Você está na página 1de 17

LAUDO DE INSPEÇÃO PREDIAL

CONDOMINIO EDIFICIO ANTILHAS

FORTALEZA 2018
1- INTRODUÇÃO

Esse documento trata-se de um LAUDO DE INSPEÇÃO PREDIAL PREVENTIVA


solicitado pelo CONDOMÍNIO EDIFICIO ANTILHAS, inscrito CNPJ 72.507.544/0001-55
representada pelo denominada sindica, Sra. Edna Maria Teixeira, inscrito no CPF
301.587.103-04, e elaborado pelo engenheiro civil Carlos Maurício Madruga de Soriano
Aderaldo, inscrito no Crea-Ce 48887, RNP 061053889-5.

Elaborado de acordo ao disposto na Norma de Inspeção Predial/2009 do IBAPE (Instituto


Brasileiro de Avaliações e Perícia de Engenharia – Nacional) e pelas Normas de
Manutenção em Edificações NBR 5674, da ABNT (Associação Brasileira de Normas
Técnicas), visando atender o decreto que regulamenta a Lei Municipal 9.913 de 16 de
julho de 2012, que dispõe sobre as regras gerais e específicas a serem obedecidas na
manutenção e conservação das edificações no Município de Fortaleza.

Este trabalho caracteriza-se pela inspeção predial como um checklist da edificação em


suas áreas comuns, coberta e térreo, oferecendo o diagnóstico das anomalias
construtivas e falhas de manutenções, tendo como análise dos riscos oferecida aos
usuários, meio ambiente e ao patrimônio.

A responsabilidade técnica do profissional é única, e exclusiva, nos limites do escopo do


trabalho e nível de inspeção contratada. Exime-se de qualquer responsabilidade técnica o
profissional, quando as observações e orientações existentes no Laudo de Inspeção
Predial não forem executadas pelo proprietário ou responsável legal da edificação.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
2
2- LOCALIZAÇÃO DO IMOVEL
Condomínio Edifício Antilhas
CNPJ: 72.507.544/0001-52
Rua Andrade Furtado, 1805.
Cep: 60.192-072
Bairro: Papicu
Fortaleza-Ce.

Figura 01 – Foto localização Condomínio Edifício Antilhas, pelo Google Earth.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
3
Figura 02 – Figura localização do Condomínio Edifício Antilhas, pelo Google Maps.

 LOCALIZAÇÃO DAS FACHADAS

Foto 01 – Fachada frontal – Rua Andrade Furtado.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
4
Fotos 02-03-04 – Fachada lateral direita

Foto 05 – Fachada lateral esquerda.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
5
Foto 06 – Fachada Fundos

Para facilitar o entendimento, quando se mencionar: “lateral esquerda”, “fundos” e “lateral


direita” de um imóvel, refere-se a esquerda, fundos ou a direita de quem está dentro do
imóvel olhando para rua ou sua entrada.

3- REALIZAÇÃO DO LAUDO

Responsável Técnico Eng.º Civil Carlos Maurício Madruga de Soriano Aderaldo

CREA 48887 CE, RNP: 061053889-6

ART – Anotação de Responsabilidade Técnica – Nº CE20170252097

4- DATA DAS VISTORIAS

As visitas para as vistorias técnicas nas dependências do condomínio foram realizadas no


mês de novembro e dezembro de 2017, em várias visitas nas unidades comuns e
privativa ao longo dos meses.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
6
5- CLASSIFICAÇÃO DA EDIFICAÇÃO E NÍVEL DE INSPEÇÃO

A edificação estudada é de classificação residencial. Sob a ótica da inspeção predial, está


classificada como N – Normal – Edifícios com instalações e equipamentos básicos, sendo
classificado como nível de inspeção – Nível N.

Nível N – Inspeção de um ou mais especialistas, voltada para edificações de classe N –


Normal.

