Você está na página 1de 3

Trabalho para Jesus

Texto base:
Mateus 9.36-10.1 Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas
e exaustas como ovelhas que não têm pastor. 37 E, então, se dirigiu a seus discípulos: A
seara, na verdade, é grande, mas os trabalhadores são poucos. 38 Rogai, pois, ao Senhor
da seara que mande trabalhadores para a sua seara. 10.1 Tendo chamado os seus doze
discípulos, deu-lhes Jesus autoridade sobre espíritos imundos para os expelir e para curar
toda sorte de doenças e enfermidades.

Introdução
Quantos queriam trabalhar? De toda a multidão, somente 12, e estes são tão importantes que Jesus
registra seus nomes. Quem trabalha tem seu nome registrado. Trabalhai para entrar pela porta
estreita: preguiçosos não entram pela porta estreita nem caminham pelo caminho estreito, nem tem
seus nomes alistados.

Rogai ao Senhor que mande trabalhadores: trabalhadores há, mas não estão na Seara.

A Bíblia relata a vida de muitos que fizeram a obra de Deus e nenhum que não fez nada.

Deus tem um trabalho preparado para cada crente. Ele não nos criou para ficarmos parados (mt
9.37: trabalhadores são poucos).

Por outro lado, Ele não exige de nós o que não temos capacidade de realizar. Também não é o caso
de abraçarmos o primeiro trabalho que aparecer. Quero refletir biblicamente, que tipo de trabalho
um crente deve realizar.

Desocupados, não!
Mt 20.6 e, saindo por volta da hora undécima, encontrou outros que estavam
desocupados e perguntou-lhes: Por que estivestes aqui desocupados o dia todo? 7
Responderam-lhe: Porque ninguém nos contratou. Então, lhes disse ele: Ide também vós
para a vinha.

Fé e obras
O crente realiza o trabalho para Jesus não para pagar pela salvação, mas para ser instrumento usado
no trabalho de Deus.

Efésios 2:10 Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais
Deus de antemão preparou para que andássemos nelas.

Mateus 5:16 Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as
vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.

Julgados pelas obras


Mateus 16:27 Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus
anjos, e, então, retribuirá a cada um conforme as suas obras.

Somos servos de Deus, cada qual com sua tarefa.


Mateus 23:11 Mas o maior dentre vós será vosso servo.

Mc 13. 34 É como um homem que, ausentando-se do país, deixa a sua casa, dá


autoridade aos seus servos, a cada um a sua obrigação, e ao porteiro ordena que vigie.

Trabalho para Jesus, P. Rolf J. Dietz – www.rolfdietz.com, setembro 2007 – página 1


Somos vasos de barro que carregam o tesouro do evangelho neste mundo
2 Co 4.6 e7 Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo
resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na
face de Cristo. 7 Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do
poder seja de Deus e não de nós.

Obrigação dos servos é servir


Lucas 17:10 Assim também vós, depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, dizei:
Somos servos inúteis, porque fizemos apenas o que devíamos fazer.

Mt 25.30 E o servo inútil, lançai-o para fora, nas trevas. Ali haverá choro e ranger de
dentes.

Deveres de cada um
Marcos 13:34 É como um homem que, ausentando-se do país, deixa a sua casa, dá autoridade aos
seus servos, a cada um a sua obrigação, e ao porteiro ordena que vigie.

Incentivo apostólico
1 Coríntios 15:58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre
abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão.

Exemplos apostólicos
2 Coríntios 6:5 nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos
jejuns,

2 Coríntios 11:23 São ministros de Cristo? (Falo como fora de mim.) Eu ainda mais: em
trabalhos, muito mais; muito mais em prisões; em açoites, sem medida; em perigos de
morte, muitas vezes.

2 Coríntios 11:27 em trabalhos e fadigas, em vigílias, muitas vezes; em fome e sede, em


jejuns, muitas vezes; em frio e nudez.

1 Co 15.10 Mas, pela graça de Deus, sou o que sou; e a sua graça, que me foi concedida,
não se tornou vã; antes, trabalhei muito mais do que todos eles; todavia, não eu, mas a
graça de Deus comigo.

Nossa participação na tarefa que Jesus deu a seus seguidores:


Mt 28.18-20 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada
no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em
nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a guardar todas as coisas
que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do
século.

Trabalhadores são elogiados na Palavra


1 Tm 5.17 Devem ser considerados merecedores de dobrados honorários os presbíteros
que presidem bem, com especialidade os que se afadigam na palavra e no ensino.

Apocalipse 2:2 Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que
não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram
apóstolos e não são, e os achaste mentirosos;

1 Ts 1:3 recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa fé, da


abnegação do vosso amor e da firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo,

Trabalho para Jesus, P. Rolf J. Dietz – www.rolfdietz.com, setembro 2007 – página 2


Mão no arado
Lucas 9:62 Mas Jesus lhe replicou: Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para
trás é apto para o reino de Deus.

Participantes de sua obra neste mundo


João 14:12 ¶ Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também
as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai.

Jo 20. 21 Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o Pai me
enviou, eu também vos envio.

Trabalho para Jesus, P. Rolf J. Dietz – www.rolfdietz.com, setembro 2007 – página 3