Você está na página 1de 27

Erros comuns na leitura da sinastria

Quando começamos a estudar astrologia é comum cairmos em alguns erros de interpretação da sinastria.
Escrevo neste post alguns dos erros que cometemos. Clique no título ou no link "ler mais" (em baixo)
para descobrir

Basear-se só nos signos solares.


Não era bom que fosse assim tão fácil? Ou não! Se isso fosse assim, haveria casais que jamais se dariam
juntos. Para começar uma pessoa não é um signo, mas sim um conjunto de várias características, e
essas características são dadas por vários signos que se encontram numa determinada casa ou planeta, que
transmitem as suas respectivas energias. Astro-logicamente falando, de um modo muito leviano, um
capricórnio não é nada compatível com o carneiro para um romance, mas, imagine que
esse capricórnio tem Vénus, Lua e Marte em carneiro! E que esse carneiro tem, por
exemplo, ascendente em Capricórnio e Saturno na casa 7. Este facto muda tudo! Estão a ver como é preciso
ver a grande imagem e não os pequenos detalhes?

O meu par ideal está representado na sétima casa.


Completamente errado! É assim, a casa 7 não é a casa do casamento por si só, mas sim a casa das parcerias.
Claro que um casamento é uma parceria, assim como a amizade, os colegas de trabalho, etc. Para ver o
nosso par ideal devemos ver o nosso Sol, a Lua, Vénus, Marte e Juno, tanto os signos que neles estão
inseridos como qual a casa que eles se encontram; assim como as casas 1 (a nossa identidade), casa 7
(parceira), casa 5 (dos amores e dos filhos) e as casas de agua (4, 8 e 12). A combinação de isto tudo dará
uma ideia.
Oposições, quadraturas e outros aspectos deste tipo são maus e representam incompatibilidade.
Mentira! Infelizmente na Internet encontramos todo o tipo de informações que estão mesmo muito mal
explicadas, ao ponto de ser ridículas. Uma vez, li que a oposição entre Vénus e Marte significava uma vida
destrutiva e que se deveria evitar a relação. Como estava a começar, eu já comecei a achar a astrologia uma
bobagem! Isto porque a minha irmã tem Vénus em Peixes e o marido dela Marte em Virgem e ambos são
muito felizes e até que não discutem muito. E este não é o único aspecto de tensão que eles têm!
Também é preciso ver, como eu disse acima, como estão os nossos planetas, casas e signos. E isto porquê?
Porque se eu tenho aspectos de tensão em mim, como Vénus em Balança e Marte em Escorpião
(quadratura), claro que achar alguém que me satisfaça, essa pessoa precisa de ter algumas tensões, desde
que no todo funcione. Por exemplo, alguém com Lua em escorpião e Saturno na casa 7 (porque a casa 7 é a
casa de balança e o Saturno nesta casa fica exaltado/ animado/ feliz, excitado...) pode satisfazer
estas necessidades. Uma coisa que também é preciso ver, é que os planetas nas casas absorvem a energia
dessa casa e do signo regente. Por exemplo, de certa maneira, ter Marte na casa 2 é quase a mesma que ter
Marte em Touro. Marte em Touro significa alguém com grandes interesses a nível de bens e que gosta de
agradar a pessoa amada com prendas, assim como Marte na casa 2 (Estas são duas das várias
caraterísticas).

Nas sinastria, Vénus e Marte são mais importantes porque Vénus é o planeta do amor e Marte da
parte sexual.
Se andam a acompanhar o meu blog devem lembrar-se de eu dizer que muita gente confunde o propósito
da Vénus com a Lua. Bem, a Lua mostra ,juntamente com o nosso Sol e ascendente, as nossas
necessidades emocionais e a Vénus, a maneira como transmitimos essas energias e o que idealizamos para
o amor. Por exemplo, Lua em Leão num escorpião com ascendente em caranguejo mostra um nativo que
desejo emoções muito fortes. Agora, imaginem que eu tenho Vénus em Capricórnio, o que significa que
eu transmito o amor de uma maneira calma e terra à terra apesar dos meus sentimentos intensos. Estão a
perceber? A minha lua sente e a minha Vénus transmite. O meu Marte trata da acção, tanto na iniciativa de
começar um relacionamento e o prazer sexual. O Sol também é muito importante! Muitas vezes, um
aspecto de Lua e Marte pode superar aspecto de tensão de Vénus ou Marte, sabiam? Se eu tenho Sol em
Caranguejo, lua em escorpião, Vénus em Touro e Marte em Capricórnio; e o o meu amor tem Sol em
Escorpião, Lua em Caranguejo, Vénus em Gémeos e Marte em Escorpião. O aspecto do Marte em
Escorpião dele com a minha Lua em escorpião (conjunção), da minha lua com o sol dele e vice-versa
(conjunção), é mais forte que a quadratura de Vénus Touro e Vénus em Gémeos. A oposição de Vénus em
Touro com Marte em Escorpião pode puxar uma grande atracão e satisfação sexual.
O mercúrio, Júpiter, Saturno e outros, também são importantes mas não têm tanta força. O mercúrio é a
comunicação do casal, o Júpiter a alegria, o Saturno as obrigações e deveres, etc... São muito importantes
na mesma, mas a área emocional tem mais destaque a a racional, embora que todas as relações precisam do
seu lado racional para segurar tudo.

As Casas na Sinastria de Sobreposição de Casas


Quando estamos a começar a estudar astrologia e nos deparamos com a sinastria, tudo pode se tornar numa
enorme confusão na nossa cabeça, especialmente com muitos sítios na internet a explicar o que é bom e o
que é mau e a não explicar que cada pessoa é diferente. Eu irei dar uma explicação muito geral, tentando
dar uns exemplos pelo caminho. Espero que gostem. Cliquem no link ou no link ler mais (em baixo)

O que o elemento de cada casa representa?


Cada casa tem um elemento e esse elemento é crucial para determinar o tipo de relação que podemos dar a
essa pessoa.

Casas FOGO - Casa 1, 5 e 9


Se eu activar as suas casas de fogo, você vai ver-me como alguém para passar um bom tempo e talvez ter
uma boa relação. Eu vou dar-lhe mais confiança, maior ego e aumentarei a sua criatividade. No entanto,
pode haver o risco de você ver-me como uma aventura, uma paixoneta e não algo mais profundo. Mas cada
caso é um caso, por exemplo: Se a Lua da Marta cair na casa 5 do Gabriel, e este ter o ascendente Leão,
isto até pode ser bom porque a Lua cai na casa 5 (casa natural de Leão). A casa um é a casa da imagem, a
casa 5 dos prazeres e filhos, e a casa 9 da expansão.

Casas TERRA – Casa 2, 6 e 10


Se eu activar a suas asas de Terra, você vai ver-me como alguém bom para a área prática da vida, alguém
que pode contar para a segurança, etc. Você pode ver-me como alguém bom para uma relação profissional.
Mas se eu tiver no meu próprio mapa, por exemplo, Vénus na casa 10, ou Vénus em Virgem, ou Juno em
Capricórnio na casa 2, etc. Eu poderei querer alguém que me toque nas casas Terras, porque me dará a
energia Terra que eu tanto quero e preciso.

Casas AR – Casa 3, 7 e 11
Estas casas são as mais leves e normalmente significam amizade e não algo mais. É uma relação de
compactidade racional, de interesses em comum, etc. Se eu tiver Vénus em Libra e ascendente Gémeos, eu
preciso de alguém equilibrado para mim e que me dê estímulo mental. Alguém com a Vénus na minha casa
3 (Casa de Gémeos), pode ser indicado para mim.

Casas AGUA – Casas 4, 8 e 12


São as casas mais potentes. Se o Sol, Lua, Marte ou Vénus calhar numa destas casas, fará toda a diferença.
Estas casas representam todo o fórum emocional, intimo, sexual, profundo que toda a relação deve ter.
Uma Lua na casa 4 pode mostrar sentimentos profundos para uma pessoa e de encontro emocional.

Quais os planetas mais fortes?


Os pessoais: Sol, Lua, Vénus e Marte. O Mercúrio é um planeta pessoal, mas ele mostra o lado racional e
não emocional, embora que uma relação também precise. O Saturno também importa porque ele representa
as responsabilidades de uma parceria. A posição da Lua poderá ser a mais importante porque ela revela o
tipo de sentimentos que se tem por uma pessoa.

Coisas a ter cuidado!


Muita gente fica afligida se só tiver um planeta pessoal numa casa de água do parceiro, mas isso não quer
dizer que a relação não possa existir nem que seja compatível. Aliás, bom é que exista um equilíbrio de
forças, ou seja, os planetas circulados por várias casas mas de referencia um planeta importante numa casa
de agua, como a Lua. Se nós activarmos uma casa do nosso parceiro que ele não tenha nada, nós iremos
transmitir força aí. Vários planetas numa casa de água causam muito impacto, mas, ao mesmo tempo, cria
uma dependência emocional.

O que as casas representam na sinastria de sobreposições.

Casa 1 – Planetas nesta casa tem um poder a nível de confiança, ego,


iniciativas, etc.
Casa 2 – Valores pessoais e também materiais, bens e posses, e finanças.
Casa 3 – Influencia o modo de pensar e comunicar.
Casa 4 – As nossas emoções, a segurança emocional, a família, a casas, etc.
Casas 5 - Tudo o que envolve romance, diversão, criatividade, filhos, etc.
Casa 6 - A rotina, o dia a dia como casal
Casa 7 – A parceira, a comunicação, etc.
Casa 8 – Transformação, sexualidade, poder, finanças, etc.
Casa 9 – Expansão, mentalidade, viagens
Casa 10 – Status, profissão, imagem para o público, etc.
Casa 11 – Aventuras, amizades, colaboração.
Casa 12 - tudo o que é profundo, intenso e sensível mas também confuso

O que significa o Saturno na casa do parceiro?