6- CARACTERISTICAS DA REGIÃO

6.1 – ASPECTOS FISICO E CONDIÇÕES AMBIENTAIS

 Terreno regular
 Urbano de região metropolitano

6.2 – MELHORIAS PÚBLICAS

 Rede água/esgoto
 Rede de energia elétrica
 Rede de telefonia e cabo

6.3 – SISTEMAS VIÁRIOS

 Pista de veículo asfaltada


 Calçadas pavimentadas
 Poste de iluminação publica
 Sinalização

6.4 – EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS COMUNITÁRIOS

 Coleta de lixo
 Limpeza de vias públicas
 Policiamento
 Templos religiosos
 Hospitais e clinicas particular
 Comércio

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
7
7- CARACTERISTICAS TÉCNICAS DO CONDOMÍNIO

O edifício foi construído segundo padrões convencionais de edificações, contando


resumidamente em concreto armado, fechamento externo em alvenaria convencional e
revestido com emboço e cerâmico nas fachadas. Internamente em alvenaria convencional
com revestido em reboco com pintura tipo textura acrílica.

O empreendimento habitacional é denominado CONDOMINIO EDIFICIO ANTILHAS,


constituído por 02 blocos, sendo 01 denominado BLOCO A e outro de BLOCO B, com 18
unidades habitacionais em cada, totalizando 36 apartamentos. Nas áreas comuns do
condomínio, temos: Guarita, quarto zeladoria, estacionamento para veículos sob pilotis,
hall de entrada e de escadas com 05 (cinco) pavimentos, para cada bloco.

Na entrada da edificação, guarita e muro revestidos em cerâmica convencional, calçada


pavimentada em cimentado e depósito de lixo com portão para caçada.

Na cobertura, casa de maquinas para elevadores, barrilhete com reservatórios de água


potável em concreto armado em cada bloco. No ártico, coberto com telhas convencionais
de fibrocimento.

7.1 – TIPO DE IMÓVEL


Residencial multifamiliar

7.2 – TIPO DE TERRENO

Formato retangular, com testadas acima do nível da rua e topografia sem


desníveis, sendo 50,00 m de frente por 40,00 m de fundos, totalizando uma área de
2.000,00 m2.

7.3 – TIPO DE EDIFICAÇÃO


Edifício com múltiplos andares com unidades tipo, contendo dois blocos.

7.4 – SITUAÇÃO DA EDIFICAÇÃO

Frente pela Rua Andrade Furtado, lateral esquerda divisa com edifício condomínio
Angra, lateral direita divisa com edifício condomínio Curumim e pelos fundos
edifício condomínio Elo Seis.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
8
7.5 – OCUPAÇÃO

Habitado

8- DOCUMENTAÇÕES ANEXADAS

De acordo com a matricula do imóvel de 19 de outubro de 1981, trata-se de uma


edificação com 37 anos. Foram solicitados os seguintes documentos;

 Cartão de inscrição CNPJ


 IPTU
 Ata do Condomínio
 Controle de manutenção dos elevadores (RIA- Relatório de inspeção anual) com
Art do responsável técnico
 Alvará Corpo de Bombeiros ou Auto de vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB)
 Projetos arquitetônicos, instalações hidro sanitárias, instalações elétricas e projeto
estrutural.
 Matricula do imóvel (averbação)
 Escritura do condomínio
 Alvará de funcionamento e ou habite-se

Na emissão do laudo, foram entregues os seguintes documentos listados abaixo;

 Cartão de inscrição CNPJ


 Ata do Condomínio
 Matricula do imóvel (averbação)
 Escritura do condomínio
 Controle de manutenção dos elevadores (RIA- Relatório de inspeção anual) com
Art do responsável técnico

O condomínio não apresentou o certificado de conformidade do Corpo De


Bombeiros Militar onde deverá com URGENCIA providenciar o certificado.

9- IDADE DE PROJETO E APARENTE DA EDIFICAÇÃO

De acordo com a matrícula do imóvel Ficha 02 – AV.05/16.109, Registro de Imóveis da 1ª


Zona – Comarca de Fortaleza-Ceará, averbação foi datado em 19 de outubro de 1981.

Idade da edificação: 37 (trinta e sete anos)

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
9
10- CHECK-LIST FOTOGRÁFICO

Apresentamos o registro fotográfico nas áreas garagens e pilotis, hall de entrada e


serviços, áreas comuns escadas, áreas comuns dos halls apartamentos tipo e ático
(barrilhete, casa de maquinas, reservatório superior e coberta).

