Você está na página 1de 48

Mudanças climáticas, o maior

desafio da Educação Ambiental

Palestrante: Miriam Duailibi


Instituto Ecoar para a Cidadania
Associação Ecoar Florestal
Centro Ecoar de Educação
para Sociedades Sustentáveis
Um Planeta em estado de caos

Apesar das controvérsias de caráter


científico em torno da real dimensão do
problema e seus desdobramentos, existe
o consenso de que o aquecimento global
vai gerar conseqüências ambientais cada
vez mais relevantes,pondo em risco a
qualidade de vida no Planeta e ameaçando
a sobrevivência da nossa espécie.
Projeção para o
aumento da
temperatura do
planeta de
acordo com o
IPCC (AR4):
de 1,1º C a 6,4º C
até 2100.
O relatório AR-4 do IPCC (abril de 2007)
Um aquecimento entre 1,9ºC e 6,4ºC
acima dos índices pré-industriais,
provocaria a eliminação da calota polar da
Groenlândia. Isso aumentaria o nível do
mar por volta de 7 metros. O relatório
também descobriu que as temperaturas
futuras projetadas para a região são
comparáveis a um aquecimento ocorrido
há 125 mil anos, quando o nível dos mares
era de 4 a 6 metros maior do que é hoje.
Fonte: Greenpeace
Emissões de gases do efeito estufa são
produzidos de maneira bastante diversa. Os
EUA emitem 5,9 bilhões de tonelada de
CO2 por ano, equivalente a 20 ton. por
pessoa, 10 vezes mais que toda a região
da África Subsaariana, que tem o dobro
da população americana mas emite
somente 0,9 ton. per capita. A China já
ultrapassou os EUA em emissões de GEE
mas a média de emissões per capita na
China é somente 1/6 da dos americanos e
1/3 dos europeus.
Um Planeta em estado de caos

O Aquecimento Global é cumulativo,


complexo e abrangente,
suas conseqüências afetarão
a todos em todos os lugares.
Biodiversidade
A extinção das espécies irá se acelerar, a partir
do momento que animais, plantas e ecossistemas
não possam se adaptar às mudanças repentinas
do clima. Este risco é maior para fauna e flora
de recifes de coral, florestas, savanas, regiões
polares e cadeia de montanhas. Cientistas
temem que 1/3 de todas as espécies existentes
poderão estar extintas até 2050.
Fonte: Greenpeace
Biodiversidade

Devido a sua enorme biodiversidade, o


Brasil é um dos países mais vulneráveis às
mudanças climáticas.
Com o
aquecimento global
e as secas severas,
a floresta poderá
ser substituída por
um ecossistema
mais seco e mais
pobre: as savanas.
O desmatamento no mundo todo gera cerca de 25% das
emissões de gases de efeito estufa. No Brasil, este
índice chega a 75%.
Somente entre 2002 e 2005, mais de 70 mil quilômetros
quadrados de florestas foram destruídos na Amazônia o
que representa 42% da perda líquida de áreas florestais.
Nesse período 0, 31 mil quilômetros quadrados de
florestas foram perdidos a cada ano, incluindo todos os
biomas. No total, cerca de 17% da Amazônia já foram
desmatados, o equivalente a quase 700 mil quilômetros
quadrados.
Por causa principalmente do desmatamento, o Brasil é o
4º maior emissor de gases do efeito estufa.
O cenário mais otimista
apresentado pelo IPCC
recomenda um aumento
médio da temperatura global
abaixo dos 2oC – o que
implicaria um corte de 50%
nas emissões de gases do
efeito estufa até 2050 em
relação aos níveis de 1990.
The Stabilization Triangle
14 Billion of Tons of Easier CO2 target
Carbon Emitted th ~850 ppm
pa
per Year e d
ct
o je
p r
n tl y
Stabilization
rre
Cu Triangle Interim Goal
Historical
7
emissions
Flat path
O To u
gh
~5 0 e r C O
0 p 2 ta
pm rg e
t

2.0à
0
1955 2005 2055 2105
Contribuir para a mitigação do aquecimento global:
responsabilidade de todos nós.
Source; Socolow and Pacala, Scientific American, September 2006, p.54
Wedges
14 Billion of Tons of
14 GtC/y
Carbon Emitted per th
Year pa
e d
ct
o je
p r Seven “wedges”
t ly
e n
r r
Historical Cu
7
emissions
Flat path
O 7 GtC/y

2.0 à
0
1955 2005 2055 2105
Contribuir para a mitigação do aquecimento global:
responsabilidade de todos nós.
Source; Socolow and Pacala, Scientific American, September 2006, p.54
What is a “Wedge”?
A “wedge” is a strategy to reduce carbon emissions that
grows in 50 years from zero to 1.0 GtC/yr. The strategy
has already been commercialized at scale somewhere.

