Você está na página 1de 16

VÍTOR CRUZ

7 PASSOS
COMPROVADOS
para falar sem medo

Em público
ou vídeo
Aprenda o que eu já testei e
comprovo que realmente
funciona para destravar seu
medo de falar em público ou
gravar vídeos e te colocar em
um novo patamar de
apresentações

Mas primeiro...
Um pouco da minha história
Eu me chamo Vítor Cruz e, atualmente, sou
Treinador e Palestrante nas áreas de Liderança,
Comunicação e Estratégia Pessoal e Diretor do
Instituto Brasileiro de Estratégias para Carreira e
Vida - IBECAV.
Sou também autor de 12 livros, com destaque para
"A ESTRATÉGIA MAIS IMPORTANTE DA VIDA" e
o livro digital "QUEM É VOCÊ? - PODEROSAS
FERRAMENTAS DE AUTOCONHECIMENTO", que
alcançou a posição de livro mais vendido do Brasil
nas categorias negócios, liderança e autoajuda na
Amazon Kindle.

Mas o que pouca gente sabe é que...


Eu era uma pessoa
extremamente tímida!
Eu era tão tímido que sequer comprava uma
roupa que não estivesse exposta na vitrine e com
o preço bem à mostra.

Sim. Eu tinha medo de perguntar o preço de uma


roupa! Medo de atender telefones! Medo de
qualquer exposição...

Hoje, olho para trás e vejo quantas oportunidades


perdi na minha vida.

Eu tenho certeza total: a comunicação é a


competência-chave de toda pessoa, é ela a
responsável por abri as portas das
oportunidades
Se você quer ser um grande
profissional, precisa se
tornar um excelente
comunicador!

E sabendo disso, eu investi muito tempo e


dinheiro e depois de muitos anos, muito suor e
certamente mais de 20 mil reais fazendo cursos
com os maiores profissionais do país no tema, eu
consegui me superar de tal maneira que larguei
minha extrema timidez e passei a ingressar um
seleto grupo de palestrantes de uma empresa
multinacional de eventos, mediante seletiva com
dezenas de outros palestrantes, onde fui avaliado
por uma banca de jurados enquanto ministrava
presencialmente uma palestra real.
Hoje sei que o medo não me domina mais,
pelo contrário, a comunicação se tornou
meu trunfo... Meu ponto forte!
E agora eu tenho a missão de te ajudar a
também superar seu medo e alcançar
essa transformação na sua vida como eu
tive na minha. E, para isso, eu começo
(sim, este é apenas um PEQUENO
COMEÇO da minha ajuda) com
7 passos que irão te colocar em um
novo patamar na hora de gravar seus
vídeos ou se apresentar em público.
Passo 1 - Entenda que você
não está sozinho
Não se julgue, você não é a única pessoa que
tem medo de falar em público ou expor a sua
imagem em vídeos na internet ou entrevistas.

Segundo pesquisa feita pela empresa britânica


OnePoll com 2 mil voluntários em 2013, o
medo de falar em público só fica atrás do medo
de perder entes queridos, e ganha até mesmo
do medo de ser enterrado vivo, de cobras, de
fogo e até do medo do fim do mundo.

Por outro lado, são as competências de


comunicação e relacionamento as
responsáveis por mais de 80% do sucesso de
uma pessoa. Logo, não poupe esforços em
aprimorar essa habilidade, pois ela se
transformará em um grande diferencial na sua
vida. E eu comprovo isso todos os dias!
Passo 2 - Acostume-se com a
sua imagem e sua voz
Você não tem a voz “estranha”, ela só é
estranha a você! Nós não estamos acostumados
a nos assistir em vídeos e nem escutar a nossa
verdadeira voz, isso porque na maior parte do
tempo estamos ouvindo nossa voz apenas com
nosso “ouvido interno” que tem uma ressonância
que modifica a nossa verdadeira voz. Da mesma
forma, não estamos acostumados a ficar nos
vendo em atividade na maior parte do tempo.

Como resolver: todos os dias (todos mesmo)


tire 5 minutos para gravar e ouvir áudios com
sua própria voz (gravador do celular ou
WhatsApp) e acostume-se a se filmar e olhar a
sua imagem nos vídeos.

