Você está na página 1de 4

Matriz de atividade individual

Módulo: TI nas organizações Atividade: Individual


Título: A internet como ferramenta de TI e seus impactos na economia
Aluno: Valdecir Marco de Bastiani
Disciplina: Gestão da Tecnologia da Informação Turma: 134 - MBA SP5/B
Introdução

A rede mundial foi criada nos anos 60, durante a Guerra Fria e fazia parte de um
projeto militar norte-americano. A ideia era desenvolver uma rede de computadores
que pudesse ligar centros de pesquisa, tecnologia e bases militares, sem ser
destruída por eventuais bombardeios. Surgia naquela época a Arpanet.

A rede possuía apenas quatro universidades norte-americanas interligadas em seu


início. Na metade dos anos setenta este número subiu para quarenta, que trocavam
ativamente mensagens e arquivos. O primeiro serviço comercial de acesso à rede, a
Telnet, foi criado neste período.

O termo Internet começou a ser usado apenas em 1982. O protocolo TCP/IP


(Transmission Control Protocol/Internet Protocol) foi criado em 1983, e é usado por
todos os computadores conectados à rede até hoje. Apenas em 1991 é que foi
criado o sistema de hipertexto, ou o World Wide Web (www), popularizando a
navegação pela rede.

Desde sua criação até hoje, nota-se o desenvolvimento de uma das mais poderosas
ferramentas de Tecnologia da Informação, que transformou a sociedade e impactou
de forma profunda a economia de todo o mundo.

Justificativa

A internet, como importante ferramenta de TI, proporcionou às organizações o


aumento de sua produtividade. Pode-se utilizá-la para divulgar produtos, receber e
processar pedidos, efetuar pagamentos e realizar pesquisas, dentre várias outras
possibilidades.

A tecnologia, que de fato não é nova, possibilitou o acesso do cliente à empresa,


tornando-se um canal privilegiado de interação e comunicação. A internet
transformou a maneira com que se realizam negócios, bem como o papel das
empresas e dos consumidores nas transações comerciais.

1
Desenvolvimento

TI e a Economia Digital

Turban apud Valle (200X) conceitua Tecnologia da Informação como “...o conjunto
de sistemas de informação, seus usuários e seu gerenciamento, incluindo
hardware, software, bancos de dados, redes e outros dispositivos eletrônicos.”

Segundo Valle (200X) “atualmente, o papel da tecnologia da informação é apoiar as


atividades dos negócios das empresas.”

Desta maneira a internet ocupa posição de destaque dentre as ferramentas de TI


atuais, pois proporcionou o surgimento do conceito de empresa digital. A empresa
digital é aquela que utiliza a tecnologia da informação para realizar um ou mais de
seus objetivos básicos. Assim a TI passa a integrar os elementos da cadeia de
valor, tornando o consumidor ativo na relação cliente-empresa, em vez de apenas
automatizar processos repetitivos.

Hoje o cliente pode conhecer rapidamente informações sobre a empresa e seus


produtos. A empresa também tem um canal direto com o cliente, permitindo um
maior conhecimento de seus anseios, desejos, suas opiniões sobre a empresa e
sobre os seus produtos.

A rede de computadores, utilizando o protocolo TCP/IP, pode ser utilizada


basicamente de três formas distintas:

• Intranet – atividades internas da empresa;


• Extranet – conexão com parceiros comerciais e colaboradores;

• Internet – acesso dos clientes, através de um website.

Assim as pessoas e organizações podem comunicar-se, interagir, planejar e


procurar por bens e serviços, caracterizando o que passa a ser economia digital.

Bolha da internet e geração V

Empresas ligadas à TI obtiveram expressivo aumento em seu valor de mercado nas


bolsas ocidentais entre os anos de 1995 a 2001. Novas empresas baseadas em

2
internet, chamadas pontocom, foram criadas neste período, em razão dos juros
baixos, especulação e empreendedorismo.

As empresas pontocom eram mantidas por capital de risco e tinham como modelo
de negócios os número de acessos, visibilidade e até comunidades virtuais. Grandes
sucessos e enormes fracassos eram uma constante na época e poucas empresas
sobreviveram ao período.

O colapso iniciou em 2000 quando as ações das empresas pontocom atingiram seu
valor mais alto. Ordens de vendas de ações ocasionaram demissões, falência de
empresas e as aquisições se tornaram uma constante no setor, que foi abatido pela
forte recessão. Empresas de diversos setores tradicionais da economia haviam
investido bilhões de dólares nas empresas pontocom com o objetivo de gerar uma
vantagem competitiva em uma perspectiva de lucros futuros, o que não ocorreu.

O período recente está sendo marcado por fusões e aquisições de bilhões de


dólares, movimentando enormes somas de recursos na nova economia. Porém
estas transações ocorrem atualmente entre as empresas pontocom e não mais com
os setores tradicionais da economia.

A internet continuou aumentando seu número de usuários. Entre 1995 e 2006 a


quantidade se multiplicou por sessenta e cinco, atingindo mais de um bilhão de
usuários. Houve o aparecimento da Geração V, ou aquelas pessoas que substituem
a experiência física pela on-line. As empresas passaram a adotar ações
diferenciadas para o atendimento das necessidades destes indivíduos.

Conclusão

Mais de quatro décadas se passaram desde a criação da Arpanet, com fins


militares, até os dias de hoje, quando a internet é utilizada pelas empresas de
todos os tamanhos com o objetivo de aumentar sua vantagem competitiva.

É possível afirmar que o advento da internet alterou de forma radical e permanente


o comportamento tanto da sociedade como dos diversos setores da economia,
sendo direta ou indiretamente. Utilizações das mais diversas foram dadas a esta
ferramenta de TI, buscando sempre a agilização dos processos, a comunicação e
interação com o consumidor. Novas empresas, produtos e serviços foram criados.

3
Certamente muitos outros deverão aparecer para mudar e revolucionar a vida das
pessoas e o cotidiano das organizações.

A nova economia, baseada no uso maciço da tecnologia, não obedece


necessariamente às leis clássicas da economia. Por este motivo é necessário
continuar observando e estudando o impacto da internet na economia e nas
empresas, em razão de sua importância econômica e estratégica.

De caráter meramente exploratório, o estudo aqui apresentado buscou somente um


melhor conhecimento do assunto abordado, pretendendo apenas colaborar com a
discussão sobre o tema, não tendo de forma alguma a pretensão de finalizá-lo.

Referências bibliográficas

ALECRIM, Emerson. O que é Tecnologia da Informação (TI). Disponível em


<HTTP://www.infowester.com/col150804.php>. Acesso em 22 setembro 2009.

ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO CONTINUADA-AIEC. Faculdade de


Administração de Brasília. Sistemas de Informações Gerenciais. 3º Período,
Brasília: 2008.

DELEMOS, Virmond Richard. e-Economics: o impacto da internet na


economia. Pontifícia Universidade Católica do Paraná, São José dos Pinhais, 2000.
Disponível em: <HTTP://www.widebiz.com.br/ebooks/delemos/economics.pdf>.
Acesso em 22 setembro 2009.

Internet 10 Anos. Disponível em<http://tecnologia.terra.com.br/internet10anos>


Acesso em 22 setembro 2009.

VALLE, André Bittencourt do. Gestão da Tecnologia da Informação. [Rio de


Janeiro]: [s.n.], 200X. 131p.