1 GtC/yr
Total = 25 Gigatons carbon

50 years

Cumulatively, a wedge redirects the flow of 25 GtC in its first 50


years. This is 2.5 trillion dollars at $100/tC.

A “solution” to the CO2 problem should provide at least one wedge.


15 Ways to Make a Wedge

Source; Socolow and Pacala, Scientific American, September 2006, p.54


Esforços dramáticos precisam ser
feitos, mas a maioria das
pessoas sequer compreende do
que se está falando e
desconhece as conexões
existentes entre o seu modo de
vida e o Aquecimento Global.
A 8ª CUNHA,
a proposta do Ecoar
Somente com um processo profundo de mudanças
nos hábitos, atitudes e posturas de indivíduos,
comunidades, consumidores, eleitores e
investidores, a humanidade será capaz de enfrentar
e vencer os dramáticos desafios.
Somente os 04 centros de poder do mundo juntos –
sociedade civil organizada, mídia, empresas e
governos - podem fomentar a mudança do
paradigma civilizatório.

A 8ªcunha é a Educação, perpassa e possibilita


todas as outras.
Democratizar o conhecimento
sobre o aquecimento global,
educar para as
mudanças climáticas é uma
questão de direitos humanos,
humanos de
ética.
É necessário e urgente pensar em como
os seres humanos irão adaptar suas
estruturas físicas, seu modo de
produção, seu estilo de vida às novas e
desconhecidas condições climáticas .
A sociedade precisa ser
convocada a compreender
este contexto e estimulada a
exercer ativamente sua
Cidadania Planetária, exigindo
e construindo alternativas de
soluções.
Os líderes mundiais precisam adotar o
quanto antes medidas políticas efetivas
para evitar os piores impactos das
mudanças climática no planeta. E essas
medidas, passam necessariamente por
investimentos em energias renováveis,
pela mudança nos hábitos de consumo
das pessoas e adoção de programas de
eficiência energética.
Estabilizar as emissões de gases do efeito
estufa poderá custar menos do que continuar
na inércia. De acordo com o IPCC, estabilizar
as emissões entre 450 e 550 ppm de CO2eq.
custaria cerca de 0,2% a 3% do PIB global em
2030, ou menos de 0,1% por ano.
De acordo com o relatório Stern, publicado
em outubro de 2006, os custos da inação
poderiam chegar entre 5% a 10% do PIB
mundial e, no pior cenário, até 20%. Ou seja,
os custos de mitigação são muito inferiores
aos custos de adaptação e enfrentamento dos
impactos das mudanças climáticas.
Nas grandes cidades, a maior parte da
poluição atmosférica é provocada pela emissão
de gases veiculares. Em todo o mundo, o setor
de transportes é responsável por 13% das
emissões de gases de efeito estufa, entretanto,
na cidade de São Paulo, esse índice ultrapassa
os 50%.
Somados, todos os biocombustíveis - em
especial o etanol de cana- poderão ocupar de 3%
a 10% da matriz do setor de transportes em 2030.
Isso significa um potencial de reduzir até 1,5
bilhão de toneladas anuais de gás carbônico, e
isso a menos de US$ 25 por tonelada cortada.
O IPCC considera os biocombustíveis como
uma boa alternativa para geração de energia e
até mesmo no setor de florestas- com o álcool de
celulose, um combustível de segunda geração
produzido a partir de restos de madeira e
serragem (ainda em escala piloto, fora do
mercado).
Consumo de combustível x eficiência energética
Simulaçã
Simulação
o de emissõ
emissões de CO2eq e sua mitigaçã
mitigação o
por meio de restauraçã
restauração
o florestal em mata atlâ
atlântica.
ntica.
BASE LINE:
Consumo de combustível de um carro off-road de grande porte para percorrer 20.000 km
CENÁRIOS: mistura de 2 e 10% de biodiesel no diesel e troca por 1 carro de passeio: à
gasolina e à alcool
Balanço de Árvores a Árvores
emissão plantar para "economizadas"
previsto mitigação
unidade ton de C02eq plantas plantas
/ano
BASE LINE 8,67 57,80 -
Cenário 01 - 2% de biodiesel 8,50 56,64 1,16
Cenário 02 - 10% de biodiesel 7,80 52,02 5,78
Cenário 03 - carro de passeio à gasolina 1,44 9,60 48,20
Cenário 04 - carro de passeio à álcool 0,00 - 57,80
" Carros off-road de grande porte ou grandes limusines emitem 1,3 ton. de CO2 para viajar
menos de 3000 km. Já um veículo de passeio comum pode ultrapassar os 18000 km
rodados com a mesma emissão"
Fonte: Documento Greenpeace abr 07 – How to save the climate. Join the Energy [R]evolution. Abril07
Uma árvore de mata atlântica pode seqüestrar em média de 150 a 190 kg de CO2
Fonte: CO2 Soluções Ambientais, maio de 2007
A carne nossa de cada dia.

