Você está na página 1de 13

Projecto Escola da

Energia

PROTÓTIPOS COM ENERGIA

RELATÓRIO DE PROJECTO- 2010

1
IDENTIFICAÇÃO DO PROJECTO

Nome do protótipo – All road Solar

Estabelecimento de ensino - Escola Básica Integrada de D. Jorge de Lencastre

Professor responsável - Fernando Miranda

Equipa - João Pereira, João Cebola, Roberto Silva, Bruno Tomé, Diogo Rosário

Estimativa de alunos envolvidos – Variável. Vários alunos da turma ajudaram e deram sugestões

Nível(is) de ensino envolvido(s) - CEF de Instalação e Operação de Sistemas Informáticos

Disciplinas envolvidas - Instalação e manutenção de computadores, Instalação e Configuração de

Computadores em Redes Locais e à Rede Internet e Aplicações Informáticas de Escritório


2
DESCRIÇÃO E APLICABILIDADE DO PROJECTO
(Descreva de forma sucinta como funciona o protótipo, ou seja, como é
efectuado o aproveitamento do recurso renovável de energia em relação à
função que o mesmo pretende desempenhar)

As células fotovoltaicas transformam a energia solar em energia eléctrica. Cada célula


tem 1 V e 500 mA e estão ligadas em série de maneira a ficarem com 5 V e 500 mA, o
suficiente para mover o protótipo.
Ao ligar o interruptor, a energia eléctrica gerada pelas células fotovoltaicas quando
expostas ao sol é transmitida ao motor eléctrico que por sua vez, através das roldanas,
transmite o movimento ao eixo com rodas do protótipo fazendo-o andar num sentido.

3
METODOLOGIA UTILIZADA NA ELABORAÇÃO DO PROTÓTIPO
(Descreva, de forma sucinta, os passos da construção do protótipo)

Foi oferecido um carrinho telecomandado avariado de onde se removeu o motor


eléctrico com redutor e as rodas.
O motor eléctrico foi testado numa fonte de alimentação variável pertencente ao
professor de Informática onde foi verificado qual a melhor voltagem e intensidade a
aplicar no motor com vista a se comprarem as células fotovoltaicas.
Encomendaram-se as células numa loja na Internet.
Foi-se a uma oficina de alumínios pedir um pedaço de alumínio para utilizar no chassis.
Quando se estava a cortar o chassis nas oficinas encontrámos um arame grosso que
utilizámos nos eixos. Encontrámos também madeira para as roldanas. Fizemos tudo lá.
Encontrámos o resto do material na arrecadação da sala de informática.
Cortámos a placa mãe com uma rebarbadora e colámos as teclas velhas de teclados com
a pistola de colar para fazer o suporte da placa mãe.
Colocámos o motor com o redutor em cima da placa mãe e prendemos com umas
braçadeiras plásticas.
Cortámos o elástico que serviria de correia com uma tesoura porque era muito grosso.
Descarnámos o cabo do rato e cortámos à medida. Com o auxílio do professor de
Informática soldámos os fios às células, ao interruptor e ao motor.
Finalmente colocámos a placa mãe em cima do carrinho já com as células e colámos.
Testámos o protótipo.
4
METODOLOGIA UTILIZADA NA ELABORAÇÃO DO PROTÓTIPO
(Registo fotográfico das diferentes fases do projecto)

Fotografia Desmanchar o carrinho

Fotografia Testar o motor com a fonte de alimentação

Fotografia Cortar a chapa para o chassis

5
METODOLOGIA UTILIZADA NA ELABORAÇÃO DO PROTÓTIPO
(Registo fotográfico das diferentes fases do projecto)

Fotografia Construção das roldanas

Fotografia Acabamentos no chassis

Fotografia Montagem das rodas, eixos e roldanas

6
METODOLOGIA UTILIZADA NA ELABORAÇÃO DO PROTÓTIPO
(Registo fotográfico das diferentes fases do projecto)

Fotografia Preparação da cobertura

Fotografia Preparação do suporte para a cobertura

Fotografia Colocação do motor com o redutor , roldanas e correia de transmissão

7
METODOLOGIA UTILIZADA NA ELABORAÇÃO DO PROTÓTIPO
(Registo fotográfico das diferentes fases do projecto)

Fotografia Motor já instalado

Fotografia Escolha da melhor disposição para as células foto-voltaicas

Fotografia Protótipo pronto a testar

8
ENVOLVIMENTO DOS ALUNOS
(Breve descrição do nível de participação/interesse dos alunos no
desenvolvimento do projecto. Pode fazer-se acompanhar de fotografias)

