Você está na página 1de 3

Pág.

1/3

Nefrite ou i
Glomerulonefrite Traduzido e adaptado
com a autorização da

Como funcionam os O que é a nefrite?


rins?
Rim A nefrite é um termo abrangente,
Os rins são dois grandes órgãos em
Aorta forma de feijão, o que estão localizados que é utilizado para descrever um
na região lombar, que corresponde conjunto de doenças que causam
Ureter
aproximadamente à zona média uma inflamação no glomérulo. Esta
das costas. Cada rim contém até um inflamação afeta a capacidade do rim
milhão de nefrónios, que são as suas de filtrar os resíduos tóxicos e o
Bexiga
unidades funcionais. Dentro de cada líquido em excesso. Geralmente,
Uretra
nefrónio, existe um novelo minúsculo utiliza-se o termo nefrite como uma
de vasos sanguíneos, a que se dá o abreviatura do termo
nome de glomérulo. O glomérulo filtra glomerulonefrite.
o sangue, removendo os resíduos
tóxicos e o líquido em excesso que,
mais adiante, constituirão a urina.
Num rim saudável, este filtro ajuda
a manter os glóbulos vermelhos e
as proteínas na corrente sanguínea,
evitando que passem para a urina.

Quais são as causas Existem diversos tipos de nefrite?


da nefrite?
A maior parte das nefrites são Existem diversas formas de silenciosa ao longo de vários anos
provocadas por uma resposta do nefrite, que podem variar desde uma e pode levar à insuficiência renal.
sistema imunitário a uma “agressão” condição ligeira e não prejudicial, até Por vezes, uma situação aguda pode
de qualquer natureza. Esta “agressão” um problema grave, que pode causar conduzir, anos mais tarde, à nefrite
pode ser um medicamento ou um insuficiência renal. Alguns tipos de crónica. Para mais informações,
tóxico, uma infeção ou uma alteração nefrite podem parecer ligeiros no consulte o folheto “Tudo Sobre a
na forma como o organismo início mas, posteriormente, vir a Doença Renal Crónica”.
identifica um dos constituintes dos provocar tensão arterial elevada ou a Existem fatores, como a idade e as
seus próprios tecidos. Os tornar-se mais graves. características da urina, que ajudam
anticorpos formados em reação a A nefrite pode descrever-se como a diagnosticar os diferentes tipos de
estas “agressões” danificam, com aguda ou crónica. A forma aguda nefrite:
frequência, os rins. Em alguns casos, desenvolve-se subitamente, por vezes • Nefrite focal
esta reação do sistema imunitário após uma infeção na garganta ou na Menos de metade dos filtros estão
provoca edema (inchaço) e fibrose pele, podendo necessitar de afetados e a urina contém
(cicatrizes) nos delicados filtros renais tratamento com antibiótico para glóbulos vermelhos e um nível ligeiro
(glomérulos). Algumas formas de evitar que provoque uma reação de proteínas. Geralmente, este tipo de
nefrite têm por trás uma forte história imunitária grave no rim. A nefrite nefrite não apresenta sinais de uma
familiar mas, em muitos casos, não se crónica desenvolve-se de forma
consegue explicar as suas causas.
Pág. 2/3

doença renal mais grave. A pessoa arterial elevada. diabetes e o lúpus. Nas crianças,
poderá não ter qualquer sintoma e, • Síndrome nefrótica geralmente a síndrome nefrótica é
no entanto, umas análises de As lesões nos filtros provocam uma provocada por lesões mínimas nos
rotina acabam por detetar sangue e grande perda de proteínas na urina, glomérulos (observadas somente em
proteínas na urina. Para mais mas não de muitos glóbulos microscópios de alta definição,
informações, consulte o folheto vermelhos. Consequentemente, o denominados electrónicos). Apesar
“Nefropatia IgA”. organismo fica com níveis baixos da de a causa ser desconhecida, pode
• Nefrite difusa principal proteína circulante, resultar de um processo imunitário
A maior parte dos filtros estão a albumina, e surge inchaço nos anómalo e, habitualmente, responde
afetados e a urina contém elevados tecidos e aumento dos níveis de bem aos corticosteroides. As lesões
níveis de proteínas. Existem outros colesterol no sangue. A síndrome mínimas também podem surgir nos
sintomas, como edema (inchaço) nos nefrótica é causada por diversos tipos adultos, em consequência de deter-
membros e na face, devido à de glomerulonefrites, incluindo as minados medicamentos ou doenças,
retenção de líquidos, e à tensão provocadas por doenças como a como o cancro.

Quais são as complicações da nefrite?


