Você está na página 1de 39

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

AULA 02
Recrutamento e Seleção de
Pessoal
É encarregado de trazer novos talentos para a
empresa através da atração e alocação de
candidatos nas vagas abertas.

Para que seja bem sucedido precisa que seus


recrutadores levem em consideração
competências técnicas e comportamentais dos
candidatos, além da aderência destes com a vaga
e principalmente com a empresa.
MERCADO DE TRABALHO X
COMPORTAMENTO DOS CANDIDATOS

MERCADO EM OFERTA
Excessiva quantidade de candidatos;
 Competição entre candidatos para obter emprego;
 Rebaixamento das pretensões salariais;
 Dificuldade em conseguir emprego;
 Temor de perder o atual emprego e maior fixação ao emprego;
O candidato aceita qualquer oportunidade que apareça;
MERCADO DE TRABALHO X
COMPORTAMENTO DOS CANDIDATOS

MERCADO DE RH EM PROCURA
Insuficiente quantidade de candidatos;
Elevação das pretensões salariais;
 Facilidade em conseguir emprego;
 Menor fixação ao emprego;
O candidato seleciona as múltiplas oportunidades que tem;
 Orientação para a melhoria e desenvolvimento profissional.
SELEÇÃO DE CANDIDATOS

A seleção de recursos humanos é a escolha da pessoa


certa para o cargo certo, com o objetivo de manter ou
aumentar tanto a produtividade quanto os resultados.

Podemos concluir que enquanto o recrutamento é um


processo de coleta de informações, a seleção é um
processo de comparação de conhecimento, habilidades e
atitudes (CHA) e decisão sobre os melhores candidatos.
TÉCNICAS E MÉTODO DE SELEÇÃO

As técnicas de recrutamento e seleção possibilitam à organização


dispor de um número de candidatos superior à quantidade de
cargos e serem preenchidos.

Mas, quais as técnicas e método utilizar?

As técnicas e métodos devem garantir


que o procedimento apresente
validade e fidedignidade.
TÉCNICAS DE SELEÇÃO

Análise Curricular

Entrevistas – Coletivas/Individuais

Provas de Conhecimentos Específico

Provas de Capacidade

Dinâmicas de Grupo

Avaliação Psicológica
ANÁLISE DE CURRÍCULOS
Formação acadêmica
Competência Profissional – trajetória profissional
Experiência prática – descrições extensas de cursos

Os currículos são instrumento úteis para obtenção de


informações, para proporcionar uma visão real do candidato,
então convém combinar seu uso com de outras técnicas.
ELABORAÇÃO DE
CURRÍCULO
•CURRÍCULO, primeira oportunidade de
despertar o interesse do selecionador.
• O currículo bem elaborado atrai, o
currículo mal elaborado afasta.
Dicas importantes:
 Seja sucinto/breve (ideal 2 folhas);

 A propaganda é a alma do negócio;

 Utilize verbos de ação;

 Atenção com o português, erros causam péssima


impressão;

 Não utilize abreviações. Se utilizar siglas, escrever em


seguida o seu significado; no caso de números, não
escrever por extenso;
Dicas importantes:
 Não esqueça dos Dados Pessoais;

 Evite, sempre que possível informar números de RG, CPF


ou de título de eleitor, raça, religião e filiação partidária;

 A informação deve ser honesta e verídica e sem


exageros;

 Atenção com as datas desencontradas;


Dicas importantes:
 Salários anteriores, pretensão salarial e referências só
devem ser apresentadas na entrevista (exceto quando o
anúncio exige a pretensão salarial);

 Mantenha o currículo sempre atualizado;

 Não escreva a palavra "CURRÍCULO" no cabeçalho.


