Você está na página 1de 3

O presente do conjuntivo

Primeira pessoa do Presente do Indicativo o

-AR

-ER/IR

fal-e

beb-a

fal-es

beb-as

fal-e

beb-a

fal-emos

beb-amos

fal-em

beb-am

DAR

ESTAR

SER

QUERER

SABER

IR

HAVER

esteja

seja

queira

saiba

dês

estejas

sejas

queiras

saibas

vás

esteja

seja

queira

saiba

haja

dêmos

estejamos sejamos queiramos saibamos

vamos

dêem

estejam

sejam

queiram

saibam

vão

Em orações subordinadas introduzido por determinadas expressões impessoais.

É importante que;

É necessário que;

É bom que;

É possível que; É preciso que;

É provável que;

É aconselhável que;

É melhor que; Convém que;

Basta que.

Em orações subordinadas regido por determinadas conjunções/locuções.

O imperfeito do conjuntivo

Forma se a partir da 3ª pessoa do plural do pretérito perfeito simples (PPS), a que se retira a terminação ram e se acrescenta -sse

O futuro do conjuntivo

Formase a partir da 3ª pessoa do plural do pretérito perfeito simples (PPS), a que se retira a terminação am e ajunte , -, - es, -, -mos, -em

Voltar voltaram

Beber Beberam

Voltar voltaram

Beber beberam

voltasse

bebesse

voltar

beber

voltasses

bebesses

voltares

beberes

voltasse

bebesse

voltar

beber

voltássemos

bebêssemos

voltarmos

bebermos

voltassem

bebessem

voltarem

beberem

Unir uniram

Ter tiveram

ser, ir foram

Unir uniram

Ter tiveram

ser, ir foram

unisse

tivesse

fosse

unir

tiver

for

unisses

tivesses

fosses

unires

tiveres

fores

unisse

tivesse

fosse

unir

tiver

for

uníssemos

tivéssemos

fôssemos

unirmos

tivermos

formos

unissem

tivessem

fossem

unirem

tiverem

forem

Acento na primeira pessoa do plural:

Verbos regulares terminando em - AR e IR: ´

Todos os verbos irregulares menos ser, ir: -

Verbos regulares terminando em ER: ^

Comparativas traduzindo factos irreais ou hipotéticos

Como se

Condicionais em que a condição é

irreal ou hipotética

Oração principal imperfeito do indicativo ou condicional presente

Usamos o futuro do conjuntivo depois de determi- nados conjunções (palavra ou expressão que liga orações) / locuções para exprimir uma acção no futuro, uma eventualidade do futuro ( <> imperfeito do conjuntivo).

Quando

Logo que

Assim que

Assim como

Depois que

Enquanto

Todas as vezes que

Sempre que

Cada vez que

Todas as vezes que

De medida que

Se (acção realizável)

Como

Conforme

Segundo

O verbo da oração principal está geralmente no futuro, no indicativo presente referindo-se ao futuro ou no imperativo

Depois dos pronomes relativos para exprimir uma situação eventual no futuro

Onde

Que

Quem

Na concessiva com repetição: Seja quem for, Chegue

quando chegar, …

Na oração relativa: Deves contar tudo quanto souberes, vou onde tu fores,

Futuro perfeito (composto) do conjuntivo

Forma-se com o verbo ter no futuro do conjuntivo e o particípio passado do verbo principal

tiver acabado

tivermos feito

tiveres sido

tiverem ido

tiver falado

Indica uma acção futura terminada em relação a outro facto também futuro

Antes que;

mesmo que;

Oração subordinada

Caso;

para que;

se + imperfeito

Embora;

do conjuntivo

Orações subordinadas: presente do conjuntivo com verbos de dejeso, ordem, dúvida, sentimento.

Esperar, pedir, duvidar, lamentar.

Orações absolutas ou principais: duvitativas, traduzindo probabilidade.

Talvez.

Orações absolutas ou principais: exclamativas, traduzindo desejo ou sentimento. (maior probabilidade de concretização)

Oxalá;

Tomara que;

Deus queira que;

Quem que dera que.

Regido por determinadas locuções.

Por pouco que.

Por mais que;

Por muito que;

Usa-se o conjuntivo nas orações relativas cujo antecedente é indefinido ou indeterminado.

Temos que comprar um bilhete que tenha o n° sete.

Não há ninguém que corra os cem metros em oito segundos.

Vamos para um lugar onde haja menos barulho.

Regido por determinadas expressões

Quem quer que; o que quer que;

Onde quer que .