Qual é a relação que funciona sem obrigações, deveres e responsabilidades?


Nenhuma. Até mesmo aquelas leves e livre de compromisso, têm a obrigação de não levar as coisas
demasiado a sério e sim num ritmo divertido. Saturno também mostra as restrições e umas tensões que
pode haver, mas que toda a relação precisa. Saturno leva cerca de dois anos em cada signo. Clique no link
"ler mais" ou no título para ler o post.

Saturno na primeira casa (ascendente) do meu amor.


A pessoa do planeta Saturno tende a ter uma atitude tipo de “pai” com a pessoa amada. Sente por essa
pessoa uma necessidade de ser responsável mas precisa de ter cuidado para não bloquear e restringir os
comportamentos dos parceiros. Todos nós precisamos de ter atitudes maduras e infantis, faz parte do nosso
ser. A pessoa que tem o Saturno na sua casa vê a pessoa do Saturno como alguém responsável e que a
poderá ajudar a sentir-se segura. Nesta relação existe uma responsabilidade.

Saturno na segunda casa do meu amor:


Com o Saturno do nosso parceiro na nossa 2ª casa nós começamos a ganhar uma nova maneira de gerir a
nossa vida, financeiramente. A pessoa com o planeta Saturno tende a preocupar-se com as necessidades
financeiras, com as poupanças e gestão de dinheiro do parceiro. No entanto, pode vir ao de cima da pessoa
Saturno um lado que tente controlar o dinheiro, o que causa frustração. A pessoa com o planeta do parceiro
na sua casa ganha uma nova responsabilidade no que toca ao dinheiro. Vê o seu parceiro como alguém que
gosta de gerir as contas mas que o pode sufocar com as responsabilidades a nível de bens.

Saturno na quarta casa (Fundo do Céu) do meu amor:


A vida família vai ter que ser um destaque nas responsabilidades. A que pessoa que tem o Saturno na sua
casa 4, vai ver como o seu parceiro assume uma cota de responsabilidade a tudo o que toca assuntos
familiares (atenção, que vida familiar também vale para a família de origem de cada um). As pessoas com
o planeta Saturno estruturam as suas ideias práticas sobre a vida familiar, sobre os filhos, gestão em casa,
etc.

Saturno na quinta casa do meu amor:


O planeta Saturno na casa do divertimento, dos jogos e dos filhos. A pessoa Saturno pode sentir que o seu
parceiro (a) está a desperdiçar a sua vida, ou talentos, a ter uma vida leviana, na base do divertimento, sem
qualquer tipo de responsabilidades. A pessoa Saturno pode querer assumir um papel de “pai” perante a
pessoa da casa 5, ao ponto de cortar-lhe os "jogos". Também pode significar que a pessoa Saturno vai estar
mais encarregue dos filhos. Já a pessoa da casa 5 pode achar o seu parceiro (a) uma pessoa reservada,
inibida, que leva a vida muito a sério e precisa de se divertir mais.

Saturno na sexta casa do meu amor:


A pessoa Saturno educa/pede à pessoa da casa 6 para ser mais responsável na sua rotina da vida prática. A
pessoa Saturno, se não for muito rígida, pode ser uma mais-valia para a pessoa da casa 5. Todo o que
envolva agendas, contas a pagar, actividades, ou seja, tudo o que envolva a rotina. A pessoa da casa 6 pode
sentir-se mais organizada, mas também pode sentir-se presa ou controlada.

Saturno na casa 7 (descendente) do meu amor:


Com o Saturno na casa do seu parceiro romântico, ele(a) vai achar-te uma pessoa ideal. Este planeta rege
tudo o que é responsabilidade e compromisso, etc. Estas características devem estar presentes em todas as
relações. Com o Saturno nesta casa, a pessoa da casa 7 vai sentir que pode confiar na pessoa Saturno para o
que der e vier, seja qual for o tipo de relação que tem com ela. Muito bom para compromissos de longa
data.

Saturno na casa 8 do meu amor:


Com o Saturno nesta casa do parceiro, tudo o que tem a ver com questões financeiras em conjunto e
heranças, vai ter alguma discordância ou até mesmo restrição. A pessoa com Saturno pode ver-se aflita ao
ver que a pessoa da casa 8 não é muito poupada, ou a pessoa da casa 8 pode achar a pessoa Saturno forreta.
A nível sexual funciona de duas maneiras: ou existe um bloqueio a nível sexual e não há liberdade de
exploração, nem compatibilidade sexual; ou talvez a pessoa Saturno é uma espécie de professor sexual para
a pessoa da casa 8. Também pode acontecer que a pessoa da casa 8 funcione como um portal para a
desinibição da pessoa Saturno.

Saturno na casa 9 do meu amor:


A pessoa com o Saturno pode dar a conhecer um mundo mais “maduro” à pessoa da casa 9, a nível de
cultura ou pensamento. A pessoa com Saturno pode achar divertido desafiar os pontos de vista da sua
pessoa amada, ou então, cai no desejo de ser o professor dela. A pessoa da casa 9 pode não gostar muito
dessa atitude e até podem, ambos, cair no caminho de querer “ensinar” o outro. A princípio pode haver
uma dificuldade em ter os mesmos pontos de vista, mas, se for houver uma predisposição para
contrabalançar as ideias, podem aprender muito um com o outro.

Saturno na casa 11 do meu amor:


Com o Saturno do teu amor na tua casa, você pode sentir que o teu amor espera muito de si a nível social e
humanitário. Talvez o seu parceiro aja como se você tenha alguma importância na vida dele ou das pessoas
e isso mexa muito consigo a fim de você querer inovar-se para crescer a nível social. As amizades podem
ter um papel importantes, no entanto, o seu amor quer que tenha boas companhias, gente decente,
sofisticada.

Saturno na casa 12 do meu amor:


Com o seu Saturno na casa 12 do seu parceiro, você é um tutor para ele(a) a nível de inconsciente e de
medos. Você pode ter uma necessidade de querer ajudar o seu amor com tudo o que lhe faz sofrer, a fim de
fazê-lo combater os seus medos. Você pode ser alguém importante, mas também pode ser a principal fonte
de medo dele(a) se você impor ou obriga-lo(a) a esforçar a trabalhar os medos.
O meu sol na casa do meu amor| Relacionamentos|Sobreposição de casas

Sabe o que é um mapa sobreposto? Não! então consulte a


informação no meu blog antes de ver isto. Clique aqui

Se sim, isto é o significado do sol na casa dos nossos parceiros!


Atenção que isto fala de como você influencia o seu parceiro!
Porque o seu sol calha na casa dele(a)!

O que significa o meu sol na casa do meu amor?

O sol representa tua vitalidade e a tua força de viver. Também é a parte mais essencial do teu
ego. Nos relacionamentos, o sol é a energia que tu dás ao teu parceiro(a). É também onde
vocês os dois se encontram. Clique no título ou no link em baixo(ler mais) para descobrir tudo.

O meu Sol na segunda casa dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol da Daniela na segunda casa do Gonçalo
A segunda casa é associada com a frase "Eu quero", há um sentimento geral de que há algo de
concreto a ser adquirido através da associação do casal com essa sobreposição. Daniela pode
ter impressão que ela é, invés de uma pessoa, um objeto nos olhos do Gonçalo (se houver
aspectos de tensão), ou um meio para um fim. A possessividade material e emocional deve ser
evitada, pois isso pode levar vocês os dois sentir-se sufocados. Mas não é tudo negro, se
houver bons aspectos pode haver um sentido e junção e de protecção da parte da Daniela e o
Gonçalo pode sentir-se protegido com a presença dela. Numa relação, tanto a nível emocional
como sexual é provável que haja um desejo mas, novamente, não se esqueçam de evitar tratar
o outro como se fosse é dono dele.

O meu Sol na terceira casa dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol do Gonçalo na terceira casa do João
O Gonçalo pode aumentar o desejo de comunicação e auto-expressão do João e aumentar o
interesse dele em conhecer e compartilhar ideias. O relacionamento deles estimula as
habilidades mentais, especialmente do João, e também é favorável para escrever, falar e fazer
novas conexões. O Gonçalo estimula interesse do João do mundo em torno dele, mas também
pode ter grande influência nas idéias e opiniões. A parceria deles é descontraída. O problema é
que esta é uma sobreposição um pouco superficial, e se o Gonçalo quer ser ser levado mais a
sério como um parceiro, deve verificar onde a lua dele Lua cai na tabela do João. Se a Lua
também é encontrada em uma casa leve, o João pode não ter um impacto muito profundo
a nível emocional.

O meu Sol na quarta casa (IC| Fundo do Céu) dele/dela:

Usemos o exemplo: O Sol da Maria na quarta casa da Daniela


Esta posição promove uma conexão poderosa entre as duas. Um sentido básico de identidade
compartilhada é sentida entre a Maria e a Daniela. A Maria pode ter um forte desejo de proteger
e defender a Daniela, e há uma sensação de que elas estarão sempre uma ao lado da outra. A
Maria afeta profundamente e intensamente a Daniela de uma maneira que talvez nem ela
imagine, e é provável que a Daniela seja muito sensível às acções da Maria. É provável que a
Daniela sinta uma forte ligação e um carinho especial pela Maria desde os primeiro tempos se a
lua também se situar numa casa de agua, só que ela pode se sentir um pouco dependente da
Maria para apoio emocional. Esta é uma relação íntima e pessoal, e nem sempre é racional. Na
verdade, a Maria pode estimular a criança interior da Daniela, e ela pode não responder de
forma que não faça muito sentido.

