Você está na página 1de 69

1

A1 B1

A minha saúde, nos últimos Pelo menos uma vez por semana,
anos, tem sido geralmente boa. tenho bruscamente muito calor
sem razão aparente.

A2 B2

Tenho tão boa saúde como a Não compreendo o que leio tão
maior parte dos meus amigos. bem como antes.

A3 B3

Transpiro muito facilmente, mesmo


Sinto-me agora melhor que
quando está frio.
nunca.

A4 B4

Não engordo, nem emagreço. Por vezes, quando estou


embaraçado, começo a transpirar
o que me aborrece muito.
2

A5 B5

Não me canso facilmente. Tenho frequentemente a boca


seca.

A6 B6

Preocupo-me raramente com a Não sofro de febre dos fenos nem


minha saúde. de asma.

A7 B7

Não fico apreensivo se vejo o Tusso muitas vezes.


médico quando estou doente ou
tive um acidente.

A8 B8

Penso que não sou mais Nunca perdi sangue seja tossindo
nervoso que a maioria das seja escarrando.
pessoas.
3

A9 B9

Penso que sou mais sensível e Raramente senti dores no coração


sinto as coisas mais ou no peito.
profundamente que os outros.

A 10 B 10

Tenho raramente dores de Quase nunca senti palpitações e


cabeça. raramente perco o folgo.

A 11 B 11

Frequentemente toda a minha Sinto, muitas vezes, como se


cabeça me dói. tivesse uma bola na garganta.

A 12 B 12

Frequentemente parece que Tenho bom apetite.


tenho a cabeça metida num
torno.
4

A 13 B 13

Sinto, frequentemente, como se Tenho quase sempre fome.


tivesse um peso na cabeça ou
no nariz.

A 14 B 14

O alto da minha cabeça parece- Não sinto, muitas vezes,


me, ás vezes, muito sensível. necessidade de arrotar.

A 15 B 15

Sofro de náuseas e vómitos. Tenho, frequentemente, problemas


de estômago ou intestinos.

A 16 B 16

Não estou nunca, ou quase Várias vezes por semana, sinto


nunca, tonto. ardor no estômago.
5

A 17 B 17

Nunca perdi os sentidos. Tenho indisposições de estômago


com poucos dias de intervalo(ou
ainda mais frequentes).

A 18 B 18

Nunca tive convulsões nem Tenho raramente prisão de ventre.


ataques.

A 19 B 19

Houve períodos durante os Tenho diarreia uma vez por mês ou


quais agi, sem saber, mais ainda mais frequentemente.
tarde, o que tinha feito
exactamente.

A 20 B 20

Tive crises durante as quais não Os meus intestinos funcionam


fui capaz de controlar os bem.
movimentos e as palavras,
estando no entanto consciente
do que se passava á minha
volta.
6

A 21 B 21

Tive ataques durante as quais Nunca tive fezes negras ou


perdi, ao mesmo tempo, a parecidas com alcatrão.
possibilidade de agir e a noção
do que se passava á minha
volta.

A 22 B 22

Por vezes tenho acessos de Não tenho dificuldade em começar


riso ou choro que não consigo a urinar ou em reter a urina.
controlar.

A 23 B 23

Parece-me que sou tão capaz e Não tenho necessidade de urinar


inteligente como a maioria das mais frequentemente que as
pessoas que me rodeiam. outras pessoas.

A 24 B 24

A minha capacidade de julgar é Nunca notei sangue na urina.


melhor que nunca.
7

A 25 B 25

Há alguma coisa que não Nunca tive erupções cutâneas que


regula bem no meu espírito. me tenham incomodado.

A 26 B 26

Não consigo fixar a minha Há qualquer coisa que não está


atenção. bem com os meus órgãos genitais.

A 27 B 27

A minha memória parece boa. Acordo quase sempre bem


disposto.

A 28 B 28

Estou muito aborrecido porque O meu sono é agitado e


me esqueço sempre de onde perturbado.
ponho as coisas.
8

A 29 B 29

Acho que tenho tão bom olfacto Por vezes as minhas


como os outros. preocupações impedem-me de
dormir.

A 30 B 30

Em certos momentos sinto Adormeço a maior parte das vezes


cheiros estranhos.
sem ser perturbado por
pensamentos ou ideias.

A 31 B 31

A minha vista não enfraquece. Acordo facilmente com o barulho.

A 32 B 32

Posso ler muito tempo sem Posso dormir de dia, mas não de
fatigar os olhos. noite.
9

A 33 B 33

Nunca tive visão dupla (um Raramente sonho.


objecto nunca me aparece a
dobrar sem que eu acabe por
ver que é só um).

A 34 B 34

Nunca tive paralisia facial. Sonho muitas vezes.

A 35 B 35

Oiço, aparentemente tão bem, Tenho pesadelos quase todas as


como a maior parte das noites.
pessoas.

A 36 B 36

Sinto raramente zumbidos ou Sonho muitas vezes com coisas


“campainhas” nos ouvidos. que prefiro guardar para mim.
10

A 37 B 37

A minha maneira de falar é Devíamos tentar compreender os


sempre a mesma: nem mais nossos sonhos e tê-los em conta,
rápida, nem mais lenta, nem seja como guia, seja como
mais rouca, nem mais advertência.
hesitante.

A 38 B 38

Por vezes a minha voz falha ou Disseram-me que eu me levantava


altera-se, mesmo quando não e andava enquanto dormia.
estou constipado.

