Você está na página 1de 11

Simulado Quinzenal III

14/04/2012

 SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO O FISCAL AUTORIZAR.


 EM CADA TESTE HÁ 5 ALTERNATIVAS, SENDO CORRETA APENAS UMA.
 NÃO DEIXE NENHUMA DAS 50 QUESTÕES EM BRANCO.
 A PROVA TERÁ DURAÇÃO DE 2 HORAS E MEIA.
 NÃO HAVERÁ TEMPO ADICIONAL PARA TRANSCRIÇÃO DE GABARITO.

CASD Vestibulares Simulado Quinzenal III 1


01 Dada as matrizes e sua inversa, , e sabendo que 06 O valor da expressão abaixo é:
, o valor de é:

a) b) c) d) e)
a) -11 b) -7 c) -3 d) -1 e) 0
07 Sabendo que na figura abaixo os ângulos estão,
02 Dadas as matrizes A, B e C, todas quadradas de ordem nessa ordem, em uma PA de razão , podemos afirmar que
, e a matriz , identidade de ordem , podemos afirmar o valor de é:
corretamente que:

a)
b)
c)
d)
e) Todas as afirmativas acima estão incorretas

03 Dados os conjuntos

Quantos elementos possuem os conjuntos e ,


respectivamente? a) b) c) d) e) 50
a) 20 e 40000
b) 20 e 39980 08 Se °, considerando a figura abaixo, podemos
c) 16 e 32000 afirmar que o valor de é:
d) 16 e 31968
e) 16 e 31984

04 Sobre os conjuntos

E a relação binária

a) b) c) d) e)
Assinale uma expressão aritmética pela qual podemos
substituir as interrogações (????) para que a relação seja
uma função 09 A texto a seguir constitui uma propaganda de uma
a) marca um protetor solar.
b)
c)
d)
e)

05 Julgue as seguintes afirmativas :


I: Se um ângulo está no 2º ou no 3º quadrante, o seu
cosseno é negativo;
II: ;
III: Se é um ângulo do 4º quadrante e , o valor de
é o dobro do valor de ;

Sobre as afirmativas acima, pode-se dizer que:

a) Apenas a afirmativa I é verdadeira Julgue as seguintes afirmações relacionadas à propaganda


b) Apenas a afirmativa II é verdadeira acima.
c) Apenas a afirmativa III é verdadeira I - O termo polissêmico "bronze" possui um sentido
d) Apenas as afirmativas I e II são verdadeiras relacionado ao contexto do evento divulgado e outro
e) Apenas as afirmativas II e III são verdadeiras associado ao produto anunciado.

2 Simulado Quinzenal III CASD Vestibulares


II - Na propaganda, a expressão "garantir um bronze", em e) “O melhor prólogo é o que contém menos coisas, ou o
ambos os seus significados possíveis passa uma ideia de que as diz de um jeito obscuro e truncado” (linhas 19 a
uma grande conquista positiva. 21)
III - A propaganda é construída em torno do sentido original
formal da palavra "bronze" em contraposição ao sentido Texto para a próxima questão:
antonímico atribuído à palavra.
Eu Te Amo
São verdadeiras: Ah, se já perdemos a noção da hora
a) apenas a afirmativa I. Se juntos já jogamos tudo fora
b) apenas as afirmativas I e II. Me conta agora como hei de partir
c) apenas as afirmativas II e III.
d) apenas as afirmativas I e III. Ah, se ao te conhecer
e) todas as afirmativas. Dei pra sonhar, fiz tantos desvarios
Rompi com o mundo, queimei meus navios
10 Leia o seguinte trecho que abre o livro "Memórias Me diz pra onde é que inda posso ir
Póstumas de Brás Cubas".
(...)
Ao leitor Se entornaste a nossa sorte pelo chão
Que Stendhal confessasse haver escrito um de seus livros Se na bagunça do teu coração
para cem leitores, coisa é que admira e consterna. O que Meu sangue errou de veia e se perdeu
não admira, nem provavelmente consternará, é se este (...)
outro livro não tiver os cem leitores de Stendhal, nem Como, se nos amamos feito dois pagãos
cinquenta, nem vinte, e quando muito, dez.. Dez? Talvez Teus seios ainda estão nas minhas mãos
cinco. Trata-se, na verdade, de uma obra difusa, na qual eu, Me explica com que cara eu vou sair
Brás Cubas, se adotei a forma livre de um Sterne, ou de um
Xavier de Maistre, não sei se lhe meti algumas rabugens de Não, acho que estás te fazendo de tonta
pessimismo. Pode ser. Obra de finado. Escrevia-a com a Te dei meus olhos pra tomares conta
pena da galhofa e a tinta da melancolia, e não é difícil Agora conta como hei de partir.
antever o que poderá sair desse conúbio. Acresce que a (Tom Jobim – Chico Buarque)
gente grave achará no livro umas aparências de puro
romance, ao passo que a gente frívola não achará nele o 11 O sentimento de perplexidade expresso nas frases
seu romance usual; ei-lo aí fica privado da estima dos “como hei de partir”, “pra onde é que inda posso ir”, “com
graves e do amor dos frívolos, que são as duas colunas que cara vou sair”, deve-se ao fato de que a relação
máximas da opinião. amorosa do sujeito:
Mas eu ainda espero angariar as simpatias da opinião, e o
primeiro remédio é fugir a um prólogo explícito e longo. O a) Foi marcada por sucessivos desencontros, em virtude de
melhor prólogo é o que contém menos coisas, ou o que as intensidade da paixão.
diz de um jeito obscuro e truncado. Conseguintemente, evito b) Constituiu uma radical experiência de fusão com o outro,
contar o processo extraordinário que empreguei na da qual não vê como sair.
composição destas Memórias, trabalhadas cá no outro c) Provocou a subordinação emocional da pessoa amada,
mundo. Seria curioso, mas nimiamente extenso, aliás de quem ele já não pode se livrar.
desnecessário ao entendimento da obra. A obra em si d) Ameaça jamais desfazer-se, agravando-se assim uma
mesma é tudo: se te agradar, fino leitor, pago-me da tarefa; relação de interdependência destrutiva.
se te não agradar, pago-te com um piparote, e adeus. e) Está-se esgotando, sem que os amantes saibam o que
Brás Cubas fazer para reacender a paixão.