ANEXO 1 – ANEXO 2 – ANEXO 3 – ANEXO 4 – ANEXO 5

ORDENAÇÃO DAS PRIORIDADES - PLANO DE MANUTENÇÃO

As irregularidades prediais, representadas por anomalias construtivas, falhas de


manutenção e de uso indevido ou prejudicado, foram listadas em ordem lógicas seguindo
prioridades de segurança, sugerindo-se classificação das irregularidades pelo grau de
risco e aplicação do GUT (Gravidade, Urgência e Tendência).

As Classificações das irregularidades são:

 GRC – Grau de risco crítico – Ameaça a saúde, vida, meio ambiente ou


importância patrimonial, impacto com perdas relevantes e requer ação imediata.
 GRR – Grau de risco regular – Ameaça a funcionalidade, impacto com perdas
relativas e requer ação em curto prazo.
 GRM – Grau de risco mínimo – Ameaça administrativa, impacto recuperável e
requer ação em médio prazo.

As recomendações técnicas para sanar as patologias prediais foram genéricas visando


principalmente à orientação e o planejamento das manutenções preventivas e corretivas.

Os detalhamentos e descrições técnicas dos reparos, ou ações a serem implementadas


pela assistência técnica ou empresa responsável pela manutenção da edificação, foram
descritos, quando aplicados em quadros de orientações técnicas. Além do apontamento
das consequências das anomalias, foram indicadas as medidas reparadoras.

A seguir, listamos as principais anomalias encontradas, descritas suas localizações,


aferindo um grau de risco (GUT) e suas ordenações, para que priorizem as sequencias de
reparos e correções. Estando divididas em anexos, como descrito abaixo;

ANEXO 1 – BLOCO A

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
10
ANEXO 2 – BLOCO B

ANEXO 3 – GARAGENS, ÁREAS COMUNS TERREO E ÁREAS EXTERNAS

ANEXO 4 – UNIDADES PARTICULARES

ANEXO 5 – DOCUMENTOS

Classificação das Anomalias construtivas pela origem e uso:

AEN – Anomalia Endógena – Proveniente da própria construção (projeto, execução e


materiais)

