Você está na página 1de 2

2

CONTEÚDO

PROFº:MAURO NASCIMENTO
04 CONTEÚDO DO TEXTO 2
A Certeza de Vencer EG130308
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

(Marina Ferreira e Tânia Pellegrini*)

A linguagem sempre varia de acordo com a


situação, assumindo funções que levam em
consideração o que se quer transmitir e que
efeitos se espera obter com o que se transmite.
O texto 1 prioriza uma mensagem específica, isto é,
Este período passado no ambiente sereno e calmo do
campo foi, segundo as palavras do próprio Newton, o mais
importante da sua vida. Entregando-se totalmente ao estudo e à
meditação, quando tinha apenas 23 a 24 anos de idade, ele
conseguiu, nesta época, realizar muitas descobertas,
reflexão a respeito da força do tempo que passa, deixando tudo desenvolvendo as bases de praticamente toda a sua obra.
para trás (a roda viva). Essa mensagem é construída por meio (Antônio Máximo e Beatriz Alvarenga. In. Curso de Física. São Paulo:
de muitas imagens, numa seleção e combinação de palavras Harbra, 19992.v.1,p.196.)
bastante particular, com clara intenção estética. Ou seja, o autor
baseia-se na conotação permite. # Emotiva ou expressiva: O objetivo é expressar
Já o texto 2 quer informar, polemizando. Escrito em emoções,sentimentos, estados de espíritos. O que importa é o
linguagem denotativa, evita os duplos sentidos. O autor que emissor, daí o registro em primeira pessoa.
passar idéias a respeito de um assunto que faz parte de sua Estou tendo agora uma vertigem. Tenho um pouco de medo. A
profissão (ele é assessor de comunicação de markenting que me levará minha liberdade? O que é isto que estou
político) e apresenta de maneira direta e objetiva, pois o que escrevendo ? Isto me deixa solitária.
mais importa aí é a defesa de um ponto de vista, de uma (Clarrice Lispector)
opinião. Trata-se de uma comunicação direta sobre um
referente, um elemento de contexto. # Conotativa ou apelativa: O objetivo é convencer o receptor a
O texto 3, a propaganda, em que se junta imagem e ter determinado comportamento através de uma ordem, uma
texto, quer convencer os eleitores a fazer seus anúncios em invocação, uma exortação, um súplica, etc. Os anúncios
determinado meio de comunicação. Portanto emprega, a publicitários abusam dessa linguagem. Os discursos autoritários
denotação porque precisa informar (há páginas seqüenciais também.
coloridas, há mais tempo pra reservar e entregar material) e
conotação porque precisa persuadir (“ é melhor do que arco- O arauto proclamou:
íris”). O uso dos verbos do imperativo (“anuncie”, “experimente”) Meu estimado povo. Que as bênçãos de Deus, senhor
também pretende, de maneira impositiva, instigar o consumidor. todo-onipotente, desçam sobre vocês. Visando combater os
Assim, analisando qualquer texto, qualquer imagem, gastos desnecessário e luxo. Visando dar igualdade geral ao
pode-se depreender que suas linguagem funcionam para atingir país, com objetivo de eliminar invejas, rancores, entre irmãos, o
um objetivo. Não há comunicação neutra. Como já vimos em Governo, em acordo com as fábricas de calçados, determinou
capítulos anteriores, há sempre um contexto, uma necessidade, que a partir deste momento será fabricado para toda a nação
uma situação pessoal determinando o que se diz, por intermédio um so tipo de sapato, masculino e feminino. Fechado, liso e
de um discurso que pode ser informativo, autoritário, apelativo encontrável apenas na discreta e tão bonita cor preta.
ou poético. (Ignácio de Loylola Brandão, Zero)
Nesta, propaganda, juntam-se dos códigos:
O das imagens e o das palavras, compondo # Fática: O objeto é apenas estabelecer, manter ou prolongar o
Um sofisticado jogo de significados cuja contato (através do canal) com o receptor: As expressões
Função é convencer um eventual usadas nos cumprimentos, ao telefone e em outras situações
Comprador para o produto anunciado: as apresentam este tipo de canal.
Embalagens de plástico colorido.
- Como vai, Maria?
Deste modo, pode-se falar em funções da linguagem. - Vou bem. E você?
Analisar as funções da linguagem nos textos alheios ajuda-nos a
- Você vai bem, Maria?
descobrir os objetivos que direcionaram sua elaboração. Aplicá-
las aos nossos ajuda-nos a planejar melhor sua - Já disse que sim!
comunicabilidade e eficiência. - Eu também. Está tão bonita!”
As funções da linguagem organizam-se em torno de um - Ah, bem, é que eu...
emissor (quem fala), que envia uma mensagem (referente) a um - Ah, é.
receptor (quem recebe), usando um código, que flui através de
(Dalton Trevisan)
um canal (suporte físico). A funções da linguagem são as
seguintes:
# Metalingüística: O objetivo é o uso do código para explicar o
próprio código. A língua, por exemplo, é um código; os sinais de
# referencial ou denotativa: seu objetivo é traduzir a
trânsito são outro. Neste livro estamos analisando mecanismos
realidade (referente), informando com máxima de clareza
da linguagem usando a própria linguagem. É o que acontece
possível. Nos textos científicos e em alguns jornalísticos
com textos que interpretam outros textos, com dicionários, com
VESTIBULAR – 2009