Vídeos em alta
As empresas inovadoras já substituíram o tradicional currículo
por apresentações em vídeo.
Através desse recurso multimídia, o candidato consegue
demonstrar algumas habilidades profissionais, como a sua
capacidade de comunicação.
No currículo em vídeo, o profissional tem poucos minutos
para apresentar sua trajetória. Além de falar com clareza e
prezar pela qualidade da gravação, é muito importante evitar
alguns erros. Isso inclui ler o currículo diante da câmera,
manter uma postura corporal inadequada e usar roupas
inapropriadas.
Montando o seu currículo
• NomeCompleto
• Endereço
• Cidade – Estado
• Telefone (residencial, celular) –
• E-mail e Link do seu perfil no LinkedIn (OPCIONAL)

*Sempre atualize mudanças de e-mail ou telefone no


currículo
• OBJETIVO: Preencha com a vaga que está se
candidatando ou com a função/área de atuação
profissional.

Exemplos:

“Pretendo assumir a vaga de gestor comercial e através da


minha experiência colaborar com os resultados e crescimento
desta empresa.”

“Concorrer a vaga de assistente administrativo como


oportunidade crescimento profissional.”
Objetivo para curriculum em situação de
primeiro emprego:
• Exemplo 1: Em busca do meu primeiro emprego, desejo atuar
em um ambiente que promova o crescimento e ofereça
perspectivas de futuro.

• Exemplo 2: Com as experiências adquiridas ao longo dos meus


estágios, procuro agora uma chance de efetivação na minha
área de conhecimento.

• Exemplo 3: Estou à procura de minha primeira experiência de


trabalho após formado. Quero desenvolver minhas habilidades e
também contribuir para o sucesso da empresa.
QUALIFICAÇÕES
Breve resumo de seu histórico profissional, focando em suas
competências, pontos altos de suas experiências nas empresas em que
trabalhou, resultados que você gerou, etc.
O resumo deve ter no máximo 10 linhas, lembre-se que é uma
descrição objetiva com as informações essenciais que comprovam suas
competências e habilidades para o cargo desejado.
Caso não tenha experiência profissional, você tem duas opções: Não
colocar no currículo este tópico ou colocar quais as qualificações você
conquistou até então.
Por exemplo: Desenvoltura para apresentações em público, Inglês
avançado, Vivência internacional/Intercâmbio, Conhecimentos em
informática, Premiações escolares ou acadêmicas (redação, feira de
ciências, trabalhos em grupo de destaque, etc.
FORMAÇÃO ACADÊMICA
Escreva suas formações em ordem decrescente, da mais
recente para a mais antiga.
Os dados devem ser colocados da seguinte forma:
• Nome do Curso (o que você está estudando)
• Nome da Instituição de ensino (nome da faculdade, curso
técnico, ensino médio)
• Data de conclusão do curso (ou previsão de conclusão)
IDIOMAS
Especifique o idioma e qual o nível de
conhecimento. Lembre-se! O nível do idioma
deve ser a partir do intermediário.
EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS*
Descreva suas experiências profissionais da mais recente para a mais
antiga.
• Nome da Empresa
• Período (mês/ano)
• Cargo
• Atividades: Quais as funções executadas
• Resultados atingidos: O que você proporcionou de resultados para a
empresa durante o período em que trabalhou.

*IMPORTANTE: Se você não tem experiência profissional, substitua por


Informações Complementares. Neste caso, além de colocar trabalhos
voluntários, você pode colocar cursos realizados (descreva o curso, o que
aprendeu), trabalhos escolares ou acadêmicos de destaque, trabalhos
temporários.
CURSOS
Descreva os cursos realizados que sejam
relevantes ao currículo, alinhados as suas
experiências profissionais.
Nome do Curso / Nome da Instituição / Mês e
ano de conclusão
ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES

Trabalhos voluntários que você realiza ou que já


realizou. Coloque o tipo de trabalho voluntário,
nome do local (ONG, instituição, etc) e período
que você realizou o trabalho ou quando
começou.
Para finalizar:
 O mês e o ano deverão constar no rodapé da folha;

 Foto, não é obrigatória;

 Não escreva à mão qualquer tipo de informação;

 Use fontes Arial, Courier ou Times New Roman,


reconhecidas como as mais agradáveis para leitura;

 Não assine o currículo.