Os números brasileiros relativos a


emissão de GEE nos processos de:
• Desmatamento;
• Na criação do gado;
• No transporte;
• No processo de industrialização;
• No transporte para o mercado
consumidor...
Consumo de carne vermelha no Brasil
2
Simulaçã
Simulação
o de emissõ
emissões de CO eq e sua mitigaçã
mitigaçãoo por meio de restauraçã
restauração
o
florestal em mata atlâ
atlântica.
BASE LINE: Consumo médio de carne vermelha do cidadão brasileiro
CENÁRIOS: redução de consumo em 10, 20 e 30%
o
N de pessoas Base Line
Consumo médio de carne vermelha do cidadão brasileiro
Consumo emissão prevista árvores a plantar para
mitigação
(kg de carne/ano) (ton de C02eq /ano) plantas
1 36,50 0,14 0,90
10 365,00 1,35 9,00
1.000 36.500,00 135,05 900,33
1.000.000 36.500.000,00 135.050,00 900.333,33
100.000.000 3.650.000.000,00 13.505.000,00 90.033.333,33

Um quilo de carne, na casa do consumidor, corresponde a 3,7 kg de carbono emitido


Fonte: Pachauri, presidente do IPCC – bangcoc, 04 abr 07
Consumo médio de carne vermelha de um brasileiro no ano de 2005 - 36,5 kg/ano ou
100g /dia
Fonte: Safras & Mercado, 2006

Uma árvore de mata atlântica pode sequestrar em média de 150 a 190 kg de CO2
Fonte: CO2 Soluções Ambientais, maio de 2007
Consumo de carne vermelha no Brasil
2
Simulaçã
Simulação
o de emissõ
emissões de CO eq e sua mitigaçã
mitigaçãoo por
meio de restauraçã
restauração
o florestal em mata atlâ
atlântica.
BASE LINE: Consumo médio de carne vermelha do cidadão brasileiro
CENÁRIOS: redução de consumo em 10, 20, 30%
o
N de pessoas Cenário 01
10% de redução no consumo
Consumo Emissão reduzida Árvores
"economizadas"
(kg de carne/ano) (ton de C02eq /ano) plantas
1 32,85 0,01 0,09
10 328,50 0,14 0,90
1.000 32.850,00 13,51 90,03
1.000.000 32.850.000,00 13.505,00 90.033,33
100.000.000 3.285.000.000,00 1.350.500,00 9.003.333,33
Um quilo de carne, na casa do consumidor, corresponde a 3,7 kg de carbono emitido.
Fonte: Pachauri, presidente do IPCC – bangcoc, 04 abr 07
Consumo médio de carne vermelha de um brasileiro no ano de 2005 - 36,5 kg/ano
ou 100g /dia
Fonte: Safras & Mercado, 2006
Uma árvore de mata atlântica pode sequestrar em média de 150 a 190 kg de CO2
Fonte: CO2 Soluções Ambientais, maio de 2007
Simulação de redução de consumo de carne vermelha
do brasileiro e suas conseqüências em relação à
emissão de CO2eq na atmosfera.

Se 01 pessoa reduzir o seu consumo de carne em 30%


durante o ano, deixará de emitir 40 kg de CO2eq na
atmosfera. Isto equivale à emissão de cerca de 570 km
rodados com seu veículo de passeio movido a gasolina.
Se um grupo de 10 pessoas fizer o mesmo, 400 kg de
CO2eq deixarão de ser lançados à atmosfera no período
de um ano. Esta redução corresponde ao total emitido
por uma pessoa para uma viagem de 760 km em avião
comercial, o suficiente para uma ponte aérea RJ - SP .
Caso opte por seu veículo de passeio movido a
gasolina, será possível percorrer 5.700 km com o
mesmo volume de emissões de CO2eq, o suficiente para
uma viagem ida e volta de São Luís (MA) à Vitória (ES).
A produção de lixo e a emissão do super
eficiente gás metano
GERAÇÃO ANUAL EMISÕES DE ÁRVORES
1 PESSOA DE LIXO CO2 eq NA DA MATA UNI "ECONOMIA" UNI
DOMÉSTICO ATMOSFERA ATLÂNTICA