*Galhofa: Escárnio, troça. 12 Sobre a charge exibida abaixo, extraída do Diário de


(Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis) Pernambuco, é correto afirmar que:

Uma mesma palavra pode estabelecer diversas relações


entre as palavras a ela associadas de acordo com o
contexto em que se insere. No texto acima, pode-se
observar que a palavra "de" é utilizada várias vezes, mas a
única frase em que esse termo representa uma relação de
possuído-posse é:

a) “Que Stendhal confessasse haver escrito um de seus


livros para cem leitores” (linha 2).
b) “Trata-se, na verdade, de uma obra difusa, na qual eu,
Brás Cubas, se adotei a forma livre de um Sterne” (linha
8).
c) “(...) não sei se lhe meti algumas rabugens de
pessimismo. Pode ser. Obra de finado...” (linhas 9 e 10)
d) “Escrevia-a com a pena da galhofa e a tinta da
melancolia” (linha 10 e 11).
a) A figura de linguagem em “blá, blá, blá, blá” é o
polissíndeto, uma vez que há repetição da mesma

CASD Vestibulares Simulado Quinzenal III 3


expressão (prefixo “poli” – sentido de pluralidade). O 14 Leia o seguinte trecho do poema da obra Sentimento
autor da charge lançou mão desse recurso para mostrar do Mundo de Carlos Drummond de Andrade.
a dificuldade de os trabalhadores, visivelmente
assustados, compreenderem as instruções enviadas por Mundo Grande
Brasília, enxergando-as apenas como repetições sem
sentido. Não, meu coração não é maior que o mundo.
b) A preocupação dos trabalhadores do canteiro é É muito menor.
decorrente do fato de o motorista estar dormindo, Nele não cabem nem as minhas dores.
impossibilitando a entrega do material enviado por Por isso gosto tanto de me contar.
Brasília. Isso simboliza a falha de comunicação entre os Por isso me dispo,
responsáveis pelas obras do canteiro em Pernambuco e por isso me grito,
os organizadores da Copa de 2014 em Brasília. por isso frequento os jornais, me exponho cruamente nas
c) A falha de comunicação entre os responsáveis pelas livrarias:
obras do canteiro em Pernambuco e os organizadores preciso de todos.
da Copa de 2014 em Brasília é retratada tanto na
onomatopeia “blá” quanto na sonolência do motorista do Sim, meu coração é muito pequeno.
carregamento. Só agora vejo que nele não cabem os homens.
d) Através da ironia de o conteúdo enviado por Brasília ser Os homens estão cá fora, estão na rua.
apenas conversa fiada, representada pelo polissíndeto A rua é enorme. Maior, muito maior do que eu esperava.
“blá”, a charge estabelece que as obras não estão Mas também a rua não cabe todos os homens.
progredindo devido à falta de envio de recursos A rua é menor que o mundo.
concretos. O mundo é grande.
e) Através da ironia de o conteúdo enviado por Brasília ser
apenas conversa fiada, representada pela onomatopeia Tu sabes como é grande o mundo.
“blá”, a charge estabelece que as obras não estão Conheces os navios que levam petróleo e livros, carne e
progredindo devido à falta de envio de recursos algodão.
concretos. Viste as diferentes cores dos homens,
as diferentes dores dos homens,
Texto para a questão 39: sabes como é difícil sofrer tudo isso, amontoar tudo isso
num só peito de homem... sem que ele estale.
Olhos nos Olhos
Chico Buarque Fecha os olhos e esquece.
Escuta a água nos vidros,
Quando você me deixou, meu bem tão calma, não anuncia nada.
Me disse pra ser feliz e passar bem Entretanto escorre nas mãos,
Quis morrer de ciúme, quase enlouqueci tão calma! Vai inundando tudo...
Mas depois, como era de costume, obedeci Renascerão as cidades submersas?
Quando você me quiser rever Os homens submersos - voltarão?
Já vai me encontrar refeita, pode crer
Olhos nos olhos, quero ver o que você faz Meu coração não sabe.
Ao sentir que sem você eu passo bem demais Estúpido, ridículo e frágil é meu coração.
E que venho até remoçando Só agora descubro
Me pego cantando como é triste ignorar certas coisas.
Sem mas nem porque (Na solidão de indivíduo
E tantas águas rolaram desaprendi a linguagem
Quantos homens me amaram com que homens se comunicam.)
Bem mais e melhor que você
Quando talvez precisar de mim Outrora escutei os anjos,
‘Cê sabe que a casa é sempre sua, venha sim as sonatas, os poemas, as confissões patéticas.
Olhos nos olhos, quero ver o que você diz Nunca escutei voz de gente.
Quero ver como suporta me ver tão feliz Em verdade sou muito pobre.

