Você está na página 1de 1

www.BookBox.

com

O SUSSURRO DAS PALMEIRAS


De Deepa Gangwani e Tina Suchanek
Mori era uma menininha com belos olhos castanhos. Ela vivia com seus pais num
lindo pomar de cocos, próximo a um pequeno lago azul. Todas as manhãs, quando ia a
caminho do lago, ela levava na sua cabeça uma cesta vazia. Sua mãe vinha a seguir
com a roupa para lavar e seu pai trazia a grande rede de pescar. Sua mãe lavava as
roupas numa pedra ao lado do lago, enquanto seu pai ia pescar. Ele arrastava a rede à margem
e recolhia os peixes numa grande cesta. Às vezes uma tartaruga ficava presa na rede, mas Mori
sempre se apressava a salvá-la. Numa manhã ensolarada, enquanto ela pescava com seu pai,
Mori disse: “Se nós pescarmos tantos peixes, um dia não sobrará mais nenhum!” Sua mãe riu e
despediu-se da filha que ia para a escola. À sombra das árvores a mãe de Mori caiu num sono
pesado. Ela sonhou com um lago sem nenhum peixe, enquanto o vento susurraba nas folhas
das palmeiras: “As águas e a terra sempre cuidaram bem da sua família, porem vocês também
devem cuidar bem deles”. Ela despertou com lágrimas em seus olhos pois ela não sabia como
criar a filha a não ser vendendo muito peixe.

A tarde inteira ela sentou tecendo esteiras de coco e refletindo sobre o seu sonho. Naquela
noite Mori ouviu seus pais falando baixinho e a luz do lampião ficou acesa até bem tarde. Na
manhã seguinte seu pai deu-lhe uma cesta menor. “Como vou carregar tantos peixes nesta
cestinha?” Mori perguntou. “Nós pescaremos apenas tantos peixes quanto couberem nesta
cesta”, ele respondeu. Mori ficou intrigada. Voltando da escola ela ficou animada ao ver sua
mãe usando cocos para fazer sabonete e óleo. Mori subiu agilmente no coqueiro para pegar
mais cocos, mas sua mãe a advertiu: “Não tire os cocos do coqueiro. Nós devemos usar apenas
o que o coqueiro nos dá”. Seu pai acrescentou: “Para estas coisas nós usamos apenas os cocos
que caíram do coqueiro. Veja bem, nós até fizemos este sabonete com uma flor de jasmim
dentro!” A partir daquele dia a família de Mori fez vassouras das folhas de palmeiras e teceu
esteiras de fibras de coco. Eles vendiam sabonete, óleo e apenas uma pequena quantidade de
peixe no mercado. Quando Mori cresceu ela aprendeu a esculpir tartaruguinhas das cascas de
coco e sempre usava uma no seu pescoço.

FIN

Did you enjoy this Story?


The animated version and complete pdf
print-your-book version of this story can be
bought at www.BookBox.com

© 2005 BookBox, Inc