O meu Sol na quinta casa dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol da Gabriela na quinta casa do Tiago.
Esta é geralmente considerada como uma excelente posição para o romance e diversão. A
Gabriela traz a criatividade e o senso de diversão ao Tiago . Muitas vezes, este par tem um
forte interesse em fazer filhos juntos, embora aspectos difíceis do Sol aos planetas do Tiago
pode apontar para crianças como sendo uma fonte de conflito no relacionamento, ou, se as
crianças não são o problema, o Tiago pode sentir-se sufocado pela necessidade incontrolável de
ser o único que dá prazer à Gabriela. Os ciúmes e a possessividade podem ser resolvidas, mas
a Gabriela pode exibir esse lado mais do que o Tiago. O Tiago vê-a como um veículo através do
qual ele pode se divertir, e talvez como impulso a um ego. O sucesso desta relação vai
depender muito de como respondem a isso. Esta é uma sobreposição criativa e dinâmica, com
muita atração romântica e da promessa de muito tempo de lazer.

O meu Sol na sexta casa dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol do Roberto na sexta casa da Tâmara.
Esta sobreposição é interessante, um multi-facetado. Por alguma razão para a Tâmara no dia-a-
dia, os assuntos tornam-se no seu negócio. De alguma forma, eles ajudam-se a organizar a vida
um do outro, o, e querem saber as pequenas coisas que fazem o seu dia. Às vezes é uma
coisa inconsciente, e têm têm prazer nisso. Outras vezes, é difícil explicar porque o Roberto se
envolve tanto no dia a dia da Tâmara. Esta relação pode ser uma parceria, equilibrado e também
desigual. O perigo com esta posição, se houver aspectos de tensão, é que o Roberto pode
tornar-se autoritário ou curioso, se não for mantido sob controle, e a Tâmara pode sentir-se um
pouco dependente de dele. Se houver aspectos positivos, o Roberto é uma mais valia para a
Tâmara. Eventualmente, o desequilíbrio no relacionamento pode ser uma fonte de
ressentimento. No seu melhor, o Roberto mostra o seu carinho à Tâmara, fazendo pequenas
coisas para ela ou dar-lhe bons conselhos. No seu pior, ele acaba criticando as pequenas coisas
que ela faz. Como essa posição é importante ver os aspectos que o Sol dele faz com os
planetas dela. Aspectos difíceis pode apontar para uma relação que está desequilibrada e que
se vai transformando em um fardo. No entanto, os aspectos de fluxo pode sugerir uma relação
em que um ou o outro assume um papel útil.

O meu Sol na sétima casa ( DC| Descendente) dele/dela:


Usemos o exemplo: O sol do Tiago na casa 7 do João.
Esta sobreposição é muito magnética. Este é um dos mais poderosos aspetos de sobreposições
em sinastria, resultando em uma união muito natural entre duas pessoas. O João vai ver com
tempo que o Tiago pode ser o seu parceiro ideal . O cuidado principal aqui e o mais perigoso, é
que a união é tão poderosa que a identidade do João pode se sentir um pouco perdida ao ponto
de tornar o Tiago a razão da sua existência, e se o Tiago não for uma pessoa equilibrada pode
usar isso a favor dele. Se por acaso o Tiago for equilibrado ele vai ajudar o João a aprender
mais sobre si mesmo através da relação. Isto porque o João vê no Tiago traços que ele é
inconscientemente atraído a fim de efectuar uma sensação interna de equilíbrio. Pode também
haver um pequena competitividade. Esta relação tem muita possibilidade de durar uma vida se
os aspectos da parte do Tiago também forem fortes. Compromisso é a palavra-chave desta
posição e eles tentam manter o equilíbrio e harmonia no relacionamento. O João pode não estar
disposto a "compartilhar" o Tiago com os outros preferindo algum tipo de compromisso serio.

O meu Sol na nona casa dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol do Luís na casa 9 da Júlia
A Júlia vê o Luís como uma pessoa com quem ela pode procurar um acordo e de afirmação para
o seu próprio sistema de crenças. Esta é uma parceria um pouco intelectual, uma construída
sobre visões e ideais comuns. Luís pode impactar a Júlia de tal forma que as crenças dela são
transformadas. Ele abre a ela uma nova maneira de olhar o mundo , inspirando e motivando-a a
ver o mundo de forma diferente, correr alguns riscos, desfrutar de diferentes culturas, e de ser
um pouco mais aventureira. Ele também tem o efeito de alimentar a confiança dela, e olhar para
além do trabalho penoso da existência diária, para sonhar, e fazer mais. O Luís pode expandir
os horizontes da Júlia, seja horizontes mentais ou físicos, ou ambos! Ele deve estimular um
espírito mais aventureiro nela.

O meu Sol na décima casa (MC| Meio Céu) dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol da Margarida na casa 10 do Rui.
O Rui tem um grande interesse no lugar da Margarida na sociedade, seja o seu trabalho ou o
estado geral. Às vezes isso indica que o ele percebe que ela esteja em uma posição de
autoridade ou status, e ele naturalmente tende a segui-la dando à Margarida a "autoridade".
Algumas tensões podem ocorrer com esta posição, simplesmente porque não há um sentimento
de igualdade nesta relação. A Margarida pode sentir-se como um objeto, ou um veículo, em vez
de uma pessoa, e como ela lida com a dependência do Rui é que vai determinar o curso do
relacionamento.

O meu Sol na décima primeira casa dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol do Rui na casa 11 do Luís
O Luís tem a forte sensação de que o Rui é alguém com quem ele pode compartilhar prazeres e
objetivos comuns. O Rui é amigo e camarada do Luís, e eles apreciam plenamente os
momentos de lazer juntos. Esta posição oferece um maravilhoso tema da tolerância e aceitação.
Nem um deles está julgando o outro. Os problemas podem ocorrer se o Luís estiver à procura de
um elo mais forte, de algo mais íntimo com o Rui porque ele pode não vê-lo como mais do que
um bom amigo.

O meu Sol na décima segunda casa dele/dela:


Usemos o exemplo: O Sol da Júlia na casa 12 da Margarida
Esta sobreposição pode ser uma confusão. Pode haver uma sensação geral de desconfiança
que decorre de equívocos. Mas a Margarida pode ficar muito fascinada com a Júlia, como se
ela fosse diferente de todas as outras pessoas que ela alguma vez viu, o que a pode fascinar.
No entanto a Júlia não consegue "ver" o que a Margarida vê, por isso a Júlia deve evitar
encontrar razões irracionais para desconfiar da Margarida. As acções da Júlia terão um impacto
profundo emocional sobre a Margarida, a Júlia pode puxar para cima muitas emoções da
Margarida. Pode ser uma relação de sentimentos profundos e ,a nível espiritual, muito
recompensador.

O que significa a posição na da nossa lua no mapa da outra pessoa?


A Lua rege a nossa vida emocional. É muito importante nas relações pessoais onde os
sentimentos são fundamentais. A posição da lua nas casas do parceiro revela qual a área onde
vocês podem sentir-se mais conectados. Isso depende também dos aspectos da nossa lua com
outros planetas do nosso parceiro. Aqui costumam confundir com Vénus: A lua mostra como nós
sentimos e a Vénus mostra como expressamos o amor, é diferente! Clique no título ou no link
em baixo(ler mais) para descobrir tudo.

A minha Lua na primeira casa (AC| Ascendente) dele/dela:


Usemos o exemplo: A lua da Rita na casa 1 do Rafael.
A Lua da Rita está na primeira casa do Rafael, e isso mostra que ele tende a ver o
relacionamento como uma forma de fornecer os sentimentos emocionais e a segurança. O
Rafael sente-se bem com a família ou estilo de vida da Rita e sente-se muito em casa com
ela. O Rafael sente-se atraído aos sentimentos da Rita e isso faz com que ele respeito os seus
sentimentos. Pouco a pouco a Rita pode sentir muito feliz com esse lado dele.. O Rafael vai
estar muito confortável e em paz na vida doméstica.

A minha Lua na segunda casa dele/dela:


Usemos o exemplo: A lua do Miguel na casa 2 da Joana.
A lua na segunda casa é um aspecto lá muito favorável porque esta casa é a casa de Touro,
signo onde a lua fica exaltada. Os vossos sentimentos e apegos podem sentir muita segurança,
mas também podem depender muito da segurança do dinheiro e dos bens materiais. O Miguel
pode tornar-se importante na vida da Joana mas ela também corre o risco de ter o mesmo valor
que os bens materiais, ou seja, de se arrastarem numa relação que já não funciona mas que
continua por motivos materiais (isto num mau cenário). No lado positivo o Miguel pode dar apoio
financeiro à Joana e até emocional. Com este colocamento o amor se encontra à volta dos bens
e do dinheiro mas não significa que não possa existir uma boa relação.

A minha Lua na terceira casa dele/dela:


Usemos o exemplo: A lua da Joana na casa 3 da Rita.
A Joana sente conforto e facilidade na comunicação com a Rita. A Joana aumenta a ligação
emocional e o interesse em comunicar à Rita quando ela expões os seus sentimentos. A
Rita pode encontrar-se numa relação calorosa e amorosa, reflectindo as ideias da Joana, muitas
vezes, sente a necessidade e expressar as necessidades com ela. Esta casa é uma casa leve,
no entanto, a colocação da Lua pode ajudar em momentos de crise, pois, os sentimentos nunca
ficam subterrados. Se as lua estiverem em com aspecto, pode ser muito gratificante (ex: Lua em
peixes com Lua e Peixes)

A minha Lua na quarta casa (IC| Fundo do Céu) dele/dela:


Usemos o exemplo: A lua do Rafael na casa 4 do Miguel
Quando a Lua do Rafael está na quarta casa do Miguel, significa que o Rafael traz ao Miguel um
desejo de criar uma base sólida de casa e da família, e é muito provável que ele compartilhe e
desfrute de todos os prazeres e deveres de uma relação quente doméstica. O Miguel tem a
sensação de estar em família e que realmente vão ficar juntos. O Miguel está mais inclinado a
auto-reflexão e experimentar uma maior necessidade de privacidade. O Miguel pode estar no
clima para re-explorar suas memórias de infância e condicionamento dos pais. O calor da lua do
Rafael na casa do Miguel pode dar ao Miguel um conforto e um carinho especial. Grandes
sentimentos podem aflorar, visto que esta casa é a casa dos sentimentos.