(Carlos Drummond de Andrade, Sentimento do Mundo)


13 Sobre o texto de Chico Buarque podemos afirmar
corretamente que:
Sobre o texto, pode-se afirmar corretamente que:
a) Possui traços semelhantes às Cantigas de Escárnio, a) A angústia do eu-lírico se deve ao fato de esse se sentir
pressionado em relação à enorme quantidade de informação
com eu lírico feminino e a perda da pessoa amada.
b) Assemelha-se às Cantigas de Amor do Trovadorismo que circula pelo mundo.
português, revelando a coita amorosa. b) O eu-lírico tenta explicar a necessidade que sente de se
c) Pode ser considerada uma Cantiga de Amigo. expressar em relação às várias situações que percebe no
cotidiano das pessoas, indo de encontro à subjetividade
d) Possui traços semelhantes às Cantigas de Amor, pois
apresenta eu-lírico feminino que se queixa pela perda da excessiva.
pessoa amada. c) O eu-lírico propõe uma poesia antirreligiosa e racional,
e) Assemelha-se às Cantigas de Amigo, uma vez que baseando-se exclusivamente no ser-humano e na sociedade
em que este vive, o que já é suficiente pela grandiosidade
apresenta um eu-lírico feminino que perde a pessoa amada.
do mundo.

4 Simulado Quinzenal III CASD Vestibulares


d) Por muito tempo o eu-lírico se viu fechado em si mesmo e Analisando os gráficos, pode-se afirmar que:
isso endureceu seu coração de tal forma que ele não
consegue mais perceber o mundo ao seu redor. a) B ultrapassou A no instante t = 8s, após percorrer 160 m.
e) O eu-lírico faz uma clara crítica à globalização, como b) B ultrapassou A no instante t = 4s, após percorrer 160 m.
causadora de alienação da humanidade, e ao individualismo c) B ultrapassou A no instante t = 4s, após percorrer 80 m.
muito presente nas pessoas contemporâneas a ele. d) B ultrapassou A no instante t = 8s, após percorrer 320 m.
e) B ultrapassou A no instante t = 4s, após percorrer 180 m.
15 Considere que as massas de A e B sejam,
Dicas do Povo:
respectivamente, iguais a 80 kg e 20 kg. As polias e os fios
2 Observe que o gráfico relaciona velocidade e tempo.
são ideais, com g = 10 m/s .
A velocidade do veículo B é dada por . A partir dessa
equação determine a aceleração desse móvel.
A velocidade do corpo A é constante.
Utilize os dados do gráfico para montar as equações
horárias para os dois corpos e encontre a posição de
encontro.

18 Nas provas de 200m rasos, no atletismo, os atletas


partem de marcas localizadas em posições diferentes na
parte curva da pista e não podem sair de suas raias até a
linha de chegada. Dessa forma, podemos afirmar que,
durante a prova, para todos os atletas, o:
a) O espaço percorrido é o mesmo, o deslocamento vetorial
Sobre a aceleração do bloco B, pode-se afirmar que ela será e a velocidade média vetorial são diferentes.
de: b) O espaço percorrido e o deslocamento vetorial são os
2
a) 10 m/s para baixo. mesmos, mas a velocidade vetorial é diferente.
2
b) 4,0 m/s para cima. c) Deslocamento vetorial é o mesmo, mas o espaço
2
c) 4,0 m/s para baixo. percorrido e a velocidade vetorial média são diferentes.
2
d) 2,0 m/s para baixo. d) O deslocamento vetorial e a velocidade vetorial média
2
e) 2,0 m/s para cima. são iguais, mas o espaço é diferente.
e) Espaço percorrido, deslocamento vetorial e velocidade
vetorial média são iguais.
16 Os blocos da figura a seguir possuem massas iguais a 1
kg, e a mola são idênticas. Despreze os atritos e as massas Dicas do Povo:
das molas. Ao aplicarmos uma força horizontal F de 10 N Tente fazer um desenho esquemático da situação e a partir
para a direita e acelerarmos o conjunto com uma aceleração do desenho determinar cada uma das grandezas
constante, a mola M3 sofre uma deformação de 20 cm. A relacionadas.
deformação sofrida pela mola M2 vale: Compare essas grandezas (escalares ou vetoriais) para
diferentes atletas.

19 Uma barra metálica que possui coeficiente de dilatação


-5 -1
linear 1,5x10 °C , inicialmente a uma temperatura de 30°C,
sofre um acréscimo de 0,06% em relação ao seu
comprimento inicial quando ela é aquecida a uma
a) 20 cm determinada temperatura. Que temperatura é essa?
b) 10 cm a) 35°
c) 5 cm b) 50°
d) 15 cm c) 65°
e) 25 cm
d) 70°
e) 80°
17 Um veículo A, locomovendo-se com velocidade
constante, ultrapassa um veículo B, no instante t = 0,
quando B está começando a se movimentar. 20 Um bloco de chumbo, de 100g, absorve 62 cal e sofreu
um acréscimo de 62°C, conservando-se no mesmo estado
de agregação. Assim o calor específico do chumbo, em
calorias por grama por graus Celsius, e a capacidade
térmica do bloco, em calorias por graus Celsius, valem
respectivamente:
a) 1,0 e 0,01
b) 0,62 e 0,062
c) 0,01 e 1,0
d) 0,062 e 0,62
e) 0,01 e 0,62

