Você está na página 1de 4

D1rector:

a
Redacção e Administração: Composição e impressão: ASSINATURAS INDIVIDUAIS PORTE PAGO
PADRE LUCIANO GUERRA SANTUÁRIO DE FÁTIMA- 2496 FÁTIMA CODEX GRÁFICA DE LEIRIA Temtóno Português e Estrangeiro TAXA PAGA
ANO 77- N.0 920- 13 de Maio de 1999 Telefone 049/ 539600- Fax 049 /539605 Rua Fraoosco Per!llra da Silva, 333- 2410 LEIRIA 400$00 2400 LEIRIA

Propriedade: FÁBRICA DO SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA PUBLICAÇÃO MENSAL AVENÇA Depósito Legal N.0 1673/83

"
N~ S~ DE FATIMA CUROU OPADRE PIO
A JACINTA SALTAVA No Domingo, dia 2 de Maio, foi
beatificado em Roma o frade capu-
Maio dirigia, cada dia, através da rá-
dio, uma mensagem para os seus fi-
andor e levaram-na até ao seu rosto,
tendo-a ele beijado com ternura e de-

DE ALEGRIA chinho italiano, Padre Pio. Nascido


em Pietrelcina a 25 de Mato de 1887,
passou quase a vida inteira no sul de
Itália, no convento capuchinho de S.
lhos espirituais, estimulando-os a de-
sencadear um acolhimento fervoroso
à Senhora de Fátima
A 7 de Julho começou a prepara-
voção filial. Como sinal de gratidão,
ofereceu-lhe um terço de ouro, pren-
da de um dos seus grupos de oração.
Pouco depois das duas horas da
Escrevendo este artigo na cidade norte-americana de Dan- Giovanni Rotando, onde veio a fale- ção mais intensa com uma novena, tarde desse dia 6 de Agosto de 1959,
bury, onde a comunidade portuguesa da paróquia do Imaculado Co- cer com 81 anos, a 23 de Setembro em «Vista à recepção à Mãe do Céu o helicóptero, levando a imagem, le-
ração de Maria me acolheu para uns dias de repouso, não posso de 1968. Faz agora 31 anos. que nos quer fazer uma visita». Daí vantou-se nos ares e deu três voltas
saber que eco encontrou, nos meios de comunicação portugueses, Em Abril de 1959 aterrou no solo por diante, todas as tardes manifesta- sobre a Praça, que se estende em
a horrível tragédia que se abateu sobre uma escola do Colorado, a frente do Santuário. A multidão aplau-
três mil quilómetros daqui, na terça-feira, vinte de Abril passado. dia a Senhora que voava em direc-
Dois alunos, de 17 e 18 anos, munidos de armas e bombas, destro- ção à Sicília.
O Padre Pio, com as lágrimas nos
çaram a vida de 12 colegas e um professor, consumando a carnifi- olhos e com confiança filial, exclamou:
cina na destruicão de si mesmos. «Senhora, minha Mãe, chegaste
Não só as escolas, mas a sociedade americana sem excepção, à Itália e adoeci; agora vais-te embo-
entraram em pânico. Como sempre, quando o MAL ameaça a vida ra e deixas-me ainda doente?»
neste nosso privilegiado planeta, a questão vital, a pergunta que to- Nesse momento - relatou o Pa-
dos se faziam e continuam a fazer, é esta: quem foi o responsável úl- dre - «senti uma espécie de arrepio
timo de tamanha desgraça? a percorrer-me os ossos e fiquei Ime-
diatamente curado».
Interrogam-se em público as autoridades, os alunos fazem O Padre Agostinho, seu mais di-
sessões de reflexão nas escolas, os meios de comunicação explo- recto colaborador e confidente, con-
ram todos os caminhos de resposta, e os eleitos do povo ressusc._ firmou:
tam velhos projectos de lei. Falta de vigilância nos estabelecimen- «De repente, experimentou uma
tos de ensino? Demasiada facilidade no acesso a armas, munições força íntima a atravessar-lhe o cor-
e químicos explosivos? Disfunção na missão educativa dos profes- po, e afirmou aos confrades que o ro-
deavam: 'Estou curado'».
sores? Desenfreamento da imoralidade nas auto-estradas da co-
As radiografias e os testemunhos
municação? Cinismos e violência no cinema e na música? Falta de médicos confirmaram o prodígio. As
vigilância por parte dos pais? forças que estavam no declínio revi-
Este atentado escolar foi o sétimo, aqui nos Estados Unidos, de veram, e quatro dias depois começou
há dois anos para cá Certamente não vai ser o último. E é possível a celebrar em público a santa Missa
que outros mais violentos se lhe sucedam. Também é verdade que italiano um helicóptero que levava da va, em mensagens radiofónicas, a ale- e, a seguir, a atender confissões.
há muitos milhões de estudantes, num país tão vasto como este. Cova da Iria uma imagem peregrina gria, a boa sorte e «a graça toda par- O Padre Pio não se cansava de
de Nossa Senhora de Fátima. Duran- ticular de tal visita». afirmar que foi Nossa Senhora de Fá-
Mas a insistência dos acontecimentos não pode deixar de provocar
te meses, as graças espargiram-se Na tarde de 5 de Agosto anunciou tima que o curou.
a reflexão. Até porque todos estamos bem conscientes de que es- jubiloso: Por causa de certo artigo publica-
por toda a parte: conversões, frequên-
tes acontecimentos já não podem considerar-se simples anorma- cia dos sacramentos, reconciliações «Dentro de poucos momentos a do num jornal, declarou peremptoria-
lidades na sociedade hodiema. Aliás, os rapazes até gozavam de e um ambiente de paz, que as pom- nossa Mãe estará em nossa casa. Di- mente:
boa reputação, junto dos amigos e dos pais. E os pais também bas, aninhadas aos pés da Virgem, latemos os nossos corações». «Nossa Senhora veio porque que-
eram tidos como bons, pelos vizinhos. Simplesmente a tragédia, pareciam simbolizar. Na manhã do dia seguinte, ape- ria curar o Padre Pio».
imensa, aconteceu. A dor explodiu. Os sobreviventes ficaram em Poucos dias depois, a 5 de Maio sar de gravemente enfermo, desceu à
de 1959, o Padre Pio caiu de cama, igreja. Desprenderam a imagem do Padre Fernando Leite
estado de choque profundo. E os vivos têm de procurar as causas,
para encontrar os remédios. Quando e o quê se poderia ter consi- prostrado por uma grave pleurisia, pro-