A 39 B 39

Engulo sem nenhuma Não tomo comprimidos para dormir


dificuldade. sem receita médica.

A 40 B 40

Frequentemente sinto um Bebo, por dia, uma quantidade


estado de fraqueza geral. anormal de água.
11

A 41 B 41

Nunca estive paralisado e Bebo bebidas alcoólicas em


nunca senti uma fraqueza quantidade razoável (ou não bebo
pouco habitual em nenhum dos de todo).
meus músculos.

A 42 B 42

Não tenho nenhuma dificuldade Abusei de bebidas alcoólicas.


em manter o equilíbrio Quando
caminho.

A 43 B 43

As minhas mãos não se Tenho a convicção que não se


tornaram desajeitadas ou deve beber bebidas alcoólicas.
inábeis.

A 44 B 44

Nunca notei que os meus Contraí um ou vários maus hábitos


músculos estremecessem ou tão tenazes que é inútil lutar
tremessem duma forma contra eles.
incomodativa e anormal.
12

A 45 B 45

Noto, frequentemente, que as Tenho um ou vários defeitos que


minhas mãos tremem Quando são tão grandes, que acho
tento fazer qualquer coisa. preferível aceitá-los e esforçar-me
por os controlar em vez de tentar
livrar-me deles.

A 46 B 46

Sinto poucas dores ou quase Sempre tivemos o necessário na


nenhumas. nossa casa (alimentação,
vestuário, etc.).

A 47 B 47

Em algumas partes do meu A minha família não gosta do


corpo sinto, muitas vezes, trabalho que escolhi (ou da
sensações de queimadura, de profissão que pretendo escolher).
picadas, de formigueiro ou
adormecimento.

A 48 B 48

Sinto adormecimento numa ou Estou convencido que tenho, na


várias regiões da minha pele. minha casa, uma vida de família
tão agradável como a maior parte
das pessoas que conheço.
13

A 49 B 49

A minha pele é anormalmente Fazendo comparação com outros


sensível ao contacto. lares, apercebi-me que havia
pouco afecto e intimidade na
minha família.

A 50 B 50

Tenho, raramente, dores na Os meus tratam-me mais como


nuca. criança do que como adulto.

A 51 B 51

Não coro mais vezes que os Fui completamente independente e


outros. livre de qualquer regra familiar.

A 52 B 52

Não coro, por assim dizer, Os meus pais criticaram muitas


nunca. vezes as minhas companhias.
14

A 53 B 53

Muitas vezes é-me Os meus pais e a minha família


desagradável sentir que vou atribuem-me mais defeitos do que
corar. os que tenho.

A 54 B 54

O meu pescoço cobre-se O meu pai ou a minha mãe deram-


muitas vezes de vermelhidão. me muitas vezes ordens ás quais
obedecia, mesmo quando não as
julgava razoáveis.

A 55 B 55

Tenho, habitualmente, as mãos Discuto pouco com os membros da


e os pés relativamente quentes. minha família.

C1 D1

Os membros da minha família e Evito, se posso, espectáculos de


os meus parentes próximos ordem sexual.
entendem-se bem.
15

C2 D2

Certos membros da minha Gosto de falar de coisas sexuais.


família têm caracter violento.

C3 D3

Certos membros da minha Um grande número de pessoas é


família têm hábitos que me culpado de ter uma má conduta
aborrecem e embaraçam muito. sexual.

C4 D4

Senti-me embaraçado pelo Quando um homem está com uma


género de trabalho que um ou mulher geralmente pensa em
vários membros da minha coisas relacionadas com sexo.
família tiveram.

C5 D5

As acções de certos membros Nunca tive práticas sexuais que


da minha família assustaram- não fossem as habituais.
me.
16

C6 D6

Houve momentos em que senti Dever-se-ia ensinar ás crianças


um grande desejo de deixar a todos os principais factos das
minha casa. questões sexuais.

C7 D7

Quase todos os meus parentes Creio que as mulheres deveriam


simpatizam comigo. ter tanta liberdade sexual como os
homens.

C8 D8

Um ou vários membros da Sou muito religioso (mais do que a


minha família são muito maior parte das pessoas).
nervosos.

C9 D9

Tenho razões para ter ciúmes A religião não me causa


de um ou vários membros da preocupações.
minha família.
17

C 10 D 10

De tempos em tempos, sinto Vou á igreja quase todas as


ódio por membros da minha semanas.
família que habitualmente amo.

C 11 D 11

Nunca estive apaixonado por Rezo várias vezes por semana.


ninguém.

C 12 D 12

Já tive desilusões amorosas. Leio livros religiosos várias vezes


por semana.

C 13 D 13

Amava a minha Mãe. Creio que só há uma religião


verdadeira.
18

C 14 D 14

A minha Mãe era boa. Não suporto as pessoas que


crêem que não há senão uma
religião verdadeira.

C 15 D 15

Amava o meu Pai. Creio que Deus existe.

C 16 D 16

O meu Pai era um homem Acredito que o diabo existe e há


honrado. um inferno depois da morte.

C 17 D 17

Sou tão capaz de trabalhar Creio numa outra vida.


como no passado.
19

C 18 D 18

Preocupo-me com questões de Acredito numa Segunda vinda de


dinheiro e de negócios. Cristo.

C 19 D 19

Sou capaz de desistir de alguma Cristo fez milagres, como por


coisa que queria fazer porque exemplo, transformar a água em
os outros acham que não sou vinho.
capaz de conseguir.