A minha Lua na quinta casa dele/dela:


Usemos o exemplo: A lua do Luís na casa 5 da Madalena
Com a Lua do Luís está na quinta casa da Madalena, o Luís aprecia os interesses criativos dela
e fornece uma audiência encorajadora para aumentar o desejo dela de ser mais brincalhona e
divertida. Ele salienta a vontade dela para brilhar seja no afecto, na criação expressa e com ele
ela pode colocar o seu toque pessoal nas coisas. Com ele, ela vai sentir-se livre de se expressar
com criatividade, participar de tomadas emocionais, tais como festas,, romance canto, dança e
crianças. A lua alimenta a brincadeira, mas não quer dizer que a relação possa ser menos séria.
Existe uma enorme descontracção e isso ajuda com os assuntos que envolvam filhos. No
entanto, como a lua passa por imensos períodos de humor, assim pode a relação, no entanto,
períodos muito rápidos.
A minha Lua na sexta casa dele/dela:
Usemos o exemplo: A lua da Sara na casa 6 do Dinis.
Quando a Lua da Sara está na sexta casa do Dinis significa que ela gosta de ajuda-lo e
que melhora o seu desejo de criar segurança através do trabalho. O Dinis está mais interessado
em metas de longo prazo e dispostos a prestar mais atenção aos detalhes. Graças à Sara
ele desenvolve habilidades de trabalho para ajudar os outros. Ele pode encontrar-se
emocionalmente com a protecção do seu posto de trabalho, sentindo-se mais consciente de
preocupações com a saúde, e melhorar o seu ego e o seu ambiente. Esta relação é mais
de colegas de trabalho, no entanto, não significa que não possa ser forte. Esta é uma casa de
terra, onde a lua (agua) se sente confortável, ou seja, os sentimentos (lua) podem ser recebidos
no dia a dia (casa 6). O sentimento partilhado é bom, se não houver tensões.

A minha Lua na sétima casa (DC! Descendente) dele/dela:


Usemos o exemplo: A lua da Graça na casa 7 da Daniela.
Quando a Lua da Graça está na sétima casa da Daniela significa que ela dá à Daniela um
desejo de nutrir e experimentar uma harmoniosa relação a nível emocional. O casamento e
companheirismo significa mais para a Daniela do que como uma cooperação. A Daniela pode
encontrar-se instintivamente na Graça, disposta a desempenhar um papel de apoio e ser
sensível às necessidades dela. É uma boa colocação para uma relação. Ambas podem
encontrar uma boa empatia emocional. O problema aqui é que o casal pode passar por vários
estados de humor, mas nada que não se resolva.

A minha Lua na nona casa dele/dela:


Usemos o exemplo: A lua da Susana na casa 9 do João.

Quando a Lua da Susana está na oitava casa do João significa que ela vai sentir-se muito
solidária com as aspirações do João, crenças religiosas, perspectiva, política, e visões sobre a
vida, e ela vai procurar melhorar o seu progresso . O João vai sentir um desejo por viagens e
expansão, e é provável que buscam desenvolver ou encontrar uma filosofia ou conjunto de
princípios que dão à vossa vida um significado maior. O João pode sentir a necessidade de
experimentar tudo o que lhe dará perspectiva mais ampla e uma abertura para buscar
informações de fontes estrangeiras graças a ela. Ele sente muito encorajado para expandir-se.

A minha Lua na décima primeira casa dele/dela:


Usemos o exemplo: A Lua da Luísa na casa 11 da Susana.
Quando a Lua da Luísa está na décima primeira casa da Susana, elas compartilham um alegre
relacionamento, com uma base na amizade. A Luísa traz à Susana um desejo de criar um novo
futuro em que tanto pode expressar as suas idéias inovadoras e individualidade no seu círculo
social de amigos.A Susana vai manter um grau razoável de objectividade sobre a Luísa. O
problema aqui é que o relacionamento pode ser muito leve e elas não tendem a compartilhar
sentimentos e preocupações mais profundos. A Susana pode sentir uma real necessidade de
encontrar segurança entre grupos de pessoas de pensamento progressista, onde ela sente
que pode expressar melhor a sua espontaneidade e nutrir seus intelectuais ideais humanitários.
Esta posição é boa, mas infelizmente não muito forte (Não impossível!). Precisam de ver outros
aspectos.

A minha Lua na décima segunda casa dele/dela:


Usemos o exemplo: A Lua do João na casa 12 do David.
Quando a Lua do João está na décima segunda casa do David, significa uma forte ligação e
uma grande e profunda intimidade entre os parceiros. O João vai sentir uma maior sensibilidade
para as suas necessidades e as necessidades do David. Pode haver um desejo de encontrar um
caminho espiritual para o seu relacionamento, um curso natural, sem controvérsia ou conflito.O
David pode sentir uma grande necessidade de confiar todos os seus mais profundos
sentimentos ao outro, e a verdade é que provavelmente pode confiar no João. A paz interior
torna-se muito importante para o David e os seus profundos sentimentos para com o
João reflectem na sua sensibilidade para as necessidades dele. A colocação de uma lua de
signo de agua (Cancer/caranguejo, escorpião e peixes) nesta casa com uma conjunção do Sol
nos dois parceiros (Ex: O João é cancer/Caranguejo com lua de peixes e o David Peixes com
lua de cancer/caranguejo) aumenta estrondosamente o poder desta casa. Pode até haver uma
ligação psíquica. O tipo de casal que parece que advinha o que o outro está a sentir. Esta casa
também tem um lado mau. Esta relação pode passar apenas de uma ilusão ou de um sonho, em
alguns casos, nos que têm piores aspectos (excessos de oposições e quadraturas.)

O que significa ter a Vénus na casa do meu amor?


Como o planeta do amor, Vênus é extraordinariamente importante na sinastria. A localização da
tua Vénus nas casas do teu parceiro mostra onde tu mostras mais e dá mais os teus encantos,
os presentes criativos e o carinho. Os aspectos que inter-Vénus faz com planetas do teu
parceiro determina quão fácil ou difícil é para vocês expressar essas qualidades.Clique no título
ou no link em baixo(ler mais) para descobrir tudo.

A minha Vénus na primeira casa (AS-Ascendente) dele/dela:


Quando a tua Vênus está na primeira casa do teu parceiro romântico, o teu parceiro vê-te como
uma pessoa bonita, charmosa e tu fazes com que ele ou ela se sinta mais atraente e
apreciado(a) sempre que estão juntos. Tu atrais a sua atenção e o teu amor constrói os
seus objectivos à tua volta. Quando a Vénus do teu amor está na tua primeira casa, tu estás
disposto a fazer grandes coisas para agrada-lo. Tu gostas da forma como ele ou ela te ama. Tu
consegues relacionar-te com sentimentos estéticos dele(a) sobre o amor e romance, e desfrutas
do tempo passados juntos.

A minha Vénus na terceira casa dele/dela:


Quando a tua Vénus está na terceira casa do teu parceiro romântico, as tuas conversas com
ele(a) são geralmente amigáveis e agradáveis. Tu atrais belos pensamentos e doces palavras
dele(a) em troca. Falar de amor, romance, parceria, e a apreciação da beleza dá-vos
prazer. Quando a Vénus do teu parceiro de relacionamento está na tua terceira casa vocês vão
discutir muito menos do que a maior parte dos amantes. Tu estás intelectualmente atraído ao teu
amor e aprecias partilhar os teus pensamentos com ele.

A minha Vénus na quarta casa (FC- Fundo do Céu) dele/dela:


Quando a tua Vénus está na quarta casa do teu amor significa que vocês adoram passar tempo
juntos, e que tu dá-lhe um maior amor pela casa e pela família dele(a) do que ele ou ela
normalmente sente. A beleza estética de uma casa bonita e harmoniosa, e um ambiente de
carinho fornece uma base confortável para a vida do vosso dia a dia. Quando a Vénus do teu
amor está na tua quarta casa, tu ficas com profundos sentimentos de amor e admiração por
ele(a) e encontras a beleza no prazer de estarem juntos.

A minha Vénus na quinta casa dele/dela:


Quando o tua Vênus está em quinta casa do teu amor há sempre uma novos acontecimentos
felizes para o vosso amor. O teu parceiro tem um sentido lúdico de romance e gosta de
compartilhar a sua criatividade contigo. Quando a Vénus do teu parceiro de relacionamento está
na tua quinta casa, as actividades românticas são susceptíveis de ser uma parte muito
importante desta relação. Tu sentes a assumir riscos, expressando e desfrutando os vossos
sentimentos românticos.

A minha Vénus na sétima casa (DC- Descendente) dele/dela:


Quando a tua Vénus está na casa 7 do teu amor, o teu parceiro que acha-te interessante e
atraente como um parceiro de relacionamento. Tu atrais o teu amor para o seu companheirismo
de convívio, criando um grande desejo com ele ou ela para ficar contigo. Quando a Vénus do teu
parceiro está na tua sétima casa, tu és fortemente atraído para ele ou ela e amas tudo sobre
vosso casamento ou relacionamento.

