Você está na página 1de 3

Título da disciplina: Religião e Sociedade – IFC02926

Subtítulo: Espaço Público e Religião na Sociedade Contemporânea


Professores: Cecília Loreto Mariz
No de Créditos: 4 (quatro), 60 horas, 15 sessões.
Período: 1º Semestre de 2017
Horário: 4ª feira, 14h às 18h
Local: Sala 9017 Bloco A

Ementa:

Para compreensão de debates contemporâneos sobre tensões entre distintas religiões, ou


entre correntes de uma mesma religião, bem como sobre o papel que cada religião pretende
desempenhar (e efetivamente desempenha) no “espaço público” é importante refletir sobre
distinções e inter-relações entre o que se entende por “religião“ e “cultura” na literatura
acadêmica bem como no campo religioso e senso comum. Através de análise de estudos
empíricos sobre intolerância, identidade, missão e projetos de “Inculturação” religiosa, esse
curso pretende retomar análise teórica da genealogia dos conceitos religião, sagrado e ritual
bem como dos conceitos de cultura, sincretismo e modernidade.

Bibliografia (a ser revista e complementada durante o curso)


ASAD, Talal (1993) Genealogies of ReligionDiscipline and Reasons of Power in Christianity
and Islam https://muse.jhu.edu/book/16014

CSORDAS, Thomas (2007) Global religion and the re-enchantment of the world: The case of
the Catholic Charismatic Renewal Antropological Theory 7 (3) 295-314

DAMATTA, Roberto (1984) O que faz Brasil Brasil? Rio de Janeiro:Rocco

FRASER, Nancy (1989) From Redistribution to Recognition?Dilemmas of Justice in a Post-


Socialist Age In: WILLET, Cynthia (ed) Theorizing Multiculturalism; A Guide to the Current
Debate London Blackwell p.19-49

GREENFIELD, S. & DROOGERS, A (2003)” Syncretic Process and Definition of New


Religions” Journal of Contemporary Religion, 18 (1) 25-36.

MACGUIRE, M. (2007) Sacred Place and Sacred Power: Conceptual Boundaries and the
Marginalization of Religious Practices In BEYER, P & BEAMAN, L. (ed) Religion, Globalization
and Culture, Leiden /The Netherlands: Brill p. 57-78.

MARIZ, C & CAMPOS, R. B. C (2014) O pentecostalismo muda o Brasil? Um debate da


antropologia brasileira com a antropologia do Cristianismo In SCOTT, Parry, CAMPOS,
Roberta & PEREIRA, Fabiana (org) Os Rumos da Antropologia no Brasil e no Mundo:
Geopolíticas Disciplinares Recife: ABA Publicações e Editora da UERJ p 191-214

MARIZ, C & MACHADO, M. D. C. (1994) “Sincretismo e trânsito religioso: comparando


carismáticos e pentecostais”. Comunicações do ISER, 45: 24-34

__________ (1998) “Mudanças recentes no campo religioso brasileiro” Antropolítica 5 (sem


2): 21-43.

MONTERO, Paula.(1999) "Religiões e dilemas da sociedade brasileira". Em MICELI, Sergio


(org.). O que ler na ciência social brasileira (1970-1995). São Paulo, Sumaré/Anpocs, 1999,
pp. 327-367.

NEGRÃO, Lísias N. (1996). Entre a cruz e a encruzilhada. São Paulo, Edusp, 1996.

PIERUCCI, A. F (2004) Bye Bye Brazil O declínio das religiões tradicionais no Brasil Estudos
Avançados vol.18 no.52 São Paulo Sept./Dec. 2004 (disponível on line)

PULICI, Carolina (2007) Traços Puritanos na Pintura de Rembrandt Religião e Sociedade 27


(1) disponível on line http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-
85872007000100004

NOVAES, Regina (2012) Juventude, religião e espaço público: exemplos "bons para pensar"
tempos e sinais Religião e Sociedade 32 (1) disponível on
line http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-85872012000100009

ROCHA, Cristina (2016) A Megaigreja Hillsong no Brasil: a constituição de um campo


religioso transnacional entre o Brasil e a Austrália Plural, Revista do Programa de
Pós-Graduação em Sociologia da USP, v.23.2, 2016, p.162-18 - disponível no site
http://revistas.usp.br/plural/article/view/125085

RUFINO, Marcos Pereira (2006) O código da cultura: o CIMI no debate da inculturação. In


MONTERO, Paula (org) Deus na Aldeia – missionários, índios e mediação cultural. São
Paulo: Editora Globo, p.235-275.

SANCHIS, Pierre (2001) Culto e cultura, liturgia e afirmação étnica: a vivência da “missa afro”
no Brasil In SANCHIS, P (org) Fiéis e Cidadãos. Rio Ed UERJ p.147-180

__________(2001) “Religião, religiões...Alguns problemas do sincretismo no campo religioso


brasileiro” In: SANCHIS, P (org) Fiéis & Cidadãos; Percursos de sincretismo no Brasil. Rio de
Janeiro: EDUERJ. p.9-57

STEIL, Carlos 2004 Renovação Carismática Católica: porta de entrada ou de saída do


catolicismo? Uma etnografia do Grupo São José em Porto Alegre (RS) Religião e Sociedade
24/1(11-36)
TAMINI ARAB. Pooyan (2015) A Proibição de Procissões nos Países Baixos Religião e
Sociedade 35 (2) disponível http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-
85872015000200123&lng=en&nrm=iso&tlng=pt0

THEIJE, Marjo & MARIZ, Cecília L. (2008) Localizing and Globalizing Processes in Brazilian
Catholicism: Comparing Inculturation in Liberationist and Charismatic Catholic Cultures. Latin
American Research Review, v. 43, p. 33-54.

WEBER, Max. (1982), "Rejeições religiosas do mundo e suas direções". In Ensaios de


sociologia. Organização e introdução: MILLS, Wright & GERTH, H. H., Rio de Janeiro: Editora
Guanabara.