Você está na página 1de 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA

PUBLICIDADE E PROPAGANDA – sala 309


ECONOMIA – Prof. Jane Noronha
Alunos: Bruno Pimentel
Danielle Loschiavo
Ludmilla Lara
Mairy Luiza Alves
Thais Marcelino

Em 20 de setembro de 2010, fizemos uma visita técnica ao Carrefour Pampulha. A


partir da coleta de dados a fim de saber o produto, a marca, o fabricante, as
especificações e o preço, podemos analisar a estruturação do mercado dos produtos
biscoitos, farinha, margarina e massas.

No segmento dos biscoitos, podemos perceber que há um oligopólio composto pelas


empresas Aymoré, Nestlé e Kraft Foods, sendo que existem outras empresas
presentes nesse mercado, mas que possuem uma menor quantidade de produtos e,
também, não são tão conhecidas. Podemos observar uma das características de
oligopólio quando analisamos os preços dos produtos. As três empresas que
comandam o mercado contam com uma grande variedade de produtos, que são
conhecidos pela qualidade e os preços variam de tipo para tipo, sendo que quando
analisados um tipo isoladamente, a diferença é pequena. Então, podemos
considerar que acordos são feitos entre as empresas, que especificam uma
determinada faixa de preço para os produtos serem vendidos.

Quanto às farinhas, não existe uma grande variação quando se trata das
especificações. Não existe uma grande quantidade de marcas e fabricantes e os
preços variam apenas na casa dos centavos. A partir disso, podemos dizer que
nesse caso, acontece o mesmo do que nos biscoitos: o mercado é formado por um
oligopólio.

Já nas margarinas, são três as empresas que possuem maior variedade de


produtos, Unilever, Sadia e Bunge, sendo que há a presença de outras empresas,
como a Vigor, BRF – Brasil Foods, Itambé e Carrefour, como também de empresas
pouco conhecidas, como Avipal Nordeste, Leco e Gonçalves Salles. Podemos
concluir, então, que também há um oligopólio, porque, como dito anteriormente, há
um pequeno número de grandes vendedores dominando o mercado, além de a
concorrência existir por fatores extra-preço, como percebemos ao observar os
produtos de cada empresa. Por exemplo, a diferenciação das margarinas da Sadia
existe quanto ao tamanho da embalagem, na presença ou ausência de sal, por ser
fonte de fibras e por possuir menos calorias. Podemos perceber, também, que uma
das empresas, a Unilever, possui mais de uma marca nesse segmento (Doriana,
Becel, Claybom, Primor) e, consequentemente, tem uma maior variedade de
produtos. Isso faz com que esse fabricante consiga um maior alcance, sendo que
nem sempre os consumidores sabem que se trata de um mesmo fabricante.

Por último, analisando as massas, resolvemos dividi-las em congeladas, resfriadas e


macarrões. Nos congelados, observamos a presença de uma grande quantidade de
marcas, sendo que o número de fabricantes é menor. Por exemplo, as marcas
Perdigão e Batavo possuem o mesmo fabricante. Quanto às massas resfriadas, há
uma maior quantidade de marcas e produtos, sendo que os produtos Carrefour e
Massa Leve são produzidos pela mesma empresa e, então, o que os diferencia, é
apenas o preço. Já quando analisamos os macarrões, não conseguimos observar a
predominância de apenas uma marca ou fabricante. São diversas marcas com
diversos tipos de macarrão, e o preço é, geralmente, praticamente igual, salvo em
algumas ocasiões. A diferença apenas é maior quando comparamos o macarrão
Barilla aos demais. Por se tratar de uma marca que possui um fabricante italiano, é
de se esperar que a qualidade do produto e, por conseqüência, seu preço, seja
maior do que os demais. Então, podemos concluir que existe, como nos três setores
mencionados anteriormente, a presença de um oligopólio, já que os produtos estão
sempre dentro de um padrão de qualidade e preço.

Por fim, podemos concluir que, analisando quatro seguimentos de produtos, em um


supermercado de grande porte como o Carrefour, os produtos aí vendidos são de
marcas que compõe um oligopólio, por se tratar de grandes vendedores de produtos
praticamente padronizados, pelos preços serem quase os mesmos, o que pode
indicar a presença de controle por um acordo e pela concorrência ser do tipo extra-
preço.