vocada por um tumor que o deixou in- Em aditamento ao artigo do Rev. Padre Fernando Leite, quere-
derado o primeiro princípio deste tão grande mal no coração des- capacitado de celebrar a missa e de
tes dois jovens tresloucados? mos informar os nossos /e1tores quo a .. voz da Fát1ma», no seu pri-
atender confissões. meiro número, de 13 de Outubro de 1922, publicou um interessante
Eles pertenciam a um grupo de ideologia nazista e podem ter O sacerdote estigmatizado vivia artigo sobre ele. Esse artigo era copiado do .. correio de Coimbra»,
congeminado esta camificina com o auxnio de colegas. Mas porque intensamente todo este percurso de transcrito do «Diário do Minho••, de 25 de Julho antf]nor.
é que eles se sentiram atraídos para um tal grupo? graças e de amor. A partir de 31 de
Uma certeza parece inabalável: aqueles dois jovens agiram por
ódio, estavam há muito envenenados pelo ódio. E o ódio é filho do
sofrimento. Quem provocou, naqueles dois rapazes "normais", so-
frimentos tão grandes, que geraram neles um ódio tão mortífero?
Os colegas de escola? Os pretos e os latino-americanos, que eles
BISPOS PORTUGUESES SÃO MARCELINO
queriam expressamente aniquilar? O veneno destilado em perma-
nência pelos jogos de violência, na TV e na lntemet? A ausência do
PREOCUPADOS COM AVIOLENCIA CHAMPAGNAT
carinho familiar?
Quando se toma verdadeiramente Insuportável, o sofrimento QUE PAIRA SOBRE OMUNDO 18 No dia de Abril passado foi
canonizado o Beato Marcelino
Champagnat, que fundou uma so-
só tem duas saídas possíveis: o suicídio ou o assassínio. Ou os dois,
De 12 a 15 de Abril passado rea- «Os Bispos expnmem a sua pro- Ciedade dedicada a Nossa Senhora,
como foi o caso dos rapazes do Colorado.
lizou-se a Assembleia Plenária da funda solidariedade a todos os cida- chamada Congregação dos Irmãos
A não ser que aconteça a iluminação da fé. É revelador que, a Conferência Episcopal Portuguesa. dãos de Angola, particularmente a Maristas das Escolas, a 2 de Janeiro
uma das colegas, um deles tenha perguntado: ':Acreditas em Deus?" Transcrevemos alguns pontos do co- seus Bispos, formulando votos de de 1817. São Marcelino nasceu a 20
A rapariga respondeu: "acredito"; e o rapaz disparou sobre ela. municado final. !JaZ na reconciliação nacional». de Maio de 1789 e faleceu a 6 de Ju-
Como nos ilumina benfazejamente aquela luz sublime, e matei' «Os Bispos têm acompanhado «Em comunhão com os apelos nho de 1840. Foi beatificado pelo Pa-
nal, que fez o encanto, e a alegria plena, dos três pastorinhos de Fá- os terríveis acontecimentos dos últi- do Santo Padre e do Conselho Pon- pa Pio XII, em 29 de Março de 1955.
tima, em 13 de Maio de 1917! E como nos consola saber que, na mos tempos em limor Leste, nomea- tifício Justiça e Paz, a Assembleia No 150° ano da fundação da Con-
doçura desse rosto de Mãe, os três pequenitos não souberam ler damente o massacre perpetrado na une-se, em solidariedade jubilar, ao gregação, no dia do seu aniversário
igreja de Liquiçá, com um número pedido de perdão para a dívida ex- natalício, os Irmãos Maristas ofere-
outra coisa que não fosse o imenso amor paterno de Deus para
elevado de mortos. Secundam a voz tema dos países mais pobres». ceram uma estátua do seu fundador
com eles, e para com toda a Humanidade!
corajosa dos seus Bispos, assim co- Fez também parte da agenda da ao Santuário de Fátima. É da autoria
Consta dos documentos que a Jacintinha, quando os três re- mo de representantes políticos, na assembleia a eleição dos bispos nas do escultor Vasco Pereira da Con-
gressavam a casa, se voltava de quando em quando, a saltar, pa- denúncia destes gravíssimos crimes várias funções da Conferência Epis- ceição e foi benzida pelo Sr. D. João
ra o irmão e para a Lúcia, gritando de alegria: "Ai que senhora tão contra a identidade e sobrevivência Pereira Venâncio, bispo de Leiria. Es-
copal, tendo sido eleito Presidente
bonita!" de um povo, no apelo à Comunida- da Conferência O. José da Cruz Po- sa estátua é a terceira da colunata
Sabem os professores, e os pais, e os artistas, e os goveman- de Internacional, especialmente à licarpo, Patriarca de Lisboa. norte, a partir da esquerda.
tes, a última fonte onde hão-de ir procurar remédio para a imensa, ONU, para que intervenha no terri-
profunda e permanente tristeza de tantos jovens, cujo número vai tório, em ordem a um ambiente de
continuar a aumentar no futuro, com as consequências que estão
liberdade e reconciliação, promoven- .-
à vista? A fonte não são os tristes nem os revoltados, e nem se-
quer os sábios, ou os pregadores. A fonte é o coração d'Aquele que
do o desarmamento e o diálogo».
«No seguimento dos apelos do SACERDOTES EM FERIAS
Papa João Paulo 11, os Bispos for-
converteu em ressurreição o calvário de seu Rlho, e deu ao rosto O Santuário de Fátima convida os sacerdotes em férias a prestar
mulam os votos da cessação das
de Maria a força que levou os pastorinhos a oferecer a sua vida, hostilidade dos massacres no Koso- serviços de confissões ou outros, durante os meses de Julho a Se-
que foi de dor, para a alegria dos tristes, que são os pecadores. vo e do recomeço das negociações tembro, se possível por perfodos de 15 dias (1 8 ou 2• quinzena) .
para a paz, na salvaguarda dos di- Contactar para o efeito: Serviço de Pastoral Litúrgica (SEPALI) -
P. Lu::w.o Gsf:IA reitos humanos, sobretudo, dos mais Santuário de Fátima- 2496 FÁTIMA CODEX. FAX- 049-539605.
fracos e desprotegidos».
2 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Voz da Fátima - - -- - - - - - - - - - - -- -- - - - 13-5-1999