AEX – Anomalia Exógena – Proveniente de danos causados por terceiros

ANF – Anomalia Funcional – Proveniente da degradação natural ou por excesso de


uso

ANN – Anomalia Natural - Proveniente de ações da natureza

ANEXO 1 – BLOCO A

ORDEM
GRAU DE DESCRIÇÕES DAS IRREGULARIDADES DESCRIÇÃO DAS ORIENTAÇÕES
ITEM DE ORDENAÇÃO CLASSIFICAÇÃO PAGINA
RISCO A SEREM SANADAS TÉCNICAS
REPARO
Executar ressalto na abertura do
Tampa do reservatório elevado de acesso da tampa de concreto sobre a
1 1º 1000 GRC ANF 2
água potável sem vedação e ressalto laje, no minimo 5 cm, garantir as
condições de vedação do reservatório.
Fios e cabeamento espalhados
Ordenar os cabeamentos, limpeza e
2 2º 1000 GRC aleatoriamente sobre a laje superior do ANF 3
retirada sos entulhos da laje.
reservatório elevado
Contratar uma empresa ou um
Falta de sistema de proteção contra profissional Eng.º eletricista para a
4 3º 1000 GRC ANF 5
descargas elétricas - SPDA análise do sistema. Refazer todo o
sistema baseado na NBR 5.419-2005
Vedação ao acesso a casa de
9 4º 1000 GRC Presença de animais maquinas. Limpeza nos equipamentos ANF 9
causado pelos dejetos
Ponto eletrico com infiltrações e cabos Colocação de placa protetora que
interligado, deficiência nos isolamentos impeça o contato inadvertido com as
10 5º 1000 GRC vivos do quadro elétrico, proteção partes vivas dos quadros elétricos. ANF 10
interna do equipamento eletrônico Contratar profissional habilitado ou
quadro de comando do elevador. empresa especializada.
Escada oxidada sem proteção. Reforço do ancoramento da escada.
5 6º 640 GRC Chumbamento entre a escada e a laje Desoxidação das ferragens. Proteção ANF 5
oxidado com pintura apropriada
Recuperação estrutural da laje com
profissional habilitado ou empresa
Fissuras, desplacamento de
7 7º 480 GRC especializada. Recuperação do reboco ANF 7
revestimento, infiltrações
parede externo e interno com proteção
de pintura.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
11
ORDEM
GRAU DE DESCRIÇÕES DAS IRREGULARIDADES DESCRIÇÃO DAS ORIENTAÇÕES
ITEM DE ORDENAÇÃO CLASSIFICAÇÃO PAGINA
RISCO A SEREM SANADAS TÉCNICAS
REPARO
Infiltrações, lixiviação do concreto,
Recuperação estrutural das peças
eflorescência, oxidação das
8 8º 480 GRC estruturais, com profissional habilitado ANF 8
armaduras, desplacamento do
ou empresa especializada.
concreto e revestimento.
Realinhamento das telhas. Troca dos
Telhas desalinhadas, telhas quebradas
parafusos de fixação danificados ou
e algumas sobrepostas. Cumeeiras
3 9º 384 GRC faltantes. Troca das telhas danificadas. ANF 4
quebradas e desalinhadas. Resto de
Distribuição dos cabeamentos de
pedaços de telhas sobre a coberta.
forma adequada.
Recuperação estrutural com material
Infiltrações, desplacamento. Oxidação
6 10º 384 GRR adequado, com profissional habilitado ANF 6
das peças de concreto armado
ou empresa especializada
Fazer a proteção e o isolamento
Quadro de passagem de dados com
adequados dos cabeamentos, nos
tampa mau posicionada e alguns
11 11º 90 GRM quadros dos andares. Contratar ANF 12
faltando. Cabeamento incorporado sem
profissional habilitado ou empresa
proteção e fora de norma.
especializada.

RESUMO ORDEM DE REPARO

BLOCO A
ITEM 1 2 4 9 10 5 7 8 3 6 11
ORDENAÇÃO 1000 1000 1000 1000 1000 640 480 480 384 384 90
GRAU DE RISCO GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRR GRM