C 20 D 20

Sou capaz de desistir de Os únicos milagres que conheço


alguma coisa que queria fazer são simples passes de magia ou
porque os outros pensam que truques grosseiros.
não vale a pena ser feito.

C 21 D 21

Tenho horror a apressar-me Um padre pode curar impondo as


quando trabalho. mãos sobre a nossa cabeça.
20

C 22 D 22

Mudei muitas vezes de opinião Tudo está em vias de acontecer


sobre a minha vida profissional. como os profetas da Bíblia o
predisseram.

C 23 D 23

Aborrece-me que alguém esteja A minha alma abandona por vezes


a olhar para mim enquanto o meu corpo.
trabalho, mesmo quando sei
que faço bem o meu trabalho.

C 24 D 24

Tive muitas vezes de receber Sou um enviado especial de Deus.


ordens de quem sabia menos
ou tanto como eu.

C 25 D 25

Aconteceu-me muitas vezes Já tenho tido experiências


fracassar por não me conseguir religiosas pouco vulgares.
decidir com a velocidade
suficiente.
21

C 26 D 26

Prefiro, em geral, procurar as Inspirei-me num programa de vida


coisas por mim próprio em vez baseado no dever e, desde então,
de pedir a alguém que me tenho-o seguido rigorosamente.
mostre a forma de proceder.

C 27 D 27

Impacienta-me que me Quando criança fazia muitas vezes


perguntem a minha opinião ou “gazeta” á escola.
me interrompam quando
trabalho nalguma coisa
importante.

C 28 D 28

Não gosto de parar, mesmo por As minhas notas de


pouco tempo, numa tarefa que comportamento nas aulas eram
comecei. geralmente más.

C 29 D 29

Em geral esforço-me por Na minha juventude fui, uma ou


conseguir o que me proponho mais vezes, expulso da escola por
fazer. indisciplina.
22

C 30 D 30

Prefiro um trabalho que exija Fui chamado algumas vezes ao


muita atenção a outro que director da escola por indisciplina.
permita ser negligente.

C 31 D 31

Já me aconteceu opor-me a Adorava a agitação na minha


pessoas que tentavam fazer infância.
alguma coisa, não porque isso
fosse muito importante, mas só
por princípio.

C 32 D 32

Jogo, em regra, com “as cartas Num certo período da minha


na mesa” com as pessoas que infância aconteceu-me cometer
procuro corrigir ou melhorar. pequenos roubos.

C 33 D 33

É preciso discutir muito para Penso que fui muitas vezes


convencer a maior parte das castigado sem razão.
pessoas da verdade.
23

C 34 D 34

Quando estou muito feliz e Quando era criança pertencia a um


activo vem alguém, que está bando que procurava manter-se
desmoralizado ou triste, contra tudo e contra todos.
estragar tudo.

C 35 D 35

Gostava da escola. Nunca fiz nada de perigoso pelo


simples prazer do perigo

C 36 D 36

Tinha dificuldade em aprender Aprecio mais uma corrida ou um


na escola. jogo quando fiz apostas.

C 37 D 37

Gosto de ler livros científicos. Gosto de arriscar pequenas


importâncias ao jogo.
24

C 38 D 38

Gosto de ler os editoriais dos O meu comportamento depende,


jornais. em grande medida, dos hábitos do
meu meio.

C 39 D 39

Gosto de ler livros de História. Acho muitas vezes necessário


intervir para defender o meu ponto
de vista.

C 40 D 40

Gosto de assistir a Sinto-me muitas vezes inclinado a


conferências sobre assuntos fazer o impossível para ganhar
sérios. vantagem sobre alguém que se
tenha oposto aos meus desejos.

C 41 D 41

Gosto de ler e de estudar Tenho ideias políticas muito


artigos que dizem respeito ao assentes.
meu trabalho.
25

C 42 D 42

Gosto de ler a página dos Acredito na eficácia da lei.


crimes nos jornais.

C 43 D 43

Aprecio as histórias de Seria muito melhor se quase todas


detectives ou de mistério. as leis fossem suprimidas.

C 44 D 44

Gosto dos romances de Fico sempre desgostoso com a


aventuras. justiça quando um criminoso é
libertado graças aos argumentos
de um advogado inteligente.

C 45 D 45

Gosto de ler romances de amor. As pessoas exigem geralmente


mais respeito pelos seus direitos
pessoais do que elas têm intenção
de conceder aos outros.
26

C 46 D 46

A única parte que me interessa No seu foro íntimo, a maior parte


nos jornais é a página das pessoas não gosta de se
recreativa. maçar para ajudar os outros.

C 47 D 47

A minha vida sexual é A maior parte das pessoas cria


satisfatória. amizades porque estas podem ser-
lhe úteis mais tarde.

C 48 D 48

Gosto de “flirtar” ou de Creio que muitas pessoas


namoriscar. exageram as suas desgraças só
para obter a simpatia e a ajuda
dos outros.

C 49 D 49

Sinto-me atraído por pessoas Não censuro uma pessoa que se


do sexo oposto. aproveita de alguém que se deixa
“levar”.
27

C 50 D 50

Sou violentamente atraído por É sobretudo o medo da polícia que


pessoas do meu sexo. torna honestas a maior parte das
pessoas.

C 51 D 51

Sou atormentado por questões Sou contra o princípio de dar


sexuais. esmola aos mendigos.

C 52 D 52

A maior parte dos meus sonhos Creio que a maior parte das
trata de coisas sexuais. pessoas seria capaz de mentir
para obter uma vantagem.