A VIDA, DOM DE DEUS EM TODAS AS IDADES PEREGRINACÃO


, DAS CRIANCAS
, - 9 E10 DE JUNHO
Em 1991, o Papa João Paulo
11 propôs a iniciativa de, em cada
mente aos nossos irmãos mais
velhos, pareceu oportuno centrar
trata de uma vida sem sentido. BENDITO SEJA DEUS QUE ÉNOSSO PAI
Não o pode dizer a própria pes-
ano, se celebrar uma Festa da Vi- a nossa reflexão sobre a vida, Dentro da temática da prepa-
soa. Muito menos outras pes- ração para o Grande Jubileu do ano Programa da Peregrinação
da, um Dia da 'Vida. vendo-a no que ela é: um dom soas, sejam elas quem forem. Há
Por sua vez, a Conferência 2000, escolhemos para tema da
gratuito de Deus. Dom de Deus momentos na vida, que podem Dia9
Episcopal Portuguesa decidiu que, Peregrinação das Crianças «Ben-
sempre e para todos, e em todas ser alguns minutos, talvez segun- dito seja Deus que é nosso Pai». Das 18 às 20h00- Visitas aos Valinhos e
a partir de 1994, a 3 8 semana de as idades, em cada momento, em dos de vida que têm valor de Queremos que a Peregrinação Loca do Cabeço (livre).
Maio seria, para a Igreja Portugue- cada manhã. Dom de Deus nos eternidade, para a própria pes- seja, para cada criança, um gran- 21 h15- Os sinos convidam a aproximar-
sa, a <<Semana da Vida». pequeninos, no seio da mãe. soa ou então para outrem que -se da Capelinha.
de momento de redescoberta do 21 h30- Celebração da noite: ..eom Maria,
Neste ano de 1999, especial- Dom de Deus em cada homem, está aí, ao lado. Não esqueça- nosso Deus como Pai, que nos ao encontro do Pai».
mente dedicado aos mais idosos, em cada mulher. Dom de Deus mos nunca o mistério que vai nu- ama a todos com ternura de mãe
o tema é: «A Vida é Dom em To- em todas as situações que en- ma pessoa que vive. e nos convida a manifestá-Lo em Ola 10
das as Idades». Numa sociedade volvem ou podem envolver a vi- Os dons de Deus, por outro gestos de amor e de partilha. Das 08h30 às 09h00 - Oferta de flores, na
que, em múltiplas circunstâncias da, a pessoa que vive. Situações lado, merecem sempre um res- O tema de Deus Pai envolve- Capelinha.
marginaliza o idoso, pretende-se de saúde, de alegria, de boa dis- -nos em dois sentidos: um, des- 10h00- Encenação no Centro Paulo VI:
peito sagrado, como o merece o «Bendito seja Deus, Pai de todos
proclamar que a idade avançada posição. Situações de doença, próprio Deus. A vida humana es- cendente, faz-nos descobrir, em os povos•.
é uma riqueza para o próprio e seja ela qual for, de sofrimento, tá sempre para além de toda e Jesus, como é que Deus é nosso 10h30- Os sinos convidam a entrar no
para a sociedade, muito especial- de limitações, de idade mais qualquer pessoa. O Concílio Va- Pai; o outro, ascendente, faz-nos Santuário.
mente para as novas gerações. avançada, de menos consciên- ticano 11 fala da vida humana em voltar para Deus, sobretudo atra- 11 h30- Celebração Eucarística: «Pai nos-
vés da oração, e põ~nos em co- so, que estais nos céus...
Transcrevemos, na íntegra, a cia, de menos capacidades. termos de propriedade divina. 15h00- Encenação no Centro Paulo VI:
Nota Pastoral da Comissão Epis- Os dons que possuímos são Deus é o Senhor da vida (GS 51). munhão com todos os homens, cria «Bendito seja Deus, Pai de todos
copal da Família para esta se- sempre uma expressão de amor, Podemos e devemos envol- a fraternidade universal. Estes dois os povos» (só para as crianças que
mana. do amor que Deus nos tem, ain- aspectos vão estar muito presen- não participaram de manhã).
ver a vida human~ da maior qua- tes nos actos da Peregrinação.
da que por vezes não o entenda- - Recitação do terço em procis-
lidade possível. E um dos direi- Nesse sentido, ped~se a ca- são para a Capelinha.
«Vem aí ao nosso encontro, mos bem. Expressão do amor tos humanos que toda e qualquer - Consagração a Nossa Senhora
neste coração do tempo pascal e da criança que faça uma oração a
que Deus tem a quem os recebe pessoa leva consigo. Acompa- Deus-Pai, pelos seus pais, e que e despedida.
dos encantos da Primavera, a Se- e também porventura a outras nha-a sempre um tal direito em traga essa oração (escrita) para a -Hino da Peregrinação
mana da Vida. Vai ser de 16 a 23 pessoas. todas as fases da sua vida, em Peregrinação (ou a
de Maio. Mês de Maio que tam- A vida é um desses dons todas as idades. É um direito a
bém cada ano nos fala sempre de possivelmente o mais importan~ mande por quem REFRÃO DA PEREGRINAÇÃO DAS CRIANÇAS
respeitar sempre. Mas, para além vier). Pede-se tam- BENDITO SEJA DEUS
novo da beleza da vida, de toda a te que temos. Enquanto houver disso, é uma consequência do bém que cada crian-

~·· '2
vida, que enche o mundo dos ho- vida, aí está sempre Deus que
mens. ama e nunca ninguém pode ar-
respeito que devemos a essa di-
mensão de divindade que vai em
ça faça algumas re-
núncias em dinheiro,
11• J J J J• JUJ
di-10 IC • jo DeUI Bcn-
Num ano dedicado especial- rogar-se o direito de dizer que se toda a pessoa que vive». a favor das crianças
sem pais, mortos na I I
guerra, nas terras de
OS CORACÕES DE JESUS E MARIA #
Angola e que, tal co-
mo a oração, traga
n.
essa renúncia (ou a
ESCUTAM SEMPRE AS NOSSAS PRECES mande por quem
vier).
li
«Sou uma jovem mãe, com uma Por isso venho agradecer esta esteve quase dez dias em casa e cin- Otw que_4 - - ao 1'11.
filha de dois anos que nasceu com o graça que a pequena Jacinta de Fá- co no hospital sem que os médicos
síndroma de Beckwith-Wiedemann
- uma doença nova e rara, em que
tima me alcançou e dizer a toda a
gente que nunca se deve P.erder a fé
detectassem a origem de grandes tre-
mores e febres muito altas» (J.S. - SEMINARISTAS ESTUDAM MENSAGEM DE FATIMA
os rins e a língua se tomam maiores e a esperança em Deus. E a fé que Lamego). De 8 a 1O de Abril passado, reali- dos Santuários e Pastoral de Fátima••,
que o normal. nos dá ânimo e alento para ultrapas- zou-se, no Santuário de Fátima, o 1° ambas pelo Reitor, Mons. Dr. Luciano
Perante a relutância dos médicos sar os problemas difíceis da vida» ccSou emigrante em França. Mi- Encontro de Seminaristas Maiores so- Guerra; «Trâmites e significado da bea-
em operá-la e as poucas esperanças (P.M.C.V.). nha filha anda a estudar em Portugal. bre a Mensagem de Fátima. tificação do Francisco e da Jacinta••,
Eu estava muito preocupada, com A intenção foi preparar seminaris- pelo P. Luis Kondor, Vice-postulador
que me davam de cura, voltei-me, na tas para o acolhimento de peregrinos dos videntes; e «A Eucaristia na Men-
minha fé, para a pequena Jacinta de «Agradeço várias graças pedidas medo que pudesse ficar mal e pedia
e animação de serviços de pastoral li- sagem de Fátima••, pelo Dr. António
Fátima, e fiz uma novena para que a Nossa Senhora de Fátima, realiza- a Nossa Senhora para a ajudar. Re- túrgica no Santuário. Na realidade, Mario, da UCP do Porto.
ela me alcançasse de Deus a graça das no ano de 1997» (Viana doCas- zava o terço muitas vezes, com as lá- desde há vários anos que alguns se- Houve ainda uma mesa redonda
de a minha filha poder, pelo menos, telo). grimas nos olhos, pedindo aos Cora- minaristas maiores vêm passar algum sobre os serviços pastorais no San-
ções de Jesus e Maria que me fosse tempo das suas férias em Fátima, mas tuário, com participação especial dos
ser operada à língua e ficar bem. «Agradeço graça obtida por mi- sentia-se a necessidade uma adequa- padres Carlos Pires, Director do Ser-
Passados alguns dias, o médico concedida essa graça. Graças a Deus
nha filha, que aos quatro anos foi aco- ela passou, e já está a fazer o está- da preparação para aqueles serviços. viço de Liturgia do Santuário, Dr. Artur
que a tratava resolveu proceder à ope- metida de doença» (H.H. - Tondela). Do programa do encontro consta- Oliveira, responsável pela Secção de
ração. Assim aconteceu e a minha gio•• (V.G.- França). ram várias conferências: "Processo Música Litúrgica, e D. Helena Geada,
menina ficou bem da língua. Por in- «Agradeço a intercessão do Fran- «Estou muito agradecida a Nos- canónico das aparições de Nossa Se- da Secção de Informações.
tercessão da Jacinta, com o passar cisco e da Jacinta junto de Nossa Se- nhora», pelo P. Dr. Luciano Cristino, Participaram 37 seminaristas, dos
sa Senhora de Fátima por uma graça Director do Serviço de Estudos e Difu- Seminários Maiores de Braga, Coim-
do tempo, os rins também voltaram nhora, pela cura de uma doença mui- recebida por intermédio de Jacinta e são do Santuário; «Posição da autori- bra, Guarda, Lamego, Porto, Viana do
ao tamanho normal. to complicada da minha mulher, pois Francisco» (M.G.S. -Arouca). dade papal sobre Fátima•• e «Pastoral Castelo, Vila Real e Viseu.

