Você está na página 1de 2

http://relacoes.umcomo.com.br/articulo/como-praticar-o-sexo-tantrico-2165.

html

Abertura mental

O sexo tântrico não se trata de dizer: pronto, vamos a isto! Requer preparação mental e
abertura, sendo mais simples a iniciação para quem está ligado às práticas de meditação e
relaxamento. A meta final deste tipo de encontro não é o orgasmo, mas sim o reconhecimento
de outro nível espiritual, uma viagem completa, pelo que o começo pode ser difícil de praticar,
mas algumas chaves poderão ajudá-lo.

O tempo é necessário

A prática do sexo tântrico leva o seu tempo, pelo que deve preparar o ambiente, criar um
ambiente relaxado propício para se desconectar e começar a viagem de sensações, não é uma
prática para um encontro do estilo "rapidinha". Para além disso, para dominar esta arte pode
levar meses e inclusive anos, tudo dependerá da evolução de ambos.

Concentre-se na respiração

Para começar sentem-se um em frente ao outro e comecem a concentrar-se nas suas


respirações, procurando o relaxamento. Enquanto um inspira o outro expira, sentindo como a
energia flui pelo corpo de ambos, dominar a respiração é vital para qualquer tipo de meditação
incluindo o sexo tântrico.

A arte de acariciar

A exploração é básica dentro do sexo tântrico, por isso comece acariciando o seu parceiro
suavemente, recorrendo todo o seu corpo sem nenhum tipo de pressa, dê e receba
fomentando o erotismo e a paixão com o tacto. Usar óleos balsâmicos facilita o trabalho,
também pode recorrer a outras técnicas como o uso de plumas para criar novas sensações.

Beijos sem limites

Beijar costuma ser uma prática esquecida pelos casais que já estão à muito tempo juntos, o
sexo tântrico recupera o seu poder. Inclinados ou de frente dedique-se a beijar o seu parceiro,
desfrutando da sensação, na boca, nas suas zonas erógenas, sem pressa sinta e faça com que o
outro sinta o poder do desejo sexual através dos seus lábios.
Penetração controlada

Após longas carícias e deliciosas beijos, ambos encontram-se muito excitados, chega o
momento da penetração, mas não de forma habitual. O homem penetra a mulher e uma vez lá
dentro não há movimentos, apenas se sente o pênis dentro da vagina enquanto as carícias
continuam, deve-se conter o impulso de ter sexo convencional. O pênis sai e entra por meio de
jogos, beijos e tacto que podem durar muitos, mas muito minutos, inclusive horas. Veja as
melhores posições para praticas sexo tântrico.

Conter a ejaculação

A meta final do sexo tântrico é controlar e aproveitar ao máximo a energia sexual, por isso
deve-se evitar a ejaculação o maior tempo possível. Durante as rondas de penetração ambos
devem controlar-se para não chegar ao orgasmo e desfrutar do prazer do momento, intercalem
com beijos e carícias e aumentem a concentração, este passo é um dos mais difíceis e
possivelmente levará muito tempo para conseguir, mas com trabalho e meditação pode-se
alcançar a meta de desfrutar sem ejacular.

O pico do prazer

Após muito minutos, nos níveis mais avançados horas, de beijos, carícias e penetrações
tântricas, ambos chegarão a um nível em que a energia virá de repente, o pico de prazer que
acompanha o orgasmo recorrerá todo o seu corpo e não ficará apenas na área genital,
proporcionando um prazer como poucos. Isto é o que muitos casais fazem uma e outra vez
neste tipo de sexo.

A orientação

O sexo tântrico não é uma prática simples, por isso recomenda-se a orientação, ora seja com
livros, aulas ou consultas, a ideia é avançar por um caminha que lhe permita desfrutar ao
máximo da sua energia sexual como casal, alcançar um nível acima da média, e começar a
desfrutar do sexo a partir de outra perspectiva.

Se deseja ler mais artigos parecidos a como praticar o sexo tântrico, recomendamos que entre
na nossa categoria de Sexo e Beijos

Continuar lendo: http://relacoes.umcomo.com.br/articulo/como-praticar-o-sexo-tantrico-


2165.html#ixzz3BbGNzXGy