C 53 D 53

Gostaria de não ser Creio que quase toda a gente diria


atormentado por pensamentos uma mentira para se livrar de uma
de ordem sexual. situação difícil.
28

C 54 D 54

As coisas sexuais repugnam- Quase toda a gente preferiria


me. empregar meios pouco elegantes
para obter uma vantagem em vez
de a perder.

C 55 D 55

Sinto-me sempre chocado por O homem que faz nascer a


histórias porcas. tentação, deixando sem protecção
objectos valiosos, é tão culpado
como aquele que os rouba.

E1 F1

Se várias pessoas se A maior parte do tempo gostaria


encontram metidas num sarilho, mais de ficar sentado a sonhar do
o melhor que têm a fazer é que fazer o que quer que fosse.
porem-se de acordo sobre uma
história e manterem-na.

E2 F2

Certas pessoas são-me de tal Não ficaria embaraçado por ser


forma antipáticas que sinto um chamado a iniciar uma discussão
secreto prazer em vê-las ou a dar uma opinião num grupo
apanhadas em falta. sobre qualquer coisa que
conhecesse bem.
29

E3 F3

Penso que o melhor para mim é Nas aulas era-me muito difícil falar
calar-me quando estou numa diante dos outros.
má situação.

E4 F4

Quando estou num “beco sem Fico facilmente intimidado.


saída” não digo senão a parte
da verdade que não me
prejudica.

E5 F5

Se me encontrasse numa má
situação com vários amigos,
Gostaria de não ser tímido.
que seriam tão culpados como
eu, preferiria que toda a culpa
recaísse sobre mim a denunciá-
los.

E6 F6

Acho bem contornar a lei, se a Não me preocupo particularmente


não violarmos completamente. com o efeito que produzo.
30

E7 F7

Não censuro aquele que quer Não fico incomodado com o que os
aproveitar tudo o que pode outros pensam de mim.
neste mundo vil.

E8 F8

Uma pessoa não devia ser Sinto-me embaraçado a


punida por violar uma lei que representar alguma coisa diante de
julga irrazoável. um grupo de amigos mesmo
quando todos participam na
representação.

E9 F9

Quando alguém me faz mal, Muitas vezes tenho que lutar


sinto que lhe devo pagar na contra a minha timidez para evitar
mesma moeda, se puder, por que ela se mostre.
uma questão de princípio.

E 10 F 10

Adoraria vencer um vigarista no Sou mais sensível que a maior


seu próprio terreno. parte das pessoas.
31

E 11 F 11

Já me aconteceu ter tido tal Em geral defendo afincadamente a


prazer em observar a minha opinião pessoal.
habilidade de um batoteiro, que
tive a esperança que ele não
fosse apanhado.

E 12 F 12

Nunca tive aborrecimentos com É-me por vezes difícil defender os


os tribunais. meus direitos porque sou muito
reservado.

E 13 F 13

Os polícias são geralmente Já me tem acontecido ficar


pessoas honestas. afastado de alguém porque tive
receio de fazer ou dizer alguma
coisa que pudesse lamentar em
seguida.

E 14 F 14

Nunca fiquei particularmente Não tenho dificuldade em pedir um


inquieto com aborrecimentos ou favor a pessoas amigas mesmo se
doenças que pudessem ter os não posso retribuir-lho.
membros da minha família.
32

E 15 F 15

Não ficaria inquieto se alguém É raro sonhar acordado.


da minha família tivesse
aborrecimentos com a justiça.

E 16 F 16

Quanto tomo conta de um novo Tenho uma vida imaginária de que


emprego gosto de ser não falo.
informado sobre a pessoa que
trabalha ao meu lado.

E 17 F 17

Nunca tive aborrecimentos por É-me impossível falar de mim


causa do meu comportamento mesmo seja a quem for.
sexual.

E 18 F 18

É-me indiferente encontrar Certos assuntos tocam-me tão


desconhecidos. profundamente que não posso
falar deles.
33

E 19 F 19

Na minha infância não gostava É sempre bom ser sincero.


de ser membro de um bando ou
de um grupo.

E 20 F 20

Gosto das crianças. Gosto de fazer compreender ás


pessoas aquilo que penso.

E 21 F 21

Nunca sou tão feliz como Não me dou ao trabalho de


quando estou só. esconder de certas pessoas a
fraca opinião que tenho a seu
respeito.

E 22 F 22

Detesto ter pessoas à minha Simpatizo com todos aqueles que


volta. têm tendência para pôr de lado os
seus aborrecimentos e as suas
queixas.
34

E 23 F 23

Não dirijo a palavra a É raro que exprima violentamente


desconhecidos antes que eles a minha aprovação ou
me tenham falado. desaprovação das acções dos
outros.

E 24 F 24

Prefiro ignorar os amigos de Fico por vezes de tal forma furioso


escola ou as pessoas que eu por ver alguém passar á minha
conheço, mas que não vejo à frente numa fila, que lhe faço por
muito tempo, a não ser que isso uma observação.
eles me dirijam a palavra
primeiro.

E 25 F 25

Seria muito feliz se vivesse Sinto-me muito afectado por ter


sozinho numa cabana na sido dominado por alguém a um
floresta ou na montanha. ponto tal que tenha que admitir
que ele me era superior.

