Você está na página 1de 4

1

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA


CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS
DISCIPLINA: Literatura e estudos interartes.
CARGA HORÁRIA: 45 horas, 03 créditos.
PERÍODO: 2018.2
PROFESSORA/ PROFESSOR: Allana Dilene e Luiz Antonio Mousinho

1. EMENTA

Estudo da relação da literatura com outras expressões artísticas. Reflexões sobre diálogos
interdisciplinares e interculturais.

2. OBJETIVOS
- Discutir a literatura em interface com outras formas expressivas (cinema, ficção televisiva, games, HQs)
- Debater aspectos da teoria literária e suas possibilidades interpretativas
- Debater a teoria da narrativa em interface com a leitura de textos ficcionais
- Refletir sobre aspectos narrativos das ficções literária e audiovisual.
- Observar aspectos das relações entre ficção e cultura.
- Investigar elementos de recepção crítica dos textos estudados.

3. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

AULA 1 – IDENTIDADES, ALTERIDADES, EPIFANIAS, DIALOGISMOS - 13/ 09 – (c/ Allana


Dilene, Luiz Mousinho)
- Apresentação do Plano de ensino
- Roteiros de leitura: Ficção científica; Ficção e sociedade; Ficção e dialogismo.

AULA 2 – Ficção científica enquanto gênero - novas formas de pensar o humano – 20/09 (Allana
Dilene)
- Texto: Como a ficção científica conquistou a atualidade – Fátima Regis
- Leitura do filme Colossal (Nacho Vigalondo, 2016). É um filme com ares de dramédia, partindo de uma
premissa de ficção científica absurda e se centrando em relacionamento abusivo.

AULA 3 – FOCALIZAÇÃO, PERSONAGEM, FICÇÃO– 27/09 - (c/ Luiz Mousinho)


- Focalização na novela literária Uólace e João Victor, de Rosa Amanda Strausz e em Uólace e João
Victor, do seriado Cidade dos homens; personagem e banditismo social: episódio Buraco quente, do
seriado Cidade dos homens.
- Personagem, focalização e tempo de tela em Cão sem dono, de Beto Brant
Textos:
- verbetes Narrador e Focalização, de Carlos Reis e Ana Cristina Lopes;
- O ponto de vista no cinema, de João Batista de Brito.
Textos subsidiários:
- Paródia, paráfrase & cia, de Affonso Romano de Sant’anna
- Modo e Voz, de Gérard Genette (segunda metade do volume O discurso da narrativa); A tipologia da
prosa, de Mikhail Bakhtin.

AULA 4 – Adaptação e ficção científica; subtópico: alteridade e ficção científica – 04/10 (c/ Allana
Dilene)
- Textos: O conto A história da sua vida, Ted Chiang
- Teoria e prática da adaptação: da fidelidade à intertextualidade – Robert Stam, 2006 (revista Ilha do
Desterro).
- Leitura do filme A Chegada (Denis Villeneuve, 2016)
2
- Textos subsidiários: Nascimento e morte do sujeito moderno – Stuart Hall (A identidade cultural da pós-
modernidade) A distorção objetiva das culturas (Charles Taylor)

AULA 5 –TATO, TOM E VOZES SOCIAIS EM O SOM AO REDOR E AQUARIUS, DE


KLÉBER MENDONÇA FILHO – 11/10 - (c/ Luiz Mousinho)
Textos:
- Linguagem e poder; O cinema e os gêneros do discurso – Robert Stam (In: Bakhtin: da teoria literária à
cultura de massa) p.62-71.

- Estereótipo, realismo e luta por representação, de Robert Stam (In: Crítica da razão eurocêntrica, de Ella
Shohat e Robert Stam). [selecionar trecho]

AULA 6 – ETNOCENTRISMO, ALTERIDADE, PARÓDIA – 18/10


- Conto A menor mulher do mundo, de Clarice Lispector
- Filme Corra! (Get out!), de Jordan Peele
- Curta-metragem O dia em que Dorival encarou a guarda, de Jorge Furtado
- Raça e história, de Claude Lévi-Strauss
- Relações étnico-raciais no Brasil – Marcos Paz Tella e Tereza Cristina Furtado
- Multiculturalismo tropical, Robert Stam

AULA 7 – Cronotopo no cinema de ficção científica – 25/10 (c/ Allana Dilene)