CENÁRIO
128,00 KG 204,80 KG 1,37 árvore(s) 0 árvore(s)
REAL

REDUÇÃO
115,20 KG 184,32 KG 1,23 árvore(s) 0,14 árvore(s)
DE 10%

REDUÇÃO
103,68 KG 165,89 KG 1,11 árvore(s) 0,26 árvore(s)
DE 20%

REDUÇÃO
89,60 KG 143,36 KG 0,96 árvore(s) 0,41 árvore(s)
DE 30%
REDUÇÃO
76,80 KG 122,88 KG 0,82 árvore(s) 0,55 árvore(s)
DE 40%
10.000.000 GERAÇÃO ANUAL EMISÕES DE ÁRVORES DA
de DE LIXO CO2 eq NA MATA UNI "ECONOMIA" UNI
PESSOAS DOMÉSTICO ATMOSFERA ATLÂNTICA

CENÁRIO
1.280.000.000,00 2.048.000,00 t 13.653.333,33 Árvore(s) 0 Árvore(s)
REAL

REDUÇÃO
1.152.000.000,00 1.843.200,00 t 12.288.000,00 Árvore(s) 1.365.333,33 Árvore(s)
DE 10%

REDUÇÃO
1.036.800.000,00 1.658.880,00 t 11.059.200,00 Árvore(s) 2.594.133,33 Árvore(s)
DE 20%

REDUÇÃO
896.000.000,00 1.433.600,00 t 9.557.333,33 Árvore(s) 4.096.000,00 Árvore(s)
DE 30%

REDUÇÃO
768.000.000,00 1.228.800,00 t 8.192.000,00 Árvore(s) 5.461.333,33 Árvore(s)
DE 40%
190.000.000 GERAÇÃO EMISÕES DE ÁRVORES DA
de ANUAL DE LIXO CO2 eq NA MATA UNI "ECONOMIA" UNI
PESSOAS DOMÉSTICO ATMOSFERA ATLÂNTICA

CENÁRIO
24.320.000.000,00 38.912.000,00 t 259.413.333,33 Árvore(s) 0 Árvore(s)
REAL

REDUÇÃO
21.888.000.000,00 35.020.800,00 t 233.472.000,00 Árvore(s) 25.941.333,33 Árvore(s)
DE 10%

REDUÇÃO
19.699.200.000,00 31.518.720,00 t 210.124.800,00 Árvore(s) 49.288.533,33 Árvore(s)
DE 20%

REDUÇÃO
17.024.000.000,00 27.238.400,00 t 181.589.333,33 Árvore(s) 77.824.000,00 Árvore(s)
DE 30%

REDUÇÃO 103.765.333,3
14.592.000.000,00 23.347.200,00 t 155.648.000,00 Árvore(s) Árvore(s)
DE 40% 3
Resultados de estudos
globais indicam que,
sob o Cenário de
Revolução Energética,
a demanda mundial de
energia pode ser
reduzida em até 47%
em 2050, com forte
ênfase em medidas de
eficiência energética.
CONSUMO DE EMISÕES DE ÁRVORES
"ECON
1 PESSOA ENERGIA ELÉTRICA CO2 eq NA DA MATA UNI UNI
OMIA"
EM UM ANO ATMOSFERA ATLÂNTICA
CENÁRIO
450,00 kwh 63,32 kg 422,12 Árvore(s) 0 Árvore(s)
REAL
REDUÇÃO
405,00 kwh 56,99 kg 379,91 Árvore(s) 42,21 Árvore(s)
DE 10%
REDUÇÃO
364,50 kwh 51,29 kg 341,92 Árvore(s) 80,20 Árvore(s)
DE 20%
REDUÇÃO
315,00 kwh 44,32 kg 295,49 Árvore(s) 126,64 Árvore(s)
DE 30%
REDUÇÃO
270,00 kwh 37,99 kg 253,27 Árvore(s) 168,85 Árvore(s)
DE 40%
CONSUMO DE EMISÕES DE ÁRVORES DA
10.000.000 DE
ENERGIA ELÉTRICA CO2 eq NA MATA UNI "ECONOMIA" UNI
PESSOAS
EM UM ANO ATMOSFERA ATLÂNTICA
CENÁRIO 4.500.000.000,00
Árvore(s) Árvore(s)
REAL kwh 633.186,00 t 4.221.240,00 0
REDUÇÃO 4.050.000.000,00
Árvore(s) Árvore(s)
DE 10% kwh 569.867,40 t 3.799.116,00 422.124,00
REDUÇÃO 3.645.000.000,00
Árvore(s) Árvore(s)
DE 20% kwh 512.880,66 t 3.419.204,40 802.035,60
REDUÇÃO 3.150.000.000,00
Árvore(s) Árvore(s)
DE 30% kwh 443.230,20 t 2.954.868,00 1.266.372,00
REDUÇÃO 2.700.000.000,00
Árvore(s) Árvore(s)
DE 40% kwh 379.911,60 t 2.532.744,00 1.688.496,00
1 BANHO DIÁRIO EMISÕES DE CO2 ÁRVORES DA
1 PESSOA DE 10 MIN POR UM eq NA MATA UNI "ECONOMIA" UNI
ANO ATMOSFERA ATLÂNTICA

