Você está na página 1de 27

ENGENHARIA TERMOTÉCNICA

3ºANO

AULA 08
DATA – 20/08/2019

CAPÍTULO IV – GERADOR DE VAPOR


IV – GERADOR DE VAPOR
EXERCÍCIO RESOLVIDO 4.1

Determinar o consumo de combustível e o rendimento de um


gerador de vapor que produz 10.000 kg/h de vapor, a temperatura
de 400ºC e pressão de 20 bar, sabendo que a água de alimentação
entra no gerador saturada a temperatura de 120ºC. A temperatura
do gás de escape é de 155 ºC, a temperatura exterior de 30ºC a do
combustível 30ºC. A caldeira tem grelha de cadeia de percurso
directo e funciona com carvão mineral com o calor específico de 1,4
kJ/kg.K, o ar (cp = 1,3 kJ/kg.K) é insuflado a temperatura de 220
ºC com o coeficiente de excesso de ar mínimo para este tipo de
câmara.
2
IV – GERADOR DE VAPOR

O combustível tem a seguinte composição dada em massa de


combustível: Carbono 54%, Hidrogénio 12%, Nitrogénio 5%,
Oxigénio 22%, Enxofre 7%, e é um combustível com bastante
percentagem de cinzas, com Cinzas a 40%, Humidade de 7%. A
fracção das cinzas retirada com a escória é a máxima possível para
este tipo de fornalha e a entalpia da escória de 4 kJ/kg.

3
GERADOR DE VAPOR
Método do Balanço Inverso

Dados:

-A caldeira tem grelha de cadeia de percurso directo


- Carvão mineral
- Excesso de ar mínimo α = 1,3 (Tabela 4.1)
- cp,comb = 1,4 kJ/kg.K cp,ar = 1,3 kJ/kg.K
- Tágua = 120 ºC Tar = 220 ºC Twg = 155 ºC
- Text = Tamb = 30 ºC Tcomb = 30 ºC
- cp,g (calor específico médio destes produtos - ar e combustível) =
1,35
- aarr = avol = 0,2 (Tabela 4.1)
- Hesc = 4 kJ/kg

4
GERADOR DE VAPOR

5
GERADOR DE VAPOR
Método do Balanço Inverso

Dados...
- hg,vapor saturado,400ºC,20bar = 3.247,6 kJ/kg
- hf,água saturada,120ºC = 503,71 kJ/kg

6
GERADOR DE VAPOR
1. A massa de trabalho do combustível calcula-se de:
𝑊 𝑡 = 7,0 %
𝐴𝑡 = 40 %
100− 𝐴𝑡 +𝑊 𝑡
𝑡 𝑑
𝐶 = 𝐶 = 28,62 %
100
100− 𝐴𝑡 +𝑊 𝑡
𝐻𝑡 = 𝐻𝑑 = 6,36 %
100
100− 𝐴𝑡 +𝑊 𝑡
𝑁𝑡 = 𝑁𝑑 = 2,65 %
100
100− 𝐴𝑡 +𝑊 𝑡
𝑡 𝑑
𝑂 = 𝑂 = 11,66 %
100
𝐴𝑡 +𝑊 𝑡
𝑆𝑡 = 𝑆𝑑 = 3,71 %
100
GERADOR DE VAPOR
2. O volume teórico do ar é dado por:
3
0
𝑉𝑎𝑟 𝑡
= 0,0889 𝐶 + 0,375 𝑆 𝑡 𝑡 𝑡
+ 0,269 𝐻 − 0,0336 𝑂 = 3,987 𝑚
kg

3. O volume teórico dos gases biatómicos calcula-se de:


3
0 0 𝑡
𝑉𝑁2 = 0,79 𝑉𝑎𝑟 + 0,008 𝑁 = 3,171 𝑚
kg

4. O volume teórico de água obtém-se de:


3
𝑉𝐻02 𝑂 𝑡 𝑡
= 0,1119𝐻 + 0,0124 𝑊 + 0,0161 0
𝑉𝑎𝑟 = 0,863 𝑚
kg

5. Volume dos gases triatómicos:


𝐶 𝑡 + 0,375 𝑆 𝑡 𝑚 3
𝑉𝑅𝑂2 = 1,867 = 0,560 kg
100
6. O volume real dos gases biatómicos calcula-se de:
GERADOR DE
0 0 𝑚 3 VAPOR
𝑉𝑅𝑂 = 𝑉𝑁2 + 𝛼 − 1 0,79 𝑉𝑎𝑟 = 4,116 kg

