Você está na página 1de 25
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO BACHARELADO EM CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE QUÍMICA
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO BACHARELADO EM CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE QUÍMICA
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO BACHARELADO EM CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE QUÍMICA
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO BACHARELADO EM CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

BACHARELADO EM CIÊNCIAS E TECNOLOGIA

DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE QUÍMICA APLICADA A

ENGENHARIA PROFESORA: Dra. JOSY ELIZIANE TORRES RAMOS

ESTRUTURA CRISTALINA: NÍQUEL E ZINCO

COMPONENTES: Marcio Pereira e Nayanne Maia

Introdução

Zinco:

Introdução ✓ Zinco: ✓ Níquel:

Níquel:

Introdução ✓ Zinco: ✓ Níquel:

O zinco é:

Um metal de cor branco-azulada;

Forma cristalina hexagonal

compacta;

Número atômico: 30;

Peso atômico: 65,38;

Densidade (a 25°C): 7,14;

Dureza: 2,5 (escala de Mohs);

Ponto de fusão: 419°C;

Ponto de ebulição: 920°C.

(a 25 ° C): 7,14; ✓ Dureza: 2,5 (escala de Mohs); ✓ Ponto de fusão: 419
(a 25 ° C): 7,14; ✓ Dureza: 2,5 (escala de Mohs); ✓ Ponto de fusão: 419

Obtenção do

Zinco

E o 24º elemento mais abundante na crosta terrestre;
E o 24º elemento mais abundante na crosta terrestre;
Os minerais dos quais se extrai o zinco são a esfalerita (sulfetos), smithsonita (carbonato), hemimorfita
Os minerais dos quais se extrai o zinco são a esfalerita (sulfetos),
smithsonita (carbonato), hemimorfita (silicato) e franklinita
(óxido).
A produção mundial em 2003, segundo dados da Agência de Prospecção Geológica dos Estados Unidos,
A produção mundial em 2003, segundo dados da Agência de
Prospecção Geológica dos Estados Unidos, foi de 8,5 milhões de
toneladas, liderada pela China com 20% e Austrália com 19%.
A produção começa com a extração que pode ser realizada tanto a céu aberto como
A produção começa com a extração que pode ser realizada tanto a
céu aberto como em jazidas subterrâneas. Os minerais extraídos
são triturados e, posteriormente, submetidos a um processo
denominado flotação para a obtenção do mineral concentrado.

Aplicações do

Zinco

O óxido de zinco é muito importante na fabricação de tintas, borracha, plásticos, cosméticos, baterias,
O óxido de zinco é muito importante na fabricação de tintas,
borracha, plásticos, cosméticos, baterias, pigmentos, sabões,
etc;
Sulfeto de zinco é(era) utilizado em tintas fosforescentes, alguns tipos de lâmpadas e em algumas
Sulfeto de zinco é(era) utilizado em tintas fosforescentes, alguns
tipos de lâmpadas e em algumas técnicas com raios-X;
No recobrimento de outros metais para retardar a corrosão;
No recobrimento de outros metais para retardar a corrosão;
Na fabricação da liga conhecida como latão; uma mistura de cobre com zinco em diferentes
Na fabricação da liga conhecida como latão; uma mistura de
cobre com zinco em diferentes proporções – variando conforme
a necessidade das propriedades desejadas no material;
Em medicamentos e suplementos alimentares; alertando que zinco em excesso pode ser carcinogênico.
Em medicamentos e suplementos alimentares; alertando que
zinco em excesso pode ser carcinogênico.

Estrutura hexagonal compacta (HC)

A célula unitária do

arranjo estrutural HC é

formada por dois

hexágonos sobrepostos

que apresentam um átomo em cada vértice

e um átomo nos seus

centros, e também por um plano intermediário

de três átomos.

um átomo em cada vértice e um átomo nos seus centros, e também por um plano

Número de átomos e o parâmetro de rede

Cada átomo apresenta doze vizinhos mais próximos; logo, o seu número de coordenação (NC) é igual a 12.

Número de átomos na célula unitária:

vértice: (6x1/6) +(6x1/6) = 2

planos basais: (2x1/2) = 1

centro: 3

n = 2 + 1 + 3 =6

Os parâmetros da rede (a, c) são dados por:

a= 2r

c = 1,633a

Volume da célula unitária:

VH= 3 (√3/2) a² x c; Na hexagonal compacta a #c, então:

VHC= 3 (√3/2) a² x c

Fator de empacotamento atômico

O fator de empacotamento atômico (FE) é dado por:

Fator de empacotamento atômico O fator de empacotamento atômico (FE) é dado por:

Fórmula da densidade relativa

ρ= nA/VcNa

n = Número de átomos da célula unitária;

A = Peso atômico;

Vc = Volume da célula unitária;

Na = Número de Avogadro

Volume da célula unitária do Zinco

r = 0,133nm = 1,33x 10 -8 cm

a=0,2665nm = 2,665x10 -8 cm

c= 0,4947nm = 4,947x10 -8 cm

Substituindo os valores na formula temos:

VHC= 3 (√3/2) a² x c VHC= 3 (√3/2) x (2,665x10 -8 )² x (4,947x10 -8 ) VHC= 9,128 x 10 -23 cm³

Densidade relativa do Zinco

N: 6 átomos A: 65,38 g/mol Vc do zinco: 9,128 x 10 -23 cm³ Na: 6,02 x 10 23 átomos/mol

Substituindo os valores na fórmula:

ρ= nA/VcNa ρ= 6 x 65,38/9,128 x 10 -23 x 6,02x10²³ ρ= 7,138 g/cm³

O Níquel é:

•Um metal de cor branco prateado; •Forma cristalina Cúbica de face centrada; •Número atômico: 28; •Peso atômico: 58.69; •Densidade (a 25°C): 8908 kg/m3;

•Dureza: 4.0 (escala de Mohs);

•Ponto de fusão: 1454,85°C; •Ponto de ebulição: 2912,85°C.