CASD Vestibulares Simulado Quinzenal III 5


21 Duas cargas, q1=1,6.10-8 C e q2=6,4.10-8 C, são fixas por a) Ambos foram escritos na forma de superlativo, indicando
um suporte isolante e separadas por uma distância D=9m que, até hoje, a pior crise econômica mundial e o maior
como ilustra a figura: aumento do preço dos alimentos foram na década de 30 e
70, respectivamente.
D b) Ambos foram escritos na forma de comparativo, indicando
que, até hoje, a pior crise econômica mundial e o maior
q1 q3 q2 aumento do preço dos alimentos foram na década de 30 e
70, respectivamente.
d c) Ambos foram escritos na forma de superlativo, indicando
que na década de 70, a crise econômica no mundo e o
aumento do preço dos alimentos foram maiores que na
A que distância d de q1 deve ser posicionada uma terceira década de 30.
-8
carga q3 = -0,8.10 C de modo que a resultante de forças d) Ambos foram escritos na forma de comparativo, indicando
elétricas nesta carga seja nula? que na década de 70, a crise econômica no mundo e o
a) 1 m aumento do preço dos alimentos foram maiores que na
b) 3 m década de 30.
c) 4 m e) Worst está na forma de comparativo, pois compara a
d) 4,5 m crise econômica da década de 30 com a de 70 e biggest na
e) 6 m forma de superlativo, pois o maior aumento do preço dos
alimentos foi na década de 70.
22 Julgue as afirmativas a seguir:
24 Sobre as estimativas de pobreza global:
I. É possível existir campo elétrico em um ponto no
espaço sem que exista aí uma força elétrica. a) São feitas pelo Grupo de Pesquisa do Desenvolvimento
-6
II. Se uma carga elétrica de 4.10 C sofre uma força dos Bancos do Mundo, mas não são tão precisas quanto às
elétrica de intensidade 0,8 N, o campo elétrico demais.
-5
neste ponto tem intensidade de 2.10 N/C. b) Foram realizadas apenas em 2005 e 2008 em vários
III. O campo elétrico resultante no ponto central do países do mundo.
segmento de reta que liga duas cargas isoladas, c) A última realizada concluiu que em 2008, a população
uma +q e outra -q tem intensidade nula. vivendo com menos de $1.25 por dia diminuiu em todas as
IV. A direção do vetor campo elétrico é ser obtida partes do mundo.
através de uma reta perpendicular às linhas de d) Mostram que a pobreza vem diminuindo
força. significativamente desde 1981 em países na África e Ásia.
Sobre os itens acima, estão corretas as afirmativas:
e) Comprovam que a crise econômica mundial e o aumento
a) I apenas dos preços dos alimentos aumentou a pobreza no mundo.
b) I e III
c) II e III
d) II e IV 25 O último século da República romana foi marcado por
e) I, II, III e IV uma intensa crise. Sobre esse período, podemos afirmar
que:
Texto para a questão 23:
a) A causa principal da crise da república foi o conflito, entre
patrícios, pela maior influência política no senado. O maior
A fall to cheer exemplo disso é a Reforma dos irmãos Graco, que apesar
For the first time ever, the number of poor people is de ser apoiada pela maior parte do senado, não vingou.
declining everywhere b) Durante a crise da República surgiu o 1º triunvirato,
(03/03/2012) formado por Crasso, Pompeu e Júlio César. Os três eram
grandes líderes militares, mas o grande destaque era de
THE past four years have seen the worst economic Júlio César, que além de ser um incrível general era
crisis since the 1930s and the biggest food-price increases também ovacionado pelos patrícios. Sua queda deveu-se ao
since the 1970s. That must surely have swollen the ranks of fato de que César tinha muito pouco apoio popular
the poor. c) O 2º triunvirato foi formado por Lépido, Marco Antônio e
Wrong. The best estimates for global poverty come Otávio. Lépido deixou a vida pública antes de qualquer
from the World Bank’s Development Research Group, which confronto, enquanto Marco Antônio e Otávio disputavam
has just updated from 2005 its figures for those living in entre si a popularidade de Júlio César, como verdadeiros
absolute poverty (not be confused with the relative measure herdeiros do cônsul.
commonly used in rich countries). The new estimates show d) Com o fim do 2º triunvirato se inicia um período de
that in 2008, the first year of the finance-and-food crisis, both estabilidade política, na qual Marco Antônio se torna o
the number and share of the population living on less than grande imperador, ao lado de Cleópatra, rainha do Egito.
$1.25 a day was falling in every part of the world. This was e) Podemos dizer que a crise da República se encerra com
the first instance of declines across the board since the bank o surgimento do Império com Otávio Augusto, sobrinho e
started collecting the figures in 1981 (see chart). herdeiro de Júlio César. Contudo, mesmo com o título de
http://www.economist.com/node/21548963 imperador, Otávio não passava de um fantoche, pois o
poder (principalmente o militar) estava nas mãos do senado.
23 A respeito dos termos worst e biggest em destaque no
primeiro parágrafo, pode-se dizer que:

6 Simulado Quinzenal III CASD Vestibulares


26 Sobre as causas da decadência do Império Romano do América Portuguesa. Sobre esta questão é correto afirmar
Ocidente, leia as afirmativas a seguir: que:
I – Podemos afirmar que desde a Crise do século III d.C., a) Durante o primeiro século de colonização, a escravidão
Roma estava em constante decadência, por diversos indígena foi empregada em várias regiões da colônia.
motivos, inclusive o de crise de abastecimento das grandes Porém, com a adoção da mão-de-obra africana, ela foi
cidades. completamente extinta, levando os indígenas a se
II – Durante o período de decadência, o número de escravos internarem nos sertões do Brasil.
aumentou cada vez mais, o que instensificou a desigualdade b) A Companhia de Jesus, assim como outras ordens
social nos grandes centros urbanos, resultando em conflitos religiosas, procurava manter índios e negros afastados da
entre plebeus e patrícios, as chamadas 'greves sociais'. sociedade colonial, nas missões, a fim de preservá-los da
III – O processo de barbarização, movimento que ocorreu escravidão.
principalmente durante o Baixo Império romano, c) A utilização da mão-de-obra africana articulava-se
instensificou o Êxodo rural, pois os plebeus constumavam diretamente aos interesses mercantilistas de setores da
fugir para as cidades em busca de proteção patrícia. Graças burguesia comercial e da coroa portuguesa.
as suas fortes muralhas, Roma nunca chegou a ser d) A capacidade de trabalho do ameríndio superava em
saqueada, embora o Império tenha chegado ao fim. muito a do africano, o que levou à sua escravização
IV – Conseguimos perceber que, durante todo o período de sistemática até a sua extinção, por volta de meados do
decadência romana, muitas das atitudes tomadas no século XVII.
período tiveram imensa influência na Idade Média, e) A Igreja Católica dedicou-se, nos primeiros tempos da
principalmente os processos relacionados à decadência do colonização da América, a evitar a escravização dos negros,
trabalho escravo e a constante ruralização da sociedade. já que estes, ao contrário dos ameríndios, teriam alma,
V – Durante o período do Baixo Império Romano, ocorreu a sendo, por isso, passíveis de conversão.
divisão entre Império Romano do Ocidente e Império
Romano do Oriente. Esta divisão é posterior à invasão 29 Analise as afirmações sobre as sociedades americanas:
bárbara, e é justamente assinada pelo rei franco Clóvis.
I. Os povos americanos, durante milhares de anos antes da
As afirmativas corretas são: chegada dos europeus, ocuparam a grande variedade dos
a) I e III ecossistemas do continente, desenvolvendo uma
b) I e IV multiplicidade de culturas com as especificidades próprias
c) II , III e IV da sua adaptação ao meio ambiente.
d) I , III e V II. Astecas e Incas, na medida em que aproveitaram e
e) I , II , III e V aprimoraram o legado das inúmeras culturas que os
precederam nos ecossistemas da Mesoamérica e América
27 "O ser senhor de engenho é título a que muitos aspiram, Andina, puderam desenvolver civilizações sofisticadas com
porque traz consigo o ser servido, obedecido e respeitado alto índice de urbanização.
por muitos". Essa frase de João Antônio Andreoni III. A exploração exaustiva dos recursos naturais, como a
(conhecido como Antonil), escrita no seu livro CULTURA E devastação das florestas para a extração da madeira usada
OPULÊNCIA DO BRASIL POR SUAS DROGAS E MINAS, na construção e ampliação dos templos religiosos, provocou
refere-se aos: significativas mudanças ambientais que contribuíram para
acelerar o declínio da civilização Maia.
a) Ricos comerciantes que lidavam com os negócios de IV. É possível encontrar, na história da América portuguesa,
exportação e importação. registros da ocorrência de alianças entre índios e negros
b) Lavradores assalariados que plantavam a cana-de- que resistiram à escravidão e construíram alternativas à
açúcar. sociedade e à economia coloniais, como os quilombos,
c) Trabalhadores livres dos engenhos: artesãos, barqueiros, núcleos com ampla adaptação a regiões isoladas e mais
capatazes. seguras no interior, dotados de uma produção mais
d) Grandes proprietários das fábricas de manufaturas diversificada e uma sociedade mais horizontal que a da casa
têxteis. grande e da senzala.
e) Proprietários das terras que formavam a aristocracia
agrária, de grande poder econômico e político. Estão corretas
a) Apenas I e II.
b) Apenas I e III.
28 "Não há trabalho, nem gênero de vida no mundo mais c) Apenas II e IV.
parecido à cruz e paixão de Cristo, que o vosso em um d) Apenas III e IV.
desses engenhos. Em um engenho sois imitadores de Cristo e) I, II, III e IV.
crucificado (...) Cristo sem comer, e vós famintos; Cristo em
tudo maltratado, e vós maltratados em tudo. Os ferros, as
30 ...as casas se erguiam separadas umas das outras,
prisões, os açoites, as chagas, os nomes afrontosos, de
comunicando-se somente por pequenas pontes elevadiças e
tudo isso se compõe a vossa imitação, que se for
por canoas... O burburinho e o ruído do mercado (...) podia
acompanhada de paciência, também terá merecimento de
ser ouvido até quase uma légua de distância... Os artigos
martírio".
consistiam em ouro, prata, joias, plumas, mantas, chocolate,
(Vieira, Sermões. Apud BOSI, Alfredo. "A Dialética da
peles curtidas ou não, sandálias e outras manufaturas de
Colonização". São Paulo: Companhia das Letras, 1992,
raízes e fibras de juta, grande número de escravos homens
p.172.)
e mulheres, muitos dos quais estavam atados pelo pescoço,
com gargalheiras, a longos paus... Vegetais, frutas, comida
O texto representa mais uma das inúmeras justificativas
preparada, sal, pão, mel e massas doces, feitas de várias
para a escravidão durante o período de colonização da
maneiras, eram também lá vendidas... Os mercadores que
CASD Vestibulares Simulado Quinzenal III 7
negociavam em ouro possuíam o metal em grão, tal como b) Soro, porque é composto por antígenos específicos.
vinha das minas, em tubos transparentes, de forma que ele c) Soro, porque contém anticorpos prontos.
podia ser calculado, e o ouro valia tantas mantas, ou tantos d) Vacina, porque fornecerá ao organismo elementos de
xiquipils de cacau, de acordo com o tamanho dos tubos. defesa.
Toda a praça estava cercada por piazzas sob as quais e) Vacina, para eliminar quimicamente o veneno.
grandes quantidades de grãos eram estocadas e onde
estavam, também, as lojas para as diferentes espécies de 34 Considere as quatro frases seguintes.
bens. I. Enzimas são proteínas que atuam como catalisadores de
reações químicas.
Este texto foi escrito pelo cronista espanhol Bernal Diaz Del II. Cada reação química que ocorre em um ser vivo,
Castilho em 1519, sobre a cidade asteca de Tenochtitlán. A geralmente, é catalisada por um tipo de enzima.
partir dele, é correto afirmar que, na época, os astecas: III. A velocidade de uma reação enzimática independe de
a) Estavam organizados a partir de uma economia fatores como temperatura e pH do meio.
doméstica, coletora e caçadora. IV. As enzimas sofrem um enorme processo de desgaste
b) Desenvolviam trabalhos no campo e nas cidades, durante a reação química da qual participam.
associando agricultura, artesanato e comércio.
c) Tinham uma economia monetária que estimulava o São verdadeiras as frases:
desenvolvimento urbano e comercial. a) I e III, apenas.
d) Estavam organizados em duas classes sociais: os b) III e IV, apenas.
grandes proprietários de terra e os escravos. c) I e II, apenas.
e) Tinham uma economia comercial e de acumulação de d) I, II e IV, apenas.
metais preciosos (ouro) pelo Estado. e) I, II, III e IV.