Regido por determinadas conjunções alternativas

Quer … quer

Usa-se nos mesmos casos do presente do conjuntivo quando o verbo da oração principal está no passado

Exclamativas traduzindo factos irreais ou hipotéticos (menor probabilidade de concretização)

Quem me dera que

Oxalá

Tomara que

 

Oração condicional (SE)

Oração principal

presente do indicativo

presente do indicativo

futuro do conjuntivo

imperativo presente do indicativo futuro do indicativo

imperfeito do conjuntivo

imperfeito do indicativo condicional

mais-que-perfeito (composto) do conjuntivo

pretérito mais-que-perfeito condicional perfeito

A concordância dos tempos

oração principal

oração subordinada

pres. do indicativo/futuro

acção simultânea pres. do conjuntivo

acção anterior perfeito do conj.

pps/imperfeito

imperfeito do

mais-que-perfeito

conjuntivo

do conjuntivo

(Pretérito) perfeito (composto) do conjuntivo

Forma-se com o verbo ter no presente do conjuntivo e o particípio passado do verbo principal

tenha falado

tenhas acabado

tenha feito

tenhamos sido

tenham ido

Indica uma acção já realizada em relação ao:

presente: lamento que tenhas ficado aborrecido com que te disse;

futuro: Espero que vocês já tenham terminado o exercício quando eu voltar.

(Pretérito) mais-que-perfeito (composto) do conjuntivo

Forma-se com o verbo ter no imperfeito do conjuntivo e o particípio passado do verbo principal

tivesse acabado

tivesses sido

tivesse falado

tivéssemos feito

tivessem ido

Indica:

uma acção passada anterior a outra também passada: tive pena que não tivessem vindo à festa;

uma acção passado não concretizada: se tivessem vindo, tinham-se divertido bastante.

O Presente do Indicativo

 

Expressa um fato actual.

 

-AR

-ER

-IR

FALAR

COMER

ABRIR

fal-o

com-o

abr-o

fal-as

com-es

abr-es

fal-a

com-e

abr-e

fal-amos

com-emos

abr-imos

fal-am

com-em

abr-em

ESTAR

SER

IR

VIR

estou

sou

vou

venho

estás

és

vais

vens

está

é

vai

vem

estamos

somos

vamos

vimos

estão

são

vão

vêm

SAIR (2)

HAVER

TER

VER

saio

 

tenho

vejo

sais

tens

vês

sai

tem

saímos

temos

vemos

saem

têm

vêem

LER

FAZER

DIZER

TRAZER

leio

faço

digo

trago

lês

fazes

dizes

trazes

faz

diz

traz

lemos

fazemos

dizemos

trazemos

lêem

fazem

dizem

trazem

QUERER

SABER

PODER

PÔR

quero

sei

posso

ponho

queres

sabes

podes

pões

quer

sabe

pode

põe

queremos

sabemos

podemos

pomos

querem

sabem

podem

põem

DAR

PEDIR (1)

OUVIR

DORMIR

dou

peço

ouço/oiço

durmo

dás

pedes

ouves

dormes

pede

ouve

dorme

damos

pedimos

ouvimos

dormimos

dão

pedem

ouvem

dormem

SUBIR

PERDER

PASSEAR

CHAMAR-SE

 

subo

perco

passeio

chamo-me

sobes

perdes

passeias

chamas-te

sobe

perde

passeia

chama-se

subimos

perdemos

passeamos

chamamo-nos

sobem

perdem

passeiam

chamam-se

AQUECER

CONSEGUIR

PREFERIR

DIRIGIR-SE

aqueço

consigo

prefiro

dirijo-me

aqueces

consegues

preferes

diriges-te

aquece

consegue

prefere

dirige-se

aquecemos

conseguimos

preferimos

dirigimo-nos

aquecem

conseguem

preferem

dirigem-vos

(1) Pedir, Medir (2) Sair,trair, cair, distrair, atrair, extrair

O Pretérito-Perfeito-Simples (PPS)

Expressa um fato ocorrido num momento anterior ao actual e que foi totalmente terminado

-AR

-ER

 

-IR

FALAR

COMER

ABRIR

fal-ei

com-i

abr-i

fal-aste

com-este

abr-iste

fal-ou

com-eu

abr-iu

fal-ámos

 

com-emos

abr-imos

fal-aram

com-eram

abr-iram

SER/IR

CHAMAR-SE

ESTAR

TER

VIR

fui

chamei-me

estive

tive

vim

foste

chamaste-te

estiveste

tiveste

vieste

foi

chamou-se

esteve

teve

veio

fomos

chamámo-nos

estivemos

tivemos

viemos

foram

chamaram-se

estiveram

tiveram

vieram

PÔR

VER

DAR

FAZER

PODER

pus

vi

dei

fiz

pude

puseste

viste

deste

fizeste

pudeste

pôs

viu

deu

fez

pôde

pusemos

vimos

demos

fizemos

pudemos

puseram

viram

deram

fizeram

puderam

CAIR

SAIR

QUERER

DIZER

PAGAR

caí

saí

quis

disse

paguei

caíste

saíste

quiseste

disseste

pagaste

caiu

saiu

quis

disse

pagou

caímos

saímos

quisemos

dissemos

pagamos

caíram

saíram

quiseram

disseram

pagaram

SABER

TRAZER

HAVER

COMEÇAR

FICAR

soube

trouxe

 

comecei

fiquei

soubeste

trouxeste

começaste

ficaste

soube

trouxe

houve

começou

ficou

soubemos

trouxemos

começamos

ficámos

souberam

trouxeram

começaram

ficaram

 

