PROGRAMA DE AJUDA DIRETA (DAP

)
Formulário DAP – ciclo 2014/2015
Brasil
Antes de começar a preencher o formulário de inscrição do DAP, por favor, tenha certeza de ter lido
as Informações para Requerentes do DAP, disponível em nosso site:
http://www.brazil.embassy.gov.au/brasportuguese/Development_cooperat.html

Ao preencher o formulário, leia cada item/questão cuidadosamente e os complete com toda a
informação solicitada e necessária. A falha no preenchimento de acordo com essas orientações
resultará na exclusão do projeto do processo de avaliação do DAP.

Por favor, envie o formulário preenchido para DAP.Brasilia@dfat.gov.au (preferencialmente em
formato Word). A documentação adicional (detalhamento do orçamento, três orçamentos de
diferentes fornecedores e duas cartas de referência) deverá ser digitalizada e enviada junto ao
formulário. Alternativamente, os documentos podem ser enviados por Correios, desde que
previamente acordado com a Coordenadora do DAP.

Caso você tenha alguma dúvida, por favor, entre em contato com a Coordenadora do DAP, Srta.
Viviane Franco, no e-mail DAP.Brasilia@dfat.gov.au ou no telefone (61) 3226-3111, ramal 513.

Número do Projeto (apenas para uso interno, não preencher):

1. Nome do Projeto

“Aprendendo e Empreendendo”

2. Detalhes da organização responsável pelo projeto:

Nome da Organização: Associação Cidadã de Resgate e Efetivação dos Direitos Humanos - ACREDH
Nome do(a) Presidente/Dirigente: Luis Schoingele
Nome e cargo do(a) responsável pelo projeto: Fabiano Bortoli/ Tesoureiro.
Endereço: Rua Adolfo Konder, 1404.
Cidade: São Miguel Do Oeste
CEP: 89900-000
Estado: Santa Catarina
Telefone (com DDD): 55 (049) 91460123 Fax (se existente):
E-mail: acredh@outlook.com Website (se existente):

3. Quantia solicitada para implementação do projeto: R$ 22 969,00

1

estaduais e municipais destinadas à integração ao mercado de trabalho e profissionalização voltados ao desenvolvimento social e humano. a situação jurídica do egresso bem como as oportunidades existentes no município para um novo recomeço e perspectivas de vida. Descrição do projeto 5ª) Qual é o propósito geral. histórico. bem como a disponibilização de brinquedos e lanches em eventos de datas comemorativas. Informações gerais da Organização: 4a) A organização já recebeu algum financiamento do DAP em anos anteriores? [ X ] Não [ ] Sim Em caso afirmativo. Em 2014. a violência o uso e venda de drogas e consequentemente o cometimento de vários outros delitos. caracterizando um problema social evidenciado em nosso município. PROGRAMA DE AJUDA DIRETA (DAP) 4. visa fazer o mapeamento e identificação dos egressos do município de São Miguel do Oeste. além de incluí-los em políticas publicas federais. como pascoa. o dia da criança. A associação também desenvolveu o projeto “Aproximando o Egresso da Liberdade”. a associação conseguiu a declaração de Utilidade Pública Municipal. 5. com o propósito de garantir os direitos sociais de egressos do sistema prisional e suas famílias. objetivando a promoção da dignidade da pessoa humana a integração social dos cidadãos. indique o nome do projeto e em que ano o financiamento foi recebido: 4b) Forneça uma breve descrição de sua organização. informações sobre a comunidade em que a organização está inserida e sobre experiências anteriores com o gerenciamento de projetos (300 palavras no máximo). para criar um banco de dados e garantir o direito a informação destes indivíduos através de encontros realizados no dia 02/06/2014 e no dia 16/06/2014 visando elucidar quais os direitos garantidos em lei. Além das promoções de atividade com crianças e adolescentes. através da praticas esportivas e brincadeiras. bem como de adolescentes cumprindo medidas socioeducativas e combate ao uso de drogas. devido às suas intervenções e atividades realizadas no decorrer do ano de 2013. entre outras. por favor. objetivos e resultados esperados do projeto? (300 palavras no máximo) Proposito Geral é despertar o empreendedorismo na juventude como uma das estratégias para a inclusão social e acesso ao mercado de trabalho proporcionando aos jovens. quais as dificuldades encontradas após o cumprimento da pena. incluindo informações gerais. qualificação profissional como uma das formas de diminuir a criminalidade. A ACREDH é uma entidade que se organizou legalmente no início do ano de 2013. estamos perdendo os jovens para as drogas e 2 .