31 Comparando-se o sistema nervoso de uma hidra e de 35 A maior parte da massa de matéria orgânica de uma
uma planária, fizeram-se as afirmações a seguir: árvore provém de:
I - O sistema nervoso da planária pode ser considerado mais a) Água do solo
evoluído que o da hidra. b) Gás carbônico do ar
II - A hidra possui um centro nervoso, que envia ordens para c) Gás oxigênio do ar
todas as partes do corpo, enquanto a planária não d) Compostos nitrogenados do solo
apresenta centralização do sistema nervoso. e) Sais minerais do solo
III - O sistema nervoso da hidra é difuso e o da planária é
ganglionar. 36 Considere as seguintes etapas do ciclo biogeoquímico
do nitrogênio e os microrganismos que dela participam:
Dessas afirmações, somente: I - Transformação do nitrogênio atmosférico em amônia
a) I é correta. II - Transformação de amônia em nitritos e nitratos
b) II é correta. II - Transformação de substancias nitrogenadas em amônia
c) III é correta. IV - Transformação de amônia em nitrogênio
d) I e III são corretas.
e) II e III são corretas. 1 - Bactérias e fungos decompositores
2 - Bactérias quimiossitetizantes
32 Observe a figura que representa o ciclo da Taenia solium 3 - Bactérias desnitrificantes
4 - Bactérias em associação mutualística com raízes

A associação correta dos itens anteriores é:


a) I-1, II-4, III-3, IV-2
b) I-3, II-2, III-1, IV-4
c) I-3, II-4, III-2, IV-1
d) I-4, II-1, III-2, IV-3
e) I-4, II -2, III-1, IV -3
Todas as afirmativas são corretas quanto ao ciclo da Taenia
solium, EXCETO: 37 Um dos elementos mais importantes para a nossa
a) A fase indicada por quatro pode ser encontrada tanto no sobrevivência é o manganês. Ele é responsável, entre
cérebro do homem, quanto no tecido muscular esquelético outras coisas, pelo crescimento e fortalecimento ósseo, pois
do porco. favorece a fixação de cálcio nos ossos. Seu excesso,
b) A meiose, na estrutura indicada por um originará tanto porém, pode causar anorexia e processos alucinógenos.
gametas masculinos, quanto femininos. 2+
Considere um íon Mn . Sabendo que o manganês possui
c) A respiração é por difusão, o tubo digestivo é completo e número atômico Z = 25, podemos afirmar que:
o desenvolvimento é direto no indivíduo indicado por um. a) O número de elétrons desemparelhados é zero (0) e o
d) A estrutura dois pode ser eliminada pelas fezes do 2+
Mn é diamagnético.
homem no ambiente e podem ser ingeridas pelo porco. b) O número de elétrons desemparelhados é três (3) e o
e) O homem é o hospedeiro definitivo deste Platelminto. 2+
Mn é diamagnético.
c) O número de elétrons desemparelhados é três (3) e o
2+
33 Quando uma pessoa é picada por um animal Mn é paramagnético.
peçonhento, deve procurar socorro através de d) O número de elétrons desemparelhados é três (5) e o
2+
a) Soro, que induzirá a formação de anticorpos. Mn é diamagnético.

