAÇÃO

11.1 DO PROJETO A avaliação do projeto dar-se-á a partir do desenvolvimento das etapas previstas no cronograma de atividades, bem como o cumprimento das datas estabelecidas. Também fará parte desta avaliação a aplicação da metodologia proposta, e os objetivos atingidos.

11.2 DO ALUNO A avaliação do aluno compreenderá os três níves de avaliação da aprendizagem: diagnóstica, formativa e somativa, permitindo, assim, a participação e desenvolvimento do processo de aprendizagem e a verificação dos conhecimentos adquiridos pelo

estudante, considerando sua atitude, interesse e participação na realização das atividades propostas.

12. BIBLIOGRAFIA Mato Grosso do Sul. Secretaria de Educação. Referencial curricular 2012 Ensino Médio/ Secretaria de Educação do Estado de Mato Grosso do Sul. Campo Grande: Secretaria de Estado de Educação de MS, 2012.

13. MAPA CONCEITUAL

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->