CENÁRIO REAL
304,17 kwh 42,80 kg 285,32 Árvore(s) 0 Árvore(s)
(10 min/dia)

REDUÇÃO DE
273,75 kwh 38,52 kg 256,79 Árvore(s) 28,53 Árvore(s)
10% (9 min/dia)

REDUÇÃO DE
246,38 kwh 34,67 kg 231,11 Árvore(s) 54,21 Árvore(s)
20% (8 min/dia)

REDUÇÃO DE
212,92 kwh 29,96 kg 199,73 Árvore(s) 85,60 Árvore(s)
30% (7 min/dia)

REDUÇÃO DE
182,50 kwh 25,68 kg 171,19 Árvore(s) 114,13 Árvore(s)
40% (6 min/dia)
EMISÕES DE ÁRVORES
10.000.000 de 1 BANHO DIÁRIO DE
CO2 eq NA DA MATA UNI "ECONOMIA" UNI
PESSOAS 10 MIN POR UM ANO
ATMOSFERA ATLÂNTICA

CENÁRIO REAL
3.041.666.666,67kwh 427.986,83 t 2.853.245,56 Árvore(s) 0 Árvore(s)
(10 min/dia)

REDUÇÃO DE
2.737.500.000,00kwh 385.188,15 t 2.567.921,00 Árvore(s) 285.324,56 Árvore(s)
10% (9 min/dia)

REDUÇÃO DE
2.463.750.000,00kwh 346.669,34 t 2.311.128,90 Árvore(s) 542.116,66 Árvore(s)
20% (8 min/dia)

REDUÇÃO DE
2.129.166.666,67kwh 299.590,78 t 1.997.271,89 Árvore(s) 855.973,67 Árvore(s)
30% (7 min/dia)

REDUÇÃO DE
1.825.000.000,00kwh 256.792,10 t 1.711.947,33 Árvore(s) 1.141.298,22 Árvore(s)
40% (6 min/dia)
EMISÕES DE ÁRVORES DA
190.000.000 de 1 BANHO DIÁRIO DE "ECONOMI
CO2 eq NA MATA UNI UNI
PESSOAS 10 MIN POR UM ANO A"
ATMOSFERA ATLÂNTICA

CENÁRIO
57.791.666.666,67 8.131.749,83 54.211.665,56 Árvore(s) 0 Árvore(s)
REAL

REDUÇÃO 5.421.166,5
52.012.500.000,00 7.318.574,85 48.790.499,00 Árvore(s) Árvore(s)
DE 10% 6

REDUÇÃO 10.300.216,
46.811.250.000,00 6.586.717,37 43.911.449,10 Árvore(s) Árvore(s)
DE 20% 46

REDUÇÃO 16.263.499,
40.454.166.666,67 5.692.224,88 37.948.165,89 Árvore(s) Árvore(s)
DE 30% 67

REDUÇÃO 21.684.666,
34.675.000.000,00 4.879.049,90 32.526.999,33 Árvore(s) Árvore(s)
DE 40% 22
Daqui para frente...

É você
quem decide
as mudanças climáticas

CAMINHE DESLIGUE PLANTE


PENSE
RECICLE REDUZA
MUDE
"O ser humano pode não
aprender nada da história, mas
aprende tudo do sofrimento.
Não queremos aprender do
sofrimento que nos aguarda,
pois talvez não resistamos à
sua virulência letal."
Leonardo Boff
www.ecoar.org.br

Rua Rego Freitas, 454 – 2º andar


Vila Buarque – São Paulo/SP
Tel/fax 11 3129-5765
CEP 01220-010