A minha Vénus na oitava casa dele/dela:


Quando a tua Vênus está na oitava casa do teu parceiro romântico, tu estimulas sentimentos
amorosos e sexuais do teu amor, fazendo-o amar-te profundamente. A intimidade sexual e um
sentimento de renovação pessoal atraem-vos tanto. Quando a Vénus do teu parceiro de
relacionamento está na tua oitava casa, tu vais achar o teu parceiro sexualmente atraente e um
pouco misterioso. Uma complexa relação pode desenvolver-se. Vocês são muito atraídos para a
vossa energia e a experiência de união profunda e intensamente. Ambos tendem a fazer bons
empreendimentos financeiros.

A minha Vénus na nona casa dele/dela:


Quando a tua Vênus está na nona casa do teu parceiro romântico, o teu parceiro tem um grande
respeito e apreço pelo teu estilo de vida pessoal e filosofia. Podes criar um relacionamento com
o teu amor com liberdade, viagens, experiências de aventura e da busca para a verdade
interior. Quando a Vénus do teu parceiro de relacionamento está na tua nona casa, vês o teu
parceiro como um parceiro e um mentor. Tu está interessado em compartilhar a vossa vida e
filosofia de vida, e estão mais abertos a experimentar novas experiências e adotar perspectivas
mais amplas.

A minha Vénus na décima casa (MC- Meio do Céu) dele/dela:


Quando a tua Vênus está na décima casa do teu parceiro romântico, tu ficas com um grande
interesse na sua carreira e reputação pública. Tu sentes atraído a ele(a) porque vês o teu amor
como uma figura de autoridade, e estás disposto(a) a concentrar o teu amor na construção de
uma carreira que vai dar status e reconhecimento para os dois. Quando a Vénus do teu amor
está na tua décima casa, tu vais ver o teu parceiro a ser muito favorável nas tuas ambições e no
progresso. Tu podes até conhece-lo através de sua carreira, mas apesar das circunstâncias tu
gostas de trabalhar com ele ou ela.

A minha Vénus na décima primeira casa dele/dela:


Quando a tua Vénus está na décima primeira casa do teu parceiro romântico, significa que
vocês gostam de sair e de socializar juntos. Ele ou ela ficam muito atraído pelo teu interesse nas
pessoas e vê-te tanto como um amante como um amigo. Quando a Vénus do teu parceiro de
relacionamento está na tua décima primeira casa, são atraídos para as preocupações
humanitárias, grupos sociais, e estilo de vida inovador, e vocês tenderão a desenvolver um amor
para os mesmos amigos, grupos e actividades sociais.

A minha Vénus na décima segunda casa dele/dela:


Quando a tua Vênus está na décima segunda casa do teu parceiro romântico, tudo pode parecer
um pouco misterioso para vocês. Muitas vezes há algo escondido sobre o vosso relacionamento
que vocês mantêm apenas para vocês mesmos. Quando a Vénus do teu parceiro de
relacionamento está na tua décima segunda casa, tu vais sentir-te intrigado e fascinado pelo teu
parceiro, mas ao mesmo tempo inseguro(a) com a sua posição. Isso pode torná-te mais
introspectivo. Tu podes encontrar-te em circunstâncias em que tu sentes que é só deixar levar
nas mãos do destino.

O que significa o meu Marte na casa do meu amor?

Toda a relação precisa de energia para dar-lhe vigor e força. Marte ajuda a dar essa energia. A sua posição
em sobreposições de sinastria nas casas, diz-nos onde o seu lado agressivo mostra mais na vida do seu
parceiro. Você está apto a dominar essa parte de sua vida, ou pelo menos se você quiser. A influência de
Marte pode ser difícil de lidar em função dos aspectos. O Sol mostra como nós atraímos essa pessoa com a
nossa personalidade, a nossa maneira de ser e como essa pessoa nos vê.A Vénus mostra as nossas afeições
por essa pessoa e o carinho que sentimos por ela. O Marte mostra o que nós atraímos na pessoa, o nosso
"!sex-appeal", etc. Clique no título ou no link em baixo(ler mais) para descobrir tudo.

O meu Marte na primeira casa (AS- Ascendente) do meu amor:


Quando o teu Marte está na primeira casa do teu parceiro romântico, tu tendes a ser direto na tua
abordagem. O teu parceiro também sente-se mais assertivo, auto-centrado, desejoso da liberdade e mais
disposto a desafiar-te. Quando o Marte do teu parceiro de relacionamento está na tua primeira casa, tu
sentes inspirado por ele(a) ser mais agressivo, por ter foco nos teus interesses em primeiro lugar, e ter mais
energia e vontade de ir atrás do que tu queres. A atracão aqui é a imagem física, a "mascara" e a
individualidade o que dará uma forte atracão sexual.

O meu Marte na segunda casa do meu amor:


Quando o teu Marte é na segunda casa do teu parceiro romântico, tu procuras exercer uma influência na
maneira como o seu parceiro lida com questões financeiras. Isto pode deixá-lo um pouco irritadiço por tu
controlares os seus gastos financeiros. Quando o Marte do seu parceiro de relacionamento está na sua
segunda casa, você pode sentir que o seu parceiro está tentando assumir as suas finanças. Isso
provavelmente vai ser uma fonte de atrito entre vocês. A atracão aqui está nas poses, no dinheiro e nos
valores pessoais.

O meu Marte na terceira casa do meu amor:


Quando o teu Marte está na terceira casa do teu parceiro romântico, tu estimulas o teu parceiro
incentivando-o a novas conversas, novos temas e a aumentar a actividade cerebral para ele(a) conversar
mais. Vocês podem aprender muito com as vossas discussões, no entanto, as vossas discussões poderão não
ser nada pacíficas, onde cada um tenta ferir o outro (especialmente a pessoa com o Marte). Tu não poupas
nos discursos com o teu parceiro, és directo, franco e gostas de dizer tudo na cara e pode ser isso que fez o
teu amor olhar para ti, no entanto, é preciso saber medir as palavras.

O meu Marte na quinta casa do meu amor:


O teu Marte na quinta casa do teu amor significa que tu és extremamente atraente nos olhos do teu amor,
ao ponto de o colocar louco de desejos. Vocês incentivam os jogos sexuais, as vossas aventuras, jogos e
brincadeiras. É uma boa colocação para um casal, ou amantes, no entanto nem tudo é pêra doce. Esta
colocação pode significar discussões acerca dos filhos, com as apostas de jogos, etc. É preciso ver os
aspectos à volta de Marte.

O meu Marte na sexta casa do meu amor:


Marte na casa do teu amor, é um sinal que tu gostas de incentivar a rotina e o modo de trabalhar do teu
parceiro mas é preciso ter cuidado porque pode causar uma impressão de "trabalho vem em primeiro
lugar". Tu podes ajudá-lo a ser mais exigente e tomar atenção aos detalhes práticos da vida. As
vossas discussões estarão à volta da rotina e da saúde, e para os casais que trabalham juntos pode
ser cumpliciado separar as coisas. Não é muito aconselhável para colegas de trabalho com o mesmo nível.

O meu Marte na sétima casa (DC - Descendente) do meu amor:


Com este posicionamento, tu és o(a) líder do relacionamento. Tu incentivas o teu amor a criar novos
relacionamento, novas associações e uma nova política relacional. Pode existir uma pequena competição
entre vocês os dois para ver qual de vocês é o mais forte. É preciso ter cuidado. Esta colocação mostra uma
certa atracão sexual, no entanto, não significa que possa ser uma relação permanente porque esta casa é a
casa do casamento e o Marte é o planeta da guerra. No entanto, se os aspectos forem positivos, o amor
poderá ser intenso.

O meu Marte na oitava casa do meu amor:


A colocação de Marte nesta casa é extremamente forte. Esta colocação indica que o seu parceiro tem um
enorme calar sexual, uma grande carga de paixão e até uma certa obsessão por si. Você é tudo o que ele
deseja a nível sexual, tornando-te num sex-symbol. Mas é preciso ver que como é forte para o lado bom,
também é para o lado mau. Esta colocação pode dar ao teu amor rancor, ódio e uma raiva extrema por ti, ou
vice-versa. As vossas discussões terão sempre um foco profundo em vocês.

O meu Marte na nona casa do meu amor:


A pessoa com o Marte gosta de partilhar, incentivar e aumentar a mentalidade filosófica do seu parceiro a
fim deste poder subir na vida a nível filosófico. Você quer que o seu amor siga para as suas metas e que
este tenha um modo forte de encarar a vida. Juntos podem realizar com sucesso coisas no que diz respeito
às crenças, a filosofias e estudos. Mas isto também pode significar que a pessoa com Marte opõe-se com as
crenças do seu parceiro(a) ou obriga o seu amor a mudar tudo aquilo em que acredita.

O meu Marte na décima casa( MC - Meio do Céu) do meu amor:


Esta posição pode ser um pouco frustrante se o casal não estiver apto. A pessoa com o Marte gosta de
incentivar, mexer e conduzir a vida profissional do seu amor, o que pode causar frustrações se o seu
parceiro não gostar de ser controlado, ou da profissão que você quer que ele tenha ou do modo de trabalho
que quer que o seu amor tenha. A pessoa com Marte pode tornar-se demasiado exigente na meta de vida do
seu amor. Precisa de controlar esse lado. No lado positivo, a pessoa com o Marte consegue que o seu amor
cresça na vida e que cumpra as metas colocadas e, se os interesses forem comuns, trará satisfação à pessoa
amada.

O meu Marte na décima primeira casa do meu amor:


Poderá ser uma boa colocação com pessoas com objectivos comuns em organizações, clubes e em
trabalhos de equipa porque esta colocação trará uma boa capacidade de seguir em frente com os objectivos
pré-estabelecidos. A pessoa com Marte dará ao parceiro um novo modo de inovar e a garra para realizar os
planos. Mas se os aspectos à volta de Marte estiverem com tensão, pode haver grandes discussões a nível
de conexão e de amizade (coisa que todas as relações precisam) e o que podia ir em frente e se
concretizar pode terminar mal.

