Você está na página 1de 3

PROGRAMA NACIONAL DE FORMAÇÃO

INFORMAÇÃO

A Avaliação do Desempenho dos Docentes

O plano de formação visa suportar e acompanhar a aplicação do modelo de avaliação do desempenho dos
docentes (adiante designado por ADD) criado pelo Decreto Regulamentar 2/2008, de 10 de Janeiro, ao nível
da actuação dos diferentes intervenientes: Órgãos de Gestão; Avaliadores e Avaliados.
Comporta três áreas de acção:
- Formação de formadores que reproduzam a nível nacional os módulos de formação específicos;
- Formação específica para cada grupo de intervenientes no processo de avaliação do desempenho dos
docentes;
- Criação de uma rede de comunicação entre todos os intervenientes, que permita optimizar recursos e
partilhar experiências, assente na plataforma moodle DGICD-CRIE.

Objectivos
- Proporcionar a aquisição de conceitos necessários à aplicação do processo de avaliação do
desempenho dos docentes;
- Criar condições para os participantes aplicarem com eficácia o modelo de avaliação do desempenho
dos docentes;
- Envolver os participantes para a aprendizagem ao longo da vida como elemento estruturante do
desenvolvimento profissional.

Destinatários
- Na formação de formadores
Formadores indicados pelos CFAEs
- Na formação dos intervenientes no processo de ADD:
Presidente e dois membros dos Conselhos Executivos;
Presidente e elementos dos Conselhos Pedagógicos/ membros dos Conselhos de Coordenação da
ADD;
Coordenadores de Departamento/ Avaliadores;
Docentes.

Procedimentos Gerais

1ª fase
Formação de Formadores
- As turmas são formadas tendo em conta o número de formadores necessários para as segunda e terceira
fases do programa, com uma média de 35 participantes inscritos pelos respectivos CFAEs;
- A formação é realizada em regime intensivo na componente presencial: 15 horas seguidas de 10 horas on-
line (7 assíncronas + 3 síncronas).

2ª fase
Formação “Avaliação do Desempenho dos Docentes”
- As turmas serão localizadas em CFAE, por grupos máximos de 30 participantes;
- A selecção dos participantes é feita pelas escolas de acordo com os destinatários/ nº de
participantes atribuídos;
- A formação é realizada por dias de 7/ 7,5 horas, em períodos não lectivos;
- Os CFAE são responsáveis pela promoção, organização e avaliação das turmas que realizarem.
Formação a Desenvolver por Destinatários

A. Conselhos Executivos
Curso de Formação correspondente
Duração Calendário
aos módulos
Módulo 0 / 1 15 horas (2 dias) Junho/08
Módulo 2 15 horas(2 dias) Julho/08
Módulo 6 15 horas (2 dias) Setembro/08

B. Membros da Comissão de Coordenação da Avaliação do desempenho


Curso de Formação correspondente
Duração Calendário
aos módulos
Módulo 0 / 1 /4 15 horas (1 dia) Julho/08

C. Coordenador de Departamento / Avaliador


Curso de Formação correspondente
Duração Calendário
aos módulos
Módulo 0 / 1 7,5 horas
Módulo 3 15 horas (3 dias) Julho/08
Módulo 6 15 horas (2 dias) Setembro/08

D. Professores
Curso de Formação correspondente
Duração Calendário
aos módulos
Módulos 0 / 1/ 5 15 horas (2 dia) Setembro/08 a
Março/09

Organização das Turmas:


- As turmas são organizadas pelas redes de CFAE de acordo com o universo de destinatários;
- As turmas são organizadas por curso com 30 formandos por turma;
- A selecção dos formandos deve ser feita pelas escolas de acordo com o estabelecido no
programa.

Conteúdos dos Módulos


Módulo Conteúdo
0- Análise reflexiva  ECD – DL nº 15/2007, de 19 de Janeiro
dos normativos  DR. nº 2/2008, de 10 de Janeiro
 DL nº 240/01, de 30 de Agosto
1- Aquisição de  O desempenho profissional
competências e  Avaliação de competências profissionais
avaliação profissional  Perfil Profissional do Docente – competências profissionais
 Plano de Desenvolvimento Profissional
 Regulamento Interno - Direitos e Deveres do professor
2- Instrumentos de  Adequação dos Instrumentos de gestão: Projecto Educativo de
gestão e sua relação Escola; Plano Anual de Actividades; Plano de Formação; Projecto
com a avaliação do Curricular de Turma
desempenho dos  Relação entre os instrumentos de gestão e a formulação dos
docentes Objectivos Individuais
 Papel do Avaliador - do processo avaliativo ao produto esperado
 Métodos de Avaliação / Descritores para as Fichas de Avaliação
 Criação de instrumentos de registo para o processo de avaliação
do desempenho dos docentes
3- Supervisão  Modelos e Paradigmas de Supervisão Pedagógica
Pedagógica da prática  Vectores da Supervisão Pedagógica
lectiva  Organização e Prática da Supervisão Pedagógica
 O processo de supervisão pedagógica, papéis e competências do
supervisor
4- A função de  Orientações processuais na Avaliação do desempenho
coordenação da ADD  Critérios de análise em processos de classificação profissional
5- Auto- Avaliação  Definição de Objectivos Individuais
 Auto-avaliação: processos e instrumentos
 Portfolio Profissional (de evidências)
6- Dinamização de  Liderança, Práticas Colaborativas e Avaliação do Desempenho
processos 1. Gestão de Projectos Educativos – afectação de recursos
organizativos humanos
relacionados com a 2. Envolvimento dos Intervenientes e obtenções de consensos
Avaliação do como garantia de sucesso
desempenho 3. Constituição de Equipas de Trabalho – elementos de eficácia
4. Liderança de escola vs. Grupos de liderança
5. O papel da ADD numa escola eficaz
6. Gestão da Mudança
7. Autonomia de Escola e autonomia profissional