É por isso que vale a pena pensar em Deus. Principalmente neste ano que Lhe é

fóttma dedicado. A próxima Peregrinação das Crianças a Fátima, de 9 e 1O de Junho, é uma


boa oportunidade para isso. Aqui, onde a própria Mãe de Deus se dignou vir para falar
a crianças; aqui, na Cova da Iria, Ela mais uma vez, na Peregrinação, nos falará de

dos MAIO 1999


Deus Pai e nos ensinará a falar com Ele, como filhos falam com seu pai. Mas já sa-
bem: todas as coisas grandes têm de ser preparadas e bem preparadas para resulta-
rem. Também para virdes à Peregrinação tendes que vos preparar.

pequeninos Os vossos pais e os vossos catequistas ou professores podem ajudar-vos. Entre-


tanto, tentai responder a estas perguntas: - Eu considero Deus como meu Pai?
- O que é que eu faço que mostre que sou verdadeiro filho de Deus?
- Como é que eu olho os outros (irmãos, companheiros, todas as pessoas .. .) que
Olá, amiguinhos! são também filhos do mesmo Pai do Céu? ...
Pensem devagarinho nestas perguntas e respondam ao
Como tendes passado? - Tenho aqui diante dos meus olhos um cartaz que diz : .· · :.::·· vosso coração, com muita verdade.
assim : "P~rque o p~óprio Pai vos ama ... desde sempre e para sempre". ~:.,::.:;0_: : ~~~...... ~ · Depois disto, rezem pelos vossos pais para que se-
. Quem e este Pat que nos ama desde sempre e para sempre? /./,.;:-~. :-:-~.:...::..:~ .;, ::.,_. jam, cá na terra, um espelho do nosso Pai do Céu. Es-
E o Pai do Céu, naturalmente. O Pai de Nosso Senhor Jesus .·. ~~; y--.· , .·. :-· ~~~':'- crevam essa oração e tragam-na, se vierem à Peregri-
Cristo e o nosso Pai. Se Ele nos ama desde sempre e para sem- _ -/i·. 'Z. .· · .- · ~-:~). nação. Renunciem e partilhem algum do vosso dinheiro
pre, quer dizer que começou a amar-nos antes de termos nas- ~ ~ 1· - .-·..
-.F.~--~-. · '·\, _ com os outros filhos de Deus em necessidade- as
cido e continuará a amar-nos apesar de e para além de todas f!J0z ·: · crianças que não têm pais, por causa da guerra -
as nossas faltas de amor para com Ele. Um pai que nos trás ·: . _~/f:l =::~""- · e tragam também à Peregrinação essa partilha.
no seu coração como se cada um de nós fosse o único filho.
Um pai que não tem semelhança com nenhum pai da terra, : .,~~-..
-=--;·:-~ .l'~;:-:·

d#---
·~
E assim vamos aprofundando e meditando
em Deus nosso Pai e vamo-nos aproximando
por melhor que ele seja. E mesmo se juntássemos o amor / - cada vez mais do Seu grande amor. E tomar-
de todos os pais da terra, ainda não tínhamos nada que se pa- -nos-emos cada vez mais uns filhos dignos deste Pai
recesse com o amor tamanho deste Pai que é Deus. que temos. Esforçemo-nos por isso, está bem?
É um amor misterioso, o amor de Deus por nós. Um amor que nós nunca Até à Peregrinação de 9 e 1Ode Junho. Até
conseguiremos perceber perfeitamente. Temos que escutar muito a Sua pala- ao próximo mês, se Deus quiser!
vra, aprofundá- la, meditá- la... para percebermos só um bocadinho desse gran-
de amor. Ir. Maria lsolinda
13-5-1999 - - - -- - - - -- - - - - - -- -- "ozdaFát~a ------------------------------------------------------- 3

