Você está na página 1de 5

CIA jose francisco lippe

Secretaria de estado de educação


Serrana I

Fichamento
(Sociologia)

Aluno: Marlom
Turma: 3007
Sumário:

A luta pela cidadania--------------------------------------------------------------------------------------1


Os movimentos sociais-----------------------------------------------------------------------------------2
Problemas da ação coletiva------------------------------------------------------------------------------2
Capital social e participação cívica---------------------------------------------------------------------2
A sociedade civil------------------------------------------------------------------------------------------2
questões----------------------------------------------------------------------------------------------------3
1 luta pela cidadania

Cidadania é a condição de ser reconhecido como membro de um grupo politico (por exemplo, um
Estado) e de ter os direitos e deveres associados a essa condição. Na definição da filosofa alemã
Hannah Arendt (1906-1975), cidadania é “o direito de ter direitos”.

Direitos civis: aqueles que permitem ao cidadão exercer sua liberdade individual. Por exemplo, o
direito de cada um dizer o que pensa (liberdade de expressão), o direito de acreditar na religião que
quiser (ou não acreditar em nenhuma) o direito de fazer acordos e contratos com outros cidadãos e o
direito à propriedade. Os direitos civis foram os primeiros a surgir na Inglaterra, se consolidando a
partir do seculo XVIII.

Direitos políticos: são aqueles que permitem ao cidadão participar do exercício do poder politico.
São exemplos de direitos políticos o direito ao voto, o direito de se organizar com outros cidadãos
para defender propostas (incluindo ai o direito de formar partidos políticos) e o direito de ser eleito
para cargos públicos. Os direitos políticos se consolidaram na Inglaterra entre o final do seculo XIX
e o começo do seculo XX, primeiro com a ampliação do direito ao voto para todos os homens e
depois com o reconhecimento dos direitos políticos das mulheres.

Direitos sociais: são aqueles que garantem ao cidadão um mínimo de bem-estar econômico e uma
vida digna, de acordo com o padrão do pais e da época. São exemplos de direitos sociais o direito a
educação, a saúde, a uma aposentadoria na velhice ou em caso de invalidez. Os direitos sociais
ganharam forca no seculo XX, quado os movimentos operários europeus conseguiram obrigar o
estado a prover a todos os cidadãos saúde e educação publicas, entre outros direitos
2 os movimentos sociais

é durante a luta pela cidadania que se formam os cidadãos. Os movimentos sociais foram – e são –
fundamentais na tarefa de exigir do estado o reconhecimento dos direitos que compõem a cidadania
e em favorecer que os próprios cidadãos discutam entre si quais devem ser esses direitos.
Chamamos de movimento social um grupo de pessoas que atua conjuntamente para transformar
algum aspecto da sociedade. Os movimentos sociais são diferentes dos partidos políticos porque
não procuram, necessariamente, conquistar o controle do estado. A luta por reconhecimento busca,
por sua vez, corrigir ou eliminar injustiças culturais, como a humilhação, o desespero e a negação
de direitos a pessoas de determinados grupos.

3 problemas da ação coletiva

pode parecer fácil organizar um movimento social. Por exemplo, é bastante claro que as mulheres
sofrem com a desigualdade de gênero em diversas situações e tem, portanto, interesses comuns.
Logo poderíamos concluir, e natural que elas se organizem para lutar por seus direitos. O mesmo
poderia ser dito sobre trabalhadores pobres, os negros, os indígenas e tantos outros grupos
discriminados. Entretanto a ação coletiva esta longe de ser tao simples. Diversos estudos mostram
que organizar pessoas em torno de um objetivo comum pode ser bastante difícil, mesmo quando o
grupo a ser organizado constitui a maioria da população.

4 capital social e participação cívica

se é verdade que as minorias organizadas podem dominar as maiorias, de que adianta buscar se
organizar coletivamente? Não seria melhor que cada cidadão cuidasse apenas de seus próprios
problemas? Tudo indica que não. Segundo o cientista politico estadunidense robert putnam (1941-),
regiões com altos níveis de participação social teriam mais prosperidade econômica, maior respeito
a lei e menos corrupção. capital social é o conjunto de regras, redes de contatos pessoais (amigos,
família, grupo de convivência) e relações de confiança que ajuda os cidadãos a superarem os
problemas de ação coletiva

5 a sociedade civil

a sociedade civil compreende o conjunto de associações, movimentos, universidades, entidades de


classe, instituições religiosas e científicas que não fazem parte do estado no sentido weberiano (o
estado como coerção, como violência) mas que influenciam decisivamente a vida politica.
Questões:

1 quais são os três tipos de direito descritos por T. H. Marshall? De exemplos.

R: direitos civis, exemplo: liberdade de expressão. Direitos políticos, exemplo: direito ao voto.
Direitos sociais, exemplo: direito a educação.

2 quais é a diferença entre a luta por redistribuição e luta por reconhecimento? De exemplos.

R: redistribuição esta ligado aos direitos sociais, e luta por reconhecimento aos direitos civis

3 descreva o problema do carona.

R: o problema do carona consiste em uma pessoa que vai se beneficiar de algo sem ter contribuído
para a sua aquisição.

4 o que é capital social?

R: capital social é o conjunto de regras, redes de contatos pessoais (amigos, família, grupo de
convivência) e relações de confiança que ajuda os cidadãos a superarem os problemas de ação
coletiva

5 defina o que é sociedade civil.

R: a sociedade civil compreende o conjunto de associações, movimentos, universidades, entidades


de classe, instituições religiosas e científicas que não fazem parte do estado no sentido weberiano (o
estado como coerção, como violência) mas que influenciam decisivamente a vida politica