Você está na página 1de 4

Vozes Verbais e Funções do SE – IV – GRAMÁTICA

Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

VOZES VERBAIS E FUNÇÕES DO SE – IV

Partícula apassivadora e índice de indeterminação do sujeito são as funções


da partícula “se” que mais estão presentes em provas. Todavia, existem outras
funções do “se” que serão tratadas nas frases abaixo.

O seu filho se feriu com aquela lâmina. (a si mesmo)


Sujeito VTD
Pronome Reflexivo/O.D. Reflexivo

Análise da frase: Como há um sujeito na frase, a partícula SE não pode ser


índice de indeterminação do sujeito. O sujeito da frase pratica e sofre a ação
verbal, o que impede também a formação de uma voz passiva. Na frase, o filho
feriu a si mesmo com a lâmina, ou seja, o "se" assume no trecho em que se
insere, a função de pronome reflexivo ou objeto direto reflexivo.

Os deputados abraçaram-se cordialmente. (uns aos outros)


Sujeito VTD
Pronome Reflexivo O.D. Reflexivo
Pronome Recíproco  O.D. Recíproco

Análise da frase: O verbo da frase está no plural, o que impede que se tenha
na frase o índice de indeterminação do sujeito. Como o sujeito está praticando
o ato de abraçar, o SE também não pode ser uma partícula apassivadora, pois
a frase não está na voz passiva. Na frase, os deputados abraçaram uns aos
outros, mostrando uma característica reflexiva. Desta maneira, a partícula SE
pode ser chamada de pronome reflexivo, pronome recíproco, objeto direto refle-
xivo ou objeto direto recíproco.

Getúlio Vargas se matou com um tiro.


Sujeito VTD
Pronome/O.D. Reflexivo

Getúlio Vargas se suicidou com um tiro.


Sujeito VI
Parte integrante do verbo
ANOTAÇÕES

1
www.grancursosonline.com.br
GRAMÁTICA – Vozes Verbais e Funções do SE – IV
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Análise das frases: As duas frases acima possuem exatamente o mesmo


sentido, de que Getúlio Vargas tirou a própria vida com um tiro. Porém, gramati-
calmente, essas duas frases são diferentes:
• Na primeira frase, Getúlio Vargas é o sujeito, portanto, não pode haver
índice de indeterminação do sujeito. Getúlio pratica a ação de matar, o que
impede que o "se" seja uma partícula apassivadora, podendo ser classifi-
cado como pronome ou como objeto direto reflexivo.
• Na segunda frase, é impossível que Getúlio Vargas suicide alguém, pois
quem mata, mata alguém, mas quem se suicida, se suicida. Na Língua Por-
tuguesa, o verbo suicidar-se é conjugado com o pronome, pois é um verbo
essencialmente pronominal. Por isso, na segunda frase, a partícula “se” é
parte integrante do verbo.

Os garotos queixaram-se do mau atendimento.


Sujeito V PIV

Análise da frase: Na frase acima, o SE desempenha função de parte inte-


grante do verbo, pois o verbo queixar também é essencialmente pronominal.

PIV
Ele se arrependeu dos crimes hediondos
S V

Análise da frase: O ato de arrepender é reflexivo, assim como o ato de sui-


cidar. O ato de arrepender-se só pode recair sobre o próprio sujeito, não em
função da partícula "se", e sim pelo sentido do próprio verbo. O verbo só existe
com o pronome, e é por isso que o "se" é parte integrante do verbo.

PIV
O pai lembrou-se do aniversário do filho.
S VTI OI
ANOTAÇÕES

2
www.grancursosonline.com.br
Vozes Verbais e Funções do SE – IV – GRAMÁTICA
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Análise da frase: O SE da frase acima é parte integrante do verbo, e quem


se lembra, se lembra de algo, portanto, pede a preposição "de" para introduzir o
seu complemento.

 Obs.:
O pai lembrou o aniversário do filho.
S VTD OD

O pai lembrou o aniversário do filho está sem o pronome - quem lembra,


lembra algo: o aniversário do filho, que é objeto direto. Nessas fases podem ser
empregadas as formas lembrar ou lembrar-se, desde que seja alterada a frase
na classificação gramatical.

Verbos opcionalmente pronominais

Esse senhor riu-se da situação / Esse senhor riu da situação.


Jair Rodrigues se sentou perto de Deus / Jair Rodrigues sentou perto de
Deus.
O pai partiu sem explicação / O pai partiu-se sem explicação.
Essas frases podem ocorrer com a partícula "se" ou sem a partícula "se". Por
isso o “se” nessas frases é classificado gramaticalmente como um pronome
expletivo (opcional), que também é conhecido como partícula de realce.

Esse senhor riu(-se) da situação.


Sujeito VTI OI
Pronome expletivo

Jair Rodrigues (se) sentou perto de Deus.


S VI A.Adv
P. Exp

O pai partiu (se) sem explicação.


S VI A. Adv
P. Exp
ANOTAÇÕES

3
www.grancursosonline.com.br
GRAMÁTICA – Vozes Verbais e Funções do SE – IV
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Esquema de funções do “SE”:

PA: VTD, VTDI ( Concordância entre sujeito e verbo)



Não é possível identificar
  no período quem pratica
 IIS: VTI, VI, VL (Verbo Singular)  a ação verbal

SE REFLEXIVO: "A SI MESMO"

  Acidentais
≠ Sujeito
  
(POA) RECÍPROCO: "UNS ANOS OUTROS" 
 É possível identificar no

Realce VTI período quem pratica a


morfologia  EXPLETIVO: VI, MOVIMENTO OU ATITUDES EM ação verbal

RELAÇÃO AO PRÓPRIO CORPO 




PIV: SENTIMENTOS E FENÔMENOS MENTAIS 
Verbos pronominais

 Obs.: Este material foi elaborado pela equipe pedagógica do Gran Cursos
Online, de acordo com a aula preparada e ministrada pelo professor Elias
Santana.
ANOTAÇÕES

4
www.grancursosonline.com.br