1
A VIRGEM PEREGRINA HÁ 50 ANOS
NO ANO NA MISSÃO DE MUTUÁLI, MOÇAMBIQUE (NOVEMBRO DE 1948)
DE DEUS PAI
Quando a Virgem Peregrina, no dia Falou em primeiro lugar o Padre A terminar a sua evocação, o ac-
Obrigado, Pai bondoso, 5 de Novembro de 1948, chegou à Mis- Dr. Manuel Marques dos Santos, tual bispo emérito de Porto Amélia di-
pelo dom d'? Ano jubilar; são de Santa Teresa do Menino Jesus acompanhante da Virg~m Peregrina zia: "Cremos firmemente que Nossa
fazei que seja um tempo favorável,
de Mutuáli, na ponta ocidental da dio- nas suas jornadas de Africa: "fez al- Senhora de Fátima derramou sobre
o ano do grande regresso à casa paterna,
cese de Nampula, em Moçambique, gumas invocacões a Nossa Senhora todos as suas graças e bençãos es-
foi recebida por dois jovens missioná- de Fátima, a que responderam euro- colhidas. Cremos confiadamente que
onde Vós, cheio de amor,
rios da Sociedade Missionária Portu- peus e indígenas, e, seguidamente, a passagem de Nossa Senhora pelo
esperais os filhos extraviados
guesa (hoje Missionários da Boa No- dirigiu a todos a palavra de unção so- meio de nós fará entrar esta Missão
para dar-lhes o abraço do petdl!o
va), o Padre José dos Santos Garcia, bre a vinda de Nossa Senhora à Coló- de Santa Teresinha num período de
e acolhê-los à Vossa mesa. superior, e o Padre Alexandre Valente ressurgimento no campo do aposto-
nia de Moçambique e sobre as graças
vestidos com a roupa de festa. de Matos, coadjutor. e bênçãos que Ela, Mãe bondosa e lado missionário e que, por seu favor
Passados 50 anos, o primeiro mis- amiga, deseja derramar nas almas das e graça, os pagãos se converterão e
A V6s, Pai, nosso eterno louvor! sionário, nomeado em 1957 bispo de pessoas". ajoelharão aos pés da Cruz".
Porto Amélia (Pemba, onde esteve até Seguidamente, falou o então Pa- Agradecemos ao Sr. O. José Gar-
JoAo PAULO IJ
1975), quis evocar aquele acontecimen- dre Garcia, numa alocução que foi, ao cia por nos ter enviado estas notícias
to memorável, na Aldeia do Souto, sua mesmo tempo, de boas-vindas e de (opúsculo e escrito orig inal) e faze-
r. terra natal, onde agora reside. Repro- despedida: "Prostrados aos Vossos mos uma prece pe lo Padre Valente
duziu num pequeno opúsculo um tex- pés nesta manhã radiosa para toda a de Matos, que, tendo nascido no d ia
to, escrito poucos dias depois da visita província do Massa, queremos tam- 13 de Setembro de 1917 (dia da quin-
de Nossa Senhora, do qual retiramos bém ser os primeiros a pedir ao Vosso ta aparição de Nossa Senhora em Fá-
RECOLECÇÕES RETIROS alguns elementos sobre aquele dia, so- Imaculado Coração as primícias das tima), foi missionário de Moçambique,
4 de Janeiro - D. Aurtlio Granada Escudeiro 19-23 de Julho - P. Dr. Domingos C. Mon1eoro Ohvei111 lenemente assinalado em letras de ou- Vossas bênçãos e graças". E quase durante longos anos, nomeadamen-
I de Fevereiro - P. Dr. Manuel Dunles Barbosa, CSSp 16-20 de Agosto - P. Dr. Abt1io Pina Ribetro. CMF ro, naquela missão moçambicana. no fim: "Senhora do Rosário de Fáti- te em Mutuáli, de 1947 a 1968 e de
I de Março - D. Jacinto Tomis Carvalho Botelho 20-24 de Setembro - P. Dr. Manuel Rocha Felfcio
Depois de confirmada a brevíssima ma, nossa Mãe, Padroeira e Rainha, 1983 a 1992. Tendo voltado a Moçam-
passagem de Nossa Senhora, toda a temos pena ... muita pena ...de Vos ver bique, foi ali surpreendido pela mor-
S de Abril - P. Clemente Doui 18-22de Outubro - P. Dr. Jorge Manuel Faria Guarda
população, desde as entidades oficiais partir ... Mas parti! ... que outros que- te, em Nampula, a 25 de Outubro de
3dcMaio -O. Jorge Fem:ira da Costa Oniga IS-19 de Novembro - P. Dr. Manuel Dunles Barbosa, CSSp ao mais humilde dos habitantes, traba- rem prestar-Vos as suas homenagens 1997, ficando sepultado na missão
7 de Junho - D. Albino Mamede Cleto 22-26 de Novembro - P. Dr. Lufs Rocha e Melo. SJ lhou afanosamente para A receber bem. e fazer-Vos as suas confidências. Par- de Santa Teresinha, como tinha de-
S de Julho - P. Júlio Carrara. SCJ "E Nossa Senhora, no seu vulto bran- ti. .. e não Vos esqueçais jamais de nós sejado.
2 de Agosto - Cón. Dr. Jost A. Godinho de Lima Os Retiros principiam com o jantar do primeiro quinho, sempre certinha, mãozinhas di- e da nossa terra de Mutuáli! ... ". Aos nossos leitores, voltamos a
6 de Setembro - D. Manuel Pelino Domingues dia e terminam com o almoço ( 12.00 horas) do úl- reitas para o céu , veio, veio, debaixo Depois do cântico "Dai-nos a bên- solicitar que nos enviem notícias, do-
4 de Outubro - P. Dr. Manuel Monojlo, SJ
timo dia. na Casa de Nossa Senhora do Carmo. É duma chuva de flores, parar diante da ção, 6 Virgem Mãe", foi a vez de o ad- cumentos, fotografias, recordações
requerida inscrição, que deverá ser feita até 20 dias multidão. Algumas pombas postas em ministrador da circunscrição de Mala- das visitas de Nossa Senhora Pere-
8 de Novembro - P. Dr. Manuel Saturino Gomes, SCJ antes de cada data, para:
liberdade bateram asas em rumos di- ma, com palavras redigidas pelo Padre grina, nestes mais de 50 anos.
