Você está na página 1de 2

ODONTOLOGIA PROFISSÃO REGULAMENTADA Lei 5.081, de 24 de agosto de 1966 Criação do Conselho de Fiscalização Lei 4.324, de 14 de abril de 1964

Código Penal Brasileiro Artigo 282 - Exercer, ainda que a título gratuito, a profissão de médico, dentista ou farmacêutico, sem autorização legal ou excedendo-lhe os limites.

Lei 5.081, de 24 de agosto de 1966 Regula o exercício da Odontologia Habilitação de nível superior Habilitado no exterior – Validação Inscrição no Conselho de Fiscalização

Lei 5.081, de 24 de agosto de 1966 Regula o exercício da Odontologia Competência de atuação profissional Artigo 6.o

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Praticar todos os atos pertinentes à Odontologia, decorrentes de conhecimentos adquiridos em Curso Regular ou em Cursos de Pós- Graduação; Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - I

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Prescrever e aplicar especialidades farmacêuticas de uso interno e externo, indicadas em Odontologia; Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - II

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Atestar, no setor de sua atividade profissional, estados mórbidos e outros, inclusive, para justificação de faltas ao emprego; Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 – III Redação dada pela Lei 6215 – 30/06/75

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Proceder à Perícia Odontolegal em foro civil, criminal, trabalhista e em sede administrativa; Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - IV

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Aplicar anestesia local e troncular; Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - V

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Empregar a analgesia e hipnose, desde que comprovadamente habilitado, quando constituírem meios eficazes para o tratamento; Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - VI

Compete ao Cirurgião-Dentista :

Manter, anexo ao consultório, laboratório de prótese, aparelhagem e instalação adequadas para pesquisas e análises clínicas, relacionadas com os casos específicos de sua especialidade, bem como aparelhos de Raios X, para diagnóstico e aparelhagem de fisioterapia; Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - VII

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Prescrever e aplicar medicação de urgência no caso de acidentes graves que comprometam a vida e

a saúde do paciente;

Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - VIII

Compete ao Cirurgião-Dentista:

Utilizar no exercício da função de Perito Odontológico, em casos de necropsia, as vias de acesso do pescoço e da cabeça. Artigo 6.o- Lei 5081 - 24/08/66 - IX

Lei 5.081, de 24 de agosto de 1966 Regula o exercício da Odontologia

É vedado ao cirurgião-dentista:

Artigo 7.o

É vedado ao cirurgião-dentista:

a) expor em público trabalhos odontológicos e usar de artifícios de propaganda para granjear

clientela;

É

vedado ao cirurgião-dentista:

b)

anunciar cura de determinadas doenças, para as quais não haja tratamento eficaz;

É

vedado ao cirurgião-dentista:

c)

exercício de mais de duas especialidades;

É

vedado ao cirurgião-dentista:

d)

consultas mediante correspondência, rádio, televisão, ou meios semelhantes;

É

vedado ao cirurgião-dentista:

e)

prestação de serviço gratuito em consultórios particulares;

É

vedado ao cirurgião-dentista:

f)

divulgar benefícios recebidos de clientes;

É

vedado ao cirurgião-dentista:

g)

anunciar preços de serviços, modalidades de pagamento e outras formas de comercialização da

clínica que signifiquem competição desleal.