ao lazer. do adolescente. à dignidade. um problema com reflexos direto ao sistema prisional. (Redação dada Pela Emenda Constitucional nº 65. certamente uma afronta a vários princípios constitucionais referentes a dignidade da pessoa humana. o direito à vida. além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência. à educação. os adolescentes e os jovens podem participar e aprender com atividades pratica a sistematizar diferentes conhecimentos e transformar seus objetivos em realidade. de 2010) Objetivos e resultados esperados- • Interromper o ciclo de violência e prevenir a prática de atos infracionais cometidos pelos adolescentes. Na grande maioria dos casos esses jovens ao alcançar a maioridade penal logo estarão no sistema penal brasileiro conhecido como um dos piores sistemas penais do mundo pelas suas altas taxas de reincidência. à liberdade e à convivência familiar e comunitária. O projeto é composto por quatro etapas: 1ª Etapa: A primeira etapa dar-se-á por meio de contato com o publico alvo. com absoluta prioridade. O projeto “Crescendo e Empreendendo” é uma parceria entre o SEBRAE.CDL. a Câmara de Dirigentes Lojistas . admitida a participação de entidades não governamentais. incluindo um cronograma esperado de sua implementação (300 palavras no máximo. ACREDH e PALITO PIZZAS que visa Despertar o empreendedorismo na juventude como uma das estratégias para a inclusão social e acesso ao mercado de trabalho. É dever da família. à cultura. ao adolescente e ao jovem. mediante políticas específicas e obedecendo aos seguintes preceitos: (Redação dada Pela Emenda Constitucional nº 65. da sociedade e do Estado assegurar à criança. • Compreender as diferentes formas de atuação frente à vida. Poder Judiciário da Comarca de São Miguel do 3 . discriminação. violência. ao respeito. • Fomentar o protagonismo e o empreendedorismo. Conforme prevê aConstituição da Republica Federativa do Brasil promulgado em 05 de Outubro de 1988 no Capitulo VII . PROGRAMA DE AJUDA DIRETA (DAP) para os centros de internação provisórios. do jovem e do Idoso- Art. • Predispor-se a conhecer o mundo do trabalho e dos negócios. da criança. à profissionalização. • Compreender o trabalho como elemento fundamental da vida humana. bem como a apresentação do projeto para as autoridades do Município e Região. de 2010) § 1º O Estado promoverá programas de assistência integral à saúde da criança. 5b) Forneça detalhes específicos do projeto. ao mercado de trabalho e a sociedade (dependência. à saúde. exploração. crueldade e opressão. por meio da experiência.Da Familia. à alimentação. do adolescente e do jovem. Dessa forma. oferecendo assim uma oportunidade de inclusão social através do mercado de trabalho. • Construir uma padaria comunitária na sede da Associação ACREDH. ACISMO. onde após cumprir sua pena o mesmo retorna mais ofensivo. O cronograma pode se apresentado em um documento separado). • Expor o produto produzido a venda nos estabelecimentos comerciais do município e consequentemente da região. 227. colaboração e/ou autonomia). integrantes da Associação Comercial e Industrial de São Miguel do Oeste. através de busca ativa nas comunidades.

PROGRAMA DE AJUDA DIRETA (DAP) Oeste.Encontro 4: dia 23/10/2014 . com atividades na empresa Palito Pizzaria com o objetivo de aprender noções de manuseio e cuidados na fabricação do produto produzido. e consistirá. do município de São Miguel do Oeste. Caso seja um projeto com data já determinada para o término. . com empresários do município. assiduidade. do CRAS de São Miguel do Oeste. com selo de identificação do projeto. Foram realizadas encontros com os adolescentes. Cada empresa pode disponibilizar 1% do valor do ICMS. o qual ganhou parecer favorável a sua implementação. comportamento profissional. na modalidade “Jovem Aprendiz”. comportamento alimentar. . disponibilizado pela Escola Técnica SENAC. Para a continuidade das ações a associação ACREDH está desenvolvendo campanhas de captação de recursos. abril.Descobrindo. pontualidade. atitude. sendo divididas em 4 encontros com a seguinte carga horária e o conteúdo programático: .Trabalho e negocio. aliando a preferência com a visão das possibilidades futuras no que tange suas profissionalizações para o acesso ao mercado de trabalho no município de São Miguel do Oeste e região. e à Secretaria de Assistência Social do Município de São Miguel do Oeste. atitudes empreendedoras. 2ª Etapa: será realizado 12 horas de curso referente ao trabalho e empreendedorismo. para projetos sociais aprovados pelo CMDCA.Encontro 3: dia 22/10/2014 . . onde foram os protagonistas na escolha do que deveria ser realizado. incluindo como os custos futuros do projeto serão financiados. o envolvimento dos beneficiários se deu no início do projeto com a formulação da proposta das atividades a serem desenvolvidas.Características de comportamento empreendedor.CASEP de São José do Cedro – SC. e através de parceria com Secretaria de Assistência Social para ser consumida pelas crianças e adolescentes. onde participarão de um programa de estágio.Encontro 2: dia 21/10/2014 . 3ª Etapa: A terceira etapa terá início em 09/02/2015 em que os jovens irão por em prática o aprendizado. 5d) Descreva como o projeto continuará no futuro sem o financiamento do DAP. além de noções de higiene. 4 . 5c) Os beneficiários diretos do projeto estão envolvidos com seu planejamento e implementação? De que forma? Em caso negativo. além do aperfeiçoamento teórico e prático. que os torna seres humanos dignos em sua formação pessoal e social. MP. por que não? (200 palavras no máximo).Pensando no futuro. Sim. para que sejam expostas à venda nos mercados de São Miguel do Oeste. explique como seus resultados continuarão a ser atingidos (200 palavras no máximo). tendo como base o princípio da dignidade humana através do trabalho. para o abatimento de impostos para o incentivo ao financiamento de projetos sociais aprovados pelo Fundo de Infância e Adolescência – FIA.Encontro 1: dia 20/10/2014. o Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório . uma vez na semana. maio. organização. que frequentam o Serviço de Convivência Fortalecimento de Vínculos – o6 a 15 anos. 4ª Etapa: A quarta etapa será desenvolvida nos meses de março. e junho de 2015. a produção de pizzas e mini pizzas. Este projeto foi apresentado e apreciado pelo Conselho Municipal dos Direitos Da Criança e do Adolescente – CMDCA.