O meu Marte na décima segunda casa do meu amor:


O Marte está numa casa de assuntos do inconsciente e de emoção profunda, logo todas as discussões que
houvera afectará intensamente a pessoa da casa 12. A atracção sexual pode ser grande e ambos podem
partilhar todos os seus sentimentos profundos porque de certo que chagará ao outro lado. A pessoa com o
Marte pode dar a sensação de estar a sufocar quando na realidade só quer perceber os sentimentos, tanto
bons como maus, da pessoa amada. Mas a sua intervenção é tanta que o parceiro(a) sente-se violada na sua
privacidade. A pessoa com o Marte precisa de aprender a dar espaço. Se houver aspectos de tensão a
pessoa com o Marte pode ferir e/ou tentar manipular de um modo cruel a outra pessoa.

O que significa o meu Mercúrio numa casa do meu amor?


O Mercúrio tende a ser ignorado na sinastria em favor de outros planetas mas o Mercúrio é
importante para uma boa comunicação, que cada relação tem de ter para sobreviver. Este
planeta rege como vocês transmitem as ideias em palavras, e em seguida, em acção. O
teu Mercúrio numa das casas natal do teu parceiro mostra onde tu podes ajuda-lo com tuas
habilidades mentais e manuais, com a tua inteligência e a desenvoltura. É também onde tu
mostras a tua curiosidade sobre o que teu parceiro faz. Clique no título ou no link em baixo(ler
mais) para descobrir tudo.

O meu Mercúrio na primeira casa (AS- Ascendente) do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na primeira casa do teu amor, significa que tu és capaz de falar com
o ele/ela de uma forma muito aberta, franca e desinibida. Tu trazes o desejo dele(a) para a auto-
descoberta, para aprender e comunicar ideias, especialmente sobre ele(a) mesmo(a). Quando o
Mercúrio do teu amor está na tua primeira casa, tu vais ver-te muito disposto(a) a falar com
ele(a) sobre o que tu pensas e vais apreciar as ideias do teu amor e o seu ponto de vista.
O meu Mercúrio na segunda casa do meu amor:
Quando o teu Mercúrio está na segunda casa do amor significa que vocês gostam muito de
planear estratégias financeiras juntos. O teu amor tem mais chances de chamar à tua atenção,
formas de criar uma segurança financeira e material, e refletem uma vontade e desenvoltura
para discutir assuntos de dinheiro e planos que buscam auto-suficiência. Quando Mercúrio do
teu amor está na tua segunda casa, tu vais encontrar a solução para os problemas de dinheiro
se o ouvires . Vocês despertam a criatividade um do outro para ter ideias com o dinheiro, sobre
empreendimentos e investimentos práticos.

O meu Mercúrio na terceira casa do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na terceira casa do teu amor, significa que ele(a) gosta de explorar
idéias contigo. Tu trazes o melhor de suas habilidades cognitivas e um desejo de buscar
conhecimento, ter aulas, discutir e disseminar o seu conhecimento.Quando o Mercúrio do teu
amor está na tua terceira casa, tu sentes mais vivo a nível mental quando tu estás na companhia
dele(a). Ele(a) incentiva-te a comunicar livremente e as vossas conversas desempenham um
papel importante no vosso relacionamento.

O meu Mercúrio na quarta casa (FC/ Fundo do Céu) do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na quarta casa do teu amor, significa que tu gostas de discutir
questões muito pessoais com ele(a). O teu amor tende a pensar e a falar sobre a casa e a
família sempre que estão juntos, e sente que tu estás interessado em ouvir as suas
necessidades, e isso o torna solidário com os teus desejos. Se o Mercúrio do teu amor está na
tua quarta casa , tu sentes em "em casa" para falar com ele(a) sobre os teus sentimentos,
família, coisas pessoais, fundações e emoções, e isso torna-vos muito próximos, dando laços
internos entre vocês.

O meu Mercúrio na quinta casa do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na quinta casa do teu amor, significa que vocês gostam de fazer
jogos mentais juntos. Vocês tendem a concentrar os vossos pensamentos e discussões em
maneiras de se divertirem juntos. Quando Mercúrio do teu parceiro na tua quinta casa, a tua
criatividade e lado romântico são estimulados e tuas conversas com ele(a) estão centradas em
torno auto-expressão lúdica e / ou nas crianças. Vocês também podem realizar
frequentemente actividades criativas e mentais juntos.

O meu Mercúrio na sexta casa do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na sexta casa do teu amor, significa que vocês vão desfrutar e
enfrentar as tarefas práticas em conjunto. Vocês estimulam os vossos pensamentos e conversas
sobre assuntos relacionados com o trabalho, problemas de saúde e talvez aperfeiçoam as
vossas vidas servindo um ideal superior. Quando Mercúrio do teu amor está na tua sexta casa,
tu pensas mais em detalhes e tendes a falar sobre a necessidade de maior paciência, diligência,
praticidade e uso eficiente de recursos. O teu amor pode ser muito útil oferecendo boas idéias
sobre como manter uma boa saúde, cuidar da propriedade, e executar eficientemente os
assuntos diários.

O meu Mercúrio na sétima (DC-Descendente) casa do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na sétima casa do teu amor, ele ou ela vai trazer-te um novo modo
de pensar e falar sobre o seu relacionamento com os outros porque ele estimula o teu desejo de
formar uma parceria focal na tua vida. Quando Mercúrio do teu parceiro de relacionamento está
na tua sétima casa as vossas conversas são animadas. Tu queres desfrutar a troca de idéias e
que são encorajadoras para pensar, planear e falar sobre a vossa parceria.

O meu Mercúrio na oitava casa do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na oitava casa do teu parceiro romântico, a intensidade e a
profundidade das vossas conversas pode ser um fator importante na junção e no crescimento de
vocês os dois. O teu parceiro vai achar que é fácil de pensar e discutir a intimidade e
compartilhar os seus bens contigo. Quando Mercúrio do teu amor está na tua oitava casa, tu vais
estar disposto a pensar e falar sobre sexualidade e os assuntos íntimos. Tu podes desfrutar em
compartilhar os teus segredos com ele ou ela e estão mais dispostos a desenvolver
empreendimentos conjuntos ou de estratégias financeiras, heranças do plano, discutir vontades,
ou tirar apólices de seguro.

O meu Mercúrio na décima casa (MC- Meio Céu) do meu amor:

Quando o teu Mercúrio está na décima casa do teu parceiro romântico, tu tens um interesse na
carreira do teu parceiro, tendes a encorajar o teu parceiro para pensar sobre a sua ou ambições
de sua carreira, e vais ajudar no planejamento e organização prática dos planos de vida. Grande
parte das vossas conversas vão girar em torno do trabalho dele(a). Quando o Mercúrio teu
parceiro está na tua décima casa, há uma boa chance de que vocês irão trabalhar juntos em
algum tipo de negócio. Pensamentos sérios sobre a ambição pessoal são estimulados como é a
tua vontade de comunicar as tuas idéias com o teu parceiro e aqueles em autoridade superior.

O meu Mercúrio na décima primeira casa do meu amor:


Quando o teu Mercúrio está na décima primeira casa do teu amor, vocês têm um relacionamento
amigável e intelectual. Tu vais ver o teu parceiro muito disposto a pensar e a falar sobre os teus
objectivos pessoais para o futuro. Quando Mercúrio do teu parceiro de relacionamento está na
tua décima primeira casa, tu achas que vocês compartilham idéias e interesses em assuntos da
comunidade, questões políticas ou sociais. Tu vais sentir encorajado a discutir livremente tuas
visões para a humanidade, aprender mais sobre as mais recentes inovações científicas, e juntar-
te com grupos de pessoas de pensamento similar, onde tu podes conversar livremente sobre as
as tuas ideias novas.

O que significa o meu Júpiter na casa do meu amor?

O Júpiter é uma influência poderosa e positiva, mas muitas vezes não é usado para o seu pleno
potencial na sinastria. A sua posição na casa nos mapas em sobreposição mostra onde você
pode beneficiar, melhorar, ajudar, expandir e/ou dar a felicidade plena ao seu parceiro. É onde
você compartilha um monte de sentimentos positivos e onde você encoraja-o(a) a crescer e
buscar novas oportunidades. Clique no título ou no link em baixo(ler mais) para descobrir tudo.
O meu Júpiter na primeira casa (AS- Ascendente) do meu amor:
Quando o meu Júpiter está na casa 1 do meu parceiro, significa que eu consigo encorajá-lo a fazer coisas
otimistas e encorajadores, que eu crio-lhe um ambiente muito agradável e feliz ao ponto de ele sentir-se
bem consigo e comigo. Ele(a) vê-me como uma pessoa que o/a respeita, tanto a nível físico como de
individualidade e personalidade, por isso, ele(a) pode confiar em mim. Juntos podemos planear viagens,
aventuras e talvez empreendimentos.

O meu Júpiter na terceira casa do meu amor:


Esta colocação mostra que eu transmito uma sensação de alegria e otimismo sempre que eu e o meu amor
falamos. As nossas conversas podem durar imenso tempo e nós podemos facilmente mudar de tópicos
porque, graças a esta colocação, eu consigo expandir-lhe os seus horizontes, mostrando-lhe novos
conhecimentos, abrindo-lhe a mente para não pensar em pequeno mas sim em grande, para não mostrar
atenção a detalhes mas sim ao Big Picture. Connosco, viagens são possíveis de acontecer.

