FICHA DE INSCRIÇÃO

PARTICIPANTES UFAM NOME:Aghata Teixeira Silva EMAIL:aghata.proexti@hotmail.com SEXO ( x ) FEM. IDADE:21 anos TEL:(92)9239-2264 ENDEREÇO Rua coronel Conrado, n⁰ 131, conj. Jardim Petrópolis BAIRRO:Petrópolis CEP:69067-280 CIDADE:Manaus ESTADO:Amazonas UNIVERSIDADE:Universidade Federal do Amazonas CURSO:Serviço Social PERÍODO:8⁰ Período Indique sua categoria: ( ) Professor (X) Aluno de Graduação ( ) Aluno de Pós-Graduação ( ) Comunitário (X) Outros especificar: Pesquisadora do CNPq Participa de alguma das atividades abaixo: (X) Atividade de Extensão (especificar):Projeto PACE coord. pela Profa Márcia Irene (X) Atividade de Pesquisa(especificar):PIBIC supervisionado pela Profa Iraides Caldas (X) Atividade de Ensino (especificar): Estágio Supervisionado -TJAM ( ) Outras atividades (especificar):

Iraildes Caldas Torres • Área Temática do Projeto/Programa: (X) Direitos Humanos e Justiça • Tipo de Atividade: Ensino: (X) TCC/Monografia Pesquisa: (X) PIBIC • Dados do Orientador. Hellen Bastos Gomes.BANNER/PÔSTER (Projeto/Programa com Relatório Final ou Parcial Aprovado na UFAM) Título do Trabalho: Violência Doméstica.FICHA DE INSCRIÇÃO . . Tutor ou Coordenador(a) da Ação: : Iraildes Caldas Torres Unidade Acadêmica : ICHL -UFAM Departamento Acadêmico: Serviço Social Fone: 9239-2264 / 9162-8757 E-mail: Iraildes.com • Assinatura do Coordenador(a) : • Local e Data : Manaus. conforme as instruções para submissão dos resumos. Desvelando a ruptura de casais atendidos no Pólo Avançado do Núcleo de Conciliação das Varas de Família Projeto/Programa vinculado: PIBIC Nome completo do apresentador Aghata Teixeira Silva.caldas@gmail.com) juntamente com o resumo do Trabalho. 15 de outubro de 2010 Nota: Esta ficha deverá ser enviada para o email: inscricaomiepex2010@gmail.

seguida pelo nome da Instituição. 250 palavras e.  Palavras-Chave: poderão ser inseridas até 3 palavras-chave em fonte Times New Roman. Deverá ser iniciada pela chamada de nota sobrescrita correspondente a cada autor. objetivo geral. • Os itens do resumo deverão ser separados entre si por 2 espaçamentos simples. no mínimo. com alinhamento centralizado. esquerda e direita – 2. com alinhamento justificado. • Espaçamento: simples. negrito. 450 palavras. tamanho 10. tamanho 10. deverá ser inserida a chamada de nota referente à Instituição de origem. tamanho 12.5cm. tamanho 12. no máximo. A separação dos autores deverá ser feita com ponto e vírgula. metodologia. Os autores da mesma Instituição deverão receber a mesma numeração. A separação das Instituições deverá ser feita com ponto e vírgula. com alinhamento centralizado. • O resumo não deverá exceder 1 página. A separação das palavras-chave deverá ser feita com vírgula. tamanho 12. alinhamento justificado. • Margens: superior.  Autoria: a identificação do (s) autor (es) deverá iniciar pelo último sobrenome. em letra minúscula.  Instituição de origem: deverá ser redigida em fonte Times New Roman. • Papel: A4 (210mm x 297mm). com alinhamento centralizado.INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO DOS RESUMOS Formatação: • Formato: Word. inferior. utilizando fonte Times New Roman. em letra maiúscula.  Resumo: deverá incluir introdução. Deverá ser redigido em fonte Times New Roman. em numeração crescente sobrescrita. seguido das iniciais do (s) nome (s) e demais sobrenomes em letra maiúscula. . contendo. Após o nome de cada autor. tendo somente a primeira letra em maiúsculo. ortografia e digitação) é de responsabilidade do autor e será considerada como critério de avaliação pelo Comitê Organizador. Não incluir tabelas. gráficos ou figuras. O texto deverá ser redigido em parágrafo único. • O resumo deverá ser redigido em português e apresentar os seguintes itens nesta seqüência:  Título: deverá ser redigido em fonte Times New Roman. com orientação retrato. resultados e conclusões. A qualidade do texto (gramática. • Não utilizar tabulação.