BLOCO A
1200

1000
1000 1000 1000 1000 1000
800

600
640
400 480 480
384 384
200 90

0
1 2 4 9 10 5 7 8 3 6 11

ITEM ORDENAÇÃO GRAU DE RISCO

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
12
ANEXO 2 – BLOCO B

ORDEM
GRAU DE DESCRIÇÕES DAS IRREGULARIDADES DESCRIÇÃO DAS ORIENTAÇÕES
ITEM DE ORDENAÇÃO CLASSIFICAÇÃO PAGINA
RISCO A SEREM SANADAS TÉCNICAS
REPARO
Executar ressalto na abertura do
Tampa do reservatório elevado de acesso da tampa de concreto sobre a
1 1º 1000 GRC ANF 2
água potável sem vedação e ressalto laje, no minimo 5 cm, garantir as
condições de vedação do reservatório.
Entulhos, fios e cabeamento
Ordenar os cabeamentos, limpeza e
2 2º 1000 GRC espalhados aleatoriamente sobre a laje ANF 3
retirada dos entulhos da laje.
superior do reservatório elevado
Contratar uma empresa ou um
Falta de sistema de proteção contra profissional Eng.º eletricista para a
5 3º 1000 GRC ANF 6
descargas elétricas - SPDA análise do sistema. Refazer todo o
sistema baseado na NBR 5.419-2005
Exposição do quadro e comando. Fazer a proteção dos componetes e
Fiação expostas e misturadas. Falta revisão geral do quadro e
7 4º 1000 GRC ANF 7
de proteção dos componentes vivos cabeamentos. Contratar profissional
(elétricos) habilitado ou empresa especializada.
Ordenar cabeamento para as bordas,
Antenas oxidadas e danificadas, limpeza dos equipamentos. Remoção
4 5º 800 GRC ANF 5
passagem do acesso a manutenção dos entulhos e peças metácas de
antenas
Escada oxidada sem proteção. Reforço do ancoramento e apoios da
6 6º 640 GRC Chumbamento entre a escada e a laje escada. Desoxidação das ferragens. ANF 6
oxidado Proteção com pintura apropriada
Armaduras expostas e oxidadas. Falta
Recuperação estrutural das peças
de cobrimento das armaduras devido a
9 7º 640 GRC estruturais, com profissional habilitado ANF 9
corrosão e desplacamento do
ou empresa especializada.
concreto.
Recuperação estrutural das peças
Oxidação das armaduras, deterioração
11 8º 512 GRC estruturais, com profissional habilitado ANF 10
do concreto
ou empresa especializada.
Recuperação estrutural da laje com
profissional habilitado ou empresa
Infiltrações na laje de fundo do
8 9º 480 GRC especializada. Recuperação do ANF 8
reservatório elevado
revestimento interno com proteção de
pintura.
Telhas desalinhadas, telhas quebradas Realinhamento das telhas. Troca dos
e algumas sobrepostas. Cumeeiras parafusos de fixação danificados ou
3 10º 384 GRC ANF 4
quebradas e desalinhadas. Resto de faltantes. Troca das telhas danificadas.
pedaços de telhas sobre a coberta. Limpeza geral dos entulhos
Falta de Proteção das roldanas da Contratar empresa responsável pela
10 11º 512 GRR ANF 10
cabine e contrapeso manutenção dos elevadores
Fazer revisão geral das proteções e
Quadro de passagem de dados com
isolamentos adequados dos
tampa mau posicionada e alguns
12 12º 90 GRM cabeamentos, nos quadros dos ANF 11
faltando. Cabeamento incorporado sem
andares. Contratar profissional
proteção e fora de norma.
habilitado ou empresa especializada.

RESUMO ORDEM DE REPARO

BLOCO B
ITEM 1 2 5 7 4 6 9 11 8 3 10 12
ORDENAÇÃO 1000 1000 1000 1000 800 640 640 512 480 384 512 90
GRAU DE RISCO GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRC GRR GRM

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
13
BLOCO B
1200

1000
1000 1000 1000 1000
800
800
600
640 640

400 512 480 512


384
200 90

0
1 2 5 7 4 6 9 11 8 3 10 12

ITEM ORDENAÇÃO GRAU DE RISCO

ANEXO 3 – ÁTICO, GARAGENS, ÁREAS COMUNS TERREO E ÁREAS EXTERNAS


ORDEM
GRAU DE DESCRIÇÕES DAS IRREGULARIDADES DESCRIÇÃO DAS ORIENTAÇÕES
ITEM DE ORDENAÇÃO CLASSIFICAÇÃO PAGINA
RISCO A SEREM SANADAS TÉCNICAS
REPARO
Recuperação e manutenção na
Oxidação em estruturas de fixação ar estrutura de ar condicionado. Fazer
5 1º 480 GRC ANF 6
condicionado manutenção geral em todas as
estruturas externas de ar condicionado
Recuperação e manutenção em toda a
fachada, impermeabilização dos
rejuntamentos, troca das peças em
Infiltrações, falta de junta de dilatação,
processo de desplacamento. Executar
6 2º 480 GRR áreas com revestimentos ANF 7
Junta de dilatação. Contratar empresa
diferenciados dos demais
especialista em recuperação em
revestimentos de fachada ou um
profissional.
Recuperação e manutenção em toda a
fachada, impermeabilização dos
rejuntamentos, troca das peças em
processo de desplacamento. Executar
7 3º 480 GRR Infiltrações, falta de junta de dilatação ANF 8
juntas de dilatação. Contratar empresa
especialista em recuperação em
revestimentos de fachada ou um
profissional.
Recuperação e manutenção em toda a
fachada, Execução da junta de
Manchas de sujeira e fungos,
dilatação. Contratar empresa
8 4º 480 GRR infiltrações, empolamento, falta de ANF 9
especialista em recuperação em
junta de dilatação.
revestimentos de fachada ou um
profissional.
Recuperação e manutenção em toda a
fachada, impermeabilização dos
rejuntamentos, troca das peças em
processo de desplacamento. Executar
9 5º 480 GRR Infiltrações, falta de junta de dilatação ANF 10
juntas de dilatação. Contratar empresa
especialista em recuperação em
revestimentos de fachada ou um
profissional.
Recuperação e manutenção em toda a
fachada, impermeabilização dos
rejuntamentos, troca das peças em
processo de desplacamento. Executar
10 6º 480 GRR Infiltrações, falta de junta de dilatação ANF 11
juntas de dilatação. Contratar empresa
especialista em recuperação em
revestimentos de fachada ou um
profissional.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
14
ORDEM
GRAU DE DESCRIÇÕES DAS IRREGULARIDADES DESCRIÇÃO DAS ORIENTAÇÕES
ITEM DE ORDENAÇÃO CLASSIFICAÇÃO PAGINA
RISCO A SEREM SANADAS TÉCNICAS
REPARO
Recuperação e manutenção em toda a
fachada, Execução da junta de
Infiltrações, desplacamento do
dilatação. Contratar empresa
11 7º 480 GRR revestimento, oxidação, falta de junta ANF 12
especialista em recuperação em
de dilatação
revestimentos de fachada ou um
profissional.
Recuperação e manutenção em toda a
fachada, Execução da junta de
Infiltrações, empolamento, manchas de
dilatação. Contratar empresa
12 8º 480 GRR sujeira e fungos, falta de junta de ANF 13
especialista em recuperação em
dilatação
revestimentos de fachada ou um
profissional.
Sujeira ocasionada pelas intempéries e
Revisar todo o revestimento interno do
agentes atmosféricos (gases e
muro com limpeza e recuperação dos
partículas solidas) nos revestimentos
14 9º 288 GRM revestimentos deteriorado. ANF 16
interno do mruo de contorno, mofo,
Estanqueidade dos vazamentos dos
iInfiltrações no ponto hidráulico,
pontos hidráulicos no muro
fissuras no revestimentos
Limpeza do revestimento. Investigação
Trinca no revestimento do muro e e ensaio da patologia de trinca.
1 10º 240 GRM lixeira com quebra do revestimento. Reforço estrutural no revestimento. ANF 2
Pixação no revestimento Troca das peças do revestimento
trincado.
Investigação e ensaio da patologia dA
Trinca no revestimento do muro com trinca. Reforço estrutural no
2 11º 240 GRM ANF 3
quebra do revestimento. revestimento. Troca das peças do
revestimento danificado.
Calefetar as trincas já existentes no
Trincas no piso cimentado e junção piso cimentado. Proteção das caixas
13 12º 144 GRM com as tampas das caixas de de passagens e drenagens com quadro ANF 13
passagem e drenagens metálico (macho e fêmea) para
encaixe e proteção das bordas
Recuperação do revestimento em todo
Infiltrações, fissuras, empolamentos e
4 13º 90 GRM o perímetro. Estanqueidade da ANF 5
manchas de fungos
infiltração
Degradação do esmalte do Troca das peças do revestimento
3 14º 27 GRM ANF 4
revestimento desgastados.

RESUMO ORDEM DE REPARO

A. COMUM
ITEM 5 6 7 8 9 10 11 12 14 1 2 13 4 3
ORDENAÇÃO 480 480 480 480 480 480 480 480 288 240 240 144 90 27
GRAU DE RISCO GRC GRR GRR GRR GRR GRR GRR GRR GRM GRM GRM GRM GRM GRM

ÁREA COMUM
600

500
480 480 480 480 480 480 480 480
400

300
288
200 240 240
90
100 144
27
0
5 6 7 8 9 10 11 12 14 1 2 13 4 3

ITEM ORDENAÇÃO GRAU DE RISCO

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
15
O quadro mostra as páginas de cada anexo em que se encontra a anomalia, com suas
descrições das irregularidades a serem sanadas e as orientações técnicas. Com a ordem
de reparo, pode-se organizar a ordem de prioridades das medidas a serem executadas.

