Você está na página 1de 2

13/04/2017

RENDIMENTOSDEBENSEMCONDOMÍNIO

RENDIMENTOSDEBENSEMCONDOMÍNIO

Quandohácondomínio,ouseja,maisdeumproprietáriodeummesmobem,cadacondôminodeverátratarasuaparte

idealseparadamentedasdemais,quepertencemaosseusconsortes,comosefosseumbemdistintodasdemaisfrações

ideaisqueintegramocondomínio.

Emconsequência,osrendimentosdecorrentesdecadafraçãoserãotributadosnapessoadoseutitular.

Exemplo:

Imóvelquetenha2proprietários,cadaumcom50%doimóvel.Osrendimentosdecontratodealugueldoimóvel

foramdeR$1.000,00nomês.Portanto,cadaumteráqueofereceràtributaçãoR$500,00.

Não existe responsabilidade solidária pelo pagamento do imposto, pois cada condômino só é responsável pelo pagamento do imposto relativo ao seu rendimento. Por isso, é irrelevante para cada condômino se os demais ofereceramounãoàtributaçãoosseusrendimentos.

TRIBUTAÇÃOQUANDOOIMÓVELLOCADOPERTENCERAMAISDEUMAPESSOAFÍSICA

Quandooimóvellocadopertenceramaisdeumapessoafísica,emcondomínioouemcomunhão,ocontratode

locaçãodeverádiscriminarapercentagemdoaluguelquecabeacadaproprietário.Casonãoconstenocontratoessa

cláusula,recomenda­sefazerumaditivoaomesmo.

Quandoolocatárioforpessoajurídica,estadeveráefetuararetençãonafonteaplicandoatabelamensalemrelaçãoao

valorpagoindividualmenteacadaproprietário.Anualmente,apessoajurídicalocatáriadeveráfornecercomprovante

dorendimentoquecouberacadaum,comindicaçãodorespectivovalorretidonafonte.

Emsetratandodebenscomuns,emdecorrênciadoregimedecasamento,osrendimentospoderão,opcionalmente,ser

tributadospelototalemnomedeumdoscônjuges.

TRIBUTAÇÃODOSRENDIMENTOSDALOCAÇÃODEESPAÇOFÍSICOEMIMÓVEISOUCONDOMÍNIOS

EDILÍCIOS

Asquantiasrecebidasporpessoafísicapelalocaçãodeespaçofísicosujeitam­seaorecolhimentomensalobrigatório

(carnê­leão)serecebidasdepessoafísicaoudefontenoexterior,ouàretençãonafontesepagasporpessoajurídica,e

aoajustenaDeclaraçãodeAjusteAnual.

Ressalte­seque,diantedainexistênciadepersonalidadejurídicadocondomínioedilício,asreceitasdelocaçãopor

esteauferidas,narealidade,constituem­seemrendimentosdospróprioscondôminos,devendosertributadosporcada

condômino,naproporçãodoquinhãoquelheforatribuído,naformaexplicadanoprimeiroparágrafo.Aindaqueos

condôminosnãotenhamrecebidoospagamentosemespécie,sãoelesosbeneficiáriosdessaquantia,observando­se

isso,porexemplo,quandoovalorrecebidoseincorporaaofundoparaoqualcontribuem,ouquandodiminuio

montantedocondomíniocobrado,ou,ainda,quandoutilizadoparaqualqueroutrofim.

Nocasodecondomínioedilício,opagamentopelaocupaçãoouusodepartescomuns(salãodefestas,piscinas,

churrasqueirasetc.)pelospróprioscondôminosnãoéconsideradorendimentodealuguel.

Isenção

Apartirde14.05.2014,ficamisentosdoImpostosobreaRendadasPessoasFísicasosrendimentosrecebidospelos

condomíniosresidenciaisconstituídosnostermosdaLei4.591/1964,limitadoaR$24.000,00(vinteequatromil

reais)porano­calendário,edesdequesejamrevertidosembenefíciodocondomínioparacoberturadedespesasde custeio e de despesas extraordinárias, estejam previstos e autorizados na convenção condominial, não sejam distribuídosaoscondôminosedecorram:

I­deuso,alugueloulocaçãodepartescomunsdocondomínio;

II ­ de multas e penalidades aplicadas em decorrência de inobservância das regras previstas na convenção condominial;ou

III­dealienaçãodeativosdetidospelocondomínio.

Base:art.3ºdaLei12.973/2014.

13/04/2017

RENDIMENTOSDEBENSEMCONDOMÍNIO

CÁLCULODORECOLHIMENTOMENSALOBRIGATÓRIO(CARNÊ­LEÃO)

Oimpostoderendaserácalculadomedianteaaplicaçãodatabelaprogressivamensalsobreovalortotalrecebidono

mês,observadoovalordorendimentobrutorelativoacadaespécie.

Nadeterminaçãodabasedecálculodoimpostopoderãoserefetuadasasdeduçõespermitidas:pensãoalimentícia, dependentesecontribuiçãoprevidenciáriaoficial,desdequeestasnãotenhamsidoutilizadascomodeduçãodeoutros rendimentossujeitosàtributaçãonafonte. Poderão, ainda, ser deduzidas da receita da atividade do trabalhador autônomo,inclusiveaqueladostitularesdeserviçosnotariaisederegistroeosleiloeiros,asdespesasescrituradasem livroCaixa.

RECOLHIMENTODOIMPOSTOEMNOMEDEUMÚNICOPROPRIETÁRIO

Nocasodepropriedadeemcondomínio,cadacondôminotributaaparceladerendimentoquelhecabe,massomente

aqueleemcujonomefoiefetuadoorecolhimentopoderácompensaroimpostoemsuadeclaração,anãoserqueseja

retificadooDARF(carnê­leão)ouaDIRF(nocasodefonte).

Nocasodepropriedadeemcomumemdecorrênciadasociedadeconjugal,oimpostopagoporumdoscônjugesou

retidonafontepoderásercompensadomeioameio,independentementedequemostenhapagoousofridoaretenção;

opcionalmente,poderásercompensadopelototalnadeclaraçãodeumdeles,desdequetributeatotalidadedos

rendimentoscomuns.

BASESNORMATIVAS

Cliqueaquisedesejarimprimirestematerial.

Cliqueaquipararetornar.

Clique aqui pararetornar. GuiaTributário­Índice