- Texto: A teoria bakhtiniana do cronotopo literário: reflexões, aplicações, perspectivas - Nele Bemong e
Pieter Borghart
- Leitura do filme Her (Spike Jonze, 2013)
- Leitura do filme Blade Runner (Ridley Scott, versão de 1992)

AULA 8 – O NARRADOR-PERSONAGEM PRESENTE/ AUSENTE EM A HORA DA ESTRELA-


01/ 11 (c/ Luiz Mousinho)
Texto teórico: A literatura através do cinema, de Robert Stam (Introdução – p.17-41; Narração
engendrada: A hora da estrela - 319-327).
Texto literário: A hora da estrela, de Clarice Lispector
Texto audiovisual: Filme A hora da estrela, de Suzana Amaral
Programa de TV: Cena aberta: episódio A hora da estrela

AULA 9 – CAPITU NA TV (c/ Allana Dilene e Luiz Mousinho) – 08/11


- Série Capitu, de Luiz Fernando de Carvalho
- Romance Dom Casmurro, de Machado de Assis
- texto de Alexandre Monteiro, publicado na Revista Bakhtiniana

AULA 10 – SEMINÁRIOS – 22/11

AULA 11 –29/11 - SEMINÁRIOS

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BARROS, Diana Luz Pessoa. Contribuições de Bakhtin às teorias do discurso. In: BRAIT. Beth (org.)
Bakhtin, dialogismo e construção de sentido. Campinas: SP: Editora da UNICAMP, 1997.
BEMONG, Nele, et al. Bakhtin e o cronotopo: reflexões, aplicações, perspectivas. Tradução: Ozíris
Borges Filho et al. São Paulo: Parábola editorial, 2015.
BRAGA, José Luiz. A sociedade enfrenta sua mídia. São Paulo: Paulus, 2006.
BRITO, João Batista de. Questões de teoria e recepção. In: Imagens amadas. São Paulo: Ateliê,
1995.p.181-250.
3
BRITO, João Batista. O ponto de vista no cinema. REVISTA GRAPHOS. Volume 9, nº, 2007.
Disponível em http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/graphos/article/view/4706/3570 Acessado em 10
de julho de 2011.
CANDIDO et. al. A personagem de ficção. São Paulo: Perspectiva, 1992.
CANDIDO, Antonio. Crítica e sociologia . In: Literatura e Sociedade: estudos de teoria e história
literária. São Paulo: Publifolha, 2000.
cultural. In: MENDES, Adilson (org.). Ismail Xavier. Rio de Janeiro: Azougue, 2009 (Col.Encontros).
REGIS, Fatima. Nós, ciborgues: tecnologias de informação e subjetividade homem-máquina. Curitiba:
Champagnat, 2011.
REIS, Carlos. & LOPES, Ana Cristina. Dicionário de teoria da narrativa. São Paulo: Ática, 1988.
SANTIAGO, Silviano. O narrador pós-moderno. In: SANTIAGO, Silviano. Nas malhas da letra. São
Paulo: Companhia das Letras, 1989.
SARAIVA; Leandro; RODRIGUES, Raquel Imanishi. As transformações da indústria
STAM, Robert. Bakhtin – da teoria literária à cultura de massa. São Paulo: Ática, 2000. (Dialogismo cultural e
textual)
STAM, Robert. Bakhtin: da teoria literária à cultura de massa. Tradução Heloísa Jahn. São Paulo: Editora
Ática, 1992.
STAM, Robert. O espetáculo interrompido: literatura e cinema de desmistificação. Rio de Janeiro: Paz e
Terra, 1981. (Homo Ludens: o gênero autorreflexivo no romance e no filme)
SUPPIA, Alfredo (org.). Gêneros cinematográficos e audioviduais: perspectivas contemporâneas.
Bragança Paulista: Margem da Palavra, 2016.
VANOYE, François; GOLIOT-LÉTE, Anne. Ensaios sobre análise fílmica. Campinas: Papirus, 1994.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