E 26 F 26

Acontece-me muitas vezes não Tive por vezes que ser grosseiro
participar na conversa ou no com pessoas que eram grosseiras
cavaquear do grupo em que me ou impertinentes.
encontro.
35

E 27 F 27

Em situações de convívio, Sou capaz de esconder os meus


prefiro instalar-me só ou sentimentos a respeito de certas
simplesmente com uma outra questões, a tal ponto que as
pessoa, em vez de me misturar pessoas podem ferir-me
com a multidão. moralmente sem que elas dêem
por isso.

E 28 F 28

Adoro ir a bailes. As pessoas enganaram-se muitas


vezes sobre as minhas intenções
quando tentava fazer-lhes um
favor ou ajudá-las.

E 29 F 29

Adoro as recepções Não procuro contradizer as


simplesmente porque gosto de pessoas que se enganam.
me encontrar em sociedade.

E 30 F 30

Gosto da excitação de uma Tenho encontrado muitas vezes


multidão. pessoas invejosas das minhas
boas ideias, simplesmente porque
elas não as tinham tido primeiro.
36

E 31 F 31

Quando começo a aborrecer- Perco facilmente a cabeça.


me gosto de inventar um
divertimento.

E 32 F 32

Os meus aborrecimentos Aborrece-me muitas vezes ser tão


parecem desaparecer quando susceptível e teimoso.
estou em companhia de um
grupo alegre de amigos.

E 33 F 33

Gosto de fazer parte de um Muitas vezes não compreendo


grupo em que se “gozem” uns porque fui susceptível e teimoso.
aos outros.

E 34 F 34

Gosto de ir a recepções ou A crítica e a troça ferem-me


convívios em que haja muitos cruelmente.
divertimentos ruidosos.
37

E 35 F 35

Gosto de fazer parte de vários Mesmo quando estou com muita


clubes ou agrupamentos. gente sinto-me só a maior parte do
tempo.

E 36 F 36

Sou muito sociável. Quereria ser tão feliz como os


outros parecem sê-lo.

E 37 F 37

Ninguém parece compreender- Sou habitualmente calmo e não me


me. encolerizo facilmente.

E 38 F 38

Parece-me que faço amigos tão Tenho habitualmente a impressão


depressa como qualquer outra que a vida vale a pena ser vivida.
pessoa.
38

E 39 F 39

Sou estimado pela maior parte A minha vida habitual está cheia
das pessoas que me conhecem. de coisas que me interessam.

E 40 F 40

Tenho toda a simpatia que Não consigo fazer nada bem.


desejo.

E 41 F 41

Aprecio muito os vários jogos e Tenho tendência a abandonar


distracções. rapidamente as coisas quando elas
correm mal.

E 42 F 42

Recuso participar em certos Tenho dificuldade em começar a


jogos porque não sou forte fazer qualquer coisa.
neles.
39

E 43 F 43

Quando me encontro num Por momentos o meu espírito


grupo, tenho dificuldade em parece trabalhar mais lentamente
encontrar as coisas que do que o costume.
convém dizer.

E 44 F 44

É-me difícil entabular uma Já tive períodos (dias, semanas ou


conversa quando encontro meses) durante os quais não podia
novas pessoas. fazer nada como devia ser, porque
não me conseguia interessar.

E 45 F 45

Gosto de “gozar” as pessoas. Estou muitas vezes “neura”.

E 46 F 46

É-me indiferente ser “gozado”. Surpreendo-me muitas vezes a


criar preocupações.
40

E 47 F 47

Esforço-me por fixar histórias Muitas vezes, mesmo quando tudo


divertidas para as contar. corre maravilhosamente, admiro-
me de não sentir inquietação.

E 48 F 48

Não me preocupo nunca com o É raro estar “neura”.


meu aspecto exterior.

E 49 F 49

É-me indiferente não ter uma Estou muitas vezes melancólico.


melhor aparência.

E 50 F 50

Faço muitas coisas que A maior parte do tempo tenho a


lamento (lamento mais coisas e sensação de ter feito alguma coisa
mais frequentemente que os errada ou má.
outros, segundo me parece)
41

E 51 F 51

Não gosto de ver as mulheres a Choro facilmente.


fumar.

E 52 F 52

As pessoas decepcionam-me Os meus sentimentos não são


muitas vezes. feridos com facilidade.

E 53 F 53

É mais seguro não confiar em Tenho tido muitas vezes a


ninguém. impressão desagradável de ter
sido mal compreendido quando
procurava impedir alguém de fazer
uma asneira.

E 54 F 54

Posso ser amigo de pessoas Sinto a tal ponto as decepções que


que agem duma maneira que não consigo libertar o meu espírito
reprovo. delas.
42

E 55 F 55

No comboio, no autocarro, etc., O futuro apresenta-se-me sem


falo muitas vezes com esperança.
desconhecidos.

G1 H1

Sinto quase sempre ansiedade, Fico contrariado quando as


quer por alguém, quer por pessoas na rua, no autocarro ou
alguma coisa. nas lojas olham para mim.

G2 H2

Várias vezes por semana, Já tenho tido muitas vezes a


tenho o pressentimento de que impressão que desconhecidos me
alguma coisa de terrível está olham como se me criticassem.
para acontecer.

G3 H3

Tenho a convicção que os meus Estou certo de que se fala de mim.


pecados são imperdoáveis.
43

G4 H4

Não tenho vivido uma vida Tenho a impressão de ser seguido.


perfeitamente recta.