predomina essa função.


poemas que falam da poesia (como ‘procura da poesia’, Carlos
Em 1665, Londres é assolada pela peste negra (peste
Drummond de Andrade, visto no capitulo anterior), etc.
bubônica) que dizimou grande parte de sua população,
provocando a quase total paralisação da cidade e acarretando o
# Poética: o objetivo é dar ênfase à elaboração da mensagem.
fechamento de repartições públicas, colégios etc. Como
O emissor constrói seu texto de maneira especial (como em
conseqüências desta catástrofe, Newton retornou a sua cidade
‘Roda viva’), realizando um trabalho de seleção e combinação
natal, os males da peste fossem afastados, permitindo seu
regresso a Cambridge.
FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

de palavras, de idéias ou imagens, de sons e/ ou ritmos. d) “- Que coisa, né?


Explora-se bastante conotação. - É. Puxa vida!
- Ora, droga!
Não sinto o espaço que encerro -Bolas!
Nem as linhas que projeto - Que troço!
Se me olho a um espelho, erro- - Coisa de louco!
Não me acho no que projeto - Ei!
(Mário de Sá-Carneiro)
e) “Fique afinado com seu tempo. Mude para Col. Ultra Lights”.
Numa mesma mensagem[...] várias funções podem
ocorrer, uma vez que, atualizando corretamente possibilidades f) “Sentia um medo com seu tempo desejava que um grito me
de uso do código, entrecruzaram-se diferentes níveis de anunciasse qualquer acontecimento extraordinário. Aquele
linguagem, A emissão, que organiza os sinais físicos em forma silêncio, aqueles rumores comuns, espantavam-me. Seria tudo
de mensagem, colocara ênfase em um a das funções – e as ilusão? Findei a tarefa, ergui-me, desci os degraus e fui espalhar
demais dialogarão em subsidio, [...] no quintal os fios da gravata. Seria tudo ilusão?... Estava
Na comunicação diária, por exemplo, além da doente, ia piorar, e isto me alegrava. Deitar-me, dormir, o
referencialidade da linguagem – o que torna a mensagem oral pensamento embaralhar-se longe daquelas porcarias. Senti uma
imediatamente compreendida -, há pinceladas de função, sede horrível... Quis ver-me no espelho. Tive preguiça, fiquei
conotativa, ou seja, de diálogo com alguém, ou através de uma pregado à janela, olhando as pernas dos transeuntes”.
ordem, ou através de um narrar, m as, ao mesmo tempo, esse (Graciliano Ramos)
diálogo vem caracterizado por traços emotivos.
(Samira Chalhub. Funções da linguagem. São Paulo: Ática, 19990.p.8) g) “- Que quer dizer pitosga?
- Pitosga significa míope.
As funções da linguagem não existem isoladas em - E o que é míope?
cada texto. Embora uma delas acabe predominando, elas - Míope é o que vê pouco”.
convivem, mesclam-se, entrecruzam-se o tempo todo, obtendo-
se de suas combinações os mais diferentes efeitos. No último 02. No texto abaixo, identifique as funções da linguagem:
exemplo, temos a combinação das funções poética e emotiva.
Na propaganda de página 64, combinam-se a função referencial “Gastei trinta dias para ir do Rossio Grande ao
(nas informações sobre o produto), a fática (texto, disposição na
