Você está na página 1de 5

Revisão Equipamentos estáticos

1) Fale de torre de destilação


Resposta: Servem para separar ou absorver componentes de misturas
homogêneas. A absorção é feita em torres absorvedoras, com finalidade de
separar produtos corrosivos ou indesejáveis no produto final. Torres
extrativas, retificadoras, fracionadoras, etc.
Existem duas classes fundamentais de tipos de torres:
Torres de Pratos ou Bandejas;
Torres Recheadas.
2) Defina torre de resfriamento
Resposta:
É um dispositivo de remoção de calor usado para transferir calor residual de
processo para a atmosfera. Servindo para o resfriamento de água industrial,
provenientes de condensadores, por exemplo, de instalações de
refrigeração, trocadores de calor, etc. O resfriamento de água pode ser feito
em grandes reservatórios, onde sua superfície livre fica em contato com o
ar, porém é quase sempre mais prático e econômico empregar torres de
resfriamento
3) Quais tipos de torres de resfriamento
Resposta:
Com circulação natural: O ar (suposto em movimento como brisa ou vento)
penetra por venezianas e ajuda a dispersar as gotas de água e a resfria-las
em sua queda.
por ar induzido, com aspiração do ar em contracorrente: Como no caso
anterior, a água cai de aspersores na parte superior de uma caixa que
possui paredes laterais permitindo a entrada do ar por venezianas. Em uma
abertura na parte superior o ar cai graças à atuação de um ventilador axial
de pás fixas ou de passo ajustável.
por Ar Induzido, com insuflamento de ar em contracorrente com
insuflamento lateral: A caixa é de forma até certo ponto parecida com a do
tipo de aspiração sem o colarinho onde é colocado o ventilador. No caso,
usa-se um ventilador centrífugo que insufla o ar horizontalmente sobre a
colmeia por onde as gotículas de ar, por gravidade, vão passando. A saída
de ar pode ser na vertical ou na horizontal, usando-se neste caso o sistema
chamado de corrente cruzada.
atmosférico de circulo fechado: Quando o processo industrial não permite
que possa haver contaminação de água resfriada pela atmosfera poluída, e
onde não se possa perder parte da água por evaporação (águas
desionizadas).
A torre contém dois círculos de água:
a) Círculo primário - com um intercambiador em forma de feixe tubular (1)
por onde circula a água limpa, em circuito fechado, sem sofrer perdas ou
alterações. Este circuito deve conter um tanque-pulmão para compensação
de vazões e pressões.
b) Circuito secundário – a água de resfriamento é distribuída uniformemente
(3) por pulverizadores (6) colocados em tubulação de recalque de uma
bomba (5), que coleta a água em um tanque (4), estabelecendo assim um
circuito fechado. Um ventilador colocado na parte superior da Torre (8) cria
a depressão necessária para que o ar exterior penetre por venezianas
laterais (7) e siga em sentido oposto ao da queda da água dos aspersores.
Obs.: Esses resfriadores podem ser associados em baterias de duas, três,
quatro ou mais unidades, conforme mostra o catalogo da Alpina S. A
Industria e Comercio.

4) Fornos e seus objetivos


Resposta: Os fornos são equipamentos de grande importância nas plantas
de processo, pois a utilização de chama proveniente de queima de
combustíveis é ainda a melhor maneira de se aquecer grandes vazões de
fluídos a altas temperaturas, ou fornecer calor para reações químicas.