8 Simulado Quinzenal III CASD Vestibulares


e) O número de elétrons desemparelhados é cinco (5) e o Sobre esse composto, pode-se afirmar:
2+
Mn é paramagnético. a) É o dimetil-isopentano.
b) É o 2,2,4-trimetilpentano.
38 Um dos óxidos mais conhecidos por sua capacidade c) É hidrocarboneto aromático.
maquilante é o óxido de titânio (TiO2). Ele era utilizado pelas d) Apresenta cadeia normal insaturada.
moças como clareador de pele, e hoje é utilizado em pastas e) Possui grande reatividade química em relação aos
de dente de marcas populares. Sabendo que o titânio possui demais hidrocarbonetos.
número atômico Z = 23 e o oxigênio, Z = 8, estes elementos
são, na tabela periódica, respectivamente: 42 Uma mistura de hidrocarbonetos e aditivos compõe o
a) Metal de transição interna e gás nobre. combustível denominado gasolina. Estudos revelaram que
b) Metal de transição externa e gás nobre. quanto maior o número de hidrocarbonetos ramificados,
c) Elemento representativo, ambos. melhor é o desempenho da gasolina e o rendimento do
d) Metal de transição externa e elemento representativo. motor. Observe as estruturas abaixo:
e) Elemento representativo e metal de transição interna.

39 Considere as seguintes afirmativas sobre os gases O2,


H2, CH4 e He.
I. O gás O2 tem maior velocidade de efusão e difusão que o
gás CH4.
II. Nas mesmas condições de pressão e temperatura, o gás
He tem a menor densidade.
III. Em uma mistura equimolar (quando os gases têm o
mesmo número de mols), o gás CH4 apresenta maior
pressão parcial.
IV. 16g de O2 reagem com 2g e H2 formando 18g de H2O,
segundo a equação: H2 + O2 H2O.

Dentre as alternativas abaixo, assinale a alternativa que


apresenta a(s) correta(s).
Dados: massas molares (em g/mol): H = 1; He = 4; C = 12;
O = 16.
a) I
b) I, II
c) II, III
d) II, IV
e) IV

40 Dois balões estão interligados por um tubo de volume


desprezível e munido de uma torneira. Inicialmente, essa
torneira se encontra fechada, de modo que os conteúdos O hidrocarboneto mais ramificado é:
não estão misturados. Para os valores de pressão e volume a) I
na figura, qual é o valor da pressão total (em atm) após a b) II
torneira ser aberta? c) III
d) IV
e) Nenhum dos compostos apresentados é hidrocarboneto.

43 A decomposição térmica do clorato de potássio é dada


pela equação química (não balanceada):

KClO3 KCl + O2

a) 2 b) 2,5 c) 2,75 d) 3,25 e) 4,5 Quantos mols de clorato de potássio (KClO3) são
necessários para a produção de 33,6 litros de gás oxigênio
(CNTP)?
41 O composto representado é o isoctano, um Dados: massas molares (em g/mol): O = 16; Cl = 35,5;
hidrocarboneto com excelente capacidade antidetonante e, K = 39·.
por isso, associado à qualidade da gasolina. a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5

44 Um litro de nitrogênio (N2) reage com três litros de


hidrogênio (H2) para formar quantos litros de amônia (NH3)?
Considere a pressão e a temperatura constantes durante a
reação.
a) 4 litros.
b) 2 litros.
c) 1 litro.