página, ilustrações, etc) e conativa (nos elementos de coração de Marcela, não já cavalgando o corcel do cego
persuasão: “não dá pra não anunciar”). desejo, mas o asno da paciência, a um tempo manhoso e
In Redação – Palavra e Arte, de Marina Ferreira e Tânia teimoso. Que, em verdade, há dois meios de granjear a
Pellegrini, Editora Atual, edição de 1999, São Paulo. vontade das mulheres: o violento, como o touro da Europa, e o
insinuativo como o cisne de Leda e a chuva de ouro de Dânea,
EXERCÍCIOS DE FUNÇÕES DE LINGUAGEM
três inventos do padre Zeus, que, por estarem fora de moda,
01. Reconheça nos textos a seguir, as funções da linguagem: aí ficam trocados no cavalo e no asno.
a) “O risco maior que as instituições republicanas hoje correm (Machado de Assis)
não é de se romperem, ou serem rompidos, mas o de não
funcionarem e de desmoralizarem de vez, paralisadas pela sem- 03. Descubra, nos textos a seguir, as funções de linguagem:
vergonhice, pelo hábito covarde de acomodação e da
complacência. Diante do povo, diante do mundo e diante de nós a) “O homem letrado e a criança eletrônica não mais têm
mesmos, o que é preciso agora é fazer funcionar corajosamente linguagem comum.”
as instituições para lhes devolver a credibilidade desgastada. O (Rose-Marie Muraro)
que é preciso (e já não há como voltar atrás sem avacalhar e
emporcalhar ainda mais o conceito que o Brasil faz de si b) “O discurso comporta duas partes, pois necessariamente
mesmo) é apurar tudo o que houver a ser apurado, doa a quem importa indicar o assunto de que se trata, e em seguida a
doer”. demonstração. (...) A primeira destas operações é a exposição;
(O Estado de São Paulo) a segunda, a prova.”
b) O verbo infinitivo (Aristóteles)
Ser criado, gerar-se, transformar
c) “Amigo Americano é um filme que conta a historia de um
O amor em carne e a carne em amor; nascer
casal que vive feliz com o seu filho até o dia em que o marido
Respirar, e chorar, e adormecer
suspeita estar sofrendo de câncer.”
E se nutrir para poder chorar
Para poder nutrir-se; e despertar
d) “Se um dia você for embora
Um dia à luz e ver, ao mundo e ouvir
ria se teu coração pedir
E começar a amar e então ouvir
chore se teu coração mandar.”
E então sorrir para poder chorar.
(Danilo Caymmi e Ana Terra)
E crescer, e saber, e ser, e haver
E perder, e sofrer, e ter horror e) “Olá como vai?
De ser e amar, e se sentir maldito Eu vou indo e você, tudo bem?
E esquecer tudo ao vir um novo amor Tudo bem, eu vou indo em pegar um lugar
E viver esse amor até a morrer
E ir conjugar o verbo no infinito...
(Vinícius de Morais)
VESTIBULAR – 2009

c) “Para fins de linguagem a humanidade se serve, desde os


tempos pré-históricos, de sons a que se dá o nome genérico de
voz, determinados pela corrente de ar expelida dos pulmões no
fenômeno vital da respiração, quando, de uma ou outra maneira,
é modificada no seu trajeto até a parte exterior da boca”.
(Matoso Câmara Jr.)

FAÇO IMPACTO – A CERTEZA DE VENCER!!!