Obtenção do

Níquel

Aparece na forma de metal nos meteoros junto com o ferro (formando as ligas kamacita
Aparece na forma de metal nos meteoros junto com o ferro
(formando as ligas kamacita e taenita);
É encontrado, combinado, em diversos minerais como garnierita, millerita, pentlandita e pirrotita. Também encontrado
É encontrado, combinado, em diversos minerais como
garnierita, millerita, pentlandita e pirrotita. Também
encontrado na composição química do petróleo;
As minas da Nova Caledônia, Austrália e Canadá produzem atualmente 70% do níquel consumido. Outros
As minas da Nova Caledônia, Austrália e Canadá produzem
atualmente 70% do níquel consumido. Outros produtores são
Cuba, Porto Rico, Rússia, China e Brasil;
No Brasil, as minas estão concentradas nos Estados do Pará, Bahia e Goiás, e são
No Brasil, as minas estão concentradas nos Estados do Pará,
Bahia e Goiás, e são exploradas pelas empresas Anglo
American Brasil LTDA, Vale S.A., Mirabela Mineração e Grupo
Votorantim;

Aplicações do

Níquel

Aproximadamente, 65% é empregado na fabricação de aço inoxidável (austenítico ou corrente), 12% em superligas
Aproximadamente, 65% é empregado na fabricação de aço inoxidável
(austenítico ou corrente), 12% em superligas de níquel. O restante, 23%, é
repartido na produção de outras ligas metálicas, baterias recarregáveis,
reações de catálise, cunhagens de moedas, revestimentos metálicos e
fundição;
As ligas níquel-cobre (monel) são muito resistentes a corrosão, utilizando-se em motores marítimos e indústria
As ligas níquel-cobre (monel) são muito resistentes a corrosão, utilizando-se
em motores marítimos e indústria química;
A liga níquel-titânio (nitinol-55) apresenta o fenômeno memória de forma e é usado em robótica,
A liga níquel-titânio (nitinol-55) apresenta o fenômeno memória de forma e
é usado em robótica, também existem ligas que apresentam
superelasticidade. Esta liga também é muito utilizada em Odontologia, na
confecção de fios ortodônticos e limas endodônticas;
Cadinhos de laboratórios químicos, Catalisador da hidrogenação de óleos vegetais, usado em cordas de guitarra
Cadinhos de laboratórios químicos, Catalisador da hidrogenação de óleos
vegetais, usado em cordas de guitarra e outros instrumentos;

Estrutura Cúbica de Face Centrada (CFC)

Contém um átomo em cada

vértice do cubo além de um átomo em cada face do cubo. Logo, cada célula unitária contém quatro átomos (8 dos vértice + 6 átomos das faces).

Número de coordenação é o número de vizinhos mais próximos de um átomo.

(8 dos vértice + 6 átomos das faces). Número de coordenação é o número de vizinhos

Características

Características
Volume da Célula Unitária

Volume da Célula Unitária

Fator de empacotamento atômico (FE)

Fator de empacotamento atômico (FE)

Densidade Relativa

Densidade Relativa

Para o Zinco e o Níquel temos:

Para o Zinco e o Níquel temos:

Conclusão

Perante o estudo de estruturas cristalinas a respeito do Zinco e Níquel, foi possível ter

uma melhor visão a respeito das estruturas dos elementos analisados, e também nos

permitiu observá-las de na prática, pois até então só tínhamos visto na teoria. Com

base nas estruturas também pudemos deduzir e calcular propriedades como:

parâmetro de rede, fatores de empacotamento atômico, número de coordenação e densidade relativa, sendo estes de grande importância para o aprendizado. Vale ressaltar, que através das definições apresentadas acerca de estruturas cristalinas, os

materiais que apresentam as propriedades e características, citadas anteriormente,

são estudados para serem usados pela indústria na confecção de termômetros,

transistores, máquinas fotográficas, relógios e balanças.

Referências

Zinco << https://www.todamateria.com.br/zinco/>> Disponível em: 02/03/19;

Zinco<< http://www.quimlab.com.br/guiadoselementos/zinco.htm>> Disponível em: 02/03/19;

Zinco << https://www.infoescola.com/elementos-quimicos/zinco/>> Disponível em: 02/03/19;

Zinco : Aplicações << http://nautilus.fis.uc.pt/st2.5/scenes-p/elem/e03030>> Disponível em:

02/03/19;

Estruturas Cristalinas e Geometria dos Cristais <<http://www.foz.unioeste.

br/~lamat/downmateriais/materiaiscap3.pdf>> Disponível em: 03/03/19;

Estrutura Hexagonal Compacta hc << https://www.cimm.com.br/portal/

material_didatico/6418-estrutura-hexagonal-compacta-hc#.XIXYVShKjIU>> Disponível em: 03/03/19;

Níquel <<https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Níquel>> Disponível em: 09/03/19;

Características Técnicas do Níquel <<http://www.icz.org.br/niquel caracteristicas-tecnicas.php>> Disponível em: 09/03/19;

Estrutura Cúbica de Face Centrada cfc <<https://www.cimm.com.

br/portal/material_didatico/6417-estrutura-cubica-de-face-centrada-cfc#.XIW80thv_qs>>

Disponível em: 09/03/19;

Coordenação do Níquel <<http://www.eagps.info/angelus/cap2/ coordena.htm>> Disponível em: 09/03/19.