Você está na página 1de 4

Especificações de Infra-estrutura – Servidor e IHM

Comunicação ( Wirelles )
Materiais Para Comunicação da IHM – WIRELLES
- Access Point EGA (Fornecido pela EGA)
- Ponto de alimentação na máquina 110 VCA - Antes da chave geral da máquina ou
independente (Uma Rede Energizada para todas as IHM’s).
- Sinal de Contato Seco NA ou NF, ou conversor CSE2 (Fornecido pela EGA).

Importante: A IHM, deve estar posicionada de forma que o operador da maquina, tenha fácil
acesso tanto na operação como na visualização.

Configuração Mínima Para Servidor


- Microcomputador : PENTIUM 4 , 1 Gigabytes de memória RAM
- Sistema Operacional W indows 2000, Windows XP ou W indows Server 2003
- 1 Monitor de 800 x 600 pixels HIGH Color 16 bits
- 1 No-Break inteligente.
Importante: O Servidor deverá estar dedicado apenas ao sistema PCPMaster

160 mm

120 mm 80 mm

EGA – Engenharia e Automação Ltda.


Rua Lord Cockrane, nº 573 – Bairro Ipiranga
Cep: 04213-001 São Paulo/SP – Brasil
Telefones: 0xx11 6163-5203 / 0xx11 6168-1539
E-mail: ega@ega.com.br
Demonstração de Infra-estrutura – Servidor e IHM

Legenda
Cabo Multilan-Cat 5e 24 AWG x 4P

Cabo de Sinal de Produção 24 VDC

Cabo de Energia 110 VCA

EGA – Engenharia e Automação Ltda.


Rua Lord Cockrane, nº 573 – Bairro Ipiranga
Cep: 04213-001 São Paulo/SP – Brasil
Telefones: 0xx11 6163-5203 / 0xx11 6168-1539
E-mail: ega@ega.com.br
Sinal de Produção

No Sistema PCPMaster, um sinal de produção deverá ser enviado à IHM a


cada inicio de processo produtivo. Esse sinal de produção nada mais é que um
contato seco, que deverá ser fechado e novamente aberto a cada inicio de processo
de produção (Ciclo).

Para evitar que um sinal de produção seja enviado ao sistema de forma


errada dois fatores deverão ser observados:
- O sinal deverá estar baseado na operação principal do equipamento (Máquina);
- Um segundo sinal deverá confirmar a produção, para evitar que seja computada
uma produção inexistente.

Veja o exemplo em uma maquina Injetora:

O Sinal de produção deverá ser acionado quando for acionada a função


Injeção (operação principal) e utilizando uma lógica AND com um segundo sinal
Molde Travado, isto, garantirá que só será enviado ao sistema um sinal de
produção, quando efetivamente um produto for injetado.

Veja o exemplo em uma Prensa Excêntrica com Alimentador Automático:

O sinal de produção deverá ser acionado quando o Martelo deixar a


posição Ponto Morto Superior (operação principal) e utilizando uma lógica AND
com um segundo sinal Alimentador Ligado, com isso o sinal de produção só será
acionado com o giro do martelo e o alimentador acionado.

Veja o exemplo em uma Prensa Excêntrica Manual:

O sinal de produção deverá ser acionado quando o Martelo deixar a


posição Ponto Morto Superior (operação principal) e utilizando uma lógica AND
com um segundo sinal Acionamento Manual (bi-manual), com isso o sinal de
produção só será acionado com o giro do martelo e o comando do operador.

EGA – Engenharia e Automação Ltda.


Rua Lord Cockrane, nº 573 – Bairro Ipiranga
Cep: 04213-001 São Paulo/SP – Brasil
Telefones: 0xx11 6163-5203 / 0xx11 6168-1539
E-mail: ega@ega.com.br
Especificações de Conectividade da IHM

L1 L2 C 1 2 S +V mm

Exemplo de Sinal de Produção


para Maquina Injetora

EGA 0V
1 CS2E
E2
C 24 VDC
E1

Importante:
• A alimentação de energia na IHM, deve ser feita antes da chave geral da maquina.
• O sinal de produção tem que representar produto produzido.

EGA – Engenharia e Automação Ltda.


Rua Lord Cockrane, nº 573 – Bairro Ipiranga
Cep: 04213-001 São Paulo/SP – Brasil
Telefones: 0xx11 6163-5203 / 0xx11 6168-1539
E-mail: ega@ega.com.br