• proteínas na urina (albuminúria ou pela necessidade de urinar. O cansaço
proteinúria) – pode provocar urina é o sintoma mais comum da nefrite
espumosa crónica e nem sempre é fácil de
• tensão arterial elevada explicar.
(hipertensão arterial) – se não for Também poderá desenvolver inchaço,
tratada, pode danificar ainda mais os uma vez que a diminuição da função
filtros renais (glomérulos) renal interfere com a capacidade de
• colesterol elevado o rim eliminar o sal e os líquidos em
excesso. Este inchaço pode ser mais
• função renal diminuída
visível nas pernas, depois de ter
• inchaço (edema) na face, mãos, pés estado algum tempo em pé, e por
e pernas baixo dos olhos, quando acorda de
Para mais informações, consulte os manhã.
folhetos Tudo sobre a Doença Renal A anemia torna-se mais comum
Crónica, Sangue na Urina (Hematúria), quando a função renal é inferior a
Albuminúria, Doença Renal Crónica e cerca de um terço do normal. A
Algumas formas de nefrite têm Doença Cardiovascular e Tensão Arterial anemia significa que não existem
poucas complicações. No entanto, a e Doença Renal Crónica. glóbulos vermelhos suficientes no
maior parte das pessoas com nefrite As complicações dependem da causa sangue, podendo causar cansaço e
tem, pelo menos, um dos seguintes e da extensão das lesões renais. Por falta de ar. A falta de ar pode também
problemas: exemplo, se a capacidade do rim de dever-se à acumulação de líquidos
• sangue na urina (hematúria) – pode concentrar a urina durante a noite nos pulmões. Para mais informações,
tornar a urina cor-de-rosa ou cor de estiver afetada, poderá sentir-se consulte o folheto Tudo sobre a
coca-cola cansado, pois o sono é interrompido Anemia.

Como é diagnosticada a nefrite?


Infelizmente, é normal acontecer • Análises ao sangue para avaliar a albumina (rácio albumina/
que a nefrite não seja descoberta até função renal. Estas análises podem creatinina) ou de sangue. Se uma
haver lesões significativas nos rins. incluir a TFGe, que significa “Taxa de análise detetar proteínas na urina,
Muitas vezes, é detetada através de Filtração Glomerular estimada” e é um pode ser necessário realizar outra,
exames de rotina, que incluem: bom indicador da função renal. para medir a sua quantidade exata.
• Estudos para avaliar a causa de • Análises à urina, que podem incluir Por vezes, pode ser necessário
tensão arterial elevada. a pesquisa de uma proteína chamada realizar mais testes para avaliar as
lesões renais, que incluem:
Pág. 3/3

• Biopsia renal – procedimento que • Ecografia – exame que estuda os (TAC) ou ressonância magnética –
envolve a introdução de uma agulha rins através de ultrassons, os quais exames que utilizam raios x múltiplos
para recolha de uma amostra de delineiam a estrutura dos órgãos. ou um campo magnético forte para
tecido renal para observação • Tomografia axial computorizada obter imagens claras e detalhadas dos
microscópica. órgãos e tecidos internos.

Qual o tratamento para a nefrite?


Existem diversos tipos de nefrite e sendo nestes casos rara a evolução proteínas na urina e da tensão
cada um tem o seu comportamento para a insuficiência renal. arterial. Estes dois fatores estão
próprio. Após a biopsia renal, o Noutros casos, pode ser necessário associados a um prognóstico mais
médico poderá identificar o tipo de prescrever medicação para a tensão favorável. Se necessário, existem
nefrite e decidir qual o tratamento arterial. Os inibidores da enzima outros medicamentos para a tensão
mais adequado. Algumas vezes, será conversora da angiotensina (IECA) arterial, que funcionam de
apenas necessário vigiar a evolução ou os antagonistas dos recetores da maneira diferente. Por vezes, pode
da doença e não será preciso angiotensina (ARA) são medicamentos ser necessário prescrever um
qualquer tratamento específico, eficazes, que permitem a redução das medicamento diurético.

Para mais informações sobre introdução geral a este tópico e no tratamento devido
a saúde dos rins ou do sistema não deverá substituir os conselhos a circunstâncias pessoais
urinário, consulte o nosso site em do seu médico ou profissional ou outras. Se necessitar
apir.org.pt, onde poderá aceder de saúde. A APIR reconhece de informações adicionais,
a materiais informativos gratuitos. que cada experiência é individual consulte sempre o seu médico
Este folheto pretende ser uma e que existem variantes ou profissional de saúde.

A APIR expressa um sincero agradecimento à Kidney Health Australia pela disponibilização dos seus
recursos de informação e formação e ao Dr. Miguel Leal pela revisão dos conteúdos traduzidos. Janeiro 2017
Tradução: Marta Campos | Revisão: Dr. Miguel Leal | Design gráfico: Sónia Cartaxeiro

facebook.com/apir.org.pt apir.org.pt 218 371 654