O meu Júpiter na quarta casa (FC - Fundo do Céu) do meu amor:


O meu amor sente um desejo de estar comigo e de construir uma família. E porquê? Porque eu dou-lhe
alegria, conforto, uma grande sensação de segurança e, acima de tudo, eu respeito os seus
sentimentos perante a visão familiar. Podemos viver num clima mais harmonioso do que a maior parte das
famílias tem, porque esta casa é a casa do lar. O conforto do lar iguala-se ao conforto de um bom sofá.

O meu Júpiter na quinta casa do meu amor:


Criatividade não nos falta! Eu adoro fazer o meu amor explorar novos jogos, brincadeiras
e experiências amorosas. Existe uma grande clima de diversão e de muita brincadeira entre nós, mas isso
não significa que a nossa relação é menos sérias. Isto pode indicar muita sorte para o meu amor e para a
expansão da sua criatividade. A relação com os nossos filhos pode ser muito boa e eles podem ter grandes
possibilidades nos respeitarem, pois nós os ouvimos.

O meu Júpiter na sexta casa do meu amor:


Graças a mim, a rotina do meu amor pode ganhar mais felicidade. Eu quero fazer parte da sua vida e ajudá-
lo(a) a melhorar o seu ambiente de trabalho. Juntos, podemos criar novos caminhos para o dia a dia dele(a)
e assim dar-lhe mais conforto, segurança e espontaneidade à sua rotina. A sua higiene também será
favorecida, não que haja falta dela, mas o cuidado é pouco. Outro aspecto deste posicionamento é a
possibilidade de eu dar-lhe um sentido para ele(a) dar-se aos outros a nível comunitário.

O meu Júpiter na oitava casa do meu amor:


A influencia de Júpiter nesta casa mostra que eu sou capaz de trazer muita felicidade, espírito de aventura e
muita diversão na vida sexual do meu amor. A nível intimo, talvez nada possa criar tensão entre nós porque
nós estamos muito à vontade um com o outro, partilhando os nossos desejos, tabus, etc...As contas
financeiras, heranças e esse tipos de coisas podem melhorar consideravelmente se nós estivermos juntos
para tentar melhorar essa parte.

O meu Júpiter na nona casa do meu amor:


O meu amor começará a ver a vida de um modo mais amplo. Pode ser que faremos imensas viagens juntos,
que falemos sobre vários tópicos mas sem qualquer tipo de restrição ou preconceitos sobre o que estamos a
falar. A nossa relação pede que tenhamos uma mentalidade mais liberta e não quadrada. A maneira de
pensar do meu amor pode mudar para algo mais otimisma e feliz graças a mim.

O meu Júpiter na décima (MC -Meio do Céu) casa do meu amor:


Eu quero que o meu parceiro cresça a nível profissional e que não esteja abaixo do seu nível. Isto não quer
dizer que vou obrigá-lo(a) a ter grandes papeis na sociedade, a não ser que seja isso o que ele(a) queira.
Esta posição mostra que eu importo-me muito com os desejos dele(a). Se o meu amor é empresário(a) e
quer ser um(a) simples empregado(a) de mesa, eu dar-lhe-ei todo o meu apoio. Eu quero que o meu amor
siga o caminho que pretende e que não deixe o medo atrapalhar-lhe. Juntos podemos alcançar grandes
metas a longo prazo e um maior reconhecimento.

O meu Júpiter na décima primeira casa do meu amor:


Com o meu Júpiter nesta casa do meu amor, o nosso relacionamento não só é uma relação a dois como uma
relação com uma grande amizade. O otimismo e a diversão faz parte do tempo que passamos juntos. Eu até
posso dar-lhe mais encorajamento para ele(a) realizar os projectos que tem na cabeça e, quem sabe, seguir
algumas causas humanitárias. Podemos ter vários ciclos de amizades em que ambos nos encontremos bem
lá.

O meu Júpiter na décima segunda casa do meu amor:


Eu quero fazer o meu amor feliz até ao mais profundo do seu ser. Eu posso partilhar os mesmo interesses
humanitários, espirituais que o meu parceiro. O meu amor vê-me como uma pessoa ampla e que pode
confiar entregar o seu "eu" mais frágil. Esta casa é a casa dos medos e das inseguranças. Com o meu
Júpiter, o meu amor vai sentir mais confortável para os desafiar e assim usufruir da vida. Existe uma
grande hipótese de sintonizarmos espiritualmente.

Ascendente no mapa composto - parte 1| Interpretação

O Ascendente no mapa astral foi sempre muito importante. No mapa composto ele mostra
como um casal se relaciona e a imagem que transmite.

LEMBRE-SE QUE PARA LER O ARTIGO COMPLETO DEVE CLICAR


NO TÍTULO OU EM"LER MAIS"
Carneiro:
Aqui está um casal muito apaixonado, dado às aventuras, aos desportos, às caminhas. Uma vida monótona não
funciona com este casal. Normalmente transmitem a ideia de serem um casal que salta para as coisas sem medo, são
os seus próprios guerreiros. Pode haver umas brigas aqui, mas nada que não possam resolver. Impulsividade e calor
são duas das suas palavras-chaves. Como signo de fogo, pode ser uma relação quente.

Touro:

Um casal com os pés na terra,a solido e dado um ao outro. Podem não ter uma aparência fogosa, mas têm uma
aparencia calma e sossegada. Conseguem ser muito práticos juntos e levam o seu tempo a conseguir as coisas.
Podem ser bons a guardar dinheiro. Costumam entrar num ambiente sossegado e descontraido, o que pode levar a
uma vida rotineira, mas podem ambos gostar disso.

Gemeos:

Gostam muito de comunicar e fazer parte da vida um do outro. As amizades próximas serão como irmãos. Pequenas
viagens fazem parte dos seus planos, assim como uma boa conversa com as pessoas mais próximas. Dito isto, são
uma casal muito disponível e social. Este ascendente pode não ter muita intimidade, nem calor, mas trata de questões
interessantes e importantes para um casal. Lógica é facilmente envolvida.

Caranguejo:

Um casal muito caseiro, pelo menos pode ser a impressão que dão. Gostam muito um do outro, confiam as suas
emoções e os seus segredos. Podem ser rotineiros, mas cada momento que estão juntos serve para aumentar o
vosso amor e a vossa aproximação. Momentos de conflito podem vir e ser bem resolvidos se forem discutidos e
não retidos. A família é um dos vossos maiores frutos.

Leão:

Vocês dão a impressão de serem um casal muito apaixonante, divertido e um pouco ousado. Têm uma relação
muito descontraída com o seu toque de drama. Não são um casal aborrecido e costumam gostar imenso dos seus
filhos e passar tempo com eles. O ego tem um destaque aqui, por isso, cuidado para não dexá-lo tomar conta da
vossa relação. São muito brincalhões, mas isso não significa que a relação não seja séria. Existe uma necesidade de
sentir o outro como o orgulho da sua vida.

Virgem:

Um casal com um bom clima. São muito simpáticos, reservados, companheiros, etc. São amigos dos seus amigos.
São o tipo de casal que adorar combinar tudo em conjunto e que possui uma agenda ocupada. Gostam muito de
estar juntos e de comunicar. Estremamente práticos, não gostam de muitas coisas fora do controlo. Gostam da
rotina, mas não significa que esta seja chata. São um casal muito querido.
Balança:
Um casal muito querido e simpático. Vocês transmitem a harmonia, a aura de um bom casal e a sensação
de gostarem muito um do outro profundamente. As pessoas costumam gostar de ver vocês juntos. Balança
é o signo da parceria, um bom ascendente para a relação. Vocês possuem muita compreensão e admiração
um pelo outro. Falam abertamente das coisas com cuidado para não se magoarem. As discussões não são
baixas, não há jogos de poder e manipulação. Podem é cair no erro de não conseguirem ser frontais e não
falarem dos seus problemas com medo de poderem deixar de ser “o casal perfeito”. Cuidado! Confiança é
vosso lema, aproveitem.

Escorpião:
Com o poder do escorpião, esta relação vai ser muito forte e intensa. Como escorpião é um signo de água,
as emoções são fortes e sentidas. Transmitem a sensação de gostarem muito um do outro profundamente.
Com vocês costuma ser o tudo ou o nada. Ou gostam ou se odeiam, ou estão bem ou mal, dificilmente
existe um meio-termo. Precisam de ter imenso cuidado com os jogos de poder, vocês podem ser um casal
apaixonado, por isso, não se deixem levar por esse lado. Este tipo de relação costuma deixar muitas
marcas.

Sagitário:
Aqui vemos um casal livre, alegre e aberto à mudança. São aqueles casais que aparentam sempre alegres e
bem um com o outro. Gostam muito de viajar e conhecer novos espaços. Não costumam gostar de estar
sempre num sítio a conversar, nem com o mesmo tipo de pessoas, gostam de variar as coisas. Raramente
ligam aos detalhes da rotina, não gostam muito de usar uma agenda. Neles pode existir uma certa preguiça
em fazer as coisas o que pode complicar-lhes a vida, cuidado! Haverá muitas descobertas a nível mental.

Capricórnio:
Pés bem assentes na terra, esse é o vosso lema. Costumam ser casais muito responsáveis e dedicados um ao
outro. Transmitem a imagem de ser um casal maduro e, de certa maneira, um casal um pouco frio. No
entanto, essa é imagem que transmite, porque a nível sentimental podem ser muito calorosos. Grão a grão a
galinha enche o papo, e grão a grão, vocês cuidarão de si. Quando houver discussões, vocês saberão lidar
com sabedoria desde que não vão engolindo e engolindo para depois explodir. Existe um forte sentido de
lealdade: estou contigo, então estou mesmo contigo!

Aquário:
São um casal diferente, são livres, descontraídos e abertos a tudo. Acreditam que a amizade é a base para
uma relação. As pessoas poderão ver muita ligação entre vocês. Vocês andaram de sítio em sítios, serão
daqueles casais com muitos amigos e terão uma vida leve. O problema que pode haver é a enorme estima
pela amizade e a dificuldade (ou medo) de torna-la em algo mais forte. Pode ser uma relação um pouco
superficial, ou, pode ser uma relação que em que os membros sentem-se tão bem que não necessitem de
mais nada além da leveza.

