Você está na página 1de 3

PROCESSO

Fazer. Ações para um resultado. Documento de justiça. Seguimento, decurso. Fase de


fenómenos orgânicos. Verificar, conferir. Transformar. Método, técnica, maneira. Curso,
sequência.

ação atividade causa dinamismo energia feito intervenção movimento obra processo artifício
ardil arrebique artimanha disfarce dolo engano ficção fraude mecanismo modo truque
demanda busca disputa litígio pleito procura querela maneira ar arte feição feitio forma gosto
guisa jeito meão meio método moda ordem sistema sorte teor lógica norma orientarão plano
regra regularidade rumo ademane estilo regime via volta prática conferência conhecimento
costume discurso ensino exercício exortação experiência função oração prédica rotina tato
tirocínio traquejo uso dieta direção governo instituto passadio procedimento resguardo
tratamento cânonoucânone compasso concerto disposto estatuto exemplo fórmula guia lei
linha modelo paradigma preceito princípio regulamento doutrina escola filosofia teoria marcha
técnica autuação decurso curso processamento seguimento arrumação ordem e sistema

Significado de Processo

n.m.

1. Maneira de realizar algo; método, sistema, técnica ou metodologia;

2. Ação de proceder ou avançar;

3. Série, seguimento ou transcurso;

4. Sequência contínua cujos procedimentos demonstram unidade ou crescem de modo


gradativo; evolução ou marcha;

5. Aglomerado de papéis que dizem respeito a um negócio, contrato ou transação comercial;

6. (Direito) Litígio, pleito ou ação judicial;

7. (Direito) Aglomerado composto pelas peças e papéis produzidos no decorrer de uma causa
cível ou criminal.

(Etm. do latim: processu)


1 Nuno Sousa Vieira 1971. Trabalhar a partir de fábrica. Um dos traços
distintivos do seu trabalho são as esculturas a partir
de materiais considerados já desperdício ou antigo
mobiliário. O seu ateliê funciona nas instalações de
uma antiga unidade fabril, onde o pai foi
funcionário. Nuno Sousa Vieira diz-se interessado
não apenas em trabalhar no local mas a trabalhar o
próprio local, que considera condenado ao
desaparecimento e de onde retira os materiais das
suas esculturas. FÁBRICA PROCESSAR.

2 Diogo Evangelista 1984. Diogo Evangelista lives and works in Lisbon.


With a multidisciplinary practice, his work revolves
around themes of desire and transformation,
exploring the animist potential that the human
imagination has to appropriate concepts, images,
and environments. Tecnologia e processamento de
dados. Realidades não lineares. PROCESSAMENTO
DE DADOS.

3 Pedro Sousa Loureiro ou Alice 1989. Relação entre teatro e artes plásticas.
Joana Gonçalves Frequentou a Licenciatura em Artes Plásticas n a
ESAD (Caldas da Rainha). Frequenta a Licenciatura
em Teatro da ESTC. Inicia a sua formação teatral
com Celso Cleto e Luiz Zagallo. Colagem. Os Pato
Bravo. PROCESSO DO TEATRO.

4 David Rosado 1976. Desenho animado. Apropriação de


imaginário da Disney. Desenho de alimentos cujo
desenho transforma. Ideia de comida processada.
COMIDA PROCESSADA.

5 Patrícia Geraldes 1980. Trabalha sobre Madeira. De onde vem o


papel para o desenho. In her work, she collects
memories, stories and hours, drawing obsessively
and anxiously looking for new images. PROCESSAR
A NATUREZA PARA A BASE DO DESENHO.

6 Alexandra de Pinho 1976. Alexandra de Pinho, artista plástica


portuguesa. Vive e trabalha no Atelier em Santa
Maria da Feira. Desde cedo desenvolve o seu
processo de criação e apresenta-o dentro e fora do
país. Investe numa linguagem própria vinculada à
expressividade e à relação matérica das suas obras.
A textura, o desenho da composição, a
representação e o equilíbrio cromático resultam de
um conhecimento e combinação exímia dos tecidos
na excelência da pintura, pontuada por fragmentos
de roupas do quotidiano e linhas cosidas que
resgatam a fisicalidade do traço. Cartas. Desenho
com linhas no papiro.