AUMONT, Jacques; MARIE, Michel. A análise do filme. Lisboa: Texto & Grafia, 2004.
BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoievski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1981.
BAKHTIN, Mikhail. Questões de literatura e de estética. São Paulo: Hucitec Editora, 2014.
BENJAMIN, Walter et.al. O narrador. In: ________ . Textos escolhidos/ Benjamin, Horkheimer, Adorno,
Habermas. São Paulo: Abril, 1980. (Os pensadores).
BETTON, Gerard. Estética do cinema. São Paulo, Martins Fontes, 1987.
BRITO, João Batista.Literatura, cinema, adaptação. GRAPHOS: revista da Pós-graduação em Letras da
UFPB. Disponível em http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/graphos/article/view/9179/4874 Acesso em
01 de setembro de 2014.
DAL FARRA, Maria Lúcia. O narrador ensimesmado. São Paulo: Ática, 1978. (Col. Ensaios, 47).
FRIEDMAN, Norman. Point of the View in Fiction, the development of a critical concept. In: STEVICK,
Philip. The Theory of the Novel. New York, The Free Press, 1967.
FRYE, Northrop. Anatomia da crítica. São Paulo: Cultrix, 1983.
GOMES, Regina. Teorias da recepção, história e interpretação de filmes: um breve panorama. Disponível
em http://www.bocc.uff.br/pag/gomes-regina-teorias-recepcao-historia-interpretacao-filmes.pdf
Acessado em 15 de julho de 2003.
HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP & A, 2006.
HARAWAY, Donna; KUNZRU, Hari. Antropologia do ciborgue: as vertigens do pós-humano. Belo
Horizonte: Autêntica, 2009, 2ª ed. Tradução e organização: Tomaz Tadeu.
JACOBSON, Roman. Linguística e Poética. In: Linguística e Comunicação. trad. Izidoro Blikstein e José
Paulo Paes. São Paulo, Cultrix, s/d.
JAUSS, Hans Robert. A estética da recepção: colocações gerais. In: LIMA, Luiz Costa (Org.). A
literatura e o leitor. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. p.43-61.
JOST, François; GAUDREAULT, André. A narrativa cinematográfica. trad. Adalberto Muller. Brasília:
EDUNB, 2009.
LIMA, Luiz Costa. Teoria da literatura em suas fontes. 2 ed. Rio de Janeiro, Francisco Alves, 1983.
MARTIN, Marcel. A linguagem cinematográfica. trad. Paulo Neves. São Paulo: Editora Brasiliense,
2003.
4
MARTIN-BARBERO, Jesus. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Prefácio de
Néstor García Canclini. Tradução de Ronald Polito e Sérgio Alcides. 6ª ed. Rio de Janeiro: UFRJ, 2009.
PELLEGRINI, Tânia et al. Literatura, cinema, televisão. São Paulo: Senac: Instituto Itaú Cultural, 2003.
PINTO, Milton José. Comunicação e discurso: introdução à análise de discursos. São Paulo: Hacker
editores, 2002.
PUCCI JR, Renato Luiz. Cinema brasileiro pós-moderno: o neon-realismo. Porto Alegre: Sulina, 2008a.
(Imagem – Tempo).
RAMOS, Fernão. Teoria contemporânea do cinema – volume 1e 2. São Paulo: Editora SENAC, 2005.
REIS, C. & LOPES, A. C. Dicionário de teoria da narrativa. São Paulo: Ática, 1988.
ROUANET, Sérgio Paulo. Édipo e o Anjo: itinerários freudianos em Walter Benjamin. 2 ed. Rio de
Janeiro, Edições Tempo Brasileiro, 1990 (Col. Tempo Universitário, 63).
SANTOS, Boaventura. Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez,
1997
SHOAHAT, Ella; STAM, Robert. Crítica da imagem eurocêntrica. São Paulo: Cosac Naify, 2006.
SMITH, Mary. Espectatorialidade cinematográfica e a instituição da ficção. In: RAMOS, Fernão (org.)
Teoria contemporânea do cinema – volume 1. Trad. Fernado Mascarello.São Paulo: Editora SENAC,
2005. 142-169.
SODRÉ, Muniz; FERRARI, Maria Helena. Técnica de reportagem: notas sobre a narrativa jornalística.
São Paulo: Summus, 1986.
STAM, R. Introdução à teoria do cinema. Tradução de Fernando Mascarello. Campinas, SP: Papirus,
2003.
STAM, Robert e SHOAT, Ella. Teoria do cinema e espectatorialidade na era dos pós. Trad. Fernando
Mascarello. In: RAMOS, Fernão (org.) Teoria contemporânea do cinema – volume 1. São Paulo: Editora
SENAC, 2005. p.393-424.
TODOROV, T. Como ler? In: Poética da prosa. Trad. Cláudia Berliner. São Paulo: Martins Fontes,
2003.