7. O volume real de água obtém-se de:


3
𝑉𝐻2 𝑂 = 0
𝑉𝐻2 𝑂 + 0,0161 𝛼 − 1 0
𝑉𝑎𝑟 = 0,882 𝑚
kg

8. O volume do oxigénio excedente obtém-se de:


3
0
𝑉𝑂2 = 0,21 𝛼 − 1 𝑉𝑎𝑟 = 0,251 𝑚
kg

9. O volume dos gases de combustão calcula-se de:


3
𝑉𝑔 = 𝑉𝑅𝑂2 + 𝑉𝑅𝑂 + 𝑉𝐻2 𝑂 + 𝑉𝑂2 = 5,809 𝑚
kg
10. Fracção Volúmica real: GERADOR DE VAPOR
dos Gases Triatómicos
𝑉𝑅𝑂2
𝑟𝑅𝑂2 = = 0,096
𝑉g
dos Gases Biatómicos
𝑉𝑅2
𝑟𝑅2 = = 0,708
𝑉g
da Água
𝑉𝐻2 𝑂
𝑟𝐻2 𝑂 = = 0,152
𝑉g
do Oxigénio excedente
𝑉𝑂2
𝑟𝑂2 = = 0,043
𝑉g
10
GERADOR DE VAPOR
11. Cálculo do Poder Calorífico Inferior
𝑄𝑖𝑡 = 4,187 81 𝐶 𝑡 + 300 𝐻𝑡 − 26 𝑂𝑡 − 𝑆 𝑡 − 6 𝑊 𝑡 + 9 𝐻𝑡 = 15.216 𝑘𝐽/kg

12. Cálculo da entalpia determinada pelo poder calorífico;


𝑄𝑖𝑡 15216
𝐼𝑝𝑐 = = = 2.619 𝑘𝐽/𝑚3
𝑉g 5,809
13. Cálculo de entalpia de
aquecimento do ar
0
𝑇𝑎𝑟 𝑐𝑝𝑎𝑟 𝛼𝑉𝑎𝑟 220 × 1,3 × 1,3 × 3,987
𝐼𝑎𝑟 = = = 255,2 𝑘𝐽/𝑚3
𝑉g 5,809
aquecimento do combustível
𝑇𝑐𝑜𝑚𝑏 𝑐𝑝𝑐𝑜𝑚𝑏 30 × 1,4
𝐼𝑐𝑜𝑚𝑏 = = = 7,2 𝑘𝐽/𝑚3
𝑉g 5,809
11
GERADOR DE VAPOR

13. Cálculo de Entalpia total dos gases


𝑡 0
𝑄𝑤 + 𝑇𝑎𝑟 𝑐𝑝𝑎𝑟 𝛼𝑉𝑎𝑟 + 𝑇𝑐𝑜𝑚𝑏 𝑐𝑝𝑐𝑜𝑚𝑏
𝐼𝑝𝑐 = = 𝐼𝑞 + 𝐼𝑎𝑟 + 𝐼𝑐
𝑉g
𝐼𝑝𝑐 = 2619 + 255,2 + 7,2 = 2.882 𝑘𝐽/𝑚3

14. Determinação da temperatura


𝐼g = 𝑟𝑅𝑂2 𝐶𝜃 𝑅𝑂2 + 𝑟𝑁2 𝐶𝜃 𝑁2 + 𝑟𝐻2 𝑂 𝐶𝜃 𝐻2 𝑂 + 𝑟𝑂2 𝐶𝜃 𝑂2

Deve-se atribuir temperaturas aos produtos de combustão, retirar as entalpias


das tabelas e substituir na expressão acima até que a parte esquerda da equação
se iguale a da direita e daí retira-se a temperatura teórica de combustão.
12
GERADOR DE VAPOR

Temperatura teórica dos gases de combustão é 1769 ºC.