sendo encarceradas.. Hellen Bastos1 1 Universidade Federal do Amazonas A sociedade brasileira enfrenta vários desafios sendo um deles a conquista de tolerância para com as mulheres e outras minorias sociais. No final da década de 80 de século passado o IBGE (1989) constatou que 63% das vítimas de agressões físicas no ambiente familiar eram mulheres. Tendo como resultados Parciais alguns números coletados que nos dizem muito. p. 2006). segundo Teles e Melo (2002.] que independentemente da faixa etária das pessoas que sofrem espancamentos.. as barreiras da intolerância são ainda enormes a ponto de esbarrar no limite de barbárie. 5. percebendo que poderá ser preso e sentindo-se ameaçado acaba cedendo. Ressalta-se que esta pesquisa encontra-se em processo de construção.VIOLÊNCIA DOMÉSTICA. Ou seja. Embora as mulheres tenham conquistado importantes espaços na esfera pública em mais de um século de luta. ora requerido. Infelizmente não são todas as mulheres que sofrem com violência doméstica que procuram buscar seus direitos. em 2001. humilhações e ofensas nas relações descritas às mulheres são alvo principal”. violentadas e reprimidas por estes ainda tendo que dormir ao lado dos mesmos todas as noites. lugar onde ela poderia se sentir mais segura e com proteção. Palavras-chave: GÊNERO.1 milhões de mulheres são agredidas fisicamente por ano. pois nos casos em que se encontram relatos de violência doméstica a requerente é a mulher e se esta já relatou esta violência em forma de Boletim de Ocorrência. é no âmbito das relações do ambiente doméstico que ocorre a violência contra a mulher. e ficam a mercê de seus agressores. Gomes. Aghata Teixeira1. 243 por hora. DESVELANDO A RUPTURA DE CASAIS ATENDIDOS NO PÓLO AVANÇADO DO NÚCLEO DE CONCÍLIAÇÃO DAS VARAS DE FAMÍLIA Silva. é provável que já se tenham medidas protetivas à mulher. Há um contingente incontrolável de mulheres vítimas de violência doméstica. nas relações entre as pessoas da família [. . “é aquela que ocorre dentro de casa.8 mil por dia. VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMÍLIA. Esperamos que nossa pesquisa possa acima de tudo vir a contribuir para que essas mulheres possam ser encorajadas e libertem-se dessa prisão fazendo valer seus direitos. 04 por minuto e uma a cada 15 segundos (GIORDANI.setembro 2009) sendo duzentas e noventa e uma audiências onde apenas nove não tiveram acordo. A partir do exposto percebeu-se a necessidade da pesquisa em foco que tem como objetivo geral perceber em que medida a violência doméstica aparece como um dos fatores de separação/dissolução de união de casais atendidos no Pólo Avançado do Núcleo de Conciliação das Varas de Família. A violência doméstica. Outra pesquisa realizada no Brasil pela fundação Perseu Abramo. 175 mil são agredidas por mês. constatou que 2. Isso se comprova em números quando observamos a quantidade de divórcios/dissoluções feitas pelo PANCVF no período pesquisado (setembro 2008 .19). desta forma o agressor. destacando a desestruturação familiar e o modelo de sociedade patriarcal como pano de fundo desta questão.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful