Você está na página 1de 4

TRABALHO DE TEXTO ACADEMICO

2º semestre / 2018

Curso: História
Disciplina: Historia Medieval
Responsável: Ricardo Scatena
Aluno: NOME COMPLETO
Texto-base: Símbolos religiosos dos Vikings: guia iconográfico e RUNAS, GALDR E
SEIDR: UM BREVE ESTUDO SOBRE A REPRESENTAÇÃO LITERÁRIA DAS PRÁTICAS DE MAGIA DA
CULTURA NÓRDICA MEDIEVAL.

1
Chamado de pagão pelos cristãos, os Vikings da Escandinávia, tinha seus valores
religiosos em toda sua volta, imagens e representações divinas em suas vestimentas,
arquitetura de casas e barcos e nas esculturas que representavam a força divina e
presença de cada deus para cada situação diferente. Uma delas é a clara influencia do
deus Thor como um ser poderoso em batalha, sendo assim, muito dos povos nórdicos
carregavam pingentes do mjölnir, é a que possui a maior quantidade de referências
literárias, tanto nas Eddas quanto nas sagas islandesas, o martelo de Thor pode ser um
instrumento Ritual e mágico, já que pode consagrar nascimento, casamento, juramentos
e a morte.

Outros símbolos associados ao número três é um dois mais usados na era Viking que
apresentava formas distintas de como eram feitas, podendo ser animais, desenhos
rúnicos. Uma delas é a formação de três cobras que por meio de achados arqueológicos
assimilaram que nas tumbas das mulheres quase sempre tinham esse formato de
amuleto, sendo claro uma proteção feminina e de fertilidade.

O quatrifólio é representada por ligações que a fazem parecer algo infinito, algo
destinado, sendo lembrado por a serpente Jörmungandr, neste caso, o simbolismo do
quatrifólio poderia remeter a uma idéia de estabilidade e conservação da ordem natural
do mundo.

2
As valquírias formam um dos mais importantes mitos para os nórdicos , tanto para os
guerreiros quanto para as mulheres em geral, já que simbolizava a morte e a passagem
pra vida eterna em vallhala, sendo também um dos muitos símbolos encontrados em
funerais.

3
Elementos mitológicos, religiosos e místicos da cultura nórdica medieval, especialmente
o alfabeto rúnico, tem sido usados na cultura pop, como exemplo a serie Vikings e a
nova saga de God of war que se passa no universo nórdico.
A poesia nórdica medieval é dividida entre poesia eddaica e poesia skaldica: a poesia
eddaica tinha como objetivo narrar as aventuras de deuses e heróis mitológicos, como
Odin, Thor, Baldur e Sigurd, já a skaldica tinha como função enaltecer senhores e heróis
nórdicos como Ragnar Lodbrok, Ivar Ragnarsson.
As sagas eram histórias sobre deuses, heróis e antepassados da cultura nórdica, foram
compostas entre os séculos VIII e XII, mas só foram escritas a partir do século XII, na
Islândia.
As runas eram um sistema de escrita usado pelos povos germânicos, tanto continentais
quanto escandinavos, Os alfabetos rúnicos escandinavos eram o futhark antigo, que
durou de c. 150 d.C. a c. 800 d.C e o futhark novo, que durou de c. 800 d.C. a c. 1100
d.C, Os alfabetos rúnicos escandinavos eram chamados de futhark por causa de suas
seis primeiras letras: F, U, TH, A, R e K.

REFENCIAS:
http://www.medievalis.nielim.com/ojs/index.php/medievalis/article/view/8/7
http://oldgoths.blogspot.com/2009/05/pictorial-connections-betwen-nordic.html
http://www2.unifap.br/marcospaulo/files/2013/05/simbolos-religiosos-vikings1.pdf