Determinação de calor disponível


0
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝 = 𝑄𝑖 + 𝑄𝑎𝑟 + 𝑄𝑐𝑜𝑚𝑏 = 𝑄𝑖 + 𝑇𝑎𝑟 𝑐𝑝𝑎𝑟 𝛼𝑉𝑎𝑟 + 𝑇𝑐𝑜𝑚𝑏 𝑐𝑝𝑐𝑜𝑚𝑏 = 16.740 𝑘𝐽/kg

Perdas com gases efluentes (q2)

𝑄2 𝑉g 𝑐𝑝g 𝑇𝑤𝑔 − 𝑇𝑎𝑚𝑏 5,809 × 1,35 155 − 30


𝑞2 = = × 100% = × 100%
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝 𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝 16.740

𝑞2 = 5,86 %

13
GERADOR DE VAPOR
- Perdas Devido a Combustão Incompleta q3 = 1,5% (Tabela 4.1)
- Perdas devido ao Combustível não queimado q4 = 5% (Tabela 4.1)
- Perdas de energia pelo
costado q5 ≈ 2,1% (Gráfico 4.1)

- Perdas devido a entalpia da


escória q6, mas antes se
verifica a condição:

𝐴𝑟 ≥ 2,5. 10−3 𝑄𝑖
38
Ar = 40%
14
GERADOR DE VAPOR
Porque a condição é satisfeita, determina-se q6:
𝑄6 100 − 𝑎vol 𝐴 𝐻esc 𝑎𝑟𝑟 = 0,2
𝑞6 = × 100% = × 100% →
𝑄disp 100 𝑄disp 𝑎𝑣𝑜𝑙 = 20%
100 − 20 × 40 × 4
𝑞6 = × 100% = 0,76%
100 × 16740

Rendimento Térmico do gerador será:


𝑄1
𝜂𝑏 = 100 = 100 − 𝑞2 + 𝑞3 + 𝑞4 + 𝑞5 + 𝑞6 = 84,78 %
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝
𝐺 ℎ𝑔 − ℎ𝑓 𝐺 ℎ𝑔 − ℎ𝑓 10000 × 3247,6 − 503,71
𝜂𝑏 = →𝐵= = × 100%
𝐵𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝 𝜂𝑏 𝑄𝑖 84,78 × 16740
kg kg
𝐵 = 1933 ≈ 0,54
ℎ 𝑠 15
IV – GERADOR DE VAPOR
EXEMPLO 4.2

Determinar a temperatura dos gases de combustão, o consumo de


óleo combustível, o rendimento e o calor útil de um gerador de
vapor de capacidade 3,3 ton/h que produz 1450,7 kg/h de vapor, a
temperatura de 120 ºC e pressão de 2 kgf/cm², sabendo que a água
de alimentação entra no gerador saturada a temperatura de 120 ºC.
A temperatura dos produtos da combustão na base da chaminé é de
215 ºC, a temperatura exterior de 30 ºC a do combustível 60 ºC
(cp,comb = 1,9 kJ/m³.ºC). O ar é para a combustão tem a temperatura
de 60 ºC (cp,ar = 1,33 kJ/m³.ºC) com o excesso de ar de 45%.
16
IV – GERADOR DE VAPOR

O combustível líquido tem a seguinte composição dada em massa


de trabalho: Carbono 83,0%, Hidrogénio 10,4%, Nitrogénio 0,3%,
Oxigénio 0,5%, Enxofre 2,8%, e Humidade de 3,0%.