CASD Vestibulares Simulado Quinzenal III 9


d) 3 litros. 47 Sobre o tema Urbanização, analise as afirmações a
e) Impossível determinar sem conhecer a pressão e a seguir.
temperatura.
1) Os fatores que funcionam como atrativos da urbanização,
45 A Alemanha é o principal motor industrial da Europa, e nos países subdesenvolvidos, estão ligados basicamente ao
tem no vale do Reno-Ruhr sua maior concentração processo de industrialização.
industrial. Sobre os fatores que possibilitam a grande 2) A forte urbanização nos países subdesenvolvidos só
concentração industrial nessa região, está correta a ocorreu em face do processo de globalização verificado
afirmação: após o fim da URSS, quando houve um aumento de
a) A presença de rios auxilia bastante na concentração de exportações dos produtos primários.
indústrias na região, pois possibilitam fácil escoamento da 3) As cidades, nos países desenvolvidos, foram se
produção e ampla disponibilidade de energia hidroelétrica. estruturando para absorver os migrantes, havendo, então,
b) A produção pode escoar pelo rio Reno, fazendo dessa melhorias na infra-estrutura urbana e um aumento da
região um grande polo exportador, e o porto de Roterdã, na geração de empregos.
Holanda, um dos mais movimentados do mundo. 4) Nas áreas metropolitanas de países subdesenvolvidos,
c) Essa área possui grandes reservas de ferro e carvão, muitos desempregados, para garantir a sobrevivência,
fundamentais para a indústria pioneira, mas que perderam refugiam-se no subemprego da economia informal.
importância nos últimos tempos, fazendo do vale do Reno-
Ruhr uma área industrial decadente, a exemplo das áreas Estão corretas apenas:
produtoras de carvão da Inglaterra. a) 1 e 2
d) Essa área fica na região mais populosa da Alemanha, o b) 2 e 4
que dá às indústrias grande oferta de mão-de-obra bastante c) 1 e 4
barata e mercado consumidor. d) 2 e 3
e) É uma área que se destaca pelos tecnopolos e empresas e) 1, 3 e 4
de alta tecnologia, de modo que sua industrialização é
bastante recente, mas já supera as concentrações 48 A intensa e acelerada urbanização brasileira resultou em
industriais clássicas e mais antigas da Alemanha. sérios problemas sociais urbanos, entre os quais podemos
destacar:
46 A tabela a seguir apresenta alguns dados acerca do a) Falta de infra-estrutura, limitações das liberdades
clima de 4 cidades do mundo: individuais e altas condições de vida nos centros urbanos.
b) Conflitos e violência urbana, luta pela posse da terra e
Média das acentuado êxodo rural.
Média das c) Acentuado êxodo rural, mudanças no destino das
mínimas
máximas correntes migratórias e aumento no número de favelas e
temperaturas
Latitude temperaturas cortiços.
em
em d) Luta pela posse da terra, falta de infra-estrutura e altas
Janeiro
Julho (verão) condições de vida nos centros urbanos.
(inverno)
Montreal e) Aumento do número de favelas e cortiços, falta de infra-
(Canadá) 45°30'N -14,7°C 26,2°C estrutura e todas as formas de violência.
Londres
(Reino Unido) 51°30'N 2,3°C 23,5°C 49 Assinale a alternativa incorreta:
Astana
(Cazaquistão) 51°10'N -22°C 27°C
a) Intemperismo e erosão são dois processos gerados pelos
Sapporo
agentes exógenos, ou seja, pela energia solar. O primeiro
(Japão) 43°4'N -7°C 24,9°C
corresponde ao desgaste e decomposição da rocha e o
segundo é um processo natural que ocorre por meio das
Foram listados diversos fatores climáticos que estão precipitações, dos ventos e das geleiras, estes executam o
relacionados aos diferentes climas mostrados na tabela. trabalho de remoção, transporte e deposição de sedimentos.
I – Menor latitude; b) Os relevos são definidos como conjuntos de feições
II – Maior latitude; superficiais da Terra. Formados e modelados a partir de
III – Maritimidade; agentes que atuam sob e sobre a superfície terrestre eles
IV – Continentalidade; são sempre dinâmicas e diferenciadas.
V – Atuação da Corrente Marítima do Golfo. c) As rochas são compostas por um ou mais minerais, se
formam a partir do resfriamento e consolidação do magma e
Dentre as razões pelas quais o inverno de Londres é o podem sofrer transformações quando submetidas a novas
menos rigoroso de todas as cidades listadas, podem-se condições de temperatura, pressão e umidade.
destacar os fatores: d) Os agentes internos são forças construtoras, a partir
a) I e III, apenas. destas, se tem início o processo de formação do relevo. A
b) I e IV, apenas. transformação deste se dará por meio de forças externas.
c) II, III e V, apenas. Esses dois processos (internos e externos) estão sempre
d) II e IV, apenas. atuando na superfície terrestre, contribuindo para que as
e) III e V, apenas. formas de relevos sejam sempre estáticas e iguais.
e) Os crátons, as bacias sedimentares e os dobramentos
modernos são estruturas de relevo formadas por rochas
metamórficas, sedimentares e magmáticas. No Brasil não há
a existência de dobramentos modernos, pois estes são
10 Simulado Quinzenal III CASD Vestibulares
estruturas mais recentes, do período terciário e foram
formadas a partir de forças tectônicas.

50 “Nascido em São Luiz do Paraitinga (SP), em 24 de


outubro de 1924, Ab'Saber foi um dos mais importantes
estudiosos da geomorfologia brasileira. Atuou também como
pesquisador das áreas de ecologia, biologia evolutiva,
fitogeografia, geologia, arqueologia e geografia.”
Rede Brasil atual. Disponível em:
http://www.redebrasilatual.com.br/temas/ambiente/2012/03/a
ntes-da-morte-aziz-absaber-entregou-relato-de-sua-obra-a-
sbpc
O professor Aziz Ab’Saber foi, indiscutivelmente, um
dos maiores geógrafos físicos que o Brasil teve, foi um
grande estudioso do relevo brasileiro, portanto é correto
afirmar que:
a) Para classificar o relevo brasileiro Aziz Ab’Saber levou em
consideração apenas os estudos relacionados aos processo
internos da Terra, ou seja, de formação do relevo, ignorando
os processos naturais (externos).
b) Aziz Ab’Saber elaborou duas classificações de relevo: a
primeira denominada de unidades geomorfológicas e a
segunda denominada de classificação dos domínios
morfoclimáticos. Sua prioridade para a elaboração dessas
classificações foi a valorização dos processos de formação
do relevo, bem como, suas diferentes estruturas e os
agentes externos modeladores do relevo.
c) Clima, hidrografia e vegetação não foram aspectos
levados em consideração nos estudos do professor Aziz
Ab’Saber. Quem se propôs a analisar essas características
do relevo terrestre foi o cientista Aroldo Azevedo, que
propôs uma classificação de relevo mais detalhada e menos
generalizada.
d) Ab’Saber elaborou as classificações sobre o relevo
brasileiro com base nos estudos do professor Jurandyr
Ross, que analisou cada região do país levando em
consideração sua história de formação, os climas pretéritos
e recentes e, também, os aspectos naturais presente em
cada uma.
e) Todas as alternativas estão corretas.

CASD Vestibulares Simulado Quinzenal III 11