Peixes:
Muita doçura, sonhos e carinhos podem vir daqui. São um casal muito sensível e que se preocupa muito
consigo e com os que estão à sua volta. Quando houver discussões, vai haver compreensão, não haja
dúvida. São um casal inspirador e as pessoas podem gostar muito de vos ver. Os problemas que podem ver
daqui são as ilusões, mentiras, etc. Como é um signo cármico, pode ser complicado nestes temas. A vida
pratica pode ser muito difícil. No entanto, o vosso carinho um pelo outro é mais que suficiente, pois pode
levar ao amor incondicional.

O meu ascendente na casa do meu amor| Relacionamentos


No nosso mapa Natal, o ascendente representa tudo que que nós pensamos sobre nós próprios, como nos
transmitimos ao mundo, etc. Quando o nosso ascendente cai na casa de outra pessoa, o efeito é quase o mesmo: A
nosso maneira de reagir a essa pessoa. É aquela sensação: "Mas porque é que eu ajo assim ao pé daquela pessoa?"
Seja de uma maneira infantil, ou muito adulta, ou muito secreta, etc. É disso que vamos falar.

(Clique no título ou em ler mais)

O meu ascendente na casa 1 do meu amor:

Como é de esperar, é uma boa posição. Esta colocação mostra que eu consigo mostrar o meu verdadeiro eu para o
meu amor e vice-versa. As nossas energias dão-se bem juntas. Somos muito genuínos na transmissão do nosso
afecto e na maneiro como lidamos com as coisas no mundo. As pessoas costumam dizer que ficamos bem juntos.

O meu ascendente na casa 2 do meu amor:

Eu transmito a imagem de uma pessoa independente e com valores morais e materiais. O meu amor crê que eu
luto muito por conseguir tudo o que preciso nesta vida para me manter seguro. Pareço forte e sensível. Transmito a
imagem de amabilidade dependendo da posição da Vénus, da lua, ascendente e sol.

O meu ascendente na casa 3 do meu amor:

A minha essência é muito leve aqui, mas não menos importante. Dou imagem de bom amigo, de pessoa versátil,
muito comunicativa e muito ligada aos parentes e pessoas próximas de mim. Só porque esta aparência é leve, não
quer dizer que não possua impacto. Normalmente posso parecer muito leve e sem muito relevo, mas acabo por ser
um bom companheiro. E vice-versa.

O meu ascendente na casa 5 do meu amor:

Eu poderei dar várias impressões ao meu amor. Posso dar a impressão de ser uma pessoa muito brincalhona,
querida e com espírito jovem. Às vezes posso ter atitudes um pouco espontâneas perante o meu amor que pode
causar um sentimento de abertura ou de constrangimento. À vezes posso sentir que ajo como uma criança perto
dessa pessoa (tanto no bom sentido como no mau). Mas com o tempo poderei provas de ser com amante.

O meu ascendente na casa 6 do meu amor:


Dependendo muito do sol, lua e ascendente (como nos outros casos) posso transmitir várias impressões. Posso
parecer alguém que aprecie a rotina e o dia a dia (não preciso de ser organizado) que goste de apreciar o tempo
livre que tenho mesmo que seja pouco. Posso parecer muito saudável ou lutar para ter uma boa saúde. Por ultimo,
posso parecer um bom amante de animais.

O meu ascendente na casa 7 do meu amor:

Acho que nem é preciso falar. A minha impressão na casa da união intima do meu amor, só se eu for o oposto do
meu ascendente para não haver nem que seja uma perfeita harmonia (espera, ou não, porque a casa 7 também é a
casa dos inimigos não declarados). Boa colocação.

O meu ascendente na casa 8 do meu amor:

A casa 8 possui muita carga, tanto para o lado bom como para o lado mau. Esta é a casadas posses conjuntas, da
intimidade e das transformações. Posso parecer um bom companheiro intimo mas também um jogo sexual. Posso
dar a impressão de ser golpista (golpe do baú) ou de boa pessoa para compartilhar riqueza. Posso ainda parecer
corajoso no que toca a mudanças profundas na vida como uma pessoa que não gosta de segurança. Fora disso
também posso parecer muito emocional ou demasiado secreto e misterioso que aparento frio.

O meu ascendente na casa 9 do meu amor:

Bem, burro provavelmente nunca irei parecer (pelo menos, das primeiras vezes). Dou a imagem de liberdade, de
felicidade e de conhecimento. Poderei também ser muito rebelde nas minhas convicções. Gosto de ter
conhecimento na vida, não de matéria filosófica universitária, mas por experiência pessoal.

O meu ascendente na casa 11 do meu amor:

O meu amor vai achar que sou uma pessoas de grupos. Talvez ele ache que sou um pouco influenciado pelos
outros. Independentemente disso o meu amor vai perceber que gosto muito de estar em equipa e em comunhão
com os outros. Se eu tiver o sol ou Marte no meu ascendente, nesta casa, vou parecer um líder nos seus olhos.

O meu ascendente na casa 12 do meu amor:

Uma coisa é certa! Vai ser muito difícil eu parecer uma pessoa normal...XD Pelo lado negativo, posso parecer
doente, drogado ou perdido no mundo (ok, pelo lado muito mau). Mas também posso parecer alguém muito
meigo, compreensivo, sonhador e idealista (uh, o lado mau é compensado!)

Planetas no mapa composto

É muito simples interpretar um mapa composto. A única coisa que é preciso saber é o significado dos
planetas e das casas nele. Depois disto tudo, é ter atenção aos aspectos e muito fica entendido. Já falei do
sol e da lua no mapa composto, agora, vou falar do resto de uma maneira muito geral. O Ascendente, o Sol
e a Lua são os primeiros pontos a ver e os mais fortes porque o sol é o "eu"(a energia vital da relação, o
ego, o que são, etc) a lua é o interior (como respondemos emocionalmente, como reagimos, o que sentimos,
etc) e o ascendente é a mascara (como expressamos, a nossa imagem, etc). Depois, vem o resto dos
planetas pessoas e os planetas exteriores.

Mercúrio.
O Mercúrio é um planeta muito importante e muito leve no que toca à Astrologia. No mapa composto, ele
mostra como vocês se comunicam, como é o vosso pensamento, as pequenas viagens, entre outros. A casa
onde ele está mostra como vocês transmitem o vosso pensamento, se há liberdade mental ou não. Pelo
facto de Mercúrio ser um bom planeta não existe muitas casas em que a sua presença seja má. A casa que
pode causar mais problemas é a casa 12 porque ele fala das coisas que ficam escondidas.

Vénus
É um dos planetas preferidos das pessoas por retratar a maneira como o casal transmite o seu amor. Cá a
Vénus representa o calor humano, os abraços, as manifestações de carinhos, como idealizam os amor, entre
outros. A casa onde ela ficará mostrará onde o casal sente-se mais à vontade para manifestar o seu amor.
Tal como Mercúrio, a Vénus sente-se bem em muitas casas, embora seja melhor para a Vénus ficar numa
casa "interior" e não "exterior". Casas boas para a Vénus podem ser as casas 1 (eu casal, auto-expressão), 4
(casa, ambiente familiar, sentimentos), 5 (jogos, romances, filhos....), 6 (rotina, dia-a-dia, vida em conjunto,
agendas), 8 (intensidade, actividade sexual, o renascer, transformações, etc) e 12 (o que é profundo,
desconhecido, a entrega, etc).

Marte
Este é um dos planetas que mais assustam as pessoas por retratar a guerra, as discussões, os conflitos etc.
Mas todas as relações precisam disso e o Marte está aqui para resolver isso. O Marte ficará melhor em
casas de ego ou levianas, ou seja, casas em que o casal possa aproveitar a sua energia "maléfica" para algo
bom, por exemplo: A casa 1 é um bom sítio porque o casal pode usar a força de Marte para se auto-
proteger, para desafiar os outros, para fazer actividades físicas. A casa 2 pode também ajudar o casal a
querer mais da sua vida financeira. Na casa 5 ajuda nos jogos, no romance e a proteger os filhos. Na casa 8
traz imenso vigor e desejo sexual. Outra posição magnífica é a casa 10 porque ela simboliza a meta do
casal, com o Marte nesta casa os casal enfrenta muito obstáculos mas pode muito bem vencê-los.

Júpiter
O planeta a sorte, da felicidade,da saúde, do nosso mestre espiritual, o nosso professor, os nosso excessos
etc. Este planeta com muitos bons aspectos traz imensos frutos na vida do casal. Ele costuma fica bem em
qualquer casa.

Saturno
Outro planeta assustador mas necessário. Saturno mostra onde estão as exigências no vosso mundo e quais
os obstáculos e as casas mostram onde. As casas onde Saturno fica mais confortável são a 7 e a 10. Na
minha opinião, a casa onde Saturno pode causar mais danos é na casa 5 porque esta é a casa do romance,
da diversão e dos filhos. Os casais tendem em ter só uma coisa ou outra.

Úrano
Este mostra onde terão as mudanças, os "relâmpagos", etc. Fica bem na casa 1, 3, 5, 9, 11 e 12.

Neptuno
Revela a ilusão, os medos, o que fica escondido, o amor incondicional, a fantasia, os sonhos, etc. Em
qualquer casa pode trazer muitos estragos ou muita felicidade, não é certo. No entanto, fica mais
confortável na casa 12.

Plutão.
O extremo, as forças, a transformação, entre outros. Tal como Neptuno, pode ter imensos estragos ou
muitas recompensas. Fica mais confortável na 7.