Você está na página 1de 8

Documento - Nº 1

ÁREA DE PROJECTO - 12º ANO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE SEIA


Ano Lectivo: 2009/2010

Ano de Escolaridade: 12º Turma: D

Tema do Trabalho: Ser Português no Mundo…


Subtema: Portugal visto pelos Portugueses: Culturas e Tradições

Número de elementos do grupo: 4


Nome e Nº de cada elemento:
Nome: Ana Carolina Martins da Cruz Nº 1
Nome: Ana Margarida Fernandes Morais Nº 4
Nome: Mariana Ferreira Lopes Dias Nº 15
Nome: Patrícia Alexandra Saraiva da Cruz Nº 17

G UIÃO DE T RABALHO – 1 º P ERÍODO

1. Definição do trabalho:

1.1. Qual o Tema a desenvolver pelo grupo?

O nosso grupo pretende desenvolver o subtema Portugal visto pelos


portugueses: Culturas e Tradições. Dentro do grande título Ser Português
no Mundo, o grupo ambiciona tratar da cultura portuguesa e tradições
envolventes, visto que todos os elementos do grupo são apaixonadas pelos
vários costumes que envolvem o nosso país.

Assim, quando o grande título foi divulgado, nós ficámos


automaticamente interessadas em desenvolver um trabalho em que
pudéssemos tratar das muitas das tradições portuguesas que nos fascinam. A
Ana Carolina como música que é, estaria mais interessada nas tradições
musicais, desde o fado alternativo de Deolinda, ao rock característico de Xutos
& Pontapés. A Ana Morais, apaixonada assumida por Portugal, estava

Área de Projecto – 12º Turma D Página 1


interessada em tratar qualquer tipo de tradições, visto que vão contribuir para
um maior conhecimento do nosso país. A Mariana Dias, também estaria
interessada em tratar qualquer temática tradicional, é apaixonada por arte,
portanto a parte das tradições artísticas fascinaram por completo. Por fim, a
Patrícia como boa cidadã que se define, interessa-se por perceber e encontrar
a origem da nossa cultura.

Logo, seria impensável para o grupo, ficar com outro qualquer tema que
não envolvesse cultura ou tradições portuguesas. Estamos, assim, encantadas
como nosso subtema e com grande vontade de trabalhar...

1.2. Quais os objectivos do trabalho?

O nosso grupo, ao tratar do subtema que envolvem a cultura e as


tradições de Portugal, tem como grandes objectivos:
 Despertar o interesse da população em geral, mas sobretudo
dos jovens, pelo conhecimento da cultura e das tradições do seu país;
 Conhecer e perceber a cultura portuguesa e aquilo que as
pessoas sabem sobre as mesmas;
 Sensibilizar a população para a preservação das tradições
locais que enriquecem a cultura portuguesa;
 Conhecer a relação da população com a cultura do seu país;
 Permitir a mudança no interesse das pessoas pela sua cultura.

Em termos mais específicos, neste período, o grupo pretende:

 Informar a comunidade escolar do trabalho que estamos a


desenvolver;
 Esclarecer a população sobre o conceito de cultura;
 Apresentar várias tradições portuguesas;
 Desenvolver actividades culturais dentro e fora da comunidade.

1.3. Quais as actividades que podemos desenvolver? (fazer uma lista)

À partida, com este subtema relacionado com a cultura e com as tradições,


o grupo tem inúmeras ideias de actividades para desenvolver ao longo do ano.

Área de Projecto – 12º Turma D Página 2


Portanto, apresentamos aqui algumas propostas que pretendemos desenvolver.
Mas como ainda é um pouco cedo, não decidimos quais são aquelas que vamos
desenvolver exclusivamente no 1º período.

Eis as nossas ideias:

 Dias culturais na escola (nomeadamente referentes a tradições


musicais, gastronómicas, artesanato, culturas regionais, folclore…);

 Elaboração de roteiros turísticos (sugestões);

 Elaboração de questionários a diferentes sectores etários, com o fim de


testar o que a população portuguesa sabe sobre a sua cultura;

 Reportagens e entrevistas locais (tradições académicas – Coimbra;


tradições musicais, gastronómicas e culturais – Lisboa; tradições
gastronómicas e culturais – Porto; tradições locais e artesanato – Seia…);

 Recolha (virtual) de tradições/símbolos características pelas várias


regiões do país e elaboração de uma exposição na escola para dar a
conhecer à comunidade escolar;

 Tentativa de realização de entrevistas virtuais com personalidades


características e representativas da nossa cultura;

 Palestras sobre a cultura e as várias vertentes tradicionais de Portugal;

 Colaboração com a feira de artesanato a fim de promover as tradições


locais...

Provavelmente, no 1º período só conseguiremos realizar a


actividade que envolve reportagens e visitas culturais às cidades de Lisboa
e Porto...

As ideias são algumas e são bastante trabalhosas, esperamos que


consigamos a vir realizá-las e de forma proveitosa, não só para o grupo,
mas para toda a comunidade escolar.

