Você está na página 1de 5

DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7976.

2012v19n27p330

AUDIOVISUAL: PRESENTE NA HISTÓRIA,


PRESENTE DA HISTÓRIA

AUDIOVISUAL: PRESENT IN HISTORY,


HISTORY’S PRESENT

Bianca Melyna Filgueira*

HAGEMEYER, Rafael Rosa. História & audiovisual. Belo Horizonte:


Autêntica, 2012. 159 p.

Em entrevista a Silvia Maria Fávero Arend e Fábio Macedo, Henry



    
     
     
  
 
          
     


 
           
  
  
 
   

documentação escrita.1    
  
na forma proposta por Rafael Rosa Hagemeyer em História & Audiovisual, de
 
 ! "   #     
faces do audiovisual – televisão, cinema, vídeo e videogame – localizam essa
obra num tempo mediado como nunca antes por esses produtos culturais.
#
  $    % &  '
 () +&-'()%
/   3   4


 (
 + 34(   História & Audiovisual foi gestado. A observação das
  $     
 6  

      $  input desse
livro.
-  7  



  
8 
   ;  ) '   <    
  
   <    =    >?@C    
  

  =  
          

DI  
% )  &  J   () K&J()L
'7
NO P/ 

Revista Esboços, Florianópolis, v. 19, n. 27, p. 330-334, ago. 2012. 331

       
  " 
    '
 História
& Audiovisual   8
 
   

    
 
   
 
        
! 
 
  
  6 
 Q      6

todo o tempo. No primeiro, Da legitimidade do audiovisual como fonte de
conhecimento    !         
     6 
 
 
 
   

$  U     
    
  

  

Q 

 
  #
    <  
   

 
      Q  N
$

 "
#  
  7           
 $

 J (           
 
       (  
    
   
 

  =  
  

 V= 
  $
  
$

     
 "   

 
 W 

 " $ 

     
 "    X$
'  $ 

 
Z
      $6
         

        



e a televisão.
Aliás, a preocupação de Hagemeyer com a análise da programação
televisiva, com a patrimonialização desses registros e com a garantia de acesso
        ' 
   
 
 6
      ! "< 



  $ 
 
No segundo capítulo, A história dos audiovisuais: desenvolvimento
de técnicas e linguagens  < 
 U      

)

      $
<   
 
  
  =$ 
 
   
   [      
 
o percurso da imagem em movimento em diferentes suportes: primeiro, o

     8
   

(  Q 
  
%
/ 
   !                  Q     
  6
     



 N 


I
 
 X    
 
Revista Esboços, Florianópolis, v. 19, n. 27, p. 330-334, ago. 2012. 332

  <  



    
N
levando em conta a natureza descontínua e fragmentada das imagens e da
  
        
          
Q 
\)
      $   = 
  
  \)
 $      \
]    $    
%
/   7 

 !    "Q 

     "
 



   '   
 
 
 
 $6  6  games: sua
narratividade.
]      8
     A história dos meios
audiovisuais: entre a veracidade do registro e o poder evocativo das simulações,
%
/      <    



      =  
          W 
  
  
^
=  _ $ 
   ` $6          6
!" 
  

=  


$
  
 
  =
 

 =  6 

$    
 
    
  
-

 $
  
6     <    



    
 


 
   
    
]   

 6 "   
 

 

      
 !     

  =7    

uma educação audiovisual deve ser parte do processo de sensibilização e
  7   $ # 
   
 $  U  

assinaladas pelo autor.
#        =  $ 

com determinados conceitos carregados de polissemia no campo das ciências

N         h  
 
momentos, foram o epicentro das disputas no campo da epistemologia
    
        

 
%
/  "     $
    < 
   

      W 
  $6   
   8

      
       
  

  
   N

8 
 
   
   "
   
   
         
    

com categorias de análise.
Revista Esboços, Florianópolis, v. 19, n. 27, p. 330-334, ago. 2012. 333

Ainda na seara dos conceitos, em História & Audiovisual  


7


 " <   <   
     6  
 
    K
  _  Q`
   4
j L

 
=  $ Q   
   4  
 8        =    N   $
        

 
     7 7    \
J        
         



$
  
 %
/ -  
 
   
    
    
  
   

 
    
 !   



 Q            
 
    (        
    
 


    
              
      $    

  
$

 
 '
<  "
     U=  
 Z        +  
 
    
 
  %
/  "  

 

+
 6   =7  
"
 "    
  X 
       7    <    
no registro.
Mas essas poucas ressalvas assinaladas jamais comprometeriam o valor
     
  
 ! "  

  
   $6      
 6 
     
 Q
   <     
 
    "  
 
  métierN   
  $    
    
acumulando ao longo de suas vidas muitas vezes completam os sentidos
     _$
` 
  
 
 
%
/  6
 
  ' 6 
    6         

   = 
    

)
 Q   ^   

 
    
  $ %
/ 
        U
 
 ! "    &
   
Revista Esboços, Florianópolis, v. 19, n. 27, p. 330-334, ago. 2012. 334

NOTAS

1
#']-(I J= qI#)'-J=(   
   N
 
   %  /Tempo e ArgumentoJ >
>wC>7w>xU^UwCC?.

Resenha recebida em junho de 2012. Aceita em agosto de 2012.