No início vai ser estranho e talvez você não


goste do que irá ver ou ouvir. Mas com o tempo,
isso passará a ser natural e você vai saber que
superou um grande obstáculo e deu um grande
passo para sua alta performance em
apresentações.
Passo 3 - Retire as "críticas"
da sua vida
Um dos maiores medos de falar em público tem
origem no julgamento que as pessoas fazem de
si mesmas: “e se eu passar vergonha”, “e se eu
não for inteligente o suficiente”, “e se eu
gaguejar”, e se...

A verdade é que, quanto mais você se mantém


em um “ambiente de crítica”, criticando ou
julgando as outras pessoas, mais esse
pensamento retorna contra você. É literalmente o
ditado “não julgues, se não quiseres ser julgado”.

Tente instaurar em sua mente um novo modelo


mental abundante, que reconhece e valoriza os
esforços dos outros. Troque a crítica por elogio a
maior parte do seu tempo e você verá uma carga
pesada sair dos seus ombros na hora em que
você deixar de ser pedra e passar a ser vidraça.
Passo 4 - Você não fala para
o público, você conversa
“1 a 1” com várias pessoas ao
mesmo tempo
Quando as pessoas se deparam com uma
grande plateia, é natural que elas sintam medo
pelo que eu chamo de “efeito cardume”. Já viu
aquele monte de sardinha agrupada para se
proteger e espantar os outros peixes?
Pois é, a plateia parece fazer o mesmo!

Quando você estiver diante da plateia, em vez


de ficar com visão perdida por cima do
público, passe a olhar no olho de cada um.
Individualize as pessoas.

Uma apresentação em público é exatamente


como uma conversa 1 a 1, só que com várias
pessoas ao mesmo tempo.
Passo 5 - Frequência é
pressuposto da excelência

Quando se trata de construir qualquer


habilidade (não só a de falar em público), você
precisa entender que a frequência é
pressuposto da excelência. Por isso, seguem
os 3 importantes passos para se construir uma
nova habilidade que eu aprendi com Neil
Rackham:

1- Isole um único comportamento (por ex.


“falar sorrindo”, “aprimorar os gestos”...)

2- Treine em situações seguras (por ex.


Faça vídeos privados ou apresente para
amigos que venham a te dar um feedback)

3- QUANTIDADE antes da qualidade (A


qualidade vai vir com o tempo, como um
resultado da frequência)
Passo 6 - Não seja egoísta, o
protagonista não é você,
mas seu ouvinte
As pessoas que tem medo de falar em público,
na verdade, estão muito preocupadas se elas
vão se sair bem, se elas vão ser vistas como
pessoas inteligentes, bonitas e capazes. É
justamente essa “necessidade de aprovação”
que atrapalha e dá medo. “E se eu não for
aprovado...”.

Precisamos, então, primeiramente se desligar


da opinião dos outros, abafar o nosso ego.

Depois, precisamos deixar de ser egoístas. O


protagonista de uma apresentação não é você!
O protagonista é sempre o receptor da
mensagem. Você precisa deixar de lado o seu
sentimento de ser aprovado e trocar pelo
sentimento de “ajudar verdadeiramente a
pessoa” para qual você está falando.

Lembre-se: Ainda que 99% te rejeitem, havia


1% que precisava te ouvir. Essa é a missão!
Passo 7 - Não tente ficar
calmo

Muitos já devem ter dito a você “Vai dar tudo


certo, fique calmo!”

Para apresentações em público, essa regra não


é muito certa, pois, neurologicamente falando, é
mais fácil você transformar a sua adrenalina em
entusiasmo do que tentar parar a adrenalina e
se acalmar, pois ela demora para ser
controlada.

Conclusão: Ao contrário do que todos acham,


não tente ficar calmo, transforme seu
nervosismo em entusiasmo!
Então, agora você já sabe...
Desligue-se da opinião dos outros,
desligue-se da sua necessidade de
aprovação, treine bastante e,
quando chegar a hora, não fique
calmo, vá com todo o seu
entusiasmo entregar a sua
mensagem e mudar a vida das
pessoas!
E aí, gostou?
Entre em contato e me passe um
feedback e se quiser aprender
técnicas e estratégias ainda mais
poderosas, me pergunte como e
continue acompanhando:

Pelo Instagram:
@vitorcruz_ibecav

Pelo Youtube:
IBECAV

E-mail:
contato@vitorcruz.com.br