não conseguimos realizar mais dois orçamentos. Não conseguimos realizar três orçamentos. respeitando o que rege as leis trabalhistas brasileiras.au/brasportuguese/Development_cooperat.html ) 6b) É necessário enviar. Referências Anexar duas cartas de referência/apoio para o projeto. Caso o orçamento a ser obtido seja de um fornecedor online. custos totais e contribuições da própria organização ou de outros doadores. 5 . estipulados por um técnico de Segurança do Trabalho. que avaliou a capacidade interativa. Os funcionários/voluntários foram selecionados a partir de entrevista. elencando todos os itens a serem utilizados na sua implementação.brazil. foram apensa 4 dias para realizar todos os procedimentos para preencher o formulário obrigatório. já inclusos os custos com frete. a instituição conta com alguma política para protegê-las. Desta forma. além do detalhamento do orçamento. pois tivemos ciência desta oportunidade na ultima semana do dia 10 de outubro. A Embaixada não aceitará cópia da lista de compras em lojas online como orçamento. 7. As cartas não devem ser redigida por pessoas que tenham vínculos de emprego com a organização proponente e devem apresentar comentários sobre o projeto em si e sobre os benefícios para a comunidade. bem como os custos individuais. resiliência e empatia. Aos participantes deste projeto serão disponibilizados todos os materiais necessários de segurança. sendo analisados aspectos biopsicossocial. ou seja. quais estratégias foram implementadas para minimizar o risco para as crianças? Por exemplo. solicitamos que a loja seja contatada e que seja solicitado um orçamento formal. três orçamentos de fornecedores diferentes para cada item solicitado (caso isso não seja possível. Orçamento do Projeto 6a) Anexar um orçamento detalhado do projeto. uma estratégia de gestão de riscos que inclua uma avaliação dos riscos para as crianças e/ou evidências de recrutamento que vise minimizar esses riscos. incluindo a verificação de antecedentes criminais dos funcionários/voluntários? Este projeto visa atender adolescentes e jovens a partir de 14 anos.embassy. Também houve investigação social a fim de averiguar a conduta dos voluntários na sociedade. um código de conduta dos funcionários/voluntários. favor indicar o motivo). 6. PROGRAMA DE AJUDA DIRETA (DAP) 5f) O projeto envolverá trabalho direto com pessoas com idade abaixo dos 18 anos? [ ] Não [ X ] Sim Em caso afirmativo. O modelo a ser seguido está disponível em nosso website: http://www. bem como não poderão ter contato direto com materiais insalubres ou atividades que possam apresentar algum risco.gov. aplicado por profissional de Psicologia.

PROGRAMA DE AJUDA DIRETA (DAP) Primeira referência: Instituição: Pastoral Carcerária Pessoa de Contato: Altair Paris Telefone (com DDD): 55 (049) 91172314 E-mail: Segunda referência: Instituição: Conselho da Comunidade Pessoa de Contato: Janete Daltoé Telefone (com DDD): 55 (049) 9146-7902 E-mail: Lista de Verificação [ x ] Eu li e compreendi as Informações para Requerentes do DAP [ x ] Respondi todas as perguntas/informações solicitadas no formulário [ x ] Forneci um orçamento detalhado para o projeto [ x ] Forneci três orçamentos para cada item solicitado (ou forneci uma explicação para quando isso não foi possível) [ x ] Forneci duas cartas de referência 6 .