• Lembre-se: não há competência
ou indicação que resista a um
currículo mal feito.
Falar sobre você na entrevista de emprego:
como responder
Quando pedirem "fale um pouco sobre você mesmo" na
entrevista de emprego, o recrutador espera saber do que você
é capaz e o que lhe interessa. Ele quer saber também como
você consegue sintetizar informação e responder rapidamente
a uma situação.
• Como responder
Tente responder a esta questão num minuto, máximo dois.
É recomendado falar mais sobre a experiência e as conquistas
do que sobre os detalhes pessoas. O que realmente interessa
é saber o que o candidato pode fazer pela empresa.
Pontos a mencionar
Pode responder esta pergunta com base em alguns (ou em
todos) os pontos seguintes:
• falar das experiências passadas;
• contar um episódio relevante da experiência profissional
para o cargo;
• dar pistas de que sabe o que procura e de que tem uma
visão de longo prazo;
• dar exemplos da sua paixão/entusiasmo. Falar brevemente
sobre passatempos (hobbies) que tenha;
• o seu papel na empresa.
Como responder aos defeitos em entrevista
de emprego
O objetivo do entrevistador com esta pergunta é saber até que ponto
o trabalhador consegue identificar problemas e como os contornar.

Não existe uma resposta certa para os defeitos, na verdade.


O essencial será mostrar determinação em vencer os desafios pessoais
e em evoluir como pessoa e como trabalhador. Tente orientar os seus
defeitos para o cargo em questão e para as suas funções.

Também pode falar nos defeitos no passado, mostrando que já os


ultrapassou ou que está em vias de os ultrapassar. Tornar algo
negativo em positivo através do trabalho deve ser a sua preocupação
ao responder a esta pergunta do recrutador.
Exemplos de respostas
• Ser organizado não é o meu ponto mais forte mas encontrei
uma forma de gerenciar o tempo e tarefas que realmente
melhorou a minha capacidade de organização.

• Tinha dificuldades em fazer cálculos mas tenho treinado


muito e já estou muito melhor.

• Quando era estudante tinha tendência a deixar os


trabalhos para a última hora, já que trabalho melhor sob
pressão, mas recentemente aprendi a gerenciar as tarefas e
o tempo de forma mais eficiente.
7 Qualidades para mencionar na
entrevista de emprego
• 1. Organização
• 2. Flexibilidade
• 3. Sinceridade
• 4. Criatividade
• 5. Proatividade
• 6. Pontualidade
• 7. Sabedoria
TESTES ESCRITOS
Os testes escritos podem assumir diferentes modalidades:

- Redação / dissertação;
- Testes com perguntas aberta;
- Testes com perguntas fechadas;

A escolha da modalidade de teste, bem como a definição de


seu conteúdo, deve levar em consideração o perfil do cargo.
TESTES PRÁTICOS
Os testes práticos são adequados para a avaliação das
habilidades.

São importantes para os cargos de natureza operacional ou


relacionados a produção.

A aplicação do teste deve ser aplicado pelo requisitante e


não pela área de seleção de pessoal.
TESTES PSICOLÓGICOS
Os testes psicológicos são muito úteis para identificar a
aptidões, ou seja, avaliar o potencial intelectual dos
candidatos.

Como: raciocínio verbal, raciocínio mecânico etc..


DINÂMICA DE GRUPO

• Deve ser utilizada após uma triagem inicial


• O primeiro passo é a apresentação dos participantes,
seguida de uma fase de aquecimento
• Dinâmica propriamente dita – escolhida de acordo com o
quê se deseja avaliar
• Técnica quebra-gelo
Ajuda a tirar as tensões do grupo, desinibindo as pessoas para o
encontro.
• Técnica de apresentação
Ajuda a apresentar-se uns aos outros, possibilitando descobrir:
quem sou, de onde venho, o que faço, o que gosto, sinto e penso.
• Técnica de integração
Permite analisar o comportamento pessoal e de grupo, a partir de
exercícios bem específicos, que possibilitam partilhar aspectos
mais profundos das relações interpessoais do grupo.
• Técnica de relaxamento
Tem como objetivo eliminar as tensões, soltar o corpo, voltar-se
para si e dar-se conta da situação em que se encontra, focalizando
cansaço, ansiedade, fadigas etc.
HORA DA DINÂMICA