6 de Dezembro - P. Dr. Augusto Ascenso Pascoal Valente de Matos, fazer a consagração
SERVIÇO DE ALOJAMENTO (SEAL) versos, tendo somente uma delas ade-
Estas Recolecções não necessitam de inscrição SANTUÁRIO DE FÁTIMA jado, por instantes, sobre a Imagem". ao Imaculado Coração de Maria. L. CRJsnNO
prtvia; começam às 10.30 horas, com a recitação Telef. (049) S39600
da Hora lntermtdia. e terminam com o almoço: Fax (049) S39 60S
são na Casa de Nossa Senhora do Carmo. 2496 FÁTIMA Codex
OFERTÓRIOS DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA EM 1998
A CARIDADE É O VÍNCULO DA PERFEICÃO ;

PEREGRINAÇÃO DE 13 DE ABRIL Os ofertórios de 1998, quase todos determinados


pela Conferência Episcopal Portuguesa, obtiveram,
PERDOAR É UM ACTO no Santuário de Fátima, os seguintes resultados:
98.01.01- Dia Mundial da Paz (ofertório para as

DE INTELIGÊNC:IA crianças de Moçambique, nos 500 anos


da sua evangelização) ................................
98.02.01 - Universidade Católica Portuguesa..............
1.591.579$00
582.391$00
A pe re grinação de 13 de Abril vernas, de tempos bárbaros, quere- 98.03.15- Cáritas Portuguesa ..................................... 1.598.985$00
passado foi presidida pelo Bispo de mos democratizar, queremos instau-
Leiria Fátima, O. Se rafim Ferreira e rar uma civilização do amo r, alicerça- 98.04.10- Lugares Santos de Jerusalém ................. .. 264.507$00
Silva. da na verdade e na justiça. 98.05.24- Meios de Comunicação Social.. ............... .. 2.383.230$00
O s peregrinos concentraram-se Vamos prometer à Mãe que va- 98.06.28- Cadeira de S. Pedro ................................. .. 1.8n.712$00
na Capelinha das Aparições às 1Oh 15 mos fazer alguma coisa para que não 98.08.16- Pastoral da Emigração ............................. .. 2.383.230$00
para rezar o terço, a que se seguiu haja guerras, para que não haja in- 98.10.04- Dia Anual da Diocese de Leiria-Fátima .. .. 3.179.359$00
procissão com a imagem de Nossa justiça, para que não haja fome, gen- 98.10.18 - Missões ....................................................... 3.822.594$00
Senhora e Eucaristia. te a mo rrer sem assistência médica, 98.11.15- Seminário Diocesano de Leiria-Fátima ... .. 1.603.894$00
D. Serafim centrou a sua homilia bo mba rdeada de maneira tão estú-
no tema do Santuário para este ano pida. O Contributo Penitencial, desde o início da Quares-
de 1999: «Pai perdoai-nos como nós A Mensagem de Fátima é sobre- ma até ao fim do Tempo Pascal, rendeu 2.642.018$00.
perdoamos». Transcrevemos algu- tudo um apelo à conversão de cada O ofertório de Quinta-Feira Santa, no valor de ~--~~~~~~~~~~~~~~~ ;; 10de
mas das suas palavras: um e à conversão do mundo. Maria 299.869$00, foi destinado às crianças de Moçambique. Junho, reverterá a favor das crianças sem pais,
«Perdoemcrnos uns aos outros . convida-nos à conversão, a rezar pe- Também para aj udar as crianças de Moçambique, foi mortos na guerra, nas terras de Angola.
Perdoar é um acto de inteligência. la paz... colocada uma caixa para recolha de ofertas à entrada da
~ o que é que acontece? Participaram na Eucaristia cerca Basílica, que rendeu 17. 147.972$50.
Foram ainda colocadas duas caixas no interior da Basí- de seguida aos PALOPS e, em Portugal, às dioceses mais
As vezes pe rdemos o juizo, per- de três mil peregrinos e comungaram pobres do Sul e Nordeste.
demos a inteligência e cafmos em vin- 1.283 fiéis. Concelebraram 17 sacer- lica, para aj uda do Seminário Diocesano de Leiria-Fátima,
que recolheram 2.013.987$00. Assim, o FUNCA distribuiu em 1998 os seguintes valores:
ganças loucas, estúpidas. dotes. Esteve presente o Arcebispo
Não estamos só a pensar no Ko- de Kansas, E.U.A., Mons. James Pa- Atrás da Capelinha das Aparições, e no sentido de con- Comissão de Acção Caritativa do Santuário ..................... 2.275.000$00
sovo, ou no perigo d e «ba lcanizar- trick Ke leher. Participaram diversos vidar os peregrinos à prática da caridade, como forma de Centrode DefiCientes Profundos João Paulo 11................. 6.000.000$00
mos» a Euro pa, ou o mundo. Não grupos de peregrinos estrangeiros, promessa, pôs-se também uma caixa onde podem converter Centro de Acção Social (Casa S. Miguel- Lar de Crian-
basta dizer que em África há mais de vindos da Alemanha, Espanha, em pão para os pobres algumas das flores que oferecem a ças eJovens) .............................................................. 683.107$00
trinta focos de guerrilha. Numa cami- E.U.A., França, Hungria, Itália e Po- Nossa Senhora. Essa caixa recolheu 11.049.076$00. Novas instalações do Centro de Recuperação In-
nhada democ rática, vindos das ca- lónia. Como em todos os lugares e instituições da Igreja, fantil de Fátima ............................................................... 33.139.000$00
sempre houve no Santuário de Fátima o cuidado de so-
correr os pobres e os doentes, fornecendo refeições aos
Subsídios a várias instituições sociais epastorais............ 27.290.965$00