G5 H5

Tenho-me sentido muitas vezes Tenho por vezes a convicção de


culpado porque pretendi que que o que penso se lê na minha
estava muito mais desgostoso, cara.
por alguma coisa, do que
realmente estava

G6 H6

Tenho certamente tido mais do Já têm procurado influenciar-me.


que a minha parte de
aborrecimentos.

G7 H7

Não pareço preocupar-me com Alguém controla o meu espírito.


o que me acontece.
44

G8 H8

Mereço um castigo severo Em uma ou várias épocas da


pelos meus pecados. minha vida senti que alguém
procurava hipnotizar-me.

G9 H9

Tenho a convicção de que sou Tenho tendência a pôr-me em


um indivíduo condenado. guarda com as pessoas que têm
uma atitude mais amigável do que
aquela que esperava delas.

G 10 H 10

Desejo muitas vezes estar Pergunto-me frequentemente qual


morto. pode ser a razão escondida
porque uma pessoa é amável
comigo.

G 11 H 11

Tudo me é indiferente. Creio que se conspira alguma


coisa contra mim.
45

G 12 H 12

Sinto-me feliz quase sempre. Já tenho tido experiências muito


particulares e estranhas.

G 13 H 13

Enerva-me ser obrigado a Tenho pensamentos estranhos e


esperar. especiais.

G 14 H 14

Tenho tendência a interessar- Alguém tentou envenenar-me.


me por várias ocupações
simultaneamente, em vez de
me consagrar a uma única
tarefa durante muito tempo.

G 15 H 15

Sou facilmente conquistado por Alguém procurou roubar-me.


uma ideia nova.
46

G 16 H 16

Uma coisa interessante faz-me As pessoa fazem observações


sair quase sempre da neura. grosseiras e que ferem a meu
respeito.

G 17 H 17

Gosto que as pessoas não Há pessoas que procuram


possam adivinhar o que vou aproveitar os meus pensamentos e
fazer. ideias.

G 18 H 18

Sinto-me, por vezes, cheio de Se me dessem uma oportunidade


vitalidade sem razão especial. poderia realizar coisas que seriam
muito úteis ao mundo.

G 19 H 19

Já me aconteceu encontrar Sou uma personagem importante.


problemas com soluções tão
diversas que fui incapaz de
reflectir neles seriamente.
47

G 20 H 20

Uma vez por semana, pelo Oiço coisas estranhas quando


menos, sinto-me muito estou só.
exaltado.

G 21 H 21

Tenho períodos de tal agitação Oiço frequentemente vozes sem


que sou incapaz de ficar muito distinguir donde elas vêm.
tempo sentado numa cadeira.

G 22 H 22

Por vezes, estou de tal modo Quando estou com outras pessoas
excitado, que tenho dificuldade fico contrariado porque oiço coisas
em adormecer. estranhas.

G 23 H 23

Sinto-me por momentos cheio Nunca tive visões.


de energia.
48

G 24 H 24

Acontece-me, por vezes, estar Vejo objectos, animais, pessoas


tão excitado que durante estes em volta de mim que os outros não
períodos o sono não me parece vêem.
necessário.

G 25 H 25

Sem razão especial, ou mesmo Há momentos em que sou


quando as coisas correm mal, possuído por espíritos.
sinto-me por vezes
extraordinariamente feliz.

G 26 H 26

Tenho a impressão, por Sei quem é o responsável pela


momentos, de que o meu maioria dos meus aborrecimentos.
espírito funciona melhor que o
habitual.

G 27 H 27

Dizem muitas vezes que sou Gosto de visitar sítios que não
arrebatado. conhecia antes.
49

G 28 H 28

Não fico facilmente Fico ansioso e transtornado


encolerizado. quando tenho que me afastar
algum tempo da minha casa.

G 29 H 29

Assim como me encolerizo Devo reconhecer que já me tem


também me esqueço depressa. acontecido preocupar-me em
demasia por uma razão que na
realidade não valia a pena.

G 30 H 30

Os meus pensamentos correm Acontece-me quase todos os dias


por vezes mais depressa do alguma coisa que me apavora.
que consigo exprimi-los.

G 31 H 31

Tenho por vezes a impressão Tenho poucos terrores em


de que vou destruir tudo. comparação com os meus amigos.
50

G 32 H 32

Sinto, por vezes, desejos de Já tenho ficado apavorado por


brigar com alguém. coisas ou pessoas que eu sabia,
no entanto, que não podiam fazer-
me mal.

G 33 H 33

Tenho “bicho carpinteiro” e não Não tenho medo de mexer em


sou feliz senão quando passeio grandes somas de dinheiro.
ou viajo.

G 34 H 34

Por vezes ouço tão nitidamente Tenho medo dos relâmpagos.


que isso me irrita.

G 35 H 35

Esqueço-me do que as pessoas Uma tempestade aterroriza-me.


me dizem.
51

G 36 H 36

Preciso em regra de parar e Não tenho medo do fogo.


reflectir antes de passar á
acção, mesmo para coisas
insignificantes.

G 37 H 37

Insisto, por vezes, de tal Alguns animais tornam-me


maneira numa coisa que os nervoso.
outros perdem a paciência.

G 38 H 38

Quando saio de casa nunca me Não tenho muito medo das


preocupo com o ter fechado as serpentes.
portas e as janelas.

G 39 H 39

Lembro-me muitas vezes de Não tenho medo dos ratos.


números que não têm
importância nenhuma
(matrículas de automóveis,
etc.).
52

G 40 H 40

Quando caminho tomo cuidado Não tenho medo das aranhas.


de não pôr os pés nas frinchas
da calçada.