O Imperfeito

 

Exprime acções não concluídas realizadas no passado e tem um valor durativo

-AR

-ER

 

-IR

CONTAR

DIZER

ABRIR

cont-ava

diz-ia

abr-ia

cont-avas

 

diz-ias

abr-ias

cont-ava

diz-ia

abr-ia

cont-ávamos

 

diz-íamos

abr-íamos

cont-avam

diz-iam

abr-iam

SER

VIR

TER

POR

SAIR

CAIR

era

vinha

tinha

punha

saía

caía

eras

vinhas

tinhas

punhas

saías

caías

era

vinha

tinha

punha

saía

caía

éramos

vínhamos

tinhamos

púnhamos

saíamos

caíamos

eram

vinham

tinham

punham

saíam

caíam

O modo imperativo:

Informal singular afirmativo = 3° pessoa singular do presente do indicativo. Formal singular afirmativo = 3° pessoa singular do presente do conjuntivo Imperativo singular negativo (formal e informal) = 2 pessoa singular do presente do conjuntivo Imperativo plural (formal, informal, afirmativo, negativo) = 3° pessoa plural do presente do conjuntivo

O Pretérito mais-que-Perfeito-Simples do indicativo

Formação: Forma se a partir da 3ª pessoa do plural do PPS, a que se retira m encontrando-se a 1ª pessoa do sing.

Eu

estiver-a

Tu

for-as

Ele/Ela/Vocês

nascer-a

Nós

quiser-amos

Eles/Elas/Vocês

viver-am

Indica: - uma acção que ocorreu antes de outra acção já passada. - um facto vagamente situado no passado.

Pretérito perfeito composto do indicativo

Formação: Forma se com o auxiliar terconjugado no presente e o particípio passado do verbo principal.

Indica um fato iniciou no passado e que continua até o presente momento.

O Pretérito mais-que-Perfeito-composto do indicativo

Formação: “Ter” no imperfeito + particípio passado

Indica : - uma acção antérior a outra também passada. - uma acção passada não concretizada

Formação: do particípio passado

inf - AR +ADO

inf. - ER +IDO

inf. - IR +IDO

 

abrir

aberto

fazer

feito

pagar

pago

cobrir

coberto

ganhar

ganho

pôr

posto

dizer

dito

gasta

gasto

ver

visto

escrever

escrito

limpar

limpo

vir

vindo

Futuro Imp do indicativo

 

infinitivo + … ter-ei ter-ás ter-á ter-emos ter-ão

DIZER

TRAZER

FAZER

Direi

Trarei

Farei

Dirás

Trarás

Farás

Dirá

Trará

Fará

Dirémos

Trarémos

Farémos

Dirão

Trarão

Farão

Condicional presente

 
 

infinitivo + … ter-ia ter-ias ter-ia ter-íamos ter-iam

DIZER

TRAZER

FAZER

Diria

Traria

Faria

Dirias

Trarias

Farias

Diria

Traria

Faria

Diríamos

Traríamos

Faríamos

Diriam

Trariam

Fariam

Condicional perfeito

Formação: Forma se com o verbo ter no condicional e o particípio passado do verbo principal.

uso:

Exprime dúvida/ incerteza a factos passados

Exprime desconhecimento sobre factos passados em frases interrogativas.

Exprime uma acção que não chegou a realizar-se, porque a condição de que depende não se verificou.

NB: estrutura típica da linguagem jornalística quando não se tem a certeza da veracidade dos factos

Futuro perfeito do indicativo

Formação: forma-se com o verbo auxiliar ter no futuro imperfeito do indicativo e o particípio passado do verbo principal

Uso:

Usa-se para exprimir incerteza, probabilidade, dúvida ou suposição sobre factos passados.

Emprego equivalente ao condicional pretérito, embora este último acentue mais a dúvida/incerteza.

Indica uma acção futura, anterior a outra acção também futura.

Infinitivo pessoal

Formação

Falar

Ir-es

Ler

Ser-mos

vir-em

Casas:

Achter onpersoonlijke uitdrukkingen die niet gevolgd worden door “que”, maar wel door een (eventueel onvermeld) onderwerp.

Foi preciso pagares? - Heb je moeten betalen?

Achter een voorzetsel indien dit door een (eventueel onvermeld) onderwerp wordt gevolgd.

Ela foi sem eu saber. - Zij is gegaan zonder dat ik het wist.

Locuções prepositivas (antes de, apesar de, no casa de, depois de)

Antes de entrevistarem os pescadores, estiveram a tirar fotografias ao porto.

No casa de o senhor não poder ir, telefone-me.

“O Infinitivo pessoal ocorre quando o infinitivo tem um sujeito próprio”

Infinitivo pessoal composto

Formação: forma-se com o verbo auxiliar ter no infinitivo pessoal e o particípio passado do verbo principal

Uso:

Indica uma acção concluída anteriormente á acção expressa pelo verbo do aração principal.