5) Explique tiragem e dê seus tipos


Respostas:
Tiragem: é o fluxo de ar que supre a fornalha do oxigênio necessário á
combustão e retira os gases resultante.
Tiragem forçada: é o fluxo de ar que supre a fornalha.
Tiragem induzida: é o fluxo de gases retirados da caldeira.
6) Descreva fornos de pirolise(pirox)
Resposta:
A carga consiste em hidrocarbonetos saturados principalmente, que são
aquecidos a altas temperaturas e baixas pressões produzindo
hidrocarbonetos insaturados como etileno, propileno, butadieno, etc. As
reações ocorrem em presença de vapor d’água
7) Explique refratários
Resposta:
Refratários são matérias, capazes de resistir altas temperaturas, tendo
resistência mecânica elevada, resistência a erosão, resistência a ataques
químicos de ácidos, bases, metais etc. Considerando o emprego em fornos.
Suas finalidades estão: em isolar a câmara de combustão dos elementos
estruturais;
Irradiar o calor não absorvido pelos tubos para dentro da câmara.
Evitar perdas de calor para o exterior.
Evitar que os gases de combustão, que contém compostos de enxofre,
atinjam as chapas da carcaça metálica onde se condensariam formando
ácidos corrosivos.
Tipos de materiais refratários e islolantes são: tijolos refratários, concretos
refratários, fibras de vidro.
8) Em caldeiras,existem duas classes de vapor. Quais são elas?
Resposta:
Vapores provenientes de geradores de vapor flamotubulares(tubos de
forgo) e aquatubulares(tubos de água). Onde, respectivamente, os gases
quentes provenientes da combustão passa no interior dos tubos, ficando
externamente aos tubos de água e os gases de combustão envolvem os
tubos, circulando água internamente nos tubos.
9) Caldeiras aquatubulares para que serve
Respostas:
As caldeiras aquotubulares são usadas nos modernos projetos industriais,
pois podem produzir grandes quantidades de vapor a elevadas
temperaturas. A produção de vapor neste tipo de caldeira atinge até 750
ton/h, a pressões da ordem de 200 t.
10) Qual é a classificação de tiragem
Resposta:
Tiragem natural: O fluxo de gases (tiragem) é conseguido unicamente pela
ação da chaminé devido à diferença de densidades ao longo da mesma,
provocada pela diferença de temperatura dos gases de combustão
Tiragem mecânica forçada: O fluxo dos gases é obtido através da
instalação de um ventilador na linha de ar de combustão, forçando-o a
entrar na câmara de combustão. A pressão na câmara de combustão deste
tipo de equipamento normalmente é positiva
Tiragem mecânica induzida: O fluxo dos gases é obtido através da
instalação de um ventilador na saída dos gases, induzindo, assim, os gases
a percorrer o gerador de vapor
Tiragem mecânica balanceada: Instalam-se dois ventiladores, o de tiragem
forçada vence as perdas de carga até a entrada da câmara de combustão,
e o de tiragem induzida vence o restante das perdas de cargas
11) O que estabelece a NR-13
Resposta:
Esta Norma Regulamentadora - NR estabelece requisitos mínimos para
gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e
suas tubulações de interligação nos aspectos relacionados à instalação,
inspeção, operação e manutenção, visando à segurança e à saúde dos
trabalhadores.
12) Defina NR-14
Resposta:
define que os fornos, para qualquer utilização, devem ser constituídos
solidamente, revestidos com material refratário, de forma que o calor
radiante não ultrapasse os limites de tolerância estabelecidos pela NR 15.
13)Fale sobre a NR-15
A NR-15 descreve as atividades, operações e agentes insalubres,
inclusive seus limites de tolerância, define as situações que, vivenciadas
nos ambientes de trabalho pelos trabalhadores, demonstrem a
caracterização do exercício insalubre e também os meios de protegê-los
das exposições nocivas à saúde.
14) Dê a classificação de purgadores
Resposta:
Os purgadores podem ser classificados em:
– Purgadores Mecânicos: Agem por diferença de densidade.
a) Purgadores de bóia;
b) Purgadores de panela invertida.
– Purgadores Termostáticos – Agem por diferença de temperatura.
a) Purgadores de expansão metálica;
b) Purgadores de expansão líquida;
c) Purgadores de expansão balanceada (fole).
– Purgadores Especiais:
a) Purgadores termodinâmicos;
b) Purgadores de impulso
15) Exemplifique trocador de calor
Resposta:
Os equipamentos usados para implementar a troca de calor entre dois
fluidos fluidos ou mais sujeitos sujeitos a diferentes diferentes
temperaturas temperaturas são denominados denominados Trocadores
de Calor.
Trocador Tipo placa, trocadores de calor de contato direto, de contato
indireto, trocadores tubulares(tubo duplo e calor em serpentina)
Trocadores de calor de contato direto
- os dois fluidos se misturam.
- transferência de massa além de transferência de calor
- taxas de transferência de calor muito altas
Trocadores de calor de contato indireto
Há uma parede que separa o fluído
Permanecem em passagens separados
Trata-se de um recuperador.
Trocadores tubulares.
Construido de tubos e carcaça
Fluido passa por dentro dos tubos e outro no espaço entre a carcaça e
os tubos
Exitem o trocador tubular tubo duplo, calor em serpentina
Trocador Tipo placa
Construído com placas planas lisas ou com formas de ondulações
Não pode suportar pressões muito altas