13- UNIDADES PARTICULARES

Foi feita visita nas unidades particulares dos blocos A e B, onde as unidades visitadas são
listadas no anexo 4, com as principais observações.

Demonstram algumas medidas a serem executadas, porém não se detectou anomalias


grave no contexto estrutural em geral, apenas a unidade 201 do bloco A, precisando
manutenção estrutural, com medidas urgentes.

Pelos sistemas elétricos, todas as unidades visitadas contêm anomalias graves em suas
instalações elétricas, onde detectamos a falta do dispositivo de proteção contra choques
elétricos, disjuntor diferencial residual (DR).

Esses dispositivos são de obrigatoriedade desde 1997, de acordo com as normas de


“Instalações Elétrica de Baixa Tensão” NBR 5410, item 5.1.3.22. Esses dispositivos,
também conhecido como Diferencial Residual, protege pessoas e animais contra
possíveis choques elétricos, tanto por meio de contato direto ou indireto de uma fuga de
correntes, desligando imediatamente o circuito.

O dispositivo DR é uma proteção simples e de baixo custo, sendo facilmente instalado no


quadro de distribuição de energia elétrica, porém deverá ser consultado e orientado por
um engenheiro eletricista.

14- OBSERVAÇÕES COMPLEMENTARES

Apesar de já estarem listadas e fotografadas as diversas anomalias encontradas, vale


ressaltar a importância mais uma vez de algumas, como comentada a seguir:

 Providenciar a inspeção dos sistemas elétricos da edificação como o todo, onde


esse laudo não contempla e nem se responsabiliza pelas instalações elétricas,
onde ficou acordado com o condomínio a contratação do Engenheiro Eletricista.
 O certificado de conformidade do Corpo de bombeiros Militar, e seus projetos não
foram apresentados, ficando de responsabilidade do condomínio, providenciar
junto com um profissional especializado.

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
16
 A edificação não Possui Sistema de Proteção contra Descargas Atmosférica
(SPDA), tendo que providenciar projeto e execução urgente, pois o imóvel está
sem proteção contra descargas atmosférica.

15- CONCLUSÃO

As diversas anomalias e falhas de manutenção encontradas no Edifício Condomínio


Antilhas, estão registradas fotograficamente, acompanhadas de descrições, consequência
das anomalias e orientação técnica para seus reparos e adequações, estando também
assinalado o grau de urgência para ações de reparos.

Observa-se que as anomalias ou falhas de manutenção detectadas, interferem no


desempenho da vida útil dos componentes dos sistemas construtivos, na saúde,
segurança e habitabilidade do imóvel, portanto caberá o sindico programar as medidas
corretivas abordadas neste documento. A edificação não tem comprometimento estrutural
critico que possa comprometer seu uso neste momento, podendo futuramente apresentar
patologias nas mesmas.

Este laudo consta presente 17 (dezessete) folhas impressas no anverso, incluindo esta,
todas numeradas e rubricadas, sendo a última datada e assinada. O anexo 1 consta com
12 (doze) folhas, com 35 (trinta e cinco) fotos e quadros técnicos das anomalias e
orientações técnicas. O anexo 2 consta com 11 (onze) folhas, com 34 (trinta e quatro)
fotos e quadros técnicos das anomalias e orientações técnicas. O anexo 3 consta com 16
(dezesseis) folhas, com 58 (cento e sessenta e oito) fotos e quadros técnicos das
anomalias e orientações técnicas. O anexo 4 consta com 05 (cinco) folhas contendo
descrições técnicas. O anexo 5 consta com 31 (trinta e uma) folhas contendo
documentações.

Fortaleza, 15 de janeiro de 2018

_________________________________
Carlos Maurício M.S. Aderaldo
Engº Civil CREA CE 48887 RNP: 061053889-6

Rua Andrade Furtado, 1915 Carlos Maurício M.S. Aderaldo (85)8896-0112


Cep: 60.192-072 Fortaleza/Ce Eng. Civil – Esp. Eng. Diagnóstica-Inbec/Ce
Bairro: Cocó E-mail: cma@fortalnet.com.br Crea Ce 48887 RNP: 061053889-6
17