Você está na página 1de 1

A filosofia não é para Μέτοικος, mas para os filhos legítimos da αριστοxρατία.

Foi assim no
passado com os pensadores originários, tornou-se critério-mor entre Platão e Aristóteles,
seguiu-se adiante no período Medievo, içou-se como tônica no renascimento. E por fim,
continua vívida sua herança aristokratixóç.

Variáveis

Toda variável é um objeto


= recebe

Print significa escreve


input significa leia

Existe uma linha com dois extremos, onde separa o macaco de um sábio chinês. Seres humanos
ordinários consideram que comer, beber, dormir e fazer sexo como o grande sentido da
existência, nisso consiste sua suprema alegria. Vyasadeva (वेद व्यास) já advertia em relação ao
perigo da era de Kali, onde a incompetência da vida espiritual, se tornaria de sobremaneira,
a regra da vida social, uma macaquice de hábitos grosseiros. A vida do sábio chinês: o amor
pelo estudo, o desejo de ordem, o prazer pelas artes, a prática de caligrafia, o apreço pela
ciência, o apreço por gramática, o regozijo pela poesia, o desejo de harmonia; iça do
lodaçal, o lótus luminescente do verdadeiro sentido da existência. Soa bem coetâneo o dito
de Zaratustra: Noutro tempo fostes macaco, e hoje o homem é ainda mais macaco do
que todos os macacos.”