Você está na página 1de 3

Regulação de Sistemas de Transporte EMO004

Exercícios para Revisão:

1) A Constituição Federal traz uma série de dispositivos legais relativos aos transportes.
Entre as alternativas abaixo cite aquela que está incorreta, ou seja não consta entre os
dispositivos legais para transportes na Constituição Federal:
( v ) Os transportes são considerados um dos direitos sociais- artigo 6º da constituição
federal
(x) O transporte não é considerado um serviço público e portanto não é passível de
concessão.
2) A constituição Federal, em seu artigo 178 apresenta disposições para as diversas
modalidades de transporte, determinando que as políticas aos transportes serão
regulamentadas em Lei.
Ao longo do tempo as Leis específicas vieram para regulamentar o que já estava
presente na Constituição.
De maneira geral, pode-se dizer que após a Constituição Federal, no início dos Anos
90, com a democratização do País houve uma mudança na postura do estado em
relação as políticas de maneira geral, e as políticas de transporte especificamente.
Explique como foi essa mudança.
Com o advento do fenômeno regulatório (notadamente a partir da década de 1990),
mudou-se o “paradigma interventivo” do Estado brasileiro, garantindo-se uma
progressiva redução da intervenção estatal direta na economia em prol da
subsidiariedade (Pinto, 2010). Tal movimento, como apontado por Justen Filho (2002,
p. 21), importou em “reconhecer os princípios gerais da livre iniciativa e da livre
empresa, reservando-se ao Estado o instrumento da regulação como meio de orientar
a atuação dos particulares”.

3) A Lei 12.587, de 3 de janeiro de 2012 conhecida como Lei da Política Nacional de


Mobilidade Urbana, traz um novo entendimento sobre a política de transporte urbano.
De que forma pode ser entendida a mobilidade urbana?

A mobilidade urbana é um atributo das cidades e se refere à facilidade de


deslocamentos de pessoas e bens no espaço urbano. Tais deslocamentos são feitos
através de veículos, vias e toda a infraestrutura que possibilitam esse ir e vir cotidiano.
Isso significa que a mobilidade urbana é mais do que o que chamamos de transporte
urbano, ou seja, mais do que o conjunto de serviços e meios de deslocamento de
pessoas e bens. A mobilidade urbana é a resultado da interação entre os
deslocamentos de pessoas e bens com a cidade. Pensar a mobilidade urbana é pensar
sobre como se organizam os usos e a ocupação da cidade e a melhor forma de garantir
o acesso das pessoas e bens ao que a cidade oferece não apenas pensar os meios de
transporte e o trânsito.

4) A Lei 12.587, de 3 de janeiro de 2012 -Lei da Política Nacional de Mobilidade Urbana


está integrada à política de desenvolvimento urbano, presente no Estatuto das
Cidades, a Lei 10.267de 10 de julho de 2001. Algumas diretrizes presentes no Estatuto
Regulação de Sistemas de Transporte EMO004

das cidades são relacionadas a aspectos do transporte e da mobilidade urbana. Faça a


ligação entre às diretrizes ( A e B) e as afirmativas abaixo:
A- “Diretriz IV -Planejamento do desenvolvimento das cidades, da distribuição
espacial da população e das atividades econômicas do município e do território
sob sua área de influencia, de modo a evitar e corrigir as distorções do
crescimento urbano e seus efeitos negativos sobre o meio ambiente;”
B- “Diretriz VI - Ordenamento do uso solo, de modo a evitar...d) a instalação de
empreendimentos que possam funcionar como pólos geradores de trafego, sem a
previsão da infraestrurura correspondente.
(....) A distribuição espacial urbana quando realizada de forma a distribuir melhor
os serviços urbanos, tais como comércios, órgão públicos, servições de saúde e
escolas atendem melhor à população e também contribuem para a mobilidade
urbana.
( ) A implantação de empreendimentos que possam gerar trafego devem passar
por aprovação e devem estar de acordo com o Plano Diretor do Município.
( ) As adequações ao uso do solo urbano também podem ser feita por um
sistema de transporte que preveja a multimodalidade.

5) A Constituição Federal, no Artigo 175 não define o que é serviço público, mas
tradicionalmente tem-se este conceito abordado pelos teóricos do Direito. A partir do
conceito tradicional de serviço público argumente como os transportes tem sido
considerados como uma das atividades integrantes dos denominados serviços
públicos.

O serviço de transporte coletivo está definido como público pela Constituição Federal
de 1988, que o determina como dever próprio do Estado. O artigo 30 apresenta que
cabe aos municípios “organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou
permissão, os serviços públicos de interesse local, incluído o de transporte coletivo,
que tem caráter essencial”. Esse meio de transporte constitui, em muitos casos, como
o único, ou pelo menos como o principal meio de condução para grande parte da
população. Diante das dificuldades financeiras enfrentadas, o Poder Público delega a
operação desse serviço à iniciativa privada por meio de um processo licitatório,
regulamentando-o, com o objetivo de garantir aos usuários-consumidores o direito à
mobilidade mais segura e eficaz

6) A partir do texto de Rainer (2018) como pode ser entendida a a regulação do serviço
público de transporte?
Regulação de Sistemas de Transporte EMO004