Você está na página 1de 3

AMIT GOSWAMI

Essa foi a aula que ele deu informalmente:

O nosso interior constantemente está dizendo: tédio, tédio e a gente quer fazer alguma
coisa...Ser iluminado é a capacidade de ficar entediado. É a capacidade de ter paciência, de
deixar ser. Ficar entediado sem desenvolver uma vibração negativa.

Se você desenvolver o hábito de ouvir e falar com você mesmo, você começa a desenvolver
sua intuição. Nós recebemos a intuição e precisamos ficar atentos aos chacras superiores, pois
é ai que ela fala e o cérebro fará um circuito positivo de emoção. Espiritualidade é uma
questão de equilíbrio.

O elétron pode estar em vários lugares ao mesmo tempo, por isso que nós olhamos e a
possibilidade colapsa e mostra onde o elétron está.

O elétron é uma onda de possibilidades multifacetadas e está em várias posições. Nós


observamos, ele se transforma em partícula. Quando ele está em vários pontos de
possibilidade, ele é onda e isso acontece instantaneamente, de forma que há uma
descontinuidade, onde está a onda e onde está a partícula.

Em 1982, Alain Aspect demonstrou a diferença entre esses dois domínios da realidade.

Só nesse domínio da realidade, a 3D, há necessidade de sinais. O domínio da comunicação é


instantâneo e sem sinais, esse campo á a consciência.

Até você observar o elétron, seu domínio sobre ele era vago, mas ao observar onde ele está,
você tem o domínio, sabe onde ele está. Essa mensuração muda o seu conhecimento.

Consciência é veículo para saber.

Moisés, Jesus, Platão, Sócrates, Confúcio, o trabalho deles não foi fundar religiões. Só que ser
cientista na época deles não tinha muita graça, porque você não tinha muitas máquinas e
ferramentas para trabalhar, então eles se voltavam para dentro. Eles ficavam observando em
que estímulo nasce o sentimento negativo e como se livrar dele. E ao olhar para dentro eles
descobriam: a consciência é tudo.

Por isso que Jesus disse: o Reino do Céus está dentro de você e fora de você. Jesus ensinava
física quântica...

Mas os ensinamentos foram corrompidos...Ele que queria que vocês entendessem, ame os
outros porque eles são você. Mas os ensinamentos dos antigos foram redescobertos por
Freud, Jung e a Física Quântica atual.

A matéria existe como possibilidade na sua consciência. A matéria se torna individualizada.

No domínio da realizações (matéria) nos vemos como separados e nos diferenciamos.


As crianças se sentem um com seus pais, seus amigos, elas conseguem ver tudo como uma
coisa só.

As religiões cometem o erro de separar Deus das pessoas – dualidade. Usam dogmas, que são
sistemas de crenças que excluem algumas coisas e não se pode incluir.

Então, passamos a tentar descobrir a verdade através da ciência. Mas a matéria, passando
pelo tempo/espaço não é verdade, essa teoria também exclui a verdade. A física quântica dá a
dica: a matéria é uma possibilidade. O que experimentamos em nosso interior também são
possibilidades.

Objetos são possibilidades com várias facetas e, ao observar, escolhemos, e ele se torna
realidade. E isso vira verdade para a mente, para a matéria e para a energia.

Anjos são arquétipos de beleza, amor, abundância, humildade, sabedoria. Toda a nossa
civilização deve estar baseada nesses arquétipos. Quando a ciência materialista exclui o
interior, ela joga fora os arquétipos e os seus significados.

Nossos sentimentos, o que sentimos está nos chacras.

Há 04 tipos de Universos possíveis/experiências: o material, dos sentidos, a energia vital, dos


sentimentos, o mental, dos significados e o da intuição, dos arquétipos.

Tudo incorporado na consciência, um campo que não exige sinal para comunicação.

Então temos duas imagens: a comunicação sem sinal, não local e a descontinuidade entre o
mundo da possibilidade e da realidade.

A memória tem propensão para criar certas possibilidades, então você não está livre para
escolher todas as possibilidades.

A personalidade negativa já está constituída, já está no cérebro, você já a tem, a positiva dá


trabalho, mas aprender vale a pena, transforma.

Verdade relativa : cada um acredita em uma coisa, você acredita nisso, eu naquilo, e eu digo a
você que o que eu acho é verdade e você diz que você é que tem a verdade. Isso limita a
criação.

Civilização é a capacidade de viver os arquétipos. Representar os arquétipos dentro de nós é a


representação positiva, como o amor. Evolução, é evolução da consciência, é criar cada vez
representações melhores dos arquétipos no ser humano.

Mudamos através da criatividade, é uma nova sensação, novas representações dos arquétipos.

O pensamento, antes do pensamento, vai no inconsciente e pega a onda das possibilidades, no


inconsciente todas as possibilidades existem.

Por isso você tem que dar tempo, esperar o próximo pensamento vir e dar a possibilidade a
você, mas o que te impede é o tédio, ficamos ansiosos e perdemos todas as outras
possibilidades. Se deixe estar, ser, relaxe.
Dessa forma, sua criatividade é melhorada e temos um novo modo de fazer – “do, be, do, be,
do, be” Esse é o mistério da criatividade.

Ativar o chacra do amor: (aqui ele fez essa meditação com os presentes, façam também):
Feche os olhos, fique confortável e pense em alguém que você ama muito. Agora pense em
algo bom que você viveu com essa pessoa, com riqueza de detalhes, cheiro, lugar, roupas, o
que disseram. Sinta então esse sentimento no chacra do coração, do amor e vá espalhando
esse sentimento para seus amigos, vizinhos, cidade, país, continentes, planeta e todo o
universo. Sinta no seu chacra do coração, sinta esse amor incondicional e universal.

Sexo sem essa energia do chacra coração, a energia vai para o umbigo e você dá poder ao ego
e ai você chama isso de conquista, faz exigências, quer sentir prazer.

Mas quando no relacionamento os dois se enxergam como um, então há um salto quântico,
pois o chacra cardíaco se abre e não há mais necessidade de sexo, você não precisa mais amar
só aquela pessoa, você percebe que pode amar todo mundo daquela forma e todos se tornam
uma família.

AMIT GOSWAMI