Área de Projecto – 12º Turma D Página 3


1.4. Quais as informações que necessitamos? (fazer uma lista de tópicos /
perguntas)

Visto que ainda é um pouco cedo para iniciarmos a pesquisa científica


para dar inicio ao trabalho propriamente dito, pois agora nesta fase inicial
andamos um pouco atarefadas em “entrar no ritmo” da disciplina e adaptarmo-
nos às burocracias e formalismo que Área de Projecto nos oferece. Então, esta
parte poderá ficar um pouco mais incompleta do que aquilo que desejávamos...

No entanto, o grupo deseja encontrar as seguintes informações:

 Definição de cultura;

 A origem da cultura portuguesa;

 Definição de tradição;

 Pesquisa de várias tradições.

Como já referimos, esperamos que com o início da pesquisa surjam novas


ideais de informações.

1.5. Quais as ferramentas informáticas a utilizar?

As ferramentas informáticas que pretendemos utilizar são:


 Microsoft Office Word;
 Microsoft Office Power Point;
 Microsoft Office Publisher;
 SPSS;
 Windows Movie Maker;
 Adobe Reader;
 Bloco de Notas;
 Internet Explorer.

1.6. Quais as fontes a que devemos aceder para encontrar a informação?


As fontes que pensamos aceder são:
1. Livros, enciclopédias, dicionários...;
2. Jornais, revistas e outros suportes jornalísticos;
3. Guiões e portefólios dos anos anteriores;
4. Panfletos, folhetos...;

Área de Projecto – 12º Turma D Página 4


5. Filmes, DVD’s e outros materiais multimédia;
6. Motores de busca informáticos.

Biblioteca Escolar X
Biblioteca pública X
Biblioteca pessoal X
Internet X
Disponibilizado pelos meus professores X
Outra: Câmara Municipal, Arquivo Municipal, Posto de
Turismo, Sabedoria popular...

1.7. Onde podemos encontrar essas fontes?

Tirar notas para um bloco X


Tirar notas usando o processador de texto X
Tirar notas construindo um quadro ou um gráfico X
Ilustrar os conceitos X
Usar uma máquina digital ou fazer um registo vídeo X
Outra: Recolha de depoimentos/ entrevistas rápidas...

1.8. Como podemos registar a informação que encontramos?

2. Datas previstas para a realização das tarefas:

2.1. Pesquisa da informação.

Área de Projecto – 12º Turma D Página 5


O grupo deseja que a informação seja recolhida entre o final do
mês de Novembro. Visto que no final de Setembro (início do ano lectivo) todo o
tempo foi dedicado à escolha do tema e durante todo o mês de Outubro
começámos a adaptarmo-nos à nova disciplina e a preencher todos os
papéis e a completar todas as etapas formais e obrigatórias. Assim, só no
mês de Novembro podemos começar a elaborar alguma pesquisa para o nosso
projecto.

2.2. Organização da informação.


Uma vez que vamos iniciar a nossa pesquisa no mês de Novembro,
só nos resta o inicio do mês de Dezembro para começar a tratar a
informação recolhida até então.

3. Apresentação dos resultados:

3.1. Como apresentar o trabalho, Parte I – Revisão Teórica, desenvolvido


neste período?
Ao final do período, para apresentar à turma e à orientadora o
trabalho desenvolvido até ao momento, o grupo pretende realizar uma
apresentação em Power Point onde vamos expor a informação já recolhida e
onde apresentaremos as actividades que já desenvolvemos, através de mostra
de fotografias, depoimentos e registo de vídeo (nomeadamente as idas a Lisboa
e ao Porto).

4. Definição e distribuição das tarefas:

Ana Carolina Martins da Cruz

 Completar gradualmente e à vez o diário de bordo;


 Elaboração da auto - caracterização e caracterização geral do grupo;
 Elaboração da caracterização da Patrícia Cruz;
 Tratamento e ultimação de todos os pormenores relacionados com a visita de
Lisboa;
 Elaboração da planificação do projecto;
 ...

Área de Projecto – 12º Turma D Página 6


Ana Margarida Fernandes Morais

 Completar gradualmente e à vez o diário de bordo;


 Elaboração da auto - caracterização e caracterização geral do grupo;
 Elaboração da caracterização da Carolina Cruz;
 Tratamento do aspecto gráfico do Portefólio;
 Elaboração da planificação do projecto;
 ...

Mariana Ferreira Lopes Dias

 Completar gradualmente e à vez o diário de bordo


 Elaboração da auto - caracterização e caracterização geral do grupo;
 Elaboração da caracterização da Ana Morais;
 Recolha de informações de museus e actividades culturais para a visita de
Lisboa;
 Elaboração da planificação do projecto;
 ...

Patrícia Alexandra Saraiva da Cruz

 Completar gradualmente e à vez o diário de bordo


 Elaboração da auto - caracterização e caracterização geral do grupo;
 Elaboração da caracterização da Mariana Dias;
 Levantamento de ideias sugestivas para actividades a desenvolver ao longo do
ano;
 Elaboração da planificação do projecto;
...

NOTA: Devido à precipitação da data de entrega deste mesmo guião, o grupo


não consegui concluir a tempo, visto que andamos um pouco atarefadas com a
realização de uma actividade: a viagem cultural a Lisboa...
Para a compensar deste ligeiro atraso, vamos lhe trazer 2 Pastéis de Belém...


Área de Projecto – 12º Turma D Página 7


Área de Projecto – 12º Turma D Página 8