Você está na página 1de 2

CLARETIANO - CENTRO UNIVERSITÁRIO

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARTES - LICENCIATURA


TUTOR: LEANDRO HENRIQUE SIENA
ALUNO: VERÔNICA FRANZOI BARRATIERI
PRÁTICA DE AVALIAÇÃO CONTINUADA: ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE AULA

1. Título: AUTORRETRETO A MANEIRA DE CHUCK CLOSE


2. Tempo necessário: 3 aulas de 50 min
3. Etapa de ensino: Ensino Fundamental (anos finais)
4. Ano ou série da etapa de ensino: 6º ano
5. Objetivos da aula:
Conhecer as obras do artista Chuck Close e sua técnica de pintura;
Produzir seu autorretrato.
6. Conteúdo:
Autorretrato;
Apreciação de obra de arte;
Desenho e pintura;
7. Estratégias de ensino ou procedimentos didáticos:
Este plano de aula durará três aulas sendo:

1ª aula:
Apresentar o artista e algumas de suas obras por meio de Datashow ou apresentação no Power Point.
Fazer apontamentos sobre a técnica utilizada, materiais e suportes;
Questionar sobre as características da composição: como são as linhas, as cores e a composição;
Apresentar em seguida, um outro autorretrato de um pintor diferente para comparar e evidenciar as marcas
pessoais de cada artista e também chamar atenção da época em que foi pintada a obra;
Construir com o grupo uma definição para autorretrato;
Explicar a ideia para a próxima aula e fotografar um a um com uma câmara digital ou celular.

2ª aula:
Entregar a cada aluno, o seu retrato impresso em preto e branco e em folha A4;
Solicitar que façam uma grade com quadrados de 2,5 cm sobre a fotografia impressa, e após desenhar uma
grade proporcional (5 cm) em folha A3. Para facilitar pode-se numerar as linhas e as colunas. Cada quadrado
dentro da grade na fotografia corresponde a um quadrado no papel A3;
Após transferir sua imagem simplificada para a grade na folha A3, respeitando as proporções.

3ª aula:
Finalizar preenchendo cada quadrado com padrões (círculos, listras ...) com apenas duas ou três cores por
zona (face, fundo ...).
Organizar uma exposição no mural da escola.

8. Recursos/materiais:
Datashow, câmera digital, fotografia dos alunos, papel A4 e A3, régua, borracha, lápis preto e lápis de cor.
9. Referências:

BLOG COGITAMUNDO. Chuck Close – Arte mais real que a realidade. Disponível em:
<https://cogitamundo.wordpress.com/2009/02/03/chuck-close-arte-mais-real-que-a-realidade/
BLOG MINHARTT. Chuck Close. Disponível em:
<http://minhartt.blogspot.com.br/2012/05/chuck-close.html> Acesso em 30 abril 2018.
GOMES EVANDRO; SERAFIM LUIS. Arte Contemporânea – Hiper-realismo. Disponível em:
<http://hadcontemporanea.blogspot.com.br/p/o-que-e-hiper-realismo-e-um-estilo-de.html> Acesso
em 30 abril 2018.
MARTINS, SIMONE. História das Artes – Autorretrato. Disponível em:
< https://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/autoretrato/ Acesso em 30 abril 2018.
MARQUES, RODRIGO. Como Desenhar a Ampliação de uma Figura Usando uma Grade? Disponível em:
<https://www.cursodedesenhoclub.com/arte-do-desenho/106-como-desenhar-a-ampliacao-de-uma-
figura-usando-uma-grade> Acesso em 30 abril 2018.

10. Sugestão de trabalho interdisciplinar:


Esta aula pode ter apoio ou apoiar a disciplina de matemática no conteúdo de planos cartesianos.
11. Avaliação:
A avaliação, neste trabalho, será realizada durante todo o processo criativo, dando ênfase ao desempenho;
participação, assiduidade e envolvimento com a tarefa.