Considerar que a perda de energia pelo costado é 1% e desprezar as


perdas pelo combustível não queimado.
A análise desta caldeira apresentou os seguintes resultados, teor
de: CO2+SO2 = 10,5% CO = 0,5%

17
GERADOR DE VAPOR

Método do Balanço Inverso


Dados:
- Combustível líquido
- Excesso de ar mínimo 45% α = 1, 45
- cp,comb = 1,9 kJ/kg.ºC cp,ar = 1,3 kJ/kg.K
- cpg (cp médio de ar e combustível) = 1,6 kJ/kg.ºC
- Tágua = 120 ºC Twg = 155 ºC
- Text = Tamb = 30 ºC Tcomb = 60 ºC.
- hg,vapor saturado,120ºC,2bar = 2.706,3 kJ/kg
- hf,água saturada,120ºC = 503,71 kJ/kg

18
GERADOR DE VAPOR
1. O volume teórico do ar é dado por:
3
0
𝑉𝑎𝑟 𝑡
= 0,0889 𝐶 + 0,375 𝑆 𝑡 𝑡 𝑡
+ 0,269 𝐻 − 0,0336 𝑂 = 10,170 𝑚
kg

2. O volume teórico dos gases biatómicos calcula-se de:


3
0 0 𝑡
𝑉𝑁2 = 0,79 𝑉𝑎𝑟 + 0,008 𝑁 = 8,056 𝑚
kg

3. O volume teórico de água obtém-se de:


3
𝑉𝐻02 𝑂 𝑡 𝑡
= 0,1119𝐻 + 0,0124 𝑊 + 0,0161 0
𝑉𝑎𝑟 = 1,365 𝑚
kg

4. Volume dos gases triatómicos:


𝐶 𝑡 + 0,375 𝑆 𝑡 𝑚 3
𝑉𝑅𝑂2 = 1,867 = 1,552 kg
100
GERADOR DE
VAPOR
6. O volume real dos gases biatómicos calcula-se de:
3
0 0
𝑉𝑅𝑂 = 𝑉𝑁2 + 𝛼 − 1 0,79 𝑉𝑎𝑟 = 11,672 𝑚
kg

7. O volume real de água obtém-se de:


3
𝑉𝐻2 𝑂 = 0
𝑉𝐻2 𝑂 + 0,0161 𝛼 − 1 0
𝑉𝑎𝑟 = 1,438 𝑚
kg

8. O volume do oxigénio excedente obtém-se de:


3
0
𝑉𝑂2 = 0,21 𝛼 − 1 𝑉𝑎𝑟 = 0,961 𝑚
kg

9. O volume dos gases de combustão calcula-se de:


3
𝑉𝑔 = 𝑉𝑅𝑂2 + 𝑉𝑅𝑂 + 𝑉𝐻2 𝑂 + 𝑉𝑂2 = 15,623 𝑚
kg
GERADOR DE VAPOR
10. Fracção Volúmica real:

dos Gases Triatómicos


𝑉𝑅𝑂2
𝑟𝑅𝑂2 = = 0,099
𝑉g
dos Gases Biatómicos
𝑉𝑅2
𝑟𝑅2 = = 0,747
𝑉g
da Água
𝑉𝐻2 𝑂
𝑟𝐻2 𝑂 = = 0,092
𝑉g
do Oxigénio excedente
𝑉𝑂2
𝑟𝑂2 = = 0,062
𝑉g
21
GERADOR DE VAPOR
11. Cálculo do Poder Calorífico Inferior
𝑄𝑖𝑡 = 4,187 81 𝐶 𝑡 + 300 𝐻𝑡 − 26 𝑂𝑡 − 𝑆 𝑡 − 6 𝑊 𝑡 + 9 𝐻𝑡 = 38.764 𝑘𝐽/kg

12. Cálculo da entalpia determinada pelo poder calorífico;


𝑄𝑖𝑡
𝐼𝑝𝑐 = = 2.481 𝑘𝐽/𝑚3
𝑉g
13. Cálculo de entalpia de
aquecimento do ar
0
𝑇𝑎𝑟 𝑐𝑝𝑎𝑟 𝛼𝑉𝑎𝑟
𝐼𝑎𝑟 = = 75,3 𝑘𝐽/𝑚3
𝑉g
aquecimento do combustível
𝑇𝑐𝑜𝑚𝑏 𝑐𝑝𝑐𝑜𝑚𝑏
𝐼𝑐𝑜𝑚𝑏 = = 7,3 𝑘𝐽/𝑚3
𝑉g
22
GERADOR DE VAPOR