RECEBESTES DE GRAÇA, DAI DE GRAÇA que as pedem, dando alojamento a pessoas isoladas, for-
necendo bilhetes de transporte quando alguém é rouba-
do, auxiliando igrejas vizinhas e, antes de mais, acolhen-
Desde há vários anos, o Santuário tem vindo a organi-
zar retiros para doentes, com a duração de quatro dias. Du-
rante o ano passado realizaram-se 37 retiros, com a partici-
A Peregrinação Internacional Aniversária de 12 e 13 de Junho terá co- do gratuitamente os doentes que vêm pedir alívio para os pação de 3. 151 doentes. O Santuário forneceu ainda aloja-
mo sub-tema "Recebestes de graça, dai de graça" {Mt. 1O, 8 - Evangelho seus males. mento e refeições a 1.268 peregrinos doentes, durante as
De há uns anos para cá procurou criar-se um Fundo de peregrinações de 12 e 13 de Maio a Outubro.
do Domingo XI). Durante a pe regrinação, deverão te r-se em conta os se-
Caridade (FUNCA) que pudesse responder à grande quan- Quanto aos peregrinos a pé, foram fornecidos, durante
guintes aspectos: as peregrinações aniversárias de Maio a Outubro, 4.341
tidade de pedidos que chegam ao longo do ano. O Santuá-
1 - Vencer o calculismo m ercantilista nas relações com os mais próximos. rio tem dado prioridade antes de mais ao próprio Santuário alojamentos e 8.654 refeições.
2- Em 99.06.11 , solenidade litúrg ica do Sagrado Coração de Jesus , ce- (peregrinos a pé, perdidos, pedintes, doentes, desalojados), Todos estes serviços são gratuitos.
lebra m- se os 100 anos da consagração do mundo ao mesmo Sa-
grado Co ração.
3 - Na aparição de Junho, Nossa Senhora pediu a devoção ao seu Ima- XXV ENCONTRO NACIONAl DE PASTORAL LITÚRGICA
culado Coração.
DEUS PAI NA LITURGIA
COLHEITAS DE SANGUE O Secretariado Nacional de Liturgia
vai realizar o XXV Encontro Nacional de
Pastoral Litúrgica nos dias 26 a 30 de
peito por sermos os destinatários e os
herdeiros do Pai: celebramos o Pai que
nos enviou o Filho, concebido pelo po-
Litúrgica é o vigésimo quinto: vamos de-
dicá- lo ao Pai com o espírito do Após-
tolo Filipe: ccSenhor, mostra-nos o Pai e
Com vem sendo habitual desde das para os dias 2 3 d e Maio, 7 de
Julho de 1999. Em sintonia com o movi- der do Espfrito Santo, o Senhor que dá isto nos basta» (Jo 14, 8). Por ocasião
há vá rios anos , o Centro Regio na l Setembro e 3 de Outubro. O local é mento eclesial de preparação para o ter- a vida e procede do Pai e do Filho. E ce- das bodas de prata deste Encontro Na-
de Sangue de Coimbra vai realizar o Posto d e Socorros do Santuá rio ceiro milénio, e na continuidade dos anos lebramos para acolher este Dom e tor- cional haverá prendas individuais para
colheitas de sangue no Santuá rio de de Fátima e o horário vai das 09h00 anteriores, este Secretariado dedica o nar fecunda a vida humana que proce- os participantes no valor corresponden-
Fátima. Foram marcadas para este às 12h30. Encontro ao estudo da temática Deus de do Pai e se destina desde já à pro- te à inscrição.
ano quatro colhe itas. A primeira j á Durante as colheitas do ano pas- Pai na Liturgia. clamação da glória de Deus. A liturgia é
se efectuo u , no dia 18 de Abril pas- sado inscreve ram-se 240 dadores, O Catecismo da Igreja Católica en- património comum dos interesses de As inscrições devem ser feitas até
sado, e as resta ntes estão agenda- te ndo s ido colhidas 2 14 unidades. sina que o Pai é a fonte e o fim da litur- Deus e dos homens: Deus deseja a sal- ao dia 18 de Julho, para:
gia. As celebrações litúrgicas nem sem- vação dos homens e os homens preci- Secretariado Nacional de Liturgia -
pre se situam na devida orientação do sam de Deus para serem salvos e pos- Santuário de Fátima - Apartado 31 -
Dar sangue é uma forma eminente de realizar a Pai que nos trata como filhos queridos. sufrem a vida em si mesmos, como he- 2496 FÁTIMA CODEX.
caridade e de dar testemunho do amor de Cristo. Deus Pai é a fonte e o fim da liturgia, e a rança etema. Telefone: (049) 533327.
razão desta forma de ser diz- nos res- Este Encontro Nacional de Pastoral Fax: (049) 533343.
[ Movimento da Mensagem de Fátima ]
CASA DO .JOVEM JÁ QUE PERGUNTAM EU RESPONDO
Na Casa do Jovem, o Senhor é o de Maria e o sorriso bem disposto dos Alguém me perguntou como é que meu nome não apareça, pois gosto de cada diocese 250 lugares, pergunto:
Mestre e Maria o modelo. Neste espa- acolhedores e, de modo especial, a ne- eu consigo levar tantos doentes a Fá- trabalhar em silêncio. Até hoje já con- como pode um mensageiro de Nossa
ço de apostolado, de Maio a Outubro, cessidade de rezar na Capela- centro tima, para fazerem retiro; eu respon- segui levar a Fátima 42 doentes e de- Senhora ficar tranquilo de consciên-
há jovens disponíveis_:~ara acolher ou- da Casa do Jovem. O Jesus que ali es- do: porque vou ao encontro deles. O ficientes e espero levar mais. Não po- cia, se não se esforça por ir ao encon-
tros jovens. Como Maria, escutam e tá é o mesmo de qualquer Capela. No que sofre é um irmão nosso e nunca demos estar à espera que nos procu- tro de quem sofre?
acolhem com o coração, permitindo ao entanto, ali dum modo especial espera esqueço a parábola do Bom Samari- rem, mas sim ir à procura deles, como Se porventura o meu testemunho
Espírito a sua actuação. Ali se parti- os visitantes. Quantos tiveram ali um tano. E com imensa alegria que dispo- fez o Bom Pastor à procura da ovelha despertar alguns mensageiros a faze-
lham vivências e conhecimentos. A ale- encontro marcante para a sua vida! ... nho de algum tempo da minha vida pa- rem um pouco mais, dou-me por sa-
gria de servir e a possibilidade de en- A Casa do Jovem está aberta, por ra estar junto dos que sofrem. Sou ca- tisfeita em ter respondido à pergunta.
contrar novos traços do rosto de Deus detrás da Capelinha das Aparições, to- sada, tenho 5 filhos. O meu marido é Até ao presente nunca me faltou
nos jovens peregrinos são a nossa dos os fins de semana, de Maio a Ou- pedreiro. Procuro cumprir os meus de- tempo para os meus deveres familia-
preocupação. tubro, bem como nos dias 12 e 13, das veres como posso e sei. Faço vários res e não só. Nossa Senhora tem-me
Ao longo destes anos, a Casa do 9 às 13 horas e das 14 às 19.30 horas. trabalhos domésticos e consigo dispor dado uma consolação que não se pa-
Jovem foi lugar de passagem para mi- Em Agosto e na 1.• quinzena de Se- de algum tempo para fazer apostola- ga com dinheiro. Tenho uma cruz pe-
lhares de jovens, pessoas inquietas, cu- tembro, funciona todos os dias. Passar sadinha, mas a alegria de fazer bem é
do. Pertenço ao Movimento da Men-
riosas de Deus e de si mesmas, tanto por lá pode ser uma oportunidade para maior do que o peso da cruz.
entre os acolhidos- como entre os aco- sagem de Fátima, sou mensageira de
um encontro inesperado com Jesus, Permitam-me deixar um apelo a
lhedores. Ninguém está ali para ensi- com Maria e consigo próprio ... Nossa Senhora e sinto uma grande
alegria espiritual em tomar conhecida quem me ler: "trabalhemos mais e des-
nar, mas para aprender, aprofundar e culpemo-nos menos".
encontrar. Muitos ali vão com o pretexto Lúcio de Sousa Gomes a Sua Mensagem. E como um dos
da frescura do lugar, o olhar cativante Coord. da Casa do Jovem campos apostólicos do Movimento é Ouvi pela Rádio que já se fizeram
ajudar espiritualmente os doentes, de- retiros para cima de 75.000 doentes e
cidi dedicar-me a este serviço. Algu- deficientes. Já é um bom número. Mas
mas vezes deparo-me com situações não poderemos aumentar muito mais
PEQUENOS MONUMENTOS parecidas com o doente junto à pisci-
na de Siloé - "não tenho quem me perdida. Quando ouço no Terço daRá-
este número? Suponho que sim. En-
tão vamos em frente, pois os que so-
ajude". O que faço é por amor ao Se- dio Renascença que o Santuário dá frem esperam por nós.
A NOSSA nhor e n'Eie aos irmãos. Prefiro que o aos doentes alojamento e oferece a J.M.E.