G 41 H 41

Habituei-me a contar coisas A água não me faz medo.


que não têm importância
nenhuma, por exemplo:
lâmpadas, sinais eléctricos, etc.

G 42 H 42

Acontece-me que um A sujidade apavora-me ou mete-


pensamento sem importância me nojo.
se fixa no meu espírito durante
vários dias.

G 43 H 43

Acodem-me muitas vezes ao Não me preocupo a respeito de


espírito palavrões e palavras doenças que possa contrair.
obscenas e não consigo
desembaraçar-me delas.
53

G 44 H 44

Tem-me sido, por vezes, Não tenho medo que as


impossível impedir-me de maçanetas das portas me
roubar ou “surripiar” qualquer transmitam doenças ou micróbios.
coisa.

G 45 H 45

Acontece-me muitas vezes Estremeço á ideia de um tremor de


atravessar a rua para evitar Terra.
encontrar alguém.

G 46 H 46

O meu olhar é atraído pelo Tenho medo de estar só no escuro.


fogo.

G 47 H 47

Sinto, por vezes, uma Tenho medo quando num lugar


necessidade muito forte de elevado olho para baixo.
fazer alguma coisa de nocivo
ou de chocante.
54

G 48 H 48

Sou por vezes impelido a Tenho medo de me encontrar só


ofender alguém ou a mim num grande espaço deserto.
próprio.

G 49 H 49

Quando alguém se engana ou Sinto-me pouco á vontade no


diz tolices tento corrigi-lo. interior das casas.

G 50 H 50

Há pessoas que se mostram de Tenho medo de me encontrar


tal maneira autoritárias que fechado num pequeno
sinto necessidade de fazer o compartimento.
contrário do que elas dizem,
mesmo que esteja seguro de
que elas têm razão.

G 51 H 51

Tenho muitas vezes a Evito tanto quanto possível


impressão de que as coisas encontrar-me no meio duma
não são reais. multidão.
55

G 52 H 52

Não tenho inimigos que Não tenho receio de entrar numa


queiram realmente prejudicar- sala onde estejam outras pessoas
me. a conversar.

G 53 H 53

Se as pessoas não me Fico apreensivo se tenho de me


quisessem mal teria tido servir de uma faca ou outro
certamente mais sucesso. objecto muito cortante e
pontiagudo.

G 54 H 54

Alguém me quer mal. Ver sangue não me apavora nem


me deixa doente

G 55 H 55

Estou convencido de que nunca Tenho medo de enlouquecer.


terei sorte.
56

I1 J1

Posso facilmente meter medo a Gostaria de ser enfermeiro.


outra pessoa; por vezes, faço-o
para me divertir.

I2 J2

Divirto-me por vezes a fazer Gostaria de ser corredor de


mal ás pessoas de quem gosto. automóveis.

I3 J3

Já tenho encontrado, por Preferiria trabalhar habitualmente


vezes, prazer em ser chocado e com mulheres.
magoado por alguém que eu
amava.

I4 J4

Arrelio por vezes os animais. Por vezes tenho a impressão de


que me vou afundar.
57

I5 J5

Devia-se bater ou dar pontapés Gosto de revistas técnicas.


nos cavalos que não andam.

I6 J6

Não me aborrece Tem-me acontecido muitas vezes


particularmente ver sofrer os ter terrores no meio da noite.
animais.

I-7 J7

Acontece-me ser muitas vezes


atraído irresistivelmente por
Penso que gostaria do trabalho de
objectos pessoais como
construtor civil.
sapatos, luvas, etc., a tal ponto
de querer procurá-los ou
comprá-los, mesmo quando não
me podem servir para nada.

I8 J8

Ninguém se preocupa com o Gostaria de ser secretário


que possa acontecer aos particular.
outros.
58

I9 J9

Um homem que é capaz de Não gosto de tomar banho.


trabalhar seriamente tem uma
boa oportunidade de triunfar.

I 10 J 10

O futuro é demasiado incerto Gostaria de ser militar.


para que se possam fazer
projectos a sério.

I 11 J 11

É magnífico viver na nossa Gosto de cozinhar.


época quando tantas coisas
importantes acontecem.

I 12 J 12

Acho difícil neste momento não Gosto de coleccionar flores ou


perder a esperança de chegar a plantas trepadeiras.
qualquer coisa.
59

I 13 J 13

Os meus conflitos mais duros Sinto-me com frequência muito


são contra mim mesmo. fatigado.

I 14 J 14

Peço com frequência conselhos Dou muita atenção à maneira


ás outras pessoas. como me visto.

I 15 J 15

Os meus projectos parecem, Por vezes um dos meus sonhos


por vezes, tão cheios de repete-se.
dificuldades que tenho que
abandoná-los.

I 16 J 16

Tenho tido muitas vezes


superiores que pareciam
Suporto tão bem as dores como os
arranjar as coisas para receber
outros.
o benefício do que se tinha feito
de bom no seu serviço, mas que
seriam muito capazes de lançar
as culpas aos seus
subordinados.
60

I 17 J 17

Gostaria de deixar de me Penso que a Rainha Santa Isabel


atormentar com coisas que era superior ao Rei D. Afonso
disse e que podem ferir os Henriques.
sentimentos dos outros.

I 18 J 18

Tenho com frequência de Gosto da poesia.


dormir uma noite antes de me
decidir sobre um assunto
(aconselhar-me com o
travesseiro).