14. Cálculo de Entalpia total dos gases

𝑡 0
𝑄𝑤 + 𝑇𝑎𝑟 𝑐𝑝𝑎𝑟 𝛼𝑉𝑎𝑟 + 𝑇𝑐𝑜𝑚𝑏 𝑐𝑝𝑐𝑜𝑚𝑏
𝐼𝑝𝑐 = = 𝐼𝑞 + 𝐼𝑎𝑟 + 𝐼𝑐 = 2.564 𝑘𝐽/𝑚3
𝑉g

Determinação da temperatura
𝐼g = 𝑟𝑅𝑂2 𝐶𝜃 𝑅𝑂2 + 𝑟𝑁2 𝐶𝜃 𝑁2 + 𝑟𝐻2 𝑂 𝐶𝜃 𝐻2 𝑂 + 𝑟𝑂2 𝐶𝜃 𝑂2

Deve-se atribuir temperaturas aos produtos de combustão, retirar as entalpias


das tabelas e substituir na expressão acima até que a parte esquerda da equação
se iguale a da direita e daí retira-se a temperatura teórica de combustão.
23
GERADOR DE VAPOR

Temperatura teórica dos gases de combustão é 1.611 ºC.

15. Determinação de calor disponível:

0
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝 = 𝑄𝑖 + 𝑄𝑎𝑟 + 𝑄𝑐𝑜𝑚𝑏 = 𝑄𝑖 + 𝑇𝑎𝑟 𝑐𝑝𝑎𝑟 𝛼𝑉𝑎𝑟 + 𝑇𝑐𝑜𝑚𝑏 𝑐𝑝𝑐𝑜𝑚𝑏 = 40.055 𝑘𝐽/kg

– Perdas com gases efluentes (q2):

𝑄2 𝑉g 𝑐𝑝g 𝑇𝑤𝑔 − 𝑇𝑎𝑚𝑏


𝑞2 = 100% = × 100%
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝 𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝
15,623 × 1,6 × 215 − 30
𝑞2 = × 100% = 11,55 %
40.055 24
GERADOR DE VAPOR

- Perdas Devido a Combustão Incompleta q3 = ?


𝑄3 = 126,4𝐶𝑂 + 108𝐻2 + 358,2𝐶𝐻4 𝑉𝑑g 1 − 0,01𝑞4
1,86 𝐶 + 0,375𝑆 𝑡
𝑄3 = 126,4𝐶𝑂 + 108𝐻2 + 358,2𝐶𝐻4 0,99
𝐶𝑂2 + 𝑆𝑂2 + 𝐶𝑂 + 𝐻2 + 𝐶𝐻4
𝑄3 = 870 𝑘𝐽/kg
𝑄3
𝑞3 = 100% = 2,2%
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝
- Perdas devido ao Combustível não queimado, q4 = 0%
- Perdas de energia pelo costado, q5 ≈ 1%
- Perdas devido a entalpia da escória (combustível líquido), q6 ≈ 0%

25
GERADOR DE VAPOR
16. Rendimento Térmico do gerador será:

𝑄1
𝜂𝑏 = 100% = 100 − 𝑞2 + 𝑞3 + 𝑞4 + 𝑞5 + 𝑞6 = 85,26 %
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝

17. Calor útil será:

𝑄1
𝜂𝑏 = 100% → 𝑄1 = 34.160 𝑘𝐽/kg
𝑄𝑑𝑖𝑠𝑝

18. Consumo de combustível será:

𝐺 ℎ𝑔 − ℎ𝑓 𝐺 ℎ𝑔 − ℎ𝑓 kg kg
𝜂𝑏 = →𝐵= = 96,68 ≈ 0,03
𝐵𝑄𝑖 𝜂𝑏 𝑄𝑖 ℎ 𝑠 26
IV – GERADOR DE VAPOR

Prof. Doutor Eng.º Jorge Nhambiu, apontamentos


InstTerm (2013), 3º ano – UEM

Prof. Dr.Waldir A. Bizzo; Apostila de Geração,


Distribuição e Utilização de Vapor – UNICAMP

FIM...

27