SENHORA DEUS PAI ELEGE UM POVO DE FILHOS


Pequeno monumento de- Apesar de ser muito usada no An- de encarar Deus, pois nunca vê n'Eie do um povo e não de uma qualquer
dicado a Nossa Senhora de tigo Testamento (AT), 1.180 vezes, a um parente antigo nem um antepas- pessoa singular. Começa, deste mo-
Fátima, na paróquia da Casa palavra "pai" muito raramente se re- sado em sentido carnal. Segundo a do, uma longa história que há-<Je cul-
da Ribeira, Ilha da Terceira - fere a Deus, apenas 15 vezes. A Bíblia, Deus elege um povo, Israel, minar, muitos séculos depois, com a
Açores. maior parte das vezes tem um senti- que é como o Seu filho primogénito: constituição da comunidade do Filho,
do comum, significando o progenitor "és um povo consagrado ao Senhor, Jesus Cristo, em quem o novo Povo
Já tinham construído um num sentido humano e carnal, mas teu Deus, que te escolheu para Ele se sente eleito e adoptado como filho.
outro, também dedicado a outras vezes significa também o che- como um povo especial entre todos Como discípulos de Jesus Cristo,
Nossa Senhora de Fátima, em fe de família, aquele que recebeu as os povos da terra" (Dt 14, 2). Deus também nós sentimos, agora, Deus
homenagem pela visita da promessas de Deus, a autoridade não é pai de Israel porque o tenha ge- como nosso Pai e podemos ser cha-
Sua Imagem em 1988. que se deve respeitar, o educador e rado fisicamente, mas é considerado mados Seu ,povo eleito e Seus filhos
o mestre. seu pai porque o adoptou como um adoptivos. E precisamente enquanto
Bem haja ao seu pároco e comunidade de discípulos, ou Igreja,
Também neste campo, o Antigo povo de filhos escolhidos entre todos
a todos quantos participaram Testamento está ainda muito longe os povos da terra. que somos filhos de Deus e podemos
nestas construções. da linguagem teológica que nos há- Deste modo, Israel experimenta chamar-Lhe "nosso Pai".
-<Je oferecer o Novo Testamento (NT) ser o filho primogénito de Deus ao
e muito longe de nos mostrar a reve- sentir que é um povo eleito por Ele. O Pe. Virgt1io Antunes
lação de Deus como Pai de Jesus sinal maior dessa escolha é um acon-
SECRETARIADO NACIONAL Cristo e dos Seus discfpulos, o novo
Povo de Deus. De facto, tivemos de
tecimento histórico que marca toda a
sua vida: a libertação do Egipto. Eles Para reflectir:
A sede do Secretariado Nacional do Movimento da Mensagem de Fátima, fi- esperar pelo Filho para percebermos continuarão a lembrar esse aconteci-
ca por detrás da Capelinha, junto ao posto de informações. que Deus é Pai e que, enquanto dis- mento ao longo de toda a sua história - Descobre na tua vida individual
O horário de atendimento é o seguinte: cípulos, somos filhos. e a sentir que Deus é um pai que os e na vida da Igreja sinais que mos-
Das segundas às sextas-feiras (incl sivé), das 9 às 12 horas e das 14.30 às Nas religiões do Oriente Antigo, elegeu como filhos, apesar de não se- trem que somos povo eleito de filhos
17.30 horas. • com as quais os hebreus estiveram rem um povo grande nem poderoso. de Deus.
Além destes dias de Maio a Outubro, nos dias 12, das 15 às 18 horas e nos em contacto, Deus era já considera- Percebem sim que Deus é um pai que - Descobre na tua vida individual
dias 13, das 9 às 11 horas. do e chamado "Pai". Mas esses po- os amou e por isso os libertou do Egip- e na vida da Igreja sinais que mos-
Informamos que as quotas dos associados devem ser entregues nos secre- vos pensavam Deus como o seu an- to. Consideram, por isso, que Deus
tariados diocesanos e não em Fátima. trem que Deus age connosco como
tepassado, aquele que estava na ori- os quer salvar e que com essa atitu- um Pai.
gem da sua tribo ou da sua família; de dá início a uma longa história em
- Como há-<Je a Igreja viver para
no fundo, aquele que tinha gerado os que se repetem continuamente os
antepassados dos quais eles descen- gestos de salvação. manifestar que se sente comunidade
RETIROS PARA OS MENSAGEIROS DA FÁTIMA diam, num sentido fisiológico. Pode-
mos dizer que esses povos entendiam
Israel não pensa que Deus seja
pai de pessoas individuais, mas sim
de filhos de Deus?
- Como heH:le eu viver para ma-
De 19 a 21 e de 26 a 28 de Novembro vai haver dois retiros, sobretudo Deus como o seu parente mais anti- pai de um povo. Mesmo em Jer 3, 4- nifestar que me sinto membro de um
para responsáveis nacionais, diocesanos e paroq.uiais, do Movimento go, o seu antepassado remoto. -19, onde se usa a expressão "meu povo que foi adoptado por Deus co-
da Mensagem de Fátima. Se houver vagas, podem 1nscrever-se também A Bíblia não aceita essa maneira pai", ela é integrada na oração de to- mo seu filho primogénito?
outros associados.
A inscrição deve ser feita até ao dia 30 de Setembro. Os retiros são
na Casa de Nossa Senhora das Dores. As paróquias devem dirigir-se
ao seu Secretariado Diocesano do Movimento. A NOSSA PEREGRINACÃO -17 e 18 DE JULHO #
Desde há anos que a Peregrina- mo se trata de uma peregrinação e
ção do Movimento da Mensagem d~ não de uma excursão, convém es- Eis o PROGRAMA:
ECOS DUMA PEREGRINACÃO #
Fátima é na 3.8 semana de Julho. Fo1
uma decisão do Conselho Nacional.
clarecer muito bem os participantes,
para evitarem aborrecimentos. Sem Dia 17:
A convite da responsável de Pere- sim vale a pena viajar porque numa Esperamos que a Peregrinação, pretendermos dar nas vistas, os men- 16.00 h - Concentração na Cruz Alta.
grinações do Movimento da Mensa- peregrinação bem vivida, podemos car- seja uma preparação do ano 2000. sageiros de Nossa Senhora procu-
regar as nossas baterias espirituais pa- 16.15 h- Entrada Solene (responsável: Dio-
gem de Fátima do Porto, participe.i com Pedimos aos responsáveis diocesa- rem dar um bom testemunho, na pre- cese de Aveiro).
meu marido e um dos nossos filhos, ra, no dia a dia, darmos testemunho nos, paroquiais e animadores das ca- paração e participação. A Peregrina-
numa peregrinação a TUY e PONTE- duma vida de cristãos autênticos. 16.30 h- Saudação a Nossa Senhora (res-
mionetas, que se reunam e estudem ção começa e termina na paróquia. ponsável: Bragança).
VEDRA em Dezembro p.p. Dou gra- Faço um apelo para que outras o programa e o modo de o executar. O programa é exigente, mas do agra-
ças a Deus e a Nossa Senhora por ter- pessoas participem nestas peregrina- 17.00 h- Encontro no C. Pastoral Paulo VI
Todos os mensageiros de Nossa Se- do do Senhor e de Nossa Senhora. (responsável: Porto).
mos tido essa oportunidade, pois tan- ções mesmo à custa de algum sacri- As pessoas que porventura não esti-
fício, pois vale a pena e não se arre- nhora são convidados a participar.
to eu como meu marido e filho, nos sen- Muitos, por razões justificadas, não verem dispostas a peregrinar, é pre- 20.00 h - Jantar.
timos muito felizes. Naqueles dois dias penderão, mas, pelo contrário, darão 21.30 h- Terço na capelinha.
poderão vir. A esses pedimos que se ferível não virem, porque podem per-
passados nas casas de Tuy e Ponte- graças a Deus e a Nossa Senhora. 23.00 h- Eucaristia (responsável: Braga).
unam em oração e até em penitên- turbar o ambiente de seriedade e vi-
vedra onde tiveram lugar as aparições Maria Rosa- Cesar vência da peregrinação.
cia, particularmente os doentes. Co-
à Irmã Lúcia, foi tal a emoção sentida Dia18:
que de noite nem consegui dormir ao
pensar nas maravilhas ali realizadas e 00.00 h- Via Sacra aos Valinhos (respon·
sável: Leiria-Fátima).
que tão bem nos foram explicadas pe-
lo Sr. Padre que nos acompanhou. As- MENSAGEIROS DE NOSSA SENHORA 03.00 h- Oração Mariana (responsável: Vi·
seu).
O Sr. JOSÉ LOPES ANTUNES, de peçam por seus filhos, junto de Deus,
Esmolfe (diocese de Viseu), falecido em para que os saibamos imitar no seu 04.00 h- 1.' Adoração Eucarística (respon-
10.01.99, deixou-nos um testemunho amor a Jesus e a Maria. De facto, as- sável: Setúbal).
de bom cristão e ferveroso mensageiro sim acontece, pois esta sua filha, se- 05.00 h- 2.' Adoração Eucarística (respon-
de Nossa Senhora. Eis o que nos relata guindo-lhe o exemplo, ofereceu-se ge- sável: Secret. Nacional).
por carta a sua filha Maria de Lurde~: nerosamente ao Secretariado diocesa- 06.00 h- Laudes (responsável: Vila Real).
1. Que todo o mls de Maio deve ... "O meu pai foi um grande mensag~l­ no do MMF para continuar a missão do 07.00 h- Procissão Eucarística (responsá·
SMmsriano. ro de Maria. Começou com a reza diá- pai de distribuir o jomal Voz da Fátima. vel: Vila Real).
2. Que o Domingo dtJ Ascenção ria do Terço na Igreja paroquial em 1951, Podemos pois dizer: tal pai, tal filha. 10.15 h- Terço na Capelinha (responsável:
(16/S) é também o dia dlls co- ano em que passou por Esmolfe a Vir- A Maria de Lurdes faz também a Lamego).
municações soclsis. gem Peregrina, e até hoje continua a Adoração ao Santíssimo com as crian- 11.00 h- Eucaristia eConsagração a Nossa
rezar-se todos os dias. Enquanto pôde, tuíram. Grandes graças temos recebido ças. Senhora (responsável: Lamego)
3. Que no Domingo de Pentecos- era ele que presidia, e quando parali- através da oração do terço".
,.. (23/S) deve celebrar o Es- Nota: Quanto podemos fazer quan-
sou e ficou cego, nestes 10 anos de so- E a filha termina assim o seu relato: CONFISSÕES: Na Capela da Reconciliação
pfrlto Santo que recebeu no "Só me resta agradecer ao Senhor pe- do nos abrimos ao Espfrito Santo e nos
frimento que aceitou com coragem, fo- das 7 às 13 horas e das 14 às 19.30 horas.
Baptismo e no Crlsms. ram os filhos e familiares que o substi- los pais que me deu e pedir-lhes que deixamos guiar por Maria.