I 19 J 19

Já tem acontecido esgotar-me Se fosse repórter era para a


por querer fazer demasiadas rúbrica teatral que iam as minhas
coisas ao mesmo tempo. preferências.

I 20 J 20

Podem fazer-me mudar Se fosse artista gostaria de


facilmente de opinião mesmo desenhar crianças.
quando já fiz o meu próprio
juízo.
61

I 21 J 21

Lembro-me de me ter fingido Já me aconteceu ter companheiros


doente para evitar fazer imaginários.
qualquer coisa.

I 22 J 22

Tem-me acontecido muitas Gosto das mulheres altas.


vezes encontrar pessoas que
eram tidas por especialistas e
que não sabiam disso mais do
que eu.

I 23 J 23

Tenho mais dificuldade em me Gostaria de ser jornalista.


concentrar do que a maioria
das pessoas.

I 24 J 24

Aconteceu-me várias vezes ser Gosto de teatro.


o último a renunciar a uma
coisa difícil de fazer.
62

I 25 J 25

Aconteceu-me várias vezes Tive um diário.


renunciar a alguma coisa por
falta de confiança em mim
mesmo.

I 26 J 26

Sou muito facilmente vencido Gostei da história da “Branca de


numa discussão. Neve”.

I 27 J 27

É-me difícil fixar o meu espírito Gosto muito das cenas de amor no
num trabalho ou numa cinema.
ocupação.

I 28 J 28

Se me dessem oportunidade eu Gosto imenso de montar a cavalo.


saberia levar bem as multidões
(ser um bom condutor de
multidões).
63

I 29 J 29

É para mim como que um Se fosse repórter gostaria de


fracasso saber do sucesso de escrever artigos desportivos.
alguém que conheço bem.

I 30 J 30

A minha maneira de agir é A pessoa a quem estava mais


muitas vezes mal interpretada ligado e que mais estimava na
pelos outros. minha infância era uma mulher
(mãe, tia, ou outra mulher…).

I 31 J 31

Tem-me acontecido algumas Em nenhum momento da minha


vezes ter a impressão de que vida gostei de brincar com
não conseguiria nunca vencer bonecas.
as dificuldades que se iam
acumulando.

I 32 J 32

Acontece-me tomar as coisas Gostaria de ser cantor.


pelo lado mau.
64

I 33 J 33

Sou uma pessoa Gosto do convívio e da sociedade.


excessivamente nervosa.

I 34 J 34

Trabalho num estado de grande Creio que gostaria muito do


tensão. trabalho de bibliotecário.

I 35 J 35

A vida representa para mim um Gostaria muito de usar roupa e


esforço contínuo. fatos muito caros.

I 36 J 36

Acontece-me pensar que não Tenho muitas vezes medo do


sirvo para nada. escuro.
65

I 37 J 37

Sinto-me por vezes inútil. Gostava de jogar ao eixo.

I 38 J 38

Penso muitas vezes :”gostaria Gosto das mulheres de aspecto


de ser ainda uma criança”. masculino

I 39 J 39

Não tenho certamente O homem com quem tive maior


confiança em mim. contacto na minha infância era
muito severo comigo (o meu pai, o
meu padrasto…).

I 40 J 40

Tenho uma confiança total em Já tenho desejado muitas vezes


mim. ser uma rapariga (ou se é uma
mulher: Nunca lamentei ser uma
rapariga).
66

I 41 J 41

Recuo diante das dificuldades Acontece-me, por vezes, pensar


ou das crises. em coisas demasiado más para
poder falar nelas.

I 42 J 42

Creio que gostaria muito de Nem sempre digo a verdade.


trabalhar de costureiro.

I 43 J 43

Prefiro as histórias de Zango-me algumas vezes.


aventuras ás histórias
sentimentais.

I 44 J 44

Se fosse artista, gostaria de Por vezes, quando não me sinto


desenhar flores. bem, fico de mau humor.
67

I 45 J 45

Gostava de brincar ao “jogo do Se pudesse entrar num cinema


lenço”. sem pagar e, estar certo de que
ninguém me via, fá-lo-ia de
certeza.

I 46 J 46

Gosto de arranjar uma Gosto de conhecer pessoas


fechadura de porta. importantes, porque isso me dá a
impressão de ser também uma
pessoa importante.

I 47 J 47

Gosto ou já gostei da pesca. Não gosto de todas as pessoas


que conheço.

I 48 J 48

Faz-me zangar estar com Acontece-me ser um pouco


pessoas que me forçam a maldizente.
apressar.
68

I 49 J 49

Creio que gostaria muito do Acontece-me votar nas eleições


trabalho de guarda florestal. em homens que conheço mal.

I 50 J 50

Gosto de ciência. Sucede-me, por vezes, rir de uma


piada grosseira.

I 51 J 51

Gosto muito de caça. Tenho por vezes desejo de


praguejar.

I 52 J 52

Gostaria de caçar o leão em Não leio todos os dias o editorial


África. do jornal.
69

I 53 J 53

Gostaria de ser florista. Acontece-me guardar para amanhã


o que deveria ter feito hoje.

I 54 J 54

Assusto-me só de pensar em As minhas maneiras à mesa não


possíveis acidentes. são sempre tão boas em casa
como quando como fora e estou
acompanhado.

I 55 J 55

Quando estou num sítio Gosto mais de ganhar do que de


elevado, tenho vontade de perder ao jogo.
saltar lá para baixo.