Os alunos assim que ouviram falar de um projecto com


carrinhos e sugeriram logo o professor de Informática por este
ter alguns conhecimentos de robótica.
Ficaram um pouco desiludidos por o regulamento não permitir
utilizar electrónica. O projecto estagnou um pouco. Já tinham
feito umas pesquisas na Internet, mas sem grandes resultados.
Foi quando um professor arranjou um carrinho avariado que
eles se começaram a animar. Tinham qualquer coisa palpável. Já
podiam “desmanchar”. A partir daí foi um ver se te avias. Foram
de boleia no carro do professor arranjar materiais! Imagine-se!
Quando já tínhamos alguns materiais, invadimos as oficinas
com aulas a decorrer e desatámos a fazer barulho. Felizmente o
entusiasmo dos alunos acalmou a paciência dos professores.
As células chegaram! Fomos testar se estavam boas. Como
estava nublado tivemos que testar na lâmpada florescente do
quadro. Fizeram um ar muito satisfeito de verificar que cada
célula marcava 1 volt e diminuía ao afastar-se da luz
dependendo da claridade.
9
MATERIAIS UTILIZADOS
(Descrição dos materiais utilizados. Indicar se foram utilizados materiais
reutilizados, reciclados ou ecológicos)

• Materiais reutilizados
1. Motor eléctrico com desmultiplicação removido de um carrinho telecomandado
estragado.
2. Rodas do carrinho telecomandado estragado.
3. Chassis – Desperdício de alumínio oferecido por uma oficina de alumínios.
4. Eixos – arame grosso velho encontrado nas oficinas da escola.
5. Roldanas – Desperdício de madeira encontrado nas oficinas da escola.
6. Correia de transmissão – elástico velho cedido por uma funcionária da secretaria.
7. Capota – Placa mãe que estava avariada.
8. Suporte da placa mãe – teclas de teclados avariados.
9. Interruptor - removido de um carrinho telecomandado estragado.
10. Cablagem – removida de um cabo de um rato avariado.
• Materiais ecológicos
1. Células fotovoltaicas – Adquiridas numa loja pela Internet.
• Outros materiais
1. Braçadeiras plásticas.
2. Cola de pistola de colar.

10
TEMPO DE EXECUÇÃO
(Tempo percorrido desde o início dos trabalhos até à conclusão do protótipo,
fazendo referência às diferentes fases do projecto)

3 semanas aproximadamente distribuídas por 2 meses e meio.


1 semana para a fase do chassis.
1 semana para a fase da placa mãe.
1 semana para a montagem do resto dos componentes e soldaduras das células.

CUSTOS DO PROJECTO

5 células fotovoltaicas de 1 V, 500 mA - 43,78 Euros

TOTAL: 43,78 €
11
OUTRAS INFORMAÇÕES/OBSERVAÇÕES

O projecto teve ajuda da maior parte da turma do 2º ano do CEF de Informática onde
ocasionalmente outros alunos participavam e davam sugestões para resolver problemas
difíceis ou melhorar o projecto.
Os alunos participantes e no geral o resto da turma do CEF tomaram mais consciência
que se podem reaproveitar materiais que à partida seriam para deitar fora e fazer destes
uma reutilização para um fim mais didáctico.
O projecto do protótipo também foi uma forma estratégica de distrair e desanuviar os
alunos de um quotidiano de aulas e aprendizagens que por vezes não eram fáceis no CEF
de Informática e em final de curso para tentar aumentar o seu rendimento escolar.
Houve também algum incentivo do coordenador do projecto do eco-escolas Filipe Raivel
e outros membros da equipa quando os alunos perderam alguma motivação logo no
início do projecto utilizando a sua experiência e dando sugestões para aumentar a
produtividade do projecto.
A acção de formação Escola da Energia que o professor responsável pelo projecto
Fernando Miranda frequentou teve alguma utilidade e serviu de referência para que o
projecto seguisse de forma mais eficiente ao partilhar várias experiências com o
formador e outros formandos presentes.

12
FOTOGRAFIA(S) DO PROTÓTIPO
(Fotografia(s) do protótipo como será apresentado a concurso)

13